12 - jul
  

Alergia ocular – Ceratoconjuntivite vernal

Categoria(s): Imunologia, Oftalmologia geriátrica




Conjuntivite alérgica

 

ALERGIACeratoconjuntivite vernal

Aproximadamente 20% da população geral tem alguma forma de alergia ocular e uma significante parte apresenta manifestações oculares, como: prurido e a hiperemia conjuntival, lacrimejamento, secreção mucóide, fotofobia (sensibilidade aumentada à luz), sensação de corpo estranho no olho. As conjuntivites são classificadas em conjuntivite alérgica sazonal, conjuntivite alérgica perene, ceratoconjuntivite atópica, ceratoconjuntivite vernal e conjuntivite papilar gigante.

A ceratoconjuntivite vernal é uma doença da infância com maior prevalência no sexo masculino e em áreas de clima quente. Divide-se em duas formas: tarsal e límbica. Na tarsal, além dos sintomas clássicos da conjuntivite alérgica, observam-se papilas arredondadas e hipertrofiadas na conjuntiva tarsal. A forma límbica caracteriza-se pela presença no limbo de infiltrado gelatinoso, amarelo acinzentado, espesso e opaco, com neovascularização superficial e periférica. Os pacientes com ceratoconjuntivite vernal e atópica têm prurido intenso levando à coçadura freqüente.

Ceratocone – O ceratocone é uma ectasia de córnea bilateral, não-inflamatória, e com incidência aproximada de 1: 2000 na população geral. Pode ser observado em várias condições clínicas como: a ceratoconjuntivite vernal, ceratoconjuntivite atópica, Síndrome de Down, degeneração de Leber, retinite pigmentosa e doenças do colágeno. O papel da coçadura crônica dos olhos tem sido enfatizado na patogênese do ceratocone.

Tratamento

O tratamento da ceratoconjuntivite atópica e vernal envolve os mesmos agentes utilizados na conjuntivite alérgica, assim como pulsoterapia com esteróides.

Referências:

Ono SJ, Abelson MB. Allergic conjunctivitis: Update on pathophysiology and prospects for future treatment. J Allergy Clin Immunol 2005; 115: 118-22.
 
Stahl JL, Barney NP. Ocular allergic disease. Curr Opin Allergy Clin Immunol 2004; 4:455-59.

Tags: , ,




Comentário integrado ao Facebook:


Deixe seu comentário aqui !