22 - abr

Artrite psoriásica – Como é feito o tratamento?

Categoria(s): Conceitos

Orientações

Diferentemente da artrite reumatóide, que geralmente necessita de tratamento constante, a artrite psoriásica pode necessitar de tratamento somente quando os sintomas surgem. Quando desaparecem, a terapia pode ser interrompida até que ocorra novos problemas, O tratamento inicial geralmente consiste em drogas antiinflamatórias não-esteróides (AINEs). Caso a artrite não responda a essa abordagem, drogas anti-reumáticas modificadoras do curso da doença (DMARDs) podem ser utilizadas. Essas drogas incluem a sulfasalazina, metrotexato, ciclosporina e os “agentes anti-TNF” mais recentemente disponíveis, tais como adalimumabe, etanercepte e infliximabe. O agente antimalárico hidroxicloroquina pode ser eficaz, mas algumas pessoas que recebem esse agente podem experimentar uma reagudização do quadro da pele (psoríase), razão pela qual normalmente é evitado. A azatioprina pode beneficiar aqueles com formas graves de artrite psoriásica. Para articulações gravemente edemaciadas, injeções de corticosteróides podem ser útil para controlar a inflamação. A cirurgia pode ser útil para reparar ou substituir articulações muito danificadas.

Tags: ,

Veja Também:

Comentários    







21 - abr

Artrite Psoriásica – Como é feito o diagnóstico?

Categoria(s): Conceitos, Imunologia, Inflamação, Reumatologia geriátrica

Orientações

medico17

 

O diagnóstico da artrite psoriásica é feito com base nas características clínicas típicas da doença. As articulações podem estar inchadas e doloridas. Antes que um diagnóstico preciso possa ser feito, as típicas alterações de peles e unhas da psoríase deve ser demonstradas e, ocasionalmente, devem-se realizar biópsia cutânes (pequen amostra de pele retirada para análise). Exames de sangue de alguns pacientes irão revelar uma taxa de sedmentação eritrocitária (ESR) elevada (um exame de sangue que avalia a inflamação), anemia leve  e níveis elevados de ácido úrico. Outros tipos de artrite que podem causar sinais e sintomas similares, tais como gota e artrite reumatóide, devem ser descartados.

Tags: , ,

Veja Também:

Comments (2)    







20 - abr

Artrite psoriásica – Qual a causa?

Categoria(s): Conceitos, Inflamação, Reumatologia geriátrica

Orientações

A causa exata da artrite psoriásica é desconhecida, mas os pesquisadores suspeitam que o distúrbio se desenvolva devida a uma combinação de fatores genéticos (hereditários) e ambientais (externos). Até 40% das pessoas com artrite psoriásica possuem uma história familiar de psoríase ou artrite, indicando que estão propensas a desenvolver artrite devido à sua constituição genética, especialmente quando o seu sistema imunológico é estimulado por um fator ambiental, tal como uma infecção. A psoríase em si não é infecciosa, mas ocasionalmente pode ser desencadeada por uma infecção da garganta por estreptococos.

Tags: ,

Veja Também:

Comments (3)    







19 - abr

Artrite psoriásica – O que é?

Categoria(s): Conceitos, Dermatologia geriátrica, Reumatologia geriátrica

Orientações

medico17

 

Artrite psoriásica é uma forma de artrite associada a psoríase, uma doença crônica na qual se desenvolvem lesões cutâneas avermelhadas recobertas de escamas esbranquiçadas. Surge quando o sistema imunológico do corpo, que normalmente existe para nos proteger contra organismo invasores, entra em um estado da intensa atividade e causa inflação excessiva.

A artrite psoriásica pode afetar qualquer articulação do corpo. Quando a psoríase afeta as unhas(formando sulcos nas unhas, causando espessamento ou alterando sua coloração), as articulações das pontas dos dedos estão particularmente propensas a desenvolver artrite. A artrite psoriásica também pode causar inchaço dos dedos das mãos e dos pés (dedos em “salsicha”), uma condição conhecida como dactilite, que pode ser confudida com infecção. Os sintomas da artrite psoriásica variam em natureza e intensidade, e podem sofrer alterações em uma mesma pessoa com o passar do tempo. Em algumas pessoas, a artrite psoriásica afeta a mesma articulação em ambos os lados do corpo (p.ex., ambos os joelhos). Em outras, uma articulação é afetada e outra não (p.ex., um dos joelhos). Algumas vezes, apenas os dedos das mãos e dos pés são afetados. A coluna vertebral pode ser afetada, resultando em dificuldade para se curvar.

Da mesma maneira que acontece com a condição cutânea a que está associada, a artrite psoriásica pode causar sintomas que surgem periodicamente, ou sofrem reagudização, e então desaparece. Embora inicialmente se acreditasse que a artrite psoriásica fosse uma doença de intensidade leve e não-progressiva (ou seja, que não pioraria com o passar do tempo), dados recentes sugerem que muitas das pessoas afetadas experimentarão inflamação persistente e necessitarão de tratamento para prevenir o dano articular que pode afetar sua capacidade de realizar cotidianas. Felizmente, estão disponíveis tratamentos que são eficazes para a maioria das pessoas.

 

 

Tags: ,

Veja Também:

Comentários    







15 - nov

Artrite em idosos

Categoria(s): Caso clínico, Emergências, Reumatologia geriátrica

Interpretação clínica

  • O colega ortopedista solicita a sua avaliação para um paciente internado, branco 84 anos que está apresentando inchaço doloroso no joelho direito há dois dias, que iniciou-se logo após cirurgia de substituição de prótese na articulação coxo-femural direita, que havia sido realizada há 8 anos. Paciente hígido, lúcido, conciente, queixando-se de muita dor no joelho direito. Tem história de episódios semelhantes com inchaço e dor nas grandes articulações, especialmente joelhos, ombros, punhos e cotovelos, que ocorre a cada dois ou três meses. Nega problemas digestivos ou intestinais. Parâmetros cardiopulmonar normais Os estudos laboratoriais mostram uréia de 28 mg/dl e creatinina de 2,3 mg/dl.

Qual o motivo dessa artrite e como tratar?

A dor em uma ou mais articulações, o pós-operatório de cirurgia ortopédica é um problema freqüente. Normalmente é causada por doença induzida por cristais, tanto gota, quanto pseudogota.  O achado de cristais birrefringentes fracamente positivo é diagnóstico de pseudogota (figura).

Tratamento

A injeção intra-articular de glicocorticóide diminui a inflamação e permite que o paciente volte a caminhar.

O uso de colchicina (0,6 mg a cada duas horas) pode ser eficaz no tratamento tanto da gota-úrica como da pseudo gota (doença de deposição de pirofosfato de cálcio – DDPC), porém nos paciente acamados, a diarréia que esta medicação causa, é um problema sério, pois ele pode sentir dificuldade para ir até o vaso sanitário. Além disso, devemos atentar que, a colchicina e contra-indicada para os pacientes com insuficiência renal (esse paciente tem creatinina de 2,3 mg/dl).

O uso de antiinflamatório não-esteroidal poderá ser eficaz, mas pode prejudicar ainda mais a função renal marginal.

O alopurinol não tem eficácia no tratamento da DDPC.

Referência:

Rosenthal AK – Calcium crystal-associated arthritides. Curr Opin Rheumatol 1998;10:273-277.

Tags: , ,

Veja Também:

Comments (1)    



Page 1 of 812345...Last »

" A informação existente neste site pretende apoiar e não substituir a consulta médica.
Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança "