Osteoporose

Por:



osteoAtualmente, no Brasil, existem 36 milhões de idosos e, as mulheres representam 54% da população idosa e ativa. O seu maior flagelo é a osteoporose, presente em 25% a 30% da população feminina caucasóide. As fraturas osteoporóticas são o ponto final de uma clínica pautada pelas dores, restrições físicas laborativas, diminuição das atividades sociais e invalidez.

A compreensão dos mecanismo envolvidos na gênese da osteoporose e os múltiplos aspectos desta doença é de fundamental importância para todos os profissionais envolvidos no cuidado aos idosos, e principalmente aos adultos jovens visando a ação preventiva.

Segue os textos a respeito do assunto inseridos neste site.

Imobilidade um sério problema para os idosos [on line]
Osteoporose nas mulheres [on line]
Fraturas nas mulheres na pós-menopausa [on line]
Fraturas nos homens idosos [on line]
Osteoporose e o paratôrmonio [on line]
Osteoporose – planejamento terapêutico [on line]
Osteoporose – profilaxia [on line]
Osteoporose – abordagem não medicamentosa [on line]
Osteoporose – tratamento medicamentoso [on line]
Prevenção das fraturas osteoporóticas vertebrais [on line]
A mulher do século XXI – Osteoporose e TRH [on line]
Entendendo o metabolísmo ósseo [on line]

104 Comments »

  1. Jose Gustavo comenta:

    18 dezembro, 2013 @ 5:48 PM

    Dr. Estou afastado com o quadro de protusão discal na coluna cervical, tendinite no ombro esquerdo, hoje fiz uma densitometria óssea com suspeita de osteoporose nas vértebras, tenho limitações nos braços e pescoço, este quadro pode me levar a aposentadoria por invalidez e qual o progresso deste enfermidade?
    Grato.

  2. adolf hitler comenta:

    25 março, 2014 @ 6:16 AM

    puts, maria josé, tá gorda hein, pqp. o jô soares perto de ti tem anorexia.

  3. Marlene Parreira comenta:

    13 junho, 2014 @ 1:51 PM

    Bom dia.
    Por favor me indiquem um sedativo para minha coluna (1 vertebra quebrada) sinto muitas dores, já tentei fisioterapia e nada adiantou. O que fazer?
    Aguardo retorno.
    Muito agradecida.

  4. Maria Madalena dos Santos comenta:

    15 agosto, 2014 @ 5:54 PM

    Olà!
    Minha mãe tem 69 anos, e tudo começou quando ela foi perdendo aos poucos o equilíbrio e em seguida perdeu o movimentos das pernas. Após, sentia uma série de dores, fez cirurgia na coluna e hoje ela ainda sofre com muitos espasmos nas pernas. E por fim, depois de alguns exames, foi descoberto que ela está com osteoporose. Ela também perdeu os estímulos fisiológicos, e ainda acredita que há possibilidade de andar novamente. Isso é possível?, O que seria recomendável para amenizar o sofrimento dela ?

Deixe seu comentário aqui !