17 - jul
  

Poluição ambiental – Operação de inverno

Categoria(s): Cardiogeriatria, Infectologia, Notícia, Otorrinolaringologia geriátrica




Poluição ambiental – Operação de inverno

Em São Paulo, as condições climáticas características do inverno, como baixa umidade, dificultam a dispersão de poluentes e aumentam os casos de doenças respiratórias como bronquites, sinusites, pneumonia e descompensação das doenças cardíacas como, hipertensão arterial, angina, infarto do miocárdio e insuficiência cardíaca. Para alertar a população e combater a poluição, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) promove a Operação Inverno, campanha anual que acontece de maio a setembro.

Confira a qualidade do ar de hora em hora divulgada pela CETESP acessando o logo

IMPORTANTE DIVULGAR AS ORIENTAÇOES DA CETESP
Humidade o ar entre 20% e 30%: evite exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h; umidifique o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, umidificação de jardins etc; permaneça em locais protegidos do sol ou em áreas arborizadas.
Humidade do ar entre 20 e 12%: suspenda exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h; evite aglomerações em ambientes fechados; e siga as orientações anteriores.
Humidade do ar menor do que 12%: interrompa qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h; suspenda atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados; mantenha umidificados os ambientes internos, principalmente quartos de crianças, hospitais etc.
Além dessas medidas, é recomendável usar colírio de soro fisiológico ou água boricada para os olhos e narinas e beber muita água.

Tags: , ,




Comentário integrado ao Facebook:


Deixe seu comentário aqui !