15 - dez
  

Hidrocefalia com pressão normal

Categoria(s): Caso clínico, DNT, Neurologia geriátrica




Interpretação clínica

Homem de 72 anos, com queixa de 3 episódios de quedas nos últimos 6 meses. Tem apresentado fraqueza nas pernas, para andar tem ficar com as pernas afastadas. Apresenta incontinência urinária progressiva, perda da concentração, da velocidade de pensamento e a memória tem se mostrado gradualmente deficiente nos últimos 12 meses. Ao exame físico ele se mantém sobre uma base larga, e seus passos são muito curtos. o exame físico geral, pouco emagrecido, PA normal, coração com rítmo de fibrilação atrial, artérias endurecidas, pulsos carotídeos normais, sem sopro. Exame neurológico não exibe tremores ou rigidez nos braços e pernas. Fundo de olho normal. Reflexos lentificados.

Qual o possível diagnóstico a partir do exame radiológico (figura) ?

hidrocefaliaO exame de ressonância magnética do cérebro mostra além de áreas escuras no parênquima cerebral (infartos cerebrais) uma grande dilatação dos ventrículos cerebrais, comprimento o parênquima cerebral contra as paredes ósseas do crânio.

A queixa clínica apresentada pelo paciente e a imagem radiológica nos direciona para o diagnóstico de hidrocefalia com pressão normal (HPN). A tríade clínica, incontinência urinária, distúrbio da marcha e déficit cognitivo é típica da hidrocefalia com pressão normal. Além disso, lentificação dos movimentos (bradicinesia) e lentificação do pensamento (bradifrenia) estão presentes nesses pacientes. Os pés do paciente parecem “grudar no chão”, como se fossem controlados por um imã (por isso a chamada “marcha magnética” ou “apráxica”).

 

 

ventrículos cerebrais normais

Exame RM normal (ao lado)

A causa da HPN não é plenamente compreendida. A fisiopatologia pode ser devida a produção excessiva de líquido cefalorraquidiano ou absorção insuficiente. O desequilíbrio resultante causa dilatação dos ventrículos que “esticam” a rede neural corticossubcortical envolvida na cognição, equilíbrio e continência urinária. (veja mais sobre rede neural e memória)

O tratamento pode ser feito com a drenagem do líquido cefalorraquidiano para o abdome através de uma anastomose ventriculoperitoneal, este efeito do estiramento da rede neural pode diminuir, melhorando os sintomas do paciente. O HPN é de fácil diagnóstico, mas definir quem se beneficiará da anastomose ventriculoperitoneal, ou mesmo, em quem pode-se fazer este procedimento é uma grande dúvida. No idosos o risco de complicações como, meningite, mal funcionamento da anastomose e hematoma subdural ocorrem em 40% dos pacientes.

Nos casos onde o déficit de equilíbrio e marcha são os aspectos mais importantes, uma punção lombar com retirada de 30 ml de líquido cefalorraquidiano pode trazer benefícios.

A demência por infartos múltiplos é um diagnóstico que deve ser aplicado neste caso.

Os paciente com fibrilação atrial têm alto risco de sofre infartos cerebral, o uso de anticoagulantes é indicativo nesses casos, assim como um amplo estudo do sistema cardiovascular. (ver mais)

Referências:

Graff-Radford NR – Normal pressure hydrocephalus. The Neurologist 1999;5:194-204.

Graff-Radford NR, Godersky JC, Jones MP – Variables predicting surgical outcome in symptomatic hydrocephalus in the elderly. Neurology 1989;39:1601-1604.

Tags: , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


153 Comentários »

  1. ZORAIDE DE SOUSA DADAM comenta:

    6 fevereiro, 2008 @ 10:06 AM

    tenho hidrocefalia obstrutiva causada por miningite,coloquei derivação ventricular peritonial.Desde que fiz acirurgia que completou 11 anos em 21 de janeiro de 2008 tenho que ter cuidaddos ao levantar ,abaixar e levantar,nada que balança muito ou gire…estou sempre com tontura e náusea às vezes mais fortes outras menos parece que a cabeça está sempre com pressão e latejando sempre.De 2006 para cá os sintomas aumentaram,às vezes acordo com o corpo mole se coordenação e não consigo levantar preciso que mexam comigo, minha memória apaga com facilidade menos o que tem imagem de fundo como se deletasse tudo,quando a dor é muito forte com tontura e náusea o corpo não obedece o comando do cérebro…Comentei com o cirurgião e disse que não era típico da doença, pediu exame e o resultado foi funcionando com anormalidade,mas uma nova cirurgia é de risco…Ir ao neorologista ,fiz eletrocefalograma e de labirintite o mais atualizado não deu nada colocou que os enjôos e a tontura é do problema( medicamento para aumentar a química da sensibilidade para não sentir dor com o desequilíbrio do líquor),fui no psiquiatra a pedido também mostrei todos os exames ,alguns questionamento e o mesmo colocou que o meu esquecimento não é por um trauma psicológico é provável que seja pelo problema( medicamento para que não haja agitação e o corpo se mantenha em equilíbrio.Passei o ano de 2007 em função do problema e até agora nada de resultado,vou voltar no cirurgião com o resultado de todos os exames para ver qual vai ser a solução.Em tudo que leio sobre o assunto da a entender que os sintomas tem haver com o problema ,mas o médico nunca confirma deixando sempre a desejar.Gostaria de ter alguns esclarecimentos sobre o assunto e o que devo fazer pois preciso trabalhar,os médicos dizem que quando acordo assim devo deitar para que o corpo volte ao equilíbrio,não me agitar,sem preocupações…Não tem como,trabalho na área de Educação .

  2. Julio Senna comenta:

    17 fevereiro, 2008 @ 7:44 PM

    Minha mãe fará 70 anos no próximo mes de Maio, a cerca de 6 meses atrás, depois de 5 quedas no mesmo dia, levamos ao hospital e depois de alguns exames, concluíram Hidrocefalia.Pegou-nos de surpresa o diagnóstico. Hoje ela está deprimida, pois mora no interior, somente ela e meu pai, temos uma empregada, mas ela nao faz nada sozinha e eventualmente nao consegue controlar as necessidades fisiológicas. Falaram-nos de uma cirurgia para o problema. Gostaria de saber, quais as chances de ela voltar a andar normalmente e quais os problemas que podem acarretar na cirurgia. Obrigado.

  3. ZORAIDE DE SOUSA DADAM comenta:

    28 fevereiro, 2008 @ 9:36 PM

    Para JÚLIO SENNA

    Quando fiz a Cirurgia tinha apenas 23 anos,consultei vários médicos,fiz punção (tirar líquido da espinha para ver o tempo que levaria para ter os sintomas novamente.Eram tre punções ,fiz só duas pois não resistiria uma terceira,então marcamos a cirurgia. O médico disse que era uma cirurgia simples de uma hora de duração que na verdade durou muito + que o previsto. Após cinco meses deu uma certa rejeição + foi controlada.O médico nunca mecionou algum tipo de sequela que poderia acontecer.Ultimamente me sinto mau com vários sintomas. O médico colocou que deveria ser trocado o catéter + é de risco pode haver sequelas como perda de coordenaçõ motora,ficar cegaou até mesmo a óbito como já aconteceu casos dessa natureza.Deixou claro que para fazer uma nova cirurgia só se eu entrar em coma. Mas como tenho tres bebes par a criar sei que não irei morrer desse mal.Para ter + esclarecimento sobre hidrocefalia pesquise a mesma no google.Se poder ajudar + faço com carinhopoi entendo das suas aflições.

  4. adriana braz marques comenta:

    14 março, 2008 @ 3:47 PM

    ola boa tarde minha mae tem hidrocefalia de pressao normal,fez duas cirurgias uma para colocar o dreno e aoutra para desobistruir o dreno.agora ela nao conversa,nao anda sozinha,na segunda cirurgia perdeu a sensibilidade do lado direito.e ela sente muita dor de cabeça;acha que com uma terçeira cirurgia poderar recuperar sua memoria ou devido a idade60anos muito dificil?conto com vcs.um abraço.Adriana marques

  5. eu comenta:

    27 março, 2008 @ 12:15 PM

    Tenho um válvula peritoneal há + de dez anos e graças a Deus que não fiquei com seqüelas nenhuma, levo um vida normal, tenho um filhota de 3 anos,super sadia e muito inteligente e nunca tive nada com a válvula.

  6. Marconi Rondelli Bissoli comenta:

    1 maio, 2008 @ 4:48 PM

    Olá, descosbri q tenho hidrocefalia por acaso, pois quando tinha 12 anos, tive um pequeno zumbido, no ouvido, então fui orientado a fazer uma Ressonãncia Magnética para verificar a causa de tal problema, mas o resultado acusou uma hidrocefalia, procurei 3 (três) médicos e todos tiveram a mesma opinião de colocar a valvula, mas graças a Deus procurei o médico Denis Otoni que me disse que como nunca tive nenhuma consequencia com tal problema, não precisaria colocar a valvula, e hoje tenho 29 anos e nunca tive nada! apenas faço um controle através da Ressonãncia Magnética de 3 em 3 anos.

  7. francisca gilamara amaro de sousa comenta:

    3 maio, 2008 @ 1:36 AM

    Tenho uma filha de 4 meses, descubri que ela tinha hidrocefalia no dia 11/12/07 e ela nasceu no dia 14/12/07. P ra mim foi um choque, pois não conhecia nada sobre o assunto, ela já passou por uma cirurgia no dia 08/02/08 no hospital de base de B rasília e estou aguardndo outra para a colocação da valvúla, porque a primeira não deu certo e isso me deixa cada dia mais nervosa com medo de tudo que possa acontecer. a algum tempo que venho notando que ela não reagi quando coloco brinquedos e não vejo ela pega nada, mais procura a gente pela voz e queria saber o que faço pra ver se ela tem algum problema e se é passageiro por causa da hidrocefalia.
    Me ajudem não sei o que fazer!!! quero uma opinião de vocês. ESTOU AGUARDANDO.

  8. zoraide de sousa dadam comenta:

    5 maio, 2008 @ 6:46 PM

    Para Francisca Gilamara Amaro de Sousa.

    Existe vários casos, no seu é congênito,nasceu assim. Tenho uma amiga que é o mesmo caso mais conseguiu superar os obstáculos, foi alfabetizada… hoje é casada ,tem 25 anos e nasceu gêmeas com pouco peso.Como já li muito sobre o assunto ,cada organismo reage de uma maneira.Não sei qual sua doutrina religiosa,reze muito que Deus saberá o que fazer…beijos

  9. jean comenta:

    19 maio, 2008 @ 9:45 PM

    IRADO ESSE SITE!

  10. Julio Senna comenta:

    26 maio, 2008 @ 9:33 AM

    Pessoal, minha mãe completou no último sábado 70 anos e nos últimos 7 meses, estamos convivendo com a doença de Hidrocefalia. Moro no capital e ela no interior do RS, na última segunda-feira ela precisou ser internada. Depois do diagnóstico, o médico fez uma punção, a qual aparentemente, melhorou, caminhava muito lentamente, mas a cabeça funcionava bem. Na segunda internacao, ela não caminhou mais, parece q as pernas, estão coladas no chão, tem problemas no sistema esficteriano, pois na maioria das vezes não dá tempo de chegar ao banheiro e o sistema cognitivo está bem atrapalhado, não lembrando das pessoas. No último domingo fizeram a segunda punção, estamos aguardando o resultado se ela melhorará um pouquinho nem q seja.A partir dai o médico irá sugerir a colocação da válvula, no entanto, ele disse-nos que na primeira vez (Nov/2007) estaria mais otimista com o implante da válvula, neste momento já nem tanto…O q fazer ? Pensamos em fazer a cirurgia, pois senão nunca saberemos se ela iria reagir ? será que pelo estágio atual, vale a pena o sofrimento e risco de uma cirurgia ? Quais as causas desta doença ? é genético ? o q fazer para evitar ??? perguntas e mais perguntas….é só q tenho me feito….

  11. rogerio lima comenta:

    26 maio, 2008 @ 10:34 AM

    gostaria de mandar a todas as familias que possam ter alguem com este tipo de problema que jamais desanimen pos, tenho um filho hoje com l9 anos , que desde os seus primeiros dias de vida lutou bastante , e hoje trabalha,estuda e leva uma vida normal , embora ele tem alguns problemas de convulsões pois tenho fe em deus que em breve iremos solucionar mais este desafio, força para todos .

  12. Julio Senna comenta:

    1 junho, 2008 @ 7:52 PM

    Zoraide, boa noite. Estava lendo seu comentário e vc diz que haviam previsto 3 punções para vc, mas vc disse que fez somente 2, pois não resistiria uma terceira.Vc poderia me explicar o pq ? Pergunto pq um médico de Porto Alegre, disse-nos que poderiam ser feitas tantas punções quanto se fizer necessário. Muito obrigado. Se fosse possível poderias escrever direto para mim para trocarmos mais um pouco de experiências, se quiseres lhe passo meu email. Obrigado.

  13. ZORAIDE DADAM COMENTA comenta:

    6 junho, 2008 @ 1:02 PM

    PARA JULIO SENA

    Conversei com Dr. Cesar de Blumenau e ele colocou que toda cirurgia é de risco,principalmente quem vai colocar um novo catéter de derivação.T ambém fiz punção duas vezes e a decisão foi de colocar o catéter. Fiquei bem durante 10 anos e daí então começou a descompensar devido a rotina do dia-a -dia. Na época tinha 23 anos, já a idade da sua mãe é 70 anos + acredito que se for para viver bem os últimos anos de sua vida que decidam pelo melhor. O Dr. Cesar comentou que há uma válvula que dá para regular quando não funciona normal, controlada com controle. Se pensarem em colocar que então optem pelo + atual.Perguntas e mais perguntas todos nós que temos o problemas nos fizemos a cada momento, e a maioria delas sem resposta…

  14. ZORAIDE DADAM COMENTA comenta:

    10 junho, 2008 @ 12:50 PM

    Para Julio Senna;

    Olá, quando fiz a 1ª punção perdi o movimento das perna como se ficasse dormente, comuniquei a enfermeira e no mesmo momento o médico tirou a agulha, a enfermeira fez vários movimentos para que voltassem ao normal.Dentro de 15 dias começou os sintomas novamente, então o médico marcou a nova punção,esta fiquei na posição fetal, meu irmão me acompanhou, vária tentativas e nada de acertar o ponto ideal. Assim que conseguiu levou +/- meia hora para retirar 20 ml de lícor,passei muito mal, levei uns choques parecia colocar o dedo na tomada, foi terrível .Quando terminou saiu da sala ao retornar disse para meu irmão que não iria fazer mais uma vez, pois sofria muito e não iria aguentar, então ficou a cirurgia prevista.Na última consulta o médico falou em punção e no mesmo momento disse não,então ele explicou que é na válvul, não doi nada. Meu medo de fazer uma nova cirurgia é que possa haver rejeição em que o meu organismo não aceite um novo corpo estranho e que tenha que fazer punção pro resto da vida, tudo é possível … Tenho a sensibilidade muito baixa, hoje tomo medicamentos para aumentar a química da sensibilidade, faço exercícios físicos e caminhada todos os dias para que meu organismo crie resistência ´lém de tomar vitaminas, a maioria das vezes no soro durante uma semana para que os medicamentos não sejam rejeitados…mas sempre deixando bem claro que cada organismo funciona de uma maneira, os sintomas podem ser diferentes… beijos,converse muito com Deus, pois é ele que nos dá força para aceitar e resistir a todos os entraves…

  15. Julio Senna comenta:

    11 junho, 2008 @ 5:07 PM

    Zoraide,
    muito obrigado por ter respondido minha dúvida. A segunda punção da minha mãe eu acompanhei por um vidro da porta, e percebi que minha mãe sentiu muita dor no início e entendo que foi o momento da anestesia. Depois o médico demorou uns 20 minutos para rtirar o líquor. Após meia hora do procedimento, minha mãe já estava raciocinando normalmente…pois antes de ela fazer a punção não estava me reconhecendo. Estamos sem saber o que fazer quanto a válvula, pois deveria partir da minha mãe a vontade, mas ela não quer nem ouvir falar deste assunto….meu receio é que agora os intervalos de crises possam ficar mais próximos uns do outro. Neste final de semana estarei indo vê-la pois estou a 500 km de distancia dela. Gostaria de trocar mais informações com vc, se possível me passe seu email. Muito obrigado.
    Julio Senna

  16. Fabiana comenta:

    18 junho, 2008 @ 9:23 PM

    Estou gravida de 7 meses, descobri que o meu filho que o Luiz tem hidrocefalia grau 1, mas ainda sim eu estou muito feliz em te-lo ficaria triste se um dia eu perde-lo. Confesso que ainda não entendo nada disso, a unica coisa que eu sei que indenpendente do grau eu já o amo muito, e a minha familia também. Aquelas maes que descobriram agora muita força, afinal nos somos muito especiais em poder ter crianças especiais.

  17. zoraidedadam comenta:

    20 junho, 2008 @ 12:24 PM

    para Julio senna

    olá , para punção não se ganha anestesia, é no seco mesmo até o final da punção, pergunte ao médico. Precisa deixar claro para sua mãe que se ela não fizer a cirurgia vai ter que se submeter a punção no máximo a cada quinze dias, que foi no meu caso, até a cirurgia. Pela idade meu avô não quiz fazer cirurgia do coração, quando decidio não pode + então se arrependeu durou muito pouco. A dor da punção pode acreditar é cem x pior que a cirurgia. Depois da cirurgia , qualquer cirurgia tem que ser anestesia geral, não pode + ser arraquia, tive tres filhos com anestesia geral.

    meu email: zoraidedadam.sjb@hotmail.com

  18. Fabiola comenta:

    24 junho, 2008 @ 8:19 AM

    Minha dúvida é a hidrocefalia é congénita ou ela pode aparecer em qualquer idade mesmo que a pessoa não tenha sofrido acidente e nenhum caso na família.

