//*** MARCEL => "pub-4189979764094081"; //*** ANA => "pub-2835477731727458"; /*** INDEX ***/ function AdSense_Topo_Index() { } /*** INDEX SEGUNDO POST ***/ function AdSense_Index_Segundo_Post() { } /*** PAGE / SINGLE ***/ function AdSense_Topo_PageSingle() { } /*** LINK ***/ function AdSense_SideBar_Link() { } /*** 404 NOT FOUND ***/ function AdSense_404_Topo() { } /*** 500 ERROR ***/ function AdSense_500_Topo() { //*** EDITE O ARQUIVO 500.shtml } /*** FRAME ***/ function AdSense_Frame_Topo() { //*** EDITE O ARQUIVO frame.htm } /*** SINGLE TOPO ***/ function AdSense_Single_Topo() { } /*** SINGLE RODAPE ***/ function AdSense_Single_Rodape() { } /*** PAGE TOPO ***/ /*** PAGE RODAPE ***/ /*** INDEX SEGUNDO POST ***/ function AdSense_Sidebar_Busca() { echo ( '
Google
' ); } ?> 2012 julho 16

Arquivo de 16/jul/2012





16 - jul

Dor de cabeça – Enxaqueca é mais frequente nas mulheres

Categoria(s): Endocrinologia geriátrica, Ginecologia geriátrica, Neurologia geriátrica, Notícia

Dor de cabeça – Enxaqueca é mais frequente nas mulheres

A enxaqueca é um distúrbio neurológico crônico com vários fatores desencadeantes, que geralmente se inicia na infância ou na adolescência e pode acompanhar o paciente por toda a vida. Caracteriza-se por dores de cabeça transitórias e localizadas e atinge 12% da população, chegando a 20% entre as mulheres.

Nas mulheres a enxaqueca ocorre principalmente durante a fase reprodutiva, entre 20 e 50 anos, e tem um importante impacto socioeconômico e sobre a qualidade de vida dos pacientes. Pesquisas apontaram que cerca de 53% das mulheres apresentam fatores hormonais como principais desencadeadores da enxaqueca, sendo o período pré-menstrual o mais freqüente. Outros fatores associados são erros alimentares, poluição ambiental, estresse e esforço físico. Porém, problemas com o sono têm se mostrado com um fator desencadeante dos mais importantes.

Tags: , ,

Veja Também:

Comentários    







16 - jul

Dor de cabeça – Cefaléia hípnica

Categoria(s): Doença de causa desconhecida, Gerontologia, Neurologia geriátrica

Resenha

Cefaléia hípnica

Cefaléia hípnica é uma dor de cabeça de intensidade moderada, contínua, que acorda o paciente de seu sono. Cefaléia hípnica pode apresentar náusea, fotofobia (aversão à claridade) ou fonofobia (aversão ao barulho).  Ocorre mais de 15 vezes por mês, dura mais  do que 15 minutos após acordar, primeira ocorrência se dá após os 50 anos de idade e
também não pode ser atribuída a outro transtorno.

A cefaléia hípnica é geralmente fraca a moderada, porém, dor forte é relatada por 20% dos pacientes. A dor é bilateral em cerca de dois terços dos casos e a crise dura geralmente entre 15 a 180 minutos.

Tratamento – O tratamento mais eficaz tem sido feito com lítio. Outras estratégias profiláticas incluem o uso de indometacina, cafeína, flunarizina e melatonina.

Tags: , ,

Veja Também:

Comentários    




" A informação existente neste site pretende apoiar e não substituir a consulta médica.
Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança "
do_action('wp_footer'); ?>