01 - jul
  

Diabetes Mellitus – Insulina: Produção e ações

Categoria(s): Bioquímica, Dicionário, Endocrinologia geriátrica, Farmacologia e Farmácia




Dicionário

INSULINA

insulina

Dentre os hormônios, o mais importante é, sem dúvida nenhuma, a insulina. A insulina é produzida pelas células beta, localizadas nas ilhotas de Langerhans, no interior do pâncreas, e tem a função de regular a quantidade de glicose existente no organismo.

A glicose penetra nas células graças à ação da insulina. No diabetes há falta de insulina e portanto a glicose não penetra nas células permanecendo na circulação. O nível normal de açúcar no sangue é de 70 a 110 mg/dL. Acima de 110 e até 126 mg fala-se em intolerância à glicose e após 126mg – diabetes mellitus.

Receptor de insulina –  A insulina sérica se liga a um receptor específico na superfície de suas células-alvo. O receptor é um grande complexo glicoprotéico transmembrana que pertence à superfamília de receptores tipo 3 ligados a quinases e constituindo em duas subunidades alfa e duas beta. Os receptores ocupados se agregam em grupos, que são interiorizados em vesículas, resultando em infra-regulação. A insulina interiorizada é degradada nos lisossomos, mas os receptores são reciclados para a membrana plasmática.

Ações da insulina

insulina tem importantes ações na econômica energética, tais como:

1. Aumento da síntese do glicogênio - a insulina força o armazenamento da glicose nas células do fígado (e dos músculos) na forma do glicogênio; os níveis baixos de insulina faz com que as células do fígado convertam o glicogênio em glicose e excrete para o sangue. Esta é a ação clínica da insulina que é diretamente útil em reduzir níveis elevados do glicose do sangue como no diabetes.

2. Aumento da síntese do ácido graxo - a insulina força as células gordurosas a recolher os lipides do sangue que são convertidos nos triglicerides; a falta da insulina causa efeito ao contrário.

3. Aumento da esterificação dos ácidos graxos - a insulina força o tecido adiposo a sintetizar gorduras (isto é, triglicerides) a partir dos esteres do ácido graxo; a falta da insulina causa o efeito inverso.

4. Diminuição da proteinolise - a insulina promove a redução da degradação das proteínas; a falta da insulina aumenta a degradação da proteína.

5. Diminuição da lipólise - a insulina reduz a conversão dos estoques lipídicos das células gordurosas em ácidos graxos sangüíneos; a falta da insulina tem efeito inverso.

6. Diminui a gliconeogenese - diminui a produção da glicose oriundas de vários substratos, no fígado; a falta da insulina causa a produção da glicose de vários substratos no fígado e em outras partes do corpo.

7. Aumento da “captura” de amino-ácido - forças células à absorver aminos-ácido circulantes; a falta do insulin inibe essa absorção.

8. Aumento da “captura” do potássio - a insulina força as células a absorver potássio sérico; a falta da insulina inibe esta absorção.

9. Ação no tônus do músculo das artérias - a insulina promove o relaxamento dos músculos das arterias, aumentando o fluxo sangüíneo, especialmente nas artérias da microcirculação; a falta da insulina reduz o fluxo sangüíneo permitindo que estes músculos se contraiam.

10. Crescimento celular – As ações de longo prazo da insulina englobam efeitos sobre o DNA e RNA, mediados, em parte, pelo completo Ras (Ras é uma proteína que regula o crescimento celular e cicla entre uma forma ativa ligada ao GTP (guanidina trifosfato) e GDP (guanidina difosfato)). A insulina muda o equilíbrio em favor da forma ativa e inicia uma cascata de fosforilação que resulta na ativação de proteínas quinase ativada por mitógenos, que, por sua vez, ativa vários fatores de transcrição nucleares, levando à expressão de genes que estão envolvidos com crescimento celular,

Referências:

Albuquerque R. Reginaldo. Hipoglicemia. Sociedade Brasileira de Diabetes. [on line]

Diabetes Mellitus. [on line]

FAJANS, Stefan S. Diabetes Mellitus; Hipoglicemias. Manual Merck, Seção 13 – Distúrbios Hormonais, Capítulo 148 – Hipoglicemia. [on line]

Tags: ,




Comentário integrado ao Facebook:


30 Comentários »

  1. Flávio Henrique comenta:

    13 julho, 2008 @ 7:58 PM

    Gostei muito deste artigo, pois me tirou muitas dúvidas acerca da ação da insulina sobre o armazenamento tanto da glicose como dos ácidos graxos. Muito bom esse artigo! Parabéns

  2. Junior comenta:

    30 setembro, 2008 @ 11:30 PM

    a atividade fisica regula o nivel de glicose no sangue, no diabetes tipo 1 ?
    se for sim, de que forma.
    e se for nao, por que não ??