  19. ZORAIDE DADAM COMENTA comenta:

    24 junho, 2008 @ 9:34 AM

    Olá Fabíola,

    Quando tinha 15 anos deu meningite, então foi aí que adquiri + depois de 8 anos é que comecei a passar mal, fiz punção,e então a cirurgia, Hoje depois de 10 anos começou a trazer complicações, estou fazendo tratamento para não submeter a outra cirurgia… beijos….

  20. Ademir comenta:

    25 junho, 2008 @ 11:18 AM

    Olá pessoal, espero que possam me ajudar pois estou totalmente perdido. Ontem 25/06/08, depois de vários meses de luta para descobrir qual a causa de minha mãe(60 anos) estar com dificuldade para andar, problemas de memória, incontinência urinária, entre outros, descobrimos que ela tem hidrocefalia. Após esse diagnóstico ela já ficou internada no hospital Santa Casa de Misericórdia de Santo Amaro e sua cirurgia marcada para a próxima quinta-feira 26/06/08. Segundo o médico, isso aconteceu devido ela ter sofrido alguma queda, oquê nos últimos meses acontecia com uma certa frequência, porém nenhuma dessas quedas ela havia batido a cabeça. Ao que recordamos ela bateu sua cabeça a alguns anos atrás, podendo chegar até dez anos atrás. Se realmente foi isso que ocorreu, devido a essa queda de muitos anos atrás, o que pode ser considerado como reversível ou irreversível, como isso pode afetar o cérebro e quais são os riscos da cirurgia? Desde já agradesço pela ajuda, obrigado a todos!

  21. zoraide dadam comenta comenta:

    25 junho, 2008 @ 6:01 PM

    Olá Ademir,

    Há muitos comentários na página de Medicina geriátrica, da uma lida e vê no que pode te ajudar… mantemos o contato

  22. Julio Senna-POA_RS comenta:

    26 junho, 2008 @ 9:19 AM

    Ademir, ainda bem q sua mãe tem a chance da cirurgia e se Deus permitir, tudo dará certo. Ela estará colocando a válvula de derivação ?
    A minha mãe está com 70 anos, fez 2 punções e o neuro dela não indica cirurgia, pois o resultado da segunda punção não foi favorável… ela não caminha, nem sequer fica em pé, perdeu as funções esfíncterianas e a memória está bem prejudicada. Por eqto nos resta pedir a Deus proteção e contamos com 3 pessoas q ficam 24 hrs por dia acompanhando ela. É uma doença silenciosa, deprimente e muito triste.

  23. Laércio Marcelino Ferreira comenta:

    26 junho, 2008 @ 7:49 PM

    Há cerca de dois anos meu pai — hoje com 75 anos — gozava de perfeita saúde, quando sofreu um AVC. A partir daí perdeu o controle das funções esfincterianas, perdeu a mobilidade (não anda, quase não fala, não se mantém em pé), e depende das outras pessoas para fazer as mais rotineiras tarefas, como comer e tomar banho. Logo depois do AVC, os médicos detectaram que ele sofre de Mal de Alzheimer, e há alguns meses foi detectada hidrocefalia. Ele vem sofrendo seguidas internações hospitalares — 15 dias internado, e logo em seguida mais 18 dias —, e hoje o médico neurologista que o acompanha propôs a realização de um procedimento para implantação de uma válvula de derivação ventriculoperitoneal. Gostaria de maiores esclarecimentos sobre este procedimento e a probabilidade de não se obter sucesso neste procedimento, de preferência uma estatística sobre o sucesso da instalação da válvula de derivação ventriculoperitoneal em pacientes idosos. Fico no aguardo de uma resposta urgente. Abraços.

  24. Julio Senna-Poa_RS comenta:

    27 junho, 2008 @ 8:16 AM

    Laércio, conheço 2 casos de cirurgia em idosos que obtiveram sucesso. Um médico que hoje está com 80 anos, e colocou a válvula a 10 anos e uma outra pessoa com mesma idade.Estamos num dilema com minha mãe se devemos ou não sujeitá-la a uma cirurgia em função dos riscos.Segundo o neuro da minha mãe a pessoa enferma tem q querer a cirurgia, ela terá de se ajudar após a cirurgia, pois se ficar num estado letárgico, o médico não saberá se a cirurgia deu errado ou se a pessoa tem algum bloqueio psicológico. Mas como uma pessoa que está com a memória, raciocínio e funções cognitivas prejudicadas, terá o arbítrio de querer ou não a cirurgia ? Eu, meu irmão e meu pai estamos muito tendenciosos a fazer a cirurgia, pois senão tentarmos, nunca saberemos se poderemos dar uma condição de vida melhor a minha mãe.Temos de ter fé e acreditar sempre no melhor.Boa sorte para todos nós.
    Se quiserem trocar experiências e informações, por favor, podem escrever para mim no email julio.senna@terra.com.br

  25. Ademir comenta:

    27 junho, 2008 @ 9:34 AM

    Obrigado a todos pela a ajuda, a cirurgia ocorreu tudo bem, foi colocado a válvula para drenar o líquido e algum tempo depois da cirurgia ela ja estava recebendo visitas e falando. Agora só nos resta agradescer a Deus e esperar por melhoras.

  26. Ademir comenta:

    27 junho, 2008 @ 9:39 AM

    Júlio, obrigado pela ajuda, graças a Deus ocorreu tudo bem com a cirurgia da minha mãe, vou orar por sua mãe, não desista nunca pois nossa família e amigos merecem todo o nosso esforço! Melhoras…

  27. Julio Senna-Poa_RS comenta:

    27 junho, 2008 @ 12:34 PM

    Para Ademir,
    gostaria de mais informações sobre a cirurgia da sua mãe, vc poderia me informar seu email ?

    obrigado,
    JSenna

  28. aurea comenta:

    29 junho, 2008 @ 7:19 PM

    meu cunhado passou por uma embolização m foi diagnosticado um aneurisma a 20 dias esta semana teve convulsão e fizeram a embolização agora o medico disse que ele está com hidrocefalia e vai decidir se vai drenar liquido ou não, meu cunhado esta confuso o tempo todo falando coisa com coisa, as vezes agressivo, isto é normal?

  29. Ana Paula comenta:

    1 julho, 2008 @ 9:29 PM

    Olá,
    Sou cirurgiã dentista e estou com uma paciente que tem hidrocefalia (valvula), diabete, reumatismo e hipertensão. Preciso extrair alguns dentes e fazer raspagem nela. Minha conduta será dar anestesia sem vaso, atendê-la no periodo da manhã e prescrever antibiotico profilático (2g de amoxacilina 1 hora antes). Tem mais alguma conduta a tomar? quais riscos q a paciente corre?

  30. Angela comenta:

    30 julho, 2008 @ 10:22 PM

    Minha mãe, tem 76 anos e colocou a valvula em 16.06.08, até hoje reclama de dor no abdomem, e não consegue andar corretamente (tem os mesmos passos de antes), raras são as vezes que consiguiu, falei com o medico e ele mandou fazer fisioterapia, sua memoria parece mais fraca do que antes (hoje toma remedio pra isso), agora a parte urinaria já foi corrigida.
    Gostaria de saber após a cirurgia quanto tempo leva para está correção?
    Pelos sintomas descritos se está correndo tudo certo?
    Agradeço, desde já

  31. Andre comenta:

    31 julho, 2008 @ 2:34 PM

    Gente a cerca de 3 anos minha mae começou a ter um declinio intectual.Com o passar do tempo a situação foi piorando. Afetou principalmente a fala, cordenção motora, caminhado(marcha),urina muito. Inicialmente fomos a um geriatra pois desconfiavamos de alzheimer.Ele solicitou uma tomografia e deu uma atrofia cortical. Assim começamos o tratamento para doença de alzheimer. medicaçoes varias(exelon, remeron, respidon, seroquel). resolvi procurar um outro medico, no entanto ele solicitou uma ressonancia magnetica para tentar dá um diagnostico com mais presicão. na ressonacia deeu alargamentos periventricular, entao o neuro que solicitou a ressonancia encaminhou -a pra um neurocirurgião. O neuro então analisou a ressonancia e verificou em mamae uma hidrocefalia de pressao normal. Quando fui ao neurocirurgiao ela so caminhava apoiada em alguem.a fala toda enrolada, cordenção motora pessima, nao consegue nem escrever. foi ai q ele fez uma punção lombar nela. no mesmo dia notei diferença no caminhado. andava sozinha, subia escadas, rampas, coisas q ela naum fazia so a mais de um ano. ela vai fazer outra punção lombar amanha, e o medico diz q vai verificar o quadro. caso ocorra melhora significativa, vai solicitar a cirugia para colocar a valvula. o q me intriga é o défit cognitivo. ele nunka teve problema em reconhecre as pessoas, parece q ela tem as ideias na cabeça mas naum consgue botar pra fora. se ela quer me dizer uma coisa e naum consgue falar, ela vai ligando objetos, pessoas, dando um jeito de me passar informação. gostaria se saber o valor da valvula.se o susu dá.resultados.

    principais sintomas:

    Dificuldade em caminhar
    Urina muito
    dificuldade em falar
    cordenação motora pessima
    mau memoria curta
    chora facil

    Idade 57 anos….os sintomas começaram quando ela tinha 54 para 55 anos.nos ultimos 12 meses piorou.

  32. MARIA CRISTINA comenta:

    23 agosto, 2008 @ 4:41 PM

    Gostaria muito de saber, sobre a hidrocefalia. Pois tenho 48 anos, e comecei com muita dor de cabeça, faz muito tempo , depois de um tombo,a 9 anos atras,que comecei a sentir muitas dores, mas não levei em consideração,tomava remedios para dores,só.
    Mas as dores,com o passar dos anos,foram aumentando, até que fiz a ressonancia em abril/2008, o qual deu um acentuado alargamento do terceiro ventriculo e ventriculos laterais,e alargamento discreto de alguns sulcos cerebrais corticais . e na TC HIDROCEFALIA. No dia 14/07/2008, fui internanda e fiz uma Punção, ficando por 11 dias no Hospital, em observação. Mas o medico falou que não tem necessidade de colocação de valvula de derivação.Mas o que eu observei que dá em pessoas de mais idade,isso é normal na minha idade, já que cresci normal,sou formada em nutrição,e nunca tive nenhum sintomas.Gostaria muito de saber o que isso pode levar com o tempo. as doenças degenerativas? Desde já muito obrigado.
    Maria Cristina Mendes

  33. Eliete comenta:

    25 agosto, 2008 @ 11:00 AM

    Meu pai tem 72 anos e tem hidrocefalia e vai precisar realizar uma cirurgia de uma colocação de uma válvula. Estou muito aflita, pois ele já passou por duas cirurgias ano passado. Alguém pode me ajudar, eu e minha irmã estamos sem saber que rumo tomar. Será que com medicamentos não podia melhorar. Estamos com medo de ele corra algum risco. Será que esta cirurgia não é muito perigosa??
    Muito obrigada,
    Eliete Santos

  34. Julio Senna-Poa-RS comenta:

    26 agosto, 2008 @ 8:49 AM

    Maria Cristina, seu médico, liberou vc, esqueça o assunto e toque a vida em frente, não sofra por antecedência…De toda sorte, hoje a medicina está bem avançada neste assunto, e portanto tem boas alternativas para dar uma vida digna a pessoas portadoras de hidro. E se num futuro bem longe vc vier a precisar tratar alguma doença, certamente a medicina estará mais avançada ainda. Minha mãe apresentou o quadro de hidrocefalia com 70 anos e nos ceifou qualquer chance de ajudá-la, desde que se negou a fazer a cirurgia para colocação da válvula, atualmente estamos convivendo com os problemas conforme eles aparecem, é o q estamos fazendo e vamos vivendo. Abraço.

  35. Julio Senna-Poa-RS comenta:

    26 agosto, 2008 @ 8:57 AM

    Eliete, riscos existem até qdo vc vai retirar uma unha num hospital, portanto não se aflita tanto, deixe as coisas acontecerem….ainda bem q temos uma saida com a colocação desta válvula. Infelizmente minha mãe não nos permitiu autorizar a cirurgia e atualmente ela está numa cadeira de rodas, com assistência 24:00 horas por dia. Pelo q li e vídeos q assisti, esta cirurgia é muito tranquila, o sucesso dela depende da expectativa do paciente e vontade de melhorar. Portanto, se se seu pai está tranquilo e querendo a melhorar a cirurgia será um sucesso e ele ficará bem.Boa sorte…

  36. catarina-sc comenta:

    25 setembro, 2008 @ 7:22 PM

    ola para todos, mas eu não tive o privilegio que vocês tem . Operei a minha filha aos sete meses de hidrocefalia e agora depois de 17 anos a doença voltou silenciosa. Minha filha foi operada novamente em abril de 2008,infelizmente desde que ela operou pela segunda vez ela sentia dores forte na cabeça, chegou a ter convulsões, fez vários exames e nada foi descoberto. Para os médicos que a tratravam ela estava bem,pois nada apresentava nos exames feitos.Por fim no ultimo dia 12/07/08, mais prescisamente as 18:20 horas minha filha faleceu.Causa da morte : desconhecida, pois ela simplesmente desmaiou e morreu, não tivemos coragem de mandar fazer autopsia.Minha filha tinha muitta vantade de viver ela tinha casado a apenas 07 meses,e tudo acabou. Observação ela sempre foi acompanhada pelos medicos que a operarão quando era bebe, mas depois de adulta não.Ela era perfeita a doença nunca causou nenhuma deformação ou limitação ao contrário era muito inteligente.Mas pra mim e minha familia tudo acabou pois não a temos mais.a saudade e imensa……………………….

  37. LUCINDA GUARULHOS comenta:

    5 outubro, 2008 @ 6:26 PM

    OLA A TODOS ESTOU COM VARIAS DUVIDAS
    MEU MARIDO NO DIA 24 DE MARÇO DE 2008 ACORDOU COM MUITA DOR DE CABEÇA ,NEM IMAGINEI O QUE ESTAVA ACONTECENDO
    ELE COMEÇOU A FAZER COISAS TIPO TIRAR O LEITE DA GELADEIRA E COLOCAR NO ARMARIO
    PEGAR UMA TOALHA DE CENTRO DE MESA DOBRAR E COLOCAR NO BOLSO E NAO TINHA AÇAO
    DE IR TRABALHAR .
    AI FALEI A ELE ENTAO NAO VAI VOU LEVAR VC NO MEDICO ELE CONCORDOU FALEI P/ ELE DEITAR UM POUCO ENQUANTO EU ME ARRUMAVA
    ASSIM FEZ QUANDO CHEGUEEI NO QUARTO ELE ESTAVA TODO URINADO E JA NAO CONSEGUIA
    SE LEVANTAR SOZINHO
    LEVEI ELE AO PRONTO SOCORRO MAIS PROXIMO
    QUANDO CHEGUEI LA O MEDICO ME FALOU Q ELE TEVE UM DERRAME HEMORRAGICO DORMINDO
    ELE FOI TRANSFERIDO P/ HOSPITAL GERAL DE GURULHOS DEPOIS DE LA FOI TRANSFERIDO NOVAMENTE P/ CONVENIO QUE FICOU UMA SEMANA SEM NEURO E FICOU NA UTI DO HOSPITAL
    SANTO EXPEDITO DEPOIS DE UMA SEMANA A MEDICA DA UTI FALOU QUE ELE TERIA QUE SER TRANSFERIDO PORQUE LA NAO TINHA ESTRUTRA P/FAZER AS 2 CIRURGIAS QUE ERA COLOCAR O DRENO E A VALVULA DEPOIS DE 1 SEMANA FOI TRANSFERIDO P/ SANTA CASA DE SANTO AMARO HOJE ELE ESTA BEM SO QUEM ESQUECIMENTOS DE VES EM QUANDO SUA CABEÇA DOI TODOS OS DIAS O DR. EDILSON QUE FEZ SUA CIRURGIA FALOU QUE ELE NAO PODIA ANDAR SOSINHO ELE ESTA NA CAIXA ATE 5 DE NOVEMBRO ESTOU COM MEDO DO MEDICO DAR ALTA P/ ELE PORQUE QUEM VE ELE NAO PENSA QUE ELE QUASE MORREU ESTOU PENSANDO EM VER SE CONSIGO APOSENTA-LO POR INVALIDES
    ESTOU COM MEDO DO PERITO DAR ALTA P/ELE
    QUANDO ELE LEVANTA OU ABAIXA A CABEÇA DOI DEMAIS E FICA MEIO TONTO E ASVEZES PERDEO EQUILIBRIO HOJE TOMA DIAZEPAM 10ML A NOITE QUE DEVO FAZER

  38. LUCINDA CONTINUAÇAO comenta:

    5 outubro, 2008 @ 10:17 PM

    HOJE MEU MARIDO TEM 48 ANOS E COM ESSA DEFICIENCIA QUE É HIDROCEFALIA COMO
    POSSO DEIXAR MEU MARIDO VOLTAR A TRABALHAR SE AS VEZES ESQUECE ONDE TEM QUE DESCER DO ONIBUS AS VEZES ESQUECE ATE ONDE GUARDA AS COISAS HA ELE TAMBEM TEVE 2 TIPOS DE MINIGITE A VIRAL E A BACTERIANA O MEDICO FALOU QUE DAS MINIGITES E DO DERRAME ELE ESTA CURADO ESTOU COMPLETAMENTE PERDIDA O QUE DEVO FAZER AGORA CONSEGUI A S CATERINHAS DE DEFICIENTE FISICO P/ ONIBUS E METRO MAS SO PODE ANDAR COM ACOMPANHANTE TEM DIA QUE ELE ESTA SUPER BEM É DERREPENTE ESQUECE ALGUMA COISA SE ALGUEM PUDER ME AJUDAR OBRIGADA

  39. ANNA CAROLINA MARINHO comenta:

    8 outubro, 2008 @ 3:12 PM

    Boa tarde,

    Estou com um tio, com 73 anos, que após um TCE (traumatismo crânio-encefálico) apresentou o quadro de hidrocefali de pressão normal. Os médicos fizeram 3 punções lombar, mas sem sucesso. Vcs acham que seria válido fazer uma cirurgia de derivação??

