02 - mar
  

Hipertensão do jaleco branco: benigna ou maligna

Categoria(s): Cardiogeriatria, Programa de saúde pública




Editorial

esfingomanômetroO termo hipertensão do “jaleco branco”, “white coat hypertension” ou hipertensão “de consultório”, embora de uso recente nos meios médicos não é um conceito novo. Essa expressão é empregada para descrever pacientes cuja pressão arterial (PA) sistêmica é elevada quando medida no consultório do médico ou na clínica, porém normal em outras ocasiões. No presente momento, discute-se se esta morbidade é uma condição benigna ou não, e as causas de sua manifestação.

O primeiro relato a respeito do assunto e registrado em literatura data de 1930, quando George Brown publicou nos Annals of Internal Medicine dados de média da pressão arterial de 34 hipertensos em casa e no consultório, mostrando que fora do consultório, ou seja em domicílio, estes pacientes apresentavam níveis inferiores de pressão arterial, e pela primeira vez se caracterizou esta morbidade como sendo a síndrome do avental branco.

Quando à questão se a hipertensão do jaleco branco pode ser ou não considerada uma condição benigna podemos dizer que existe dois pontos de vista que se contrapõe dentro da comunidade médica que estuda o assunto: a maioria dos pesquisadores considera o prognóstico como benigno, enquanto que uma minoria tem sugerido que os riscos na hipertensão do jaleco branco são semelhantes aos riscos dos portadores de hipertensão sustentada.

Quanto à questão, se a medida isolada da pressão arterial é a melhor indicação do risco de morbidade cardiovascular, tem-se obtido informações a partir de estudos, de diversos autores, que as medidas da pressão quer esporádicas ou sistemática na clínica ou fora dela, têm uma tendência a regredir ao longo do tempo, de tal modo que os indivíduos cuja pressão é registrada originalmente como alta, exibirão uma diminuição nas medidas subseqüentes, ao passo que aqueles com pressão inicial baixa, exibirão um aumento. Estas situações podem conduzir a uma atitude por parte do médico de subestimar as verdadeiras condições de PA do paciente, sendo que o risco será, portanto, mais acentuado para a pressão verdadeira do que para a pressão casual.

As discussões quanto a definição se a hipertensão do jaleco branco é benigna não são conclusivas, mas em geral são corroborantes. Embora vários estudiosos tenham tentado definir um subgrupo com hipertensão do jaleco branco, verificaram que muitos pacientes apresentavam às vezes pressão ambulatorial maior que na clínica, e estes sim pertenciam ao grupo de risco, ou seja, eram de fato hipertensos.

Explicações do fenômeno

Já foram postuladas pelo menos três hipóteses para explicar a hipertensão do jaleco branco. A 1ª delas é a de que a hipertensão do jaleco branco representa uma resposta de alerta exagerada ou uma resposta de orientação e, assim, uma hiperatividade generalizada diante de estímulos novos ou estressantes. A 2ª é a de que a hipertensão do jaleco branco é um precursor da hipertensão sustentada, o qual poderia estar associado à hiperatividade, ou ser independente desta. O 3º mecanismo aventado é o de que a hipertensão do jaleco branco é uma resposta aprendida ou condicionada.

Estudo da PA pelo MAPA (monitorização ambulatorial da pressão arterial)

A MAPA propicia a avaliação dos níveis tensionais longe dos efeitos da presença do observador e do ambiente onde ocorre a medida, constituindo-se este fato, em uma das suas principais vantagens. Apesar disto, estudos evidenciam que até a MAPA não está totalmente isenta de influências na medida da pressão arterial.

Conclusão

Na definição de que a hipertensão do “jaleco branco” é uma condição benigna ou não, se faz necessária, se levarmos em consideração os danos que a hipertensão sistêmica causa ao paciente ao longo do tempo. Ao subestimarmos a hipertensão do jaleco branco podemos estar deixando de fazer um diagnóstico correto e preventivo de conseqüências maiores no futuro. Sendo esta, portanto necessária para o tratamento precoce evitando lesões futuras nos chamados órgãos-alvo (cérebro, coração e rins).

Referências:

Mion Jr. D. M., Nobre F, Odigman W. – MAPA – Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial. 2a. ed. Editora Atheneu, R. de Janeiro, RJ, 1998.

Tratado de Medicina Cardiovascular. Coord. Maria Cleusa Gois. 5a. ed. Editora Rocca Ltda. S. Paulo, 1999.

Ghor, A. Yeb, Nabil, M. S.R. Métodos Diagnósticos em Cardiologia. Editora Atheneu. Rio de Janeiro, RJ. 1997.

Stamler J.- Blood pressure and high blood pressure: Aspects of risk. Hypertension 1991; 18 (suppl1): 1-95-107.




Comentário integrado ao Facebook:


108 Comentários »

  1. Herbert comenta:

    31 março, 2008 @ 7:18 AM

    Esse assunto é muito interessante vocês estão de parabens,eu tenho esse problema (hipertensâo do jaleco branco) já fui reprovado em exame médico de concurso publico,mesmo quando eu fiz o MAPA todas as vezes que o equipamento inflava sentia meu coração disparar é muito ruin ficar com aquele aparelho, a ultima vez fiz o MAPA e minha PA media em 24h foi 132/83 mmhg e a aceitável era de 130/80 mmhg fui reprovado no concurso,sempre quando vou aferir em casa minha PA e normal,tem como eu esta trabalhando isso?no momento muito obrigado.

  2. jonathas comenta:

    14 julho, 2008 @ 12:39 AM

    o meu problema é um pouco diferente, tenho ataques do pânico, se medir com uma pessoa que me dê medo, eu tenho um ataque e ela sobe, se ficar calma ela dá normal. vejo tantos questionamentos nesse avental branco, concerteza, isso ocorre por fator psicológico, medo, reação diante do médico, já ouvi falar de hipertensos do avental branco que já chegaram a medidas de 200 por 100 no concultorio medico.

  3. Moema comenta:

    11 novembro, 2008 @ 5:38 PM

    tive sindrome do pânico, e cada vez q ia ao médico eu ficava maluca se ele medice minha presão, tinha medo de q ela fosse alta, então me dava a crise de panico, fiz tratamento hoje não tenho mais crises a muito tempo, mais cada vez que vejo um aparelho de pressão sinto um frio na barriga, por isso evito o maximo de medir a pressaõ apesar de saber q não tenho presão alta mesmo assim sinto medo de medir, sera q existe algum tratamento pra este tipo de problema??

  4. Mauricio comenta:

    12 fevereiro, 2009 @ 11:13 AM

    Toda vez que vou medir a minha minha PA o coração dispara, aí então a pressão arterial sobe. Quando saio do consultório a PA volta ao normal. Gostaria de saber se existe tratamento para esse meu problema?

  5. Antonio pires de sá comenta:

    3 maio, 2009 @ 11:02 AM

    Fiz exame médico para trabalhar em uma multi- nacional na Africa minha pressão arterial mediu 17/10 o médico do trabalho me solicitou uma avaliação mais o voo estava marcado no outro dia eram nove candidatos oito viajaram ficando eu para viajar depois da avaliação mais acabei não viajando e perdir o emprego . Por isso todas as vezes que faço exames médicos para trabalhar a minha pressão vai a 200/100. existe cura.

  6. kleber comenta:

    4 maio, 2009 @ 12:11 PM

    eu sou a mesma coisa , toda vez que tiro a medida da pressao me da um ataque de panico incontrolavel , e levei tao a serio isso , que medi a pressao durando uns 9 meses com medo de ter pressao alta , acho que medi umas 20 veses e umas 3 ou 4 deu alta por causa do nervosismo , no meu caso e panico mesmo , e de qualquer aparelho de medir pressao

  7. claudio comenta:

    2 junho, 2009 @ 12:03 AM

    eu também sou assim ,toda vez que vou medir a pressão o coração começa a bater forte e a partir desse momento eu ja sei que a pressão vai dar alta,ja fui indicado para fazer o exame mapa,mas nunca fiz.o que eu posso fazer para tirar esse panico da minha cabeça,e me manter calmo?
    esqueci de falar minha pressão ja chegou a 20/9 na medição mas depois volta ao normal.como se nada tivesse acontecido,alguém pode me sugerir algum tratamento ou se o uso de camante pode fazer algum mal?

  8. claudio comenta:

    2 junho, 2009 @ 12:13 AM

    eu também sou assim ,toda vez que vou medir a pressão o coração começa a bater forte e a partir desse momento eu ja sei que a pressão vai dar alta,ja fui indicado para fazer o exame mapa,mas nunca fiz.o que eu posso fazer para tirar esse panico da minha cabeça,e me manter calmo?
    esqueci de falar minha pressão ja chegou a 20/9 na medição mas depois volta ao normal.como se nada tivesse acontecido,alguém pode me sugerir algum tratamento ou se o uso de camante pode fazer algum mal?

    claudioemery@hotmail.com

  9. simone comenta:

    19 julho, 2009 @ 4:51 PM

    Eu fiz o exame MAPA e foi diagnosticado Avental branco, pois ela é alta em alguns momentos e em outros ela ficou normal. Mais mesmo assim a médica mandou eu tomar remédio para pressão. A minha mãe é hipertensa, mas numca pensei que esta doença apareceria em mim tão cedo. Será que poderei ter filhos?

  10. nilceia oliveira comenta:

    30 julho, 2009 @ 11:19 PM

    Já marquei cirurga quatro vezes e quando vou verificar a PA , esta á alta, em
    casa verifica esta normal pois sou enfermeira , almenta enquato aguardo a
    hora de verificar quando a cirurgia é desmarcada ela volta ao normal já
    estive até no pré operatório e ela subia mas, não consigo fazer a cirurgia
    por causa da PA elevada já esteve até em 240×100 . Que fazer ?

  11. Paulo Mendes comenta:

    21 agosto, 2009 @ 2:12 PM

    A mais de 10 anos tenho hipertensão do jaleco branco, a última vez que tive que medir a pressão em um pronto-atendimento ela chegou a 180×120, mesmo eu tomando Propanolol 40 todos os dias.
    Nos últimos anos fiz pelo menos uns 5 exames MAPA, ECO e Ergométrico, dentro da normalidade, mais infelizmente agora não consigo fazer mais o ergométrico por causa da sindrome do jaleco branco, a pressão sempre sobe, parece que quanto mais faço exames mais aumenta esse medo.
    Será que existe algum tratamento para esse problema, seria um tratamento psicológico?

  12. valeria martins comenta:

    24 setembro, 2009 @ 7:16 PM

    Tenho 40 anos, sofro de transtorno do pânico. Recentemente fui ao consultório do cardiologista e lá comecei me sentir mal, a enfermeira mediu minha PA, estava 120×80, pouco tempo depois o cardiologista me chamou e dentro do consultório minha PA quando ele mediu estava 130×90. Fiquei mais nervosa ainda, acabei na volta pra casa passando mal na rua foi horrível. Ele me passou medicamento pra hipertensão, sendo que minha pressão sempre foi normal. Somente em alguns casos de pânico ela onscilava. O dr poderia me orientar, nao sei o que fazer. Pode ser que eu tenha a síndrome do avental branco?

  13. Paulo Fernandes comenta:

    25 setembro, 2009 @ 8:28 PM

    Eu tenho esse problema também, no caso apareceu a alguns anos quando eu ia fazer o periódico da empresa onde eu trabalhava. Sempre a empresa fazia uma fila enorme de trabalhadores e quando iam medir a minha pressão sempre dava altíssima.
    Passei em um concurso, e quase perdi a vaga atrasando a minha entrada no orgão por causa da pressão alta no consultório, tive que fazer um monte de exames e ainda levar um laudo do cardiologista, foi um sufoco.
    O pior que eu bebo, como comida forte e salgada e não sinto nada, mas quando tenho que ir a um médico, começa o meu inferno. Queria muito me livrar disso.

  14. Beatriz comenta:

    14 outubro, 2009 @ 7:01 PM

    Tenho 49 anos e achho que estou com esse problema. Sinto derrepente meu coração dispara e minha nuca doer, por um nada e quando vou medir a pressão parece que sobe mais ainda, não sei onde conseguir fazer esse mapa gostaria que me indicasse um hospital público pra tratar esse problema. Agradeço o espaço, é de grande alívio saber que não estou só nesta luta!

