11 - set
  

Creatinina sérica – Nefrotoxicidade

Categoria(s): Caso clínico, Infectologia, Nefrogeriatria, Neurologia geriátrica




Interpretação clínica

  • Senhora de 75 anos apresenta sintomas de disúria (dor ao urinar), polaciúria (aumento do número de micções), piúria (pús na urina) e febre. O exame de urocultura mostra crescimento de Escherichia coli mais de 100 mil colônias. Com o diagnóstico de cistite foi prescrito sultametoxazol-trimetoprima. Sua creatinina sérica é de 1,2 mg/dl.
  • No quinto dia de tratamento a paciente não apresenta mais sintomas, mas o novo exame de creatinina mostrou 1,8 mg/dl.

O que pode estar provocando aumento da creatinina sérica?

A concentração de creatinina no soro depende da quantidade de proteínas existente na dieta, da massa muscular do indivíduo, e só se eleva significativamente quando o comprometimento da função renal encontra-se em estágio avançado. Desta forma, todos os parâmetros aferidos devem ser corrigidos de acordo com a massa corpórea.

 

Nas pessoas idosas a massa muscular é menor e, se a taxa de filtração glomerular (TFG) estiver normal o valor basal da creatinina sérica é baixa, em torno de 0,5 mg/dl a 0,7 mg/dl.

No caso em estudo o aumento na creatinina sérica de 1,2 mg/dl para 1,8 mg/dl é provalvemente causado pela diminuição na secreção tubular de creatinina devido a administração de trimetoprima. A trimetoprima não causa redução da taxa de filtração glomerular. Mudanças no catabolismo da creatinina não ocorrem apenas com a idade, mas podem ocorrer durante uma doença grave.

Taxa de filtração glomerular – A informação mais importante quando se interpreta um nível de creatinina sérica quase normal é a idade e o tamanho do paciente, que reflete a massa muscular.

Cada duplicação do valor da creatinina sérica é equivalente a uma redução de 50% da TFG. Por isso, com base no valor normal esperado de cretinina sérica de 0,5 a 0,7 mg/dl, estima-se que a TFG medida seja menor do que 50% do normal. Embora a TFG esteja presente no envelhecimento isso não é uma constante.

Referência:

Walser M – Assessing renal function from creatinine measurements in adults with chronic renal failure. Am J Kidney Dis.1998;32:23-31.

Tags: , , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


3 Comentários »

  1. Raiany comenta:

    30 julho, 2011 @ 12:45 PM

    Meu tio esta com a creatinina serica acima do normal,esta com 1,24, sendo o normal de 0,60 a 1,20. Explica-me mais claramente essa doença, e se ela é grave? obrigada

  2. albetiza girao comenta:

    12 outubro, 2011 @ 1:02 PM

    Meu marido está com a creatinina serica 1,9, ele bebe muito e ñ admite q é alcolatra.ñ sei o q faço,converso bastante com ele mais ão adianta.Tenho muita pena dele pois é uma ótima pessoa e amo muito,vs podem me ajudar?

  3. meryellenalvarenga comenta:

    18 outubro, 2011 @ 11:34 AM

    me chamo meryellen ,tenho 29 anos e estou com preocupada ,pois 0,5 mg/dl de creatinina.e grave ?obrigado .

Deixe seu comentário aqui !