10 - mar
  

Linfedema – Drenagem Linfática

Categoria(s): Dermatologia geriátrica, Endocrinologia geriátrica, Infectologia, Saúde Geriátrica, Terapias Alternativas




Atualização

A drenagem linfática é um tipo de massagem destinada e melhorar as funções essenciais do sistema circulatório linfático mediante, manobras que acompanham os trajetos dos vasos linfáticos como os mostrados na figura.

linfaO que é o sistema Linfático?

A linfa não é o sangue, sua composição é totalmente diferente, resulta de uma combinação de proteínas, imunoglobulinas, que são proteínas de defesa do nosso organismo, uréia, células linfáticas e sais minerais.

O corpo humano tem aproximadamente 10 litros de linfa.

Os vasos que transportam a linfa são bem finos e recebem o nome de vasos linfáticos. O sistema linfático cumpre o importante e insubstituível papel de levar os nutriente para as células e retira delas as substâncias tóxicas.

Quando nosso organismo sofre uma agressão por uma infecção, trauma ou cirurgia e nós ficamos com o local inchado, é conseqüente ao extravasamento de plasma e células inflamatórias neste local. Para haver a recuperação da área inflamada é necessário que o sistema linfático drene toda as “sujeiras” existentes como restos de células, bactérias, proteínas e substâncias resultante de metabolismos de defesa, os chamados imunocomplexos.

O que é o Linfedema?

Quando o sistema linfático está sobrecarregado ocorre a retenção da linfa e das escorias do corpo que deveriam ser eliminadas. Este processo acarreta uma dificuldade na drenagem e rápida melhora do estado clínico geral do paciente e, do local afetado.

As mulheres têm maior propensão a formar o linfedema, especialmente nas pernas, geralmente associadas ao edema causado pelas veias varicosas (varizes).

Terapia preventiva

Existem inúmeras substâncias, sobretudo, fitoterápicas com propriedades de tonificação das veias e vasos linfáticos, auxiliando no tratamento e prevenção do linfedema.

A massagem drenadora atua como adjuvante no processo terapêutico e preventivo, sendo indicada nos casos de tratamento de obesidade, gordura localizada, inchaço nas pernas, nos pós-operatório de cirurgia plástica e lipoescultura.

Tags: ,




Comentário integrado ao Facebook:


360 Comentários »

  1. fatima ferreira comenta:

    31 julho, 2007 @ 3:00 PM

    Gostaria de saber se o tratamento da medicina hiperbárica ajuda no tratamento/prevenção do linfedema e se os fitoterapicas reduzem o edema. Obrigado pelo vosso site que é excelente, pois em Portugal nao existe nada sobre esta doença.

    Resposta. Não existe nenhuma referência sobre a eficácia da medicina hiperbárica no controle dos edemas linfáticos.

  2. Marta comenta:

    26 setembro, 2007 @ 11:58 AM

    gostaria de saber se as massagems de drenagem linfática ajudam em alguma coisa os pacientes que tem problemas de pressão arterial, e pérdida de função renal.
    Meu marido vai fazer um cateterismo para colocar estender na arteria renal e conseguir ir em frente sem entrar nas dialises.que não aceita.
    Pretendo fazer esta drenagem linfatica e massoterapia, para preparar o melhor possivel seu corpo para que o médico tenha maior sucesso.
    Ele tem 73 anos, e ainda trabalha.
    aguardo retorno via e-mail
    Obrigada,
    Marta

    Resposta. A drenagem linfática, retira o excesso de líquido retido nas regiões intersticiais (entre as células). Não interfere com a pressão arterial ou função renal.

  3. MEIRE comenta:

    18 outubro, 2007 @ 7:54 AM

    BOA TARDE!
    Gostaria de saber, se o linfedema tira totalmente o inchaço das pernas e pés.
    Grata: Meire

    Resposta – O inchaço nas pernas podem surgir por inúmeros fatores, anemia, insuficiência cardíaca, insuficiência renal, distúrbios endócrinos (hipotireoidismo), etc.
    O edema por retenção venosa – edema venoso, é causado por varizes. É um edema mole, ou seja, deprime facilmente com a pressão do dedo, este edema é grande no final do dia e melhora com o repouso. Pela manhã, as pernas estão desinchadas.
    O edema por retenção linfática – edema linfático, e causado por obstrução dos vasos linfáticos. É um edema dura, não deprime facilmente pela pressão do dedo. O inchaço não regride com facilidade. Geralmente, é causado por inflamação dos vasos linfáticos (linfangite), ou infiltração tumoral, ou retirada dos gânglios linfáticos como nos casos de cirurgia de câncer de mama (edema no braço).

  4. Prof. Armando comenta:

    18 outubro, 2007 @ 9:31 AM

    Olá Meire

    O sistema linfático (canalículos microscópicos) drena toda as “sujeiras” existentes como restos de células, bactérias, proteínas e substâncias resultante de metabolismos de defesa, os chamados imunocomplexos. Também “drena” (retira) todo excesso de líquido que fica no espaço intersticial (espaço entre as células). Assim, todo inchaço resultante de inflamações, contusões, cirurgias, varizes, etc, são retirados do corpo pelo trabalho do sistema linfático. Quando existe muito líquido se formando nestes locais (exemplo insuficiência cardíaca), ou os linfáticos estão inflamados (linfangite) e obstruídos o inchaóc tem mais dificuldade para ser eliminado

  5. solange andrade comenta:

    30 outubro, 2007 @ 7:31 AM

    Bom dia

    Gostaria de saber qual a causa de aparecimentos de vasos nas pernas e
    como pode se fazer para previnir o aparecimentos de vasos, e o que causa
    isso e quais os prinçipais sintomas e tratamentos para os vasos e prevenções
    a prática de exercício ajuda a previnir os aparecimentos de vasos….

    atensiosamente
    Solange Andrade

    Resposta. As varizes (vasos dilatados) nas pernas têm inúmeros fatores desencadeantes, especialmente, nas pessoas genéticamente predispostas (que tenham familiares com varizes). Os exercícios físicos previnem o seu aparecimento.

  6. crisoldina saraiva comenta:

    16 novembro, 2007 @ 8:12 AM

    Tenho problema nas pernas desde quando nasci, fica inchada o tempo todo, e tenho que trabalhar mas as vezes passo mal, fica formigando as minhas pernas.
    Tem algum risco de virar trombose?

    Resposta – Toda vez que o sangue fica “parado” em uma região pode ocorrer trombose. É muito importante um bom estudo do sistema venoso das pernas (ecodoppler venoso) realizado por médico angiologísta.

  7. Rosângela comenta:

    29 novembro, 2007 @ 10:08 AM

    Qual a categoria profissional mais indicada para fazer drenagem linfática ?
    Fisioterapeuta, dermatologista ou esteticista ?

  8. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    30 novembro, 2007 @ 3:56 AM

    Normalmente, a drenagem linfática é feita por profissional, fisioterapeuta, massagista que tenha feito curso de massagem para drenagem linfática.
    Não adianta somente fazer a massagem, sem a técnica correta. Os resultados são excelentes nas mãos dos bons profissionais.

  9. Sandra comenta:

    4 dezembro, 2007 @ 12:40 PM

    Fiz um curso de drenagem, já a estou praticando ,mas tenho uma dúvida:Todas as vezes que vou fazer a drenagem , mesmo que eu faça só por partes, como , pernas ou só abdomem pra cima, eu terei que fazer no externo todas as vezes?E isto é feito no começo e no final também?
    Obrigado

  10. Michele comenta:

    10 dezembro, 2007 @ 7:48 PM

    Boa noite!
    Sou fisioterapeuta e estou me especialização em dermato-funcional. Meu foco é a parte de estética e pos-operatório de cirurgias plástica. Mas esta semana recebi uma paciente com Sindrome de Ménière, tendo como queixa principal um edema generoso em uma hemiface. Como não tenho experiência nesta área e não quero de forma alguma prometer algo que não possa fazer e gostaria de saber se a drenagem linfática facial ajudaria neste caso? Eu sei que não seria a cura, mas pensando em oferecer uma qualidade de vida melhor para pct. Ainda mas se tratando de uma mulher onde a vaidade é bastante importante.
    Agurado ansiosamente uma resposta
    Obrigada
    Michele M. Gutierrez

    Resposta –
    Michele, a Doença de Ménière não provoca edema facial. Este inchaço pode ter outra causa, exemplo inflamação da glândula parótida.
    Prof. Armando

  11. Sandra comenta:

    14 dezembro, 2007 @ 5:39 AM

    Fiz um curso de drenagem, já a estou praticando ,mas tenho uma dúvida:Todas as vezes que vou fazer a drenagem , mesmo que eu faça só por partes, como , pernas ou só abdomem pra cima, eu terei que fazer no externo todas as vezes?E isto é feito no começo e no final também?
    Obrigado

  12. Alexandre Machado comenta:

    26 dezembro, 2007 @ 5:34 AM

    Gostaria de saber o que se deve fazer quando se está com estágio avançado de Linfedema elefantóide? Não pode voltar ao normal? Deve-se perder as esperanças? Poderia me indicar um especialista em Florianópolis.

    Obrigado;

  13. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    27 dezembro, 2007 @ 5:42 AM

    Alexandre,
    O Linfedema elefantóide ocorre quando grande número de canalículos linfáticos ficam obstruído pela doença. Nestes casos a diminuição do inchaço é bem difícil.
    O sistema linfático ainda é pouco estudado. Medidas para regeneração dos canais linfáticos, ainda são de eficácia discutível. Porém, sempre novos estudos aparecem dando esperança aos casos difíceis.
    Existe produtos de homeopatia alemã que podem ajudar. Estes produtos são conhecidos como Lymphomyosot, Galium-Heel e Apis-Homaccord. Infelizmente, estes produtos não são importados para o Brasil há 10 anos. A empresa na Alemanha é a Biologische Heilmittel Heel GmbH Fone +49-72 21-5 01-00 Fax: +49-72 21-5 01-230. Os médicos que trabalham com estes produtos são os que praticam a Medicina Antiomotóxica. ( procure sites a respeito).
    Boa sorte! Nunca perca as esperanças.

  14. marcelo machado comenta:

    29 dezembro, 2007 @ 10:50 AM

    OLÁ BOA TARDE ,GOSTARIA DE SABER QUEM TEM LUPOS PODE FAZER MASSAGEM COMO ,SHIATSU,SUECA,MODELADORA,REDUTORAS,E QUAIS O PROBLEMAS QUE PODE CAUSA PARA O PACIENTE,DESDE JA AGUARDO UMA RESPOSTA.PROF.DE ED. FISICA MARCELO MACHADO.

  15. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    2 janeiro, 2008 @ 10:04 AM

    Marcelo,
    Existem vários graus de acometimento do Lupus.
    Na fase descontrolada (ativa) não é conveniente aplicar massagens.
    Na fase controlada não existe maiores problemas.
    Para evitar qualquer problema, mesmo legal, peça que a paciente traga uma carta de autorização do médico que está acompanhando o caso. Faça isso, com qualquer paciente cuja doença que você tenha dúvida.

  16. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    2 janeiro, 2008 @ 10:07 AM

    Sandra,
    Não tenho esta informação, mas a princípio não vejo necessidade de massagear sobre o osso do esteno, lá não tem vasos linfáticos.
    Consulte um livro de anatomia sobre o sistema de vasos linfáticos. Você verá que a linfa é drenada para o ducto torácico, próximo ao coração, ou seja bem a baixo do esterno.

  17. kelmacm comenta:

    4 janeiro, 2008 @ 1:21 PM

    Boa tarde! tenho um problema na perna ha 12 anos hoje estou com 27 anos e nenhum medico descobriu o que era, ja fiz 2 cirurgias no tornozelo esquerdo mas n melhorei, continua inchado, resovi trocar de medico e esse me passou que eu tinha um linfedema, e que eu jamais era pra ter feito cirurgia, entao me passou meias com pressao, medicamento e drenagem linfatica, mas na verdade quero saber se ha cura para meu problema, as vezes me sinto muito pra baixo por causa disso, tenho vergonha de usar saia, pois a minha perna é bastante inchada diferente da outra, as vezes sinto vontade de sumir e nunca mais aparecer, creio que o meu Jesus vai me curar.. Mas na verdade tem cura pra esse meu problema?????????

  18. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    4 janeiro, 2008 @ 5:11 PM

    Kelma
    Se houve destruição dos linfáticos da região esse inchaço vai continuar. O tratamento que voce está fazendo é o melhor, pois, não deixa a “doença” piorar. O organismo humano é formidável e regenera inúmeras estruturas lesadas, desde que, nós dermos tempo para ele, sem agredi-lo mais. A medicina evolui muito rapidamente, pode ser que em pouco tempo tenha solução para o seu problema.

  19. Sonia comenta:

    5 janeiro, 2008 @ 3:20 PM

    Estou com uma paciente com 78 anos, durante a vida dela teve vários tombos, precisou a uns 5 anos atrás cirurgia no joelho relacionado a um tombo. Mas de uns tempos pra cá a perna direita na parte da frente até na parte do meio do pé anda muito inchado, o médico dela pediu pra fazer drenagem, ela também já fez exames pois poderia ter trombrose , mas não é o caso. Fiz 8 sessões de drengem ela se sentiu bem melhor mas o inchaço continua.Estou tentado fazer intercalar 3 sessões de relaxamento e 1 de drenagem, ela já começou a desinchar, mas muito lentamente, faço juntamente vários exercicios com pernas pé, e movimentos de rotação.
    Gostaria se possível me dar uma orientação sobre o que eu poderia estar fazendo para melhorar a situação de minha cliente. Estou nova no ramo de drenagem e jamais faria algo que prejudicasse alguem. Obrigado.

  20. Prof. Armando Miguel comenta:

    8 janeiro, 2008 @ 5:31 PM

    Sonia,
    O que voce está fazer é o certo.
    Converse com o médico que está acompanhando o caso e se informe qual o grau de comprometimento do sistema venosa das pernas da paciente. Vale a pena, usar meia elástica? Qual medicação adequada? Qual a dieta indicada? etc.

  21. rosangela comenta:

    9 janeiro, 2008 @ 5:54 PM

    ESTOU FAZENDO DRENAGEM LINFATICA,POIS TIVE UM ACIDENTE QUE LESOU MEUS VASOS LINFATICOS DO MEMBRO INFERIOR,ESTOU MUITO CHATEADA COM ISTO ;TUDO QUE LEIO FALA QUE NAO TEM CURA,QUERIA MUITO QUE VCS ME FALASSEM OQUE DEVO FAZER ,ESTOU MEIO DESILUDIDA COM TUDO.ESTA MEDICAÇAO QUE VCS FALARAM DA ALEMANHA.TEM O SITE .FICARIA MUITO AGRADECIDA SE VCS ME DESSEM ESTA INFORMAÇAO…. OBRIGADA

  22. kiki comenta:

    13 janeiro, 2008 @ 7:12 PM

    Tenho linfedema precoce, desde a adolescencia. Hoje aos 53 anos e 30 de trabalho vejo agravamento do edema e maior dificuldade no retorno. Fiz um exame há muito tempo, com incisão no peito dos pés que constatou ausência de vasos linfáticos. Existe algum aparelho mecânico ou elétrico que faça o papel de um massagista para minimizar o inchaço? Recentemente, numa cirurgia usei uma bota com um tipo de movimento contínuo a fim de evitar trombose, pois já fiz cirugia na safena direita, inutilizando-a face um trombo move-la
    Quero melhorar a minha qualidade de vida

  23. Sandra comenta:

    24 janeiro, 2008 @ 3:42 PM

    Fiz um curso de drenagem linfática pré e pós cirúrgica, método vodder. Já estou ministrando a drenagem em alguns pacientes e tenho obtido ótimos resultados.

    Alguns pacientes me interrogaram sobre algumas drenagens que fizeram com outros profissionais, que foi bem diferente da que eu estou fazendo: eles comentam que é bem mais firme e mais rápido do que eu costumo fazer e as manobras quase todas são diferentes.

    Gostaria de saber se uma drenagem feito sem ser pós cirúrgica é feita da mesma forma que aprendi, lenta, calma, suave, me oriente por favor. Se feito normalmente pra retenção de líquidos, se devo usar o mesmo método pré, pós cirúrgico.

