02 - jun
  

Dor no joelho – Artrose do joelho (Gonartrose):Viscossuplementação

Categoria(s): Reumatologia geriátrica




Resenha

O viver sem dor nos joelhos

Colaborador: Adalberto Jose de Oliveira Neto *

* Médico e pós-graduado do curso de Saúde e Medicina Geriátrica da Metrocamp

A viscossuplementação é a reposição das propriedades reológicas do líquido sinovial (LS) através da injeção de ácido hialurônico (AH) de alto peso molecular (PM) dentro do espaço intra-articular. Existe na Europa há mais de dez anos; no Canadá, desde 1992; nos Estados Unidos, desde 1997; e no Brasil, desde 1999 (Cohen, 2002 e Rezende, 2006).

Sabe-se que o LS de articulações artrósicas (OA) apresenta elasticidade e viscosidade muito inferiores àquelas de articulações normais. Esta viscoelasticidade diminuída altera a força de transmissão mecânica à cartilagem, aumentando sua suscetibilidade a traumas mecânicos e ao desgaste natural. A diminuição das propriedades reológicas do LS resultam de um tamanho molecular menor e de uma concentração menor de hialuronato no LS. Isso levou ao conceito do tratamento de viscossuplementação da OA do joelho por meio da infiltração de hialuronato ou de seus derivados numa tentativa de retornar a elasticidade e a viscosidade do LS ao normal (Cohen, 2002 e Rezende, 2006).

As propriedades viscoelásticas do AH dão ao LS propriedades de absorção de choque e de lubrificação, enquanto seu tamanho molecular grande e hidrofilia servem para reter fluido na cavidade articular. O AH restringe a entrada de proteínas plasmáticas grandes e de células no LS, mas facilita a troca de solutos entre os capilares da sinóvia, a cartilagem e outros tecidos articulares. O AH forma uma capa pericelular ao redor das células, interage com mediadores pró-inflamatórios e se liga a receptores celulares tais como determinante de clones (cluster determinant -CD) 44 e receptor para motilidade mediada por hialuronato (RHAMM), onde modula a proliferação celular, a migração e a expressão genética. Todas estas propriedades físico-químicas e biológicas do AH são dependentes do PM (Rezende, 2006; Holm et al., 1997).

Atividade condroprotetora

A viscossuplementação alivia os sintomas da osteoartrose, e pode, talvez, inibir a degeneração da cartilagem articular, pela estimulação da via anabólica dos condrócitos (modulando a proliferação celular, a migração e a expressão genética de condrócitos com atividade reparadora) e pela lavagem da articulação com radicais livres (Rezende, 2006).

Estudos clínicos sobre viscossuplementação

Há três meta-análises entre 2004 e 2005 sobre viscossuplementação. Uma delas encontra-se em Bellamy et al. (2005), em que mostram efeitos benéficos na dor, na função e na avaliação global do paciente tratado com ácido hialurônico para a artrose.  Há evidência clínica de efeito modificador da doença osteoartrósica (condroproteção), quer o acesso seja por raios-x, artroscopia ou análise histológica mostrando melhora da superfície da cartilagem, densidade e viabilidade de condrócitos. Os principais estudos nesta linha de condroproteção foram realizados com o Hyalgan (no Brasil, Polireumin).

As três formulações presentes no mercado nacional (Polireumin, Suprahyal e Synvisc) têm estudos randomizados e multicêntricos mostrando que são bem toleradas, sem efeitos adversos sistêmicos, com melhora da dor e da função. Os resultados de trabalhos multicêntricos dão suporte ao impacto positivo da terapêutica com ácido hialurônico sobre as alterações estruturais da OA do joelho.
A injeção intra-articular de AH demonstrou eficácia e segurança no tratamento da OA do joelho. Entretanto, cada AH presente no mercado é distinto conforme a forma de fabricação, PM, concentração e regime de tratamento. Portanto, sugere-se ponderar as evidências de cada produto ao invés de assumir que são todos iguais. Há hipóteses e evidências clínicas que suportam a idéia de que a terapia com AH pode ser modificadora da doença osteoartrósica. A injeção intra-articular de AH pode dar ao médico a oportunidade de tratar os sintomas e a doença simultaneamente (Rezende, 2006).

Aplicação

Na prática, a dosagem preconizada é de três a cinco ampolas intra-articulares sendo uma aplicação semanal. Tem início de ação mais lento, 2-5 semanas, porém seu efeito é mais prolongado de 4-12 meses (Bellamy et al., 2006; Lo Gullo, 1991).

Veja – Osteoartrose de joelho – Gonartrose

Referências:

Bellamy N, Campbell J, Robinson V, Gee T, Bourne R, Wells G. Viscosupplementation for the treatment of osteoarthritis of the knee. Cochrane Database Syst Rev 2006; Apr 18; (2):CD005321.

Cohen M, Carvalho RT de.Tratamento não cirúrgico das lesões condrais do joelho. Revista do joelho 2002; 2(1).

Holm G, Angelin B de, Faire U, Fagrell B, Ljunghall. Journal of Internal Medicine 1997; 242: 57-60. Hyaluronan: Clinical perspective.

