//*** MARCEL => "pub-4189979764094081"; //*** ANA => "pub-2835477731727458"; /*** INDEX ***/ function AdSense_Topo_Index() { } /*** INDEX SEGUNDO POST ***/ function AdSense_Index_Segundo_Post() { } /*** PAGE / SINGLE ***/ function AdSense_Topo_PageSingle() { } /*** LINK ***/ function AdSense_SideBar_Link() { } /*** 404 NOT FOUND ***/ function AdSense_404_Topo() { } /*** 500 ERROR ***/ function AdSense_500_Topo() { //*** EDITE O ARQUIVO 500.shtml } /*** FRAME ***/ function AdSense_Frame_Topo() { //*** EDITE O ARQUIVO frame.htm } /*** SINGLE TOPO ***/ function AdSense_Single_Topo() { } /*** SINGLE RODAPE ***/ function AdSense_Single_Rodape() { } /*** PAGE TOPO ***/ /*** PAGE RODAPE ***/ /*** INDEX SEGUNDO POST ***/ function AdSense_Sidebar_Busca() { echo ( '
Google
' ); } ?> 2007 outubro 19

Arquivo de 19/out/2007





19 - out

A Caravana da vida

Categoria(s): Gerontologia, Programa de saúde pública, Sociologia

Sabedoria

Colaboradora: Dra Lucia Carolina Struckel Miguel *

* Médica Internista e homeopata
Visão Global do Envelhecimento

O envelhecer é inexorável, como também é o viver.
Há que se planejar bem a vida, como se planeja uma jornada pelo deserto, para que a chegada ao destino seja calma, as dificuldades previsíveis, e se não o forem, que tenhamos as armas necessárias as nossas mãos para combate-las.

Caravana

Como a caravana que atravessa o deserto necessitamos, durante a vida de provisões, para nos mantermos, de água, de transportadores para nos provisões, de um sistema de defesa, que nos proteja de eventuais ataques de inimigos, de perfeita harmonia e entendimento entre todos os elementos participantes desta caravana, para que nada, nem ninguém se perca no deserto. Nada pode ser em excesso, pois sobrecarrega o sistema, nem faltar, pois dificulta o andamento da caravana, atrasando-a e os prejuízos são incomensuráveis.

Todo o planejamento genético já vem sendo feito e adaptado as condições da TERRA, há bilênios, porém esta jornada não tem fim, com modificações cada vez mais rápidas e importantes para a adaptabilidade dos seus as condições mutáveis do ambiente.

Ao lado da genética já determinada, ou seja, a rota a seguir, há que se curvar as normas hipocráticas, higieno dietéticas, exercícios e repouso comedidos, equilíbrio no organismo, todos os elementos responsáveis para o seu bom desempenho. Isto Hipócrates já prescrevia.

Mas, não podemos atravessar um deserto e seguir uma rota baseado apenas em normas empíricas que nos apóiam em nossa jornada. Precisamos de um guia experiente e sábio e dê meios dos mais modernos que nos ajude.

Como diria Asclepiades, de modo rápido, seguro e agradável completar esta jornada. Este guia que segura o bastão de Esculápio, deve seguir com a caravana, mantendo uma relação guia-guiados, de confiança, humildade, cumplicidade e zelo, dignidade e serenidade. Decidindo cada passo da caravana com conhecimento, e com o espírito livre de desconfianças e preconceitos.

A mais importante tarefa deste guia é a manutenção da rota a ser seguida, reforçada, preservando a integridade física de todos os participantes e da caravana como um todo. E assim, provida de um trota específica, de provisões, de carregadores, de serviçais para os serviços diários, que mantenham todos energeticamente dispostos, de defensores dos possíveis ataques inimigos, de armas próprias ao deserto a ser atravessado, de um guia experiente.

A caravana entra no deserto, e segue em busca de seu destino. Porém, por mais que sejam os cuidados e maior a tecnologia utilizada, os agressores estão sempre à espreita, e, mais cedo ou mais tarde, a rota será interrompida por estes vilões, e os combates serão inevitáveis.

Se os vilões atacarem a caravana no início da jornada seus elementos estarão fortes, descansados, alimentados, rápidos nos ataques e defesas, agrupam-se, e dispersam-se com uma rapidez invejável, limpando o terreno da batalha seguindo em frente, recuperando-se dos traumas em tempo recorde.

Se os agressores chegarem no meio da jornada, a caravana já não está tão rápida, tão alerta, já apresenta sinais de cansaço, os agrupamento para a defesa não são tão precisos, a dispersão não é tão eficiente. A limpeza d terreno não é tão bem feita, e a energia gasta para a recuperação dos traumas e regeneração da rota a ser seguida é muito maior. Sendo necessários temo, provisões e medicamentos, em quantidade maior que no início , E assim conforme a travessia vai sendo feitos, os sinais de cansaço físico, psicológico, e espiritual vão se manifestando, exigindo do guia desta caravana, cuidado muito mais acurado, observação maior, e conhecimento maiores aliando os fatos ocorridos desde o inicio da jornada, até sua fase crepuscular, procurando prevenir mais do que nunca, desgaste natural desta empreitada, tão mais difícil e quanto mais longe fica de sua origem, em mais próxima do ponto de chegada. Neste ponto, a reação aos estímulos externos e as inferências danosas são mais lentas e fracas. As reações as infecções ou a qualquer outra patologia são menos pronunciadas e a regeneração bem mais lenta.

A habilidade de adaptar-se as mudanças da rota fica cada vez menor. A taxa metabólica basal vai diminuindo, a necessidade de provisões se torna menor também e a margem de segurança física fica cada vez mais estreita, Se as provisões desta caravana vão minguando esta situação se torna mais e mais mítica e as deficiências passam a ser visíveis. Os inimigos desta caravana, sempre a espreita, notam o enfraquecimento do sistema, como um todo, e passam a atacar, regularmente, aproveitando-se mais e mais das lacunas que vão se abrindo.

O tempo é … para tomada de decisões e obter o controle de uma ação precisa aumenta a execução de movimentos coordenados e guiados visualmente exigem duas vezes mais tempo que o necessário para os iniciantes da jornada.

A memória de curta duração é reduzida, o rastreamento da memória passa a ser mais desorganizada e a busca de material armazenado é mais lenta. Então os grandes vilões aparecem e instalam-se e medidas devem ser tomadas para que a caravana chegue a seu destino sem grandes perdas.

Tags: ,

Veja Também:

Comentários    




" A informação existente neste site pretende apoiar e não substituir a consulta médica.
Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança "
do_action('wp_footer'); ?>