    Obrigada,

    Anna

  40. Julio Senna comenta:

    8 outubro, 2008 @ 3:28 PM

    Anna,
    conforme médicos que eu visitei aqui em Porto Alegre, se as punções não derem resultado, dificilmente a derivação irá funcionar….Tem q ver se ele não teve um AVC.
    Mas somente os médicos poderão lhe falar com propriedade sobre este assunto.

    Abraço e boa sorte.

  41. francisca gilmara comenta:

    8 outubro, 2008 @ 10:55 PM

    Olá, vim novamente deixar o meu depoimento!! eu consegui a segunda sirurgia da minha filhagraças a deus eu só tenho tido resultados bons, ela agora ta fazendo terapia visual e terapia pra coordenação motora do lado direito, pois a hemorragia que causou a hidrocefalia foi do lado esquerdo. Ela agora esta com nove meses e ta aprendendo um montinhos de coisas, estou muito feliz, por isso não percam a esperança, corram atrás do que for possível, acreditem!!! Passei por momentos difíceis. Essa doença é cruel ainda tenho medo, ela colocou a derivação(DVP).
    tenham fé e acreditem em deus!!!

  42. catarina-sc comenta:

    9 outubro, 2008 @ 3:02 PM

    Bem não tenho muito que falar,so que esta doença com a minha familia foi dura e cruel. Quando achamos que tudo esta resolvido e que ela não mais nos afetaria ela veio e destruiu a todos nós.Ela simplesmente e silênciosamente matou a minha filha aos 18 anos de idade. Pra mim esta doença é pior que um cancer,o gente não notta o quanto ela esta avançando e destruindo a pessoa. Desculpe pelo meu desabafo.Eu sempre acreditei que a minha filha estava curada, ou que a doença tinha se estabilizado , mas ela estava matando a minha filha sem percebermos.Pequenas dores de cabeça coisas de rotina,rotina que nada era ela a maldita HIDROCEFALIA. abraços a todos.

  43. francisca gilmara comenta:

    10 outubro, 2008 @ 2:45 PM

    Olá, vim novamente deixar o meu depoimento!! eu consegui a segunda sirurgia da minha filhagraças a deus eu só tenho tido resultados bons, ela agora ta fazendo terapia visual e terapia pra coordenação motora do lado direito, pois a hemorragia que causou a hidrocefalia foi do lado esquerdo. Ela agora esta com nove meses e ta aprendendo um montinhos de coisas, estou muito feliz, por isso não percam a esperança, corram atrás do que for possível, acreditem!!! Passei por momentos difíceis. Essa doença é cruel ainda tenho medo, ela colocou a derivação(DVP). tenham fé e acreditem em deus!!!

  44. DEBORA SANTANA comenta:

    14 novembro, 2008 @ 10:38 PM

    MEU PAI (68 ANOS) FEZ A CIRURGIA P/ COLOCAR A VÁLVULA P/ DRENAR O LÍQUOR, PORÉM 4 MESES DEPOIS NÓS NÃO PERCEBEMOS NENHUMA MELHORA, AO CONTRARIO, PIOROU POIS ANTES ELE PEDIA P/ EVACUAR E AGORA ELE NÃO SENTE MAIS QUANDO ESTÁ FAZENDO. A MARCHA CONTINUA DESREGULADA, A INCONTINENCIA URINARIA AUMENTOU E A MEMÓRIA ESTÁ CADA VEZ MAIS DEFICIENTE. NÃO SABEMOS O QUE FAZER. O QUE PODE TER ACONTECIDO? ESTAMOS MUITO ANGUSTIADOS, SE ALGUÉM PUDER ME AJUDAR FICAREI MUITO AGRADECIDA. GRAÇAS A DEUS ELE NÃO SENTE DOR DE CABEÇA E O RESTANTE DA SAÚDE DELE ESTÁ ÓTIMA. ALGUÉM RESPONDA MEU COMENTARIO, POR FAVOR. GRATA.

  45. Julio Senna comenta:

    17 novembro, 2008 @ 4:27 PM

    Débora, o que o médico do seu pai diz a vcs ? O que eu li, é que depende muito de como o paciente irá reagir ao corpo estranho. Pode ser que o dreno colocado não foi suficiente para a drenagem, visto que este acúmulo de água, afeta 3 sensores que temos na parte frontal da cabeça e estes sensores é que administram nossa marcha, funções esfincteríanas e memória. Nem sempre a cirurgia tem o efeito esperado, esta doença é muito complexa. Minha mãe tem 70 anos, em fevereiro deste ano, não aceitou a cirurgia em hipótese nenhuma, logo os médicos não operaram e atualmente, está presa a uma cadeira de rodas, com fraldas, com 80% da memória comprometida…a hidrocefalia, é uma doença silenciosa e muito triste. Boa sorte para vc !

  46. patricia comenta:

    25 novembro, 2008 @ 3:20 PM

    Oi, boa tarde. Tenho minha irmã de apenas 38 anos que ja vai pra quarta cirurgia. As duas primeiras a operações foram feita pelo nariz para a retirada do tumor que tinha na hipófise logo depois por ela não conseguir mais andar e falar, voltamos para Copacabana e ele operou a cabeça. Infelizmente voltou tudo de novo não sabemos mais o que fazer e nem em qual cirurgião confiar.

  47. ERIK comenta:

    1 dezembro, 2008 @ 9:49 AM

    TENHO 26 ANOS
    MINHA DÚVIDA É A SEGUINTE
    COMECEI A FAZER MUSCULAÇÃO NO DIA 11 DO M PASSADO
    GOSTARIA DE SABER SE MESMO COM A VÁLVULA HIDROCEFÁLICA,EU POSSO ESTAR FAZENDO EXERCÍCIOS FÍSICOS
    ESTA É UMA DÚVIDA QUE ME DEIXA RPREOCUPADO AS VEZES

    ALGUÉM PODERIA ME RESPONDER,POR FAVOR?

    GRATO

  48. zoraide dadam comenta comenta:

    3 dezembro, 2008 @ 9:03 PM

    para Éric

    Também faço musculação…indicação médica… para criar resistência no organismo… me sinto muito bém…quando não faço sinto falta… mas mulher pega leve…vocês homens… vão com muita sede ao pote… só não faço exercícios que mexem com a cabeça…fico tonta e enjoada…

  49. Eliete comenta:

    6 janeiro, 2009 @ 10:40 PM

    Boa noite!
    Já foram feitas duas punções no meu pai e os médicos falaram que não havia mais nada a ser feito.Levamos em outro médico que pediu exames.Enquanto aguardamos o resultado estamos observando que seu olhar mudou muito,é como se estivesse fora do mundo.Alguém tem alguma a me dizer sobre isto?

    Grata.

  50. ana paula comenta:

    10 janeiro, 2009 @ 9:32 AM

    oi!!!

    estou com meu cunhado no hospital. ele tem hidrocefalia desde os 7 anos…
    agora ele começou a dar alguns problemas, como agressividade fora do normal, urinando em suas roupas, e apenas dorme. Levamos no medico mas até agora não tivemos nenhum resultado sobre o assunto. Será que esse seria em decorrencia da hidrocefalia? essa valvula tem que ser trocada?

  51. kelly comenta:

    24 janeiro, 2009 @ 12:03 PM

    Minha irmã tem 18 anos e descobrimos que sofria de hidrocefalia por causa de dores fortes na cabeça , ela teve meningite duas vezes com sete e 16 anos, ela fez cirurgia para colocação de válvula , como entupiu já passou por quatro cirurgias e hoje tem válvula dos dois lados, após a primeira cirurgia ela ficou normal , quando entupiu fez a segunda e dois dias depois fez a terceira pois tinha entrado em coma, o médico disse que a válvula havia entupido novamente, dessa vez as coisas começaram a complicar, ficou com lentidão , visão comprometida, ela é muito inteligente e se mantem e por causas dos novos problemas fica triste e nervosa as vezes, desenvolveu tambem diabetes insipidus , quando precisou passar pela quarta cirurgia para colocar a válvula do outro lado , ela voltou de outro coma de grau leve como o primeiro, tendo que tomar dosagem maior da medicação para a diabetes insipidus e permanece com o problema que teve antes da quarta cirurgia que é de não conseguir comer (engolir comida sólida), salivação demasiada e fala com dificuldade, esse problema está oscilando com melhoras e pioras.
    Se alguem tiver com me ajudar com mais informações, ou que já tenha passado por isso eu agradeço e fico no aguardo. QUERO DIZER A TODOS QUE A PESAR DE TUDO O QUE ESTAMOS VIVENDO COM MINHA IRMÃ NÓS ESTAMOS CONFIANTES , PORQUE TEMOS UM DEUS VERDADEIRO QUE NÃO DESAMPARA. LEIAM ECLESIASTICO 2 E ENTENDERAM COMO ESSE DEUS ESTÁ TRABALHANDO EM NOSSAS VIDAS EM ESPECIAL NA DELA, JESUS ESTEJA COM VOCÊS. CONFIEM.

  52. eulalia comenta:

    1 fevereiro, 2009 @ 10:28 PM

    boa noite
    eu tenho 26anos e faço 27mês que vem,tenho hidrocefalia desde que nasci,tive minigite mas graças a Deus não tive sequela.conclui o 2grau e hoje me preparo pra entrar na faculdade.a unica coisa que me chateia é que eu não consigo ter um relacionamento,pois não sei eles tem medo ou preconceito pelo meu problema de saúde.espero que isso melhore.

  53. ADAO PEREIRA DE MATOS comenta:

    3 fevereiro, 2009 @ 6:39 PM

    bom dia.
    minha esposa teve meningite viral ficou em coma 13 dias e no cti 17 agora esta em casa mas não fala direito e não se lembra da gente não fala coisa com coisa. mas le
    gostaria de saber se ela pode ter melhoraras e se lembrar da gente ,ela hoje se alimenta por sonda mau anda …

  54. Julio Senna_POA_RS comenta:

    5 fevereiro, 2009 @ 7:53 AM

    Pessoal, em Novembro de 2007, depois de algumas quedas e dificuldade para a marcha, um neurologista concluiu que minha mãe (hoje com 70 anos), estava com hidrocefalia de pressão normal…fizemos 2 punções na coluna e os médicos(neuro e endócrino) sugeriram alguns remédios para depressão e mais algumas coisas…depois de 1,5 anos, minha mãe estava de cadeira de rodas, com as memória e funções esfincterianas totalmente prejudicadas…perdeu muito peso e toda a massa muscular…não se alimentava sozinha e dormia muito…..a cerca de 1,5 meses, decidimos visitar outro neurologista, o qual conhecia o caso da minha mãe….este médico retirou todas as medicações, deixando apenas o remédio diário da pressão que ela sempre tomou…resultado : atualmente ela está caminhando novamente (com ajuda de alguém), abandonou a cadeira de rodas, não usa mais fraldas, voltou ao normal a atividade esfincteriana, indo ao banheiro normalmente, e a memória está ótima….espero q logo, logo ela esteja caminhando sozinha e voltando sua rotina normal…..pessoal não desistam, procurem opiniões de outros médicos, as vezes é interessante ouvir e tentar outros recursos. Boa sorte para todos nós.

  55. Gisele comenta:

    17 março, 2009 @ 3:28 PM

    Olá!!!Minha irmã teve gravidez de trigêmeas…porém uma faleceu e agora estamos com as duas…só que nessa semana descobrimos que a mais pequena que nasceu com 720 gramas e está com 1 kg tem hidrocefalia….estamos todos perdidos…tenho pesquisado sobre a doença, mas gostaria de saber o risco que a bebê tem de ficar com sequelas e por ser tao pequena isso é bom ou ruim.
    Aguardo sua ajuda.
    Obrigada!!!!

  56. daiane comenta:

    6 abril, 2009 @ 5:52 PM

    Olá!
    Minha mãe, ha algum tempo, vinha apresentando memória deficiente, esquecendo de pequenas coisas, tal como dia do mês e ano… Na segunda feira passada, fomos a um médico neurologista que pediu uma tomografia, feita na quinta feira pela manhã. A tardinha, foi diagnosticada a hidrocefalia de pressão normal, e na sexta feira foi feita a cirurgia para a colocação da válvula. Hoje, segunda feira, minha mãe deu alta do hospital, não apresentou até o momento nehuma rejeição a válvula e sentimos uma pequena melhora nela, minha mãe tem 56 anos. Gostaria de saber se existe um tempo determinado para haver rejeição, ou se minha mãe não corre mais esse risco.O Doutor disse que ela tera melhora de 100%, e tenho fé nisso! E digo pra quem, esta como eu, recentemente enfrentando este problema, tenham fé, tudo vai dar certo.

  57. Edicarla comenta:

    12 abril, 2009 @ 1:24 PM

    tenho uma filha com hidrocefalia ela tem 6 anos .
    estou gravida de outro ja estou com 2 mês esse meu filho tem risco de nacer duente tbm ?
    por favor responda minha perguta

  58. cida comenta ; comenta:

    25 abril, 2009 @ 11:12 PM

    ola eu , meus irmaõs ,e minha mãe. estamos passando por uma grande preucupaçaõ. ha 1 mes atras meu pai sofreu um acidente, e teve traumatismo craneano,esteve hospitalizado recebeu alta e estava se recupesando muito bem. so que sabado passado ele começou a variar sem forças na pernas eoutros sintomas.levamos para o hospital , fez a tomografia e os medicos ,constatou que ele esta com hidrocefalia estamos aguardando a valvula para que ele possa fazer a cirugia . estamos muitos nervosos, mas temos muita fe em DEUS.TUDO VAI DAR CERTO,

  59. Eliete comenta:

    29 abril, 2009 @ 3:04 PM

    Olá Cida,
    Sei o que vc deve estar passando, pois minha família ficou com a mesma aflição. Meu pai fez a colocação da válvula na última quarta-feira e estávamos super aflitos. No domingo ele já teve alta e aos poucos estou verificando melhoras. Tenha fé, a cirurgia em si não é complicada e em média demora 1 hora e meia.
    Boa sorte para o seu pai.
    Abraços.

  60. olga skrepka comenta:

    18 maio, 2009 @ 6:35 PM

    Gostaria de ter mais notícias pois minha mãe de 85 anos, porém com saúde razoavelmente boa até descobririmos Hidrcefalia por pressão normal, nos deixou aflitos, pois não sabemos como lidar com essa doença. Ela deixou de tomar remedio para pressão (Drenol) por recomendação médica antes de saber que tinha o problema. De acordo com o comentário do Julio Senna, me animei em procurar novamente o medico e sugerir o uso novamente do Drenol.
    Por favor o que puderem me digam, pois amo minha mãe e gostaria muito de aliviar seu sofrimento, tem artrose na coluna lombar e cervical e isso tem judiado muito dela. Me ajudem com suas experiências. será que essa doença leva a óbito rápido? Como ter uma idéia de tempo.
    O que de pior pode acontecer em termos de sintomas? Abraços a todos.

  61. ELAINE comenta:

    20 maio, 2009 @ 12:42 PM

    Meui pai com 73 anos teve episódios de quedas – 06 em um ano – raramente apresentava confusão, mas estava com passos curtos, alguns médicos chegaram a falar em labirintite, consultamos um neurologista e foi pedido ressonancia, licor, tomografia etc e foi identificado hidrocefalia de pressão normal e preferiram operar…ficamos apreensivos, porque meu pai ´´e diabético e tem pressão alta, em 2008 operou a visucula que foi gravissimo devido a infecção que quase generalisou…procuramos vários neurologistas e neurocirurgiões e todos indicaram a colocação da válvula. Confiamos no médico e meu pai fez a cirurgia em uma quarta e no domingo já estava em casa… a fraquesa que ele tinha na perna ficou bem melhor e está melhorando a cada dia, a cabeça ficou ótima, não tem mais confusão, a memória está excelente. O medico nos avisou que com a cirurgia pior não ficaria…permaneceria e 80% de chance de se recuperar. Graças a Deus deu tudo certo, faz quase um mês que ele operou e está cada vez. melhor…Acredito que o pricnipal e confiar em Deus e no médico que o está tratando.

  62. Julio Senna-POA-RS comenta:

    28 maio, 2009 @ 9:47 AM

    Pessoal, no último dia 24/05 minha mãe completou 71 anos de vida e um ano que apareceu a hidrocefalia. Neste último ano, foram várias internações e até uma passagem pela UTI. Conforme já comentei acredito que minha mãe não aceitou bem a medicação do primeiro neurologista, visto que a hidrocefalia da minha mãe era pouco em relação a outros problemas que ela tinha (micros derrames no cérebro). Atualmente, ela está bem, dentro do quadro, infelizmente não caminha mais sozinha, em hipótese alguma. Está bem de memória, fala, cognitivamente, atividades esfíncterianas estão boas, mas para movimentar-se somente com ajuda….Quando ela está em pé (curvada), as pernas não atendem o desejo de ela caminhar, simplesmente colam no chão, parece que não atende ao estímulo da vontade de marcha. No entanto, sentada, ela movimenta as pernas, cruza-as normalmente, alimenta-se sozinha……Amigos, é uma doença muito triste…vc ver sua mãe, ativa na cozinha, fazia cursos de pinturas, corte e costura, visitava as netas…e agora a vida dela é frente a televisão…Infelizmente, temos que aceitar com resignação o que a vida nos oferta. Boa Sorte a todos nós. Julio.

