28 - jul
  

Osteoporose – Tratamento medicamentoso

Categoria(s): DNT, Fisioterapia, Reumatologia geriátrica




Resenha

Colaboradora : Sandra Chiavegato Perossi

* Fisioterapêuta, especializada no método Pilates, Pós-graduanda do Curso Saúde e Medicina Geriátrica – METROCAMP

osteo3Na fase inicial, enquanto a osteoporose é assintomática, a abordagem clínica é feita pela investigação dos fatores de risco. O diagnóstico deve ser suspeitado quando o indivíduo apresenta, pelo menos, três fatores de risco.

À medida que aumenta a perda óssea relativa à idade, a densidade óssea diminui, alcançando o limiar de fratura e, em conseqüência, os doentes com menor massa óssea terão maior tendência à fratura. A seqüência patogênica neste tipo de osteoporose envolve dois elementos fundamentais: diminuição de formação óssea por provável deficiência osteoblástica, e maior atividade paratiroideana conseqüente a menor absorção de cálcio por deficiência renal na formação de vitamina D.

A incidência e prevalência da osteoporose e fraturas aumentam com a idade. Aproximadamente 15% dos adultos jovens têm osteopenia e 0,6%, osteoporose. A osteoporose é tão comum quanto outras doenças, como a hipertensão arterial, o diabetes mellitus e a hipercolesterolemia. O risco de uma mulher apresentar fratura é maior do que o risco de apresentar câncer de mama e/ou útero. A osteoporose pode acometer homens e mulheres. Em média, um em cada quatro mulheres após os 50 anos de idade tem osteoporose, comparados com um em cada oito homens na mesma faixa etária.
Diversos autores estimaram que, aproximadamente, 32% das mulheres e 17% dos homens, que viverem até os 80 anos de idade, terão fratura de fêmur.

Tratamento medicamentoso

Uma esquematização didática que pode auxiliar na terapêutica deve incluir os seguintes estados de atividade metabólica:

1. Aumento global da atividade óssea, caracterizada por elevação da fosfatase alcalina e da excreção urinária de hidroxiprolina; o aumento da excreção urinária de AMP-c auxiliará na caracterização de atividade paratireoideana aumentada;

2. Elevação predominante da reabsorção óssea, avaliada por excreção urinária aumentada de hidroxiprolina;

3. Deficiência de mineralização, caracterizada por elevação da fosfatase alcalina e baixa excreção urinária de cálcio e hidroxiprolina;

4. Inatividade óssea, quando todos os índices de formação e reabsorção estiverem dentro dos limites da normalidade.

1. Terapia de reposição hormonal

O metabolismo ósseo é particularmente afetado pela falência hormonal que se instala com a menopausa. Nessa ocasião, a quantidade de osso reabsorvida aumenta agudamente, enquanto a quantidade de osso formado aumenta moderadamente.
A terapia de reposição hormonal é a principal forma de prevenção e uma das formas de tratamento da osteoporose pós-menopausa. Possui fortes evidências quanto à segurança e à eficácia, tanto para aumento da massa óssea e redução do número de fraturas quanto pelos efeitos sistêmicos protetores (redução dos níveis de colesterol, prevenção de enfermidades cardiovasculares, da doença de Alzheimer e do câncer de cólon).

A limitação à terapia estrogênica tem sido o risco de desenvolvimento de câncer de mama e de endométrio.

Devido a esses diversos posicionamentos, muitos oncologistas e ginecologistas preferem tratar os sintomas da menopausa nessas mulheres com fitoestrogênios e tibolona e utilizar outras medicações para minimizar os efeitos deletérios da privação estrogênica em outros tecidos, tais como bisfosfonatos para massa óssea e prevenção de fraturas, estatinas para o perfil lipídico e anti-hipertensivos e/ou antiagregantes plaquetários para melhor proteção cardiovascular.

2. Bisfosfonatos

Os bisfosfonatos são análogos ao pirofosfato e atuam inibindo a reabsorção óssea, por meio da absorção da droga à matriz óssea. A cadeia lateral determina a maior ou menor capacidade dos bisfosfonatos inibir a ação dos osteoclastos, sem inibir a mineralização óssea. São empregados, predominantemente, no tratamento da doença de Paget, hipercalcemia maligna e na prevenção e tratamento da osteoporose e no tratamento da osteoporose induzida pelos corticosteróides.

Os derivados dos aminobisfosfonatos (alendronato, pamidronato e risedronato) parecem conferir alta potência, sem aumentar os efeitos sobre a mineralização óssea ou alterar sua afinidade pela hidroxiapatita.

A principal limitação para o uso dos bisfosfonatos é a sua má absorção intestinal (0,7% a 10% da dose oral). A absorção intestinal ocorre, principalmente, no intestino delgado e piora com a presença de alimentos ingeridos concomitantemente. Por isso, sua ingestão deve ser realizada em jejum ou duas horas longe das refeições. De 20% a 50% dos bisfosfonatos absorvidos ligam-se aos ossos, o restante é rapidamente excretado na urina.

Embora a meia-vida dos bisfosfonatos seja pequena, o tempo de permanência no organismo e nos ossos é longo, podendo durar dez ou mais anos, dependendo do tempo de remodelação do tecido ósseo.

O alendronato pode ser usado na dose de 5 mg/dia para prevenção da osteoporose e de 10 mg/diariamente ou 70 mg uma vez por semana para o tratamento da osteoporose.

O risedronato foi aprovado para prevenção e tratamento da osteoporose na dose de 5 mg/dia. Na doença de Paget, a dose preconizada do alendronato e do risedronato é de 40 e 30 mg/dia, respectivamente.

O pamidronato pode ser utilizado para o tratamento da hipercalcemia e da doença de Paget na dose de 60 mg por infusão endovenosa, divididos em duas tomadas, com intervalos de uma semana.

A revisão da literatura sugere que todos os bisfosfonatos utilizados no tratamento de osteoporose, independentemente da via e do modo de administração, aumentaram significativamente a densidade óssea e reduziram a incidência de fraturas em torno de 50%. Poucos efeitos colaterais têm sido descritos com o uso dos bisfosfonatos, sendo a intolerância gastrointestinal o sintoma mais relatado. A injeção rápida de grandes quantidades de bisfosfonatos pode precipitar falência renal aguda, erupção cutânea, cefaléia e febre transitória. O risco de defeitos de mineralização observados com o etidronato é quase ausente com o uso dos aminobisfosfonatos.

3. Calcitonina

A calcitonina é um regulador endógeno da homeostase de cálcio, que age, principalmente, no osso e tem como seu principal efeito biológico a inibição da reabsorção óssea pelos osteoclastos, por meio da ligação com receptores específicos. Além de seu efeito metabólico sobre o osso, a calcitonina tem efeito analgésico significativo, podendo ser utilizada no alívio da dor associada as fraturas por osteoporose, metástases ou neoplasias ósseas, doença de Paget, algoneurodistrofia e pancreatite aguda.

O mecanismo de alívio da dor não é conhecido, mas algumas explicações têm sido aventadas, tais como aumento dos níveis de b-endorfinas circulantes; interferência com o fluxo de cálcio na membrana neuronal, particularmente, em nível central; inibição da síntese da PGE2 e ação direta nos receptores do sistema nervoso central. A dose recomendada para o tratamento da osteoporose é de 200 UI/dia. Também pode ser usada para o tratamento da síndrome complexa de dor regional.

Alguns pacientes se tornam resistentes à ação da calcitonina com o tratamento a longo prazo, sendo reconhecida a formação de anticorpos neutralizantes em um grande número de pacientes. Entretanto, os títulos de anticorpos não são acompanhados de diminuição na eficácia. A resistência pode ocorrer mesmo na ausência de anticorpos e alguns pacientes apresentam boa resposta com o uso de calcitonina mesmo na presença desses anticorpos. Os principais efeitos colaterais são náuseas, vômitos, calor e vermelhidão facial. A aplicação do fármaco por via nasal melhorou sensivelmente a tolerância e a aceitação do tratamento com calcitonina pelos pacientes.

4. Moduladores seletivos do receptor de estrogênio

O raloxifeno é o mais moderno modulador seletivo do receptor de estrogênio (Selective oestrogen receptor modulators – SERM) e possui propriedades estrogênica e antiestrogênica, dependendo do tecido em foco. Assim, no sistema ósseo e cardiovascular possuem ação estrogênica, enquanto na mama e no endométrio, ação antiestrogênica.

Utilizada habitualmente na dose de 60 mg/dia, no tecido ósseo, atua ativando o gene que codifica o fator de transformação b, o qual junto com outras citocinas induzem a diferenciação de osteoblastos e estes por sua vez, inibem e encurtam a vida média dos osteoclastos. Está indicado para o tratamento da osteoporose. Os principais efeitos colaterais são náuseas, vômitos, tromboflebite, fenômenos tromboembólicos, acentuação dos sintomas da menopausa (fogachos) e cefaléia.

