14 - dez

Vertigem – 200 dúvidas a respeito: Parte 3

Categoria(s): Fisioterapia, Fonoaudiologia, Gerontologia, Otorrinolaringologia geriátrica, Saúde Geriátrica

Esclarecimentos

41. Inflamação na orelha pode causar labirintite?

Sim, inflamações bacterianas causando otite média (inflamação do orelha média), ou cirurgia da orelha média ou interna, podem causar vertigem e alteração da audição (disacusia), a chamada Labirintite Serosa.

Nos casos das otites médias bacterianas, acredita-se que seja causada por toxinas que atravessam as janelas redonda e oval.

O tratamento visa o controle da infecção com antibióticos.

42. Por que ocorre vertigem intensa nos casos de descompressão brusca?

Viagens aéreas e mergulhos submarinos são causas de modificações bruscas da pressão atmosférica que podem provocar danos para as orelhas média e interna. Essas mudanças bruscas causam fístulas (pertúitos) da janela oval ou redonda ou rotura de membrana intralabiríntica. Os casos são extremamente graves e necessita tratamento cirúrgico urgente.

43. Existe tumor do nervo vestibular?

Sim, o tumor do VIII par (Schwannoma e outros) provoca disacusia (alteração da audição) e/ou zumbido unilateral (lado do tumor), progressivos ou não. Eventualmente tonturas. Algumas vezes, os distúrbios circulatórios locais provocados pelo tumor levam à quadros de manifestações de comprometimento endolabiríntico. É importante o diagnóstico precoce (audiometria do tronco cerebral e ressonância magnética), para diminuir a morbidade provocada pelo tumor. O tratamento é cirúrgico.

44. O vírus do Herpes Zoster por causa labirintite?

Sim, trata-se da Síndrome de Ransy Hunt, que caracteriza-se por quadro agudo, unilateral, com intensa dor no ouvido, paralisia facial periférica, perda da audição e vertigem. Pode ocorrer o aparecimento de vesículas no trajeto do nervo facial (pavilhão auricular e canal auditivo). O vírus invade os gânglios do VIII nervo e o gânglio geniculado do nervo facial.

45. O aumento do colesterol pode provocar vertigem?

Sim, normalmente, as alterações no metabolísmo do carbohidrato, como no diabetes, são os que mais causam vertigem. Porém, o aumento do colesterol e/ou triglicérides podem causar vertigem, a chamada Labirintite Metabólica. O tratamento é o controle desses lípides. Não podemos esquecer que o próprio medicamento para o controle do colesterol pode causar tonturas.

46. Como se apresenta a vertigem nos casos de Esclerose Múltipla?

Nos casos de esclerose múltipla os pacientes apresentam um quadro de surto de distúrbios locomotores e visuais, podem a tontura acompanhar o quadro. Nesses casos, a audiometria de tronco cerebral é o que revela a lesão. Podem ocorrer períodos de remissão até total dos sintomas entre os surtos dismielinizantes. Porém, como a doença é progressiva os sintomas se tornam irreversíveis.

47. A Síndrome do Pânico causa vertigens ou ao contrário?

Na maioria das vezes a síndrome do pânico tem origem unicamente psicogênica (sistema labiríntico). Porém, em alguns casos a síndrome do pânico podem envolver o sistema vestibular ou até nele ter origem.

48. Quais as causas circulatórias da labirintite?

As principais causas de labirintite nos idosos são: hipertensão arterial, hipotensão arterial, aterosclerose, arritmia cardíaca. Especialmente a síndrome cervical.

49. Como se apresenta as labirintites de causas auto-imunes?

Os sintomas das labirintites de causas auto-imunes são bem variáveis, causando perda auditiva flutuante, súbita ou progressiva, além de tonturas.

5o. A Doença de Ménière pode ser provocada por outras doenças?

Sim, existem inúmeras doenças desencadeantes e agravantes, como o diabetes, sífilis, doenças reumáticas, doenças da tireóide, cardiopatias e medicamentos. As alterações emocionais podem ocorrer por causa do quadro ou agrava-lo.