  63. Marcia Dorneles comenta:

    17 junho, 2009 @ 1:58 PM

    Olá. Estamos com a suspeita que minha mãe, que tem 80 anos, tb esteja com essa doença. Marcamos Neuro para sexta-feira, e vamos ver qual o resultado. Até então ela estava sendo diagnosticada como Mal de Parkison, mas depois de uma consulta em uma emergência, por motivos de cosntipação, a médica abriu esta dúvida quando percebeu os sintomas que ela apresentava. Ela apresenta marcha lenta, parece que os pés estão grudados no chão, tem incontinência urinaria, a memória as vezes falha, mas co coisas sem muita importância, está muito deprimida, chora comfacilidade e o que mais me impressiona é que já izemos várias consultas em Neuros e nunca me falaram sobre este possível diagnóstico de Hidrocefalia, nem ao menos solicitaram exames. Ela tem bastante lucidez e não se conforma com o estado dela. Reclama muito por não poder caminhar e ter incontinência urinaria. Comenta que tem dias que parece que melhora e que caminha com um pouco mais de facilidade. O que mais me assusta é a idade dela, mas vamos torcer que tudo dê certo.

  64. Elaine comenta:

    22 junho, 2009 @ 12:42 PM

    Minha tem 66 anos e está com essa doença e no último sábado fez a primeira pulsão, conversamos no dia anterior ao procedimento pelo telefone e ela estava bastante lúcida, mas com muito medo. Moramos distantes então não posso vê-la, mas minha irmã diz que após essa primeira pulsão ela ficou muito desanimada, que não consegue andar mais( antes ela andava com muita dificuldade).
    Alguém sabe se é normal esse tipo reação ao fazer essas pulsões? O médico recomendou observarmos durante uma semana para saber se é viável fazer a cirurgia.

  65. ELAINE comenta:

    23 junho, 2009 @ 7:22 AM

    Faz um mês e meio que meu pai com 73 anos fez a cirurgia para colocação da válvula.
    Foram três cortes (atrás da orelha, no pescoço e acima do umbigo) que cicatrizou
    rapidamente. Nas primeiras semanas ele ainda tinha problemas com o equilibrio, chegou até
    a cair…mas agora os passos estão largos, consegue movimentar tranquilamente
    os braços e agora o medico pediu 10 sessões de fisioterapia neurológica…fez duas sessões
    e já sentimos a diferença, a memória está excelente e já está voltando as atividades rotineiras, claro que não o deixamos sozinho ainda pois está recente, mas antes ele parecia estar dentro
    de uma caixinha de fósforo…não conseguia muitos movimentos com o braço, os pés grudados no chão, leve incontinência urinária, e algumas vezes apresentava confusão (achava que
    pessoas que não via a muitos anos estava em casa…etc). Ficamos com medos da cirgurgia
    mas sem dúvida foi a melhor coisa que aconteceu para ele, antes meu pai estava regredindo
    e conforme o neuro avisou, o estagio que ele se encontrava poderia piorar e com a cirurgia: estacionar ou melhorar…A cirurgia durou quase duas horas e foram cinco dias de internação.
    é sobre a pele, colocamos a mão e podemos sentir…Graças a Deus meu pai melhorou muito e com certeza irá melhorar ainda mais. Tenham fé que tudo dará certo!!!!

  66. ELAINE comenta:

    23 junho, 2009 @ 7:24 AM

    Faz um mês e meio que meu pai com 73 anos fez a cirurgia para colocação da válvula.
    Foram três cortes (atrás da orelha, no pescoço e acima do umbigo) que cicatrizou
    rapidamente. Nas primeiras semanas ele ainda tinha problemas com o equilibrio, chegou até
    a cair…mas agora os passos estão largos, consegue movimentar tranquilamente
    os braços e agora o medico pediu 10 sessões de fisioterapia neurológica…fez duas sessões
    e já sentimos a diferença, a memória está ótima e já está voltando as atividades rotineiras, claro que não o deixamos sozinho ainda pois está recente, mas antes ele parecia estar dentro
    de uma caixinha de fósforo…não conseguia muitos movimentos com o braço, os pés grudados no chão, leve incontinência urinária, e algumas vezes apresentava confusão (achava que
    pessoas que não via a muitos anos estava em casa…etc). Ficamos com medos da cirgurgia
    mas sem dúvida foi a melhor coisa que aconteceu para ele, antes meu pai estava regredindo
    e conforme o neuro avisou, o estagio que ele se encontrava poderia piorar e com a cirurgia: estacionar ou melhorar…A cirurgia durou quase duas horas e foram cinco dias de internação.
    é sobre a pele, colocamos a mão e podemos sentir…Graças a Deus meu pai melhorou muito e com certeza irá melhorar ainda mais. Tenham fé que tudo dará certo!!!!

  67. Elaine RJ comenta:

    25 junho, 2009 @ 9:31 AM

    Boa tarde, estou mais uma vez deixando um comentário porque é uma forma de desabafar… Hoje fazem 5 dias que minha mãe fez a primeira pulsão e até o momento não identificamos nenhuma melhora. Horas está lúcida ou não… só responde as perguntas e dorme quase o tempo todo…
    Minhas irmãs disseram que ela está cada dia mais dependente de cuidados, não consegue se movimentar de um lado para o outro da cama e para nossa tristeza a pele do bumbum e costas começaram a aparecer alguns machucadinhos. Elas estão hidratando bastante com óleos e passando pomadas cicatrizantes.
    Que doença mais triste…

  68. Marcia Dorneles comenta:

    25 junho, 2009 @ 1:20 PM

    Puxa Elaine, sinto muito. Ainda não temos certeza se minha mãe está com hidrocefalia, mas os sintomas são bem parecidos. Ela tem 81 anos, mas uma vontade enorme de melhorar. Sempre foi uma guerreira. Independente, sempre trabalhou. Sei um pouquinho de tua dor. Mas lembre-se de Deus, não sou uma pessoa extremamente católica, mas creio em Deus e sei que muito nos ajuda, principalmente nestas horas. Tenha fé e ore para que sua mãe supere esse momento. Te desejo muita paz em seu coração e creia que sua dor tem que te impulsionar para frente e te dar sempre confiança em coisas boas. Não sei ainda o que nos espera, mas quero ter um resultado, seja ele qual for, esse é o desejo de minha mãe também. Um abraço carinhoso e fica com Deus!

  69. Leonardo comenta:

    1 julho, 2009 @ 6:25 PM

    Ola pessoal.
    Sou de Goiania – Go.
    Tem 02 dias que minha mãe (62 anos) colocou a valvula e agora esta em recuperação, com muita dificuldades ainda pra andar, falar e equilibrar. Alguem sabe se é normal esse quadro?

    Antes disso passamos por outros medicos. pegamos diversas opniões, estudei muito sobre a doença.
    o 1° medico pediu pra colocar a valvula… o 2° medido no inicio concordava em colocar a valvula, mas volto atras pq a punção melhorou pouco. Sugeriu que poderia ser uma infecção ou inflamação, pois o o licograma apresentou alterações (proteina elevada, glicose consumida e aumento de leucocitos). Alguem conhece outro caso assim?
    O quadro clinico e os exames (TC) tendem para hidrocefalia, por isso autorizamos a cirurgia.
    Estamos orando muito para que tudo de certo e que seja somente esse o problema.
    A familia esta mais unida e minha mãe tem notado isso. Isso ja vale muito.
    “TODAS AS COISAS COOPERAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS”

  70. Elaine RJ comenta:

    3 julho, 2009 @ 7:27 PM

    Olá, minha mãe fez a cirurgia para colocar a válvula na última segunda e hoje sexta já teve alta do hospital. Ela está reagindo bem a cirurgia, mas ainda está muito molinha e ainda não anda nem coordena seus movimentos. Tenham fé que Deus sabe de todas as coisas.
    Boa noite para todos!

  71. ELAINE comenta:

    6 julho, 2009 @ 3:59 PM

    Meu pai ficou 05 dias no hospital, e quando estava internado, estava confuso e o equilibrio estava bem ruim, não conseguia andar sozinho. Mas no dia seguinte que chegou em casa, ficou ótimo, acredito que tenha passado os efeitos dos remédios, que são muito fortes!! Ficou irreconhecível!

  72. MARCONI RONDELLI comenta:

    7 julho, 2009 @ 7:44 PM

    Olá boa noite!

    Prezados amigos, venho por aconselhar voces sobre o procedimento de colar a valvula.
    Pois quando tinha 15 anos descobri que tinha hidrocefalia o primeiro momento fui indicado para colocar a valvula, prcurei a opinião de 3 outros médicos e todos tinha a mesma opinião, durante essa ida e vinda de médicos isso eu ja tinha 18 anos, foi quando fui a um médico que me peguntou pra que eu iria colocar a valvula se nao tinha nenhum sintoma, pois desde esse dia eu nunca mais procurei outro médico e hoje tenho 30 anos e nenhum problema , mas se eu tivesse ouvido outros médicos poderia estar com uma valvula na cabeça e talvez com varios problemas decorentes da implantação da mesma, portanto procure outros profissionais antes..

  73. Márcia comenta:

    2 agosto, 2009 @ 7:54 PM

    Boa noite!
    Pessoal, gostaria de uma orientação de vocês.
    Minha mãe está com 80 anos. Há dois meses, caiu por duas vezes. Ela sempre reclamou de labirintite. Só que dessa vez, achei que o sintoma estava diferente. Porque no caso de labirintite, ela reclamava de tontura, mas nunca chegou a cair. Por esse motivo, levei-a a uma neurologista, e após um exame de ressonância foi diagnosticado hidrocefalia. O problema é que devido a idade, outros problemas de saúde, sendo um deles câncer, não sei como falar com ela sobre a doença e as suas consequencias. O fato é que a médica receitou um remédio prá que ela começasse a tomar logo que o de labirintite terminasse, e ela ainda não tomou a medicação própria da hidrocefalia. A médica disse que a hidrocefalia de minha mãe é do tipo branda. Como tratar esse caso? Será que posso realmente esperar o outro remédio terminar? Obrigada

  74. Elaine RJ comenta:

    2 agosto, 2009 @ 8:35 PM

    Boa noite!
    Minha mãe fez a cirurgia para colocação da válvula faz quase um mês e a cada dia ela apresenta mais uma melhora. Já está voltando a andar aos poucos, sua memória também melhorou bastante. Se ela não tivesse feito a cirurgia acredito que hoje eu não estaria aqui contando isso para vocês.
    Tenham fé e acreditem na recuperação dos seus parentes queridos!!
    Fiquem com Deus…
    Elaine RJ

  75. YARA MELO comenta:

    3 agosto, 2009 @ 11:09 AM

    Realmente não é fácil,,essa doença é misteriosa,,Mas confiando em DEUS,vencemos,,!!!Minha mãe operou sim as pressas após punção,,,fez um mês em 29/07/09,, e teve uma melhora muito grande, Porém ainda sem equilibrio total,,Mas já anda sozinha,avisa para ir ao banheiro, se alimenta melhor e não sente dor algumas,,!!!!
    Havia parado de andar e falar,,,lembra de tudo e de todos,,,!!!!Só temos á agradecer á Medicina e ao grande cirurgião que foram maravilhosos,,!!!!Tenham confiança,,,!!!!!

  76. Leonardo comenta:

    12 agosto, 2009 @ 11:45 AM

    Quanto tempo demora pra melhorar apos a cirurgia???
    minha mae fez a 30dias nao melhorou muito! ainda é cedo?

  77. YARA MELO comenta:

    12 agosto, 2009 @ 12:12 PM

    Hoje tem um mês e quinze dias ,que minha mãe operou,,e por incrivel que pareça, a melhora dela tens sido a cada minuto,,fala bem, come melhor,,recuperou os movimentos direito, que havia perdido, dorme pouquissimo,, e anda 85% melhor,, e isso prá mim não tens preço,,ainda só não estás com muita iniciativa, mas estou muito confiante em DEUS, e sei que ela viverás muitos anos,,,Saibam , o apoio de toda a familia
    é fundamentel para a recuperação,,todo carinho e atenção dada á eles é pouca,,,!!!!!
    Fiquem na PAZ e confiem ,vai dar tudo certo,,!!!!

  78. Elaine RJ comenta:

    12 agosto, 2009 @ 8:36 PM

    Oi Leonardo, minha mãe fez a cirurgia faz 01 mês e meio. Notamos que ela teve uma significativa, pois voltou a andar(ainda com um pouco de dificuldade e está conseguindo controlar a urina e fezes durante o dia, mas durante a noite ela ainda dorme de fraldas.
    Leonardo, assim com você eu ficava esperando ter a minha mãe como ela era no passado. Infelizmente isso não aconteceu… minha mãe está viva e lutando muito contra essa doença, ela tem muita vontade de viver!! aquele brilho, aquela agilidade de antes ficaram no passado.
    Tenho tentado todos os dias aceitar suas novas limitações e controlar minhas expectativas. Sei o quanto é difícil, mas o importante é tê-la convivendo conosco.
    Tenha muita fé de que sua mãe terá melhoras significativas e muita qualidade de vida, mesmo com algumas limitações.
    Fique com Deus e que ele aumente a cada dia a sua fé, assim como tem feito comigo e minhas irmãs.

  79. Marcia Dorneles comenta:

    14 agosto, 2009 @ 5:54 PM

    Olá! Minha mãe está na espera para fazer a cirurgia. Foi constatado que ela possui a hidrocefalia. Está aguardadando apenas um leito disponível pois com esses problemas de gripes os hospitais estão dando prioridade para esse outros cuidados. Estou muito preocupada,pois não sei exatamente como será. Segundo o médico disse para meu irmão, será 03 retiradas de liquidos da espinha. Será um por dia e a avaliação será após cada retirada. minha mãe já é idosa, tem 81 anos e isso nos preocupa muito, mas a vontade dela andar novamente de maneira “normal” (ou melhor um pouco do que anda) e poder controlar a urina é maior para ela do que qualquer outro risco. Ela está bem lúcida, sempre foi uma mulher forte, trabalhadora e inteligente. Se algum de vcs já passou por esta situação, com as caracteristicas igual de minha mãe peço para me darem uma luz, mesmo que pequena. Obrigada! Abraços à todos!

  80. YARA MELO comenta:

    30 agosto, 2009 @ 7:52 PM

    Boa noite,,! Mais uma vez , me expresso á todos pela nova caminhada de uma doença, tão critica,,,!!!!Mas, fazer o que né,,,é a vida,,, E saiba devemos encarar de maneira POSITIVA , e confiantes de que dias melhores virão,,,Minha PRECIOSA MÃE operou tens dois meses, e
    graças á DEUS se recupera a cada dia,,,,não tens sido fácil, não,,,Mas já VEMCEU, mas essa,,Ela continua com tonturas e um pouco de desiquilibrio para se locomover sozinha, e por isso não nos descuidamos em momento algum,,,Nossa, hoje ela é outra pessoa,,mas sempre sorrindo,,E prá mim que estou quase sempre ao lado dela, é tudo na minha vida,,,QUERO ELA DO JEITINHO QUE JESUS PERMITIU,,,VALE TUDO,,,ELA É MINHA VIDA,
    e saibam prá mim,,toda chance é possivell,,,!!!!!TENS ALGUÉM QUE JÁ OPEROU COM MAIS DE CINCO ANOS,,,????DE CIRURGIA,,,!!????ME FALEM POR FAVOR,,,!!!!

  81. Sérgio comenta:

    15 setembro, 2009 @ 7:13 PM

    Descobri a hidrocefalia aos 38 anos, idiopática, minha vida mudou, tenho dores de cabeça constantes, acordo todos os dias com ela fraca e aumenta ou não, problemas de micção e tenho arrepios no pescoço e cabeça seguidos de náuseas e dificuldade de concentração. O que significa que a hidrocefalia esta compensada?

  82. juliana Rodrigues comenta:

    17 outubro, 2009 @ 5:43 PM

    Meu marido no fim de dezembro de 2008, descobriu que tinha hidrocefalia, depois de irmos á varios médicos optamos em colocarmos a válvula, pois os médicos todosdisseram que ele poderia a qualquer momento ter problemas,como entrar em coma, ter morte súbita, e ter sequelas… desde que colocamos esta dvp,nossa vida transformou-se em um inferno, meu marido de lá pra có só fika hospitalizado, hj tem problemas na fala, no andar, seus braços e pernas não respondem, e tem problemas na mastigação, e antes de por a dvp, era uma pessoa super normal, super ativa, o melhor pai, o melhor marido, por isso pensem bem, antes de tomar alguma atitude…. nós nos arrependemos muito, hj estou com 30 anos com 02 filhos pequenos pra criar e um marido que não consegue recuperar sua saúde, pensem bem… antes de tomar alguma atitude….

  83. wallace cesar comenta:

    23 novembro, 2009 @ 5:53 AM

    ola minha mae teve um aneorismo cerebral, e dai deu hidrocefalia nela, essa cirurgia tem mt risco? ela esta em coma a 34 dias por causa da hidro. colocando a valvula esse coma vai passar? Nao aguento mais esse sofrimento de 34 dias.

  84. ADRIANA comenta:

    6 dezembro, 2009 @ 6:54 PM

    OLÁ ESTOU DESESPERADA MEU PAI TEM HIDROCEFALIA DE PRESSÃO NORMAL JÁ FEZ 4 CIRURGIAS E RECENTIMENTE FEZ A 4° ELE NÃO FALA NÃO ABRE OS OLHOS DAS OUTRAS VEZES ELE NÃO FICOU ASSIM OS MÉDICOS QUE OPERARAM ELE NEM SE QUER FALARAM A GENTE UMA POSIÇÃO ISSO PQ É CONVENIO QUAIS SÃO MEUS DIREITOS COM RELAÇÃO ESSE ASSUNTO ELE TEM 73 ESTA INTERNADO NO HOSPITAL NÃO SEI COMO POSSO AJUDALO ME AJUDEM INFORMAÇÕES SEMPRE É BOM, PRINCIPAMENTE COM PESSOAS QUE ENTENDEM OBRIGADA.

  85. Marcia Dorneles comenta:

    7 dezembro, 2009 @ 6:31 AM

    Minha mãe tem hidrocefalia. O médico dela quer retirar o liquido pela espinha (não sei ao certo se é assim). Estou com um pouco de receio, pois li vários relatos. Peço com carinho que as pessoas que se submeteram a esse tipo de procedimento ou seus familiares entrem em contato comigo pelo e-mail: marcia-dorneles@hotmail.com Gostaria de saber mais sobre isso. A situação da minha mãe hoje é: Anda com muita dificuldade, esta ficando cada vez mais com dificuldades na fala, precisa usar fraldas pois tem incontinência urinária. As vezes ela fala coisas sem sentido, mas a maior parte se apresenta bem lúcida. Sempre foi uma mulher inteligente e independente. Ela está com 82 anos. Só não baixou o hospital ainda porque não tem leito disponível e eu nem sei se torço para que tenha logo ou não. Tenho medo que ela fique pior. Ainda mais que o cerebro dela parece ainda estar até que bem lúcido para a idade dela e isso fazer com que ela sofra mais caso não dê certo. Obrigada pelo espaço! Abraços.

  86. elaine comenta:

    10 dezembro, 2009 @ 7:21 AM

    Pessoal, meu pai hoje com 73 anos, teve hidrocefaliacom 71 anos, e foi detectada após duas cirurgias (retirada da vísicula-levou 17 pontos) e retirada da próstata (pontos internos-incontáveis), as as três cirurgias foram em um período de 02 anos e meio! Percebemos a Hidrocefalia, porque ele começou a cair, de repente a perna ficava fraca, ficou com incontinência urinária leve, e as vezes confuso. Ficamos preocupados também, porque as duas cirurgias foram graves, ficamos mais de um mês no hospital, não acreditava que meu pai iria passar por mais uma, procuramos mais 02 neurologistas para verificar se a retirada do Licor seria suficiente…mas o neurocirurgião preferiu operar, disse que de todas as cirurgias que ele trabalha, a hidrocefalia é a mais simples. Ficamos preocupados porque ele estava bem, mas o médico avisou que se a cirurgia for feita no começo, a pessoa tem 80% de chance de voltar ao normal. E graças a Deus, foi o que aconteceu, foram feitos três corte: cabeça, pescoço e barriga (por causa da cirurgia da visicula, o caninho da válvula ficou do lado contrário). Hoje ele anda bem, não está mais confuso, a incontinência acabou completamente. Só que ele sai não como antigamente, mas como disse ele voltou 80% ao normal… Graças a Deus e ao medico que operou!

  87. YARA MELO,,!!!! comenta:

    16 dezembro, 2009 @ 4:54 PM

    BOA NOITE AMIGOS,,;pOIS É, MINHA MÃE DESDE JUNHO QDO, OPEROU JÁ TEVE ALTOS E BAIXOS, HOJE CONTROLA ESTA DOENÇA INCURÁVEL E DEGENERATIVA COM MEDICAÇÃO CONTROLADA E NA ESPERANÇA DE VIVER MAIS ALGUNS ANOS, POIS NÃO ANDA MAIS SÓ, TENS MUITO DESIQUILIBRIO, INCONTIÑÊNCIA URINÁRIA, ENFIM, NÃO FOI MAIS A MESMA DE JEITO ALGUM, SÓ NO INICIO TINHA UM POUCO MAIS DE FORÇA,,,MAIS AGORA É DEPENDENTE PARA TUDO, POIS O DESIQUILIBRIO É TREMENDO, E A FRAQUEZA DAS PERNAS, FAZ FISIOTERAPIA EM CASA, MAS MESMO ASSIM, AS VEZES FICO DESANIMADA,,!!!!CREIAM QUE SÓ DEUS POSSA MUDAR ESSE QUADRO E DAR VIDA,,!!!!MUITA FORÇA É O QUE NÓS PARENTES PRECISAMOS PARA FORTALECE-LOS,,!!!!FELICIDADES,,!!!

  88. rodolfo comenta:

    20 dezembro, 2009 @ 9:32 AM

    uso valvula hidrocefalica e ultimamente sinto que não estou bem ( tem 4 anos ) que coloquei a valvula e a duas semanas atraz senti fortes dores de cabeça e dores no globo ocular . queria saber o que pode ser , tenho 48 anos. obrigado.

  89. jocilene santos comenta:

    4 janeiro, 2010 @ 12:39 PM

    fiz 2 cirurgias no ano de 2007,sendo a primeira colocaçaõ de uma valvula p/hidrocefalia,a segunda p/retirada de um tumor
    no cérebro que estava causando uma hidrocefalia ,fiquei bem ,mas sinto muita dor no abdomen ,não posso jantar nem comer
    demais,sinto que meu cérebro ficou um pouco lento,tenho tonturas e desiquilibrio por isso estou lutando para se aposentar po invalidez

  90. janine souza borges comenta:

    7 janeiro, 2010 @ 4:49 AM

    eu tenho um filho com hidrocefalia nunca faltei nenhuma consulta do pre natal e so fui descobri que o meu filho tinha hidrocefalia com 4 meses de nascido depois ele botou uma dvp e ate ano passado ele ficava muito doente batemos uma reçonancia magnetica descobri que tem dois tumores no celebro meu filho teve muito preconceito mas te digo ele e muito feliz nos amamos ele de corpo e alma ele e muito inteligente fala tudo ele atrasou mesmo na cordenação motora todas as mães que tem um filho assim tente ver com qualquer motivo que tenha nos,temos que amalos acima de qualquer circustância….

  91. ELIZABETH comenta:

    11 janeiro, 2010 @ 3:32 PM

    Tenho um filho de 5 anos (26/01/2010), o qual porta uma valvula desde os seis meses, por hidrocefalia. Como consequencia disso, ele apenas tem atraso motor e da fala. Está inserido em fisioterapias (fisio, fono, equoterapia, hidroterapia…) e eu considero, sabendo das condições em que nasceu (sete meses e 0,995kg), que ele tem se desenvolvido muito bem. É um garoto muito esperto psicologicamente falando. Até então não havia nada que causasse preocupação. Porém agora, ele vem apresentando alguns sintomas estranhos (aparentemente dor com ocorrência de vômitos, embora muito passageiro). Marquei com um neuro para avaliação pra ver se tem a ver com a válvula. Espero que não seja nada demais. Ele é minha razão. É uma criança linda!! Eu o adoro. Foi bom descobrir este site, para conhecer outros casos semelhantes e saber mais sobre o assunto. Um abraço a todos.

  92. zoraide comenta:

    26 janeiro, 2010 @ 12:25 PM

    Gostaria de saber se Sergio já colocou catéter de derivação… hoje tenho catéter de derivação e tenhos sintomas como ele… segundo o médico é que está desconpensando… até mesmo pelo tempo que já coloquei… não devo me eexpor a situações que me encomode… descansar muito… ao dar sonolência deitar para que o líquido repose e não fique agitado… e assim levo a vida… cada ano que passa + difícil…tenho 36 anos… dia 21/01/2/10 fez 13 anos de cirurgia… espero resposta…

  93. zoraide comenta:

    26 janeiro, 2010 @ 12:31 PM

    Para Juliana Rodrigues
    Olá… gostaria de saber quantos anos tem seu marido…

  94. Sérgio comenta:

    27 janeiro, 2010 @ 7:39 AM

    Zoraide, eu tenho a válvula já a 8 anos

  95. JULIANA RODRIGUES comenta:

    28 janeiro, 2010 @ 5:36 AM

    Olá Zoraide, meu marido tem 34 anos….

  96. iara melo comenta:

    28 janeiro, 2010 @ 3:45 PM

    POIS É , TENHO MINHA MÃEZINHA NESTAS CONDIÇÕES TAMBÉM,,,!!!OPERADA E SEM EQUILIBRIO ALGUM,COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA TOTAL,,HOJE COMPLETAM SETE MESES DE CIRURGIA,,,!!!E ELA NÃO É APOSENTADA, EU GOSTARIA DE SABER SE ALGUÉM CONSEGUIU SE APOSENTAR POR ESSA DOENÇA, E COMO DEVO PROCEDER,,!!!POIS OS GASTOS E DESPESAS AUMENTERAM DEMAIS,,,!!!SE POSSIVEL ME AJUDEM,,!!!!MUITO GRATA,,!!!!

  97. vanderlei d c comenta:

    3 fevereiro, 2010 @ 3:03 PM

    oi eu tiha fortes dor de cabeça quando fiz uma tumografia em março do ano de 2000 ai descobri que tinha hgidrocefalia cronica fiz a cirurgia colo a valvula e graças a deus nunca mais tive dor de cabeça e trabalho normalmente viajo pelo brasil pois sou caminhoneiro graças a deus hj tenho 34 anos e continuo na estrada. quem me fez a cirurgia foi dotor flavio de amparo neuroçirurgião. agradeço a deus por esta bem tbm aos medicos dt erve e dt flavio de amparo.

  98. João Vitor B. Gasque comenta:

    20 fevereiro, 2010 @ 2:49 PM

    E utenho Hidrocefalia desdos 4 meses por causa de uma queda se meu filho possa ter hidrocefalia.

  99. Denise Reis comenta:

    25 fevereiro, 2010 @ 11:59 AM

    Oi, meu avô tem 79 anos, e de dois anos pra cá vem apresentando dificuldades para caminhar, vira-se com dificuldade e quando ele anda, arrasta os pés pois não tem força para levantá-los. O que mais o incomoda é a incontinência urinária, pois ele tem até medo de sair de casa e não conseguir conter a micção. A memória dele está cada vez mais prejudicada, pois ele esquece de coisas que acabou de fazer e de nomes que acabou de ouvir. Nesses dois anos de sofrimento, ele fez vários exames e foi operado, pois detectaram um tumor na próstata, que segundo o médico, seria a causa de todos esses sintomas. Mas depois da operação ele não melhorou e sofre muito por ter perdido a vitalidade. SERÁ QUE MEU QUERIDO AVÔ TEM HIDROCEFALIA? POIS TODOS OS SINTOMAS DESSA DOENÇA SÃO IDÊNTICOS AOS QUE ELE APRESENTA. Me ajudem por favor!

  100. José Augusto Brunaldi comenta:

    21 março, 2010 @ 11:36 PM

    Bom, desde criança eu sentia dores de cabeça com frequência, mas eu sempre consultava com médico oftalmologista, mas as dores continuavam, sentia muito sono, dormindo mais do que o normal.
    Isso aconteceu quando eu tinha dezesseis anos em Abril de 1997, eu acabei de jantar e comi um pêssego, acordei de madrugada com uma dor de cabeça muito forte e vômitos.
    O médico plantonista me encaminhou para um neurocirurgião, que já no retorno da primeira consulta com o resultado da tomografia, fiz a cirurgia para o dia seguinte , colocando a primeira válvula, mas o problema continuava.
    Foi colocada a segunda válvula, que também não deu certo, porque era muito forte, foi depois disso que eu entrei em coma, porque meu cérebro sofreu uma pressão, “intracraniana’.
    Depois disso fiquei com problemas, visão dupla, eu não conseguia controlar a saliva, “babava”, até que foi colcocada outra válvula e também um dreno interno.
    Não fiquei com sequélas, tenho uma vida normal.

  101. FRANCISCA GILMARA comenta:

    23 março, 2010 @ 10:43 AM

    JA FAZ ALGUM TEMPO QUE NÃO DEIXAVA MEU DEPOIMENTO POR ISSO VIM FALAR UM POUQUINHO DA MINHA FILHA!!
    A MINHA FILHA PATRICIA ESTA MUITO BEM TA DESENVOLVENDO MAIS RAPIDA A FALA E TA CADA DIA MAIS ESPERTA. AINDA NÃO ANDA SO, SO ENGATINHA E SOBE NO SOFA MAIS É UMA CRIANÇA MARAVILHOSA E TODOS NÓS AMAMOS MUITO
    SOU MUITO FELIZ EM TE-LA AQUI COMIGO E ELA AGORA TA SENDO ACOMPANHADA PELA REDE SARAH DE BRASILIA.
    UM ABRAÇO A TODOS E SEMPRE ACREDITEM EM DEUS!!!!

  102. ligia comenta:

    27 julho, 2010 @ 9:15 PM

    boa noite gostaria de saber se eu posso um dia casar e ter filhos pois tenho hidrocefalia
    ha mas de 20 anos e ja perguntei para o neuro cirurgião mas eles não fala nada.por isso venho lhe pedir que me responda por favor
    ficarei muito grata.desde ja agradeço pela compreenção.

  103. Eleni comenta:

    12 agosto, 2010 @ 11:19 AM

    Estou sem saber o que fazer, minha mãe de 66 anos teve um diagnostico de hidrocefalia desde 2001, o qual só descobri em maio desse ano, pois já algum tempo o comportamento dela mudou, esquece algumas coisas, tem o caminhar lento e briga muito com todos, inclusive com os filhos, ela fantasia coisas e acha que é verdade. (além disso faz tratamento para depressão já faz uns 14 anos), ela não permitia que eu a acompanhasse ao neurologista, levei a um geriatra, a uma psiquiatra e só que me diziam que o quadro era devido a depressão.

    Só que as brigas se intensificaram, até que um dia eu vi um pedido de exame do neuorolista, e marquei para falar com ele e o mesmo mes contou que ela tem a hidrocefalia desde 2001, que estava estacionada por isso não fez nenhum procedimento, mas que no última houve uma alteração, mas como ele não se queixou de nada, achou melhor não fazer nada, perguntei sobre o comprtamento dela e ele me disse que não tem nada haver com a hidrocefalia, que deve ser da depressão, pq ela consegue fazer as coisas sozinha, é sindica do prédio aonde mora, paga as contas dela sozinha.

    Lendo relatos na internet vejo que pode sim ter alteração de comportamento, e esquece coisas, amanhã ela tem uma nova consulta para levar novos exames, mas brigou comigo, disse que se precisar colocar a valvula não colocará e disse que não quer que eu vá junto a consulta, mas eu disse que vou mesmo assim, não sei o que pode acontecer no consultório, mas seja o que Deus quiser.

    Gostaria de consultar outro médico, mas não sei como fazer ela mudar de idéia.

  104. Eliete comenta:

    12 agosto, 2010 @ 11:27 AM

    Eleni,
    O meu pai também teve os mesmos sintomas, o andar estava lento, caia a todo momento e esqueci as coisas, ficava irritado, coisa que não era da sua personalidade. Há mais de uma ano, ele operou e colocou a válvula. Agora ele está ótimo, parou de cair e voltou ao que ele era. Graças a Deus. Claro que não volta 100%, mas, melhorou 90%.
    Insista na consulta, para não se agravar mais o caso.
    Tenha fé e não perca a esperança.

  105. eleni comenta:

    13 agosto, 2010 @ 6:26 PM

    Eliete,

    Obrigada pela resposta, mas as coisas pioraram, fui com minha mãe hj a consulta com o neurologista e levar os exames que deram que a hidrocefalia dela esta em estado moderado, mas uma vez o neurologista foi um decepção, ele continua falando que as alterações compotamentais não são da hidrocefalia, disse que ela poderia faz 3 punções para ver se melhora o quadro das quedas, das dores de cabeça e se melhorar ai sim colocar a valvula, mas como ela disse que não quer fazer nada disso e ele não fez nenhum esforço para convence-la e quais os problemas dessa opção dela, e pulou fora e indicou outros 2 especialistas, mas ela disse que não vai e ainda disse para o medico que eu estava inventando coisas e me fazendo de vitima, brigou muito comigo e disse que não quer que eu a ajude mais.
    Conversei com uma amiga e ela me disse que infelizemente eu não posso mesmo fazer nada somente esperar os sintomas piorarem, que triste saber que ela poderia ter uma melhora e que não posso fazer nada, so esperar.

  106. maria conceiçao morais comenta:

    22 setembro, 2010 @ 10:30 PM

    Meu poai foi operado hoje de hidocefalia de pressão normal. Está no UTI, por conta de sua idade avançada, 83 anos. Ele, ultimamanete está bastante confuso, esquecido, não tem controle urinário e fecal e praticamente não anda. Vamos ver á partir de amanhã, como ele estará. Tenho orado muito para que essa cirurgia seja bem sucedida.

  107. Carla comenta:

    10 novembro, 2010 @ 10:55 PM

    Olá. Minha mãe colocou valvula há 11 meses, apresentou pequena melhora mas a marcha ainda continua bem afetada e com desequilíbrios. Gostaria de saber se é devagar mesmo esta melhora????? Obrigada

  108. ELIZABETH comenta:

    11 novembro, 2010 @ 10:44 AM

    Oi a Tds. Postei um comentario em 11/01/10 sobre umas reações estranhas que meu filho vinha apresentando. Como dito, fomos ao neuro e examinamos e com pouca pesquisa descobriu-se que o que ele tinha eram crises com principios epileticos. O medico passou medicações {carbamazepina 2% e outro que esqueci o nome agora} e as crises amenizaram brilhantemente e graças a Deus não afetaram o progresso. Ele continua com as terapias e está cada dia mais esperto. Um Abraço a Todos.