  24. Lauro G. Filho comenta:

    25 janeiro, 2008 @ 4:11 PM

    fiz uma cirurgia no coração ( revascularização ) retirando uma safena da perna esquerda e segundo o medico isto afetou um vaso linfatico , estou a 4 meses com uma ferida na perna que melhora uns dias e depois vem a furo novamente ja estou chateado com isto pois minha perna esta inchada e eu não posso fazer exercicios para melhorar minha recuperação da cirurgia o que eu posso fazer , a algum tratamento que posso fazer para auxiliar na cura deste processo na minha perna

  25. Rosemari Pereira comenta:

    28 janeiro, 2008 @ 7:08 AM

    Bom dia. Tenho o linfedema há 13 anos. Já tive erisipela duas vezes. O que preciso saber o que fazer para diminuir o volume do inchaço em minhas pernas? A massagem ou outro meio ajudam? Voces podem me ajudar? Muito obrigada.

  26. simone souza comenta:

    28 janeiro, 2008 @ 7:38 AM

    bom dia!

    TENHOS PNEUSINHOS NA ÁREA DO ABDOMEM, MAIS EXATAMENTA PERTO DA CINTURA, GOSTARIA DE SABER SE COM A DRENAGEM LINFATICA CONSIGO SOLUCIONAR MEU PROBLEMA.

    OBRIGADA,

    Resposta.
    Ajuda, mas exercícios abdominais é fundamental.
    Prof. Armando

  27. Adriana comenta:

    30 janeiro, 2008 @ 8:40 AM

    boa tarde!!

    gostaria de saber quantas sessões de drenagem linfatica são necessarias para se ter e ver um bom resultado e se precisa fazer uma manuntenção ,ou então depois de quanto tempo é necessario repetir..
    desde ja agradeço a atenção..

  28. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    30 janeiro, 2008 @ 5:15 PM

    O tratamento com drenagem linfática é longo. O número de sessões depende de cada caso. As sessões de manutenção são fundamentais para o tratamento.

  29. Sandra comenta:

    31 janeiro, 2008 @ 5:25 AM

    Me tire uma dúvida: quando fazemos drenagem nos membros inferiores, precisamos fazer também os estimulamentos pelo abdomem , clavicular, external, e subclavicular, se não, me explique,o porque.

  30. klenia dá seu palpite, comenta:

    1 fevereiro, 2008 @ 8:21 PM

    Estou com os gânglios linfáticos peitorais inflamado já faz anos. Fiz mamografia e o médico não detectou nada. O que devo fazer para descubrir a causa que provoca estas dores no meu seio.

  31. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    2 fevereiro, 2008 @ 5:01 AM

    Kleina,
    Faça uma consulta com médico hematologista.

  32. ana lucia comenta:

    5 fevereiro, 2008 @ 6:08 PM

    Eu estou muito triste pois tenho linfadema há 3 anos e sinto que está piorando, o que posso fazer para o inchaço não aumentar, por favor me ajudem, isso é muito constrangedor….

  33. KIKI comenta:

    21 fevereiro, 2008 @ 7:27 PM

    PROF ARMANDO
    O Sr.poderia dizer algo sobre a minha colocação do dia 13 de janeiro de 2008.
    É muito dificil a gente que tem esse problema ouvir que não tem cura. Não consigo usar meia elástica pois quando tiro coça muito e acaba dando erisipela.
    Faço drenagem as vezes mas só melhoro no inverno ou com aplicação de bolsa de gelo.As vezes queria que o inchaço cedesse mais rapidamente do que após uma noite inteira. Deve haver algum meio de minimizar o nosso problema.
    Obrigada

  34. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    22 fevereiro, 2008 @ 4:27 AM

    Kiki,
    Vou procurar saber a respeito de novos equipamentos para drenagem linfática e venosa.
    Os equipamentos que voce utilizou durante a internação são para previnir a formação de coagulo nas veias. Ou seja, funciona muito bem auxiliando o retorno venoso do sangue das pernas para a circulação. Não sei informar se melhora a circulação venosa.
    O sistema linfático é um grande desafio para o tratamento. Os medicamentos ajudam a amenizar o problema.

