26 - out
  

Diarréia crônica

Categoria(s): Caso clínico, Gastroenterologia




Interpretação clínica

  • Mulher de 43anos, casada, 2 filhos de parto cezareano, menstruação normal. Tem história de dor abdominal baixa e diarréia diária há 3 anos. A dor é do tipo cólica, em ambos os quadrantes inferiores e é aliviada com a evacuação. Dor e distensão abdominal ocorrem durante a alimentação e são aliviadas por evacuação semilíquida, não sanguinolenta, após cada refeição.
  • Nega incontinência fecal, perda de peso, febre, náusea ou vômito. Dieta sem lactose não melhorou os sintomas.
  • Nos últimos 4 anos tem sido a única filha a cuidar da mãe,  portadora de doença de Alzheimer.
  • Exame físico normal. Exames gastroenterológicos, incluindo cultura de fezes e sigmoidoscopia, normais.

Qual o diagnóstico e conduta para o caso?

A paciente apresenta todos os critérios compatíveis com o diagnóstico de síndrome do intestino irritável (critério de Roma). não há outros achados de doença orgânica. A situação de vida estressante (cuidar da mãe com Alzheimer) é um fator importante para a síndrome do intestino irritável, e medicações antidepressivas e ansiolíticos são indicados. No entanto, nos casos mais intensos recomenda-se um avaliação e acompanhamento psiquiátrico.

Como provas terapêutivas podemos utilizar o teste da lactose, uso de agentes anticolinérgicos (hiosciamina ou diciclomina) e suplementos com fibras.

Nos pacientes que apresentem sangramento vivo nas fezes (hematoquezia) e perda de peso, a colonoscopia é o exame obrigatório, no sentido de se excluir as neoplasias intestinais.

Tratamento – Freqüentemente, informações tranquilizantes ajudando no controle da crise. Terapias psicológicas e farmacologia antidepressivas e ansiolíticas devem completar o tratamento.

Veja – Síndrome do intestino irritável

Referências:

Hahn B, Watson M, Yan S, Gunput D, Heuijerjans J – Irritable bowel syndrome patterns: frequency, duration, adn severity. Dig Dis Sci, 1998;43:2715-2718.

Bennett EJ, Tennant CC, Piesse C, Badcock CA, Kellow JE – Level of chronic life stress predicts clinical outcome in irritable bowel syndrome. Gut 1998;43:256-261.

Tags: , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


1 Comentário »

  1. Carina comenta:

    9 julho, 2009 @ 8:33 PM

    Olá, resolvi escrever pra tentar ajuda pra o meu caso. tenho 27 anos e depois de uma cirurgia pra retida de minha visicula, passei a ter diarreia depois de todas as alimentaçãoes diarias. este problema está mudando toda minha vida. Não tenho mais vida social, não faço nenhuma alimentação fora de casa. Toda vez que como sinto muitas dores abdominais que só passam se eu for imediatamente ao banheiro. Já fiz todos os exames pedidos por dois medicos, mas até agora todos os resultados estão normais. Presciso de ajuda, se vcs conhecem algum medico especialista neste problema , por favor me avisem. Não posso perder toda minha vida com este problema.
    Att,
    carina Cunha

Deixe seu comentário aqui !