07 - fev
  

Nefropatia Membranosa

Categoria(s): Conceitos, Nefrogeriatria




Conceito

A nefropatia membranosa é a causa mais freqüente de síndrome nefrótica idiopática em adultos. Essa doença pode estar associada com infecções (sífilis, hepatite B), lúpus eritematoso sistêmico, medicamentos (sais de ouro) e tumores sólidos e linfomas.

Clinicamente os pacientes apresentam edema, hipertensão e hematúria microscópica. A filtração glomerular geralmente é normal. A nefropatia membranosa é freqüentemente está associada com eventos trombóticos, incluindo a trombose da veia renal.

O exame histopatológico dos rins dos pacientes com nefropatia membranosa mostra espessamento das alças dos capilares glomerulares sem proliferação celular (figura A). O estudo por imunofluorescência mostra as imunoglobulinas e os complementos em distribuição fina e granular ao longo da parede dos capilares glomerulares (figura B) e a microscopia eletrônica revela depósitos eletrodensos subepiteliais (figura C).

A evolução da nefropatia membranosa é lenta e taxa de remissão espontânea significativa. A sobrevida com funçnao renal adequada é maior que 75% em 10 anos e a taxa de remissão espontânea é de 20% a 30%.

O tratamento da NM depende do controle das possíveis doenças associadas citadas acima. Nos pacientes idosos, que tiveram redução da função renal prévia ao desenvolvimento da nefropatia membranosa e especialmente os que têm elevado grau de proteinúria persistente apresentes risco de desenvolver a forma progressiva da doença. Esses pacientes se beneficiam com terapia imunossupressora.

A trombose da veia renal pode ser assintomática, estando associada com diminuição da taxa de filtração glomerular e aumento da proteinúria no paciente nefrótico ou pode se apresentar com embolia pulmonar.

Referências:

Hogan SL, Muller KE, Jennette JC, Falk RJ – A review of therapeutic studies of idiopathic membranous glomerulopathy. Am J Kidney Dis. 1995;25:862-875.

Schieppati A, Mosconi L, Perna A, Mecca G, et al – Prognosis of untreated patients with idiopathic membranous nephopathy. N Engl J Med. 1993;329:85-89.

Tags: , , , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


Deixe seu comentário aqui !