5. Cálcio e Vitamina D

O cálcio reduz a perda óssea em idosos, principalmente no sexo feminino. Alguns estudos sugeriram redução na incidência de fraturas em pacientes que receberam suplementação de cálcio, porém os dados são insuficientes para uma conclusão definitiva.

Geralmente o cálcio é prescrito na dose diária de 500 mg a 1.000 mg, associado a 400 UI a 800 UI de vitamina D. A administração conjunta de cálcio e vitamina D, durante três anos, determinou redução de 27% na incidência de fraturas em idosos institucionalizados com média de idade de 84 anos.

O cálcio tem papel fundamental na manutenção da integridade estrutural do esqueleto, pois confere maior resistência mecânica ao impacto. De modo geral, a redução da massa óssea é resultante da baixa aquisição óssea durante o crescimento ou do aumento da perda óssea durante a vida adulta, em especial após a menopausa. Na maioria dos estudos, a baixa ingestão de cálcio não limita o crescimento longitudinal ou transversal do osso. No entanto, dietas pobres desse nutriente resultam em osso com menor e mais fina espessura cortical e trabecular.

Baseando-se na compreensão dos ciclos de modelação (aumentar a síntese da matriz) e de remodelação (reduzir a degradação da matriz) óssea, concluiu-se que o simples aumento da ingestão de cálcio não é suficiente para influenciar sobre a massa óssea. Evidências histológicas mostram que a osteoporose não resulta apenas do excesso de tecido não mineralizado (matriz protéica osteóide), mas sim da menor quantidade de osso normalmente mineralizado. Assim, a oferta adequada desse elemento não é suficiente para impedir o desenvolvimento da osteoporose, uma vez que outros fatores também estão envolvidos na fisiopatologia, predominantemente o aumento da reabsorção e/ ou diminuição da formação óssea.

As principais fontes alimentares de cálcio provêm do leite e seus derivados, com exceção da manteiga e do creme de leite. Na ausência dos produtos lácteos dificilmente se conseguirá atingir as quantidades recomendadas, pois as outras fontes são relativamente pobres neste elemento. Outros produtos ricos em cálcio são os vegetais como espinafre, agrião, brócolis e couve.

A vitamina D é essencial para otimizar a absorção intestinal de cálcio – transporte ativo. Para a síntese da vitamina D é necessária a integridade de diversos passos metabólicos Homens e mulheres na pré-menopausa devem receber suplementação de 200 a 400 UI/dia, quando a exposição solar for menor do que 15 minutos. Mulheres após a menopausa, sem terapia de reposição hormonal, adultos com doenças crônicas, ou em uso de corticosteróides, e idosos devem receber 400 a 800UI/ dia de calciferol (metabólito inativo) ou de 0,25 a 0,5 mg/ dia de calcitriol (metabólito ativo).

Se o calciferol for aviado, recomenda-se fazê-lo em cápsulas gelatinosas e escuras. O frasco também deve ser escuro, devido ao risco de conversão pelos raios ultravioleta.

Referências:

1. Carvalho Filho, E.T.;Papaléo Neto, M. – Geriatria: Fundamentos, Clinica e Terapêutica –2. edição – Ed. Atheneu – São Paulo, SP, 2006.

2. Fernandes, C. E. e col. – Osteoporose: Como diagnosticar e tratar – Revista: Revista Brasileira de Medicina – Edição: Dez 00 V 57 N 12 – Osteoporose – [on line]
3. Frontera, W.R.; Dawson, D.M.; Slovik, D.M. – Exercício Físico e Reabilitação – Artmed – Porto alegre, RS, 1999.

4. Pinheiro, M.M.; Szejnfeld, V.L. – Osteoporose: noções gerais e epidemiologia – Revista: Sinopse em Reumatologia – Edição: Out 01 A 3 N 4 – [on line]

5. Pinheiro, M.M.; Szejnfeld, V.L. – Osteoporose: quadro clínico, qualidade de vida e diagnóstico – Revista: Sinopse em Reumatologia – Edição: Out 01 A 3 N 4 – [on line]

6. Pinheiro, M.M.; Szejnfeld – Tratamento da osteoporose – Revista: Sinopse em Reumatologia – Edição: Out 01 A 3 N 4 – [on line]

Tags: , , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


116 Comentários »

  1. Patricia S. Santos comenta:

    15 janeiro, 2008 @ 2:05 PM

    Gostaria de saber se o alendronato pode ter problema de acelerar um possível Alzheimer. Tenho 33 anos e tive osteoporose. Tratei por 1 ano com o alendronato e deveria tratar por mais 1 ano, mas ouvi esse comentário e parei. Tenho histórico de Alzheimer na família, avó paterna, já tive duas ausências de memória antes dos 25 anos. gostaria de uma resposta, se há algum estudo sobre isso… ou sejá ouviram falar algo parecido. Meu plano não tem um neurologista por enquanto. Por isso, aguardo uma resposta. Grata.
    Patricia

  2. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    17 janeiro, 2008 @ 4:54 AM

    Patrícia,
    Como ainda não existe uma etiologia definida para Doença de Alzheimer, especula-se vários fatores causais, como excesso de alumínio, falta de estrogênio, etc. Não tenho informação a respeito da interferência do alendronato na DA.

  3. Angela Maaria comenta:

    19 março, 2008 @ 1:17 AM

    Estou com 54 anos. E tem dois anos q sinto dor frequente na perna esquerda(quadril),faço todos os anos prevenção ginecologica e densiometria ossea, e o resultado sai normal, agora faço reposição hormonal, com isoflavona e tem 17 anos que retirei o utero.Em fim isso pode ser osteoporose?

  4. Mirta Noris Dutra comenta:

    4 maio, 2008 @ 5:20 PM

    Tenho 55 anos, estou com osteoporose na coluna lombar (-3), e foi receitado pelo médico
    o uso de Oscal D 2x por dia e alendronato sódico 70mg, uma dia na semana. Ao tomar o primeiro comprimido de alendronato – BONALEN, em jejum e ficando em pé, por mais de 30min, senti mal estar estomacal por 3 dias, inclusive muita dor na boca do estômago
    ao deitar à noite, que só passou depois de tomar 40 gotas de Buscopan.
    Na segunda semana, os sintomas foram piores, já após 1h da injestão, muito mal estar,
    vômito, arrepios de frio, dor na boca do estômago,etc.
    Que fazer, suspender o tratamento com alendronato? ou esses sintomas diminuem com
    o uso?
    Tenho síndrome do intestino irritável e divertículos, mas estão sem sintomas neste momento,
    nao sei de outros problemas digestivos. Obrigada, pela atenção
    problemas digestivos.

  5. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    4 maio, 2008 @ 7:27 PM

    Mirta,
    Consulte o seu médico para usar um medicamento substituto.

  6. maria comenta:

    21 maio, 2008 @ 3:27 PM

    a minha mãe tem osteoporose avançada e eu ja estou ficando nervosa com tudo isso,não tem mais remedio para tomar para ficar boatudo que voceis imaginar ela ja tomou comprimindo injeções tudo tudo

  7. Andréa Lomeu Beltrão comenta:

    16 junho, 2008 @ 12:22 PM

    Gostaria de saber se o tratamento com Osteonutri engorda.

    Grata.

  8. Glória Cristina Godoy comenta:

    4 agosto, 2008 @ 11:04 AM

    Gostaria de saber se o tratamento com o cálcio Osteonutri pode fazer engordar.

  9. maria luiza favret comenta:

    29 agosto, 2008 @ 9:56 AM

    Minha mãe tem 88 anos e osteoporose bastante adiantada. Toma cálcio todos os dias, alendronato uma vez por semana e Miacalcic nasal, aplicado todos os dias.
    Existe algum medicamento mais eficiente para essa faixa etária? É possível tomar alguma outra precaução para evitar a ruptura óssea? Existe algum outr procedimento que possa evitar isso?
    Atenciosamente
    Maria Luiza

  10. maria do socorro teles zimerer comenta:

    30 agosto, 2008 @ 4:25 PM

    em recente densetoemtria ossea fois constatado coluna lomar:-2.5; femur: -1.5.
    Fui rcoemdanda pela minha ginecologista a tomar alendil cacio D. Mas o efeito colateral foi muito intenso: enjoos com uma forte dor de cabeça. Vou fazer 63 anos em novembro e não me conformo em estar já com este índice.
    Obs: não tive filhos, mas tomo muito sol pela manhã em minhas cam inhadas quase todos os dias.

  11. maria do socorro teles zimerer comenta:

    30 agosto, 2008 @ 4:28 PM

    em recente densetoemtria ossea fois constatado coluna lomar:-2.5; femur: -1.5.
    Fui rcoemdanda pela minha ginecologista a tomar alendil cacio D. Mas o efeito colateral foi muito intenso: enjoos com uma forte dor de cabeça. Vou fazer 63 anos em novembro e não me conformo em estar já com este índice. Em pequisa aqui na internet vi sobre o medicamento que se toma uma vez por ano, mas o seu custo é enorme: ACLASTA.
    Obs: não tive filhos, mas tomo muito sol pela manhã em minhas cam inhadas quase todos os dias.

  12. marli comenta:

    12 setembro, 2008 @ 9:20 PM

    ola tenho 38 anos estou com osteo a 7 anos por causa do uso de um medicamento para endometriose tripitorelina.minha densitometria e 2.88 em todo corpo .hoje estou com veias hernias de disco varias pedras nos rins e ainda tive que tirar um ovario por causa da endo.ja tomei todo tipo de medicamento mas os efeitos me sao trriveis e eu fiquei mais doente. o medico me receitou aclasta mas estou com medo pois por causa de um remedio fiquei pior se aluem ja tomou e foi bom entre em contato.e se alguem tomou a tripitorelina tambem .PAZ

  13. maria luisa comenta:

    14 setembro, 2008 @ 8:07 PM

    minha mae tem 57anos tem osteoporose faz 4meses toma calcio e por causa dele o intestino prende o que faser? o que tomar? gostaria de mais imformaçoes. obriagada

  14. Nilzete comenta:

    2 outubro, 2008 @ 4:10 PM

    Oi, tenho 51 anos e estou com osteoporose na coluna lombar(-3.2) e osteopenia no colo do femur(-1.2). O médico receitou Alendronato, Isoflavona e Cálcio Carbonato(1250mg) com vitamina D. Faço academia( Curves) 3 a 4 vezes por semana e tenho pego sol todas as manhãs. Só esqueci de perguntar ao médico quanto tempo é necessário para a exposição solar. Me ajude a dissipar esta dúvida, ok? Um abraço

  15. marisa comenta:

    17 outubro, 2008 @ 9:53 AM

    gosta va de saber amelhor clinica para me tratar osteoperose

  16. Maria comenta:

    25 outubro, 2008 @ 12:26 AM

    Olá,
    A alguns anos levei uma queda, apois o ocorreido fiquei com duas artroses na coluna e uma hérnia de disco (L4 e L5). Porém minha dores são diárias eincomodativas, foi ao reumatologista e foi diagnosticado fibromialgia. e agora apois 10 anos de luta desobrique estou com osteoporose em todas asvertebra eosteopenia na cabeça do fêmor. Entrei ma menopausa com 30 anos e ao 35 não mestuava mais. As dores estão aumentando. uso cinta elasticaa qual me dar um certo alivio. Trabalho o dia todo sentada. Não aguento caminhar, pois todas as vezes que tento, tenho os movimentos diminuidos. Ao deitar o corpo inteiro lateja e sinto um tremor interno, no dia seguinte acordo com mtas dores, pés e mãos inchados e mtas dores pelo corpo. Gostaria mto de uma outra opinião a respeito de exericios e principalmente alimentação, se existe algum alimento que rouba cálcio, pois só ouço falar em alimentos ricos em cálcio. Desdejá obrigada pela orientação. Fiquem na Paz do Senhor. Fáima

  17. maria comenta:

    25 novembro, 2008 @ 4:08 PM

    Qual o tipo de exercicio fisico de musculaçao é o mais indicado para osteoporose de colo de femur/coluna lombar
    completei 63 anos
    faço terapia de reposiçao hormonal, estrogenio e tiroideano(tiroidectomia)
    alendronato semanal e diario

  18. lucimil comenta:

    23 dezembro, 2008 @ 8:11 AM

    A todos que fizeram essa matéria parabenizo pela a atençâo .Obrigada! gostaria que por favor me respondesse a seguinte pergunta;Tem cura ou controle p/ osteoporose avançada? Pois conheci um sr de 38 anos ao fazer uma visita religiosa e me comovi ao vê-lo com suas pernas com ferros e ossos espostos e aoutra perna sem movimento. ele sofreu muitas fratura sofre muita dor.ele vai ao hospital quando a dor é imsulportavel ou sangra o ferimento e o que passam para ele é só remédio p/ aliviar a dor.Gostaria de ajuda-lo de alguma forma e é por isso que peço que me ajudem . obrigada! que DEUS te abençoe grandemente.

  19. antonio comenta:

    29 dezembro, 2008 @ 1:38 PM

    Marli.. minha mae toma o aclasta.. é muito bom.. ela teve varios tombos (por causa do inicio de mal de parkison) e nao quebrou nada.. alem do que.. o medicamento aclasta não provocou nenhuma efeito colateral.. outra coisa… conseguiu o medicamento por mandado de segurança.. pois como vc mesmo disse.. ele é muitooooo caro…

    abraços cordias

  20. arlete comenta:

    27 janeiro, 2009 @ 6:45 PM

    tomo bonalen há um ano e nunca senti nenhum mal-estar.tenho osteopenia na coluna. posso continuar sem parar?não tem efeitos negaivos para os rins ou outros órgãos?grata arlete – PE

  21. Geny Oliveira comenta:

    22 março, 2009 @ 12:57 PM

    E stou com problemas, principalmente na cervical.C-3C-4 a C-4C-C5 e C-5 C-6., formaçoes osteofícas.
    Sempre trabalhei, forçando muito a coluna. E desde 1998 caregava nos braços um filho adulto, 1,80m de altura, foram 10 anos. com isso lesei mais ainda minha coluna.
    Vivo com constante dor de cabeça e dores na cervical. estou tendo até dificuldades
    para fazer viajens de longa distancia, mesmo de carro.
    Tenho hoje 67 anos e já nao ando suportando tantas dores
    Fui ao um ortopedista e ele me receitou, alendronato 70 mg e ostcal- D.
    Mas para minha surpresa, nao sei qual o pior: Se as dores que sentia ou o mal que causa o medicamento. Estou a 3 dias de cama, pois nao consigo nem me virar na cama, tamanha sao as dores. No primeiro dia nao consegui dormir nem um segundo, nao encontrava posiçao que nao doece. Já estou apavorada só de pensar no proximo comprimido. pois nunca senti tantas dores como desta vez.
    Por favor , me responda. Que devo fazer? continuo ou para com este medicamento?
    Que Deus ilumine a todos voces.
    Beijos
    Geny oliveira

  22. Joana comenta:

    30 março, 2009 @ 8:15 PM

    Meninas,

    quanto ao Aclasta, minha toma. Compramos parcelado no SAR e no final das contas ficou praticamente o mesmo preço do medicamento que ela tomava antes(bonviva).

    Bjo

  23. Esther Ferreira Tolentino comenta:

    15 abril, 2009 @ 6:56 PM

    Oi Joana, o que é SAR, onde você compra o aclasta. Meu reumatologista mandou que eu tomasse, mas andei pesquisando e vi que é bem carinho, ai quem sabe dividindo ja fica bem melhor, pois compro o bonviva todo mes.Agradeço uma resposta.bjão Esther

  24. Rosangela comenta:

    6 maio, 2009 @ 4:33 PM

    Oi Joana !!
    Tb. gostaria de saber o que SRA pois minha mãe tem que tomar o aclasta e o meno preço que achei foi de CR$ 1500 reais. Agradeço se vc. puder me responder…

  25. Esther Ferreira Tolentino comenta:

    6 maio, 2009 @ 9:54 PM

    Oi Rosangela, tudo bem?
    A joana resposdeu o que é o SAR e onde fica?
    Se souber alguma coisa por favor avise-me. Tenho uma filha medica em SP, vou ver se ela descobre, quem souber primeiro passa para outra. Pois preciso toma o aclasta. um abraço.Esther

  26. Rosangela comenta:

    6 maio, 2009 @ 10:42 PM

    Ola, Esther!
    Nossa fiquei feliz com sua resposta ….Também não tive ainda nehuma resposta da Joana.
    Meu pai tb. é médico e esta semana vai olhar se tem um m eio de adquirir essa
    medicação com um preçinho melhor…Pode deixar qualquer novidade te aviso..
    abraço,
    Rosângela

  27. Maria do Carmo comenta:

    18 junho, 2009 @ 11:50 AM

    Olá
    Também tenho que tomar este remédio.
    Liguei para a Novartis e me passaram os distribuidores deste produto, segue abaixo:-
    ARP MED – Fone:- 08007277631 – preço a vista R$ 1.670,00 ( preço do dia 04/06/2009)- eles também parcela.
    SAR – Fone:- 5593-2222 estava o mesmo preço e também parcela.
    Por favor, se souberem de outro lugar com preço a vista melhor, mande e-mail me informando.
    Obrigado e boa sorte a todos!!!
    Abraço
    Maria do Carmo

  28. Maria do Carmo comenta:

    18 junho, 2009 @ 11:53 AM

    Olá
    Também tenho que tomar este remédio – Aclasta.
    Liguei para a Novartis e me passaram os distribuidores deste produto, segue abaixo:-
    ARP MED – Fone:- 08007277631 – preço a vista R$ 1.670,00 ( preço do dia 04/06/2009)- eles também parcela.
    SAR – Fone:- 5593-2222 estava o mesmo preço e também parcela.
    Por favor, se souberem de outro lugar com preço a vista melhor, mande e-mail me informando.
    Obrigado e boa sorte a todos!!!
    Abraço
    Maria do Carmo

  29. Nilza comenta:

    20 junho, 2009 @ 1:40 PM

    Sou mais uma que entra para a gtribo. Tenho 54 anos. Ontem, descobri que tenho osteoporose na coluna lombar., por meio de uma densitometria óssea. Estou sentindo dores, por essa razão estou pesquisando. Gostaria de saber qual é o melhor especialista a ser consultado é REUMATOLOGISTAS???É ORTOPEDISTA??? EXISTE A POSSIBILIDADE DE PARAR O AVANÇOA DA DOENÇA OU ELA É IMPLACÁVEL????