Lo Gullo R,  Bartolone S, Lagana A, Marino A, Allegra A, Saitta A. European Review   for Medical & Pharmacological Sciences 1991; XIII:
127-132 clinical investigation on hyaluronic acid in the treatment of gonoarthrosis.

Rezende MU de. Viscossuplementação no tratamento da osteoartrose de joelho. Revista do joelho 2006; Edição 3 jan/fev2006.

Tags: , ,




Comentário integrado ao Facebook:


12 Comentários »

  1. Erika comenta:

    7 agosto, 2009 @ 9:36 AM

    Bom dia Doutor. Sei que não é correto perguntar mas como é situação de extrema necessidade e não tenho nenhuma referência médica em Brasília gostaria de saber uma indicação em Bsb de um reumatologista para tratamento de gonartrose. Obrigada! Att. Erika

  2. FLAVIA MARCELINO comenta:

    22 fevereiro, 2010 @ 8:46 PM

    Dr gostaria de saber para uma artrose de ombro a viscossuplementação é indicada?

  3. Lúcia J Busanello comenta:

    27 abril, 2010 @ 2:45 PM

    Olá, Doutor! Gostei muito do seu artigo e preciso da sua ajuda. Por favor, fui diagnosticada com condromalácia grau III e osteoartrose tricompartimental. O médico daqui do interior do RS sugeriu uma infiltração de corticosteróide e um comprimido de artrolive por dia. Fiquei c/medo da infiltração e ainda ñ comprei o artrolive. As dores começaram há uns dois meses e ñ mais cessaram. Diminuí bastante o volume dos exercícios, mas nem tanto a intensidade e quanto à flexão do joelho reduzi drasticamente por conta das dores. Estou preocupada quanto ao tratamento proposto, se está correto ou não.
    Agradeço-lhe, antecipadamente.
    Abçs.
    Lúcia.

  4. Guilherme comenta:

    4 julho, 2010 @ 7:25 PM

    Mas onde é que estão as resostas do Doutor?? Só vejo um monte de perguntas……
    Ô Doutor, responda à plebe ígnara.

  5. euclides gama comenta:

    1 agosto, 2010 @ 12:28 PM

    TENHO 43 ANOS,ESTOU NO TRATAMENTO DE CRONDOMALACIA PATELAR GRAU IV,SOU APAIXONADO POR FUTEBOL,MINHA PERGUNTA É,VOU FAZER FISIOTERAPIA E FORTALICIMENTO MUSCULAR ALÉM DE REMEDIOS ORAIS,SE FISER TUDO COM A MAIOR DICIPLINA,POSSO NO FINAL TOMAR UMA INFILTRAÇÃO COM O MEDICAMENTO SYNVISC OU TEM ALGUMA CONTRA INDICAÇÃO.ADORO JOGAR COM AMIGOS,AJUDE UM DESPORTISTA MANDE-ME RESPOSTA E UM FORTE ABRAÇO.

  6. Nicole comenta:

    9 outubro, 2010 @ 9:23 PM

    Muitos médicos temem aplicar synvisc na artrose do ombro? Estou com artrose no ombro e sofro muito. Se se pode aplicar, em que PM (peso molecular)? Peço com urgência uma explicação!

  7. eliete comenta:

    21 outubro, 2010 @ 10:24 AM

    Dr.gostei do assunto da viscossuplementaçao gostaria de saberem SP quem aplica.
    grato
    Eliete

  8. Fabio comenta:

    30 junho, 2011 @ 3:42 PM

    Boa tarde Dr., Eu ja venho fazendo essas infiltraçoes com suprahyal…elas tiram a dor por cerca de uns 8 meses depois voltam….Ja fiz tres sessões de quatro aplicaçoes….Mas tenho receio de se ficar utilizando esse tratamento direto, possa causar danos em outros tecidos do joelho, tais como o menisco…. Gostaria de saber sua opinião, pois ja perguntei pra alguns medicos, inclusive o que faz as infiltraçoes, e uns falam que nao é bom, outros falam que nao tem problema…se puder me ajudar..
    Abrço Fabio

  9. Lúcia J.Busanello comenta:

    2 julho, 2011 @ 2:24 PM

    Nunca recebi resposta alguma aos meus questionamentos.
    Lúcia.

  10. Maria Jose comenta:

    31 maio, 2012 @ 3:36 PM

    Queria saber se pode tomar sulfato de condroitina,glucosamina e diacereina juntos para artrose??????

  11. Camila Chahad comenta:

    29 agosto, 2012 @ 2:47 AM

    Tenho grande desgaste no quadril direito e quero tentar outros tratamentos antes de cerder à cirurgia que me fará retornar ao centro cirúrgico periodicamente de tempos em tempos para troca da prótese e tenho apenas 39 anos. Gsotaria de experimentar a injeção de viscosuplementação ou de ácido hialurônico.
    Aguardo urgente contato pois sinto dores horríveis irradiadas 360° em todos os ângulos o quadril.
    Gostaria de marcar uma consulta o mais urgente possível.
    Atenciosamentee
    Camila Chahad
    (11) 95133-4056
    (11) 2977-0952

  12. Rinky comenta:

    21 dezembro, 2012 @ 1:23 PM

    Acredito que não ignorar a dor seja um dos principais benefícios para se combater este mau, afinal o diagnóstico pode ser antecipado. Excelente post,

Deixe seu comentário aqui !