  15. eduardo comenta:

    1 janeiro, 2010 @ 12:28 PM

    sempre que vou ao medico medir a pressao meu coraçao dispara e minha pressao da alta.fiz dois exames mapa e ergometrico normais.fui chamado para um concurso e estou preucupado sera que corro o risco de perder o concurso

  16. Carlos comenta:

    18 janeiro, 2010 @ 12:55 PM

    Amigos… essa é tb a história da minha vida já há alguns anos.
    A grande maioria dos médicos nao tem noção do quanto é poderosa essa fobia.
    Quando fiz o MAPA e o aparelho apitava para inflar, o corpo todo entrava em estado de tensão… aliás, algumas vezes inflava e eu percebia q ainda nao tinha chegado ao nível correto, ou seja, partia para um “segundo tempo” inflando, aí praticamente eu entrava em pânico, sendo que nesses momentos a PA chegou a atingir 21×11.
    Tenho um aparelho de pressão em casa e quando eu mesmo meço, na primeira medida ela é alta… depois vai baixando até ficar próxima do normal. Mas basta q seja outra pessoa medindo para q essa psicopatologia ataque com força ultrapassando todos os pensamentos racionais.
    Passei a tomar um medicamento (maleato de enalapril 10 mg + atenolol 25 mg) mas eles nao tem conseguido conter esse picos de “insanidade”.
    Apesar de me considerar uma pessoa racional e inteligente, é uma grande frustração nao conseguir controlar esses instintos.
    Tal problema tornou-se um fato limitador na minha vida.
    Se alguém souber de algum medicamento que atue no sentido de conter esses “picos” por favor gostaria de conversar…
    meu email … carlos.5595@hotmail.com
    Abraço a todos

  17. Regiane comenta:

    5 fevereiro, 2010 @ 2:53 PM

    Eu sofro com essa angústia há quase 2 anos. Tive duas gestações, sendo que as mesmas foram tranquilas, minha PA era sempre 12×8 às vezes 9×6. O problema aconteceu quando minha 2a filha ficou enternada com 4 dias de vida, fiquei muito nervosa com ela no hospital, eu estava muito sensível, afinal acabara de fazer um parto.Minha mãe sugeriu que as enfermeiras do hospital infantil verificassem minha pressao que deu um pouco alterada, as enfermeiras no momento entraram em pânico e uma ficava pedindo para a outra verificar se realmente era aquele resultado. Isso me causou um pânico na hora e a pressão chegou a 18×13, havia uma médica no local e as enfermeiras pediram para a médica me atender e ela olhou para mim e disse: não posso fazer nada, sou pediatra, encaminhem-na a maternidade onde ela teve o bebê. No mesmo instante, me colocaram numa cadeira de rodas e dentro de uma abulância para ser levada até a maternidade, quando cheguei estava 13×9. Ao falar com o obstetra que fez o meu parto, ele sugeriu que eu fizesse um controle da PA todos os dias em casa durante algumas semanas, embora aquela fosse uma situação atípica, pois a gestação foi sossegada. Ao verificar eu sentia muito medo, meu coração disparava e sempre estava alta de tanta tensão. Atualmente só em pensar em medir a pressao, já fico tensa em casa ou no consultório. Quero fazer aquele exame do mapeamento, as acho que todas as vezes que o aparelho inflar vai dar alta pois sinto muito medo. Isso é ridículo, mas é verdade, às vezes tenho até pesadelo com aquele fatídico dia e acordo assustada. Nunca imaginei que poderia acontecer comigo. Preciso superar isso, mas como?

  18. nazareno antonangelo comenta:

    22 fevereiro, 2010 @ 6:37 AM

    sou hipertenso. no entanto tenho também esse problema(sindrome do jaleco branco). isso tem tratamento ?? pode ser curado ?? aguardo resposta.
    ass.Nazareno Antonangelo

  19. Salvador da pátria comenta:

    23 fevereiro, 2010 @ 1:49 PM

    Uma dica para todos que têm nervosismo mesmo com o exame do MAPA, porque já passei por isso. Com o MAPA no braco, em repouso e em casa me dava um nervoso na hora que o negocio inflava, meu coracao disparava e a pressao ia la no alto. Tive medo de perder meu visto e nao poder viajar.

    Como se sabe, a pressão de um líquido está relacionada com a altura em que ele se encontra. Se na hora que o medidor do MAPA comecar a inflar, você sentir um nervosismo e ver que vai dar alta, apenas levante o braço com o medidor no começo do processo de inflaçao e mantenha-o no alto ate o fim da medicao. Isso vai abaixar a pressao medida consideralvelmente (apesar de eles nao dizerem a pressao aparece no visorzinho do aparelho).

    O fato de eu nao ter pressao alta e saber que poderia fazer isso se me desse ansiedade momentanea me acalmou e no fim nem precisei usar desse metodo mais de duas vezes ao longo do dia. Serviu apenas como uma rede de seguranca que me deixou mais calmo e minha pressao deu normal. Espero poder ter ajudado a todos que perderam um visto ou um emprego por causa de medicao de pressao.

  20. Salvador da pátria comenta:

    23 fevereiro, 2010 @ 1:50 PM

    Uma dica para todos que têm nervosismo mesmo com o exame do MAPA, porque já passei por isso. Com o MAPA no braco, em repouso e em casa me dava um nervoso na hora que o negocio inflava, meu coracao disparava e a pressao ia la no alto. Tive medo de perder meu visto e nao poder viajar.

    Como se sabe, a pressão de um líquido está relacionada com a altura em que ele se encontra. Se na hora que o medidor do MAPA comecar a inflar, você sentir um nervosismo e ver que vai dar alta, apenas levante o braço com o medidor no começo do processo de inflaçao e mantenha-o no alto ate o fim da medicao. Isso vai abaixar a pressao medida consideralvelmente (apesar de eles nao dizerem a pressao aparece no visorzinho do aparelho).

    O fato de eu nao ter pressao alta e saber que poderia fazer isso se me desse ansiedade momentanea me acalmou e no fim nem precisei usar desse metodo mais de duas vezes ao longo do dia. Serviu apenas como uma rede de seguranca que me deixou mais calmo e minha pressao deu normal. Espero poder ter ajudado a todos que perderam um visto ou um emprego por causa de medicao de pressao. Abracos

  21. simone comenta:

    23 fevereiro, 2010 @ 6:47 PM

    Eu tenho pavor de aferir pressão, seja em casa, ou na farmacia, ou consultorio…nao importa…sempre meu coração dispara, e ela sobe. Uma vez no consultorio do medico chegou a 15×11, mas logo que acalmo ela volta ao normal. O medico falou que nao preciso me preocupar que é apenas emocional e muitas pessoas sofrem com isso. Penso em engravidar, mais tenho medo por causa disso…ja pensou toda vez que for ao medico ter essa fobia e minha pressão subir. Será que alguem pode me ajudar?

  22. rogerio comenta:

    9 março, 2010 @ 12:20 AM

    Eu,tenho o mesmo problema toda vez que eu vou aferir pressão ela dispara,no outro dia fui ao dentista e eu aferir a pressão deu 19×12,depois de 10 min.,eu aferir de novo, sem tomar nenhum medicamento ela abaixou para 15×9,e tenho certeza se aferisse de novo ela estaria mais baixa,toda vez que vou aferir a pressão é isso!não gosto disso ,isso acho eu é psicologíco,TEM ALGUM TRATAMENTO PARA ESSA FOBIA ?” ESSA PRESSÃO FOBIA”.

  23. Luzia Mara Santos de Oliveira comenta:

    25 março, 2010 @ 1:48 PM

    Olá tenho 24 anos e atualmente faço um curso de aux de enfermagem…Na aula onde estavamos aprendendo a medir pressão fiquei muito apreensiva e nervosa, algo que sempre acontece qdo meço minha pressão…MAs dessa vez minha pressão subiu muito chegou a 20/12…um susto imenso pra mim. Minha mãe e meu pai são hipertensos, de modo que tenho essa tendencia. Porém estou muito nova pra já esta nesse grau de hipertensão. Tenho duvidas se é emocional ou se realmente sou hipertensa. Um médico me receitou um eletro e um remedio chamado atenolol 50mg. Faço controle todos os dias em casa e dá normal agora. Mas quando outra pessoa vai medir…ja viu…Dr. me ajude a esclarecer isso! Desde já agradeço

  24. Bianca Salim comenta:

    26 março, 2010 @ 3:17 PM

    Ola pessoal,acho que tbm sou vitima dessa sindrome do jaleco.estou gravida de 8 meses e minha pa e sempre 10×8 a 11×7 ,mais td vez que tenho consulta marcada ela sempre esta alta ,saio do consultorio ela retorna a ficar baixa de novo.tenho muito medo na hora do parto se elevar apesar de ser parto normal.Me ajudem!!!!!Pois fazem 2 anos que tenho sindrome do panico….bjus

  25. Carlos comenta:

    26 março, 2010 @ 4:14 PM

    Bianca…
    Saiba que me solidarizo com sua situação. Mas… nao se preocupe, você vai ficar bem! Eu também sofro bastante com essa mal (vide comentário acima – Carlos em 18/01), mas tenho certeza de que no momento do seu parto tudo vai dar certo, pois, vou pedir a Deus que envie um de seus anjos para estar lá com você.

    Confie! Você talvez nao possa vê-lo, mas ele estará ao seu lado.

    Não ligue para o reloginho do aparelho de pressão… no momento necessário tudo vai dar certo… ok?!!!

    Simplesmente confie!

    Grande beijo e que Deus abençoe vc e o seu filho!
    Amém e amém!

  26. jobson gomes oliveira comenta:

    29 junho, 2010 @ 4:17 PM

    ate que fim pensei que fosse so eu que tivesse essa porra o que me preocupa é que estou estudando para concurso e quando eu passar e for fazer avalição médica não ser chamado por ter esse problema;ja foi um problema para entra em trabalho privado imagina publico por favor alguem me diga o que fazer algum tratamento.

  27. Leonardo comenta:

    31 julho, 2010 @ 11:16 PM

    Bom pessoal, tenho os mesmo sintomas quando vou ao médico medir a PA, acho que esse problema esta relacionado com nosso estado de espirito, tambem acredito que seja um problema Psciologico, uma dica é antes de ir medir a PA tomar suco de maracuja e relaxar.Desta forma sua PA vai ficar normal.
    Converse com o Médico e veja ele como seu amigo isso ajuda também.

  28. josi comenta:

    27 agosto, 2010 @ 4:34 PM

    Gostaria de entrar em contato com alguém que conseguiu se livrar desse problema.

  29. Rafael comenta:

    20 setembro, 2010 @ 4:22 PM

    Eu sofro com isso,e ñ sei como controlar…peço, por favor, que alguém me dê uma dica de como controlar, se um tratamento psicológico é uma forma…eu,como a maioria aqui,começou a ter isso depois de ser diagnosticado com síndrome do pânico, mas agora só tenho crises de pânico quando vou medir a pressão, ou quando tenho que me consultar com algum médico. No meu caso, não posso ver um aparelho de pressão, fazer aquele exame MAPA então, nem se fale! Fui fazer uma única vez, e a cada 15 min. era um dilema pra mim, foi simplesmente o pior dia da minha vida quando eu usei aquele troço! rs…mas é sério gente, acho q uma coisa que funciona comigo e que gostaria de passar é que ñ levem isso mto a sério, é psicológico, nada mais que isso. A nossa vida, ainda bem, não é medida por um aparelho de pressão, então nessas poucas ocasiões que temos que encontrar com ele, que lembremos que vai passar rápido e tudo vai voltar ao normal. Um psicólogo me disse que uma saída seria comprar um aparelho e deixar em casa, de vez em qdo colocá-lo, nem que ñ seja pra medir, mas apenas pra me acostumar com a ideia do aparelho.

    Espero ter ajuda, e de alguma forma ter ajudado tbm.

  30. mattoso comenta:

    21 setembro, 2010 @ 12:05 PM

    ai galera, tambem sinto esses sintomas, aprendi com o tempo que confiar no auferidor é muito importante, a dica é antes de medir a pressao é contar o que vc sente pro auferidor, fazendo isso sua mente ameniza a adrenalina peça pra que ele meça sua pressão 3 vez dando uma pausa entre elas, voces verao que isso vai melhora siginificativamente,,,, outra dica é caminhada evitar o sal filmes de terror e aventuras desnecessarias principalmente pra nós depois dos 40 anos..vida saudavel é lema a partir dessa idade, bem e para quem sofre de transtorno do panico, dicas respiratorias inspire encha o pulmao e depois solte lentamente faça isso em 3 minutos por dia todos os dias vai melhorar e muito e quando vier o sinal de alerta, desviei o sinal relaxando e dizendo alto quase que um grito interno, de confiança, eu tenho o poder bate suavimente no rosto como se fosse lutar box, pule um pouco e adrenalina diminui..lembre o esporte radical nao é recomendado, entao pense panico bom é quando vc o prende pra sempre, mas lembre o medo faz parte da sobrevivencia.. beijos e abraços a todos, espero que tenha ajudado, lembre eu tambem tenho panico e medo venço o panico todo dia e dou risada, ja o medo é controle sem prisao….pressao alta eu digo graças a Deus posso controlar com remedios dado pelo SUS..viver é bom viver sem panico é melhor ainda..

