08 - maio
  

Dor no joelho – Osteoartrose de joelho:Gonartrose

Categoria(s): DNT, Reumatologia geriátrica




Resenha

Colaboradora : Sandra Chiavegato Perossi

* Fisioterapêuta, especializada no método Pilates, Pós-graduanda do Curso Saúde e Medicina Geriátrica – METROCAMP

artroseA osteoartrose de joelho também chamada de gonartrose, é uma doença de caráter inflamatório e degenerativo, que provoca a destruição da cartilagem articular e leva a uma deformidade da articulação. A etiologia da degeneração é complexa e inicia-se com o envelhecimento (1).

Aspectos epidemiológicos – A doença é de caráter crônico, de evolução lenta e sem comprometimento sistêmico de outros órgãos, afetando as articulações periféricas e axiais, mais freqüentemente as que suportam peso. Na grande maioria dos indivíduos se desenvolve de maneira silenciosa. Abaixo dos 40 anos, a freqüência é semelhante, em ambos os sexos sendo, esta patologia, um tanto quanto incomum. Estudos radiológicos demonstraram que a freqüência da Osteoartrose gira em torno de 5% em indivíduos com menos de 30 anos e, atinge 70% a 80% daqueles com mais de 65 anos. Contudo, somente 20% a 30% dos portadores de alterações radiológicas apresentam sintomas da doença.

Particularmente, na articulação do joelho, evidenciou-se, que 52% da população adulta apresenta sinais radiológicos da doença, sendo que, somente 20% destas apresentam alterações consideradas como graves ou moderadas. Já foi demonstrado que a gonartrose (artrose do joelho) tem uma incidência de cerca de 2% por ano nos Estados Unidos, A incidência desta patologia aumenta com a idade, estimando-se atingir 85% da população até os 64 anos sendo que, aos 85 anos é ela universal. Seu impacto social e seu grau de incapacidade e tão importante, que motivou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a criar a Década do Osso e da Articulação (2).

Um recente estudo a OMS refere que a osteortrose seria a quarta causa mais importante de incapacidade entre as mulheres e a oitava entre os homens. Estudos radiográficos mostram algumas alterações em 30% dos homens e mulheres acima de 65 anos, mas apenas um terço desses são sintomáticos (2).

Fatores de Risco (3):
1- De suscetibilidade individual a:
– Hereditariedade (filhas de mães com artrose tem mais probabilidade de desenvolver a patologia).
-Fatores Hormonais (descontroles hormonais propiciam a agudização da doença).
– Obesidade (indivíduos obesos possuem maior carga articular propiciando os fenômenos degradativos).
– Massa óssea (alterações de massa óssea interferem no aparecimento da patologia).
-Hipermotilidade (a hipermotilidade implica em maior stress articular e, como conseqüência, maior facilidade na ruptura da malha colágena)
– Doenças metabólicas.
2 – considerados fatores mecânicos:
– Macro traumas.
– Traumas repetitivos localizados.
– Sobrecargas esportivas.
– Uso inadequado de aparelhos de musculação.
– Alteração da biomecânica normal da articulação.

Sintomas (1):
• Dor relacionada a exercício físico;
• Dor ao repouso;
• Dor noturna;
• Rigidez após inatividade (tempo parado);
• Perda de movimento;
• Sensação de insegurança ou de instabilidade;
• Limitação funcional;
• Incapacidade.

Sinais (1):
• Pontos doloridos nas margens da articulação;
• Sensibilidade exagerada na articulação;
• Inchaço articular;
• Crepitações (atritos);
• Derrame intra-articular;
• Movimentos restritos e dolorosos;
• Atrofia muscular periarticular;
• Enrijecimento da articulação;
• Instabilidade articular.

Fisiopatogenia

Na fase inicial da OA, ocorre fibrilação e irregularidades da camada superficial da cartilagem articular, que se estende para demais camadas com posterior desenvolvimento de microfissuras. Em estágio mais avançado, com a perda da cartilagem e exposição do osso subcondral com microfraturas trabeculares, há ativação osteoblástica, que determina esclerose óssea, formação de cistos subcondrais e osteófitos, estes geralmente situados na periferia articular. Estudos recentes têm sugerido que o envolvimento inicial ocorre no osso subcondral e que este favorece a liberação de citocinas e outros mediadores inflamatórios que atingiriam a cartilagem promovendo a sua degradação.

A degeneração da cartilagem articular causa alterações secundárias na membrana sinovial, ligamentos e músculos. Do ponto de vista celular, a OA é resultado do desequilíbrio entre processo de síntese e destruição da cartilagem articular, incluindo alterações na matriz extracelular (produção aumentada, porém de qualidade anormal de proteoglicanos, diminuição na produção de colágeno tipo II e, em estágios mais avançados, a concentração de proteoglicanos se torna inferior a 50% do normal), condrócitos com pouca responsividade para a síntese, seja pela sua senescência, ou por dano mecânico associado com morte celular.

Embora a OA seja considerada uma doença não inflamatória, alterações articulares estão associadas à inflamação. A membrana sinovial, em resposta aos fragmentos de cartilagem no líquido sinovial (LS), produz metaloproteinases (MMP-2 e MMP-9) e citocinas como IL-1, IL-6 e TNF-α. A IL-1, mais do que as demais citocinas, está associada com estímulo aos sinoviócitos que irão produzir prostaglandina E2, resultando em dor e inflamação. Trata-se de potente interleucina causadora de degradação cartilaginosa por meio da liberação aumentada de metaloproteinases e da inibição de síntese de matriz extracelular.

Tratamento medicamentoso (2)

O uso de anti inflamatórios deverá obedecer as crises de inflamação e, quanto aos anti artrósicos de ação lenta, estes se justificam, e fazem parte da ação condroprotetora e de redução de medicamentos anti-álgicos e antiinflamatórios não hormonais.
Depois de numerosos anos, a Glicosamina foi proposta como um tratamento de primeira linha para as manifestações sintomáticas da Artrose (dor e limitação de função). Já existe um grupo convergente de estudos, de qualidade metodológica pelos meios válidos, sugerindo de fato que, esta molécula pode melhorar dentro de um prazo de 4 a 6 semanas os sintomas principais portadores de artrose. Se bem que dois estudos rigorosos (1,2) confirmam após um a duração de 3 anos que o Sulfato de Glicosamina em uma dosagem de 1500 mg/dia, permite bloquear a progressão estrutural da Osteoartrose de Joelhos (gonartrose). Certo número de pontos de interrogação, persistem quanto à eficácia anti álgida da Glicosamina quanto a melhor maneira de prescrição (formulação, posologia e duração) deste tratamento.

Tratamento cirúrgico (2)

Artroplastia do Joelho: Trata-se de um procedimento cirúrgico complexo que tem por objetivo a restauração da função articular, e a melhora do quadro doloroso. Isto é obtido através da substituição desta articulação acometida por componentes que serão implantados no ato operatório.

Tratamento Fisioterapêutico (2,5):

A fisioterapia é utilizada para aliviar a dor em fases agudas, preservar a função das articulações e melhorar sua movimentação. A fisioterapia alivia a dor e os espasmos musculares, proporcionando a articulação um certo grau de movimento.

As aplicações do calor ou do frio são recursos valiosos na prática da fisioterapia. Ambos constituem-se em recursos terapêuticos de grande valia no alívio da dor e na melhora da função articular. Atualmente não existe um consenso entre os profissionais de reabilitação sobre qual dos recursos terapêuticos empregar em pacientes com artrose avançada. A literatura é vasta em defender o uso tanto da crioterapia quanto do uso sistemático do calor, seja ele na forma de calor superficial ou profundo.

O uso do calor no tratamento de pacientes portadores de gonartrose é eficaz, pois têm a propriedade de alivia a dor, aumentar a flexibilidade dos tecidos músculo-tendíneos, diminuir a rigidez das articulações, melhora o espasmo muscular e a circulação.

Os efeitos terapêuticos da crioterapia também são pronunciados pois através de pacotes ou o gelo em pinceladas se obtém os seguintes resultados: diminuição do espasmo muscular, alivio da dor, eficaz nos traumatismos (entorses, contusões, distensões musculares, etc.), previne o edema e diminui as reações inflamatórias.

Para o alívio da dor e inflamação são utilizados termoterapia por condução, calor local e também eletroterapia, como o TENS e o interferencial.

Os exercícios são os principais recursos para recuperar a força muscular e quando utilizados com eletroterapia aliviam a dor.

Conclusão:

É importante essaltar que a osteoartrose é a doença reumática mais comum entre os idosos e quando não tratada adequadamente pode levar a incapacidade física, quedas e imobilização devido as dores e perda da força muscular, tornando-se assim um grande problema de saúde pública.

Ver mais

Gonartrose – Condroproteção

Gonartrose – Viscossuplementação

Referências:

1. Cossemerlli, W – Reumatologia Básica. Ed. Sarvier – São Paulo, SP, 1992.

2. Marx,F – Tradução e Validação do questionário algofuncional de Laquesne para osteoartrite de joelhos e quadris para a língua portuguesa

3. Resende M – O que é osteoartrose

4. Novaes, A – Osteoartrose – Conceitos e Aspectos Epidemiológicos [on line]

5. Marques AP, Kondo A – A fisioterapia na osteoartrose: uam revisão da literatura. Rev. Bras Reumatologia 38(2)Mar/Abr:83-90,1998 [on line]

Tags: , , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


211 Comments »

  1. Mariza Barbosa de Oliveira Camargos comenta:

    19 julho, 2008 @ 3:05 PM

    Há um ano eu tive uma lesão meniscal, num simple passso falso, penso que a musculatura estava bem fraca para que acontecesse isto.
    Estive quase fazendo cirurgia de menisco e tive e felicidade de encontrar dois médicos com mesma avaliação da minha ressonância magnética …é artrose que se começa.
    Um destes pediu-me Rx do joelho com peso…e o resultado foi Gonartrose…estou tomando glucosamina e condroitina e sinto 70% curada…graças a DEUS, quero agora é fazer caminhadas , pois preciso voltar a minha atividade física que abandonei .
    Nao quero que ninguém sofra as dores que sofri…oh. MEU DEUS….
    NAO FIQUE APENAS COM UMA INFORMAÇÃO MÉDICA….SE TENS DÚVIDA PROCURE OUTRA AVALIAÇÃO DO MÉDICO.
    TENHAM BOA SORTE…
    /

