28 - jun
  

Colostomia 100 perguntas a respeito – Parte 3. Complicações e cuidados especiais

Categoria(s): Conceitos, Gastroenterologia




Esclarecimentos

A colostomia, ou os estomas de uma maneira geral devem ser extremamente bem cuidados para impedir o surgimento de complicações que possam levar a “perda” do seu funcionamento e risco de vida.

41. Quais as complicações no local da colostomia?

  • As complicações locais podem ocorrer tanto no pós-operatório imediato, precoce ou tardio, apresentando incidência variável de 15 a 30%, sendo as mais freqüentes: a necrose da colostomia, dermatite, abscesso, hemorragia, retração, estenose, hérnia para-ostômica, prolapso, fistula colo-cutânea, perfuração para a cavidade peritoneal e mais raramente o surgimento de neoplasia.

42. Quais são as complicações ditas precoces, ou seja que aparecem logo após a realização cirúrgica do estoma?

  • As complicações precoces do estoma são: sangramento, inchaço, isquemia, retração, descolamento muco-cutâneo.

43. Por que ocorre sangramento?

  • O sangramento pode ocorrer nas primeiras horas após a confecção cirúrgica do estoma, e é originário de pequena veias do mesentério ou da parede abdominal. Este tipo de complicação não causa grandes problemas na o estoma. Se o paciente não tem distúrbio na coagulação da sangue o sangramento parará expontaneamente. O importante é não se alarmar e comunicar-se com o médico que realizou a cirurgia. A colocação de compressas geladas pode não ser uma boa decisão pois pode ferir o estoma.

44. Por que pode ocorrer inchaço do estoma?

  • O inchaço  (edema) do estoma se deve a infiltração de líquido nos tecidos próximos ao estoma e mobilização da alça intestinal. Este tipo de complicaçnao desaparecerá expontaneamente ap’os algumas horas. Não deve ficar preocupado a respeito. Comunique com seu médico a respeito.

45. Por que ocorre isquemia do estoma?

  • O estoma normal tem coloração vermelho brilhante, com a isquemia o estoma fica pálido e descorado. Isso se deve a deficiência da circulação sanguínea do estoma (parte da alça intestinal exteriorizada). Este achado pode ser uma emergência médica. Procure médico que realizou a cirurgia o mais breve possível.

46. O que é retração do estoma?

  • Retração do estoma é a penetração, total ou parcial, da alça intestinal na cavidade abdominal. Esta complicação requer avaliação médica e pode haver necessidade de reposicionar cirurgicamente o estoma.

47. O que é o descolamento muco-cutâneo?

  • O descolamento muco-cutâneo é a ruptura da linha de sutura entre o estoma e a parede abdominal. Essa complicação deve ser avaliada pelo médico que realizou a estomia.

48. Quais são as complicações tardias?

  • As complicações tardias da colostomia são: dermatite, estenose, hérnia e prolapso.

49. Por que pode ocorrer dermatite?

  • A dermatite (irritação da pele ao redor do estoma) é causada pelo contato da pele com o fluído intestinal. Isto se deve a colocação errada da bolsa coletora deixando a pele sem proteção. A sua prevençnao depende de uma boa higienização da pele com sabão neutro e perfeita colocação da bolsa de colostomia. O tratamento é a base de pomadas protetoras e cicatrizantes.

50. O que é estenose do estoma?

  • A estenose do estoma é a dimininuição do orifício externo do estoma. A correção desta complicação é feita pelo médico e poderá necessitar de tratamento cirúrgico.

51. Por que pode ocorre hérnia do estoma e como podemos diagnosticar?

  • A hernia é a saída de vísceras pelo trajeto do estoma, formando um abaulamento em torno do estoma. Esta complicação constitui uma emergência médica e o colostomizado deve consultar o médico que o está acompanhando o mais breve possível.

52. O que é prolapso do estoma?

  • Prolapso é a saída parcial ou total da alça intestinal pelo estoma. O tratamento de reposicionamento da alça intestinal poderá ser feito pelo profissional habilitado em colostomia (estomaterapeuta), porém a consulta ao médico que acompanha o caso deve ser o mais breve possível

53. Como agir preventivamente no paciente idoso colostomizado?

  • No paciente idoso deve-se atentar em alguns detalhes. Para poder elaborar um plano de cuidados, é importante avaliar se o mesmo possui alguma dificuldade para a realização do autocuidado. Caso possua deficiência visual ou Doença de Parkinson terá dificuldade na troca do dispositivo; deficiência auditiva ou demência não permitirá que compreenda sobre os cuidados quando explicado pela equipe, assim é importante a presença de um familiar ou cuidador para que possa auxiliar no cuidado diário.