  31. mattoso comenta:

    21 setembro, 2010 @ 12:29 PM

    Gente chamo meu transtorno de sinal do aranha, no inicio era horrivel, sinal de alerta, parecia que o meu mundo ia acabar que ia morrer rapidinho o meu coração acelerava chegando a 120 130 batidas,,fora outros sintomas desagradaveis….desespero de morte e quando passava nao entendia nada, com isso minha pressao aumentava desnecessariamente, passei a tormar captropil a caminhar e fazer exercicios respiratorios simples inspirar e respirar de boca fechada, descobri que a adrenalina é causadora dos meus panicos, sinais de alerta, sinal do aranha, e passei a controlar e conviver melhor, mas primeiro fui ao cardiologista fiz todos os mapeamentos fui a um neurologista a um urologista e a um pai de santo, imaginem minha angustia querendo descobrir qual doença maligna eu tinha, quando o panico vinha eu me tremia todo, pensamentos de morte sempre seja parentes almas do alem, amigos pow chato chato… a liberação da adrenalina desnecessarias faz seus pequenos medos virarem monstros..descobri com o tempo e terapia e remedios homeopaticos e logico captropil, que o sinal de aranha é uma descarga de adrenalina desnecessaria, que ate sonhando vc pode ter ataques e acordar com o coração na mao, um absurdo, como faço pra controlar e prender,, tecnicas de respiração, caminhadas, ler livros bons, orar mundanças de velhos habitos, por vida saudavel..o sentindo aranha, eu grito com ele internamente, digo que é um sinal mentiroso, pois quando eu comtemplo o meu de redor, me vejo perfeitamente bem, nao vejo destruição, minha ansiedade se estabiliza meu coração e minha pressao normaliza, apenas uma descarga mentirosa de perigo…que com o tempo espero que vcs amigos superem, tenham fé naquilo que vcs mais acreditam, seja qual for seus ideias religiosos..abraços a todos foi bom encontrar esse site..

  32. Carlos comenta:

    27 setembro, 2010 @ 12:14 AM

    Olá pessoal, também tenho este sindrome de jaleco branco. Fiz o mapa deu normal, mas o meu problema é só quando alguém vem medir a minha pressão arterial. meu coração despara como uma adrenalina, ai a pressão vai lá encima. Mas quando eu messo com o meu aparelho, valta ao normal, é uma coiso sem controle, é só ver um médico que o coração despara. Será que tem cura pra isso? Se tem me avise!

  33. sonia endo comenta:

    7 outubro, 2010 @ 9:59 AM

    Pois é, eu tenho a soindrome do jaleco branco, minha pressão foi sempre baixa, um dia eu estava com labirintite e fui ao médico, e o enfermeiro, não deixou meu marido entrar, aí fiquei nervosa, e medindo a pressão deu alta, e ele me assustou, falou que estava demais, eu fiquei em pânico, e a pressão não abaixava de jeito nenhum, tomei diversas remédios e só foi melhorar com calmantes, e depois que cheguei em casa ela ficou boa, mas comecei a ter crises de pânico, hj eu tomo fluoxetina, e as vezes revotril, mas em vez em quando ainda sinto, e não consigo de forma alguma ir ao médico, pois só em pensar penso que vou morrer, queria uma ajuda, uma palavra qualquer coisa, como vou ficar curada desse problema terrível, pois só nós que temos sabemos de como sofremos. abraços. fique com Deus.

  34. Carlos - 18/01 comenta:

    8 outubro, 2010 @ 3:02 PM

    Olá Sonia

    Já esquentei muito a cabeça com esse problema. Era um fator limitador na minha vida. Os médicos e enfermeiros não têm idéia da força com que este mal atinge as pessoas. Eles pensam que sabem… já ouviram falar da síndrome do jaleco branco, mas, na verdade, têm apenas uma vaga noção da intensidade com que isso altera nosso corpo. Daí…

    Sabe de uma coisa… parei de estressar.

    Explico:
    Eu sei que tenho esse problema… e isso me basta.

    Quando vou ao médico ou a algum plantão em que, por força de procedimento, eles vêm medir a pressão, dependendo do dia, falo que não quero medir porque o resultado vai dar “alterado”, e explico a situação… geralmente eles não forçam a barra… ou então, antes de medir, já explico o meu problema… e isso acaba até por deixar a nós mesmos um pouco mais tranqüilos. Além disso evita aquela cara, já de praxe dos enfermeiros … algo como… “MEU DEUSSS!!! O SENHOR ESTÁ SE SENTINDO BEM??? TRAGAM A MACA!!! rsrsrsrsrs (que tão mal nos faz)… agora acho isso até engraçado, já cheguei a medir 21×11 e olha que nem tenho 40 anos completos.

    Engraçado? Por que? Porque sei que não estou morrendo… que é um problema passageiro e que a partir do momento em que eu chegar no carro para ir embora minha pressão vai estar normal. Então… me condicionei a não mais me deixar afetar pelas caras de espanto e expressões de terror… rsrs

    Quando vejo aquelas campanhas na rua em que o pessoal está medindo pressão, comento com minha esposa… “acho que vou lá só pra aterrorizar a mocinha” rsrsrsrs

    Então Sonia… tente não esquentar com isso… é um problema, mas um problema administrável, mesmo porque – já pesquisei sobre isso – sendo uma alteração decorrente de um estado psicológico, na pior das hipóteses, por exemplo no caso de uma cirurgia, assim que você “dormir” eles conseguem estabilizar sua pressão.

    Viva a vida! E esqueça do problema… a hora que você tiver se conscientizado e aprendido a conviver com ele, é bem provável que até mesmo se livre disso. Com meu pai aconteceu isso, hoje ele tem 70 anos e sofria com isso desde os 30… há uns 10 anos… depois de muitas idas e vindas… ele acabou se livrando desse fardo psicológico e então não mais é afetado por essa síndrome.

    Esperando ter ajudado… grande abraço a todos! Se quiserem me adicionar… carlos.5595@hotmail.com

  35. lcia de jesus comenta:

    8 outubro, 2010 @ 6:11 PM

    vou comecar a tratar pois toda vez que vou ao medico a presao da alta ja fiz mapa e deu normal mas meu problema maior ainda e dentista estou com dente fazendo canl e nao consigo acabar devido a pressao espero que o neuro me ajude depois conto efeitos me da coragem ao saber que voces passam pelo mesmo problema mas chegaremos acura um beijo a todos e vitoria des ta sindrome que deus nos ajudem

  36. Sueli Gomes . comenta:

    14 outubro, 2010 @ 3:32 PM

    Boa tarde , achei muito interessante estes comentários , pois eu tenho o que chamam de sindrome do avental branco . Faz um ano que tive que fazer uma cirurgia , para tirar um cálculo renal e fui parar na UTI , por que quando foram medir a minha pressão , eu não consigo controlar fico nervosa , com medo do que eu não sei , ái a minha pressão subiu muito . Não gosto de medir a pressão pois acho que sempre vai estar alta . Hoje eu tomo remédio para pressão . Eu não tinha isso começou mais ou menos uns cinco anos , foi depois que me casei e saí da casa dos meus pais . Sofro muito com isso , pois fujo de médicos e tenho vergonha disso . Por isso quero muito ajuda para me libertar desse medo que eu sei que é bobo .

  37. Sonia Endo comenta:

    20 outubro, 2010 @ 8:35 AM

    Olá Sueli, pois é bem vinda ao clube dos panicados hahahahaha.
    Realmente é um problema horrível, faz alguma tempo que comecei ficar assim, em casa minha pressão fica boa, mas não posso entrar em um hospital que a pressão sbe demais, ontem mesmo fui levar minha mãe no médico e foram medir a pressão dela e a minha subiu com a dela, ficamos nós duas passando mal e tivemos que tomar medicamento, fora os enfermeiros que nos assustam demais, falei pro médico que tinha síndrome do pânico, e jaleco branco, e eles nem ligam, quando chegamos na rua já estavamos ótimas, medimos a pressão, pois tenho um aparelhinho de pulso que ando com ele, e a pressão já estava ótima, tb não sei o que fazer, mas estou fazendo um tratamento no psiquiatra, e tomo antidepressivo, e revrotil, e me sinto um pouco melhor, e aí vou tentar, e acreditar no nosso Deus tremendo, e pedcir a ele para me curar. pode me escrever soniaendo@hotmail.com

  38. Henrique comenta:

    25 outubro, 2010 @ 12:28 PM

    Caros(as) amigos(as):

    Tenho esse problema da Síndrome do Jaleco Branco e: tomo medicamento para controlar a pressão todos os dias..mas independente disso quando vou verificar a pressão com algum médico fico nervoso e ela sobe..Só verifico com minha cardilogista, pois ela já conhece meu problema.
    Graças a Deus resolví esse problema: comprei um aparelho digital e verifico em casa e fica normal. Passei a correr e melhorou ainda. SOLUÇÃO: quando verifico com outra pessoa me concentro, fecho os olhos e só penso em coisas boas. Faço uma “viagem” e mentalizo bons momentos e pessoas positivas. Não verifiquem depois de contrariedades, pois o emocional afeta.
    É TUDO PSICOLÓGICO.
    SOLUÇÃO: PENSAMENTO POSITIVO, BOAS LEMBRANÇAS E CONCENTRAÇÂO NA HORA.
    Saudações.

  39. Marcelo comenta:

    31 outubro, 2010 @ 10:44 AM

    Sofro com isso tb, já fui reprovado em 2 exames médicos para trabalho e com isso não consigo mais arrumar trabalho, na hora em que o médico vai tirar a pressão chega a 20 x 12 já fiz o mapa deu normal fiz exame de sangue normal fiz ecocardiograma normal, Tomo remédio para ansiedade ( Pondera e Frontal) receitados pela minha psiquiatra, mesmo assim tentei explicar ao médico e apresentei os exames e a resposta foi ” Não posso colocar em seu atestado apto”. O que me resta fazer ficar sem trabalhar e ir morar na rua????

  40. fabiola cordeiro comenta:

    17 novembro, 2010 @ 11:32 PM

    ola galera eu sinto tudo isso e um pouco mais tenho medo de morrer todos os dias sofro muito fiquei assim depois que meu pai ficou doente e morreu de cancer mais o que me conforta e deus bjus a todos hoje foi um dia da queles fui ao medico a pressao estava 16×10 sai do consutorio muito triste chorei muito

  41. Eustáquio Foureaux comenta:

    8 dezembro, 2010 @ 2:38 PM

    Após muita pesquisa e muito contato com outras pessoas que teem o mesmo problema, e ainda com muito contato com
    médicos especialistas em problemas psicológicos dessa natureza, fiz um tratamento de regressão com Hipnose com um
    ESPECIALISTA e descobri o ponto exato onde adquiri este tipo de pânico. PARECE INDRÍVEL, mas estou totalmente curado
    deste PESADELO. POIS SOU PILOTO PROFISSIONAL E DURANTE OS EXAMES PERIÓDICOS, QUANDO DO MOMENTO DE MEDIR
    PA eu entrava em pânico. AGORA TUDO ISSO QUANDO RECORDO, SIMPLESMENTE ACHO ENGRAÇADO. ACONSELHO A QUEM
    TEM ESSE PROBLEMA FAZER O MESMO.
    TRATAMENTO COM PROFISSIONAL QUE INCLUA HIPNOSE E REGRESSÃO.
    Realmente compensa e muito.

  42. maria comenta:

    13 dezembro, 2010 @ 8:31 AM

    Tb sofro com este panico de medir pressão…
    gostaria de me comunicar com pessoas

    e saber qual o tratamento a fazer??????

  43. Ziu Borges comenta:

    10 janeiro, 2011 @ 10:56 PM

    Nossaaaaaaaaaaaaaaaaaa…pensei que estivesse sozinha nesse mundo estranho…meu problema não é o jaleco branco do médico mas o aparelho de medir pressão..pode ser qualquer um..em casa, na farmácia, etc…Como pratico corrida de rua tento usar o frequencimetro, mas fico muito nervosa quando meus batimentos passam do limite, então deixei de usar. Trimestralmente tenho que medir a pressão na empresa, mas até que não sofro muito…meu tormento é no check-up anual, quando tenho que ir a um Cardiologista…se pudesse desistia, mas temos que ser valentes e enfrentar o bicho. Estou com um ECG com esforço e o MAPA para fazer daqui a dois dias…claro que o médico pediu o MAPA pq minha pressão deu 15/10. Minha força tem vindo de sessões de meditação e um auto enfrentamento com o meu medo, buscando me acalmar! Encontrar esse site me ajudou muito, pois quando vemos qie outras pessoas sofrem do mesmo mal, fica mais fácil entender. Bom, acho que devemos continuar lutando contra esse medo e jamais deixar que ele nos limite. Chore, grite, peça ajuda, mas faça seus exames, ponha o MAPA. Se desistirmo esse medo pode nos dominar em outras áreas da nossa vida!! VAMOS EM FRENTE!! Um grande abraço com Carinho!!