    MARIZA

  2. José Narciso comenta:

    23 julho, 2008 @ 6:05 PM

    Olá.
    Sofro de osteoartrose no joelho esquerdo. O meu ortopedista aconselhou-me a injeção de Structovial para reforso da cartilagem.
    Eu gostaria de ser informado sobre este medicamento, desde a administração até ao resultado, passando pelo preço.
    Obrigado.
    PF: enviem para o meu mail.

  3. tatiane comenta:

    27 julho, 2008 @ 6:47 PM

    eu tenho 14 anos e meus joelhos formam um x, e quando eu abaixo doí muito eu gostaria de saber se tem como consertar os meus joelhos?

  4. ldias comenta:

    31 julho, 2008 @ 10:50 AM

    Gostaria de saber se em Portugal se pode adquirir esses produtos, babosa e forever freedom, e se estes podem ter contra-indicações

    Obrigada

  5. Maristela comenta:

    2 agosto, 2008 @ 1:01 PM

    Sou portadora de gonartrose bilateral (M17.0), associada a fascite plantar esquerda, mais esporão de calcâneo.
    Em 20 de maio último, tive um derrame intra-articular, segundo o médico, estando no momento em tratamento ambulátorial e na terceira fase de 10 sessões de fisioterapia, no momento estou tomando fórmulas e por enquanto não sinto melhoras, visto que, já tomei vários medicamentos e continuo com todos os sintomas da gonartrose.
    Gostaria de saber porque o medicamento ARTROSIL (lisanato de cetoprofeno 160 mg), me fez urinar sangue e, ao qual foi suspenso.
    Desde já agradeço pela atenção!

  6. Olga Pereira comenta:

    11 agosto, 2008 @ 4:38 AM

    tb.sofro de artrose há dois anos e agora exigi ressonância bilateral (dos 2 joelhos).Espero laudo pra ver se é caso de artroscopia ou prótese.Acredito ser prótee pois dói muito e remédios já tomei demais,fiz fisioterapiaas demais etc..Qual bom médico cirurgião no Rio de Janeiro e é verdade que os planos não cobrem?Nada mesmo?A prótese alemã é boa e já existe uma menor q.facilita o pós operatório,além disso tem durabilidade de l5 (quinze anos).Por favor orientem-me sobre o cirurgião.Muito obrigada .Tenho 64 anos e 7 meses.

  7. Olga Pereira comenta:

    11 agosto, 2008 @ 4:40 AM

    tb.sofro de artrose há dois anos e agora exigi ressonância bilateral (dos 2 joelhos).Espero laudo pra ver se é caso de artroscopia ou prótese.Acredito ser prótee pois dói muito e remédios já tomei demais,fiz fisioterapiaas demais etc..Qual bom médico cirurgião no Rio de Janeiro e é verdade que os planos não cobrem?Nada mesmo?A prótese alemã é boa e já existe uma menor q.facilita o pós operatório,além disso tem durabilidade de l5 (quinze anos).Por favor orientem-me sobre o cirurgião.Muito obrigada .Tenho 64 anos e 7 meses.

    Não pode ser enviado pois há comentário parecido mas não fui eu que mandei.Conheci osite hoje dia ll.8.08

  8. Luciano Barbosa comenta:

    20 agosto, 2008 @ 10:41 AM

    Ola,estou com condropatia nivel IV,sinto muitas dores dentro do joelho,fiz uma RM e fiquei alegre
    quando comecei a ler o resultado,pois nao era lesao de meniscos nem de ligamentos,contudo,
    na conclusao medica,segundo a opiniao dele,o meu caso era mais grave do que eu imaginava.
    Num primeiro momento ela falou que eu nao poderia mais jogar bola e nem treinar jiu-jitsu,
    fiquei triste,pois sao meus esportes prediletos.Estou fazendo o uso de CONDROFLEX,e nao senti
    melhoras.O tratamento com fisioterapia e importante nesses casos?Sim,tenho 40 anos de idade, tenho plena consciencia que a recuperacao e mais lenta,entretanto,com a sua ajuda e o poder de
    Deus em nome de Jesus Cristo,vou me recuperar.Desculpa-me os erros de acentos,pois o teclado
    esta com defeito.Que Deus ilumine seus passos.Amem.

  9. Jonas de Almeida. comenta:

    20 agosto, 2008 @ 3:15 PM

    Prezado Luciano, a única sugestão que posso lhe dar é que utilize a BABOSA (FREEDOM FOREVER) como teste durante tres a quatro meses, eu creio que você terá grande melhora das dores, recomposição articular e ainda é um suplemento alimentar completo que aumenta a disposição. O repouso é muito importante e no meu caso o médico indicou duas injeções de diprospan, uma a cada 5 dias. Estou jogando futebol e na academia, mas o jiujitsu não dá mais rsrsrsrsrs. (fazer guarda e esgrimar a perna acaba com o joelhão).
    Fique com Jesus e melhoras. meu email é: jjcalmeida@gmail.com

  10. neusa dilino comenta:

    22 agosto, 2008 @ 8:43 AM

    bom dia ! a + ou – 1 mes sentia dores horriveis no meu joelho esquerdo,fui ao medico e atrves de um rx detectou-se uma osteoartrose, o medico me mandou emagrecer 20% do meu peso e tenho q fazer exercicios fisicos para acelerar o metabolismo. gostaria q alguem q tivesse esse mesmo problema meu q se dscobriu um exercicio eficas q nao doesse muito por favor me indique . meu email é: neusadiolino@hotmail.com desde ja agradeço.

  11. Roberta Teixeira comenta:

    27 agosto, 2008 @ 7:27 PM

    olá boa noite preciso mt de ajuda, fiz duas cirurgia pois tenho deformidade em extensao do joelho esquerdo e uma patela de localizaçao alta esse foi o diagnostico da 1 cirurgia que fiz. na 2 cirugia fiz um alongamento de quadriceps + liberaçao articular a doença no momento: fibrose progressiva no quadriceps( joelho) e contratura congenita do joelho, e fiz um rx e o resultado foi discreta osteopenia difusa reduça do espaço articularmedial associado a esclerose subcondial femural, e o medico me disse que estou com artrose grau 3, sinto mt dor e estou com dificuldades p/ andar, a 1 ano atras cai no trabalho tive um contusao nesse joelho e de la p/ cá piorei mt, trabalho desde de já agradeço a atençao pela atençao fique com DEUS ah! eu tenho 32 anos obg

  12. expedito leite da silva comenta:

    29 agosto, 2008 @ 1:03 PM

    estou com artrose no joelho direito, posso praticar alguns exercicios como futebol.

  13. selma morais comenta:

    6 setembro, 2008 @ 9:25 PM

    Olá,tenho 36 anos e descobrir q estou c sinais de gonartrose. faço fisioterapia e por último estou fazendo hidroginástica, para q possa aliviar mais as dores q sinto.Pois são de gde frequências e já ñ aguento mais. ah, sim,tomo remédios pra dor,inflamação e nada resolve.Ñ sei mais oq fazer…! Se alguém souber de algum outro tratamento q possa me indicar , ficaria muito grata. Obrigada!

  14. cintia comenta:

    15 setembro, 2008 @ 3:47 PM

    tenho um avô que tem 82 anos que teve tuberculose glandular começou,em novembro de 2007 ai desse tempo pra ca começou a ter muitas dores nas pernas e muito inchaço,e perdendo a força das pernas,tem febre constante,as vezes ele cai,agora ele fez um RX e acusou(Gonartrose)isso que ele sente é da tuberculose que ele teve ou é da Gonartrose?E tem tratamento que volte a andar normalmente,ele anda mais não tem muita firmeza nas pernas.

  15. Ana Paula comenta:

    28 setembro, 2008 @ 7:44 PM

    Olá, tenho 36 anos anos fui diagnostica com osteoartrose no joelho direito e derrame articular na tibiaa direita, fiz a cirurgia do joelhoem 19 de agosto de 2008, tomei as injeções para evitar trombose, tomei os anti-imflamatórios e estou tomando o condroflex, estou me sentindo muito bem, a minha dúvida é: qual o tipo de exercícios físicos que posso fazer na academia ?
    Eu tenho feito esteira por cerca de 50 minutos e bicicleta por mais ou menos 30 minutos, os outros exercicios que faço são somento para o tronco ele não me deixa fazer mais nada com as pernas, gostaria de saber se é assim mesmo.
    Muito obrigada e melhoras a todos.
    Ana Paula

  16. leandro ramos comenta:

    29 setembro, 2008 @ 8:41 PM

    ola tenh 41tenho muitas dores no joelho sinais de gonartrose
    se alguem souber de algum tratamento possa me indicar. ficaria muito grato
    obrigado

  17. Laisa comenta:

    2 outubro, 2008 @ 10:19 AM

    Olá!
    Tenho um problema grave nos 2 joelhos, estou hoje com 35 anos e esse problema vem da infância. Fiz cirurgias com um médico “incapaz”, há 20 anos, que só me rendeu sofrimento, pois o memso disse que meu problema era nos meniscos e que teria extraido nessa cirurgia. Em 2000 fiz uma ressonância e descobri que estava com os meniscos intactos, portanto, a cirurgia foi prá nada. Nessa ressonância foi constatado que meu problema é genético, que tenho a cavidade do joelho rasa, etc…
    Esta semana voltei ao ortopedista e ele disse que tenho os joelhos de uma pessoa de 60 anos, que minha artrose está muito avançada. Me receitou artrolive, preciso tomar esse medicamento por 3 meses e depois fazer outra radiografia. Mas o mesmo me orientou a não manipular o medicamento, pois o medicamento manipulado não daria os mesmos resultados. Minha dúvida é essa, porque não posso manipular esse medicamento? A informação que ele me deu é correta? O medicamento manipulado não faz o mesmo efeito? Fiquei apreensiva pois sei muito bem como funciona a indicação de determinados medicamentos, onde o fabricante beneficia, e muito, médicos que receitam determinado remédio. Não será esse o caso? Pediu que eu não manipulasse pois o remédio manipulado não dá ao médico que o receitou ” passagens aéreas, brindes valiosos, etc”? Ou realmente é verdade que o medicamento manipulado não traz os mesmos resultados? Ainda não comprei o medicamento pois custa caro e gostaria de uma opinião sobre a manipulação da formula.
    Obrigada.

