//*** MARCEL => "pub-4189979764094081"; //*** ANA => "pub-2835477731727458"; /*** INDEX ***/ function AdSense_Topo_Index() { } /*** INDEX SEGUNDO POST ***/ function AdSense_Index_Segundo_Post() { } /*** PAGE / SINGLE ***/ function AdSense_Topo_PageSingle() { } /*** LINK ***/ function AdSense_SideBar_Link() { } /*** 404 NOT FOUND ***/ function AdSense_404_Topo() { } /*** 500 ERROR ***/ function AdSense_500_Topo() { //*** EDITE O ARQUIVO 500.shtml } /*** FRAME ***/ function AdSense_Frame_Topo() { //*** EDITE O ARQUIVO frame.htm } /*** SINGLE TOPO ***/ function AdSense_Single_Topo() { } /*** SINGLE RODAPE ***/ function AdSense_Single_Rodape() { } /*** PAGE TOPO ***/ /*** PAGE RODAPE ***/ /*** INDEX SEGUNDO POST ***/ function AdSense_Sidebar_Busca() { echo ( '
Google
' ); } ?> 2007 outubro 22

Arquivo de 22/out/2007





22 - out

Colesterol – Previnindo as altas taxas

Categoria(s): Cardiogeriatria, Gerontologia, Nutrição

Colesterol – Previnindo as altas taxas

 

Medicina popular

FrutasMuitas pessoas só pensam em iniciar uma boa alimentação quando os seus exames sangüíneos mostram aumento do colesterol, e esquece que ele não subiu da noite-para-o-dia, e sim, é resultado de inúmeros hambúrguer com batata fritas. Pois, embutido neste simples lanche está o colesterol, uma substância perigosa para a saúde.

Veja mais: Entendendo o colesterol

O grande vilão do colesterol é a sua fração LDL (colesterol perigoso), que se infiltra nas paredes das artérias e causa a chamada aterosclerose, responsável pelo entupimento das artérias, infartos e derrames cerebrais.

Fazer exercícios físicos, não fumar, ingerir alimentos saudáveis e, principalmente, conter o apetite insaciável são fatores que contribuem para a redução da taxa de colesterol LDL no organismo, protegendo-o dos seus efeitos danosos.

O nível do colesterol HDL (colesterol bom) deve estar sempre alto pois ele “limpa” a sujeira do organismo.

Veja mais – Colesterol Bom e Colesterol Ruim

Importante

O colesterol não pode ser abolido de vez da dieta alimentar, por ser constituinte dos hormônios testosterona (no homem) e estrogênio (na mulher). Além de ser importante para a produção dos ácidos biliares que ajudam a absorção das gorduras, sintetiza a vitamina D, imprescindível para os ossos, e é vital para manter as membranas que protegem as células.

Dicas de SAÚDE

Inclua sempre verduras cruas nas refeições.
Evite ingerir alimentos que contenham gorduras.
Na hora do preparo do frango ou do peixe, por exemplo tire toda a pele dos mesmos.
Procure usar suplementos alimentares ricos em vitaminas C e E , complexo B e lecitina de soja. Isto ajudará a reduzir a taxa de LDL no sangue.
Troque o leite comum pelo desnatado embalado em caixa. Os outros tipos contém altíssimo nível de gordura.
Não se automedique.
Coma alimentos ricos em fibras, como pão integral, aveia e farinha integral. Os alimentos fibrosos têm dupla vantagem: além de reduzir as taxas de colesterol, são bons auxiliares em dietas de emagrecimento, porque dão a sensação de saciedade.
Reduza o consumo de carne bovina e suína.
Coma, o máximo, quatro gemas de ovos por semana.

O poder da maçã – Entre uma série de frutas que devem ser consumidas, destaca-se a maçã, na qual cientistas encontraram a fórmula perfeita. Na França, foi realizada uma pesquisa com um pequeno grupo de pessoas saudáveis de meia-idade, dando-lhes, durante um mês, três maçãs por dia. Ao final do teste, o nível do LDL havia diminuído em 80% dos testados e o do HDL, aumentado.

Muitas pessoas acham que, por usar óleo vegetal, seja de soja, granola ou girassol, ou mesmo o azeite de oliva, que não contém colesterol, estão reduzindo o nível de gordura. Só que isto é um engano. Ao esquentar o óleo para um refogado, por exemplo, a gordura se torna saturada. O ideal seria cozinhar os alimentos no vapor e depois, se for o caso, acrescentar apenas um pouco de óleo por cima.

Recomendações dietéticas para as pessoas com hipercolesterolemia

ALIMENTOS PROIBIDOS

Evitar frituras
Gema de ovo, maionese, chantilly, requeijão, leites e derivados (manteiga, creme de leite, yogurte, queijos amarelos e cremosos).
Chocolate, coco, (manteiga de cacau e óleo de coco), óleo de dendê (palma), banha.
Embutidos (salame, presunto, patê, salsicha, linguiça, etc)
Bacon.

ALIMENTOS DE USO MODERADO

Vaca, frango, coelho desprezar as gorduras e as peles.
Miúdos (figado, rins, etc)
Presunto magro, peixes sem pele, soja, grão de bico, ervilha e lentilha.
Nozes, amendoim, castanha do Pará, castanha de caju.
Abacate.

ALIMENTOS PERMITIDOS

Leite completamente desnatado, chá, café, queijo branco, ricota, margarina, clara de ovo.
Pão, macarrão, sagu, fubá, mandioca, araruta, arroz, milho, feijão, aveia, batata, legumes e verduras
(exceto as incluídas no item acima)
Açúcares e doces
Todas as frutas citricas e sucos naturais

Tags: , , , , , ,

Veja Também:

Comments (14)    




" A informação existente neste site pretende apoiar e não substituir a consulta médica.
Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança "
do_action('wp_footer'); ?>