  44. rodrigo dias comenta:

    16 janeiro, 2011 @ 8:47 PM

    bom galera tmb tenhu isso…começou na avaliação semestral do serviço ond eu fui medir tinha dado13/8 ai ela disse pa mim toma ccuidado q tava dentro danormalidade mas poderia subir,,,desde entao fui medir umas 2 semanas depois ai deu 15/10 me apovorei e corri na farmacia la deu 17/10 e depois tomei remedio abaixo ai fui medir mas qndo coloco aquela braçadera ja disparo coração foi a 19/11…fico mais tranquilo di ver q nao sou só eu q passo por isso ecom certeza deve ter algum tratamento me indiquem por favor desde ja obrigado

  45. Anônimo comenta:

    31 janeiro, 2011 @ 1:07 PM

    Realmente gente tudo isso é horrível. Fui ao cardiologista e a minha PA estava 20×9, fiquei apavorada, disse a médica que media a PA
    periodicamente e sempre dava 12 x 8. Dai ela passou o teste ergométrico e quando retornei para dá o resultado ela estava de 15 x 9.
    Então ela achou melhor fazer o MAPA.

  46. regina comenta:

    1 fevereiro, 2011 @ 10:03 PM

    Nunca imaginei que houvesse tanta gente com os mesmos sintomas que eu…. gostaria de deixar uma dica bem legal: a sindome do pânico deve ser tratada com ansiolíticos, associados à “beta bloqueadores de adrenalina”, para baixar a pressão arterial. Depois de milhares idas e vindas à cardiologistas que não entendem nada de psicologia e psiquiatria (mal sabem eles que deveriam estudar um pouquinho mais sobre isso para ajudar seus pacientes), encontrei um que me passou os remédios certos. Hoje tomo um asiolítico (calmante), um remédio para pressão, quando ela está alta por causa do emocional (beta bloqueador de adrenalina) e um anti depressivo. PRONTO. TUDO RESOLVIDO. É só procurar um cardiologista que nos encherguem como seres emocionais.

  47. Eduardo comenta:

    15 fevereiro, 2011 @ 10:44 AM

    Olá pessoal, tb sofro com isso, quando vou ao consultório é o médico vai medir a pressão ficou nervoso, o coração dispara e aí a pressão sobe.Mais logo que vou embora do consultório volta ao normal, já fiz esse MAPA e outros exames como esteira e deu tudo normal, o médico falou que era emocional. Na verdade quando vc da sorte de encontrar um médico legal e ele te tranquiliza as coisas ficam bem mais faceis, mais realmente é horrível esse problema. Hoje tenho 39 anos mais tenho isso a muitos anos, só não sabia que tanta gente sofria com isso também, na verdade quando fiz o MAPA não tive problema fiquei tranquilo, aquele aparelho no meu braço inflando toda hora não me encomadava, foi super normal. O problema acontence quando o médico vai medir, na verdade não é o médico é o aparelho mesmo que assusta.Mais gostei da dica de falar com o médico antes de medir.

  48. kingsley comenta:

    16 fevereiro, 2011 @ 10:19 PM

    Tenho esse mesmo problema possuo aparelho de aferir a presso mais so de olhar eu fico com medo nao sei . so de pensar e olha o aparelho eu sinto que ela sobe fico meio afobado euforico mais eu preciso fazer o MAPA que ainda nao fiz, sera que possui algum tratamento ou so mesmo encarando o aparelho e saber que é preciso perde esse medo ao ir ao medico

  49. maria de lourdes teixeira comenta:

    3 março, 2011 @ 4:53 PM

    todas as vezes que vou medir pressao meu coraçao dispara e a pressao sobe,fui tirar carteira de motorista e no exame psicotecnico teria que medir a pressao ,o coraçao disparou eu ja sabia ele disse que deu mais de 20 dai marcou uma pericia no detran pra mim, dai mediu novamente e houve a mesma coisa.fora disso sou tranquila naun sinto absolutamente nada.que faço para acabar com esse panico?

  50. a. marcio da rocha comenta:

    29 março, 2011 @ 8:02 PM

    meus amigos vamos agarrar aos pes da cruz de Jesus, pois tudo concorre para o bem daqueles que servem a DEUS, neste momento estou com o aparelho do mapa em mim porque tambem tenho este problema, mas o importante e estar na presença do senhor que tudo pode então me uno ao sofrimento de todo vcs e oro a DEUS para que na hora dele nós possamos ser libertos e ter nossa vida normal, desejo de coração que a paz a saude e a prosperidade chegue no coroção de cada um que estiver lendo agora.

  51. ze comenta:

    7 abril, 2011 @ 5:59 PM

    Amigos, tb sofro desse problema tão agoniante. Sou piloto de avião e por mais incrível que pareça prefiro enfrentar uma tempestade no meio do nada do que tirar a pressão. Todo ano tenho que fazer um exame médico no Cemal e é o mesmo sofrimento. A dica é , sempre que forem tirar a pressão para concursos, trabalho e afins tomem um anti-ansiolítico como lexotan, rivotril, dizepam, etc que a situação fica bem mais no nosso controle e é até possível não se alterar na hora H. Espero ter ajudado, boa sorte a todos!

  52. elieser comenta:

    14 abril, 2011 @ 1:37 AM

    eu tambem sofro da mesma coisa basta ver o aparelho, mas tenho adotado a seguinte estratégio acho que vale a dica:
    antes de aferir a pressão converse com o medico explique o proplema a ele só depois, faça o exame, nada de chegar enfiar o braço naquelas maquinas horriveis e pronto e quando se traar de trabalho falee sempre ao medico, conversar um pouco antes ajuda a respirar e falar sobre o problema ajuda acorrigi-lo, tõ vencendoeste medo espero que todos consigan tb pois ei o quanto éhorrivel

  53. mariam comenta:

    19 abril, 2011 @ 9:44 PM

    fui reprovada duas vezes por pressao alta na renovaçao de minha carteira de motorista´, no posto de saude ela dá sempre normal12/8 e no perito dá 16/11. porque? preciso muito de minha habilitaçao. qual valor maximo que a pressao pode atingir?

  54. teresinha duarte comenta:

    26 abril, 2011 @ 7:22 PM

    tenho a sindrome do jaleco branco e sempre que vou ao médico meu coração despara e ai ja sabe ela sobe, gostaria de saber se existe cura pra está sindrome?

  55. leandro lourenco comenta:

    16 maio, 2011 @ 3:15 PM

    ola galera sou um jovem tenho 31anos de idade tenho pressao alta mais nao sinto nada sou calmo mais toda vez que vou medir a
    pressao ela sobe absurdamente toda vez que vejo um aparelho de medir pressao na minha frente me da logo um panico
    e gostaria de saber se tem cura

  56. jose otávio silva comenta:

    17 maio, 2011 @ 6:47 PM

    . Bom, primeiramente queria agradecer por nesse site encontrar pessoas que sofrem com o mesmo problema que eu.,Tenho 19 anos mas desde o os 13 anos tenho esse problema, tudo começou quando fui tirar a minha habilitaçao e fui reprovado Motivo; PRESSAO ALTA!!
    voltei bravo pra minha casa porque qnd eu tinha me retirado da da clínica a minha PA ja tinha abaixado “”kkkk”" bom….depois de certo tempo indo pra médico, voltando pra médico, tomando i retomando remédios eu mesmo acabei desistindo,sempre quando ia medir a PA dava;18,16 nunca dava uma pressao regular ou boa passou 1 ano ainda zangado por nao encontrar soluçao para o meu problema voltei decidido que ia ser aprovado no exame médico para habilitaçao voltei decidido …mas voltei a ser reprovado “”kkkk”" só com um porém a médica disse que ia me liberar só que depois de 2 anos eu iria ter que retornar na clínica fiquei mt feliz …i ao mesmo tempo revoltado mas deixei para um lado….i por coincidencia acabei encontrando ne site pessoas que sofrem com o mesmo problema que eu i que tambem encontraram a soluçao para o seu problema, gente eu sofro muito com isso se alguém sabe o remédio certo por favor me mande um email para;otavio_impd@hotmail.com Ficarei muito grato nao terei palavras para agradecer desde já mt obrigado a todos

  57. Monique comenta:

    9 junho, 2011 @ 3:21 PM

    Gostei muito da matéria, não sabia q existia essa tal de”hipertensão do jaleco branco”, meu pai tem esse problema, ele tem 55 anos, toda vez q ele mede a pressão em um hospital, posto de saude ou farmacia a pressão dele sobe muito, ele ja foi internado até por causa disso e a gente fica muito preocupado com isso, toda vez que ele ve um aparelho de pressão a pressão dele sobe!!!Gostaria de saber o que podemos fazer, tem tratamento psiquiatrico ou alguma coisa???

  58. Juliana Brasil comenta:

    9 junho, 2011 @ 10:06 PM

    Olá pessoal ! Meu nome é Juliana Victório Brasil , tenho 31 anos . Sofro muito , mais muito mesmo principalmente quando preciso medir a pressão arterial. Desde que meu pai morreu de infarto, aos 51 anos sem nunca ter bebido e fumando, fiquei hipertensa com síndrome do pânico e do jaleco branco.Não posso ver aquele aparelho manual que fico tonta a vista escurece e a pressão chega a 17 por 10 … Como é duro não conseguir me controlar. Tomo ablok plus e um ansiolítico ( alprazolan) mesmo assim a pressão sobe … Quando estou em casa com meu aparelho digital a pressão fica 11/8 ou ate 12/9 não passa disso.Quem teve este problema e se curou por favor entre em contato comigo….. pelo amor de DEUS. juliana.1979@hotmail.com

  59. claudio comenta:

    17 junho, 2011 @ 9:43 PM

    Tenho este problema, ou melhor tinha, Graças a Deus me livrei, sabe como, enfrentando o problema de frente, No começo era todos os dias me dirigia até um posto e media a minha pressão, dava alta, e fiquei assim, por uma semana e depois começou a baixar psicologocamente estava se tornando uma rotina, e quando vira rotina e NORMAL, e hoje vou de vez em quando só para não perder o costume.. ha a minha pressão chegou a 18×10 e em vida normal 13×8 – 12x 8 ( estou livre desse problema repito mentamente ) e Graças a Deus estou bem, espero ter ajudado me escrevam dizendo se ajudei.

    Fiquem com Deus

  60. Danilo Camargo comenta:

    30 junho, 2011 @ 2:35 PM

    Boa Tarde!

    Tenho 30 anos, e também sofro dessa sídrome do ” Jaleco Branco “, que ontém mesmo (29/06), passei por isso. Descobri que tenho essa Sídrome aos 20 anos de idade, após fazer inúmeros exames, e nada ter sido diagnosticado. Percebia, que em exames médicos empresarial, na triagem do hospital antes de uma consulta, quando ouvia a frase ” Vou medir sua pressão “, meu coração disparava, parece que ia sair pela boca. Minha pressão já foi á 16 x 08…15 x 11…17 x 10…e ontém não foi diferente, 19 x 10. Meu cardiologista, me receitou um remédio que tomo todos os dias, para controlar se um dia precisar medir…mas esse dia não havia tomado…rs….

    Hoje o que eu faço, é avisar o médico que tenho tal síndrome, o que facilita bastante, pois conforme relatado pelo nosso amigo acima, evitamos os comentários…” NOSSA VOCÊ ESTA BEM? ESTA TONTO? DOR DE CABEÇA? VOU TE PASSAR NA FRENTE “…

    De qualquer forma, fico ” feliz “, se é que posso dizer isso, que não sou o único que sofro dessa síndrome, por isso meu depoimento.

    Abraço á Todos!!!

  61. germana comenta:

    14 julho, 2011 @ 5:30 PM

    OI GENTE SOFRO DESSE PROBLEMA CHATO,ONTEM FOI PRA MINHA IGREJA E LA TINHA AQUELE S MULTIRAO DE MEDIR PRESSAO FUI ME DI DEU 14 X 8 SOU MUITO ANCIOSA E NERVOSA QUANDO FALA EN VERIFICAR MIN PA AI NEM SE FALA,DAI FUI VERIFICAR DENOVO SO QUE EM OUTRO APARELHO AO LADO. DIS QUE DEU 16 X 10,FIQUEI MUITO NERVOSA FOI VERIFICAR DE NOVO 14 X9 ,DAI QUANDO CHEGEI EM CASA 14X8,MEU DEUS COMO ISSO TUDO E CHATO SOU ACOMPANHADA PELO CARDIOLOGISTA TOMO REMEDIO BEM DIREITINHO FASSO ACADEMIA MAS MESMO ASSIM SEMPRE ACHO QUE MINHA PA VAI DAR ALTA,COMO EU GOSTARIA DE NAO TER ESTA ANCIEDADE TODA SEM FALAR QUE MU CORAÇAO BATE MUITO 110 OU MAIS.QU DEUS NOS AJUDE E NOS TRANQUILISE SE ALGUEM QUISER COMPRATILHA ALGO COMIGO E SO ENTRA NO MEU IMAIL germana09@hotmail.com.um abraço a todos.