54. Como agir em colostomizado obeso e com excesso de prega abdominal?

  • Na presença de prega cutânea, dobra abdominal ou se o contorno da pele peristoma for irregular, aplicar pasta protetora para nivelar a pele. Deixar secar de um a dois minutos antes de colocar a bolsa de colostomia.

55. O que pode causar diarréia pela colostomia?

  • A diarréia pode ser causada por uma doença (como a gripe) ou por uma variedade de razões. A pessoa com uma ostomia, continua podendo ter uma diarréia, da mesma forma que tinha antes da sua cirurgia. Se o colostomizado tiver uma diarréia, existe alguns alimentos que pode ajudar a engrossar suas fezes. Evite alimentos e bebidas que poderão soltar seu intestino.

56. Quais os alimentos que podem “prender” o Intestino?

  • Os alimentos que prendem o intestino são:  maçã, bananas, manteiga, queijos ,marshmallows, leite (fervido), macarrão (qualquer tipo).

57. Quais os alimentos e bebidas que podem soltar o intestino?

  • Cerveja ou bebidas alcoólicas, brocoli, frutas frescas (com exceção de bananas), podem soltar o intestino.

58. Qual o risco de desidratação?

  • Diarréia muito prolongada pode causar desidratação. Em caso de diarréia deve ser orientado a ingerir soro caseiro ou isotônicos previnindo a desidratação.
  • No ileostomizados o perigo da desidratação é maior, pelas característica aquosas do material intestinal. Assim o corpo, provavelmente, necessitará de uma maior quantidade de líquidos do que antes da cirurgia. Para evitar desidratação, deve-se tomar bastante água, suco ou outros líquidos diariamente. Caso seja hipertenso ou cardiopata deve consultar o médico antes de aumentar a quantidade de líquido a ser ingerido.

59. O que pode causar obstrução da colostomia?

  • Algumas vezes, alimentos fibrosos podem causar obstrução do seu íleo dificultando a passagem pelo estoma.

60. Quais alimentos que são ricos em fibra?

  • São alimentos ricos em fibras: salpicão, verduras preparadas à chinesa, coco, repolho cru, milho, frutas secas (como uvapassa, figo seco e damasco). alimentos com casca de difícil digestão (como maçãs com casca, batatas com casca, e uvas) carnes condimentadas (como lingüiças, salsichas e mortadela), cogumelos, nozes e pipoca.
  • Existem vários serviços oficiais e particulares de apoio aos ostomizados. Veja no site da Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST) informações a este respeito.




Comentário integrado ao Facebook:


18 Comentários »

  1. LUIZ EDUARDO comenta:

    29 outubro, 2009 @ 3:28 PM

    PREZADOS SENHORES,
    MINHA MÃE DE 85 ANOS SOFREU UMA CIRURGIA E PASSOU A USAR DE UMA BOLSA DE COLOSTOMIA NO SEGMENTO TRANSVERSO. VOLTA E MEIA O ESTOMA AUMENTA E REGRIDE EM SEU TAMANHO, PERMANECENDO SUA COLORAÇAO E BRILHO PERFEITO. NOS ÚLTIMOS DOIS DIAS, MESMO APÓS O ESVAZIAMENTO ELE SE ENCONTRA MAIOR DO QUE O NORMAL O QUE ESTA NOS PREOCUPANDO. GOSTARIA MUItO DE TER UMA ORIENTAÇÃO.
    DESDE JA GRATO,
    LUIZ EDUARDO

  2. isis emilia rodrigues costa comenta:

    26 novembro, 2009 @ 8:22 PM

    por favor gostaria de saer como fazer com meu tio que fez uma cirugia de ca de intestino faz uso da olsa de colostomia e esta com a peleao redor toda avermelhada .Ja fez uso de pomadas, ñ adiantou, agora esta usando clara de ovo, aliviou mas ñ melhorou.Nao quer nen usar a olsa com medo de assa. Gostoria de uma orientaçao cuida para melhorar essa assadura logo. Origado pela atençao. Isis.