  109. Mama comenta:

    6 dezembro, 2010 @ 1:53 PM

    Minha filha usa valvula desde os tres meses de idade, devido a uma hemorragia de III . Passou por tres trocas de valvulas e hoje está no 2 ano de medicina. É uma menina linda, inteligentissima, quer fazer residencia em neuro pediatria, para ser exemplo de sucesso e superação para todas as mães de crianças que passam pelo mesmo problema que um dia ela passou.

  110. jose iackowski gonçalves comenta:

    8 dezembro, 2010 @ 12:34 PM

    Se alguem puder me ajudar agradeço.
    Minha sobrinha teve hidrocefalia, colocou um aparelho na cabeça para drenar, porem antes de faze4r a cirurgia ela perdeu a visão , queria saber se alguem tem experiencia com o caso, queria saber se a visão dela volta, se demora muito, pois até agora continua na mesma esta sem enxergar.
    se alguem puder escrever sobre o caso, agradeço, por favor envie para meu email – iacadvogado@ig.com.br

    Obrigado, José

  111. Rafael Ferrari comenta:

    20 janeiro, 2011 @ 11:22 PM

    Olá,

    Meu avô tem HPN à cerca de 8 anos, nesse tempo todo a doença veio evoluindo. Como não sabiamos doque se tratava, achavamos que era ALZHEIMER ou PARKINSON, faz 2 anos que ele esta tratando da doença, porém ela só vem evoluindo, nas ultimas semanas ele caiu varias vezes, urinou sozinho, teve nauseas, vomitou, perdeu completamenta o interesse pelas atividades do dia-a-dia, até então ele não fez nenhuma PUNÇÃO, mas acho que agora ele vai precisar fazer e se o médico falar que pode colocar a válvula eu gostaria que ele colocasse sim e se assim DEUS permitir uma vitória, pois ele tem um coração de uma criança.

    obrigado

    Rafael Ferrari

  112. Elnia cardoso comenta:

    3 fevereiro, 2011 @ 7:57 PM

    Olá,

    Meu pai fez uma punção e teve uma melhora durante 15 dias depois voltou a estaca zero ele sofre de hidrocefalia de pressão normal
    foi feita uma cirurgia colocou uma valvula de regulagem mas o quadro da doença piorou não sei o que pode está acontecendo
    ele não responde a nada não conversa fica cabisbaixo não quer alimentar. gostaria de saber se demora muito para saber se a colocação da valvula vai dar certo tem 8 dias que ele colocou a valvula.

  113. Aline comenta:

    18 fevereiro, 2011 @ 6:46 AM

    Olá….
    Minha filha tem sopro,e precisa extrair um dente e restaurar outro..Ainda são dentes de leite,é preciso tomar a medicação antes ou ñ precisa por ser dente de leite…..e q tipo de nestesia ela deve tomar….Por favor me expliquem…Obgd..

  114. Marília comenta:

    20 março, 2011 @ 11:37 PM

    20 de março, 2011.

    Olá pessoal….
    Estou bastante apreensiva meu pai colocou a válvula em dezembro de 2010 ele tem 77 anos porém,ficou pior estar definhando a cada dia , sem querer comer não anda mais e mal fala alguma palavra.Depois dessa cirurgia já teve internado 5 vezes, todas as vezes que retornava ao hospital sempre com febre até trombose desencadeou.Neste momento estar internado e para minha aflição e de toda nossa família foi tirada uma tomografia e a válvula estar obstruída e ele terá que passsar novamente pela mesma cirurgia.
    Estamos orando muito pedindo a misericórdia de DEUS na vida dele porque nos o amamos muito.Realmente é um verdadeiro dilema que estamos vivendo, o neuro falou que a expectativa é que essa válvula volte a drenar.Nosso medo é as condições fisicas dele pois, a primeira cirurgia deixou ele bastante debilitado .

  115. DANIEL comenta:

    2 abril, 2011 @ 9:35 PM

    URGENTE!
    QUAL O MELHOR EXAME PARA CONFIRMAR HIDROCEFALIA DE PRESSÃO NORMAL?
    É O TAP TEST?
    COMO FUNCIONA ESTA RETIRADA DE LIQUIDO NESTE TAP TEST? É PELA COLUNA OU DIRETO DO CRANIO?
    COMO TODOS ACIMA, IMPLORO UMA RESPOSTA DE ALGUEM QUE PASSA OU PASSOU POR ISTO!
    MEU PAI ESTA COM OS SINTOMAS ELE TEM 69 ANOS, MORO NO INTERIOR DO CEARA!
    DATA: 02 DE ABRIL DE 2011 (SABADO)

  116. Edilberto carvalho comenta:

    8 abril, 2011 @ 2:14 PM

    tenho um filho de 4 anos com hidrocefalia; e gostaria de saber qual plano de saude mais recomendavel para esse tipo de tratamento , e se tem medicos bons?obrigado.

  117. Elisa Regina Pereira comenta:

    24 abril, 2011 @ 10:26 PM

    Meu pai tem 71 anos em fevereiro desse ano passou pela primeira cirurgia de drenagem, colocou a valvula para drenar melhor o liquido do cerebro, após dez dias da primeira cirurgia começou a piorar, ficxava só deitado não queria coer e com fortes dores de cabeça . conclusão no dia 18 de março passou por mais uma cirurgia para corrigir a válvula e drenar os dois lados do cerebro, foram dez dias na semi-intensiva e dez dias no qurto de hospital, agora esta em casa há quinze dias ,começou a andar os primeiros passos e a falar novamente , mais foram dias de muito sofrimento e dor . cuidamos dele com muito carinho e amor 24 horas por dia

  118. Marília Reis comenta:

    2 maio, 2011 @ 10:08 PM

    Olá pessoal!
    No dia 22 de março de 2011 meu pai passou pela segunda cirurgia para reposicionar o cateter(hidrocefalia de pressão normal).
    Tem mais de trinta dias e não houve nenhuma melhora ao contrário só estar piorando não fala, não anda, não abre os olhos, come alimentos pastosos através de uma siringa,as vezes sente febre e o corpo repleto de escaras(feridas) devido o tempo que estar acamado.
    Estou muito triste de ver como meu pai estar sofrendo e revoltada com a desonestidade do neuro que nos deu falsas esperanças, hoje já levei meu pai ao médico e estar internado para investigar a causa da febre.Meu DEUS como eu estou arrependida de ter permitido essa cirurgia que debilitou meu pai fisicamente e psicologicamente, todos os dias da minha vida eu tenho clamado muito a DEUS para libertar ele desse pesadelo que ele estar vivendo e eu creio que ELE me ouvirá!

  119. maurilene comenta:

    3 maio, 2011 @ 12:22 AM

    sim querida, tenha certeza que Deus te ouvirá!, ele naõ lança fora aqueles que os busca .estou na luta tambem pois meu pai tem indroceleia ,mais tudo esta diante do papai do ceu!

  120. IARA MELO comenta:

    3 maio, 2011 @ 11:35 PM

    OLÁ DANIEL; TAMBÉM MORO NO INTERIOR DO CEARÁ; E SAIBA É FEITO O EXAME PELA COLUNA; É RÁPIDO;;MINHA MÃE SÓ NÃO TEVE MELHORAS APÓS; PAROU LOGO DE CAMINHAR; MAS HOJE FOI OPERADA E VIVE TRANQUILA JÁ A QUASE DOIS ANOS; COMO FARÁ EM JUNHO SE DEUS QUISER; MUDA TUDO; MAS ESTAS VIVA E TEVE TUDO QUE PRECISOU; COM UM EXCELENTE MÉDICO DA SANTA CASA DE SOBRAL; SE PRECISAR DE NÓS; ESTAMOS AS ORDENS PARA ORIENTA-LO; BOA SORTE E CONFIE; DEUS É MARAVILHOSO E AMPARA CADA UM DE NÓS;;!!!ELE FICAM DEPENDENTES DE NÓS.

  121. DANIEL comenta:

    6 maio, 2011 @ 6:49 PM

    IARA MELO, OBRIGADO POR ME RESPONDER
    MEU PAI ESTÁ SENDO ASSISTIDO POR UM MÉDICO DA SANTA CASA DE SOBRAL-CE.
    RESPONDA-ME POR E-MAIL PARA UM CONTATO MAIS EM PARTICULAR.
    MEU E-MAIL É danielpassosonline@bol.com.br

  122. Marília Reis comenta:

    6 maio, 2011 @ 11:33 PM

    Oi Maurilene, obrigada pelo comentário que Deus abençõe seu pai.Meu pai retornou ao hospital e ficou internado 4 dias para fazer debridamenro das escaras(feridas) que apareceram em várias partes do corpo de tanto ficar acamado mesmo mudando ele de posição e hidratando a pele mesmo assim não adiantou, já teve alta e estar em casa, durante o tempo que ficou no hospital o neuro dele solicitou uma tomografia para ver como estava o funcionamento da válvula e ele constatou comparando com as tomografias anteriores que não mudou nada e me falou para levar meu pai domingo ao hospital internar de novo pra fazer sessões de punção lombar eu e minha família estamos com muito medo pois, nosso pai estar muito debilitado e só tem 5 dias que esteve no centro cirúrgico para fazer o procedimento das feridas agora esse neuro quer fazer esse outro procedimento porque a válvula que ele colocou em meu pai não funcionou.
    Eu ainda não conversei com todos os meus irmãos não sei qual será a opinião deles mais eu posso te dizer foram tantas tentativas e não houve resultado meu pai sendo maltratado, sofrendo com essas cirurgias e eu também por ver ele sofrer que, eu mesma não pretendo deixar ele passar novamente por mais sofrimento porque eu sei que DEUS É FIEL JUSTO E VERDADEIRO!

  123. Marília Reis comenta:

    6 maio, 2011 @ 11:35 PM

    Oi Maurilene, obrigada pelo comentário que Deus abençõe seu pai.Meu pai retornou ao hospital e ficou internado 4 dias para fazer debridamenro das escaras(feridas) que apareceram em várias partes do corpo de tanto ficar acamado mesmo mudando ele de posição e hidratando a pele mesmo assim não adiantou, já teve alta e estar em casa, durante o tempo que ficou no hospital o neuro dele solicitou uma tomografia para ver como estava o funcionamento da válvula e ele constatou comparando com as tomografias anteriores que não mudou nada e me falou para levar meu pai domingo ao hospital internar de novo pra fazer sessões de punção lombar eu e minha família estamos com muito medo pois, nosso pai estar muito debilitado e só tem 5 dias que esteve no centro cirúrgico para fazer o procedimento das feridas agora esse neuro quer fazer esse outro procedimento porque a válvula que ele colocou em meu pai não funcionou.

  124. Marilia Reis comenta:

    7 maio, 2011 @ 5:41 PM

    Gostaria de saber se algum de vocês ou alguém da família já fizeram punção lombar.Pois depois de ter feito 2 cirurgias primeira para implante da válvula e segunda para reposicionar o catéter meu pai não teve melhoras ao contrário ficou pior do que estava o médico quer internar ele novamente para fazer outra tentativa para ver se melhora e me falou que vai fazer punção lombar.
    Estou com muito medo pois o coitado estar muito debilitado tem três dias que fez um debridamento de umas escaras no hospital e agora passar por outro procedimento e ele quer que eu leve meu pai amanhã domingo para internar e fazer a primeira sessão Meu Deus eu não sei o que fazer pois, tenho medo do meu pai não suportar pq estar bastante fraco.

  125. layane m de sousa comenta:

    17 junho, 2011 @ 3:22 PM

    ola gente estou aki pedindo pra todos me esplicarem a causa da morte da minha filha
    vou contar a historia pra vcs
    começou assim com 3 meses descobrir que ela ia ser anã com 7 meses descobrir q ela n tinha rins
    ao naicer descobrir q ela n tinha celebro so tinha agua queria saber pq meu primeiro filho veio normal e do mesmo pai
    queria saber se eu corro risco de engravida e vim do mesmo geito
    ou queria saber se eu posso engavidar do meu marido n sei niquem me fala nada quero resposta
    meu deus meu deus mi ajude gente to emplorando a todos
    q mim der um resposta o n sei se eu tenho q fazer um tratamento ????

  126. Alanna comenta:

    10 setembro, 2011 @ 8:10 PM

    Ola gente vou conta a historia do meu pai Raimundo Costa de 46 ano, onde o mesmo e professor de Ciências Biológicas. Moramos no Estado do Amapá em Macapá. No dia 20 de Outubro de 2010, recebemos uma noticia de um senho que o socorreu, dizendo que ele estava passando mal em um posto de saúde. Quando chegamos ao local constatamos que o mesmo encontrava-se desorientado e descontrolado. Levamos pro pronto socorro onde foi detectado um AVC HEMORRÁGICO, ele ficou oito dias no C.T.I e graças a Deus ele saio se seqüelas.
    Passaram-se três meses e tudo estava bem, onde o medico Dr. Alexandro pediu que ele fizesse uma anjo tomografia, foi detectado dois ANEURISMA NO CEREBELO.
    Dia 3 de marco de 2011, foi realizada a cirurgia para clipagem do aneurisma, a cirurgia durou 9 horas. Tudo ocorreu bem, mas o inesperado aconteceu, meu pai pegou infecção hospitalar e hidrocefalia. Passamos um mês e meio no hospital, onde foi realizada outra cirurgia para coloca a válvula, para drena o licor. Meu pai se recuperou rápido, mas nunca mais foi o mesmo homem. Ele teve altar e , estava tudo normal, ate que um dia ele começou a te vômitos com freqüência e muito sono.
    No dia 05 de junho de 2011, Levamos no hospital e fizeram uma tomografia onde foi detectado edema cerebral e infecção generalizada. Sabíamos que se o cérebro dele estava inchado e que provavelmente ia obstrui a entrada da válvula. E foi o que aconteceu, meu pai ficou no C.T.I entre a vida e a morte, foi trocada 5 vezes a válvula e a infecção estava sendo controlada, meu pai ficou em coma profundo por 8 dias e em coma intermediado, quando ele estava em coma profundo ele teve um A.V.C ISQUÊMICO. Minha família ficou desamparada com essa noticia, ate que um dia ele acordou do como, mas ficou em coma intermediado… E ele foi melhorando de vaga e de vaga.
    Logo quando ele saio do C.T.I, ele estava praticamente vegetando se alimentava por uma sonda nasogástrica e dependia da gente pra tudo. No dia 24 de julho ele teve altar.
    DEUS VEZ UM MILAGRE NA VIDA DE MEU PAI, hoje meu pai esta andando e falando, onde na medicina os médicos falaram que era impossível ele volta a andar e falar.
    Claro ele ficou com uma pequena seqüela, meu pai perdeu 70% da visão e perdeu 10% do movimento do lado direito.
    Dia 20 de setembro e o aniversario dele, e uma vitoria, vamos comemora por tudo o que ele passou. Espero que nada aconteçam como meu pai, rezamos todos os dias pela saúde dele e agradecemos a Deus por ele esta com agente.
    DEUS OBRIGADO POR TUDO O QUE O SENHOR TEM FEITO PELO MEU PAI. ele usa a válvula.ressumindo ele e uma pessoa acomodada sem vontade. fica todo tempo deitado e as vezes dormindo, pra ele tudo esta bem. QUE DEUS DEI-ME FOR;A, CORAGEM E SAÚDE PARA CUIDAR DELE.

  127. Anderson comenta:

    15 setembro, 2011 @ 10:05 PM

    Resposta para marialia de intesse de todos.

    Quando colocado a valvula , pode ser que quase de imediato seu organismo atraves do peritonio, um mecanismode defesa, esta valvula seje fechada. Quando ão há beneficios da valvula o que deve ser feito é uma MIELOSENTILOGRAFIA para saber se a valvula esta funcionando.

  128. Anderson comenta:

    15 setembro, 2011 @ 10:11 PM

    Marilia

    desculpe por não ter completado a ideia. Peça com urgencia ao medico um exame de mielosentilografia ou sisternosentilografia, pois a valvula do seu pai pode estar entupida na altura da cabeça e pelo que voce relata foi desobstruida no abdomem. Pelo que aparenta seu pai não teve beneficios da valvula por disfunção da mesma. O peritonio dito acima fica na região do abdomem .

  129. YARA MELO comenta:

    18 setembro, 2011 @ 1:13 PM

    OLÁ BOA TARDE; SAIBAM HÁ DOIS ANOS EM JUNHO ; LUTO COM ESTA DOENÇONA QUE É A HIDROCEFALIA; COM MINHA MÃE; AO COLOCAR A VÁLVULA; REAGIU AO SAIR DO QUASE COMA; MAS NÃO CONSEGUE ANDAR SÓ E PERDEU TODO O EQUILIBRIO ; É LÚCIDA; MAS AS VEZES REPETI AS COISAS; ENFIM UMA NOVA VIDA; ELA DIZ QUE NÃO TEM MAIS PRAZER DE VIVER ASSIM; SOFRE MUITO POR SE SENTIR INÚTIL; LARGUEI MINHA CASA E FUI CUIDAR DELA E DA MINHA AVÓ QUE ELA CUIDAVA; SÓ NÃO É PIOR PORQUE A VEJO TODOS OS DIAS E ELA FALA BEM; MAS SÓ SE PUXAMOS ASSUNTO; INDEFEZA ~~AO DÁ NENHUM PASSO SOZINHA; É MUITO TRISTE VER TUDO ISSO, NEM ACHAMOS EXPLICAÇÕES AO OLHOS HUMANOS; TENHO A CERTEZA DE QUE FAÇO TUDO QUE POSSO E DEUS ESTA NO COMANDO DE TUDO SEM DEIXAR FALTAR NADA;AOS FAMILIARES QUE PASSAM POR ISSO; SÓ POSSO DIZER QUE TENHAM MUITA FORÇA E SAIBAM A LUTA É MUITO MAIOR DO QUE IMAGINAMOS; POIS SE TRATA DE UMA DOENÇA DEGENERATIVA MESMO; ASSIM O MÉDICO SEMPRE ME DIZ;;!!!TEMOS QUE ENCARAR E PEDIR MUITA FORÇA Á DEUS; PARA VENCERMOS ESSA TÃO GRANDE BATALHA;;!!!MAS NÃO É FACIL NÃO;;;DÓI DEMAIS VER ESTE SOFRIMENTO;;!!!UM FORTE ABRAÇO A TODOS;;!!!

