22 - jan
  

Insuficiência cardíaca congestiva

Categoria(s): Cardiogeriatria, Conceitos, Dicionário




Conceito

A compreensão das formas congestivas das cardiopatias baseia-se na evolução pressórica nas fases do cíclo cardíaco. A fase diastólica ventricular é a mais longa iniciando-se com a abertura das valvas atrioventriculares (mitral e tricúspide), nesta fase, as pressões dos átrios e seus respectivos ventrículos são semelhantes, ou seja no lado direito a pressão do átrio direito é igual a do ventrículo direito e no lado esquerdo a pressão do átrio esquerdo é igual a do ventrículo esquerdo. Como não existem barreiras entre os átrios e as veias que drenam o sangue para o seu interior, estas mesma pressões diastólicas são a elas transmitidas.

Insuficiência cardíaca esquerda

No caso de haver um aumento de pressão diastólica no ventrículo esquerdo, por ex. hipertensão arterial sistêmica, miocardiopatia hipertrófica, ou no átrio esquerdo como nas insuficiências ou estenoses da valva mitral, esta pressão é transmitida a toda arvore vascular pulmonar, provocando congestão veno-capilar pulmonar com sintomas de falta de ar aos esforços e mesmo em repouso, e nos casos mais graves o edema pulmonar.

Veja Edema agudo pulmonar

Insuficiência cardíaca direita

A insuficiência cardíaca direita (ICD) se apresenta em decorrência de falência crônica da função ventricular direita. Como o ventrículo direito funciona principalmente na forma de capacitância estes fenômenos ocorrem de forma lenta e gradual. Os sinais e sintomas apresentados pelos pacientes são de edema periférico (inchaço nos pés, pernas, abdome e braços), congestão visceral – figado com hepatomegalia dolorosa, esplenomegalia e edema das alças abdominais, além de coleção de líquido entre as serosas (ascite, derrame pleura, derrame pericárdico). As veias mostram-se bastante distendidas, especialmente as jugulares e safenas.

As imagens mostram a congestão hepática e a dilatação das veis supra hepáticas.

Estudo  hemodinâmico – Em secção transversal o VD tem a forma de meia-lua, na qual a parede livre é côncava e o septo convexo; o VD apresenta 1/3 da espessura do VE sendo irrigado predominantemente pela artéria coronária direita.

A pressão sistólica normal é de 25 mmHg – 30 mmHg e a diastólica final de 0 mmHg – 5 mmHg. Devido a baixa pressão sistólica, os vasos coronarianos intramiocárdicos não são comprometidos nesta fase, portanto, ao contrário do VE, sua perfusão é bifásica (sistólica e diastólica). Nas situações de importante aumento da pós-carga, a elevação da pressão sistólica comprime os vasos intramiocárdicos, ficando a perfusão dependente da fase diastólica o que agrava a função contrátil e a IC direita.

Este fato ocorre com a súbita oclusão das artérias pulmonares resultante das embolias pulmonares, sendo que estas dependerão da severidade da área vascular ocluída, da capacidade do VD em vencer a elevação da pós-carga e da reserva de perfusão coronária direita para este ventrículo.

Veja – Cor pulmonale

Referências:

Westaby S, Karp RB, Blackstone EH, Bishop SS – Adult human valve dimensions and their surgical significance. Am J Cardiol. 1984;53:553.

Rapaport E – Natural history of aórtic and mitral valve disease. Am J Cardiol. 1975;35:221.

Grinberg M – Estenose mitral, necessidade de semiologia invasiva ? Arq Bras Cardiol. 1983;40:1.

Cournand A, Ranges HÁ – Catheterization of the right auricle in man. Proc Soc Exp Biol. 1941;46:462.

Kitabatake A, Inouse M, Asão M et al – Noninvasive evaluation of pulmonary hypertension by a pulsed Doppler technique. Circulation 1983;68:302-309.

Tags: , ,




Comentário integrado ao Facebook:


11 Comentários »

  1. josé fernandes f da silva comenta:

    10 março, 2009 @ 2:48 PM

    Tenho doença de Chagas avançada.Tenho insuficiência mitral e arritimia com bloqueio dos ramos esquerdo e direito.
    Gostaria de saber se essa doença é fatal?
    Porque os médicos falam que todos os nós temos essa doença e essa doença não mata ninguém.
    Meu motivo é que eu não consigo mais trabalhar por causa da doença que esta mais grave cada dia
    ass
    Jose Fernandes de osasco sp 11 73165575

  2. fernanda comenta:

    13 agosto, 2009 @ 4:31 PM

    esse site nao esta muito completo pois a terapia nutricional nao tem

  3. marcelo comenta:

    2 setembro, 2009 @ 6:31 PM

    tenho q fazer um trabalho de uma evoluçao de um paciente geriatrico com icc internado na cti.e urgente me ajuta….tec enfermagem

  4. ricardo a dos santos comenta:

    20 outubro, 2009 @ 11:14 AM

    tenho diabétes.hipertensão;com marcação cirurgica de hérnia de disco l5 s1lombar. fiz rx tórax. devido a dores e falta de ar.resultado. aumento da area cardiaca.infiltrado intersticial perilar por edema/ou processo viral. o médico me encaminhou p/cardiologista. que pediu ecocardiograma c/dopller e exame de esfoço . disse que é insuficiencia cardiaca congestiva. parei ate com fisioterapia para ver a gravidade desta surpresa.sou motorista e com todos esss problemas estou impedido de trabalhar.gostaria de que me falasse a respeito. pois ja é um risco fazer cirurgia com osproblemas anteriores e ja o pessoal do seguro não ta nem ai. pois não se trata da saude deles

  5. lidia comenta:

    30 outubro, 2009 @ 12:24 PM

    boa tarde, eu tenho valva mitral metalica mas sinto muita fraqueza dor de cabeça direto os médicos dizem que eu tenho aumento do coraçao e arritimia .por isso sinto as fraquezas ,até em repouso tem hora que parece que meu coraçao ta quietinho e tem hora que ele dispara mesmo em repouso imagine fazendo algum esforço . os médicos dizem que é só controlando ……agora apareceu uma hipertensão pulmonar no ecocardiograma e no eletro uma tal de parte inativa os médicos dizem ser normau . mas não me sinto igual as pessoas disposta a tudo e com forças …..

  6. ROSECLEY PASSIG KUHNEN comenta:

    6 dezembro, 2009 @ 11:32 PM

    SOFRO DE HIPOCINESIA DIFUSA COM FRAÇÃO DE EJEÇÃO DO VENTRICUO ESQUERDO DE 38%,ATUALMENTE VENHO TENDO CRISES HORRIVEIS ,HIPOTENSSÃO 50/00. HIPOTASSEMIA .GOSTARIA DE SABER O QUE PODERIA FZER SE NUMA DESSAS CRISES EU NÃO OBTER SOCORRO RAPIDO…FICO MUITO APAVORADA POIS OS SINTOMAS SÃO HORRIVEIS , TENHO A SENSSAÇÃO DE QUE VOU MORRER…MINHA SATURAÇÃO CAI ,FICO MUITO TONTA ,MINHAS MÃOS FICAM ENRRIGECIDAS MINHAS PERNAS E BRAÇOS ADORMECEM ,E SEMPRE PASSO MAL QUANDO ME COLOCAM DEITADA PARA FAZER O ELETRO CARDIOGRAMA,E OS MÉDICOS DIZEM SEMPRE A MESMA COISA : É ISSO AI MESMO TENS QUE TE CONFORMAR…TEM COMO ALGUÉM SE COMFORMAR COM TANTA FALTA DE INFORMAÇÃO?ESTOU FICANDO LOUCA DE TANTA ANSIEDADE..DESCULPEM MAS É MAIS UM DESABAFO MESMO.SÓ QUERIA A MINHA VIDA DEVOLTA ,POIS TENHO 38 ANOS E TRES FILHOS QUE PRECISAM DE MIM..OBRIGADA…

  7. JOSÉ TADEU AVELINO comenta:

    1 fevereiro, 2010 @ 2:20 PM

    recebi o resultados de RX toráx com o seguinte diagnóstico:

    CIFOSE E OSTEOATROSE DIRSAL
    INFILTRADO INTERSTICIAL PARA-CARDÍACO À ESQUERDA
    NÓDULOS CALCIFICADOS EM TERÇO MÉDIO DO PULMÃO DIREITO
    SEIOS E CUPULAS FRÊNICAS LIVRES
    ÁREA CARDÍACA NORMAL
    AORTA ALONGADA

  8. Monica comenta:

    24 agosto, 2010 @ 4:54 PM

    Olá.
    Estou fazendo um trabalho para o colégio e gostaria de saber quais as doenças que mais atingem os idosos, bem como sua porcentagem.
    Atenciosamente
    Mônica

  9. silmara comenta:

    29 setembro, 2010 @ 2:37 PM

    diariamente tenho oscilação da pressão, ficando baixa e muito proxima a sistolica da diastolica 80×70 com batimentos alterados de 80bpm para 140bpm ou mais. Alem disso tenho tontura, enjoo e calafrios, não sei o que fazer pois o mau estar é muito grande.

  10. Rozani Silva Mello comenta:

    15 dezembro, 2012 @ 7:34 PM

    Tive ca de mama ‘E’,(retirada parcial e tratamento com quimio e rádio), tive reincidência mesma mama e posterior mastectomia,, tive metástase pleural quando fiz então mais 12 sessões de quimio muito agressiva, agora meu ventrículo esquerdo está dilatado e com hipocinesia difusa (++), sinto muito cansaço, principalmente para qualquer esforço, sem falar ter que subir qq rampa por menor que seja, agora sinto que meu coração ronca, achava que poderia serem gazes, mas é diferente, sinto que é diferente, queria saber se corro algum risco extra ou se é apenas neura, tomo remédio Carvedilol 25mg e Clortalidona 25, me responda pfvr!!! Desde já agradeço!!

  11. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    16 dezembro, 2012 @ 7:39 AM

    Rozani
    Pelo seu relato vou está com uma doença do músculo cardíaco (miocardiopatia) que pode ter sido causada pela quimioterapia ou radioterapia. O tratamento da insuficiência cardíaca é este mesmo. Boa alimentação, controle do pêso ajuda a recuperar o coração. Exercícios exagerados pode piorar o quadro. Mantenha a Pressão e o peso controlados.

Deixe seu comentário aqui !