  30. marli comenta:

    24 junho, 2009 @ 7:00 PM

    ola amigos estou aqui para contar que entrei na justiça para pedir o aclasta para osteoporose e o diu mirena para endometriose.meu processo ficou na justiça só 10 dias e ganhei tudo.tomei o aclasta ,nos 3 primeiros dias fiquei meio mal .mas deu tudo certo.o que quero dizer e que temos direitos basta procurar.boa sorte.PAZ

  31. Nilza comenta:

    27 junho, 2009 @ 4:06 PM

    Marli,

    você entrou na justiça contra qual plano de saúde???

  32. Valéria comenta:

    29 junho, 2009 @ 7:11 PM

    Pessoal, a médica me indicou o Aclasta hoje e andei pesquisando preços… encontrei na net um site de nome Panvel que tem a R$ 1.509,08 e aceita cartão. Não cheguei ao fim para ver em quantas parcelas o cartão faz. Boa sorte!

  33. Patrícia Leão comenta:

    30 junho, 2009 @ 9:57 PM

    Olá Rozangela e Esther,
    Vocês conseguiram descobrir onde achar o ACLASTA por um preço mais em conta ? Quanto ??? Onde ??? Podem me passar os dados…?
    Minha mãe vai precisar tomar este medicamento e não estamos encontrando aqui no Rio de Janeiro.
    Por favor, se alguém souber que algum distribuidor aqui no Rio de Janeiro por favor me passe as informações.
    Obrigada
    Patrícia

  34. alex m comenta:

    9 agosto, 2009 @ 11:42 AM

    minha mãe neste momento esta com muita dor na perna, ela tem este problema de osteoporose, já fez varios exames, tomou varios remedios ..as vezes para de doer, as vezes volta a doer muito como agora popr exemplo. não sei o q fazer os medicos passam calcitran e nada , ela compra aqueles de cartilagem de tubarao e nada nunca cura,
    o que devo fazer, onde devo ir, qual remedio p/ parar com essas dores?????????????????, pelo menos neste momento!!>>>>>
    obrigado!!!!!!!!!!!!!!!

  35. ivanilda terezinha de o .silva comenta:

    9 agosto, 2009 @ 3:29 PM

    gostaria de saber que ja faz uns 8anos que faço tratamento com alendronato 70 e calcio 600d e faço desendometria ossea e não tenho melhora cada vez que faço estou perdendo massa ossea o meu medico ginecologita recomedou o medicamento tipo soro injetavel diz que recupera a massa ossea o que o senhor me diz sobre td espero resposta….

  36. Nilza comenta:

    9 agosto, 2009 @ 6:34 PM

    Porquê os médicos só recomendam o alendronato e o cálcio??? Já concultei doi médidos (geriatras), quero aplicar a ACLASTA , mas os (dois) dizem que não é necessário. Já me propus, inclusive a tentar fazer um tratamento de recomposição óssea com o FORTEO, mas, dizem que ainda não há resultados comprovados???
    Vou ficar a mercê da sorte??? Não há remédio que cure?? É apenas mudança de hábito???

    Será que tenho que ir para outra cidade, consultar outro médido???

  37. Valéria comenta:

    10 agosto, 2009 @ 8:18 AM

    Complementando minha informação anterior. Eu comprei o Aclasta na Panvel. Foi o mais barato que encontrei, eles enviaram pelo correio com frete grátis e dividiram no cartão em 5 vezes. A farmácia Panvel fica no sul, mas entregam em qualquer lugar do Brasil atraves dos correios.

  38. Patrícia comenta:

    10 agosto, 2009 @ 8:33 AM

    Oi Valéria !

    Não sei o quanto você pagou no Aclasta na Panvel, mas achei uma clínica aqui no Rio de Janeiro que além de comercializar o medicamento também realiza sua aplicação, tudo por R$ 1500,00 e ainda dividem em duas vezes.

    Dependendo de quanto se paga no medicamento e depois para realizar a aplicação do mesmo pode acabar ficando mais caro.

    Para quem se interessar o nome da clínica é INNOMED e possui duas filiais, uma no Centro e outra em Botafogo. O telefone do Centro é (021) 2126-0181.

  39. Valéria comenta:

    10 agosto, 2009 @ 9:23 AM

    Oi Patrícia!
    Obrigada querida, mas estou em São Paulo… no interior de, para ser mais exata. A médica me passou os telefones dos 2 lugares que também fazem aplicação, mas ficava mais caro e com menos parcelas, como no caso da sua clínica. Eu dividi em 5 vezes sem juros o medicamento e paguei R$ 120,00 pela aplicação na Clínica que costumo frequentar.
    Eu complementei a informação pois na postagem anterior (de 29 de junho) havia cotado o preço do medicamento, e agora comprei e usei.
    Tenha uma boa semana!

  40. eliane moura silva comenta:

    18 agosto, 2009 @ 9:20 AM

    Por favor gostaria de saber alem desses males quais ,são os outros fatores que podem aparece,em quem tem essa doença.
    Muito Obrigado
    Atenciosamente
    Eliane Moura

  41. Luciana Barbosa Pires comenta:

    19 agosto, 2009 @ 6:30 PM

    Olá pessoal,
    O meu marido tem artrite reumatóidedesde os 15 anos e hoje já tem também osteoporose e espondilite. O seu médico receitou o aclasta, mas estamos achando muito caro aqui em Vitória,. Gostaria de saber se o site onde a Valeria comprou é confiável?
    Um abraço,
    Luciana

  42. Luciana Barbosa Pires comenta:

    19 agosto, 2009 @ 6:33 PM

    Olá pessoal,
    Gostaria de saber se o site onde a Valeria comprou é confiável?
    Um abraço,
    Luciana

  43. Valéria comenta:

    19 agosto, 2009 @ 6:39 PM

    Luciana, querida,
    Eu fiz o seguinte… primeiramente investiguei a farmácia pelo site e lá diz que a farmácia Panvel tem mais de 35 anos. Em segundo lugar fiz a compra com o cartão para poder cancelar a compra caso o medicamento tivesse algum problema. Em terceiro lugar eu liguei para o laboratório de posse do número do lote para confirmar que o remédio era autêntico. Com essas medidas me senti segura, comprei e usei o medicamento. Além disso só posso te dizer mais alguma coisa depois da próxima densitometria para comprovação do resultado, mas isso será apenas em janeiro.
    Um abraço e boa sorte!

  44. JENE comenta:

    22 agosto, 2009 @ 4:04 PM

    oi meninas minha mãe e minha avó estão no segundo ano de Aclasta
    Pessoal os benefícios do aclasta é melhor do que vc imaginam… além de ficar livre de todo aquele ritual se comprimidos por 1 ano… agora ele está a vista na ARP med 1360,00 pois o icms desse medicamento abaixouuu.. só lembrando que seu médico tem que te dar um cartão para vs se cadastrar e poder comprar c esse diferencial nessa arpmed…gostei do medicamento porque pesquisei seus estudos e pode sr usado em qualquer estagio da osteoporoze e a esse preço se vc for pensar sai mais barato que um tratamento anual fosamax, actonel e bonviva…
    boa sorte!!!

  45. JENE comenta:

    22 agosto, 2009 @ 4:12 PM

    ahhh meninas consultei a opnião de 3 médicos sobre esse medicamento, um ortopedista de Duque de caxias, um reumatologista da ilha chamado Ramon Franco e a minha Ginecologista Maria luiza Ruas também na ilha do governador aiii decidi em fazer se alguém precisar eu passo o telefone dos consultório

    saúde a todas!!!

