20 - abr
  

Diabetes mellitus – Sudorese

Categoria(s): Endocrinologia geriátrica, Semiologia Médica




Sudorese no Diabetes mellitus

 

suorO paciente diabético pode apresentar anomalidades da sudorese, especialmente quando está em fase descontrolada. As anomalias do sistema sudoral pode se dar de duas formas: anidrose (ausência de suor) e hiperhidrose (sudorese intensa).

A sudorese ocorre, preferencialmente, o rosto e tronco. Surge de forma intensa e difusa no início das refeições, durante exercícios físicos, ou durante a noite. Algumas vezes é desencadeada pela ingestão de alimentos como queijos, bebidas alcoólicas ou uso de vinagre nas saladas. Esta sudorese é de origem disautonômica, ou seja por descontrole do sistema nervoso simpático-parassimpático. A distinção entre os acessos de sudorese noturna causada pela disautonomia e pela hipoglicemia pode ser problemática e em certos casos justifica a internação para avaliação da glicemia noturna nos momentos da sudorese.

O diabetes pode causar a secura dos pés, chamada de anidrose (ausência de suor) nas pernas e pés, que ficam ressecados. Ela  associa-se à redução da capacidade termoreguladora e a anomalisas vasomotoras.

O tratamento destes tipos de anomalias do  sistema sudoral depende fundamentalmente do controle do diabetes.

Tags: , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


1 Comentário »

  1. Lurdes comenta:

    10 março, 2013 @ 10:38 AM

    sempre q preciso saber algo procuro aki obrigado por ajudar nos

Deixe seu comentário aqui !