21 - jan
  

Dor Lombar – Espondiloartrite: Novos conceitos

Categoria(s): Conceitos, Fisioterapia, Reumatologia geriátrica




Dor lombar

espondiliteEspondiloartrite

Algumas doenças articulares têm algumas similaridades nos mecanismos patológicos devido à semelhança do quadro clínico e de fatores hereditários. As manifestações clínicas mais comuns são: artrite (inflamação da articulação), principalmente nas articulações vertebrais e sacroilíacas, pesquisa negativa de fator reumatóide, processos inflamatórios em tendões e ligamentos atrelados aos ossos e marcador genético em comum (HLA-B27). As doenças que se enquadram neste perfil são: espondilite anquilosante, artrite reativa, artrite psoriásica, artrite enteropáticas, espondiloartrite de início juvenil e espondiloartrite indiferenciada.

O diagnóstico pode basear-se com achados laboratoriais, radiológicos e, sobretudo, na anamnese e no exame físico. As espondiloartrites, segundo dados epidemiológicos, atingem mais homens, brancos e com presença de HLA-B27 positivo.

Novos conceitos foram propostos pelo grupo ASAS – Assessment on SpondyloArthritis International Society – no The European League Against Rheumatism (EULAR) 2009, residem na diferenciação das espondiloartrites em  axiais e periféricas.

Nas espondiloartrites axiais segundo os novos critérios enfatiza-se a clinica da dor lombar inflamatória de mais de três meses de evolução em indivíduos com menos de 45 anos, associado ao diagnóstico sacroilite por imagem (raios-X ou RNM) e a presença do HLA-B27.
Nas espondiloartrites periféricas enfatiza-se o diagnóstico precoce de sintomas e outros achados clínicos manifestos, como psoríase, doença inflamatória intestinal, uveíte, dor lombar de caráter inflamatório, além da presença de HLA-B27.

Referência:

Bianchi W.Espondiloartrites.Boletim da Sociedade de Reumatologia do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, v.38, n132, p.21-23, abril/junho 2009.

Tags: , , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


Deixe seu comentário aqui !