  46. Gina comenta:

    22 agosto, 2009 @ 4:47 PM

    meninas,
    eu também uso o aclasta e vou para o 2 ano de aplicação… se pararmos para pensar os beneficios vão além da comodidade…li os estudos na internet e é mais eficaz do mercado e vamos combinar amigas o ritual dos comprimidos é um saco …. e os efeitos colaterais são terríveis né. tomava o mensal que custava em torno de 145,oo e descobri que o icms do aclasta abaixou e liguei para arpmed e o preço está a vista 1360 reais… o tratamento anual a esse preço é muito mais barato que o genérico do alendronato…então vale muito apena.
    minha Ginecologista Maria Luiza Ruas que me recomendou além disso busquei a opnião de um dos melhores Reumatos do Rj Ramon Franco ambos atendem na ilha do governador se quiserem passo o telefone do consultório beijos a todas

  47. marli comenta:

    23 agosto, 2009 @ 6:07 PM

    ola pessoal li muitos comentarios sobre a osteoporose e sobre o aclasta.eu tenho 39 anos e descobri a osteo a cinco anos fiquei assim apos um tratamento pra endometriose quando tomei um medicamento dado pela rede publica.hoje estou muito doente estou com uma idade ossea de 70 ano.mas o que quero contar e que o meu medico me receitou (medico particular)entrei na justiça comum meu adv era particular paguei um salario minimo pra ele ,se eu ganhasse pagava se nao nao pagava nada.meu processo ficou 10 dias na justiça ganhei tutela antecipada e acho que valeu a pena pois ganhei por quanto tempo eu precisar e meu medico disse que e uma por ano sabe se la quantos anos.temos direito qualquer coisa meu email cleitoncsa@hotmail.com.nao desistam nunca.se alguem conhecer uma pessoa que tem osteoporose apos ter tomado o medicamento tripitorelina gonapepitil me informen por favor isso e muito importante pra mim PAZ

  48. dalva moraes silva comenta:

    23 agosto, 2009 @ 8:38 PM

    minha mae tem 78 anos e sofre com osteoporose teve um tempo que ela usava o calcio e um remedio que pingava uma gota no nariz nos estamos precisando do nome do remedio e na lembramos

  49. alberto Lima comenta:

    27 agosto, 2009 @ 8:39 AM

    Minha maezinha tomava este remédio de 1 x por semana não podia deitar , tinha que ficar em jejum e custava mais de 150,00 por mês. Estive com um médico maravilhoso Dr. André que prescreveu o ACLASTA que é uma dose única por ano custando bem menos e que foi aplicado por uma enfermeira

  50. Virginia aliberti comenta:

    31 agosto, 2009 @ 10:06 PM

    Minha mamãe, tem 65 anos e tem muitos problemas dentre eles a osteoporose,dores muito fortes nos braços e nas pernas.Vai ao médico de sua confiança , mas o problema é que ele diz que não há mais cura e passa remédios somente para as dores(Manipulados).Ela é diabética, tem pressão alta também.Hoje me confidenciou que está começando a sentir dores nos dedos.Por favor o que devo fazer para minimizar sua dor e fazer com que isto não se alastre.Ela toma leite,queijos e vitamina D com bastante frequência.Muito Obrigada!

  51. Gina comenta:

    2 setembro, 2009 @ 9:29 PM

    QUERIDA VIRGINIA

    MESMO SENDO O MÉDICO DE TOTAL CONFIANÇA NÃO CUSTA NADA UMA SEGUNDA OPNIÃO. ACONSELHO A LEVAR SUA MÃE A OUTRO REUMATO´, DEPENDENDO DA CONDUTA TERAPEUTICA DE CADA MÉDICO OS DIAGNÓSTICOS E TRATAMENTOS PODEM SER DIFERENTES.

    BEIJO E BOA SORTE.

  52. Iara comenta:

    13 setembro, 2009 @ 9:35 PM

    Gostaria de tirar algumas dúvidas sobre a osteoporose da minha mãe!

    Minha mãe sofre de osteoporose há 6 anos; desde os 60 anos de idade, quando descobriu, então passou a inciar o tratamento e já fez uso de alendronato, evista e ultimamente faz uso do residronato de sódio juntamente com cálcio e vitamina D(calciomax R$15,00 ou oscal D R$75,00. obs: me assusta a diferença de preço!);
    Embora, ao longo do tratamento venha ocorrendo pequenas melhoras apresentadas nos exames anuais de densitometria ossea, ela tem apresentado dores agudas nas regiões da bacia, coluna e fêmur, inclusive, faz uso de antinflamatórios diariamente e reclamou da piora nas dores após as aulas de hidroginástica indicada pela médica reumatologista que a trata. Porém, ela nunca teve fraturas, mas trago a hipótese de se tratar de fratura por compressão.

    Destarte, gostaria de orientação em relação:

    * ao melhor medicamento(de qual laboratório) para o tratamento e para tais dores;

    * se a injeção de calcitonina ainda é boa indiação para o alívio das dores.

    * indicação do especialista correto para este acompanhamento(se ortopedista, geriatra, reumatologista, …), e se possível, indique um um bom profissional na região de São Paulo, preferencialmente em Sorocaba-SP.

    *se é indicado o uso de hidroginástica, visto que, apresentou mais dores após a atividade;

    Preciso de ajuda urgente! Sofro muito com os gemidos escondidos da minha mãe!

    Atenciosamente,
    Iara

  53. celia Leal comenta:

    21 setembro, 2009 @ 7:51 PM

    Oi pessoal! Aclasta é o nome comercial do ácido zoledonico. Mina mãe tem 77 anos e a reumatologista dela indicou.esse medicamento de altissimo custo, como voces bem sabem! Pois bem , descobri que medicamentos de alto custo são fornecidos pelo SUS, pra pessoas inclusivem que tem convenio, é um direito de qualquer cidadão. Conversei com a reumatologista e ela preencheu o pedido do medicamento junto ao SUS. , dei entrada na papelada, e minha surpresa foi grande, em 2 meses recebi o comunicado da liberação do medicamento. Tentem, apesar de não confiar em nada que vem do governo, desta vez fiquei surpresa! Conversem com a médica, insistam, contem o meu caso. Boa sorte!

  54. ana claudia comenta:

    29 setembro, 2009 @ 1:45 PM

    Minha avó de 93 anos, tem osteoporose, e depois de uma queda que não houve fratura sente muitas dores na região dos quadris, já foi em varios médicos, tomou varios medicamentos, mas as dores são intensas, só aliviando com ajuda de analgésicos. Gostaria de saber em que sentido a medicação Aclasta poderia ajudá-la?

  55. Gina comenta:

    30 setembro, 2009 @ 5:22 PM

    Ana Claudia.

    conversei com o meu reumato sobre essa questão ele explicou que mesmo não aparecendo uma fratura , ele pode ter microfraturas que não são vistas e isso é um dos motivos que ocasionam a dor. Ele é a favor do Aclasta porquê tem efeito mais rápido que qualquer outro e assim melhora a qualidade da arquitetura óssea e consolida essas microfraturas diminuindo a dor e evitando de forma mais efetiva outras fraturas.

    espero que tenha te ajudado, boas sorte!!

  56. catia m s comenta:

    4 outubro, 2009 @ 3:18 PM

    tenho um amigo que sobreu um acidente de moto e quebrou a bacia o femo e ele cemti muita dor nas pernas é normal e aoutra que não tem nada aver esta ficando dura isso é normal

  57. neide comenta:

    12 novembro, 2009 @ 11:16 AM

    GOSTEI MUITO DO SEU ESCLARECEDOR ARTIGO, OBRIGADA, NEIDE

  58. Elza Lira Corredor comenta:

    18 novembro, 2009 @ 8:08 PM

    Gostaria de saber onde mora a Celia Leal que conseguiu o medicamento ACLASTA pela rede publica de alto custo. Tambem estou precisando do medicamento para uma tia que nao tem condicoes de comprar.

  59. adelina comenta:

    2 dezembro, 2009 @ 5:14 PM

    Fiquei satisfeita ao ler os comentários sobre a osteoporose e os tratamentos com aclasta. Estou com osteoporose e o alendronato trou -me problemas, o reumatologista que estou tratando vai utilizar o aclasta só não sei ainda o custo no momento.

  60. Debora comenta:

    3 dezembro, 2009 @ 4:17 PM

    Oi Marli, como você fez pra entrar na justiça, fui em vários lugares, pequenas causas, apoio ao idoso e outros e não consegui nem entrar com o processo, vou precisar de advogado para isto?????

    Obrigada

  61. Adriana comenta:

    8 janeiro, 2010 @ 10:09 AM

    minha mãe tem osteoporose,ele sente muita dores ta com os pes muito inchados,ele ta tomando aledronato 10 mg e carbonato de calcio 500mg,mas ñ ta amenizando a dor,o que eu faço ñ aguento mais ver a minha mãe sentir tantas dores.