  130. ligia marques rocha comenta:

    19 setembro, 2011 @ 7:31 PM

    boa noite tenho hidrocefalia desde os 3 meses de nascida,e tomei o remédio guardenal por 25 anos, ja faz 5 anos que parei de tomar o gardenal a quanto tempo o gardenal permanece ainda no organismo.e gostaria de saber se posso ter uma vida normal igual as outras pessoas.Pode casar e ter filhos.por favor me ajude.obrigada.

  131. ednea souza comenta:

    7 novembro, 2011 @ 11:37 AM

    Boa tarde.

    Sofro de hidrocefalia há 05 anos, apos um grave TCE pós tráumatico. Coloquei um derivação em 2007 e retirei a mesma em junho desse ano por problemas de hiperdrenagem. Desde então venho sofrendo nde dores fortissimas que vem aumentando… Mas o neuro diz que está tudo bem, que não devo me preocupar, pois na ressonancia está tudo ok. Gostaria de trocar e-mails com alguém que sofra de hidroceflia para diagnosticar os sintomas que tenho, pois o mé dico diz que minhas dores são enxaquecas normais… mas o dor é diferente. Agusrado algum contato.
    Abraço.

  132. alexandre de souza sarmento comenta:

    19 novembro, 2011 @ 11:03 PM

    tenho uma subrinha com hidrocefalia,ela nasceu perfeita,mais com tres meses a cabeça dela começou a crescer,com nove meses foi colocada uma valvula na cabeça dela,deu tudo certo,ela ja estar com nove anos,ate hoje nao fez mais nenhuma cerurgia,toma remedio controlado,ainda nao anda,tem dificuldade para ler e escrever,gostaria de saber tem alguma forma mais adequada para ajuda a minha subrinha melissa,ajude ela por favor,muito obrigado

  133. Juliet Santos comenta:

    26 dezembro, 2011 @ 4:02 PM

    Olá pessoal! Meu filho de 2 meses é portador da hidrocefalia! Descobri ainda na gravidez! Mais a hidrocefalia dele foi em consequencia de uma meningomielocele ( herniação lombar).. Com 4 dias d vida fez a 1* cirurgia de correçao da meningomielocele..

  134. Lucio Rocha comenta:

    26 dezembro, 2011 @ 5:38 PM

    Olá, boa tarde. SALINAS MG, 26/12/2011.
    A minha esposa tem hidrocefalia, descobrimos apos ela sentir dor de cabeça intença acompanhado de vomitos durante varios dias seguido, a sua visão tb estava prejudica, tinha visão dupla, a levei no neurologista e ele pediu uma tomografia na qual foi constada, hindrocefalia por obstrução do ventriculo por ovo de solutaria, foi muito sofrido grande pra ela e pra mim, ela foi internada no dia 18 de outubro na santa casa de montes claros e 4 dias, fez a 1ª sirurgia, q durou serca de 4hras, foi colocada uma vavula com um cateter q dece ate o intestino, ficou otima, não mais dor de cabeça, a visão se normalizou em 3 dias apos a sirurgia, td tava indo muito bem, mas apos 15 diad da sirur. td voltou e com uma intencidade bem mais, ela perdia a memoria, e dor e os vomitos voltaram com maior intencidade, a levei pro pronto socorro de salinas-mg onde moramos, ela foi medicada, e o medico plantonista orientou q devia ser levada novamente pra montes claros. Lá fomos nos fazer td de novo, ela foi internada na santa casa de MOC. no dia 7 de novembro, o neurosirurgião Dr. marcilio q ja havia operada-a antes descobriu que a vavula ñ estava funcionando, disse q teria fazer nova sirurgia, e dai a 5 cinco dias foi realiaza uma nova sirurgia, q ocorreu td bem, mas desta vez, a visão dela ainda ñ voltou ao normal, continua tendo visão dupla, mas ñ sente dores com a mesma intencidade, TDS NOS VIVEMOS COM MUITO MEDO DE Q TD VOLTE DE NOVO, DESDE DE ONTEM ELA ESTA SENTINDO MUITA COCEIRA NA CABEÇA, E ATRAZ DA ORELHA E TB UM VERMELHIDÃO, TENHO MEDO Q O SEU ORGANISMO REGEITE A VAVULA, MAS ESTAMOS EM ORAÇÃO PRA Q DEUS NOS AJUDE A NOS LIVRAR DESSE MEDO E FIMAR NOSSA FÉ NA SUA CURA. Ñ SEI O Q FAZER ME AJUDE TENHO MEDO”JESUS AFASTE DE NOS ESSE MEDO”

  135. Lucio Rocha comenta:

    26 dezembro, 2011 @ 5:42 PM

    MINHA ESPOSA TEM APENAS 26 ANOS.

  136. Marconi Rondelli comenta:

    27 dezembro, 2011 @ 10:33 AM

    Venho aqui, relatar e até fazer uma orientação a todos que possa interessar, nasci uma criança normal sem problemas, mas quando tinha 8 anos apareceu um pequeno zumbido no meu ouvido esquerdo, minha mãe na época procuro um otorrino para verificar o problema, o mesmo, constatou que não havia nada de errado com minha audição, e ele me encaminhou para um neurologista, o neurologista solicitou uma tomografia na qual constatou a hidrocefalia, o médico de imediato já solicitou a operação para a colocação da válvula, mas minha mãe não confiou muito e resolveu procurar outros médicos para outras opiniões, fomos mais em 4 (quatro) médicos diferentes e a opinião de todos foram a mesma ( a cirurgia), mas minha mãe não queria acreditar nisso, (ah nesse periodo todo de buscas por outros médicos eu já estava com 13 anos) mas minha mãe procurou informações de um outro médico, médico esse que consideravam o melhor do estado, quando fui no médico ele simplesmente falou, nunca vou esquecer o que ele disse: “Marconi, pelo que vejo vc não tem nenhuma influencia do seu problema, vc é uma pessoa normal, pra que vc vai colocar uma válvula na cabeça? pois é gente hoje eu tenho 32 anos.. e nunca tive problema algum, espero que isso sirva de exemplo nunca escute apenas uma opinião! espero ter ajudado!

  137. eduardo comenta:

    20 janeiro, 2012 @ 9:01 PM

    Olá internautas,

    Neste momento, eu com o meu filho internado na UTI pediátrica.
    Meu filho tem hidro junto com mielo, ele tem 11 meses. Em outubro de 2011, trocou DVP, (válvula) e dela pra cá apresentou vômito diarréia. Quando fomos saber o que era, a válvula estava infeccionada.
    Por isso, que TEM VÁLVULA, e sentir esses sintomas, pode ser infecção.
    Espero ter contribuído de algum modo.

  138. CONCEICÇÃO comenta:

    28 janeiro, 2012 @ 4:42 PM

    nasci com 7 meses com hidro,mas em 67 não tinha tratamento,me desiganram so 7 anos de vida por um milagre aos 7 estava normal,estudei me formei agora com 44 anos de 4 anos para ca aparceram dores de cabeça e amortecimento do rosto fiz a tomografia e deu a hidrocefalia,passei por 3 cirurgiões 1 disse para operar outros 2 me liberaram alegando que ficou sequela da doença som,ente,mas de tempos de 8 anos para ca e agora 3 anos eu tenho muito esquecimento esqueci coisas do passado esqueço as vezes nomes de pessoas amigos,nomes de objetos e que estava falando!!!estou com medo que deva estar acontecendo creio que o lugar que esta a agua seja perigoso operara agora estou orando não sei se volto para o medico faz 2 anos que fui tenho dores de cabeças fortes nas fazes de mestruação e tyrabalho no sol façõ pesquisas agora so oro e peço a DEUS ME MCURAR E DEIXAR CRIAR MEU FILHO COM 6 ANOS NORMAL PERFEITO E EINTELIGENTE MAS DEITO PREOCUPADA SE AUMENTARA A DOENÇA OBRIGADA E BOA TYARDE!!!

  139. Nelma comenta:

    30 março, 2012 @ 5:00 PM

    Olá amigos, minha mãe tem 88 anos e há mais ou menos uns cinco meses foi diagnosticada com Hidrocefalia de Pressão Normal.
    O primeiro neuro que consultamos, disse que era Alzheimer pelos sintomas, pois apresentava esquecimento, dificuldade para caminhar e começou a falar sem nexo e gritar. Começou a medicá-la com Seroquel e ela ficou mais calma, mas muito apática.Resolvi levá-la a outro neuro que pediu uma tomografia descobrindo que o caso dela é hidrocefalia de pressão normal. Disse que seria preciso fazer uma punção para que ela pudesse melhorar. Disse que também não teria como garantir o resultado pois não sabe precisar como está o cérebro. Seria uma tentativa. Por outro lado disse que se não fizesse esse procedimento ela poderá parar de andar, de falar e viver vegetativamente. Na verdade não sei o que fazer, que decisão tomar.Atualmente ela só anda com ajuda, usa fraldas dia e noite, repete a mesma frase ininterruptamente por mais de 20 vezes. As vezes conhece os familiares outras vezes não.Na verdade devo confessar que estou com muito medo, não sei o que faço, que decisão tomar, se autorizo a punção, ou não. Por ela ser portadora de marcapasso acredito que o caso requer mais cuidado. Tenho rezado muito, pedido a Deus uma solução, mas até agora não sei como fazer.Estou lendo várias matérias sobre o assunto, mas até agora não criei coragem.

  140. Elaine RJ comenta:

    1 abril, 2012 @ 9:41 PM

    Olá Nelma, minha mãe tem o diagnóstico de hidrocefalia e já fez punção e colocou a válvula a três anos, vive com dificuldades para andar e usa fraldas. Sua memória está boa. Quando eu e minhas descobrimos o diagnósticos ficamos perdidas, sem saber o fazer… sei que é dificil, mas Deus sabe de todas as coisas e vai te confortar na medida certa. Nessas horas encontramos forças que normalmente se desconhece.
    Procure médicos que te passem confiança!
    Boa sorte para vocês e fiquem com Deus!

  141. daiane comenta:

    3 abril, 2012 @ 7:56 PM

    Resumindo…minha mãe fez cinco cirurgias para colocar válvulas desde 2009, última em 2011…nenhuma delas surtiu efeito. Hoje ela está sem válvula, na realidade, há um ano o liquido não é drenado. Alguém pode informar o que esperar agora? Minha mãe tem 59 anos. Grata, Daiane.

  142. Nelma comenta:

    4 abril, 2012 @ 12:17 PM

    Olá Elaine, agradeço pelas palavras confortadoras.Tenho conversando com outros médicos, mas não sei se pela idade de minha mãe, as opiniões são muito divergentes. O cardiologista que controla o marcapasso dela acha que não seria prudente fazer o procedimento. Um outro neuro que conversei disse que poderia ser feita a punção, só que os riscos são muitos, etc…. E cada vez mais aumenta a minha insegurança. Será que vale a pena trazer esse sofrimento para minha mãe nesse momento? Já ouvi dizer que a punção é muito dolorosa, sinto muito medo dela não suportar. Espero em Deus uma resposta. Fique com Deus e obrigado.

  143. Mileide Moraes comenta:

    6 maio, 2012 @ 12:03 AM

    Olá, tudo bem! Bem me chamo Mileide tenho 25anos sou portadora da hidrocefalia a 14anos,descobrir a doenca com 9anos de idade,sentia os sistomas aqui citados,e meus pais na época recorrerão ao medico,onde de fato descobriu a doença,foi operada em seguida e orientada pelo médico,de fato hoje tenho vida normal ,tenho a valvúla que nunca troquei,estou casada a 4anos e hj quero ser mãe,minha dúvida recorrir a especialidade médica se de fato eu posse ter filhos e se acaso eles possam ter a mesma doença ou sequelas? O médico me garantio que posso ter quantos filhos quiser e que nao teria sequelas algumas serao saudaveis e q a valvula nao prejudica o bebe dentro da barriga. Dúvidas eu tenho,gostaria de manter contato e que possa me esclarecer.obrigada!

  144. Liziani Lisboa comenta:

    24 maio, 2012 @ 12:32 AM

    Olá, meu marido operou hidrocefalia aos 31 anos, ainda esta esternado no hospitas, mais a cirurgia foi um sucesso, não sente dor e não teve sequelas, gostaria de saber o que ele não poderá mais fazer durante sua rotina diaria, ex.: jogar futebol, consumir bebidas alcoolicas, pegar peso. Pois o medico deixou vago e tenho dúvidas e medo que ele exersa algo que possa vir a prejudicar seu bem estar, aguardo resposta.

  145. Mileide Moraes comenta:

    29 maio, 2012 @ 9:30 PM

    Olá, boa noite a todos.
    Venho deixa meu depoimento a todos vocês, mais uma vez tenho entrando nesta página pra ver os relatos, e a pouco tempo deixei o meu, todos os dias eu pesquiso sobre esta doença, desde meus 9 anos sou portadora da hidrocefalia e que na época não tinha muitos esclarecimentos sobre a doença, até hoje fiz apenas uma cirurgia para colocação da válvula mais nenhuma ate hoje, bem me esclareci com medico neuro- cirurgião a possibilidade de ser mãe e poderia ter uma gestação normal sem riscos pro bebê mesmo com a válvula de drenagem sem correr riscos de afeta-la , no entanto o medico me esclareceu que poderia sim ter meu filho sem sequelas nenhuma ,e que se eu quiser-se posso retira-la, fazendo novos exames de ressonância pra saber se a hidrocefalia foi controlada , já que no caso foi adquirida no decorrer da vida, porém se não posso fica com ela ate o fim de minha vida que não me afetara em nada retira-la ,tudo dependera do diagnostico do exame, mais me garantido que estou curada desta doença pois sou uma pessoa normal , e que o cirurgião doutor Marcelo de Andrade, fez uma ótima cirurgia e que colocou a válvula já vendo a medida do meu crescimento a vida adulta em que na época me deixou muito tranquila pela idade que tinha era muito inexperiente e mesmo naquela época esclareceu aos meus pais como seria minha vida com adotação da válvula continuaria uma menina normal para tudo. Já tive relatos de mulheres que são portadoras da mesma doença e que mesmo assim tiveram seus filhos saudáveis, e uma vida normal. Quero muito ser mãe esperei muito por isso, dando continuidade ao meu ser….Meu esposo Bruno Márcio minha acompanha nesta vontade e sonho de construir nossa família , como somos muito novos, iria espera mais um pouco, mais devido ao fato de poder vim a ter certa dificuldade futura , quanto mais cedo melhor….Deus está nesta caminhada, desejo muito a todos que tem essa doença, não deixem de ter fé, pois quem em Deus crer, tudo pode”…Assim seja feita sua vontade!. Amém.fiquem na paz.

    Obrigada!

