01 - ago
  

Fisiologia da dor

Categoria(s): Dicionário




 Dicionário

A origem da dor pode ser central (Sistema nervoso central) ou periférica. Nesta última são encontradas alterações nos distintos subtipos de fibras nervosas, enquanto na dor central as alterações são mais complexas e envolvem vias aferentes, diferentes circuitos cerebrais e a modulação descendente. (Veja a figura)

A fisiologia da condução de um estímulo nervoso envolve quatro componentes funcionais, que podem transformar os sinais de entrada em liberação de neurotransmissores (Ex. bradicinina, prostaglandinas e substância P).

fisiopatologia da dor

O primeiro componente funcional é um sinal de entrada (input) que, após fazer contato com um receptor dendrítico com suficiente intensidade, induz a geração de um potencial receptor, o que transforma um estímulo sensitivo doloroso em sinal elétrico local.

O segundo componente funcional é o sinal de integração. Como o potencial receptor local não pode por si gerar um potencial de ação, deve ser modificado por uma transmissão ativa adicional. Caso os potenciais do receptor desenvolvam uma soma integrada suficientemente excitatória, será iniciado o potencial de ação. Caso não se gere esse potencial de ação, o sinal de entrada se dissipa sem que haja resposta perceptível.

O terceiro componente funcional da condução nervosa é a propagação continuada d potencial de ação para a medula espinhal. O axônio nervoso é o componente anatômico do sistema nervoso responsável pela propagação do potencial de ação. A lesão traumática do axônio é comum, devido à fia freqüentemente longa e tortuosa até a medula espinhal, que torna o axônio vulnerável a uma lesão.

O quarto componente funcional é a ascenção do estímulo às estruturas do sistema nervoso central. O corno dorsal é a região da medula espinhal cujo propósito principal é receber o estímulo aferente (que chega da região da lesão), modifica o sinal de entrada de acordo com as influências descendentes dos centros cerebrais superiores e liberar a informação resultante aos centros cerebrais superiores para continuar o processo de compreensão da dor e do local de lesão.

Fibras aferentes

As fibras aferentes finas (A delta e C) conduzem informação nociceptiva (dor) e terminam na lâmina superficial do corpo dorsal (lâmina de Rexed II – substância gelatinosa). As fibras aferentes grossas (A beta) terminam em lâminas de Rexed III ( e ainda mais profundamente) e conduzem sensações táteis.

Neurotransmissores

O glutamato e a substância P são os principais neurtransmissores nociceptivos das fibras aferentes A delta e C.

Bibliografia:

Ferrel BA. Pain management in elderly people. J Am Geriatr Soc 1991; 39: 64-73.

Thomas E, Peat G, Harris L, Wilkie R and Croft PR. The prevalence of pain and pain interference in a general population of older adults: cross-sectional findings from the North Staffordshire Osteoarthritis Project (NorStOP). Pain 2004; 110(1-2): 361-368.

Davis, MP and Srivastava, M. Demographics, Assessment and Management of Pain in the Elderly. Drugs Ageing, 2003: 20(1):23-57.

Tags:




Comentário integrado ao Facebook:


8 Comentários »

  1. luciano comenta:

    16 agosto, 2008 @ 3:55 PM

    Existe algum tipo de exame que verifica se alguém está dando remédio ou calmante para uma pessoa sem ela saber?

  2. Rosilene comenta:

    25 novembro, 2008 @ 3:41 PM

    achei interessante esta pesquisa, afinal de contas não se comenta tanto a respeito destes assunto, cheguei pensar que nem haveria respostas para esta questão. gostaria de saber se dor emocional possui algum medicamento para ameniza-la?

  3. juciene lopes comenta:

    26 novembro, 2008 @ 10:12 AM

    achei interessante,descobrir coisas
    que nem imaginava…
    apesar de ja ter passado por varios tipos de dor

  4. fernanda comenta:

    30 março, 2009 @ 8:15 AM

    nossa, realmente fisiologia é uma matéria muito complexa, eu ainda apanho muito para entendê-la são muitos detales, o corpo humano é realmente uma máquina muito perfeita cheia de detales!!! espero um dia compreender por completo seu funcionamento!

  5. ADRIANA GONÇALVES comenta:

    3 junho, 2009 @ 6:17 PM

    HOJE EU ESTAVA PRECISANDO DE UM ARTIGO PARA UM TRABALHO DA FACULDADE ,ACHEI O SEU, E GOSTEI MUITO ,POIS ELE É BEM CLARO !!!! FACILITANDO O ENTENDIMENTO DE QUALQUER LEITOR!!!!!!!

  6. xde3 comenta:

    17 setembro, 2009 @ 1:06 PM

    isso é muito bom agora toda as vez q eu machucar eu sei a onde vem a dor

  7. Eloane Pereira de Lima comenta:

    24 março, 2010 @ 4:57 PM

    Gostaria de fazer um projeto para iniciar uma dissertação com a seguinte linha de pesquisa: dinamica temporal da interação entre o processamento atencional e emocional em humanos…. podem me mandar sugestoes de tema para essa linha de pesquisa porfavor. obrigada

  8. Alexandre comenta:

    25 fevereiro, 2011 @ 1:40 PM

    Buito bem resumido e explicado ta de parabens

Deixe seu comentário aqui !