  62. Pamela Brainer comenta:

    15 julho, 2011 @ 5:36 PM

    Gente, Eu pensei que isto era meu caso… Nao to so. Nao mesmo; sou mais uma “vitima” desta porcaria de sindrome do “inferno”. KKKKKKKKKK É serio. teve vezes de Eu ir medir todo os dias minha P.A. Imagina? Pois é. Eu ja me imaginava doente… Terrivel. Começou quando Eu tive uma crise em 01.01.2011 depois das festividades; começei a tremer e a faltar ar. Fui no P.S e a P.A tava alta em 16×9 ou x10. Porem, deixo clarissimo que vivo de dieta, amo comida natural e faço pouco uso de sal(detesto comida salgada e/ou aquelas porcarias de salgados de pacote) e detesto gordura; malho em casa e vivo bem. Cortei o cigarro e o alcool, por questao de saude mesmo. Pois é, sindrome da loucura ou paranoia? Nao sei, sei que DETESTO ISSO. Aprendi a controlar. Detesto aparelho e uma vez a medica mandou-me procurar oque fazer… Pensa? Leio, amo ri com filmes… Por ai vai… É chato, é. Mas passa lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. bjao

  63. Pamela Brainer comenta:

    15 julho, 2011 @ 5:43 PM

    Outra coisa, meus exames sao todos de resultado normal. Perguntei minha medica se Eu tinha como ter P.A alta e ela disse que nao. Ate pq todas as minhas taxas sao bem normais… Olha, o desespero foi tanto que, cheguei a fazer todos os exames quatro vezes num mes. media a p.a de 4 ou 5 vezes ao dia em lugares diferentes. tenho ate vergonha de falar, mas, foi verdade. as vezes chamava um taxi e ia ao p.s fazer nada. pensaaaaaaaaaaaa????? me detesto por isso e tenho ate vergonha de falar. mas, cada caso é um caso e aprendemos com a historia dos outros. bjos

  64. carlos junior comenta:

    8 agosto, 2011 @ 1:09 AM

    olá pessoal ,tambem sou vítima dessa sindrome,hoje sou militar ,mas por varias vezes eu deixei de entrar no concurso por imcompreesão de alguns medicos que mediam minha pressaõ e dava alta ,mas graças a deus na minha ultima tentativa de entrar no concurso quem me atendeu foi um medico muito legal que compreendeu meu caso,pois ja tava desesperado ,pq passava no concurso e vinha ficar no exame medico na parte da pressão,mesmo eu sabendo que minha pressaõ era normal,pois quando media em casa dava normal ,vou contar minha historia,no dia do exame o medico me avaliou e deu alta e disse que eu ficasse tranquilo,pouco tempo me chamou pra fazer de novo deu mais alta ainda ,na terceira vez mais alta ,ai me desseperei pensei mas uma vez vou perder o concurso por nervosismo fui medir a ultima vez ja nu tudo ou nada e minha pressaõ deu normal,agrdeço demais ao medico que me atendeu e a deus !os medicamentos beta bloqueadores,são muitos eficazes neste aumento de pressaõ pois eles impendem elas de subir!um abraço,vou sempre tirar a pressaõ pra se tornar rotina!

  65. jorge xavier lopes comenta:

    19 agosto, 2011 @ 11:14 AM

    hoje dia 19 AGO 11, consegui medir a pressão arterial, após quase 03 anos, após 15 anos de alcool, em minha vida , estou a mais de 01 ano de sobriedade, graças ao grande poder superior, ao grupo de ajuda, aos profissionais da área médica, e algum tempo vivo a sindrome do avental branco, e a minha primeira leitura sobre o assunto, vou encarar de frente esta situação e se DEUS quiser vou vencer. mais esse desafio.

  66. Renata comenta:

    9 setembro, 2011 @ 10:40 PM

    ai, cm é bom ter pessoas que entendam nosso problema! Só nós que sofremos na pele com isso sabemos o qt é ruim e o qt queremos nos livrar deste terror q criamos. Estou fazendo um mapa q vou tirar amanhã e na segunda vou fazer teste ergométrico e ecocardiograma. Minha pressão é 12×8 – 13×9 mas no consultório ja deu até 15×11. Mas tenho fé d q meus exames darao tds normais e conseguirei me livrar dste panico!

  67. teresa duarte comenta:

    24 setembro, 2011 @ 6:51 PM

    gente presciso contar ,essa sindrome do jaleco branco é realmente ,desconfortavel fui essa semana ao médico fazer um teste de esforço ,e já comecei com a presssão 16 por 10….. edai ele me perguntou se faço as medicações direito ,e disse que sim, faço atividadefisica e me sinto bem .ogrande problema é o aparelho tenho muito medo acho que chega ser um caso, de psiquiatria ou psicologia ,alguem pode me ajudar? grata…….

  68. Ricardo Barreto comenta:

    28 setembro, 2011 @ 11:39 PM

    Po galera,pensava que so eu tinha esse “INFERNO”,JA QUASE PERDI EMPREGO por causa disso.comecei a ter pânico de aparelho de pressão apos um dia q senti sindrome do panico na rua,estava bem,derrepente me deu tonteira e enjoou,fui ao hospital,minha pressão tava la na casa do c…..rsrsrs.desde então sofro com essa ansiedade que só agente sabe como é,e muita gente diz q é frescura!sempre que preciso verificar p.a e o médico pede meu braço p verificar,meu coração dispara q parece q vai explodir no peito.é horrivel.por tanto sempre esta alta,mas depois volta ao normal.é como se fosse uma ansiedade p saber se a pressão ta alta,ai qaundo vemos o resultado,o batimento vai voltando ao normal e a pressão tb.to pensando em ir ao psiquiatra,pior q comecei toma remedio p hipertensão,mas acredito q n tenho hipertensão.

  69. yderval Britto. comenta:

    6 outubro, 2011 @ 12:05 AM

    É pessoal a coisa do emocional é terrivel,algumas pessoas nos criticam por sermos assim e não somos porque queremos,fiquei surpreso por saber que somos uma gama de pessoas com o mesmo problema,já tive dificuldades para renovar CNH já quase perdi emprego entre outras situações embaraçosas…Mas acho que podemos trabalhar isso melhor sabendo que não somos unicos, acho que isso serve de alento quem sabe o psicologico não melhora na hora de um novo exame!Abçs a todos…

  70. Marcos Venicius comenta:

    16 novembro, 2011 @ 11:43 AM

    Gente eu também tenho esse problema. Só de pensar em tirar a minha P.A me dá um friozinho na barriga. Tudo começou aos 15 anos de idade com uma estagiária em Medicina. Na 1ª deu normal 12X08. Como eu pensava que era só uma medição fiquei tranqüilo, mas ela pediu para medir outra vez, subiu para 13×08. Na terceira vez deu 14×08. Ela não sabia o que fazer, ficou só dizendo “falha me Deus” e isso me deixava mais nervoso. Hoje estou com 21 anos de idade, 6 anos depois do episódio ainda sinto dificuldades em medir minha P.A, sei que é injustiça nós estarmos sujeitos a todo tipo de julgamento das pessoas.
    Fico feliz por saber que vocês estão na mesma batalha que eu, com fé em Deus sairemos vitoriosos juntos desse probleminha.

  71. Natália comenta:

    5 dezembro, 2011 @ 4:44 PM

    Boa tarde gente! tbm sofro desse mal… tenho síndrome do pânico e da última vez que fiquei nervosa por causa disso minha PA mediu 18×12…fiquei muito assustada e desde então sofro para medir a pressão….já fui no cardio e ele me diz pra relaxar, pois não sou hipertensa, minha médica homeopata tbm disse a mesma coisa, mas não posso sentir nada diferente que já acho que estou com a pressão alta. Hoje me senti um pouco ansiosa e nervosa e comecei a encucar com a pressão, tentei medir com o aparelho daqui de casa, mas não consegui…arranquei ele do braço na mesma hora e comecei a chorar….tenho mto medo disso….não quero me tornar hipertensa, tenho 24 anos sou mto nova ainda…..gostaria de compartilhar e pedir ajuda. Obrigada

  72. Ivanete ferreira comenta:

    6 dezembro, 2011 @ 3:09 PM

    Oi eu tb sofro desse problema há mais ou menos um ano. So em ver o aparelho de pressão ou ir ao medico para fazer exames, o coração dispara, sinto tonturas, mal estar e a pressão altera. Por favor se alguém tiver alguma idéia de como superar isso, ajude a todos nós.

  73. Rafael comenta:

    23 dezembro, 2011 @ 2:12 PM

    Boa tarde.

    Tenho 29 anos, e desde os 22 anos tenho síndrome do pânico, que de quebra me trouxe também essa síndrome do jaleco branco. Ontem fui fazer uma avaliação física para entrar na academia e foram aferir minha pressão, ficou super alta! Claro, a professora entrou em desespero, perguntando se eu estava passando mal, mas eu já tinha falado antes que tinha esse problema. Meus batimentos cardiacos subiram demais, e ela tentou me relaxar. O resultado foi que não fiz mais a medição e depois ela pediu que eu fizesse um esforço físico para ver meus batimentos. Ficaram em 72pm, depois de ter chegado perto de 180, e eu só senti nervoso, nada mais. Sofro muito com isso, toda vez que tenho que medir a pressão é um tormento. Por mais que eu tente me concentrar, não pensar, é só ver o aparelho que parece que tem um outro Rafael dentro de mim querendo fugir, correr dali. A minha maior raiva é por ser uma coisa tão simples, mas que sou incapaz de lidar. Sei que todos aqui sofrem pelo mesmo problema, e só entram no site quando de fato estão sofrendo, mas se tiver alguém que volte e tenha encontrado uma solução para o problema, que publique aqui, por favor. Vcs sabem bem como sofremos por conta disso, nossa vida perde a cor, principalmente quando acontece o episódio. Hoje estou deprimido, me sentindo uma pessoa debilitada, quase inválido, por conta do que aconteceu ontem. No fundo sei que sou saudável, tem um certo tempo que não vou ao cardio, mas não tenho coragem, pois sofro muito e tenho medo de me passarem remédio equivocadamente, pois sei que o que eu tenho é um problema psicológico, e não físico. Que alguém possa NOS ajudar, pois se estamos aqui é porque precisamos demais!

  74. Raquel comenta:

    6 janeiro, 2012 @ 11:04 AM

    Tenho Pvm e tive sindrome do panico com 20 anos agora estou com 30 anos…..achava que era a única a ter esse problema…..agora vi que não estou sozinha no mundo….afff fico feliz……tbm sofro desse mal……fui na médica essa semana e a hora que ela me chamou já desparou a adrenalina e não consigo me controlar…..ela aferiu minha Pa estava normal…..mas disse que estava com tarquicardia……e isso pode afetar a minha Pa e não ter o resultado correto….e exliquei a ela que tenho esse problema…..então fale com os médicos sobre isso galera!!!
    meu email é ralopes12@hotmail.com…..pra trocar ideias!!!abraçõ

  75. Raquel comenta:

    6 janeiro, 2012 @ 5:55 PM

    Tenho 30 anos…..quando tinha 20 anos descobri que tenho pvm e nessa época devido a essa descoberta e aos sintomas desagradáveis tive síndrome do pãnico e apartir daí nunca mais fui a mesma…….hj em dia não tomo remédio nenhum……mas tbm qdo fico numa situação de desconforto…..se preciso falar na frente dos outros…….se vou ao médico e este me fará uma avaliação cardiológica e Pa já fico tensa ……mesmo tentando fazer de tudo pra ficar calma……é maior que a gente……não consigo ficar normal……outro dia assisti á uma reportagen na TV e o neurologista disse que a pessoa que tem esse problema de síndorme do panico tem uma disfunção na amíigdala no cérebro que de forma exagerada perante uma situação de stress libera muita adremalina e as glãndulas supre renais libera muito cortisol na corrente sanguínea……então nós provavelmente pertencemos esse grupo….é um problema de ordem orgñica mesmo…..e não frescura que nem muitas pessoas acham que é…..então galera falam o problema ao médico ….pra naõ ter um diagnótico errado de Pa e do coração……….ainda bem que não estamos sozinhos no mundo e podemos compartihar essas agonias com vcs…..abração…..c cuidem.

    meu email é ralopes12@hotmail.com e quiserem conversar e compartilhas dúvidas !!!!

  76. Ronaldo ipiaú-ba comenta:

    17 janeiro, 2012 @ 6:08 PM

    Boa tarde, estou tendo este problema da sndrome do jaleco branco, estou prestes a entrar na empresa, só que em casa meço a pressão 12×7 ou 12×6 chego a clínica a médica medi a pressão e ela atinge a 19×10, 20×10 o que que faço, estou prestes a perder o trabalho, ajuda ai meu!