  3. ANNE comenta:

    3 dezembro, 2008 @ 1:29 PM

    MEU CORPO ESTA PRODUZINDO INSULINA A MAIS QUE O NORMAL, GOSTARIA DE SABER O QUE TA ACONTECENDO COM MEU CORPO.
    OBR.
    ANNE

  4. Glaucia comenta:

    12 março, 2009 @ 4:45 PM

    gostaria de saber quais sao as organelas intracelulares
    indispensaveis para a produçao de insulina
    obrigada

  5. arthur tavares comenta:

    13 maio, 2009 @ 5:55 PM

    Gostaria de ter um esclarecimento:
    meu corpo está produzindo insulina a mais que o normal (13 mU/L, quando o normal pela IMC 22,60 kgm2 e o cálculo HOMOA -IR : 3,0).
    Pergunto: o que está aconetecendo?

  6. Cristina comenta:

    28 maio, 2009 @ 12:22 PM

    Bem minha filha que tem 6 anos esta produzindo o dobro de insulina que deveria no maximo reproduzir…vim ler a respeito e vi que tem outras pessoas com o mesmo problema, gostaria de entender isso melhor…ela esta fazendo dieta…com a medica mas quero saber mas sobre isso para poder entender e auxilia-la da melhor forma. Aguardo resposta. Grata Cristina

  7. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    31 maio, 2009 @ 8:49 AM

    Cristina,
    A médica que está atendendo sua filha é a pessoa mais indicada para os esclarecimentos. Pode estar ocorrendo a chamada síndrome da resistência insulina. Converse com ela a respeito.

  8. J.Pereira comenta:

    20 agosto, 2009 @ 4:26 PM

    Qual o nivel de insulina no sangue de um adulto “normal”.

  9. ricardo serra comenta:

    31 agosto, 2009 @ 3:25 PM

    boa tarde ,fiz exame de sangue e a minha insulina ficou inferior a 2.00 mcui/ml,oque devo fazer?

  10. gabi comenta:

    11 setembro, 2009 @ 2:18 PM

    PARABéNS! esta ótimo este texto! me ajudou muito! obrigada!

  11. rodinei comenta:

    22 setembro, 2009 @ 12:51 AM

    hehhehe esse artigo me deu 4.0 pontos na escola pela pesquisa, valeu gente por colocar um assunto desse na rede.parabéns.

  12. EDUARDO comenta:

    6 outubro, 2009 @ 10:21 AM

    MEU EXAME ACUSA 19,3 Uu1/ML DE INSULINA O QUE SIGNIFCA?

  13. Jéssica comenta:

    8 novembro, 2009 @ 8:37 AM

    Ótimo artigo! Ajudou a esclarecer inúmeras dúvidas sobre a ação da insulina no organismo através de um vocabulário acessível (a quem tem uma certa noção do funcionamento celular e orgânico).

  14. Juliana Gomes Noronha comenta:

    12 abril, 2010 @ 7:59 PM

    quando o problema da insulina está no não reconhecimento dela pelos receptores quimicos? como se dá o tratamento? pois neste caso, há insulina, só não está sendo reconhecida.

  15. Henrique comenta:

    8 agosto, 2010 @ 12:22 PM

    Veja no YouTube o funcionamento da caneta injetora que introduz a agulha e injeta a insulina de modo automático em http://www.youtube.com/watch?v=SSWzOiViPPw

  16. kelly cristina das dores comenta:

    26 agosto, 2010 @ 11:36 PM

    Gostei muito do artigo,está me ajundando a comreender mais,sobre a ação que e insulina faz no organismo.

  17. Ully comenta:

    22 setembro, 2010 @ 3:55 PM

    insulina é uma molécula?

  18. Henrique comenta:

    6 novembro, 2010 @ 3:04 PM

    Disponho de caneta injetora para seringa BD 1ml. Introduz a agulha e injeta a insulina ao mesmo tempo. Perfeito para quem tem medo de agulha ou dificuldade de fazer a aplicação.