  18. Jair Azevedo comenta:

    2 outubro, 2008 @ 3:25 PM

    olá!
    tenho 28 anos,sofri um acidente à 6 anos já passei por duas cirurgias mas ainda sinto muitas dores no joelho esquerdo.Na ultima sexta-feira fiz uma exame de ressonância magnética e a conclusão foi que:

    Sinais de meniscoctomia parcial medial.
    Alterações degenerativas osteocondriasi(osteoartrose) secundárias nos compartimentos fêmoro-tibiais.

    Se alguém puder me explicar o que significa fico muito agradecido!
    t+++
    😀

  19. regina comenta:

    2 outubro, 2008 @ 7:42 PM

    02 outubro, 2008

    ola,tenho 54 anos tem3 meses que estou sofrendo de sinais de gonartrose e nao sei mais o que fazer,se alguem souber de algum tratamento me ajude ,ficarei muito grata obrigada

  20. Sônia Maria Alves comenta:

    13 outubro, 2008 @ 11:06 AM

    Olá
    Tenho 53 anos e sofro a 3 anos de osteoartrose no joelho esquerdo, devido a um acidente de carro a 28 anos atrás. Já fiz cirurgia de arteoscopia e percebi que depois deste procedimento as dores aumentaram ao caminhar. Faço hidroginástica e tomo artrolive artrodar regularmente a 02 anos. Já tomei também Forever freedom por 06 meses, e nada adiantou. Continuo tendo muita dificuldade no caminhar. Tenho agora uma única esperança… célula tronco para cartilagem. Alguém tem alguma informação pra me dar??

  21. neide banjai comenta:

    13 outubro, 2008 @ 1:58 PM

    Olá, tenho osteoartrose, me falta a cartilagem e sinto muita dor, estou quase sem andar pois doi demais, tenho 62 anos e desde 45 anos que tenho essas dores, já fiz vários tratamentos e não adiantou estou cada vez pior, gostaria de saber o que devo tomar ou que tratamento fazer, gostaria de saber se a protese é viavel e qual os perigos dessa operação. Obrigada.

  22. Trancilita comenta:

    13 outubro, 2008 @ 10:38 PM

    Falando com Neide Banjal

    Eu tomo CONDROFLEX,sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina,1,5 g+1,2g
    sache um por dia,faz menos de um mes e quase nao tenho dor, meu caso nao e cronico. O medico receitou usar durante 6 meses. Veja a bula, e fantastico.
    boa sorte

  23. Trancilita comenta:

    13 outubro, 2008 @ 10:39 PM

    Falando com Neide Banjal

    Eu tomo CONDROFLEX,sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina,1,5 g+1,2g. Um
    sache um por dia,faz menos de um mes e quase nao tenho mais dor, meu caso nao e cronico. O medico receitou usar durante 6 meses. Veja a bula, e fantastico.
    boa sorte

  24. gildo alves comenta:

    20 outubro, 2008 @ 4:08 PM

    gostaria de saber se posso jogar futebol,mesmo com artrose no joelho esquerdo e se eu fizer a cirurgia pra colocar protese no joelho eu posso jogar futebol ou praticar algum esporte?

  25. PAULO EMILIO comenta:

    22 outubro, 2008 @ 4:46 PM

    TENHO ARTROSE NO JOELHO ESQUERDO DEVIDO A UMA LESÃO DE MENISCO MAU CURADA SINTO FORTES DORES NO JOELHO, TOMO DIACEREINA 50 MLG. POR DIA JÁ FIZ MAIS DE 50 SESSÕES DE FISIOTRAPIA E MEU JOELHO NÃO DOBRA MAIS QUE 100 GRAUS. ALGUÉM PODE ME AJUDAR?