  77. betania j s comenta:

    21 janeiro, 2012 @ 12:48 PM

    OLA PESSOAL;FICO FELIZ DE SABER QUE NAO ESTOU SO NESSA BATALHA,FAZ UNS 3ANOS QUE NAO MESSO MINHA PRESSAO,E O PIOR QUE EU VOU PRECISAR FAZER UMA CIRURGIA, NAO TENHO MEDO DA CIRURGIA TENHO DO APARELHO SO DE PENSAR ELA SOBE,PRECISO ME LIVRAR DO MEDO E DAS PEDRAS NA VESICULAS OREM POR MIM BJSSSS

  78. katia regina comenta:

    31 janeiro, 2012 @ 9:33 PM

    amigos , eu sofro do mesmo dilema, eu fui ao cardiolista ele me examinou, fiz o controle da pressao por 24hs e o resultado confirmou que estava bem, era um panico momentaneo, bem o que fazer na hora do exame clinico para emprego, ele me passou um calmante para eu tomar a noite antes de fazer o exame, eu vou zem, so tomo o remedio nesse encontros com o aparelho de pressao, eu fico sem panico nenhum, procure o neuro e toma o relaxante correto. beijoss Boa sorte

  79. Edilson Costa comenta:

    9 fevereiro, 2012 @ 9:08 AM

    Eu tbm descobri ontem que tenho esse problema fui fazer um curso de reciclagem e qndo fui no médico minha pressão tava 21 por 13 não pude terminar o curso mais sei q minha pressão normal não é essa mais me deu um panico na hora q vi o aparelho e meu coração começou a acelerar queria saber como faço pra me controlar nessa hora ?

  80. Adailton fonseca comenta:

    22 fevereiro, 2012 @ 8:29 PM

    Eu nunca pensei q poderia ter isso,desde os 19 anos hj to com 27, tda vez é um dilema tbm para mim.
    Foi quando fui fazer um exame médico pra trabalhar em uma empresa e sei la na hr fiquei ansioso demais,quando entrei na sala do médico q ele mediu dava 16/10 denovo mesma coisa..puxa vida fiquei apavorado dps q ele falo sua pressao ta muito alta ó vo te dar uma colher de chá pra n te rprovar faz um eletro.Fiz beleza fui passar de novo e com receio ai quando vi era outro medico mais de boa.Mediu deu alta nos dois braços.Pediu so pra q me controlasse mais..e hj me encontro nesssa situação tbm e constrangedor.N tem controle msm,tda vez q vo fazer exame medico periodico o medico me alerta me pediu pra fazer um mapa..Resumindo desde ese exame minha vida mudou.Preciso de um tratamento tbm…se alguem poder me ajudar. agradeço,

  81. Renata comenta:

    16 março, 2012 @ 9:18 PM

    É um sofrimento muuuuuuito grande mesmo. Desenvolvi esta síndrome por conta da hipocondria :(

    É bom dividirmos com quem nos entende o nosso problema, pq quem não sofre com isso acha que é “frescura” nossa! =/

    Fiz um blog para conseguir conversar com pessoas que tem o mesmo problema que eu e quem sabe possamos nos ajudar. Publiquei hj sobre o meu sofrimento com a hipertensão do Jaleco Branco.

    Quem se interessar acessa:

    http://www.blogdahipocondriaca.blogspot.com

  82. ana cristina comenta:

    20 março, 2012 @ 5:31 PM

    EU TAMBEM TENHO MEDO DO JALECO BRANCO E DO APARELHO DE PRESSÃO DESQUE EU FUI CONSULTAR COM A PRESSÃO A 13 POR 08 A DOUTORA ME DEIXOU TÃO NERVOSA QUE ELA FOI A 18 POR 08 AI UM DIA EU NEM ESTAVA ESPERANDO POR QUE EU ACHEI QUE NÃO IA DAR PRA MIM CONSULTAR O MEDICO ME PEGOU DE SURPRESA AI ELA ESTAVA BAIXA ESTAVA 11 POR 07 . AI DESDE ENTÃO EU FIQUEI COM MEDO EU FICAVA SO A FERINDO E DAVA 14 POR 08 AI ME FALARAM QUE EU ESTAVA COM PANICO E TENÇA AO APARELHO MAS AGRADEÇO A DOUTORA QUE ME FEZ FICAR ASSIM POR QUE ATE ENTÃO EU NÃO TINHA MEDO DO APARELHO , UM DIA MEU FILHO ESTAVA A FERINDO A DELE PERTO DE MIM EU FIZ ATE VOMITO DE NERVOSO. TEM QUE TER UM JEITO PRA ISTO ACABAR E MUITO RUIM!

  83. marcia comenta:

    23 março, 2012 @ 7:35 PM

    EU TAMBEM TENHO A SINDROME DO JALECO BRANCO, TODA VEZ QUE VOU AO MEDICO MINHA PRESSAO SOBE E MORRO DE MEDO ACHO QUE VOU MORRER. qUANDO CHEGO EM CASA VOU MEDIR COM O MEU APARELHO E DA NORMAL. TENHO MEDO DE MORRER DO CORACAO POR CAUSA DA PRESSAO. AH!!! JA FALEI PARA OS MEDICOS NAO MEDIREM NO CONSULTORIO.

  84. Carlos Henrique comenta:

    9 abril, 2012 @ 3:51 PM

    Tenho 31 anos, 121 kg e 1,87 altura e descobri que tenho pressão alta, qd fui renovar a minha habilitação (180×100), dela la pra cá, passei a cuidar do assunto. Mais sem sucesso. Fazendo um exame admissional no ano de 2009, minha pressão estava (240x 170), e eu não sentia nada. Todos na clinica ficaram espantados e me caminharam para um hospital e acabei perdendo a vaga. Emagreci uns 15kg , passei fazer o uso do medicamento Diovan 360mg e diariamente verefico a minha pressão e dificilmete ultrapassa a medida de (140 x 09). Expliquei um fato ao meu cardiologiasta de um situação recente, nesta ultima semana q antecedeu o feridado de páscoa, qd fui fazer o exame periodico da empresa. Na correria eu tomei um medicamento enganado. Eu tomei um Bromazepam de 6 mg da minha Mãe (o medicamento que ela tomar para o problema de insônia), no lugar do meu remédio e fui para clinica para fazer o meu periodico. Qd a Drª mediu a minha pressão, eu estava tão calmo e sonolento, q a minha pressão estava (120x 70). Segundo o meu cardioligista, eu tbm sofro da sindrome do jaleco branco. E fato de eu te tomado um medicamento sedativo, talvez possa te me ajudado. Imediatamente ele me pediu uma nova bateria de exames.

  85. angela comenta:

    13 abril, 2012 @ 1:34 PM

    tebho esses mesmos problemas,e por isso ñ consigo ir ao dentista….é só ir ao médico a pressão sobe…..antes tinha pressão baixa,mas com o trabalho(sou cabeleireira e com acumulo de serviço,acabei ficando com pressão alta)se alguém souber de novidades para esse problema,principalmente o problema do dentista,por favor me enviem email…abraços .

  86. Fernanda Aguilera comenta:

    20 abril, 2012 @ 12:22 AM

    Meu problema apareceu na minha gravidez, eu tinha muito medo de ter eclampes, e de ter pressão alta pois minha mãe é enfermeira e sempre nos falava do risco da Pressão alta, fui ter meu filho com pressão alta, mais correu tudo bem depois da anestesia, dormi.
    Mais até hoje chego em qualquer clinica e o medico quer verificar esta esta super alta. Meu cardiologista disse que tenho que procurar ajuda psiquiatra, pois mesmo tomando sertralina 50mg e aprazolan 2 mg, vou verificar na clinica ela ta alta, o cardiologista fica conversando comigo ela acaba voltando ao normal. Conclusão tenho panico de ver minha pressão, detalhe meu filho tem 21 anos e eu 43 anos.

  87. luciana comenta:

    29 abril, 2012 @ 1:35 PM

    Bom tarde!Adorei o assunto, tenho 34 anos Há 4 meses venho com esse sofrimento! e com grande desafio para meu cardiologista.
    Fiz o mapa, no laudo deu mal do jaleco branco, acontece que nunca tive problemas com médicos (medo) até porque trabalho com os mesmo todos dias há quase 10 anos, porem o curioso que minha pressão começou subir de uma hora para outra quando voltei de ferias, apersar de eu ser filha de hipertessos sempre tive potencão,minha pressão normal sempre foi 100×60 ou 110×60 agora estou tendo um problema minha pressão estar subindo ja chegou a 160×90, passo muito mal,tenho que tomar ante hipertenssivo de uma as vezes ate 2 vezes ao dia para controlar,mas o curioso que minha pressão sobe quando estou trabalhando,no mapa os picos que deram foi dentro do trabalho apos sair do trabalho quando ponho meu pé do lado de fora ela valta ao normal.Eu não posso larga meu trabalho até por que tenho que trabalha.Tenho que me manter saudavel não sei o que faço para controlar isso. meu medico agora passou um texte de esforços em estera ainda vou fazer mas não estou confiante pois os esforços fisico que faço no trabalho e pouco trabalho com analise clinica.Se puder me dar uma dica vou agradecer muito desde ja pela atenção.

  88. Kelly R. Rocha comenta:

    17 maio, 2012 @ 3:11 PM

    É pessoal descobri a pouco tempo que sofro com essa sindrome, minha PA sempre foi baixa mas mes passado por causa de infecçao urinaria la no ps a enfermeira ao medir disse que estava alta a minha pressao fiz ela medir tres vezes e as tres vezes deu a mesma coisa.
    No outro dia eu fui no posto medir e estava mais alta, entrei em panico e ia todos os dias , e todos os dia alta as enfermeiras começaram a me colocar medo corri para o ps chegando la me derar um remedio debaixo da limgua e outro na veia ao chegar na rua minha pressao abaixou demais e eu desmaiei me levaram para outro ps chegando la estava baixa marquei cardio que me passou o exame e o resultado SINDROME DO JALECO BRANCO pessei que estava sozinha nessa

  89. Valderi Farias comenta:

    31 maio, 2012 @ 9:29 PM

    Acho que também tenho isso! A mais ou menos uns 3 anos atrás, resolvi ir no posto de saúde medir a minha pressão e por incrível ela deu 17×10 a enfermeira do posto me falou se eu estava me sentindo bem, eu falei que estava, más por dentro estava todo apavorado ela pediu para outro enfermeiro medir e deu 18×11 me mandaram eu para o hospital e lá me deram um remédio e fiquei em observação até minha pressão baixar para 13x 9, depois que sai de la, fiquei pensando, será que isso vai voltar de novo, depois em outro dia resolvi ir no médico para consultar e minha pressão deu de novo 18×11 ele me receitou dois remédios para eu tomar e mandou eu verificar a minha pressão 3 vezes por dia, cada dia que tinha que ir medir a minha pressão no posto parecia que o meu coração ia sair pela boca eu não conseguia ficar relaxado, e já sabia que ela ia dar alta e dava, saia dali já todo errado parecia que ia me dar um troço, já não conseguia ter um dia tranqüilo só ficava pensando na quilo, depois resolvi comprar um aparelho desse digital quando eu mesmo ia medir a minha pressão eu já ficava nervoso e ela dava quase sempre 16×10 depois comecei a ficar mais tranqüilo pois me acostumei ir no posto e media sempre com a mesma enfermeira a minha pressão começou a ficar entre 12×8 até 14×9 quando media em casa no meu aparelho digital ela dava 16×10 fiquei apavorado de novo fui no outro dia medir com a mesma enfermeira e levei o meu aparelho junto no posto deu 14×9 e no meu aparelho deu 16×10, que aparelho desgraçado estava contra mim, depois disso tive uma melhora, mais em seguida trocaram a enfermeira e a minha pressão começou a subir de novo.
    Certo dia tive que renovar a minha carteira de habitação e quando vi pela janela que eles estavam verificando a pressão eu fiquei em pânico parecia que ia me dar um treco, outra coisa que acontece comigo e que se vejo uma reportagem ou alguém fala que a pressão alta causa, sintomas: como dor de cabeça, dor no peito e outras, em seguida eu já começo a sentir esses sintomas é incrível, eu também não sei mais o que faço já fui no cardiologista, e vários médicos já trocaram varias vezes de remédios e isso não termina e não consigo tirar isso da minha cabeça. Hoje estou tomando 1 comp. Pela manha de hidroclorotiazida 25mg e 1 comp. A noite de Losartana potássica de 50mg. e estou tentando me acalmar mais esta difícil. Isso esta na gente mais parece que não esta, pois não conseguimos controlá-la, estou a fim de procurar um psicólogo será que adianta?… Abraços e que Deus nos proteja.

  90. Leandro jose comenta:

    21 julho, 2012 @ 7:41 PM

    Gente não sei se vai dar scerto com vocês mas comigo esta dando resultado
    Na hora que vou medir a pressão para me distrair começo a fazer conta de cabeça e esqueço que estou medindo outra coisa e conversar com a pessoa que esta medindo a pressão.
    Espero ter ajudado alguem.
    sem mais

  91. jilson comenta:

    31 julho, 2012 @ 5:13 PM

    amanha vou passar pelo medico do meu trabalho, estou quase nao indo porque eu sei que vai dar alta a minha pressao.

  92. Geraldo marinho comenta:

    21 agosto, 2012 @ 1:35 AM

    olá pessoal,tenho 55 anos desde os 20 sofro os mesmos problemas de vcs,medo medico, e principalmente do aparelho medir pressaõ arterial. Amigos…tenho uma otima ideia,que tal marcar um encontro com todos nós para falar um pouco de cada um . Abraço a todos e que Deus abençoe o coraçaõ de cada um de vcs…………..