  3. maria eunice bezerra comenta:

    17 dezembro, 2009 @ 7:51 PM

    fiz cirugia de entestino a colostomia fiz em janeiro em julho coloquei para dentro mais 10 dias depois estorou e fiz nova cirugia colocando para fora de novo pretendo fazer nova cirugia em janeiro

  4. anna comenta:

    28 dezembro, 2009 @ 10:19 AM

    pode deixar de usar a bolsa algum dia?obrigada pela resposta!!!!!!

  5. Fabio comenta:

    30 abril, 2010 @ 12:36 PM

    ..ola ..
    gostaria de orientaçao a respeito do tratamento da dermatite no local da bolsa intestinal…devido a dermatite a bolsa nao tem aderencia. e fica vazando o likido intestinal …ha algum dispositivo q possa ser acoplado .ou algum tratamento alternativo para cicatrizaçao da dermatite.para q o paciente possavoltar a usar bolsa….grato

  6. Kátia comenta:

    3 maio, 2010 @ 2:29 PM

    Minha mãe fez uma cirurgia no dia 26 de março e colocou a bolsinha, mas hoje ela evacuou pelo ânus, isto pode acontecer?
    Obrigada!

  7. Sandra comenta:

    20 agosto, 2010 @ 10:57 PM

    Meu pai fez uma cirurgia no dia 3 de agosto e colocou a bolsinha, mas hoje ele evacuou pelo ânus, isto pode acontecer?
    Obrigada!

  8. monica oliveira comenta:

    7 setembro, 2010 @ 1:20 PM

    Por favor minha cunhada fez uma iléostomia e estava tudo indo bem, porém nos últimos dias a bolsa não cola. Por favor me ajudem não sei o que fazer em um dia trocamos 5 bolsas. Obrigada
    Monica

  9. Simone comenta:

    21 dezembro, 2010 @ 4:57 PM

    Preciso urgente de ajuda. Há dez anos minha mãe usa bolsa de colostomia,
    houve algumas complicações ela tem uma hérnia grande e prolapso. Acontece
    que a bolsa não suporta mais o tamanho do prolapso, e minha mãe nao pode
    fazer cirurgia, ela é hipertensa, diabética e tem problemas nos rins. Por favor,
    me ajude, ganhamos poucas bolsas em nosso estado e todos os dias temos que
    trocar, fora o mau cheiro. Espero resposta.
    Obrigada

  10. dirce aparecida botelho comenta:

    16 fevereiro, 2011 @ 1:07 PM

    meu pai usa colostomia a 4 meses hoje ele evacuou pelo anus e normal

  11. Rita comenta:

    7 agosto, 2011 @ 9:29 PM

    Meu pai é estomizado a 1 ano e hoje ele fez um pouco de fezes pelo ânus isso é normal?

  12. melqui comenta:

    17 outubro, 2011 @ 12:45 PM

    fui colostomisado por dez meses,posso esclarecer varias duvidas a respeito do assunto.

  13. Cláudia comenta:

    7 dezembro, 2011 @ 1:11 PM

    Oi minha sogra está com câncer no colo do utero em estado terminal. O médico indicou para ela fazer uma colostomia, porém estamos preocupados se vai ocorrer tudo bem. O câncer já está alastrado. Algum medico pode me esclarecer mais informações.

  14. rose comenta:

    23 junho, 2012 @ 11:45 AM

    minha vizinha é colostomizada ela fez fezes pelo ânus isso e normal

  15. jailma comenta:

    25 julho, 2012 @ 9:27 AM

    minha mae fez colostomia e esta fazendo necessidades pelo o anus quero saber se e normal.

  16. Danielle depaula comenta:

    14 setembro, 2012 @ 10:09 PM

    queria saber se quem é ostomizado pode estar evacuando pelo anus???

  17. antonia alves comenta:

    29 julho, 2013 @ 1:08 AM

    Estou bastante preocupada, meu filho é ostomizado há 2 meses e hoje veio tudo pra fora, ficou parecendo uma maçã argentina, levei-o ao médico, o mesmo cirurgião o atendeu, apenas colocou pra dentro, ele agora está dormindo, fui vê-lo está tudo pra fora novamente.

  18. tania comenta:

    22 agosto, 2013 @ 8:56 PM

    fiz uma estomia já tem 1 ano por causa de uma cirurgia de neovagina aconteceu uma fistula rectovaginal e eu fiquei defecando pela vagina, a cirurgia de colostomia salvou minha vida,mas a fistula continua aberta e não posso cololar a ostomia pra dentro. Alguém sabe se meu organismo vai fechar essa fistula pois já tem 1 ano.

Deixe seu comentário aqui !