  62. Flavio Rocha comenta:

    11 janeiro, 2010 @ 7:09 AM

    Adriana, se sua mãe está tomando alendronato de 10mg.tem que tomar todo dia, então é melhor ela tomar o alendronato de 70mg.que é 1xpor semana e observe que,tanto o de 10 como o de 70mg.tem que tomar em jejum de manhã,ficar no minimo 30 minutos (em pé ou sentada) sem ingerir nada e tomar com um copo cheio d’agua pois o comprimido não pode parar no esôfago…aconselho comprar na Ultrafarma (www.ultrafarma.com.br) em São Paulo, se morar fora, eles mandam, o genérico do EMS (caixa c/4) você compra 3cxs e paga 2 e se morar em São Paulo, não tem frete…vai custar R$86,95 e dá para 3 meses de tratamento. Quanto às dores, (talvez 30 gts.de dipirona cada 12 horas, resolva) e os pés inchados (edema)só o medico pode avaliar. Abraços

  63. Fatima comenta:

    16 janeiro, 2010 @ 5:37 PM

    Boa noite a todos

    Sou portuguesa e vivo em Portugal, Castelo Branco. Tenho 50 anos e tenho osteoporose em estado muito avançado. Em 2008 o meu médico teve a iniciativa de receitar o aclasta. Abençoada a hora que comecei este tratamento. Para quem tem duvidas, o resultado é otimo mas o preço é caro. Aqui em Portugal tem o custo de € 450. Vou continuar consultar este site e compartilhar nossas dores osseas que são muito mazinhas

    Fátima

  64. marli para debora comenta:

    17 janeiro, 2010 @ 2:09 PM

    ola debora; o medico me receitou o aclasta porque tenho uma osteo muito grave,e os outros remedios ja não faziam mais efeitos.ana minha idade é meio dificil pois os remedios para osteo são pra mulheres que ja fizeram menopausa e eu ainda não fiz pois hoje tenho 39 anos.e a osteo que eu tenho e causada por um medicamento que deu errado.ai procurei um adv particular ,peguei um laudo do meu medico e o adv entrou na justiça em 10 dias ganhei o tratamento pelo tempo que eu precisar.não sei ainda se foi bom pois só vou fazer exame em maio.tomei em maio de 2009.meu adv cobrou um salario minimo.mas dependendo do adv não vai cobrar nada pois se vc ganhar ele recebe do ministerio da fazenda,o meu recebeu de mim e da outra parte.PAZ qualquer duvida sou de franca sp 016 34063832 .

  65. angela maria atalla comenta:

    22 janeiro, 2010 @ 3:52 PM

    Interessantíssimo o artigo, gostaria de acrescentar até pedir ajuda, em janeiro de 2008 fiz cirurgia de cancer de mama, quimio e radio e atualmente há 1 ano hormonoterapia com ANASTROZOL necessito fazer um tratamento com o medicamento ACIDO ZOLEDRONICO – 4 MG. nome ZOMETA LAB. novartis, PARA PRESERVAR A MASSA OSSEA , RECIDIVA DDE CA. DE MAMA, OSTEOPOROSE E ATÉ METASTASE DE TUMOR OSSEO, todo meu tratamento foi feito por Filantropia, HC de São Paulo e ICESP INST. DO CANCER DO ESTADO DE SÃO PAULO PELO SUS QUE NÃO DÁ COBERTURA OU SEJA NÃO POSSO ADQUIRIR É UM MEDICAMENTO DE USO HOSPITALAR QUE O SUS NÃO FORNECE , já estou com osteopenia, tenhho artrose nas articulação conforme cintilogradia, densitometria , raixo x da coluna e do quadril. Sigo as orientação e medicamento conforme este artigo tão esclarecedor mas minha necessidade é maior neste momento. Podem me ajudar como proceder, ondde conseguir este tratamento preventivo enqto é tempo, parabens, aguardo seu retorno e coloco-me a disposição, grata, angela

  66. Vanessa comenta:

    4 fevereiro, 2010 @ 8:25 PM

    Minha mãe tem osteoporose a 10 anos já tentou vários tratamentos orais como Actonel, Fosamax D e Bonviva alem do incoveniente de ficar em jejum antes e após a tomada não teve o resultado esperado pelo médico ai ele prescreveu o ACLASTA na primeira impressão fiquei assustada pelo preço mas fiz o calculo dividindo seu preço por 12 meses deu e deu o valor do tratamento oral e ainda paguei parceldo, já faz 7 meses e minha mãe está ótima voltou até a fazer exercício físico onde antes não conseguia e não tem nenhum valor alto o bastante após ver sua auto-estima elevada valeu muito apena pagar por ele.

  67. tertuliano goncalves de souza comenta:

    19 fevereiro, 2010 @ 5:33 AM

    minha mae esta com osteoporose avançada sente muitas dores ja levamos em varios medicos e ninguem remedio que alivie as dores dela ela esta com 85 anos ja nao sei mais o que fazer vendo ela sofrendo com dores diariamente a dra. do hospital geral de nova iguaçu deu encaminhamento para leva-la ao ortopedista/reumatogista estou encontrando dificuldade para conseguir marcar consulta

  68. Geilma comenta:

    13 julho, 2010 @ 9:24 PM

    Estou com osteoporose, não sei a quanto tempo, mas já me sinto muito ruim, outro dia sofri uma pancada na região da bacia desde então sinto muita dor, gostaria de saber se pode ser considerada uma fratura. Obrigada, aguardo resposta.

  69. isabel albuquerque comenta:

    18 setembro, 2010 @ 8:37 PM

    tenho osteoporose a 5 anos ou mais, já tentei tomar todos os medicamentos receitados pelos os médicos e passei mal com todos. A última tentativa é ACLASTA mas ñ tenho dinheiro para comprar e gostaria de saber como devo fazer para conseguir este medicamento pelo SUS e quais os locais que aplicam este medicamento pelo SUS e particular no RIo de Janeiro.
    Se alguem souber por favor me avise. Tenho 53 anos e estou até o momento sem tomar medicamento.
    Obrigada.

  70. JAQUELINE comenta:

    20 setembro, 2010 @ 10:12 PM

    oi Isabel

    minha mãe também teve que tomar o Aclasta, primeiro nos tentamos pelo sus do rio de Janeiro. O Ortopedista dela fez um laudo até que bem detalhado e pediu que nós procurássemos um ponto de defensoria pública… entramos então com o processo, mas estava demorando muito…então decidimos juntar e commprar pra minha surpresa o valor total saiu mais barato que o remédio antigo dela Actonel que usou por 3 anos sem resposta… como era 1 x no ano pesquisamos e encontramos uma clinica que fez o menor custo é na Vila da Penha se quiser te passo o endereço. Eles parcelaram em 3 vezes sem juros c/ aplicação. olha não me arrependo pois minha mãe estava quase parando de andar pela dor na coluna e com 3 semanas de aplicada ela não para mais em casa!

  71. joaquina monteiro comenta:

    25 setembro, 2010 @ 2:35 PM

    oi…sou de agueda portugal.
    aos 38 anos foi me detetada osteoperose em todo esqueleto. tomei aclastra ao fim de um ano fiz nova denseometria e piorei.
    estou tentada a fazer a segunda dose mas desanimei um pouco.
    os rins ficaram com lesoes…será do tratamento??!

  72. Valéria Elena Paioli comenta:

    25 setembro, 2010 @ 2:44 PM

    Joaquina, será que a Aclasta que te foi aplicado era de confiança? Estou na segunda aplicação e só tenho melhorado, sem nenhum comprometimento ou alteração em qualquer orgão… verifique a procedência do medicamento junto ao laboratório. Eu faço assim: ligo ao laboratório e forneço o número do lote que consta na embalagem para verificação.

  73. Ernani Linhares comenta:

    27 setembro, 2010 @ 6:28 PM

    Fui diagnosticado com osteopenia na bacia 1-91e osteosporose na coluna -2.52,tenho hernia de disco nas vertebras L5-S1 e gostaria de saber quanto tempo pode levar um tratamento.estou tomando alendronato de sodium e oyster shell calcium porque penso em fazer a cirurgia de hernia,mais tenho medo de nao dar certo a cirurgia poderia me informar dos riscos.Obrigado :tenho 46 anos e sou Homen.

  74. Zilda comenta:

    5 outubro, 2010 @ 10:29 AM

    Todos esses medicamentos tem efeitos colaterais sérios. Por exemplo, o refluxo esofágico que é muito complicado. Foi o que me acometeu tomando alendronato sódico. Faz dois que não o tomo remédio pra osteoporose, como linhaça umas três vezes por dia, coloco por cima do mingau igual canela, dentro do suco, no prato em cima do arroz e no feijão. A linhaça tem de ser passado aos poucos no liquidificador, o ideal é moer e comer na hora, pq se demorar muito tempo moída ou recebendo luminosidade ela perde as propriedades, Então se moe pra um dia no máximo e coloca em um recipiente escuro com tampa na geladeira. Ultimamente estou colocando amaranto em flocos, muito rico em cálcio e aminoácidos. Faço uma “gororoba” dentro de um suco (que não dever ser de frutas ácidas para quem tem esofagite ou gastrite), coloco no suco: linhaça, amaranto um pedra de gelo feito com suco de couve, 1 colher de chá de pólen (tem 22 aminoácidos), e canela. quando vc toma um suco desse de manhã vc se sente que nem o “Popeye depois que come o espinafre”. Mas, o bom disso tudo que eu quero dizer para vcs que depois de 2 anos comendo linhaça três vezes por dia eu resgatei 2% de massa óssea, agora vou passar mais dois anos comendo essas “gororoba” e vou faze a densiometria.

