21 - jun
  

Doença Sexualmente Transmitida – Epidemia Gonorreia rebelde aos antibióticos

Categoria(s): Ginecologia geriátrica, Notícia, Sexualidade e DST, Urologia geriátrica




Epidemia Gonorreia rebelde aos antibióticos

O Alerta é da Organização Mundial de Saúde.

A gonorreia é uma das quatro principais DSTs curáveis, juntamente com a sífilis, as infecções por clamídia e a tricomoníase. Desde o desenvolvimento dos antibióticos, a bactéria Neisseria gonorrhoeae desenvolveu resistência a muitos dos antibióticos usados no seu tratamento, como a penicilina, a tetraciclina e as quinolonas, mas Atualmente milhões de pessoas com gonorreia podem estar em risco de não responderem às opções de tratamento para a doença, a menos que ações urgentes sejam realizadas, segundo informa a World Health Organization (WHO).

A nova orientação emitida hoje pela OMS é apelar para uma maior vigilância sobre o uso correto de antibióticos e mais pesquisas sobre tratamentos alternativos para infecções gonocócicas. O Plano de Ação Global da OMS para controlar a propagação e o impacto da resistência antimicrobiana da Neisseria gonorrhoeae pede maior monitoramento e elaboração de relatórios sobre as cepas resistentes, bem como uma melhor prevenção, diagnóstico e controle das infecções gonocócicas, estimadas em 106 milhões novos casos, a qual é transmitida por via sexual.

A resistência aos antibióticos é causada pelo acesso irrestrito aos antibióticos, uso abusivo e má qualidade dos antibióticos, assim como por mutações genéticas naturais dentro dos organismos causadores da doença.
A infecção gonocócica não tratada pode causar problemas de saúde em homens, mulheres e recém-nascidos, incluindo:

  • Infecção da uretra, do colo do útero e do reto.
  • Infertilidade em homens e mulheres.
  • Risco significativamente aumentado de infecção e de transmissão do HIV.
  • Gravidez ectópica, aborto espontâneo, natimortos e partos prematuros.
  • Infecções oculares graves ocorrem em 30 a 50% dos bebês nascidos de mulheres com gonorreia não tratada, o que pode levar à cegueira.

A gonorreia pode ser prevenida através de relações sexuais mais seguras. A detecção precoce e o tratamento imediato, incluindo o tratamento dos parceiros sexuais, são essenciais para controlar as infecções sexualmente transmissíveis.

Tags: , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


1 Comentário »

  1. regina lucia comenta:

    11 abril, 2013 @ 9:25 AM

    oi meu nome e lucia moro em fortaleza em 2011 tive um bebe e fiz toda bateria de exame deu tudo normal,hoje estou sentindo dores abaixo da barriga,e as vezes sinto falta de ar e dor no coração meu aparelho digestivo roca muito as vezes arroto como se tivesse comido naquele momento estou muito preocupada, alguem poderia mim dar uma resposta sera que estou com alguma infecção,qual por exemplo?

Deixe seu comentário aqui !