    Veja no YouTube digitando: “caneta injetora” ou no link http://www.youtube.com/watch?v=SSWzOiViPPw

    Informe-se para envio por Sedex pelo canetainjetora@bol.com.br ou pelo tel. 21-2547-2478.
    Henrique

  19. laura vitoria comenta:

    10 novembro, 2010 @ 7:00 PM

    isso min ajudou muito no meu trabalho de fisica valeu

  20. ANDERSON DAVILA comenta:

    24 novembro, 2010 @ 8:49 PM

    INSULINA AJUDA A OBTER PESO?

  21. lourival flor comenta:

    24 dezembro, 2010 @ 8:45 AM

    Por favor , existe alguma metodologia para controlar a qualidade da insulina ? A necessidade e de pessoas que tem a diabetes , porem com um consumo baixissimo de insulina por dia . ao fazer uso da bomba para a administração diaria , o conteúdo demora muito tempo dentro da seringa da bomba , o que esta levando a perda de atividade da insulina , dado que as condicoes de armazenagem nao sao as mais adequadas para a estabilidade da insulina .

  22. edson comenta:

    28 fevereiro, 2011 @ 10:11 PM

    Observei uma cena,onde num hospital chegara uma senhora aparentando 50 anos de idade,ela havia sofrido um acidente,o estado gravissimo dela possivelmente nao havia retorno,pois aparentava traumatismo craniano,e praticamente quase todos os membros quebrados,no entanto o medico de plantao que a atendeu e examinou-a,mandou aplicar instantaneamente via introvenosa de 10 cc de insulina,a senhora terminou de morrer praticamente ao mesmo tempo dessa aplicaçao.
    A pergunta é a insulina tem esse poder de matar instantaneamente????
    O brigado pela atençao aguardo resposta.

  23. Kelly comenta:

    8 março, 2011 @ 6:09 PM

    Atualmente o nível normal de glicose no sangue deve ser <99 !
    Maior que isso é considerado a normal!

  24. ... comenta:

    1 maio, 2011 @ 9:21 PM

    quanto a insulina aplicada logo após a aplicação da somatropina

    vai ter uma melhor absorção dos sais minerais e vitaminas?

  25. HIAGO FELIX SECUNDINO comenta:

    8 junho, 2011 @ 5:45 PM

    MANDE PARA MIM NO MEU E-MAIL

    EU ACHO QUE A INSULINA MUITO BOA PARA QUEM CONSUMI DIABETE PORQUE ELA ALEM DE AJUDAR AS VEZES AJUDA FMZ ME MANDA EM

  26. Andressa comenta:

    23 agosto, 2011 @ 9:36 PM

    Mas eu queria saber:
    a utilização das bactérias na produção de insulina???????????????????????
    Pelo amor de Deus me responde logo.
    Bjs…..

  27. Cristhiane Soua comenta:

    14 outubro, 2011 @ 11:47 AM

    Boa Tarde

    Meu filho tem 5 anos, 1,11m e 18Kg. Seu exame de sangue mostrou que ele está com 90 mg/dL de glicose e 1,3 mcU/mLde insulina, ou seja, a glicose está dentro da referência de normalidade e a insulina 0,7 abaixo da referência. Isto já caracteriza diabete? Pois os artigos que leio falam do aumento da glicose mas não definem o que seria um indice muito baixo de insulina.
    Aguardo retorno. Obrigada
    Cristhiane

  28. eliane comenta:

    10 novembro, 2011 @ 7:21 AM

    Bom dia!

    Gostaria de saber o que significa ter insulina acima do normal?
    Meu corpo esta produzindo insulina a mais que o normal.
    Quais sao os problemas futuros que podem surgir?
    Aguardo retorno. Obrigada!

    Eliane

  29. Filipe comenta:

    13 fevereiro, 2012 @ 9:40 PM

    Boa noite. Fiz análises, sanguíneas, recentemente, e gostava de esclarecer, junto de vocês, uma dúvida. Eu tenho os meus valores de glicémia, em jejum, com 83 mg/dl e após os 120 minutos com 78 mg/dl, acontece que a nível hormonal, nomeadamente a insulina, tenho valores abaixo do normal < 2 mcUi/ml. Alguém me poderá esclarecer o que se passa?! Qual será o problema?! Estes valores, anteriormente referidos, são em jejum; nunca fiz nenhum estudo de insulina. Obrigado.

  30. rosangela v.freire comenta:

    14 fevereiro, 2012 @ 6:36 PM

    Boa noite ,
    Gostaria de saber o que significa ter insulina acima do normal?
    Meu corpo esta produzindo insulina a mais que o normal, qual médico e qual especialidade devo procurar ?

    Rosangela

Deixe seu comentário aqui !