  26. Anônimo comenta:

    22 outubro, 2008 @ 9:29 PM

    Paulo emilio,experimente tomar Condroflex(sulfato de glicosamina+ sulfato de condroitina,estou tomando desde o sia 19 de setembro deste ano , e ja nao tenho mais dores no joelho, segundo um medico e muito bom,deve toram 6 meses, sao saches,que vc toma um ao dia com um copo de agua.leia a bula, e importante que vc deixe no copo ate ficar transparente e depois mexe e toma. e fantastico\
    boa sorte
    Trancilita

  27. Anna Pinho comenta:

    23 outubro, 2008 @ 11:10 AM

    Bom dia. Minha mãe tem problemas no dois joelhos, anda com os joelhos sem dobrar, antes por causa da dor e agora porque já acostumou, ela diz. Ela tem 87 anos e como tem muita saúde e a cabeça muito boa o médico quer fazer a cirurgia para colocar uma prótese, pois ele diz que daqui há dois anos ela pode estar sem poder andar e com isso ter uma caída geral na saúde. Gostaria de saber quais os riscos de uma cirurgia para um idoso com 87 anos e se a recuperação é dolorosa e demorada? Ela nunca tomou remédio para esse problema a não ser antiinflamatórios quando está em crise muito dolorosa. Será que se ela começar a tomar o Artrolive (Glicosamina com a Condroitina) e concomitantemente fazer um pouco de exercicio como pedalar (naquele pedal cicle que pode sentar na poltrona, sem forçar e sem resistencia nenhuma ) ela conseguirá pelo menos que a gonartrose não progrida ou até alguma melhora? Se for possível por favor me digam alguma coisa, pois tentarei tudo para que ela evite a cirurgia. Será que a pobrezinha poderá escapar da cirurgia, pois ela morre de medo, apesar de já ter feito uma no ombro, aos 78 anos, com sucesso. Muito obrigada pela ajuda. Aguardo ansiosa qualquer contato. Anna Braga. (Recife).

  28. luciano comenta:

    24 outubro, 2008 @ 12:11 PM

    Não tenho mais dor , este é revolucionario , estou correndo de novo , pedalando , jogando squash , foi a melhor coisa que me aconteceu , mas só libero se vcs entrarem em contato comigo pelo meu email . O remédio se chama………..? dor no joelho nunca mais . é realmente tiro na queda , após 15 dias de adeus a dor e só precisa tomar durante 2 meses , depois é voltar a viver
    abs

  29. Tamima Schlickmann comenta:

    30 outubro, 2008 @ 7:32 AM

    Estou muito precisando de ajuda… tenho 24 anos e sofro desde dos 13 com frequentes dores no joelho,aos 13 quando fui ao médico ele me engessou durante 1 mes e depois de alguns dias eu tive que voltar no mesmo com a mesma dor claro que todas as vezes tiraram Rx mais nunca me disseram o que se tratava e foi assim durante 11 meses com o mesmo joelho engessado fiz a fisoterapia e a dor passou a ser frequente para de vez enquando mas essa semana se tornou impossível novamente… a rotula do meu joelho ela se move muito para um lado e para o outro como se estivesse solta… qual o procedimento devo tomar e quais os exames devo exigir do médico?
    Por favor alguém me ajude a esclarecer essa duvida que me acompanha à 11 anos
    Grata
    Tamima Schlickmann

  30. Laisa comenta:

    30 outubro, 2008 @ 9:09 AM

    Olá Tamima!!!
    Não sou médica, mas pela descrição do seu problema, é muito parecido com o que tenho. Já passei por cirurgias, onde o médico dizia que meu problema era nos meniscos, e isso foi constatado por radiografia. Mesmo assim continuei tendo muitas dores, até que um dia, fiz uma ressonância magnética, onde o médico diagnosticou um problema bem diferente do diagnosticado anteriormente. Foi constatado que tenho é uma deformidade na cavidade do joelho, onde a rótula se encaixa, no meu caso,essa cavidade é muitoi rasa e por esse motivo a rótula fica ” solta”, levando ao desgaste da cartilagem, o que provoca a artrose. Recentemente, voltei ao médico e ele me disse que meus joelhos tem uns 20 anos a mais que eu, tão avançada está a artreose, devido a eu não ter seguido as recomendações dele da últiam vez que o visitei, há uns 7 anos atrás.Me receitou artrolive, que é um remédio que ajuda a recosntituir a cartilagem. Estou tomando este remédio tem 15 dias somente, portanto não posso dizer se já fez efeito ou não, mas posso dizer que já tenho percebido que dói menos e não tem ficado inchado mais, acho que isso já é efeito do remédio.
    Espero ter ajudado vc.
    Abraços.

  31. ADAILSON PEREIRA MOURA comenta:

    6 novembro, 2008 @ 4:16 PM

    boa tarde tenho meu nome adailson pereira moura moro na bahia 48 anos sõ pordador de condromalacia patelar grau III NO JOELHO esqerdo ja fiz 3 cirugias hoje apresenta um quadro inrevesivel muitas dores, nao poso ficar muinto tempo em pé meu joelho incha constatimente,endureco quando eu ando , tenho dificudade para subir á escada da minha casa , agora para minha supresa o outro joelho apresentou as mesma consequencia constatose que eu estou com condromalacia no outro joelho ja apresenta um quadro de artrose, o medico que me acompanha esta tentando me aplicar uma injeçaõ chamada -SUPRARYAHL- que e injetado diretamente nos joelhos. há faltou eu dizer que eu era mecanico de manutencaõ industrial e pegava muinto peso ficava muinto tempo apoiado nos joellhos hoje pra andar eu tenho muintas dificudades ha faltou eu dizer tambem que eu sou vitima de contaminaçaõ por chumbo e cadmio que prejudica o homem.

  32. Cézar cotrin leite comenta:

    6 novembro, 2008 @ 7:46 PM

    RECADO :- para o sr. Adailson Pereira de Moura da BAHIA …se for esperto ! Você ficará 100%
    livre desses sintomas do mal. Procure em sua cidade um distribuidor da Forever Living, ou
    ligue para Salvador, tel. (71) 3362-8865, e infome-se de um DISTRIBUIDOR Forever em sua
    cidade. O produto para seu uso é:- FOREVER FREEDOM- tomar 60 ml na hora do almoço e
    um ÕMEGA3 junto todo dia. Este chamado tratamento, dura mais de um ano. O distribuidor vai lhe orientará. Na segunda semana não sentira tantas dores. Eu também achava que tinha
    tudo isso que você diz- O problema é desgastes de CARTILAGENS e liquido SINOVIAL
    (lubrificante dos ligamentos – “juntas”). O FREEDOM vai refazer novamente suas cartilagens
    e lubrificantes… QUE DEUS NOS AJUDE!!! Cezar.

  33. jose raimundo comenta:

    13 novembro, 2008 @ 6:39 PM

    ola boa noite, eu tenho 38 anos de idade venho a 1 um ano sentindo dores no joelho esquerdo
    quando fico agachado doi e quando levanto fico sem equelibrio no joelho so depois de alguns minutos ele volta a o normal mais mesmo assim fica doendo a noite é pior as dores que sinto qual procedimento tomar
    muito obrigada pela atençao

  34. Jorge Luis comenta:

    19 novembro, 2008 @ 5:34 PM

    Tenho gonartrose no joelho esquerdo e não consigo mais trabalhar, e os medicos do INSS, não me liberam o pagamento , é caso de aposentadoria , tenho 40, oque eu faço

  35. Dirceu comenta:

    23 novembro, 2008 @ 5:16 PM

    Tenho sentido muita dor no joelho esquerdo.fiz ressonancia e foi constatado condromalacia grau iii. o medico recomendou Suprahyal , sera que o procedimento correto. tenho muita duvida

  36. marli comenta:

    29 novembro, 2008 @ 11:27 PM

    TENHO OSTEOARTROSE DE FORMA ACENTUADA NO COMPARTIMENTO PATELO FEMORAL LATERAL,POSSO FAZER ACADEMIA SÓ EXERECICIOS ISOMETRICO? POSSO FAZER CAMINHADA?AGUARDO RESPOSTA ,ESTOU EM CRISE E ME DOI MUITO ,O QUE É MELHOR CALOR OU FRIO ,PARA POR NO JOELHO? ABRAÇOS

  37. Gilce Maria pastore comenta:

    5 dezembro, 2008 @ 8:25 AM

    Não tive resultados ainda que elucidem meu caso. Joelho esquerdo inchado, quente e vermelho, ando claudicante pela dor aguda.. O ortopedista disse que o raiox está ok, o exame de eletromiografia também, agora me submeti a uma ressonancia magnetica. Um médico disse para colocar gelo, outro disse-me para fazer calor. Estou fazendo acumpuntura. Tomando anti-inlamatórios há um mês, quando começaram as dores. Penso que a ressonância me dará resultados mais precisos. Enquanto isso estou suportando a dor. .Importante informar que tenho 62 anos. Ah, a dor começou na panturrilha , pior que contrações provocadas por cãibras. Depois da fisioterapia, passou para o joelho esquerdo. Enfim, estou desolada. tenho tanto a fazer e estou limitada pela dor. Os médicos são rápidos no atendimento, mas não precisos. Enquanto isso, a gente espera e aguenta a dor ….

  38. Mauricio comenta:

    8 dezembro, 2008 @ 10:04 AM

    Estou fazendo uso do medicamento ARTROLIVE con as festividades do final de ano gostaria de saber se fazendo uso de ste medicamento posso ingerir bebidas alcólicas.

  39. ELIAS FERREIRA DOS SANTOS comenta:

    16 dezembro, 2008 @ 3:43 PM

    Eu,tenho 47 anos e sofro com essa doença incuravel,passei por quatro avaliação cirurgica e não obtive resultado positivel.e vão faço mais atividades fisicas já que fui atleta,os medicos tentam mais tenho que me comformar com a dor.

  40. dalton comenta:

    17 dezembro, 2008 @ 10:14 AM

    queria saber se osterartrose e caso para aposentadoria ja que disem que nao tem cura

  41. SANDRA CRISTINA comenta:

    18 dezembro, 2008 @ 11:49 PM

    bom.dia!estou sofrendo muito com dores no joelho e esporoes no calcanio meu medico didde que ja sou portadora gostaria de receber esta resposta no meu email.ja tenho 46 anos tenho dificuldades para andar a dor e imensa mi ajuden neste caso pode vim uma surporta aponsentaduria.obrigado aguardo sua resposta .brigado!

  42. Nercy comenta:

    21 dezembro, 2008 @ 5:57 PM

    Tenho Gonartrose , mais evidente no compartimento fêmuro-patelar, em joelho valgo, a direita. Qual seria o melhor tratamento? A cirurgia resolveria o meu problema? Tenho 50 anos.

  43. Jorge Eduardo Cezário comenta:

    3 janeiro, 2009 @ 4:52 PM

    Tenho gonartrose no joelho, com graus lll e lv, quero saber gas é o grau maximo, e qual tratamento devo seguir, pois as dores estão aumentando e acordo todas as noites com dores, já operei esse mesmo joelho 4 vezes.

  44. Edith comenta:

    16 janeiro, 2009 @ 6:30 AM

    Tenho condromálacia grau IV, fiz 02 artroplastias de joelho, uma com meniscectomia total,e a outra parcial, sofro muito por ter sempre dor,e por estar com minhas atividades limitadas, nomomento estou na previdência social, meu médico que colocar uma prótese no meu joelho d (free way) que segundo ele é mais aprópiada para minha idade que é 55 anos. Tenho muito medo de ficar mais incapacitada, alguém me ajude astou com muito medo, alguém já colocou está prótese…Grata desde já…

  45. SIMONE LOIOLA CARVALHO comenta:

    23 janeiro, 2009 @ 11:05 AM

    OI!!!!
    fIZ UMA OPERAÇÃO NO JOELHO ESQUERDO DEVIDO AO ROMPIMENTO DO MENISCO MEDIAL, FIZ ARTROSCOPIA, E MINHA MUSCULATURA TA + FINA Q A OUTRA.
    gOSTRIA DE SABER SE EU FIZER FISIOTERAPIA, JUNTO C/ UM REMEDIO Q O MEDICO PASSOU P/ CARTILAGEM, SE EU VOU CONSEGUIR FAZER EXERCÍCIO FISICO E SE ELA VAI FICAR DO MESMO GEITO Q A OUTRA?
    TO MTO PREOCUPADA,.
    ANDAR É BOM?? PQ ANDO BASTANTE.

    OBRIGADA
    UM GDE ABRAÇO

  46. filomena comenta:

    24 janeiro, 2009 @ 11:13 AM

    meu marido tem 46 anos e ja esta com joelho condenado nao mais soluçao no caso so a cirugia mais o sus so fais a cirugia com mais 60 anos nao sei o que fazer pois ele toma remedio todos os dias nao pode trabalhar nao pode se divertir nem subir escada ja temtamos tudo so decepiçao tem alguem que possa nos ajudar so por deus

  47. Carlos Henrique da Silva Dias comenta:

    29 janeiro, 2009 @ 7:21 PM

    Tenho 37 anos sou policial militar/ RJ, trabalho em uma escala de 24 X 72 e sempre que estava de serviço fazia uma corrida de 30 a 40 minutos e de um tempo pra cá passei também a utilizar a academia de musculação da corporação, acontece que em determinado dia antes da corrida senti meu joelho diferente, parecia está solto, mas mesmo assim fiz a corrida de 30 minutos e permaneci na academia 40 minutos aproximadamente. No dia seguinte estava eu com uma grande dor na lateral do joelho, dirigi-me ao a emergência do hospital da pm, onde fui medicado e orientado: Alginac 1000 ___ 01 cpm de 8 X 8h durante 05 dias e gelo no local 3x / dia 20min. não deu resultado procurei então outro médico este me solicitou um raios X (constatou sinais de gonartrose) e após verificar o mesmo me receitou três meses de fisioterapia. Pergunto eu qual seria o tratamento adeguado.

  48. paulo oliveira comenta:

    31 janeiro, 2009 @ 1:28 PM

    Boa Tarde:Tenho 46 anos e constatei atraves de uma radiografia,que estou com inicio de uma pequena artroze no joelho esquerdo.Ja estou realizando tratamento com condriflex ou coisa parecida.Estou exercendo trabalhos especias na academia no intuito de fortalecer minha musculatura.Estou tentando correr leve mas minha perna fica um pouco preza e tambem sinto estalos na regiao.Gostaria de uma orientaçao; preciso recuperar meu joelho pois e muito importante pois sou arbitro de futebol e tenho em mente que sempre estamos aprendendo algo diferente.certo de sua ajuda. Meu muito obrigado.

  49. Antonio Moreira comenta:

    3 fevereiro, 2009 @ 8:27 PM

    Olá eu tive um açidente de viação com 27 anos, agora tenho 30 tenho um estirameto de menisco e a minha cartilagem está em grau 4 tenho muitas dores e soube que agora ja fazem reposição de cartilagem.Será que essa pode ser uma solução para min? Gostava de saber a vossa openião,obrigado.

  50. joseraldo comenta:

    4 fevereiro, 2009 @ 6:25 AM

    Bom dia ,tenho 38 anos ,ja fiz 3 cirurgia no joelho e me tiraram o menisco,hoje tenho artrose,tenho dor constante,o que fazer? hoje tomo glucosamida .gostaria de saber novos tratamentos ate como testes eu aceito,e esportes posso jogar futebol 1 vez por semana? grato

Deixe seu comentário aqui !