  75. Angela comenta:

    26 outubro, 2010 @ 7:46 PM

    Pessoal,

    minha mãe sentia muitas dores nos ossos e foi diagnosticada com osteoporose DMO -2,8 e a ginecologista também passou o Aclasta para ela. Após 2 meses da aplicação ela não reclama mais das dores e esta muito feliz foi um santo remédio! É um pouco caro mas na verdade saiu ate mais barato que o custo anual do medicamento que ela tomava. Pesquisei o preço em vários lugares e encontrei uma boa condição parcelada na ARPMED mas preferi juntar e compra a vista com um médico na ilha do governador que cobrou 1350 reais ja aplicado. Quem desejar posso passar o telefone.

  76. Antonina de Lourdes Colombari comenta:

    28 outubro, 2010 @ 1:04 PM

    o medico vai me receitar aclasta. gostaria de saber qual o preço mínimo que vou pagar. é a primeira vez que acesso seu email e faço tal pergunta

  77. Cleuni comenta:

    25 novembro, 2010 @ 9:41 PM

    Olá, Eu tomo Osteonutri, meu médico falou que nada adiantaria eu toma-lo , sem não tomasse o Evista (Ralosifeno) sera?

  78. Lígia comenta:

    5 dezembro, 2010 @ 7:14 AM

    Olá,
    Minha mãe está com 74 anos com problemas em todos os tendões duros do corpo, há tres semanas tem encontrado dificuldade em andar, o médico prescreveu Aclasta.
    Minha mãe mora em Indaiatuba, região de Campinas, alguém sabe de algum local que forneça este medicamento para compra nesta região?
    Li alguns comentários de pessoas que compraram pela internet, mas fiquei com dúvida, pois este medicmento (Aclasta) pode ser comprado sem receita?
    Um abraço, aguardo urgente uma luz pois minha mãezinha está com muita dor, e ela é uma pessoa MARAVILHOSA.
    m grande abraço a todos e que Deus nos abençõe sempre
    Ligia

  79. Valéria comenta:

    7 dezembro, 2010 @ 5:11 PM

    Lígia, pode comprar sem medo no site Panvel. Eu já comprei 2 vezes (num ano e no seguinte). Você pode ver meus comentários onde eu disse que pesquisei tudo certinho. Não precisa de receita para comprar não.
    Boa sorte e melhoras para sua mãe (o remédio deve ajudar no dia em que ela tomar!)
    Valéria

  80. lucia comenta:

    13 janeiro, 2011 @ 3:35 PM

    Olá, eu gostaria de saber se o medicamento Os cal D engorda

  81. Doraci Vendramini comenta:

    5 fevereiro, 2011 @ 12:05 AM

    Ligia tbém moro em Indaiatuba e comprei o Aclasta pela Panvel, chegou em 3 dias. No momento preciso comprar novamente e o preço lá está 1308,00, é o lugar mais em conta pelo que pesquisei até agora.

  82. ely comenta:

    7 agosto, 2011 @ 3:16 PM

    gostaria de saber, em porto alegre RS ,onde poderia ir para fazer a injeção de aclasta r por preço modico, o hospital indicado pela medica ´e muito caro sai mais ou menos CR$ l850,00 no total e na Panvel consigo a injeção por CR$1380;00.

  83. Valeria comenta:

    7 agosto, 2011 @ 8:46 PM

    Ely, não entendi sua dúvida…vc pode comprar pela Panvel e fazer a injeção em qq local que tenha aplicação de soro. Eu fiz a primeira vez em uma clínica particular e paguei bem cara a aplicação. Agora faço no pronto-atendimento do hospital que tenho convênio pagando bem menos. Era isso que vc queria saber?

  84. ely comenta:

    25 agosto, 2011 @ 3:58 PM

    Obrigada pelo teu interesse.Como não E E tenho convenio, telefonei para o laboratório NOVARTISE

  85. Valeria comenta:

    25 agosto, 2011 @ 4:18 PM

    Ely, mais uma vez te respondo… você pode fazer a injeção em QUALQUER lugar que aplique soro. Não é preciso ter convênio… eu só te dei um exemplo. Mas faça como achar melhor… um abraço!

  86. ely comenta:

    25 agosto, 2011 @ 4:19 PM

    Agradeço o interesse. Como não tenho convenio telefonei para o Programa NOVARTIS vale mais saúde 08008883003 opção 1. Eu compro a injeçao e um a enfermeira vem em casa e faz a aplicação po r 80 reais

  87. dirce lea santos comenta:

    10 outubro, 2011 @ 7:45 AM

    gostaria de saber porque a diferença de preços de o medicamento aleodrato sodico , entre os laboratorios bonalen ,e germed

  88. Marisa comenta:

    16 outubro, 2011 @ 9:25 PM

    Olá pessoal, tenho osteoporose de colouna e femur bem adiantada. Tomo o Aclastra há 4 anos. Quando tomei a primeira vez custou R$1.860,oo incluindo a aplicação e foi baixando o preço a cada ano, o ano passado custou R$1470,00 e vou tomar a próxima dose agora dia 25/10/2011 e o preço é o mesmo do ano passado. Sempre tomei a medicação em uma clínica é simples é como se tivesse tomando soro, mas é bom ter um médico por perto. o meu Plano de Saúde não paga este tratamento e já tentei na farmácia de alto custo aqui em Brasília e também não consegui.(a própria clínica vende a medicação), onde preenchi uma ficha na primeira aplicação e recebo folhetos com orientações e informações do laboratório Novartis que detêm a patente com validade de 5 anos, vencido o prazo outros lboratórios vão poder comercializar o medicamento, estas são as informações do meu médico.

  89. Meire comenta:

    19 outubro, 2011 @ 8:44 AM

    Minha mãe possui muitas dores nos joelhos, e o médico indicou tomar Aclasta., foquei com dúvida pois verifiquei que o remédio deve ser monitorado,.Gostaria de saber porque e se possue algum efeito colateral que possa prejudicar a saúde dela. Gta

  90. Fatima Pereira comenta:

    17 novembro, 2011 @ 6:32 PM

    Olá, meu nome é Fátima, tenho 45 anos. Foi detectado osteoponia em meu fêmur direito, então minha médica passou cálcio quelado. Estou fazendo o uso certinho, porém tenho dúvida quanto à diferença entre esse cálcio e o de ostra, já que o segundo é bem mais barato. Fica difícil tirar essa dúvida com minha médica, pois minha próxima consulta será só daqui 6 meses.
    Aguardo esclarecimentos.

  91. silviane comenta:

    21 novembro, 2011 @ 12:21 PM

    tomo alendil calcio d (quite com 60 comp de calcio de ostras vitamina d 200 ui e 4 alendronato)

    fui comprar e nao achei no entanto me ofereceram calciomax d 600 mg de carbonato de calcio de ostras e vitamina d

    é a mesma coisa ? devo tomar dois comprimidos ?

  92. NIlva Silva comenta:

    20 dezembro, 2011 @ 10:44 AM

    tomo oscal D 2x por dia + alendronato sódico 70mg 1x por semana gostaria de saber se esses medicamento engordam.
    Obrigado se receber resposta.

  93. orlei ilario comenta:

    6 março, 2012 @ 1:38 PM

    oi bom dia tenho uma super duvida o medico me receitou dois remedios não sei qual tomar e suas consequencia
    OSCAL D uma por dia ou ALENDRONETO CALCIO uma vez por semana
    obrigado

  94. jussara lopes comenta:

    22 maio, 2012 @ 10:52 AM

    gostei muito dos depoimentos lidos aqui.Se tiver algum fornecedor mas barato que 1.360,00 me avise sou de SP,porfavor estarei esperando Deus abençoe a todos.

  95. ana maria olimpia porto comenta:

    29 maio, 2012 @ 5:52 PM

    tenho 47 anos descobri que estava com osteoporose bem alta a 3 anos fiquei assustada a minha medica indicou o calcio mais vitamina d e 1 comprimido de eledronato por semana no comesso eu me senti mal tive muita dores ate as tres doses depois meu organismo acostumou fiz novo exame e so estou com um pouco de osteoporose nos femos da coluna e do quadril ja reduziu quase 100 por cento mas eu nao deixo de tomar todos os dias e caminho 40 minutos por dia trabalho normalmente e me alimento de tudo que for de calcio eu nao tomava leite agora 1 litro por dia, mas iogurte queijo, brocolis .

  96. LuziaContim comenta:

    2 julho, 2012 @ 5:04 PM

    Olá, tomo Osteonutri, quando fui comprar não tinha, me ofereceram Calciomax-D 600mg. É a mesma coisa?