  146. Marília comenta:

    2 junho, 2012 @ 12:38 AM

    HOJE É 01/06/2012 VENHO ATRAVÉS DESSE DEPOIMENTO EXPRESSAR MINHA TRISTEZA POR TUDO QUE MEU PAI PASSOU E CONTINUA PASSANDO.
    MEU PAI JÁ VINHA ANOS COM UM POUCO DE DIFICULDADES PARA CAMINHAR,INCONTINÊNCIA URINÁRIA, CAIA COM FACILIDADES E COM O PASSAR DO TEMPO INCONTINÊNCIA FECAL TAMBÉM.NO MÊS DE DEZEMBRO DE 2010 UMA CONHECIDA FALOU PARA MINHA IRMÃ QUE EM NOSSA CIDADE TEM UM UROLOGISTA ÓTIMO E QUE ERA BOM LEVARMOS NOSSO PAI PARA VER SE ELE TINHA PROBLEMA NA PRÓSTATA LEVAMOS ELE NESSE UROLOGISTA QUE EXAMINOU MEU PAI E DISSE QUE MEU PAI NÃO TINHA PROBLEMA NENHUM NA PRÓSTATA E QUE TINHA CERTEZA QUE O PROBLEMA DO MEU PAI ERA NEUROLÓGICO E NOS INDICOU UM MÉDICO AQUI DA CIDADE AMIGO DELE E QUE ERA MUITO BOM. ENTÃO FOMOS PARA CONSULTA COM ESSE NEURO LEVAMOS NOSSO PAI ELE NOS FEZ ALGUMAS PERGUNTAS E SUGERIU INTERNAR MEU PAI PARA FAZER EXAMES E DESCOBRIR O QUE ELE TINHA,ACHEI UM POUCO ESTRANHO IRMOS PARA UMA CONSULTA E O MÉDICO PEDIR INTERNAÇÃO SÓ PARA FAZER EXAMES.MEU PAI INTERNOU À TARDE E À NOITE O NEURO FOI NO QUARTO ONDE ELE ESTAVA ACOMODADO SE APROXIMOU DO LEITO DELE , EU ESTAVA TAMBÉM PRESENTE E FALOU QUE ELE ESTAVA COM HIDROCEFALIA DE PRESSÃO NORMAL DESCOBRIU DEPOIS DE UMA TOMOGRAFIA, PRA MIM ELE JÁ PEDIU PARA INTERNAR INTENCIONALMENTE, PORQUE PELA EXPERIÊNCIA DESSE NEURO ELE JÁ SABIA O QUE MEU PAI TINHA.
    ENTÃO ELE CONVERSOU COMIGO E COM ALGUNS IRMÃOS E MINHA MÃE QUE O MELHOR ERA FAZER A CIRURGIA PARA COLOCAÇÃO DE UMA VÁLVULA SE NÃO COLOCASSE ELE IA PIORAR CADA DIA MAIS, ELE TAMBÉM FALOU QUE DEPOIS DA CIRURGIA COM UMA SEMANA MEU PAI JÁ ANDAVA SEM DIFICULDADES E QUE ELE IA MELHORAR, PERGUNTAMOS SE NÃO ERA ARRISCADO PORQUE MEU PAI TINHA 77 ANOS ELE DISSE QUE NÃO TINHA PROBLEMA FAZER E QUE ERA O MELHOR PARA ELE E QUE ESSA DOENÇA TEM MAIS INCIDÊNCIA EM IDOSOS.PRA DIZER A VERDADE ELE NÃO NOS DEU MUITO ESCLARECIMENTO PORQUE TUDO QUE PERGUNTAVA RELACIONADO A CIRURGIA ELE RESPONDIA COM POUCA TOLERÂNCIA,MUITO APRESSADO,ALGUMAS PESSOAS NO HOSPITAL FALARAM QUE ELE É UM ÓTIMO NEUROCIRURGIÃO, SÓ QUE SENTIR UMA CERTA FRIEZA NELE, ACHEI ELE MUITO APRESSADO E AGONIADO PARA FAZER LOGO A CIRURGIA E NO FINAL DA CONVERSA QUE ELE TEVE COMIGO E COM MEUS IRMÃOS QUE POR SINAL FOI NO CORREDOR DO HOSPITAL ELE FOI SAINDO E DANDO AS COSTAS PARA NOS E FALOU DECIDAM-SE E ME TRAGAM UMA ÚNICA RESPOSTA, PIS POR SINAL JÁ VOU ENTRAR DE FÉRIAS NA PRÓXIMA SEMANA E SE NÃO SE DECIDIREM VÃO OPERAR ELE EM OUTRO HOSPITAL, ENTÃO MEU IRMÃO PRECIPITADO FALOU DOUTOR JÁ ESTAR DECIDIDO PODE OPERAR E EU DISSE PARA MEU IRMÃO VAMOS COM CALMA E PEDIR OPINIÃO DE OUTROS MÉDICOS ESTOU ACHANDO ESSE MÉDICO FRIO DE MAIS E MUITO APRESSADO E ELE POR SINAL ERA MUITO IMPERIALISTA PELO FATO DE SÓ ELE E A EQUIPE DELE FAZER ESSE TIPO DE CIRURGIA AQUI, SE BEM QUE O PLANO DO MEU PAI É BOM E COBRE BONS HOSPITAIS NA CAPITAL E ERA PARA ONDE DEVERÍAMOS TER IDO NA ÉPOCA, OUTRA COISA ELE NÃO FALOU SOBRE OUTRAS OPÇÕES DE TRATAMENTO SÓ NOS INFORMOU DA VÁLVULA.
    ENTÃO NO DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2010 MEU PAI PASSOU PELA CIRURGIA PARA COLOCAÇÃO DA VÁLVULA, A CIRURGIA FOI BEM E NO DIA 28 DE DEZEMBRO DE 2010 TEVE ALTA E FOMOS PARA CASA, QUANDO COMEÇOU O MÊS DE JANEIRO MEU PAI COMEÇOU A FICAR ESTRANHO, ENGASGAR COM ALIMENTO, FEBRE, NÃO FALAVA, NÃO CONSEGUIA MAIS ANDAR PQ ANTES ELE ANDAVA POUCO, E ELE PASSOU PARA MEU PAI TOMAR HIDANTAL E HALDOL UM MEDICAMENTO DE PESSOAS COM DISTÚRBIOS, MEU PAI FICOU PARECENDO ALGUÉM QUE ESTAVA ENTRANDO EM DEPRESSÃO, LEVAMOS ELE PARA O HOSPITAL O HOSPITAL SOLICITOU O NEURO ELE DISSE QUE ESTAVA TUDO BEM COM RELAÇÃO A VÁLVULA QUE ELE TINHA COLOCADO E MEU PAI FICOU INTERNADO, POIS EXAMINARAM E DISSE QUE FOI INFECÇÃO URINÁRIA, TEVE ALTA E MÊS DE FEVEREIRO RETORNA PARA O HOSPITAL DESSA VEZ TROMBOSE PQ ESTAVA ACAMADO E POR SINAL ESTAVAMOS LEVANDO ELE PARA FAZER FISIOTERAPIA MAIS NÃO ADIANTOU E NOVAMENTE FICA INTERNADO E TOMANDO MEDICAMENTO, QUANDO MELHOROU VOLTOU PRA CASA, MAS NÃO DEMOROU MUITO PQ COMEÇOU FEBRE TODOS OS DIAS E SEMPRE NO FINAL DA TARDE.ENTÃO O NEURO PEDIU UMA TOMOGRAFIA E DISSE QUE A VÁLVULA ESTAVA OBSTRUÍDA E NO DIA 22 DE MARÇO DE 2012 O NEURO MEXE NOVAMENTE NA CABEÇA DELE PELA SEGUNDA VEZ.
    DAI ENTÃO, MEU PAI VIROU HÓSPEDE DO HOSPITAL ELE EU E UMA IRMÃ QUE SEMPRE ACOMPANHAVA ELE E NESSAS IDAS E VINDAS PARA O HOSPITAL ADQUIRIU UMA 7 ESCARAS, PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS, FICOU DESNUTRIDO PQ ERA UM HOMEM MUITO FORTE. PROCURAVA O NEURO PARA DIZER O QUE ESTAVA ACONTECENDO PQ MESMO MEU PAI COM A TAL HIDROCEFALIA TINHA UMA VIDA MELHOR DO QUE A ATUAL E ELE ME TRATAVA COM FRIEZA NEM ME DAVA ATENÇÃO UM MÉDICO MUITO FRIO.
    ESTAVÁMOS VIVENDO UM VERDADEIRO PESADELO E PARA AMENIZAR O SOFRIMENTO DO MEU PAI ENTREI NA JUSTIÇA E CONSEGUIR ATRAVÉS DO PLANO DE SAÚDE DELE O HOME CARE INTERNAMENTO DOMICILIAR E HOJE ELE TEM UMA EQUIPE MÉDICA SUA DISPOSIÇÃO É ACAMADO, NÃO ANDA MAIS, TEVE QUE COLOCAR SONDA PARA MEDICAMENTO E ALIMENTAÇÃO A GASTRO QUE É LIGADA DIRETAMENTE NO ESTOMAGO PQ NÃO COME MAIS BELA BOCA,AS ESCARAS QUE ADQUIRIU DE TANTO FICAR INTERNADO CHEGARAM ATÉ O OSSO,MAS A CARNE JÁ ESTAR SUBINDO COM AS ENFERMEIRAS CUIDANDO EM CASA, TEM QUE ASPIRAR TODO MOMENTO PQ TEM MUITA SECREÇÃO,AS ESCARAS JÁ FORAM DEBRIDADAS VÁRIAS VEZES POR UM CIRURGIÃO EM CASA PORQUE ACABAM FICANDO NECROSADAS PQ NA UTI AONDE JÁ ESTEVE VÁRIAS VEZES O PESSOAL NÃO TEM O CUIDADO QUE AS MENINAS QUE CUIDAM DELE AQUI EM CASA .
    BOM, HOJE É 01 DE JUNHO DE 2012 E FEZ 8 DIAS QUE MEU PAI ESTAR NA UTI BASTANTE SECRETIVO TEVE PNEUMONIA DE NOVO, FICOU INTUBADO, O MÉDICO RETIROU O TUBO, O MÉDICO ESTAR QUERENDO COLOCAR NOVAMENTE O TUBO PQ A RESPIRAÇÃO ESTAR FRACA E COMO SE NÃO BASTASSE ESTAM INDICANDO PARA ELE A TRAQUEOSTOMIA.ESTIVE LÁ NA UTI PRA VER E EU SÓ SAIO DE LÁ CHORANDO QUANDO VEJO O SOFRIMENTO DO MEU PAI LUTANDO PELA VIDA, A BOCA FERIDA POR CAUSA DA INTUBAÇÃO QUE FERIU A BOCA, TODO MOMENTO ASPIRAM SECREÇÃO DELE, RESPIRANDO COM A BOCA ABERTA COM BASTANTE DIFICULDADES.
    ANTES MEU PAI ANDAVA POUQUINHO MAIS ANDAVA,COMIA,CONVERSAVA,O PESSOAL AQUI ACHAVA QUE A INCONTINÊNCIA URINÁRIA E FECAL DELE ERA UM PROBLEMA SÓ QUE ELE ESTAVA MELHOR MIL VEZES DO QUE HOJE, VIVENDO A BASE DE APARELHOS E MEDICAMENTO E VIVO EM PRIMEIRO LUGAR PELA MISERICÓRDIA DE DEUS.
    ESTOU AQUI ESCREVENDO ESSA HISTÓRIA COM AS PALAVRAS MEIO QUE DESARRUMADAS PEÇO DESCULPAS, PARA DESABAFAR A DOR QUE SINTO É MUITO GRANDE PORQUE A AQUELE NEURO SÓ PENSOU NO DINHEIRO PORQUE ELE SABIA QUE A IDADE DO MEU PAI NÃO IA AJUDAR E MESMO ASSIM FEZ A CIRURGIA E FEZ MEU PAI PASSAR POR TODO ESSE SOFRIMENTO. SEI QUE COM O TEMPO JÁ QUE MEU PAI ESTAVA COM A HIDROCEFALIA PODERIA ATÉ PIORAR SÓ QUE NÃO SERIA COM TODO ESSE SOFRIMENTO QUE ELE PASSOU E ESTAR PASSANDO.
    TODA VEZ QUE VOU NA UTI LEIO A BÍBLIA, ORO, PARA ELE E EU VEJO NO OLHAR DELE O QUANTO ELE DESEJA ESTAR VIVO EU PEÇO PARA ELE CONFIAR EM DEUS PORQUE DEUS FAZ O IMPOSSÍVEL ACONTECER E ELE RESSUCITOU LÁZARO QUE JÁ ESTAVA MORTO HÁ 4 DIAS.
    PEÇO A DEUS QUE TIRE TODO SENTIMENTO CONTRÁRIO DO MEU CORAÇÃO COM RELAÇÃO A ESSE NEURO.A NOSSA FAMÍLIA ACEITOU A CIRURGIA PORQUE O NEURO NOS DEU ÓTIMAS EXPECTATIVAS E NOS QUERÍAMOS O MELHOR SÓ NÃO SABÍAMOS QUE O RESULTADO SERIA ESSE.
    GENTE, ME PERDÕE O DESABAFO , POR ISSO ANTES DE OPERAR PEÇA OPINIÃO DE OUTROS MÉDICOS, MAS SOBRETUDO SABEDORIA AO SENHOR DEUS.
    QUE OS ANJOS DO SENHOR ESTEJAM ACAMPADOS DIA E NOITE AO REDOR DO LEITO DELE NAQUELA UTI AMÉM!!!!

  147. Juliana Goedert comenta:

    25 junho, 2012 @ 10:27 AM

    Olá meu nome é Juliana, tenho 31anos,quando eu tinha 15 anos tive cisticercose no cerebelo, fiz uma neurocirurgia,foram retirado todos os cisticercos, não tive nenhuma sequela, 15 anos se passaram nunca mais tive nada, vida normal, sou casada 3filhos lindos e perfeitos; de um ano para cá venho tendo dores de cabeça, tonturas de sensação cabeça leve, algumas fisgadas fortes na cabeça e um leve zumbido no ouvido a noite! procurei um neuro, que me pediu uma tomografia de cranio,ainda não retornei a consulta,semana que vem é o dia da consulta, mas estou preocupada com o resultado, a conclusão da TOMOGRAFIA foi;DISCRETA DILATAÇÃO DOS VENTRÍCULOS LATERAIS,SEM SINAIS DE HIPERTENSÃO LIQUÓRICA. Estou bem preocupada, alguém sabe alguma coisa sobre esta conclusão, espero ansiosamente respostas!OBRIGADA! FIQUEM TODOS COM DEUS! MEU EMAIL julianagoedert@hotmail.com

  148. Elaine Cassiano comenta:

    10 julho, 2012 @ 10:17 PM

    Meu esposo tem 39 anos e a 5 meses deu miningite nele e ele teve um abcesso cerebral, retirou a bactéria que estava envolto numa capsula e dias depois verificou-se que ele estáva com hidrocefalia e o médico nos orientou dizendo que ele teria que colocar uma DVP faz em torno de 2 meses ele colocou e agora ele tá com dor de cabeça do lado que está a derivação essa dor está persistindo todos os dias o médico mandou ele tomar dipirona 1 mg de 6 em 6 horas mas estou preocupada com isso! podem nos ajudar? Ele ficou 98 dias internado foi e está sendo muito dificil……Aguardo.

  149. marcia comenta:

    18 setembro, 2012 @ 9:52 AM

    minha filha colocou a valvula com 7 meses de idade e trocou com 14 ano 2 vezes, hj ela tem 15 anos e um menina linda,a unica sequela que ficou foi na escola ,ela aprende mas não igual as outras crianças,mas tambem ela não gosta de escola e nem de fazer nada tudo que eu coloco ela sai,só que no computador, cantar,celular não tem para ninguem e não vez nem um curso para nada disso,mas fico preocupada não tem amigos e é linda mas começa namorar e longo os meninis larga dela,e ela é tão carinhosa com eles apesar que o medico falou que ela vai casar e tem uma vida noprmal,mas morro de medo pois ela é muito imatura e qualquer um leva ela no bico,mas estou muito feliz porque ela uma benção de DEUS,e sei que nós vamos vencer ,pois deixo um recado para todos que passa por isso o outra coisa crê no DEUS vivo que tudo ele pode pois ele é o DEUS DO IMPOSSIVEL<DEPOIS QUE DEIXEI JESUS entrar na minha vida estou beem mas conformada e sei que ele tem algo para minha vida e da minha filha.filha te amo vc é muito importante para mim mas é mas importante para JESUS então entrega sua vida nas mãos dele que vc vencerá todos os obstaculo

  150. Ana Justino comenta:

    21 setembro, 2012 @ 1:49 PM

    Minha mãe tem 78 anos e a uns três anos começou a viver os sintomas da hidrocefalia mas os médicos dizeiam que era parkinson, faz uns 5 meses que através de uma ressonância e uma cintilografia, apareceu a hidrocefalia. Ela andava somente com ajuda de andador, não fazia mais nada sozinha e tinha perda urinária, Faz 10 dias que colocou a válvula e no hospital já notamos melhoras. Agora passados os 10 dias ela já anda sozinha, está muito feliz. Agradecemos a Deus pela resposta que ela teve ao colocar a válvula e oramos para que ela continue a responder bem ao tratamento. Não desistam de procurar ajuda, mas a escolha do médico é essencial. Jesus tem o melhor para nós, é só pedirmos e confiar nele.

  151. Caetano comenta:

    18 dezembro, 2012 @ 2:00 PM

    Ola Francisca, eu tenho uma filinha que hj esta com 5 meses de vida, ela fez a derivação aos oito dias vida, ela graças a Deus é normal. porem tem dificuldades para mamar, nunca pegou no peito, ate hj ela ainda não sorriu e apresentação uma paralização da face…hj estou preocupada com seus reflexos, porem ela esta fazendo acompanhamento cm o fono, fisio e neuro..Gostaria de saber cm e o desemvolvimento de seu anjinho…obrigada e fica com Deus…não so a vc, mas a todos !!

  152. geane comenta:

    12 fevereiro, 2013 @ 12:22 AM

    Boa noite a minha duvida e o seguinte minha sobrinha operou da hidrocefalia com 6 meses de vida e hoje ela tem 10 anos ela fala que ñ esta enchegando da vista direita e esta reclamando muito de dor na coluna e na cabeça gostaria de saber se todos este sintomas e por causa da hidrocefalia ela esta internada mais os medicos ja fizeram varios exames e eles fala que os exames não deu nada estou muito preocupada com o estado de saude dela …

  153. Thallulah comenta:

    17 fevereiro, 2013 @ 9:40 PM

    Boa noite a todos! Tenho 28 anos e ano passado fiz uma cirurgia de emergência (cheguei ao hospital num estado de pré-coma) para colocação da válvula DVP. Minha hidrocefalia eh Chiari II, congênita, porém não passei pela cirurgia na infância por meus pais considerarem de muito risco…tive um desenvolvimento normal, sem nenhuma sequela ou dificuldade de estudo….fiz faculdade….pós graduação…adoro estudar…prestei vários concursos e hoje estou num trabalho que gosto muito. No começo desse ano, tive uma nova crise de dor de cabeça, porém a pressão intracraniana está normal…porém tive uma mudança de comportamento…de humor…fiquei quieta….como se estivesse alheia ao mundo…então há uma dúvida se o que me deu é um resquício da hidro ou algum transtorno de humor…coisas assim….essa semana vou aos médicos para ver o que eles acham…mas estou levando a vida normalmente….quem quiser conversar sobre…estou a disposição…..gostei de achar esse site….e aos que possuem essa doença ou conhecem alguém que tenha…não desistam nunca, pois eu particularmente acredito que acima de tudo existe um Deus que olha por todos nós e sabe o que cada um de nós precisa…..abraços a todos!!!!!

Deixe seu comentário aqui !