21 - jun
  

Lesão do manguito rotador

Categoria(s): Caso clínico, Reumatologia geriátrica




Interpretação clínica

  • Senhora de 72a com queixa de dores e dificuldade para elevar o ombro esquerdo há 1 dia. Nega trauma ou queda. Refere que ao acordar sentiu dores no ombro esquerdo e agora esta com dificuldade para elevar o braço a altura do ombro. Tem diabetes controlada com dieta e insulina. Sistema cardiopulmonar normal. Refere ter feito os exames de rotina há menos de um mês e estava tudo normal. O exame físico constatou dificuldade ao elevar ativamente o braço esquerdo. Restante do exame físico normal. Foi solicitado uma radiografia do ombro que não revelou alterações ósseas. Pedido uma ressonância nos sentido de avaliar as partes moles do ombro.

manguito rotador

O principal grupo muscular responsável pela movimentação do ombro é o manguito rotador. O manguito rotador é formado pelos seguintes músculos: supra-espinhoso, infra-espinhoso, subescapular e redondo menor. Possui inserção tendinosa no úmero, facilitando a estabilidade articular e propiciando movimentação.

Resposta do caso

O exame de ressonância mostra um lesão do manguito rotador. Esta lesão pode vir expontaneamente e se manifesta de forma súbita com dor e dificuldade de elevação e sustentação do braço afetado. Esta lesão pode ser completa ou parcial e as análise da ressonância e dos aspectos clínico definiram os procedimentos terapêuticos se clinicos (uso de analgésicos e antiinflamatório + repouso articular) ou cirúrgicos.

50% dos pacientes podem apresentar ruptura sem trauma do manguito rotador. Devemos lembrar que o diabéticos pode apresentar infarto muscular por lesão dos vasos que os nutre. (veja artigo de referência).
Comentários
As rupturas do manguito rotador são facilmente identificadas após lesões traumáticas. Fratura da cabeça umeral e luxação do ombro devem ser sempre consideradas. Porém, aproximadamente metade dos pacientes não apresentam antecedente de trauma. Nestes casos, degeneração do manguito rotador ocorre gradualmente, resultando em ruptura incompleta e eventualmente em ruptura completa. As rupturas são classificadas como pequena (< 1 cm), média (1-3 cm), grande (3-5 cm), acentuada (> 5 cm). Dor no ombro, fraqueza à abdução e perda da mobilidade ocorre em vários graus, variando de dor importante e discreta fraqueza à ausência de dor e fraqueza severa. Sinal de queda do braço com incapacidade para manter 90° de abdução passiva do ombro pode estar presente em grandes ou severas rupturas.

Diagnósticos diferenciais : tendinite do manguito rotador, tendinite bicipital, capsulite adesiva e síndrome do desfiladeiro torácico.

Veja mais Síndrome do manguito rotador

Referências:

Araujo NC, Fernandes JA – Reumatismo de partes moles – I. Membros superiores. Temas de Reumatologia clínica. vol 4, n.1, 14-19,2003.

MacIsaac RJ, Jerums G and Scurrah L – Diabetic muscle infarction. MJA 2002 177 (6): 323-324.

Tags: , ,




Comentário integrado ao Facebook:


9 Comentários »

  1. Andrea comenta:

    26 janeiro, 2009 @ 3:32 PM

    Gostaria de saber se a lesão no maguito pode incapacitar uma pessoa para o trabalho de forma definitiva, ou se existe recuperação. Obrigada

  2. valnei santos comenta:

    4 março, 2009 @ 11:32 PM

    gostaria de saber em quanto tempo um paciente operado do manguito rotador po pegar pessos exessivos ou não mais pode pegar e em caso de funções laborativas que exija tais esforços como proceder?

  3. giane comenta:

    16 abril, 2009 @ 10:36 PM

    A minha duvida é a mesma da Andrea, gostaria de saber se essa lesão no manguito pode incapacitar uma pessoa para o trabalho definitivamente. Desde já, agradeço

  4. regina comenta:

    17 junho, 2009 @ 8:37 PM

    meu marido fez a cirurgia do manguito mas quando o medico abriu nao encontrou nada só osso e ai fechou;disse nao poder fazer nada ,isso existe .A ruptura foi completa ele esta fazendo fisiopterapia.eu acho que ele deve procurar outro medico.Quero alguma resposta de ajuda.Obrigada.

  5. Rodney andrade comenta:

    20 outubro, 2009 @ 9:07 PM

    sou atleta , e passei a ter dores no ombro. foi constatado lesao no supra a acupuntura resolve? quanto tempo leva pra se recuperar essa lesao?

  6. Sara comenta:

    17 julho, 2010 @ 11:23 PM

    Fiz cirugia do manguito rotador, qual o periodo que leva para a recuperacao total e voltar as atividades normai,s pois tenho 3 meses de cirurgia e ainda sinto dores?

  7. Luciana comenta:

    4 outubro, 2010 @ 7:39 PM

    Fiz cirurgia do ombro direito manguito rotator faz 3 meses e ainda sinto dores e fraqueza no braço o que me impede de levantar o braço totalmente , faço fisioterapia todos os dias e não estou vendo melhorar.
    Qual seria o tempo para recuperação e volta ao trabalho? Sou bancária e digito o período inteiro.

  8. telma comenta:

    6 novembro, 2010 @ 12:16 PM

    Fiz uma cirurgia de umero e reparo no manguito rotataor.Comecei a fisioterapia com 15 dias após a cirurgia.Já faço alguns movimentos com o braço mas quando façomuito movimento, sinto dores no ombro. Fazem seis meses da cirurgia, e fiz um Raio X selicitado pelo médico, que indicou a não consolidação ainda. Isso é normal? O que devo fazer? Tenho 53 anos.
    Grata pela resposta

  9. Marcos Cantuario da Silveira comenta:

    8 novembro, 2011 @ 9:29 AM

    Olá pessoal,minha pergunta é a mesma da Andréa do dia 26 de Janeiro de 2009,desde ja agradeço a atenção…abraços.

Deixe seu comentário aqui !