  93. ferreira comenta:

    24 agosto, 2012 @ 9:21 AM

    Ola pessoal.. alguns dias atras fui até o dentista. quando sai de minha casa estava tudo normal. mas quando estava me aproximando do posto já comecei a suar frio. na hora da triagem foram medir minha pressão e estava 17×8 e fiquei mais nervoso ainda depois que duas enfermeiras disseram que eu tinha mesmo “cara” de hipertenso. kkk fiquei mais nervoso ainda, mas fui tentando me acalmar e pensando em coisas boas, logo ela baixou p/ 14×8 o dentista veio conversar comigo e expliquei minha situação p/ ele e ficamos conversando por alguns minutinhos logo minha pressão estava 12×8. tenho 26 anos tomo paroxetina 20ml há 1 ano.

    alguém quizér conversar há respeito meu Email detetiveferreira@hotmail.com

  94. Antonio Carlos Guerino comenta:

    26 setembro, 2012 @ 1:43 PM

    Antonio Carlos Guerino comenta
    26 Setembro, 2012 @ 11:37 AM

    Olá companheiros do malfadado S.J.B.
    Gostaria de compartilhar minha vivência dessa sindrome com Vocês.
    Luto com isso há tempos.É um transtorno, um pesadelo acordado. Li todos os depoimentos acima e tudo que sinto é uma mistura dos relato dos companheiros . Descobri que sofria de hipertensão arterial com uns 35 anos. Hoje tenho 60. Comecei não aceitando a tal doença (H.T.A) e desde o principio REAGI negativamente ao invés de acolhe-la e trata-la de forma menos passional. Os motivos desse comportamento são vários e ficaria muito extenso expo-los aqui. Mas posso adiantar que a base disso foi o MEDO em si da doença, com que eu teria que passar a conviver o resto da vida, trazendo consequência para meu estilo de vida, e a consequente perda do CONTROLE que achava que tinha sobre os rumos da minha vida. Ou seja tudo muito mais ligado a esfera das emoções do que as fisiológicas já que sempre tive, o que se chama de boa saude e não comprometimento de orgãos vitais como por ex os rins, que causam a HTA. Dai como como consequência, e isso entendo só hoje , CRIEI essa tal sindome. Aliás fui criando aos poucos, onde se estabelecu um ciclo vicioso: quando mais fugia da farmácia, do ambulatório do PS, da consulta do cardiologista, da esteira do teste hergométrico, por MEDO de saber a que altura a PA andava, mais os indices iam para o alto quando eu era OBRIGADO a fazer UMA medição.
    Passei por verdadeoros vexames em exames rotineiros, mas obrigatórios, como de admissão, e de renovação da CNH (problema que vou ter que me deparar daqui a 8 meses) Diante disso fugi de vez e NÃO PERMITI QUE maIs ninguém tirasse a minha pressão, pois já sabia de antemão que estaria alta. Quando não tinha jeito já anunciava ao médico, anTes dele medir, OS indices apareceriaM no MALDITO E DETESTÁVEL APARELHO.
    Adotei COMPULSIVAMENTE a medição caseira. Medi trocentas vezes, até o aparelho apontar o no. que eu aceitasse como BOM NORMAL para mim Vejam que viagem, que loucura.
    Dai comecei a comprar aparelhos de medição. Tenho vários odiosos desses aqui em casa. Uns já são até peça de museu. Achei o de pulso e me agarrei a ele. Me agarrei tb a uma médica homeopata da linha chinesa e praticava a medicina HOLISTICA. Ela não dava tanta importância a PA, medi-a poucas vezes e ACEITAVA QUE EU TINHA A S.J.B.
    Foi também nessá época que descobri tb o bem aventurado MAPA. Isso tem uns 6 anos, depois que baixei no Einstein com mais de 200X120, apis um strees causado numa medição OBRIGATÓRIA num exame admissional. De lá para cá diminui a LOUCURA da medição caseira que fazia a exaustão e passei a fazer um MAPA anual, já que a minha homeopata fazia o pedido. E assim vivi sempre sabendo que tenho a doença básica da HTA SISTEMICA, mas sabendo os picos que ela chegava em 96 mdições de um dia aleatório da minha vida e não em uma FURTIVA MEDIÇÃO COM UM PROFISSIONAL DE SAUDE em que via de regra não tenho a menor afinidade e respeito.
    DETALHE: já fiz 8 MAPAS e por incrivel que pareça meus indices vem baixando, tendo o último de um ano atras dado média de 125×85 e máxima de 159×111.Isso veio com outras melhoria consequentes de mudança de estilo de vida e de perda de peso, mas não deixa de ser um indice CIVILIZADO, para o meu caso, que segundo a medicina holistica minha pressão nunca chegara ao NIRVANA dos 120×80.
    Em suma sou HIPERTENSO e vou controlando.
    Ok tudo bom tudo ótimo. Dai achei que tinha espantado da minha vida a tal da S.J.B. Ledo engano Amigos. Como já estava ha tempos tomando a mesma medição, procurei um NOVO CARDIOLOGISTA para iniciar um novo ciclo.
    Mesmo sendo conveniado a UNIMED parece QUE é um gênio do setor. Demorei 90 dias para marcar a consulta. De cara disse a ELE que tinha a S.J.B. Sem me encarar respondeu ISSO É BOBAGEM. Exibi o relatório completo do ultimo MAPA feito em setembro de 2011, ou seja oito meses antes. Muito a contra gosto e da FORMA MAis BLASÉ, passou os olhos pelos nos. e balbuciou: …..é mais tem um pico de 160×111, o resto (ou seja os indices bons) não vale……O mesmo argumentou usou com relação a sindrome…… se V tem um pico aqui na minha frente é o que basta. Dai eu já estva suando, puto, nervoso e REATIVO. Minha vontade foi de sair correndo dali e manda-lo para o inferno. A tensão aumentou quando veio o COMANDO…..deita nessa maca que a moça vai fazer o eletro. Perguntei vai tirar a PA. Vou. Então, respondi entre dentes, ela vai estar entre 170 e 180. Fizeram o eletro e lá vem ele com o puto do aparelho. Mediu uma X deitado e ourta em pé. Mais mecânico impssível. Parecia o frentiosta vendo a calibragem dos peneus do meu carro…. Quanto? 170×110. Bingo. Mergulhei no inferno novamente. Pediu exames. Falei>….. Dr. dá para o Sr. me pedir um novo MAPA? Não é preciso. Vamos, depois dessa bateria fazer o FAMIGERADO TESTE HERGOMÉTRICO. Falei……. não vai dar certo. Anos atras não consegui fazer. Não me ouviu Me receitou dois remédios novos e mandou eu voltar depois de 40 dias. Medi a pressão em casa pela última vez tomando os remedios antigos e estava mais baixo do que os 170. Comecei com os novos remédios e voltei a monitorar. Os remédios foram eficazes pois a coisa veio para os patamres dos 130 / 140 nesses 40 dias, chegando até, PASMEM, aos 120. Voltei lá apresentei as medições: nem olhou. Empunhou seu NEFASTO APARELHO e mediou UMA VEZ SÓ EM PÉ: 140×100….É melhorou. Agora vai fazer o ERGOMETRICO. Disse ……não vai dar certo….Vai sim. Não vai. E se o Sr, pedisse um MAPA??? Não, ele não mostra o que o teste de esforço pode me mostrar.
    OK. Estou lá eu ontem no CURA, de peito nu, sendo depilado, e já todo enroscado aos fios. A moça me diz…vamos tirar PA antes. Minha boca secou…..veio um gosto de amargo…..Quanto? Tá alta. Vou ter que chamar o médico….Como? Quanto? Não posso falar…..Sou tomado por uma ira louca…..quero morrer…..sair dali….sumir. Ela tenta me acalmar….só piora . O coração dispara, me enxarco de suor… Vem o médico….mede. Quanto 210X120. DEUS MEU DEUS….DEUS MEU DEUS….QUANTO?
    É ISSO MESMO??????????É….. Não vai dar para fazer o teste. Eu já sabia. O Sr. acredita no FANTASMA DO JELECO BRANCO?
    Ele disse. Sim. Não queria me deixar ir embora. Sai quase correndo de lá com um laudo para eu esfregar na cara do meu cardiologosta. E agora o que vamos fazer? Voltei para casa, querendo morrer e ai o que estava em 210 deve ter chegado a 250. Comecei a ter dor de cabeça. Desabafei com minha mulher que já viu esse filme n vezes, fui deitar. Na hora que cheguei não consegui usar meu aparelhinho. 2 horas depois, levantei e medi 4 X foi de 154X98 para 135X93. Hoje já medi seis vezes e a coisa ocilou entre 154×93 a 135×91. Detalhe o pulsa muda muito pouco, sempre por volta dos 70/75.
    E ai? O que fazer?
    1)ASSUMI DEFINITIVAMENTE QUE A SINDROME EXISTE E QUE SOU PORTADCOR DELA.
    2) marquei com o tal do cardiologista e vou ver o que ele recomenda que eu faça.
    3)Vou medir minha PA uma vez por semana
    4)Estou seriamente pensando em já fazer um novo MAPA e levar na consulta que só vai acontecer em 25/10. Se ele não aceitar vou procurar outro cardiologista
    5)Continuar com a atividade fisica que faço (mais tudo que adotei no meu esgtilo de vida atual) e acrescentar a IOGA que fiz no passado ou outro tipo de relaxamento
    6)Começar a trabalhar novamente – do prnto de vista EMOCIONAL – A ACEITAÇÃO DA MINHA DOENÇA DA PRESSÃO ALTA.
    7)Tudo isso para viver bem e DETALHE, para me preparar para fazer o exame médico de renovação da minha CNH
    Isso é um PEPINO PRATICO. Preciso achar uma estratégia para passar nesse teste que para mim é pior do que vestibular no ITA
    Desculpem o longo texto. Tenho muito mais colocaçoes a fazer. Uma delas é que gostaria de continuar convedrsando com pessoas que tem esse pepino na vida e trocar mais vivências.
    Outra é gostaria de conversar com médicos CARDIOLOGISTAS que aceitem a sindrome e tenham uma solução pratica a apresentar como nesse caso que tenho que renovar minha CNH
    Pensei em consultar e botar na convrsa o Dr. Drauzio, pois acho que a sindrome precisa de respaldo na esfera médica, para não nos taxar de seres mimados.
    Abraços a Todos

  95. Céia costa comenta:

    9 novembro, 2012 @ 10:30 PM

    Oie tb tenho esse problema chaaaaato, hoje mesmo levei um susto (16×11). Mais ja estou bem melhor , a solução é fazer terapia,entendi que pessaão alta nos faz achar que poderemos ter algun problema no coração e aí nos levar a morte,resumindo tudo isso é emocional alguma coisa que esta quardado dentro das nossa cabecinhas que esta nos levando a ter medo da morte daí aparece a sindrome do panico que com isso a pressão sobe mesmo, é um circulo e muito triste só terapia que consegue dá uma aliviada nesse estresse e descobrir porque e quando surgiu esse medo que não é do jaleco branco e sim da pressão estar alterada e morrermos do coração espero que eu tenha ajudado abs.

  96. sérgio comenta:

    19 novembro, 2012 @ 5:02 PM

    Olha gente fui fazer exame demissional hoje e minha pressão deu 16/09 e olha que fiz um mapa ha dois meses atraz e deu pressão arterial normal.e olha que faço dieta direitinho perdi 10 kilos ,reamente a gente fica triste mesmo.vou medir minha pressão de manha e de tarde se ela continuar alta vou voltar no cardiologista e pedir para ele me receitar um remédio é bem melhor pk ai voçe fica tranquilo.um abraço e boa sorte para todos,mais uma coisa mesmo sabendo que é do jaleco branco o medo prefiro o remédio que ai a gente faz o tratamento direitinho.

  97. Deise comenta:

    20 dezembro, 2012 @ 11:00 PM

    Essa droga de hipertensão do jaleco branco apareceu na minha vida quando engravidei de minha segunda filha, que hoje está com dezesseis anos. Tudo começou quando uma prima minha, também grávida, começou a apresentar pressão alta. Eu coloquei na cabeça que a minha pressão também deveria estar subindo e, toda vez que eu ia à consulta pré-natal, eu chegava diante do médico com o coração disparado como se eu tivesse ido pro consultório a pé e correndo. Não consigo me livrar disso. Até hoje quando meço a pressão no consultório me dá um desespero, sinto meu coração bater mais rápido, começo a suar e imaginar coisas, fico vermelha, sinto meus músculos contraídos, e a pressão vai a 15 por 8. Já deu até 16 por 9. Não consigo me controlar na hora. Depois que tira o aparelho eu sinto meus músculos relaxarem, meu coração se acalma e a pressão volta ao normal. É uma porcaria, irrita. Acho que isso não tem cura.