51. O que é Labirintite Luética?

A labirintite luética é o comprometimento vestibulococlear pela sífilis, resultando em um quadro semelhante a Doença de Ménierè. Na lues, o quadro geralmente é bilateral, podendo ser assimétrico, e o paciente apresenta um baixo reconhecimento da fala. O diagnóstico depende do antecedentes clínicos e dos testes sorológicos.

52. O que é a neurite vestibular?

A neurite vestibular é uma doença relativamente comum, que provoca crise vertiginosa aguda, acompanhada de náuseas, vômitos, sudorese fria, palidez. A intensidade do ataque e o tempo de remissão podem variar, mas o que costuma ocorrer é uma progressiva, até completa, recuperação. Acredita-se que a causa seja viral.

53. O que é a vertigem idiopática?

A vertigem idiopática é um quadro agudo, com graus variados de hipoacusia e vertigem. Muitas vezes, não há uma causa aparente. Embora em cerca de 60% dos casos a surdez súbita neurossensorial tenha uma recuperação espontânea em poucos dias, quando ela é severa ou profunda e acompanhada por vertigens intensas, apresenta pior prognóstico.

54. A osteoartrose de coluna cervical pode causar labirintite?

Sim, pode se manifestar por vertigem ou outra tontura, postural ou não. Eventualmente, acompanha zumbido ou perda auditiva discreta. Dores na nuca, limitação dos movimentos do pescoço e parestesia (formigamentos) nas mãos fazem parte do quadro.

55. O que é o sistema proprioceptivo no equilíbrio corpóreo?

O nosso equilíbrio depende fundamentalmente de três sistemas: 1. olhos, 2. labirinto e 3. sistema proprioceptivo. o sistema proprioceptivo é composto por, sensores denominados exterorreceptores, situados na pele, que nos dão conciência da posição do corpo no espaço, e os sensores denominados enterorreceptores, profundamente situados nos tendões, articulações e músculos, que nos informam a posição em que se encontram as diversas partes do corpo (este sistema é fundamental para o equilíbrio nos cegos).

56. Quais os tumores que ocupando a região pontocerebelar ocasionam vertigem?

Os tumores podem ser primários do sistema nervoso central, como o schwanoma vestibular, meningeoma, astrocitoma, neurinomas, e os tumores secundários como as metástases, neurocisticercose, colesteatomas, granuloma de colesterol.

57. O que é o neurinoma do acústico?

O neurinoma do acústico é um tumor que se origina na divisão coclear do nervo vestibulococlear.

58. O que é labirintite idiopática?

Em 25% dos casos não se consegue identificar o agente responsável pelo quadro de tontura, esse casos são chamados de labirintopatia idiopática.

59. Quando viro rapidamente a cabeça ficou com tontura, qual o motivo?

Este tipo de sintoma, tontura ao virar rapidamente a cabeça, é muito comum na espondiloartrose cervial, (degeneração da coluna cervical, osteofitose marginal = “bico de papagaio” no jargão popular). A confirmação diagnóstica se faz com radiografia da coluna cervical e ecodoppler vascular das artérias vertebrais. Este quadro constitue a tontura cervical.

60. O que é tontura ou labirintopatia cervical?

A tontura cervical é causada pela compressão da artéria vertebral por osteófitos (popularmente, bicos de papagaio). Dessa compressão resulta a diminuição do fluxo sangüíneo para o tronco cerebral, e disso a vertigem rotatória. O diagnóstico é feito por radiografia da coluna cervical, ecodoppler arterial das artérias vertebrais e artériografia vertebral. O tratamento poderá ser conservador com fisioterapia ou cirúrgico com remoção dos osteofitos.

Na próxima semana (21/12/2007) a quarta parte.

Semanalmente, serão apresentadas 20 dúvidas, até completar 10 semanas com 200 dúvidas e respostas.

 

Segunda parte   Quarta parte

Referências:

No final da série das 200 dúvidas.

Tags: , , , , , ,

Veja Também:

Comments (7)    




" A informação existente neste site pretende apoiar e não substituir a consulta médica.
Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança "