15 - abr
  

Doença óssea de Paget

Categoria(s): Biogeriatria, Reumatologia geriátrica




Resenha

Abstrat:
Paget’s disease is a chronic condition of bone characterized by disorder of the normal bone remodeling process. Normal bone has a balance of forces that act to lay down new bone and take up old bone. This relationship (referred to as “bone remodeling”) is essential for maintaining the normal calcium levels in our blood. In bone affected by Paget’s disease, the bone remodeling is disturbed and not synchronized. It is not known what causes Paget’s disease. Recently, certain genes have been associated with Paget’s disease, including the Sequestrosome 1 gene on chromosome 5, although a virus infection may be necessary to trigger.
Paget’s disease commonly causes no symptoms and is often incidentally noted when X-ray tests are obtained for other reasons. The treatment of Paget’s disease is directed toward controlling the disease activity (medications called bisphosphonates or injectable calcitonin), and managing its complications. Bone pain can require anti-inflammatory drugs (NSAIDs) or pain-relieving medications. Bone deformity can require supports as surgical operations.

A doença foi descrita em 1877 por James Paget e é denominada osteíte deformante. Consiste de uma doença esquelética crônica, causada por um distúrbio da remodelação óssea. Incide principalmente em homens, na proporção de 3:2 e estudos genéticos demonstram uma possível agregação familiar. Estima-se que 2% da população mundial acima de 60 anos tenha a doença. Em algumas regiões da Europa Ocidental esse número chega a 7%. No Brasil, estima-se que 80.000 pessoas sofram da doença de Paget, que ainda é subdiagnosticada.

Etiologia

A etiologia da doença permanece desconhecida. Dados de diferentes áreas de investigação estabelecem algumas hipóteses. A doença parece ter um significante componente patogenético, 15% a 30% dos pacientes têm história familiar positiva e análises genéticas de famílias acometidas estabelecem um padrão autossômico dominante de herança. Um outra hipótese refere-se a intervenção de agentes virais.

Uma teoria mais recente tenta “unificar” estes achados prévios e sugere que osteoclastos (células “destruidoras” de tecido ósseo) hiperativos funcionalmente são o produto de uma fusão de células (osteoclastos e células progenitoras de osteoclastos) mediada por uma infecção viral e que migram para os locais da lesão óssea. Muitos investigadores acreditam que uma infecção viral durante a infância, num indivíduo geneticamente suscetível, predispõe a lesão no osteoclasto que deverá manifestar-se durante a vida adulta.

Patogênese

O evento inicial da DP é o aumento da reabsorção óssea em associação com a presença de osteoclastos anormais nos sítios afetados. Os osteoclastos da doença de Paget são mais numerosos e contêm mais núcleos (mais de 100 núcleos por célula) que os normais. Em resposta ao aumento na reabsorção óssea, numerosos osteoblastos (células produtoras de tecido ósseo) são recrutados para os locais da doença em que ocorre uma tentativa de reparação com aumento de tecido osteóide, fibrose medular e hipertrofia vascular, resultando em perda da arquitetura normal do osso trabecular e cortical, os quais se tornam menos compactos, mais vascularizados e suscetíveis a deformidades e fraturas patológicas.

Manifestações clínicas

Paget

Cerca de 80% dos pacientes são assintomáticos e, quando ocorrem sintomas, estes são devido a complicações neurológicas ou ósseas. O exame físico dos pacientes portadores de Paget pode ser totalmente normal ou, nas fases de atividade da doença, pode manifestar-se com maior velocidade de crescimento ósseo e de aumento de temperatura no segmento ósseo acometido, secundário a um maior fluxo sangüíneo nestas localizações. As anormalidades encontradas no exame físico da coluna lombar podem incluir a retificação da coluna e presença de escoliose.A coluna lombossacra é o sítio mais acometido sendo a dor de início insidioso, de intensidade moderada, não relacionada com o movimento, podendo irradiar-se para a região glútea, coxa, perna e pés, não sendo totalmente aliviada com o repouso nem com utilização de analgésicos e antiinflamatórios não hormonais.

Diagnóstico

A imagem radiológica é de um osso denso e desestruturado. Veja o aumento da densidade óssea na região sacral da figura.

Aumento na excreção urinária dos marcadores bioquímicos que refletem um estado hiper-reabsortivo (hidroxiprolina, por exemplo) pode ser visto ao lado da elevação dos níveis de fosfatase alcalina, a qual demonstra aumento da atividade osteoblástica.

Os níveis séricos de cálcio são usualmente normais. Ocasionalmente pode haver hiperparatiroidismo secundário (15%-20% dos casos) mesmo com cálcio sérico normal.

Além de úteis na comprovação do diagnóstico, as dosagens seriadas da fosfatase alcalina e hidroxiprolina urinária ou de outros marcadores da reabsorção, como os interligadores do colágeno tipo 1 (piridinolina e deoxipiridinolina) e os fragmentos amino (NTx) e carboxi (CTx) do colágeno tipo 1, são utilizadas na monitorização dos efeitos do tratamento.

Tratamento

O desenvolvimento de inibidores específicos da reabsorção óssea mediada pelos osteoclastos, particularmente os bisfosfonatos de última geração tais como o alendronato, risedronato e o ácido zoledrônico, permitiu maiores chances de sucesso no tratamento da doença de Paget nos últimos anos.

Referência:

Duarte DG, Santana MVS, Nobrega GMM, Azevedo E. Doença óssea de Paget. Temas de Reumatologia Clínica Setembro Vol.3 N.3 – 82-85. 2002 [on line]

Griz L, Colares V, Bandeira F – Tratamento da Doença Paget Óssea: Importância do ácido zoledrônico.Arq Bras Endocrinol Metab. Vol.5 N.5 Outubro 2006. 845-851 [on line]

Tags: , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


112 Comentários »

  1. Cinei Aguirre comenta:

    5 julho, 2007 @ 2:35 PM

    Preocupado com uma doença que acomete minha mulher (tremedeira, deformação esqueletica, aumento de niveis em exames de sangue(fosfatase, etc) e não encontrando diagnostico certo e exato em médicos consultados, e pesquisando vim parar neste site onde começo eu (leigo! mas sentindo o problema) a suspeitar da Doença de Paget, e já agora encontrando um rumo para voltar a consultar médicos! Agradeço assim, essa orientação. Grato, Cinei

  2. Mariana Dias comenta:

    28 outubro, 2007 @ 6:28 PM

    Minha mãe tem uma doença muito semelhante a doença de Paget, então eu gostaria de saber se a doença de Paget tem a ver com artrite e reumatismo.

    Desde já agradeço a atenção.

    Mariana Dias

  3. maria do ceu cravo comenta:

    29 outubro, 2007 @ 10:35 AM

    ola, sou portuguesa tenho 43 anos e foi-me diagnosticado atravez de uma cintigrafia ossea, hiperfixação intensa no ilíaco direito,1/3 distal do fèmur esquerdo e 1/2proximal da tibia direita correspondente à presença de doença de paget. A minha questão, è possivel tudo isto na minha idade? gostaria de ter uma resposta se fosse possivel. Obrigada.

  4. zélia castanho comenta:

    18 dezembro, 2007 @ 10:01 AM

    Minha mãe, com 88anos, sente dores intensas na coxa direita, bacia, perna e principalmente no pé.
    Nosso médico encaminhou para uma cintilografia óssea e estamos aguardando resultado de um diagnóstico de doença Paget.
    Neste site li algo sobre a doença e ainda pergunto:
    * é curável
    * a dor intensa tende a aumentar?
    *existe medicamento eficaz?
    * a doença pode ser fatal?

    Com meus agradecimentos,
    Zélia

  5. Prof. Armando Miguel comenta:

    9 janeiro, 2008 @ 6:59 AM

    Zélia,
    So existem dois tipos de doenças curáveis, os cânceres e as doenças infecciosas.
    Todas as demais são controláveis (osteoporose, reumatismos, hipertensão, diabetes, cardiopatia, etc), pelo menos até os dias de hoje.
    A Doença de Paget dos ossos não é fatal, porém como os ossos ficam mal formados corre o risco de fraturas e suas conseqüências.
    As dores causada da doença e a progressão da Doença de Paget é controlável com medicamentos, fisioterapia, controle do peso e exercícios, sobre tudo hidroginástica.

  6. elaine aparecida siqueira de lima comenta:

    11 janeiro, 2008 @ 1:15 PM

    oi meu nome é elaine e gostaria de saber se a doença de paget tem a haver com artrite reumatoíde pois tenho 31anos e tenho artrite sinto muitas dores nas juntas principalmente noa punhos e ombros tomo uma formula com varios componentes e faço exames periodicamente e me trato com reumatologista gostaria de saber se daqui a alguns anos posso vir a adiquir a doença de paget desde já agradeço espero pela sua resposta.

  7. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    11 janeiro, 2008 @ 6:07 PM

    Não, Elaine.
    São doenaçs totalmente diferentes. A artrite reumatóide é causada por processo autoimune (veja página a respeito no Doença de Paget e doença degenerativa com produção de tecido ósseo anormal, de causa desconhecida.

  8. Acácia Dambroz comenta:

    23 janeiro, 2008 @ 11:44 AM

    Dr. Armando Miguel Jr.
    Há muitos anos meu marido(49anos) apresenta dores na região da escápula esquerda e na regiaõ região lombar.Sempre foram tratadas como consequências da má postura. No entanto em outubro/2007 um ortopedista, não estando satisfeito com os resultados, solicitou mais
    exames e foi constatado alteração significativa na dosagem da fosfatase alcalina óssea e com a cintilografia e com LDH normal foi diagnosticado pelo hematologista como doença de paget.
    Tomou em dezembro uma dose única de acido zoledrônico o que baixou muito a dosagem e descartou completamente a possibilidade de tumor ósseo.Solicitou para fevereiro a repetição de exames p/ contrôle.
    Estou com muitas dúvidas…realmente abaixando a taxa da fosfatase alcalina descarta a possibilidade de túmor ósseo? Estes são os únicos procedimentos a serem tomados?
    Residimos em Florianópolis, há aquí no sul especialistas que tratam desta doença?
    Dêsde já agradeço a sua atenção e aguardo o retorno.
    Obrigada.

  9. ANTONIO REDONDO comenta:

    25 janeiro, 2008 @ 10:39 AM

    SOFRO HA MAIS DE 30 ANOS DESTA DOENÇA, E SÓ ME DOIA O JOELHO ESQUERDO MAS AGORA TENHO UMAS DORES HORRIVEIS,SOBRETUDO NA ZONA DA CINTURA NA PARTE DETRÁS. TOMO NORMALMENTE O NAPROXENO MAS ULTIMAMENTE JÁ QUASE NÃO ME ALIVIA A DOR AGUDA QUE SINTO. O QUE PODEREI FAZER PARA ALIVIAR UM POUCO? MUITO OBRIGADO ( TENHO 73 ANOS DE IDADE )

  10. Analúcia comenta:

    30 janeiro, 2008 @ 7:57 AM

    Minha mãe desenvolveu a doença de Paget no ouvido, tem picos com tonturas alta “labirintite”, tenho dúvidas, gostaria de esclarecimentos. Obrigado

  11. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    30 janeiro, 2008 @ 5:21 PM

    Analúcia,
    A Doença de Paget provoca lesões ósseas. Nunca ouvi falar a respeito desta doença no ouvido.
    Caso voce queira saber um pouco mais sobre labirintite, acesse as páginas a respeito do tema no site. Utilize a ferramenta de busca na página inicial.

  12. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    6 fevereiro, 2008 @ 9:50 AM

    Acácia.
    As condutas tomas estão corretas. A doença é crônica sendo muito importante a relação médico-paciente. Outro especialista que cuida dessa doença são os reumatologístas.

  13. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    6 fevereiro, 2008 @ 9:52 AM

    Antonio Redondo,
    Evite usar muito antiinflamatórios. Procure fazer o aliviar a dor com acupuntura.

  14. Isael Brito comenta:

    7 fevereiro, 2008 @ 3:16 PM

    Fiz uma cintilografia óssea que sugere a doença de Paget. Levei o exame p/ minha médica que pediu parecer de um ortopedista. O mesmo após olhar o exame e escutar meu relato pediu uma biópsia óssea. Falou também que evitasse o uso de antiinflamátorios, usando apenas analgésicos. A sugestão está correta para meu caso?
    Abraços

  15. Cristina Magro (évora) comenta:

    8 fevereiro, 2008 @ 4:57 PM

    boa noite,
    Já faz pelo menos 9 anos que foi diagnosticado à minha mãe a doença de Paget. localiza-se na mandíbula (maxila inferior) e é assintomático. Unicamente apresenta dores quando mastiga com intensidade, como ao comer pão. Dr. Armando estarão estas dores relacionadas com o problema? ou estará também a articulação temperomaxilar em causa? além da toma de cálcio e do acompanhamento do problema não há mais nada que se possa fazer? por exemplo não ha forma de impedir o aumento da enzima fosfatase alcalina? visto esta aumentar em locais alcalinos não se pode tornar o local com um pH mas baixo? tinha mais uma dúvida, a minha mãe contou-me que o meu avô apresentava a mesma doença na pelvis, posso deduzir então que é hereditária?
    cumprimentos e agradeço desde já pelo tempo disponibilizado
    Cristina Magro

  16. ariovaldo comenta:

    13 fevereiro, 2008 @ 3:21 PM

    Tenho a doença de Paget constatado pelo médico Dr salomão. Sofri cirurgia na coluna em três vértebras fraturadas. Implantaram oito parafusos. Só que estou me sentindo com fraqueza não consigo andar duzentos metros. Fico arcado, meu abdome fica dolorido e as pernas perdem as força. Qualquer movimento meu quadril fica dolorido e tenho que deitar um pouco para relaxar.
    Estes sintomas são devidos à doença?

  17. IVAN BARBOSA DA SILVA comenta:

    14 fevereiro, 2008 @ 6:26 AM

    tenho 64 anos e somente agora estou descobrinho que tenho essa doença de paget, a descoberta se deu face a tratamento dentário que estava pretendendo fazer (implantes), daí a descoberta da doença, estou um pouco assustado e gostaria de ter mais informações sobre a doença, já andei pesquisando muito mas devido ao conhecimento a coisa fica um pouco complicada de se entender, alguém poderia me passar mais detalhes, como, se posso saber se tenho a doença desde da infância, etc, etc….agradeço a gentileza de que puder me ajudar a entender nmelhor.

  18. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    14 fevereiro, 2008 @ 4:53 PM

    Ariovaldo,
    A doença pode causar os sintomas que você está apresentando. Procure fazer fisioterapia para melhorar.

  19. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    14 fevereiro, 2008 @ 4:55 PM

    Ivan,
    Releia a página que escrevi. Cite os pontos que você não compreendeu. Procurarei esclarece-lo com termos mais simples.

  20. IVAN BARBOSA DA SILVA comenta:

    14 fevereiro, 2008 @ 5:20 PM

    Caro Dr. Armando Miguel, sobre o que foi escrito aqui no site entendi, estive pesquisando outros comentários e isso me deixou um pouco preocupado, pois ainda não entendi sobre se essa doença me acompanha desde da minha infância ou se apareceu somente agora, gostaria de saber também sobre infecção sobre virus na infância, análise genética, etc. se essa doença é na verdade um tipo de câncer, se existe cura, o diagnóstico foi dado ontem, dia 13/02/2008, depois de 08 meses de vários exames, fiz radiografia da bacia, crânio, pulmão, face, etc, fiz também densitometria ossea, acusando um pouco de ostopenia no calor do femur, estou na 6 caixa de actonel 35, fiz também ultrasom do baço, figado, etc, tudo está ok. Eu não penso em outra coisa, teria mais algum exame especifico para ser feito, fui operado em 1995 de estenose pilorica, pelo Prof. Dr. Fausto Horsi, são tantas as dúvidas, razão pela quel resolvi lhe escrever, peço desculpas, agradeço atenção, respeitosamente, Ivan.

  21. ariovaldo comenta:

    15 fevereiro, 2008 @ 9:29 PM

    dr:qual o grau dessa doença que pode dizer estado grave?o meu já pode dizer grave?eu fiz hidro dr:mas piorou não aguentei meu medico mandou suspender e não consigo mais pegar peso eu fico todo arcado e meu quadris parece que estão arrancando fora de tanta dor meu torax tambem fica dolorido por qualquer coisa e as sola dos pés queiman a noite quando estou tomando banho notei que estou ficando com as pernas dobradas quando estou lavando a cabeça não consigo ficar de postura reta e estou com muita caimbra noturna dr; estou com uma aposentadoria estavel por cinco anos vou ter que passar na perícia em dois mil e nove no meu estado eu consigo aposentar definitivo.obrigado e agradeço pela atenção.

  22. liana utinguassú comenta:

    18 fevereiro, 2008 @ 9:48 AM

    Prezado Dr.
    Meu esposo tem 55 anos, descobriu faz pouco tempo este diagnóstico Doença Paget. Ele tem, digamos lado esquerdo, coluna, Discopatia degenerativa. Osteófitos no segmento coluna lombar superior. ausencia de espondilólise e espondilolistes (o que creio, mesmo sendo leiga, ser positivo.
    Artrose sacro-ilíaca com ponte osteófita ocasionando fusão sacro ilíaca, lesão com acentuação trabecular e esclerose subcondral.
    Bem, minha questão agora são indicativos de como melhor tratá-lo. Ele é dinâmico, teve uma vida digamos bem preparado fisicamente, mas agora está com dores sim, dentes mais frágeis..peço suas orientações em tipos d e exercícios, se taiji pode ser um bom paliativo, acupuntura..e alimentação Dr. Agradeço indicações literatura sobre assunto…
    Abs

  23. queila comenta:

    25 fevereiro, 2008 @ 8:14 AM

    minha tia tem doença de paget , mas ja esta em estado avançado ,sofre com muitas dores e ja não anda mais.gostaria de saber qual o tratamento mais eficaz e se tem cura?A medica passou uma injeçao que tem que tomar de 6em 6meses.

  24. maria angelica fernandes pereira comenta:

    18 março, 2008 @ 10:39 AM

    Primeiro gostaria de parabenizar o site. De excelente qualidade. Meu marido de 55 anos é portador da doença de paget já em estado bastante avançado, já com comprometimento de toda a sua parte óssea. Sua perna esquerda é totalmente deformada, no que faz com que ele pise totalmente errado. Começou a fazer o tratamento em 2005 com o alendronato mas abandonou. Moro em Itaipuaçu, distrito de Maricá/RJ. As ruas aqui não possuem asfalto e os pisos(barro) são todas irregulares, com muitos buracos. De um tempo para cá ele resolveu fazer caminhadas diárias(4 km…que ele considera como leve), no que sempre discordei pq acho que estaria forçando demais está perna defeituosa. Como consequencia dessa caminhadas ele apresentou um quadro de degeneração da artrose de joelho, no que sente muitas dores, tem horas que a perna não obedece, fazendo com que agora ele ande de muletas ou bengala. Ele teima que precisa voltar a caminhar. Qual a opinião do senhor neste assunto? A deformidade apresentada é gritante. O que o senhor sugere? Agradeço antecipadamente. Angelica – Maricá/RJ

  25. iara silva comenta:

    5 abril, 2008 @ 3:55 PM

    Que problemas a doença de paget pode causar na coluna lombar?

  26. Mário Mathias comenta:

    15 abril, 2008 @ 10:40 AM

    Gostaria de agradecer pelas informações aqui conseguidas, e se possível
    uma orientação para adquirir os medicamentos necessários para o tratamento
    da doença de Paget óssea.Pois as informações que tenho é que a medicação é
    muito cara, gostaria de saber também se a calcitonina tem bons resultados.
    Minha mãe está com esta doença e já acometeu vários óssos (crânio,esterno,coluna,
    e tíbias) se possível por favor me orientem quanto a aquisição dos medicamentos.

    Desde já, Muito Obrigado.

  27. Fatima comenta:

    21 abril, 2008 @ 3:30 PM

    . Fazem 2 anos que descobri ter a Doença de Paget, pel a citolografia e exame de fasfatase alcalina, em março/2007 fiz a infusão com o Aclasta, nova terapia para esta doença, março/2008 fiz novamente estou me sentindo bem.

  28. patricia de souza ferreira comenta:

    2 maio, 2008 @ 12:14 PM

    essa doença me acompanha desde menina , hoje tenho22 anos , fui operada aos 19 e meso assim nao melhorou!! essa doença esta localizada no meu cranio na regiao frontal , tive fortes dores de cabeça ta aí entao o motivo da operaçao realizada os19 anos de idade. queria saber se se no meu caso pode ser fatal? pois ja fui enformada q essa doença é tratada e nao curada!!

  29. Erika comenta:

    2 maio, 2008 @ 12:29 PM

    Por favor gostaria de tirar uma duvida, a doença de paget é considerada cancer? Aparti de que momento é considerada cancer. Me esclareça por gentileza.
    Obrigada.

  30. MARTA OLIVEIRA DE ABREU comenta:

    7 maio, 2008 @ 9:18 PM

    Pesquisei no Google pq minha amiga foi diagnosticada com essa doença de Paget, então resolvi me informar para poder consolá-la, mas estou desanimada…

  31. Suely Barbosa comenta:

    3 junho, 2008 @ 12:06 AM

    Meu marido desde ha muitos anos sentia dores horrives na coluna,ate que descubrimos que ele tem paget poliocistico nos ossos,e diabetico,hipertenso,tem sempre crises de calculo renal,entao toma renedios para tudo isso ,nao pode tomar calcio por causa dos rins,mais toma ALENDRONATO DE SODIO DE 70 UMA VEZ POR SEMANA,tem dores muito fortes,toma citoneurim 5000 injeyavel,voltarem injetavel,dexalgem tambem injetavel e assim vai mudando os remedios pra dor estava dando certo,melhorava bastante,mais agora nao tem mais nada que esta dando alivio.
    Ele tem 71 anos sempre trabalhando,nunca fica parado mais ha um mes esta tentando mais a dor nao deixa,gostaria que se o Sr. pudesse me orientase para eu falar com a reumatologista que o trata ,pois aqui em Petropolis nao temos grande recursos medicos em doencas que para eles sao desconhecidas e tratadas como dor na coluna.
    Desde ja agradeco a sua compreesao.
    Atenciosamente Suely.

  32. Romildo Stripari comenta:

    16 julho, 2008 @ 9:36 PM

    Meu sogro foi diagnosticado com suspeita desta doença , até então desconhecida por nós, ele tem 75 anos e por enquanto está sendo encaminhado para um ortopedista, será que o clínico encaminhou certo ?
    Pelos comentários aqui descrito não seria melhor um Geriatra ?

    Romildo

  33. Romildo Stripari comenta:

    18 julho, 2008 @ 9:35 PM

    Dr. Sei que é difícil para um cidadão comum conseguir informações detalhadas sobre algum tipo de doença até então pouco falada, mas meu sogro como eu disse anteriormente (75 anos) está sobre a suspeita e sendo encaminhado para um ortopedista, ele caiu e trincou o osso da bacia, no RX o médico viu uma mancha branca e desconfia da DP, agora ele está usando uma cinta e estamos aguardando o encaminhamento para o ortopedista para ver se realmente é DP, como posso identificar melhor a DP em termos simples ?
    Obrigado
    Romildo

  34. valeria suzano comenta:

    22 julho, 2008 @ 5:16 PM

    meu exane de hidroxiprolina total deu 33mg/24hrs o meu calcio esta mormal, sinto dores ma coluna ,braços ,pe perna quebrei 2costela com um tombo da propria altura opererei o cranio,pois tinha do de cabeça diariamente e na biopsia mandou investigar a doença de paget . o meu fosfatase alcalina deu 71, na cirugia do cranio o neu osso estava nole ben nole por favor me de uma resposta o mais rapido possivel grata

  35. luzia Tereza Alves e Silva comenta:

    23 julho, 2008 @ 2:56 PM

    Olá, Meu marido sempre jogou bola aos finais de semana,toma muita Coca Cola, come muito queijo, é mineiro e em 1979/80, depois de eu ficar medindo a perna,tibia dele, noteique uma perna estava maior que a outra.Fomos a um ortopedista e depois de passar por v

  36. sonia comenta:

    26 julho, 2008 @ 8:41 PM

    meu pai teve essa doença há 5 anos atrás. falecendo nesta mesma data. Ele tinha 63 anos sentia dores no quadril ,a sua coxa direita inchou muito e sua taxa hormonal foi a 13. ele era medicado com remédio controlado chamado tilax (não me lembro bem se realmente era esse nome) e também usava uma bombinha que não me lembro do nome. Antes de ele ter essa doença ele estava em tratamento urológico, pois ele sofreu um atropelamento a 10 anos atrás e tinha fraturado a bacia e quebrado o canal da uretra , por isso sofreu uma cirurgia onde perfuraram a bexiga pela barriga. Passado esses 10 anos o canal da uretra fechou e de novo teve que abrir o canal da bexiga . A cinco anos atrás ele estava em tratamento, quando apareceu a doença. Pode ter ligação com o acidente há anos atrás ? Ele pode ter adquirido um vírus nesta cirurgia? Pode ser hereditário ? Pois não conhecia essa doença e nunca ouvi falar de algum caso na família ou de qualquer outra pessoa? Gostaria de saber.

  37. IVAN BARBOSA DA SILVA comenta:

    6 agosto, 2008 @ 9:33 PM

    tenho acompanhado e lido os comentários, são importante, tenho feito uso de cloreto de magnésio, um cálice pela manhã e outro a noite ao deitar, espero que isso venha trazer alguma ajuda, gostaria de saber isso realmente ajuda ou não ajuda.

  38. Kátia Simone F. C. Carvalho comenta:

    25 setembro, 2008 @ 6:39 PM

    Oi, dr. o meu pai tem 67 anos e esta com a doença de Paget, ele sente muitas dores, não consegue andar etc…, nós estamos com dificuldade em encontrar em médico especialista para fazer o tratamento.
    Tudo o que escutamos dos ortopedistas que procuramos é que devemos procurar o especialista na doença. Mas qual?`
    É um câncer?
    Ele é iper-tenso e diabético tem alguma coisa a ver?

    Obrigada.

  39. William da Silva Perete comenta:

    8 outubro, 2008 @ 11:11 AM

    Oi dr. tenho 25 anos e foi diagnosticado em mim a doença de paget à cerca de 2 anos, a qual já sofro à uns 4 anos, já fiz duas cirurgias no quadril para implantação de prótese, mas o médico que fez a cirurgia em mim acredita que não seja a doença de paget porque diz ele que é uma doença que dá em paciente velho, mas segundo o médico que diagnosticou o problema é uma doença que se desenvolve após a puberdade e que no meu caso se desenvolveu mais cedo e que segundo ele essa doença pode destruir até mesmo minha prótese. É possível?

    Obrigado!

  40. Mari Correia comenta:

    13 outubro, 2008 @ 4:54 PM

    Obrigada pelas informaçoes claras e valiosas Dr. Miguel, a respeito da doença de Paget, meu pai que tem 72 anos esta com a doença e estamos tentando ajuda-lo já que nao temos recursos, já que ele precisaria fazer secões de fisioterapia e nao temos como arcar com este custo, estamos tentando dar um jeito enquanto isto… administramos os remedios recomendados e procuramos dar uma alimentação a base de calcio e colocamos diariamente ele no sol, aumentamos a quantidade de líquidos, oferecemos muitas frutas ao longo do dia e nas refeiçoes sempre saladas de folhas verde escura, nao sei se adianta, só sei que o carinho e o amor ajuda e muito pois assim ele nao se sente só. Somos tres filhos e como ele nao anda nos revezamos para cuidar dele é só o que podemos fazer…
    Um forte abraço,
    Mari Correia

  41. Irene Gonçalves comenta:

    13 outubro, 2008 @ 6:24 PM

    Boa tarde! Em fevereiro deste ano minha cunhada começou a sofrer com dores de cabeça, após vários exames, foram detectadas algumas lesões no crânio da mesma. O Neurologista que a tratava optou por fazer uma cirugia, onde seriam retiradas as lesões e seria colocada uma tela com parafusos no local, essa cirugia foi realizada em Maio este ano. Após a cirurgia, minha cunhada continuou a fazer exames, onde foi detectada a doença de Paget. Além de fortes dores nas juntas, as dores de cabeça recomeçaram, ainda mais fortes. Foram feitos novos exames onde foram detectadas novas lesões. O Neurologista que participou que iniciou o tratamento e solicitou a cirurgia não está mais querendo continuar o acompanhamento com a desculpa de não conhecer o Paget. Encontramos um médico especialista da doença, mais ele precisa de um acompanhamento de um Neurocirúrgião que também seja especialista da doença para que juntos possam chegar a uma conclusão, Em fim, nesse jogo de empurra empurra, o tempo está passando e a minha cunhada está tendo dificuldades em lhe dar com as dores fortes que vem sentinho. Gostaria de saber se algém pode nos direcionar melhor, se tem alguma indicação de um especialista sobre a doença, enfim, estamos um pouco perdidos, sem saber qual o rumo certoa seguir.
    Por favor nos ajude!

  42. Fabrícia F. Kubiezewski comenta:

    25 outubro, 2008 @ 2:47 PM

    Dr. Armando,
    Há cerca de dois anos, meu pai, que tem 59 anos, foi diagnosticado com Doença de Paget ( os médicos desconfiavam de tumor ósseo e o reviraram pelo avesso…). Nos últimos meses tem sentido dores de cabeça e tonturas. Pode ser a Doença de Paget se manifestando na caixa craniana?
    Gostei muito da página, uma vez que a doença não é muito conhecida e temos poucas informações.
    Desde já, grata.

  43. André Alves comenta:

    26 outubro, 2008 @ 11:04 PM

    Boa noite, tenho um irmão, com 52 anos que, durante 04 anos, esteve em com diagnóstico e tratamento de câncer nos ossos, precisamente no quadril bilateralmente e provável metástase nos pulmoes e vasculite com acometimento dos menbros inferiores. Em uso de corticóide e talidomida( ?! ) a alguns meses, foi diagnosticado a doença de paget. Ele sente fortes dores articulares e dificuldade ao deambular, perda de força e tônus muscular. diante de tal situaçâo, ainda estão médicos e familiares indecisos e anisiosos. O que fazer ?
    grato , andré.

  44. otilia Pinheiro comenta:

    30 outubro, 2008 @ 6:41 AM

    Bom dia. Tenho 57 anos e gostaria de saber por onde me dirigir ou se estou seguindo bem o caminho que me propus. Em Novembro de 2007 depois de Rx e TAC do coluna lombar foi-me diagnosticada uma hérnia discal . Foi-me proposta a intervenção cirúrgica a qual vim a efectuar em Maio do corrente ano. Na RMN que fiz para a operação foi diagnosticada uma possível Doença de Paget do Osso na vértebra superior. Foi feita biópsia na altura da operação que veio com resultado negativo. No entanto as dores principalmente ao nível da anca mantêm-se e como já não sinto a da coluna até parece que aumentaram. Fiz Cintigrafia óssea que apresenta um nível imenso de aborção na bacia joelhos pés mãoe punhos e coluna (vértebra que foi intervencionada).Em todos os relatórios dos exames feitos vem pedido que para esclarecimento sejam complementados com outros meios.Eu pergunto Quais?Estou a aguardar uma marcação para Reumatologia. Se fôr possível dar-me alguma indicação agradeço, pois as dores tornam-me incapaz de trabalhar.

  45. maria josé rocha comenta:

    5 novembro, 2008 @ 7:39 PM

    Bem esclarecedor, o site. Gostaria de saber se o aclasta é o medicamento recomendável para o tratamento de doença de paget, se a deformidade óssea chega ao ponto de não andar. qual o tempo de evolução da doença.

  46. Sueli Lima comenta:

    3 dezembro, 2008 @ 7:25 PM

    Boa noite,
    gostaria de saber se esta enfermidade,(PAGET) causa algum tipo de cancer, pois acabei de receber uma msg, citando ter falecido uma jovem com cancer de mama, relacionado a esta doença, por não ter cito diagnosticada brevemente.

    Agradecida
    Sueli

  47. Ana Dias comenta:

    7 dezembro, 2008 @ 8:31 PM

    Boa noite Doutor ,tenho 29 anos ,e sinto q meus ossos do lado direito estão aumentando , sinto dores como se fossem nos ossos, femu, coluna e braço direito gostaria de saber se pode ser essa doença Paget dos ossos ,estou desesperada ,obrigada

  48. Valmir Valeriano Ferreira comenta:

    14 dezembro, 2008 @ 7:39 AM

    Gotaria de ter mais infomaçao sobre Hemagioma Cavernoso e Plamocitoma e se o tratamento é cirurgico ou medicamentoso e tambêm saber se esta doença é benigma ou maligma.

  49. aloisio borges comenta:

    9 fevereiro, 2009 @ 4:10 PM

    A tia da minha esposa faleceu aos 47 anos , cujo atestado de óbito constava pneumopatia e síndrome hidroeletrolítica associada a doença de Paget, sendo que que ela foi diagnosticada a 1ano e meio e foi medicada com alendronato de sódio e ácido zoledrônico , carbonato de cáicio.Por que a doença dela evoluiu muito rápida.

  50. Oirvalda comenta:

    19 fevereiro, 2009 @ 1:41 PM

    Prezado Doutor:
    Minha irmã (47 anos) fez uma tomografia computadorizada multislice da coluna lombo-sacra, em razão da indicação clinica de lombociatalgia direita (havia sido feita uma ultrasonografia no ombro direito por causa das dores), que pode segundo o laudo estar relacionada à doença de Paget. O exame apresentou alterações degenerativas das articulações interapofisáriasmais evidentes em L4-5, com leve irregularidade e esclerose das facetas articulares. Ela sente dor lombar, no joelho direito e planta do pé direito. Esse quadro é típico da doença de Paget ou pode ser outra patologia?.

  51. Maria Barbieri comenta:

    27 fevereiro, 2009 @ 9:07 PM

    Suspeita da doença de Paget de osso. Uma costela “resolveu’ formar um crescimento esquisito.
    na parte superior do torax ao lado do externo, logo acima da mama.

    Em que podem contribuir a quimeoterapi e a radioterapia em se tratando somente de aumento
    ósseo, sem nenhuma sintomatologia, sem nenhuma infecção, febre ou qualquer outro sintoma
    a não ser o aumento do osso sem nenhum desconforto. (Só questão estética).

    Grata pelas informações, Maria

  52. Anônimo comenta:

    6 março, 2009 @ 2:50 PM

    qual omotivo da doença

  53. Eunice comenta:

    13 março, 2009 @ 9:54 PM

    Vou fazer 59 anos este mês(março/2009). Até os 57 anos tinha osteopenia e no ano
    passado, aos 58 anos, foi diagnosticada a osteoporose.
    Em março deste ano foi diagnosticada também a DP.
    Tenho muita dor nas pernas, principalmente à noite (quase não durmo).
    As vezes tenho dores no queixo e na arcada dentária também.
    Sinto muita pressão na cabeça, como se estivesse com um capacete me apertando.
    (Tomei muito anticonvulsivo, não sei se pode ser consequência disso).
    Lembro-me que na infância tinha muita dor nas pernas também.

  54. maria do carmo s. cunha comenta:

    28 março, 2009 @ 7:48 AM

    atualmente tenho 65 anos e a mais ou menos 5 anos foi diagnosticada a doença de paget no cranio.As vezes sinto aberturas em vários lugares que depois fecham, voltando a abrir após algum tempo em lugares diferentes. Agora venho sentindo um pouco de ardor no local e dolorido. Também dói no final da coluna lombar e sofro de osteoporose. O que o Sr. acha ? Por favor me ajude. Muito Obrigada desde já.

  55. aldemir sereno comenta:

    5 maio, 2009 @ 5:32 PM

    meu pai tem 64 anos, há um ano e meio ele apresentava pequenas dores no lado direito do abdomen, ao passar do tempo as dores foram evoluindo até a começar a parte da coluna, ele começou a dormir poucar horas devido as fortes dores q só vinham na parte da noite e não conseguia deitar de nehuma maneira e as pernas e pés ficavam inchados devido ficar sentado a noite toda, levei a um ortopedista e após ralizar uma RM da bacia, percebi alguma cois relacinada a doença de paget, gostaria d saber se tem alguma solução tedo algum tratamento, vale ressaltar q as dores só passam tomando um medicamento q não me recordo o nome, mas existe algum tartamento específico para este problema?

  56. carlos gonçalves comenta:

    13 maio, 2009 @ 8:39 AM

    a minha mãe tem osteoporose e para além disso neuropatias consequentes de diabetes.tem dores nos ossos do crâneo e nota-se uma deformação ossea no femur logo abaixo do joelho! estes sinais são acompanhados de sensações de calor interno mesmo quando a tempertura exterior é baixa…terá a ver com a doença de paget?

  57. rafael comenta:

    19 maio, 2009 @ 9:36 AM

    cura dessa doença eu to morrendo

  58. silda cristina luz vianna matos comenta:

    5 junho, 2009 @ 9:21 AM

    MEU filho fez uma desintometria onde foi constado osteopenia,isto foi em novembro de 2006.
    Em janeiro de 2007 ,ele levou uma pequena queda q resultou numa fratura exposta no pulso.
    Conversando c/ o ortopedista ,fui instruida a procurar um endócrinologista.Feito os exames,ficou
    comprovado um aumento acima do normal da fosfatase alcalina,o laboratório comunicou c/ a medica ,q me pediu para fazer novos exames e me relatou a suspeita da doença de Paget.Fiquei
    muito abalada,pois meu filho estava apenas c/ 14 anos e levava uma vida muito ativa.
    procurei outros especialistas,meu filho fez novos exames ,entre eles a cintilografia ossea( q ñ deu nada).Hoje meu filho se recusa a ir em médicos,seus ultimos exames constatam ainda um pequeno
    aumento na fosfatase. qual o especialista é mais indicado a acompanha-lo?

  59. PAULO ROBERTO CURSINO DOS SANTOS comenta:

    11 junho, 2009 @ 8:35 PM

    gostaria de saber se existe algo de identificação da pessoa portadora da doença de
    paget pois toda as vezes que tenho que entra em alguma fila sempre tenho que
    explicar que sou portador desta doença,e ainda com artrite rematoide cronica
    chegando fazer exame de sangue com fator rematoide 1280 onde omaximo é de 20

    OBRIGADO

  60. Rodrigo comenta:

    7 julho, 2009 @ 6:38 PM

    há votos de pessoas portadoras da doença de paget .

  61. Marilia Covas Pereira comenta:

    13 julho, 2009 @ 10:46 AM

    Quero deixar registrado q, após tomografia computadorizada e exames de sangue específico o meu médico (não sei se devo escrever o nome dele ???) diagnosticou q eu tenho a Doença de Paget e vou começar hoje a tomar a medicação ACTONEL 35 1x por semana até, pelo menos, final do ano. Essa medicação deve ser algo bem forte pq tem várias recomendações, além de ser super caro. Enfim, vou ficar em contato para podermos seguir viagem juntos.
    Abraços a todos.
    Marilia

  62. PAULO ROBERTO CURSINO DOS SANTOS comenta:

    14 julho, 2009 @ 8:50 PM

    tenho doença de paget diagnosticada desde 18/04/2004 atraves de biopsia ossea
    desde então venho tomando remedios manipulados controlados sempre acompahados
    com exame de sangue ,vou ao medico a cada dois meses e tenho conseguido controlar
    essa dor dentro do normal,marilia nunca tomei este actonel 35
    abraços Paulo

  63. Marilia Covas Pereira comenta:

    24 julho, 2009 @ 1:51 PM

    Oi Paulo,
    Obrigada pela resposta. O princípio ativo dessa medicação é risedronato sódico. Meu médico pediu q eu faça uma visita a cada 3 meses seguido de exame de sangue. O problema é q sinto muita, mas muita dor no glúteo esquerdo e essa semana está se irradiando para a perna esquerda (ainda não chegou no pé). Sinto um enoorme desconforto quase 24 horas/dia. Faço compressa quente pelo menos 5 x/dia. Quase não saiu do meu bairro, Gávea pq qd a dor aumenta eu volto pra casa e faço compressa quente. Que vida estou levando ??? Falei com a minha ortomolecular e ela receitou um remédio manipulado. Vamos ver se as dores diminuem. Obrigado Paulo pela sua solidariedade. Nos falamos em breve. Tenha um bom final de semana. Abraços, Marilia

  64. roberto ajala comenta:

    24 agosto, 2009 @ 1:45 PM

    Estou fazendo uma pesquisa,sobre a doença de paget,e preciso de informações p/ um trabalho de sala de aula …
    Desde ja fico agradecido,um grande abraço do tamanho do Rio Grande do Sul…

  65. Teresa Sarmento comenta:

    3 setembro, 2009 @ 10:15 PM

    Tenho 64 anos e fui diagnosticada com Paget a 2 anos, sendo a calota craniana e a bacia(lado esquerdo) as partes afetadas. Comecei sentindo sentindo muita dor na perna esquerda, agora a dor na perna melhorou, não passou, mas apareceu uma dor de cabeça quase insuportável , dificuldade de usar óculos, necessários desde a adolescência. A dor de cabeça melhora com ibuprofeno – receitado na emergência do hospital que me atendeu numa das crises dolorosas – mas pouco tempo depois volta.
    Gostaria de saber qual a especialidade médica mais indicada: clinico geral, geriatra, ortopedista, endocrinologista, neurologista. Estou meio perdida e a dor constante de deixa bastante deprimida, com uma qualidade de vida bastante ruim. As sugestões são muito bem vindas! Obrigada.

  66. Tadeu mendonça comenta:

    10 setembro, 2009 @ 12:34 PM

    Quais as especialidades médicas posso procurar para tratar da doença de Paget.

    Caimbras podem ser sintomas?

  67. PAULO ROBERTO CURSINO DOS SANTOS comenta:

    15 setembro, 2009 @ 5:57 AM

    Ola Tadeu,eu trato já a cinco anos com ortopedista,também tive caimbra na perna
    meu medico disse que poderia ser pelo uso do predinisona o qual faço uso,mas foi diminuida a dosagem e desde então não tive mais .ABRAÇO PAULO

  68. Helcio Vasconcellos Dias de Oliveira comenta:

    18 setembro, 2009 @ 4:27 PM

    Em cintolografia realizada cerca de 2 anos foi constatada a doença de Paget. Meu reumatologista fez infusão com Aclasta e meus resultados de fosfatase cerca de três meses após foram – Fosfatase alcalina óssea = 96U/L (em13/03/2008). Novos exames em 21/08/2008 deram Fosfatase alcalina= 48 U/L e Fosfatase alc. óssea =23 U/L. Outros exames em 12/03/2009 acusaram Fosfatase alcalina = 37 U/L e Fosfatase alc. óssea = 14 U/L. Agora em 17/09/2009 tenho Fosfatase alcalina = 45 U/L e Fosfatase alc.óssea = 12 U/L. Como os valores de fosfatase alc. óssea estão abaixo do valor de referência dado pelo laboratório – 15.0 a 41.3 U/L – pergunto se os valores encontrados são ou não prejudiciais ou se posso considera-los dentro da normalidade e se isso significa que a minha doença de Paget está sob controle ? Agradeço os comentários e a informação solicitada. Obrigado.

  69. Nina Rodrigues comenta:

    27 setembro, 2009 @ 3:59 PM

    Boa tarde,
    tenho 57 anos e possuo Doença de Pàget, disgnosticada à 13 anos atrás, já em estágio avançado. A Doença me atinge o crânio, principalmente a mândíbula inferior, sendo que no lado direito há a necessidade de colocação de prótese para fixação da mandíbula, visto que já estou com grandes dificuldades de mastigar, o que acaba provocando outros males, como gastrites e refluxos.
    Estou me tratando com ACLASTA, o qual já normalizou minha fosfatase alcalina (de 1360 para 89), com uma simples aplicação de 5ml de Aclasta em novembro de 2006.
    Necessito de fazer cirurgia, mas em nenhum local do Rio que já busquei (incluindo INTO e Hospital Pedro Ernesto) encontrei médicos interessados.
    Gostaria de auxílio neste sentido, principalmente na confirmação de que a cirurgia é possível e principalmente se alguém conhece algum local onde esse tipo de cirurgia já foi feita.
    Obrigado.

  70. Tadeu mendonça comenta:

    28 setembro, 2009 @ 7:53 AM

    Minhas caimbras ocorrem quando efetuo exercícios abdominais, Antes de iniciar os exercícios (musculação, hidroterapia e Pilates) ocorriam ao me espreguiçar. Gostaria de saber se há correlação entre estas e a doença de Paget, identificada em ressonância e tomografia no meu disco.

  71. lúcia teixeira comenta:

    31 outubro, 2009 @ 12:51 PM

    meu irmão teve um cancer de colon [intestino] ha alguns anos, agora com muitas dores nos ossos, foi diagnosticada a doença de paget, gostaria de ter maiores informações: seria metástase? tem cura? como proceder? agradeço se puder ter informações sobre como proceder

  72. paulomagalhaes comenta:

    26 novembro, 2009 @ 1:07 PM

    A aproximadamente cinco anos, minha esposa durante um tratamento para vitiligo, onde é feito um controle atravez de exame de sangue, foi constado niveis muito alto de fosfatacia (900) e diaguinosticado paget.
    Procuramos tratamento, mas não encontramos proficional com conhecimento da doença, somente indicam uso de alendronato.
    Hoje ela sente muitas dores, falta de firmesa na perna não conseguindo ficar muito tempo em pé , e nem caminhar.

    Que especialidade medica devo procurar?

    Como identicar o estagio da doença?

    região afetada: bacia, coluna e cranio.

    grato

  73. Fernanda comenta:

    17 dezembro, 2009 @ 6:30 PM

    Boa noite!
    Eu estou fazendo estágio em uma farmácia, e hoje pela manhã uma mulher chegou no balcao pedindo pra manipular Alendronato de Sódio 70 mg que seu médico prescreveu para tomar 1 comprimido nas segundas e terças feiras.
    Só que ficamos na duvida se esse prescrição estava correta:
    1º Porque nao é comum tomar mais de um comprimido por semana nessa dosagem.
    2º Porque sendo esse comprimido de liberação prolongada, como poderia ser manipulado, já que a manipulação é feita através de cápsulas. Seria liberado tudo de uma vez só, ou seja, seria eliminado nas fezes. Pode ou nao manipular esse medicamento??

    Desde já agradeço!

  74. nina rodrigues comenta:

    18 dezembro, 2009 @ 4:07 AM

    Enviei em 27 de setembro de 2009 uma pergunta a respeito de cirurgia maxilar na doença de PAGET e não recebi nenhuma resposta ou comentário. Me foi enviado algum comentário?

    Obrigada,

  75. Nice comenta:

    23 fevereiro, 2010 @ 2:38 PM

    Nasceu uma bola no lado de fora do pé da minha filha próximo a junta , parece ser o osso , estou preocupada ela tem oito anos agradeço se puderem me informar o que pode ser isso e o que fazer .
    Obrigada

  76. Carolina Lopes comenta:

    16 março, 2010 @ 4:42 AM

    Bom dia,
    Venho por este meio tentar obter alguma ajuda para um problema de saúde que surgiu à minha mãe recentemente.
    A minha mãe tem 54 anos e, após mais um tratamento de quimioterapia, através de exames de controle, foi-lhe diagnosticada a doença de Paget nos ossos. O problema é que a minha mãe tem dores insuportáveis, principalmente na perna (zona de encaixe entre o fémur e a bacia) e custa-lhe muito andar ou apenas manter-se de pé.
    Esta situação torna-se bastante complicada, não só pelas dores que sente mas também por se tornar uma pessoa mais dependente.
    O médico que a acompanha disse-lhe para tomar o Ben-U-Ron, mas isto não alivia muito a sua situação. A minha mãe faz caminhadas quando se sente menos mal, mas mesmo esta situação está a tornar-se impossível.
    Haverá alguma maneira da minha mãe minimizar as dores que sente? Haverá algum tipo de fisioterapia ou tratamento que esta possa fazer para melhorar a sua situação?
    A minha mãe mora na zona de Almada. Haverá algum especialista onde esta se possa dirigir?
    Desde já obrigada pela sua atenção.
    Mui atenciosamente, Carolina Lopes

  77. MARIA JOSÉ ROCHA comenta:

    16 março, 2010 @ 5:42 PM

    À Carolina Lopes,
    Prezada Carolina, minha mãe também sofre desta doença, diagnosticada há pelo menos uns 03 anos, ela sente muitas dores, como a sua mãe, e vem se tratando com reumatologista que medicou o ACLASTA, é um remédio muito caro, mas pelo que tenho observado, é o único que diminui o sofrimento. Espero que voces possam adminstrar esta situação, que não é nada confortável.

  78. Carlos comenta:

    1 junho, 2010 @ 11:55 AM

    Bom dia.
    Tenho um problema no meu ombro esquerdo., que segundo os exames realizados, segue esta normalias.,
    Obs.Observa-se hipotrofia do musculo deltoide.
    O supra e o infra apresenta-se diminuiçao do calibre, hipoecogenidade, irregularidade do contorno extremo, sem solução de contunuidade.
    Superficie ossea do numero com irregularidade.
    Tendao sub escapular não foi visualizado.
    Conclusão .Sindrome de impacto classicação III de Neer.
    Vcs, podem me informar de uma forma que eu reconheça existe tratamento e cirugico, estou com perda de força no ombro e mão esquerda.
    Este resultado foi de uma Ultra-Som.
    Este outro e uma RM. da Coluna Cervical :
    Resultado.
    Hiposinal difuso em T2 dos discos intervertebrais focalizados caracterizando degeneração dos mesmo.
    Protusão discal difusa em C2-C3, C3-C4, C4-C5, C5-C6 e C6-C7, determinando compressão sobre o saco dural.
    Se vcs., consegue me informar de forma que eu possar analizar oque esta acontecendo com o meu ombro de forma que eu reconheça .
    Fico Grato,
    Carlos

  79. anamoa comenta:

    19 julho, 2010 @ 12:48 PM

    estou fazendo tratamento, pois tive doenã de paget na mama direito, já fiz cirurgia e quimiotarapia, faltando fazer radioterapia e a medica ver queal medicação será necessaria para mim. a duvida é será que vou ficar curada meu medo é esse

    obrigada
    anamaria

  80. sylvia de oliveira comenta:

    10 agosto, 2010 @ 6:59 PM

    fazendo meus exames de rotina este ano , foi detectadono exame de sangue fosfatose alcalina elevada( 735) minha médica clinica encaminhou-me pra o gastro realizando uma série de exames. todos dando negativos. O gastro encaminhou-me então para reumatologista que pediu uma cintilografia ossea e diversos rx para esclarecimentos sobre a suspeita da doença de paget,Não apresento nenhum sintoma da doença , caminho todos dias, pratico pilates e tai-chi chuan,não tenho dor de cabeça, dor de ouvido.Não sinto nada ainda Na cintilografia foi observada hiperconcentração difusa do radiofarmaco em grau acentuado na calota craniana e ossos da face que levarei semana que vem na consulta médica. tenho lido a respeito desta doença e tenho algumas dúvidas: `e um cancer agressivo?Tem componente hereditário? E preciso ter acompanhamento com reumatologista e neuro? Desde já mto obrigada. sylvia

  81. Carlos Machado comenta:

    11 agosto, 2010 @ 9:25 PM

    Boa noite.
    Minha mãe tem 68 anos e fez um exame de densitometria ossea da coluna lombar (AP), cujo laudo em resumo diz o seguinte:
    A densidade mineral óssea de L1 a L4 é de 0,734 g/cm2, o que corresponde a um desvio padrão (t-scorre) de 2,8. Concluindo que os valores indicados indicam osteoporose.
    O médico dela receitou uma medicação que deve ser tomada somente na clínica dele, que por sinal é caro (aclasta), porém não indicou nenhum tratamento fisioterapico, atividade física ou conduta alimentar, somente a medicação. Será que no caso dela o tratamento deva ser somente medicamentoso, ou existem outros métodos?
    Muito obrigado e parabéns pelo excelente trabalho.
    Carlos Machado.

  82. Generosa Faria comenta:

    17 setembro, 2010 @ 10:02 AM

    Boa tarde
    A minha sogra foi-lhe diagnosticado a doença de Paget Ossea, já a alguns anos. Passou por varios processo cirurgicos.
    Neste momento tem 72 anos e sofre de dores horriveis, estando já a tomar um medicamente, pensamos nós, á base “Morfina”, mas nem mesmo este está a dar resultado.
    Que podemos fazer mais?
    Peço ajuda.
    Obrigado

  83. iara gonçalves da cunha nunes comenta:

    3 outubro, 2010 @ 10:44 AM

    primeiro gostaria de agradecer por existir esta pagina,pois me ajudou e me incentivou a buscar ajuda,pois agora entendo o meu problema,tenho 46 anos,a três comecei a sentir uma dor horrível na minha perna esquerda e na região lombar,fiz radiografias com laudo e o resultado foi espondilolise em L4-L5 e L5-S1,e artrose sacro-iliaca,me receitou analgesicos e antiinflamatórios,e que infelizmente não tinha muito o que fazer,que iria ter que aprender a conviver com essa “artrosezinha”,hoje eu ia jogar todos meus exames fora,quando resolvi procurar informações e encontrei aqui ,agora sei o meu problema,vou buscar ajuda;muito obrigada

  84. Sylvia de Oliveira comenta:

    3 outubro, 2010 @ 4:29 PM

    Estou com a doença de paget localizada na calota craniana e face de forma difusa. Iniciei o tratamento com actonel 150mg agora em agosto, a ser tomado uma vez por mês durante tres meses e caltrate. Estou na fase assintomatica da doença, graças a Deus,descoberta por acaso ao realizar exame de sangue no meu chekup anual foi detectado aumento elevadissimo da enzima fosfatose alcalina (740).
    Fiz cintiolografia ossea e raio x.Tenho 54 anos,pratico atividades fisicas regularmente:caminhada,taichi e pilates

  85. adriana comenta:

    9 outubro, 2010 @ 3:22 PM

    meu pai tem 56 anos tem diabete…nao toma insulina gostaria que me respondessem por imail.ce ele pode fazer uma cirurgia o mes q vem…..a cirurgia e do quadril onde diminuiu o espaço da pena gostaria de saberse a recuperaçao dele vai ser normal….e que riscos ele corre…e se por causa da diabete vai interferir em alguma coisa na recupeçao dele …aviso vcs que ele vai fazer a cirugia pelo sus

  86. Fernando Ribeiro comenta:

    16 novembro, 2010 @ 2:37 PM

    TENHO 49 ANOS ,DESDE O DIA 21 DE JUNHO PRECISEI FICAR EM CASA PARA CUIDAR DE UMA PESSOA DA FAMILIA, E NÃO TENHO FEITO OQUE NORMALMENTE FAZIA .EX. SURF , ANDAR DE BICICLETA ,MERGULHAR , CORRER E ETC. DAI COMECEI A SENTIR DORES QUE JA ESTÃOME ENCOMODANDO DEMAIS O QUE PODE TER ACONTECIDO EM TÃO POUCO TEMPO. SERA QUE É A TAL DA VELHICE CHEGANDO ME DE UMA LUZ.

  87. Elizabeth comenta:

    13 março, 2011 @ 11:02 AM

    Bom dia Dr. Armando, tenho 55 anos e sou portdora da doença óssea de Paget, a algum tempo, faço uso de alendronato, mais ultimamente minhas dores vem piorando muito, no ano passado fui internada com suspeita de infarto, fiquei 6 dias no CTI, mais os medicos chegaram a conclusão que as enzimas que davam aumentadas, podiam ser da doença óssea, tenho muitas dores no peito que irradiam para o braço esquerdo, retornei ao hospital fazem duas semanas, o médico apertou meu peito onde disse que doia e a dor foi muito forte, ele me disse que coração não doi que provavelmente as dores que venho sentindo são do osso, me esclareça, mesmo fazendo uso do medicamento essa doença pode se espalhar por outros ossos. Desde já agradeço, e aguardo ansiosa sua resposta.

  88. Ivone comenta:

    12 abril, 2011 @ 6:28 PM

    Boa Noite,tenho 50 anos a anos sofro de mutas dores nas coluna nas articulaçoes,faz um ano que começou uma dor forte na cervical e na cabeça.Fiz rx coluna cervical e deu o seguinte resultado:
    Existe uma alteração de sinal trabeculado ósseo no corpo vertebral de C2,sugerindo enfermidade de paget.
    Medula cervical e torácica alta com configuração anatômica e homogeneidade de sinal.
    Leve artrose articular apofisária difusa.
    Espaços intervertebrais preservados em altura.
    Medula cervical e torácica alta com configuração anatômica e homogeneidade de sinal.
    Minimas cristas osteofitárias posteriores em C5-C6 e C6-C7.
    Não retornei ainda ao medico ,pode me ajudar se tenho algo mais grave ,se devo me tratar?
    Desde já agradeço e espero um retorno.

  89. Vera lucia Menegossi comenta:

    18 abril, 2011 @ 5:12 PM

    Ola boa tarde……gostaria de saber mais sobre o que significa aumento de atividade osteoblasticas …. fiz uma cintinlografia ossea e o resultado veio aumento de atividade osteoblática parietal direita meu medico pediu uma tomo craniana ,estou preocupada me ajudem por favor muito obrigado…….

  90. kellione comenta:

    20 abril, 2011 @ 9:51 AM

    Quebrei um osso do maxilar agora ele está deslocado,tenho medo de ir ao medico.o que faço? me agude

  91. kellione comenta:

    20 abril, 2011 @ 9:52 AM

    por que tipos de cirugias e isams irei passar?

  92. kellione comenta:

    20 abril, 2011 @ 9:55 AM

    o que devo faser?
    já faz 3 meses que eu não consigo abrir a boca direito!!!
    ME MANDE UMA SOLUÇÂO,POR FAVOR!!!!

  93. Yumna comenta:

    19 maio, 2011 @ 10:46 AM

    alo… chamo-me Yumna e tenho 22 anos, a quase um ano e meio comecei a sentir serias dores na perna, na regiao da anca. foi quando diagnosticaram Necrose vascular da cabeca do Femur. fui a varios medicos e uma das solucoes seria da protese, substituicao da cabeca do femur por uma protese, mas como sou ainda muito jovem o medico achou melhor fazer uma descompessao do nucleo do fluxo sanguineo na cabeca do femur. ainda nao sei se essa opccao foi a melhor pois passa um mes que fiz a operacao..
    SE POSSIVEL GOSTARIA DE SABER SE ESSA E UMA SOLUCAO BOA PARA O PROBLEMA QUE TENHO.
    E SE E UMA SOLUCAO POSSIVEL.
    OBRIGADA

  94. Eduardo comenta:

    10 junho, 2011 @ 11:03 PM

    O meu pai está fazendo os exames finais da próstata e foi constatado que o mesmo terá que fazer um tratamento com remédios e injeções, porém nos exames relacionados, um Doutor de nome que eu não quero divulgar aqui, disse-lhe que ele estava com a doença de paget, até aí tudo bem, pode ser, mas mandar fazer os prepartivos para operar [o fêmur] – (inclusive mandou procurar um anestesista) relacionando um problema com o outro, isso eu não engulo. Até porque ele é aparentemente normal e acredito que as dores são da idade ( 74 anos), apesar disto ele anda bem, se gesticula bem e tem boa flexibilidade. Quando jovem caiu de uma escada e na sua coluna formou-se uma escoliose que não o deixa muito enfermo, apenas pequenas dores o atacam muito raramente. Li e sei através de muitos sites de medicina como este aqui, que esta doença e curável ou ao menos regulada e amenizada com medicamentos, fisioterapias e etc… Pergunta: Depois desta minha explanação que espero ter sido suficiente, será necessário operar o fêmur em questão? Sinceramente acho isto um exagero. Abraços e obrigado!

  95. Ismelia comenta:

    2 agosto, 2011 @ 11:02 PM

    Em 2000, fui fazer um rx pois tinha muita dor nas pernas e nas costas, ficava muito tremula com as dores. Fiz o rx a mando do médico e no laudo veio a costatação da doença do Paget. Em 2003b fiz uma cirurgia no ouvido pois ja tinha perdido 90% da audição. Fiz tratamento com Aledronato, em compensação, meu estomago ficou sensivel. A doença deu uma estacionada, Hoje, as dores continuam cada vez pior, principalmente cabeça, bacia e coluna, isso qndo não da dor nas pernas, que parecem estar arrancando-as. As vezes as dores são insuportaveis, tanto na cabeça qnto no quadril e coluna. Realmente, ja estive em varios medicos, agora o que me preocupa é que justamente o ouvido que operei apresenta a perda da audição. Se passo muito tempo sem tomar os remedios e faço exame de sangue, este apresenta alterações da doença e com a medicação é quase normal. Por que? Agradeço desde já. Abraços.

  96. Vernaide sena comenta:

    6 agosto, 2011 @ 9:56 PM

    Dr: Boa noite gostaria de saber se essa doença pode ser causada por acidente automobilistico?

  97. Sueli C. S. de Luca comenta:

    21 setembro, 2011 @ 8:21 PM

    Meu marido, com 65 anos, há um ano atrás,por acaso, ao realizar exames de raiox, por estar com dor nas costas, foi diagnosticado com Doença de Paget, em duas vertebras da coluna. Há um ano atrás, ele tomou uma injeção: ACLASTA e como tem a duração de um ano, ele fará novos exames p/ verificação da importancia ou não de tomar mais uma dose. Nesse tempo todo, as dores são sempre intensas, nas costas, pernas………O que poderia ele fazer para ter uma qualidade de vida melhor???Obrigada!

  98. joana ferreira comenta:

    5 outubro, 2011 @ 10:25 PM

    Minha mãe de 52 anos tem:Esclerose óssea,infarto ósseo.
    Qual especialista devo procurar?

  99. Maria fátima Gomes de Oliveira comenta:

    16 janeiro, 2012 @ 2:57 PM

    Tenho um sobrinho de 24 anos venho notando uma proeminencia ossea na regiaõ da sombracelha e gostariamos de uma consulta e não sabemos qual especialista levar para realização de exames para confirmação e tratamento.
    Obrigada
    Fatima

  100. marisa porciuncula comenta:

    16 janeiro, 2012 @ 11:07 PM

    minha tia sofre a anos da doença de paget, se trata com alendronato 2x por semana. sente dores atrozes no abdomem e até agora nem um medicamento para dor lhe aliviou um pouco. me pede ajuda e ja quase não levanta da cama. qual medicamento poderia lhe aliviar a dor?

  101. lucas comenta:

    10 fevereiro, 2012 @ 12:04 PM

    Doença de paget pode vira cânscer ? quero uma resposta

  102. Celeste Martins comenta:

    11 março, 2012 @ 9:24 PM

    Fui operada da coluna devido a enorme dor que sentia, nem andava mais. A dor não passou, hoje a dores é tão grande que tomo morfina por recomendação médica a 7 meses. Doi da cintura para baixo, não sinto minhas pernas apesar de sentir dor forte na perna, nos pés e até nos dedos do pé. Depois que tomo 2 morfinas e Buprovil, a dor passa, então consigo andar. Vou fazer nova cirurgia na semana que vem, pois o medico falou que é osteoporose, e as placas e os 4 pinos talvez tenham saido do lugar. Qual exame devo fazer para saber se é Paget? Obrigada Celeste

  103. isaque c sousa comenta:

    17 março, 2012 @ 9:11 PM

    ola sou isaque tenho 32 anos sinto muitador nas perna fiz muitos exames em teresina. ater q omedico descubril que minha perna esquerda é maior q adireita 1,3cm passou palmilha pra mim usar. só que ador muda de um lado p outro ja tomei muitos ante enframatorio passa ali umas duas semana mais depois volta. por favor alguem pode mim ensinar algum remedio? que possa me ajudar. obrigado.

  104. vanessa comenta:

    20 março, 2012 @ 8:05 PM

    FIZ UMA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA QUE DEU O SEGUINTE RESULTADO:CORPOS VERTEBRAIS SEM ALTERAÇÕES E COM ALINHAMENTO PRESERVADO,IMAGEM NODULAR DE CONTORNOS REGULARES COM HIPERSINAL EM T1 E T2 E QUEDA DE SINAL NO SPIR NO CORPO TDE L1,COMPATIVEL COM HEMANGIOMA OU ZONA FOCAL DE SUBSTITUIÇÃO GORDUROSA.DISCRETA LORDOSE LOMBAR,IRREGULARIDADES DE FACETAS ARTICULARES INTERAPOFISARIAS LOMBARES BAIXAS,NOTANDO-SE CONTEÚDO LÍQUIDO LAMINAR NOS RESPECTIVOS ESPAÇOS ARTICULARES,ESPESSAMENTO DO LIGAMENTO AMARELO EM L4 E L5.

  105. vanessa comenta:

    20 março, 2012 @ 8:09 PM

    GOSTARIA MUITO QUE ME ESCLARECESSEM MINHA RESSONÂNCIA O MAIS BREVE POSSIVEL,E ME ACONSELHASSEM QUAL O MELHOR TRATAMENTO,POIS SINTO FORTES DORES DURANTE O DIA E PIORA A NOITE,ESTOU SUPER PREOCUPADA ME AJUDEM,GRATA DESDE JÁ…

  106. Anônimo comenta:

    13 abril, 2012 @ 7:02 PM

    sou portador da doença chamada (paget) na perna esquerda gostaria de saber se ha condiçõs de uma cirurgia para retirada do osso duente ecolocação de (titaneo ou outro material equivalente) pois a enfermidade ja esta me atacando o tornoselo dificultando a dobrada do mesmo se possivel informa-me qual o melhor

    agradeço por tudo
    paulo q moura

  107. paulo q moura comenta:

    13 abril, 2012 @ 7:17 PM

    EU sofro enfermidade conhecida sôbre o nome de(paget) gostaria de saber se é posivel ser feita uma cirurgia retirando este osso; e subistituindo por uma prótese no local , pos ja estou sintindo dificuldade nos movimentos no turnoselo .
    aguardo respasta.

    agradeço por tudo um abraço

    PAULO

  108. Laura Lúcia comenta:

    21 junho, 2012 @ 7:10 PM

    Oi Dr. fiz uma citolografia e nela acusou uma hiperfixação do radiofármaco na mão,no joelho e no ombro (direito). Porém só estou sentindo muitas dores na mão, pode ser diagnosticado como paget? Aguardo resposta. Obrigada

  109. jacqueline comenta:

    21 janeiro, 2013 @ 12:12 AM

    tenho diagnosticada a doenca de paget localizada na lombar. fiz uma artrodese anterior da L2 e ja tomei a primeira injecao de aclastra. Gostaria de saber se eh comum de vem em quando ter dores na bacia, e se esta doenca tem cura?Fui operada dia 24 de marco de 2011.Tive a vertebra fraturada que comprimiu o canal da minha medula e quase eu tive paralizia irreverssivel.

  110. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    22 janeiro, 2013 @ 6:19 PM

    Jacqueline,
    A doença de Paget tem controle, mas não tem cura. Os medicamentos atuais inibem a progressão da doença, mas a regressão não ocorre. Faça acompanhamento. Acredito que novas formas de tratamento ainda ocorrerão.

  111. norma gomes comenta:

    16 março, 2013 @ 10:29 AM

    Dr. Armando Miguel, Bom dia!
    Sinto fortes dores no osso craniano, lado esquerdo posterior e sensação de ardor e como se muitos bichinhos
    picassem constantemente o osso, essa dor se estende pelo lado esquerdo do pescoco e o nervo apresenta leve edema, ja procurei varios profissionais, mas nem um deles me deu orientacao adequada. Peço se possivel algum esclarecimento e orientação sobre que profissional consultar e qual possivel diagnóstico. Agradeco desde ja.
    Sera de grande ajuda. Grata

  112. Prof. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    16 março, 2013 @ 9:46 PM

    Norma,
    É difícil fazer um possível diagnóstico apenas com as queixas clínicas, sem o exame clínico e sem os exames laboratoriais.

    Veja se o que voce está sentindo pode ser semelhante a doença descrita na página sobre arterite temporal

    Consulte um médico reumatologista e depois nos mande uma notícia.

Deixe seu comentário aqui !