  98. Marcelo comenta:

    23 dezembro, 2012 @ 2:30 AM

    Pois eu tenho uma derivação, em vez de síndrome do jaleco qd meço a pressão, isso acontece quando faço teste ergométrico. Isso se acentuou nos últimos 2 anos. Na penúltima vez, quase desmaiei. Como não tenho problema de saúde, corro e estou convencido de que o teste é essencial e deve ser realizado regularmente, tão logo, normalizei a pulsação, o que consegui falando besteira com uma amiga pelo celular, corri para a academia e corri ainda mais forte do que normalmente faço. Claro, não senti nada. Na nova consulta, tive a sorte de pegar uma médica bem-humorada e fiz ok, embora correndo menos tempo do q tenho condições. Associo o problema à sensação de opressão com aqueles fios todos no peito. Apesar de estar convencido de q é psicológico e até recorrer a truques como fingir q sou um jogador de futebol fazendo testes para jogar no meu time, acho q o melhor é ter um médico q nos relaxe.
    abs a todos

  99. Edivaldo comenta:

    3 janeiro, 2013 @ 3:36 PM

    Gostaria muito que me passasem e mail de ANTONIO CARLOS GUERINO para troca de ideias grato !

  100. aline comenta:

    5 janeiro, 2013 @ 4:05 PM

    Estou desesperada. Sempre tive medo de engravidar por conta da sindrome do jaleco. Adquirir a uns 8 anos atras qdo minha mae teve q passar por varias cirurgias no cerebro. Minha pressão ja chegou a 18/11 num momento e mais tarde voltou a 12/8. Meu esposo é enfermeiro e ele sempre esta aferindo minha pŕessão em casa e dar normal. Qdo chego ao mesmo hospital q ele trabalha para o pre natal ele mesmo passa as medidas para a medica. Mas agora estou com mais de 7 meses e temo o momento do parto pq ai não será mais ele q medirá. Passam vários temores por minha mente…tenho terror a aferidores de pressão…..sinto taquicardia…fico trêmula e tudo mais q vcs disseram. Não sei o q fazer.

  101. leonardo comenta:

    16 janeiro, 2013 @ 3:02 PM

    olá pessoal,
    O meu caso se assemelha a muitos desses comentários aqui dispostos. Há mais ou menos 4 anos tomei um porre daqueles comemorando meu aniversário de 27 anos, continuando no dia seguinte. No proximo dia veio a ressaca, não era pra menos, só que com uma caracteristica diferente de todas as vezes, eu senti vertigem e convulsão mental. Bom, lá pro final do dia resolvi ir ao médico o qual aferiu a P.A registrando 180×100, mas dentro de mim eu notava uma inquietude enorme, daí fui medicado com um antihipertensivo e um antiansiolítico, após algum tempo a p.a voltou a normalidade, e então fui orientado a procurar um cardiologista e fazer um chekup. A partir daí eu mergulhava no pior período da minha vida.
    Saí dalí extremamente triste e preocupado com iminência de está sendo acometido por um sério risco de morte, e os dias que sucederam esse episódio foram de um forte pensamento negativo e consequentemente de um mal estar físico nunca sentido. Marquei a consulta e os exames, e fui realizá-los com a certeza que nada daria certo, pensamento que se intensificara na presença do médico, resultdos realmente foram ruins: p.a elevada, teste ergométrico cessado por elevação da p.a e afins(lembrando que aferia minha p.a e realizava ergométrico com regularidade, e atestavam normalidade). Fui em outra médico o qual me taxou de hipertenso e iniciou o tratamento medicamentoso, saí dalí pior ainda, mas decidi tomar o remédio. depois de um mes de tratamento sentia que o pior não tinha passado, pois os pensamentos negativos me afligiam todas as vezes que pensava no caso e potencializava-se quando pensava em aferir a pressão. Totalmente insatisfeito com a mudança que aquilo tinha feito na minha vida, procurei o médico da minha empresa, o qual eu me senti mas a vontade pra conversa sobre o assunto. Depois de expor as minúcias do que tinha havido comigo após aquele dia, e da p.a ter caído durante aferi-la algumas vezes na conversa, ele me disse a frase que foi o ponto de partida para retomada da minha vida normal: “Leonardo vc não é hipertenso e se fosse não seria ela que estaria te fazendo mal”. Foi muito confortante aquilo naquele momento, mas logo depois senti uma enorme estranheza quando ele pediu que procurasse uma amiga médica na especialidade de psquiatria. Bom, perguntei a ele se ele pensava que eu estava louco, e respondeu que louco eu poderia ficar se não procurasse uma ajuda desse tipo.
    “pessoal, preciso sair termino o comentário amanhã”.

  102. Moni comenta:

    21 janeiro, 2013 @ 3:09 PM

    Que bom encontrar este site! Pensava que isto só acontecia comigo! desde criança tenho contato com aparelho de pressao, sabia medir, brincava com o aparelho, nunca tive medo até que um dia eu estava me sentindo angustiada, pedi para minha mae medir minha pressao e deu 13×9. Neste momento tive uma crise de pânico, a primeira. Dai pra frente minha história se iguala a de muitos aqui… só de pensar ou ver um aparelho de pressão, começo a ter taquicardia, as mãos começam a suar, ficam frias, me dá vontade de sair correndo e claro, vai dando valores cada vez maiores ao verificar a pressao… o cardiologista disse que quando ficamos nervosos a pressão sobe, que isso é normal, falou que nao é para eu ficar medindo a toa minha pressao, para eu esquecer o aparelho e me deu uma bronca enorme, disse que eu estava querendo controlar meu corpo, que eu estava era como pânico, ansiedade e disse claramente para esquecer a pressao… sai de lá com envergonhada… ele garante que nao sou hipertensa… já fiz vários exames mas nao o MAPA, o cardio achou que nao precisaria do mapa pois eu ficaria muito nervosa, na realidade eu acho que desmaio se colocar aquele troço no meu braço. Por conta disso fiz tratamento para ansiedade , já fui liberada, mas continuo acompanhando com terapia. Estou ótima em tudo, nao tenho medo de nada, exceto… o tal monstro chamado aparelho de pressao. Na época o médico foi tão claro, mas ainda assim nao me convenceu, cheguei a ir num segundo cardio viu meus exames, achou que eu estava tensa pois suava ao falar com ele, disse que eu nao tinha problema nenhum e me passou um monte de remédio pra ansiedade. Resolvi ir direto ao psiquiatra. Tratei a ansiedade, já nao tomo nenhum medicamento e hoje estou ótima. Vendi todos os meus medos mas nao a do aparelho de pressao. A dúvida se sou hipertensa ou nao, essa também nao foi curada ainda, mas vamos em frente… Me sinto uma idiota as vezes, minha cabeça sabe que nao é para ter medo, que nao há motivo para ter medo, que é só uma medida de um aparelho, e que se estiver alterada é só tratar, mas mesmo a mente sabendo que é tudo bobagem , nao consigo controlar o medo, o emocional. Creio que muitos pensam e sentem assim. Já me disseram para fazer regressão, hipnose, que funcionaria. Alguém aqui já teve experiência com isto?

  103. Carol comenta:

    6 fevereiro, 2013 @ 11:57 PM

    Boa noite!!! Primeiramente, qro agradecer este site q além da matéria e dos comentários esclareceram mtas dúvidas q eu tinha. Em segundo lugar, estou mt feliz em saber q eu ñ estou sozinha neste barco pq as vezes me sentia até louca ….Eu também tenho pavor, medo, angústia, agonia de ferir a pressão arterial (e também fazer qualquer exame relacionado ao coração, apesar de já ter feito vários), inclusive qdo vou a qualquer tipo de médico seja clínico, especialista ou até mesmo em casa dá alta (já chegou a 16×10) parece q só em pensar em ferir a pressão já entro em pânico o coração dispara, o rosto queima, td pulsa e quanto mais eu penso nisso mais a pressão aumenta, mas se o médico for atencioso e carinhoso em medir várias vezes ela vai melhorando até chegar ao normal, porém se ele já fizer aqla cara de espanto aí a situação piora…Faço acupuntura e a Drª fere a pressão em todas as sessões passo o maior sufoco, pois como já disse pra ela, adoro ir a acupuntura, mas ferir a pressão eu detesto já teve vezes dela conseguir identificar quanto estava de tanto medo q eu estava e detalhe tenho síndrome do pânico e ansiedade generalizada e acredito q td isso acaba atrapalhando, inclusive já fiz vários eletrocardiogramas q nunca dão nada e já passei no cardiologista q me disse q o meu caso e de psicólogo q eu também ñ tenho nada físico. Sei q o aparelho de pressão ñ vai me machucar, no entanto, ñ consigo controlar esse medo terrível q me atrapalha e q as pessoas ñ entedem tenho medo disso me influenciar futuramente pq sou nova (tenho 21 anos) e acabei de me formar como pedagoga, mas espero q ñ, por isso peço sempre a Deus para me ajudar!!!!! As vezes até choro pq fico tão chateada por ñ controlar meus medos….
    Mtas pessoas pensam q sintomas relacionadas ao psicólogico, emocional são pura frescura, mas ñ tem nada a ver só se sabe a intensidade de um problema psicólogico qdo a pessoa já passou pq as pessoas em vez de acharem q somos loucos ou etc ñ se colocam em nossos lugares e percebam o qto é difícil por algo abstrato q vc ñ sabe da aonde veio, qdo veio ou qdo vai acabar uma doença psicólogica dói mt mais do q uma doença física dela se sabe onde está, como está e como tratar, entretanto um problema emocional para ser tratado corretamente precisa trilhar um longo caminho até chegarmos ao diagnóstico correto. Deixo aqui meu email anacarolsantossilva@hotmail.com para quem quiser conversar mais sobre: medos, síndrome do pânico, ansiedade, perdas, medo de ferir a pressão e etc nada melhor do q conversar com quem passa pelo mesmo q passamos….

  104. lucio cardoso comenta:

    21 fevereiro, 2013 @ 10:52 PM

    puxa que bom ouvir essas historias, achava que era
    só eu. toda vez que meço minha pressao em outro lugar
    que nao é na minha casa ela da alta.ja deixei ate de tratar
    de dentes por causa dessa nojeira.sou louco pra me curar
    disso mas ninguem dá a minima. sofro muito com isso.

  105. sara comenta:

    6 abril, 2013 @ 4:46 PM

    gente do ceu do passando por isso,fui comsultar esses dias atras para mostrar um exame meu´aí triei deu 14/08.mas não preucupei,,mas quando medi no outro dia deu 15/09,aí endoidei e agora ela não abaixa para 12/08.ja tomei tanta coisa e quando vou medir meu coraçao dispara e aí ela sobe,so ta dando alta.

  106. Samuel de Barros Ribeiro comenta:

    19 abril, 2013 @ 9:33 PM

    Estou da mesma maneira fui reprovado no exame da empresa e perdi o meu emprego se alguem puder me ajudar meu email é samucamuca_4@hotmail.com

  107. Danielle comenta:

    5 outubro, 2013 @ 7:41 AM

    Também me sinto mais tranquila ao saber que não estou sozinha e que tudo o que sinto não passa de bobagem. Estou com esta síndrome, quer dizer, acho que estou; pois o meu cardiologista já recomendou um anti-hipertensivo. Fiz todos os exames, saiu tudo normal, exceto o maldito MAPA. Eu já sabia que não seria um bom resultado, pois na primeira vez que coloquei aquele negócio no braço a pressão já estava em 19×10. Fiquei o dia todo me sentindo mal e à noite fui parar na emergência do hospital pois achava que ia morrer só esperando aquele troço alcançar índices cada vez mais altos! Sinto que também sofro desse medo ou ansiedade quando estou diante do aparelho de medir pressão. Depois que fiz o primeiro MAPA, recebo um telefonema do hospital, dizendo que eu deveria repetir o exame pois houve diversos erros de medida. Aí meu desespero aumentou (passar por todo aquele tormento outra vez!!!). Fiquei uns 15 dias para me decidir a repetir o exame. Fui a uma psicóloga, que me convenceu. Repeti e não olhei mais o visor que demonstra a medida da pressão, mas sentia meu coração apertar toda vez que o aparelho inflava e apertava o meu braço. Esse deu certo. Mas o resultado foi péssimo: hipertensão aos 32 anos de idade e dependência de remédio. Tentarei mudar de médico e vou procurar um psicólogo ou psiquiatra, pois tenho certeza que sofro desse distúrbio psicológico. Não aceito o diagnóstico de pressão alta, no entanto tomarei o medicamento. Alguém aí também passou por isso: de o MAPA comprovar pressão Arterial elevada, mas vc ter certeza de que é a síndrome do Pânico ao utilizar o Aparelho Medidor????? Continuem postando. Isso nos alivia e nos enche de esperanças!!!

  108. antonio luiz vinhal comenta:

    16 outubro, 2013 @ 9:29 PM

    Eu tambem nao posso ver um aparelho de medir pressao que ja passo mal, meu segredo é chego no consultorio ja pensando que estou muito mal aí eu penso que eu presiso de um medicamento que nao tenho mais jeito aí a pressao volta ao normal

Deixe seu comentário aqui !