  97. SUSANA comenta:

    18 julho, 2012 @ 7:22 AM

    tengo mi columna desdalcificada, me dice ,i medico que tomando FORTEO se reconstrugen los estragos de la osteoporisis, pero no se donde conseguir el medicamento ya que es importado y muy caro

  98. arlete m. c alves comenta:

    2 setembro, 2012 @ 11:20 AM

    a minha cunhada tomou um medicamento errado,residronato 35 mg por dia se era semanal em q pode prejudica-la.

  99. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    2 setembro, 2012 @ 5:08 PM

    Arlete,
    Os medicamentos para osteoporose, como o residronato, são pouco absorvidos pelo intestino e pouco mais de 1% da substância consegue atingir a corrente sanguínea. Assim, é por isso, que se pede para tomar o medicamentos em jejum. Acredito que mesmo que ela tenham tomado vários comprimidos a quantidade absorvida é pequena e não deverá prejudica-la. Existe uma formulação do residronato de 150 mg, ou seja, dose quatro vezes maior e que a pessoa toma 1 vez por mês. Mostrando que a dose que ela tenha tomado não deve causar problemas.

  100. patricia comenta:

    23 novembro, 2012 @ 6:41 PM

    Em que se diferenciam o alendronato e o risedronato; indicações diferentes?

  101. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    24 novembro, 2012 @ 10:07 AM

    Esta duas substâncias diferem na composição química, mas a indicação terapeutica e a forma de ação são as mesmas.

  102. matilde comenta:

    26 novembro, 2012 @ 12:57 PM

    Dr Armando, o alendronato e o calcio, para a osteoporose prendem o intestino, desde já muito obrigada.

  103. joao comenta:

    2 dezembro, 2012 @ 2:55 PM

    Gostaria de algumas informaçoes sobre o Aclasta: Minha irmã tomou este remédio há cinco dias e sentiu febre, vermelhidão e dores musculares.
    Pela pesquisas que fiz isso é normal, mas eu gostaria de saber quanto tempo dura essas reações, uma vez que ainda ela está sentindo dores nos músculos e nos ossos!

  104. Ludovina comenta:

    18 dezembro, 2012 @ 1:06 AM

    Tenho Osteopenia, tanto na coluna lombar, e no fermur direito. Faço tratamento a quatro anos, e tomo aclasta a dois anos. Porém, a massa osseo mineral da Coluna lombar vem aumentando, mas do Fermur direito, teve diminuição de 5% do ultimo ano, já estando do vermelho, inferior a 4.. Mesmo tomando aclasta e cálcio diario (Osteonutri) e colecalciferol 10000ui uma vez por semana. Alguem sabe que tratamento posso fazer???

  105. Ludovina comenta:

    18 dezembro, 2012 @ 1:10 AM

    JOão:
    Eu já tomei duas vezes a Aclasta, e nunca tive efeito colateral. Porém sempre que tomar Aclasta é necessário muita hidratação. (*tanto no soro quando da aplicação do aclasta, e ingerir muito liquido após).

  106. Rose Gonçalves comenta:

    23 janeiro, 2013 @ 8:26 PM

    Gostaria de obter informação sobre o medicamento Prolia.

  107. joão pedro comenta:

    31 janeiro, 2013 @ 9:01 AM

    então pessoal vi todos os depoimento de vcs existe na lei uma brecha no qual vcs podem entrar na junta de advogados gratuitos ou ministério publico com uma ação contra o ministério da saúde para a compra do aclasta; sobre a experiencia minha filha toma desde os anos de vida dela e as fraturas são minimas em relação ao miacalcic eo pamidronato não vejo aumento da massa óssea em ninguém mais o aclasta tem sim uma melhora significativa e para os idosos associem com cloreto de magnézio os resultados favoráveis veem nos 3 primeiros meses pois não e remédio e sim um alimento boa sorte……….

  108. Fatima Maria Amorim e Silva comenta:

    16 fevereiro, 2013 @ 1:56 AM

    Fui a uma medica q me receitou PROTHOS e CITRACAL , mas pesquizando sobre o PROTHOS, vi q ele pode ocasionar varios problemas, tromboze, etc, e li os comentarios de varias pessoas aqui sobre o ACLASTA e gostaria de saber qual a sua opiniao sobre o PROTHOS, tenho 57 anos e osteoporose a varios anos,

  109. Pedro comenta:

    30 março, 2013 @ 2:53 AM

    Fátima Maria Amorim,
    Vc já fraturou alguma vez ? Tem dificuldade em se locomover, movimentar ?
    Existem alguns tratamentos para osteoporose, como, os bisfosfonatos, que sao mto conhecidos ,porém , podem ser efeito colateral uma osteonecrose avascular, ou seja, morte do osso por impedir a formação de vazos sangüíneos e proliferação celular.
    Eu, dependendo da gravidade de seu problema indicaria um Raloxifeno,como, Evista, que trás uma formação óssea mais fisiológica e tem se destacado por tbm ter como beneficio diminuir o risco do câncer de mama, motivo de preocupação das mulheres hj. A base do Raloxifeno é vc além de ter uma densidade mineral óssea bacana, ele proporciona uma qualidade óssea, trazendo assim uma força óssea legal pra que vc possa viver sem ficar limitada a movimentos diários.
    Espero que tenha valido a dica !
    Obs.: procure saber com seu medico e outros médicos a eficiência desse produto Raloxifeno para seu tratamento, o que lhe dei foi somente conhecimentos por estudo !
    Abs, Deus abençoe !

  110. Pedro comenta:

    30 março, 2013 @ 1:35 PM

    Lusófona,
    O medicamento ideal pra vc pode ser o Evista !
    Ele trás um tratamento mais fisiológico, ele não inibe a atuação dos osteoclastos( responsável pela reabsorção óssea) como os bisfosfonatos fazem! E não há o perigo de osteonecrose avascular ( morte óssea por impedir a formação de vazos sangüíneos e a proliferação das celular) que os bisfosfonatos podem trazer.
    O tratamento com o Raloxifeno( Evista) tbm tem como beneficio a diminuição do risco de câncer de mama!
    Obs.: procure saber com seu doutor como conseguir esse tratamento e se encaixa em seu perfil. O medicamento Evista pode ser adquirido pela secretaria através do preenchimento de um laudo basico pelo medico e paciente !
    Deus abençoe seu tratamento…lembrando que sao informações mediante estudos realizados por QUERER saber!

  111. Carmo comenta:

    30 março, 2013 @ 1:38 PM

    Dr. Armando Miguel Jr ,
    explique para nos a eficácia do tratamento com Raloxifeno,
    Esta sendo mto indicado para tratar osteopenia e certo grau de osteoporose.
    Obrigado

  112. Maria de fatima ferreira comenta:

    30 agosto, 2013 @ 1:32 PM

    gente ; preste bem atenção o medicamento para osteoporose é de graça na secretaria de saude, basta voces ir la pegar as folhas e levar para o medico assinar, depois espera 40 dias , e ganha o medicamento por tempo indeterminado. ok eu pego a mais de 3 anos ..

  113. CLEUDIMAR ALVES comenta:

    6 novembro, 2013 @ 10:21 AM

    Olá!
    Tenho ospenia na coluna lombar, meu médico prescreveu a medicaçao FOSAMAX D 70/5600, mas estou receosa que esse não seja a medicaçã o mais indicada. Sei que o correto é tomar a medicaçao prescrita pelo médico, mas quem sofre desse mal sabe do que falo. Será que alguém tem uma medicação que seja melhor? Caso tenha, por favor diga-me qual! Obrigada.

  114. FATIMA comenta:

    25 março, 2014 @ 4:23 PM

    JA TOMEI OSCALD POR 10 DIAS E AGORA VOU TOMAR O ACLASTA. GOSTARIA DE SABER SE DEVO TOMAR SOMENTE AGUA,, OU POSSO ME ALIMENTAR NORMALMENTE E TOMAR O ACLASTA A QUALQUE HORA DO DIA.
    OBRIGADA.

  115. Denise Muller comenta:

    11 abril, 2014 @ 11:29 AM

    Tenho Paget Ósseo ha mais de 15 anos. Estou com 73 anos e pelo menos a dois anos não tenho feito exames específicos. Já fiz duas aplicações, uma de alendronato e a outra não recordo. Ultimamente tenho sentido muitas dores nos ossos. Em Recife me tratava com o Dr. luiz Griz, especialista maravilhoso e entendedor da doença. Agora em Brasília ainda não consegui nenhum médico especialista. O senhor saberia me informar se existe médico especialista em Brasilia? Muito obrigada

  116. Adriana comenta:

    17 novembro, 2014 @ 4:35 PM

    Eu estava com osteoporose no fêmur e osteopenia na coluna, meu médico receitou PROSSO e alendronato de sódio, em 1 ano de uso contínuo de medicamento tive uma melhora importante. Vou continuar usando.

Deixe seu comentário aqui !