  35. janete macari comenta:

    27 fevereiro, 2008 @ 5:44 AM

    gostaria de saber quais os tratamentos adequados para o tratamento de linfedemae, e se mesmo fazendo drenagem e hidro-ginastica,e necessario usar algum tipo de polaina ou meia e tbm se existe algum remedio para diminuir on inchaço.
    grata
    janete

  36. rose de oliveira comenta:

    29 fevereiro, 2008 @ 11:24 AM

    Eu não sei mais o que fazer..
    Não sei se tem relação,mas fiz uma dermolipctomia em 2007,e não fiz drenagem logo após.
    Hoje tenho as pernas inchadas ,mas a esquerda está mais inchada que a direita.
    Alguns pontos da perna esquerda,onde o inchaço se apresenta estão doloridos.
    e sinto uma sensação estranha na virilha quando ando.
    Tenho um acúmulo de gordura na parte interna da coxa esquerda,mas nunca tivenada do tipo até fazer a cirugia..
    O que eu faço…estou morrendo de medo de ter elefantíase.
    Andei olhando na internet sobre linfedema e estou entrando em depressão
    Me ajude

  37. Ademaria Gallo comenta:

    3 março, 2008 @ 1:08 AM

    Fui diagnosticada como portadora de linfedema dos membros inferioes.Não tive linfangite e nenhuma infecção.Um médico disse ser de causa idiopatica, um outro disse que ja nasci assim e veio a se manifestar mais tarde.
    Faço drenagem linfatica há quase dois anos.So vi resultado mesmo quando drenava e fazia multi capas, tive redução do edema e agora continua o mesmo.Na verdade, aumento quase dois centimetros por que engordei.A medica com quem estou me tratando no momento disse que meu edema é de grau I e fácil de ser tratado.Ouvi dizer que o lifedema pode evoluir para elefantiase, é verdade? Hà medicamento para isso? Há estudos especificos sobre linfedema? Aguardo resposta;
    Ademaria

  38. Leandro comenta:

    5 março, 2008 @ 11:57 PM

    olá. apesar de ser site medicina geriatrica, queria tirar uma duvida.
    tenho 20 anos, e 2 dias dps do carnaval, que pulei d+, minha canela me deu dor, como se tivesse levado pancada em futebol. fica avermelhado, e dolorido. faz 20 dias ja que ta assim. fds agora, de um dia pro outro tinha sumido tudo, dai ontem volto a ficar vermelho, e dolorido. nao tomei remedio nenhum dia. sou meio sistematica quanto a isso.
    OBS: um dia some de uma canela, dai aparece na outra. e sempre meio dolorido quando aperta com a mão.
    alguem sabe o que pode ser ? t+, obrigado desde já

  39. Carla Gonçalves comenta:

    7 março, 2008 @ 1:12 PM

    Olá a todos.
    Venho partilhar com voces a minha situação.
    Aos 20 anos, comecei a ficar com um pé inchado, pensei que tinha sido um entorce. Tratei o como se fosse, de ano para ano, no verão notava que ele cada vez inchava mais, mas sempre pensei que era do entorce, que não tinha ficado bem. Aos 24 anos, começou o outro pé a inchar, vi logo que algo se passava decidi ir ao medico.
    Ele disse que o meu sistema linfatico, não estava a funcionar bem, e que havia uma retençao de liquidos, na zona dos pes….Agora tenho 25 anos…e no verão fico com os pés muito inchados…. Tenho pena de não haver cura para voltar ao normal….

  40. Percides Brandão comenta:

    9 março, 2008 @ 4:52 PM

    Descobri o linfedema há 10 anos, hoje tenho 28 anos e sofro muito, porque não posso usar saias ou bermudas, minhas pernas incham, a direita incha mais, faço uso de meia elástica de alta compressão 3/4, e quero saber se existe algo mais que eu possa fazer para ficar melhor, fora a drenagem, eu estou 10kg acima do meu peso, se eu emagrecer 15kg, ajuda a estética das pernas? Eu acho que sou muito nova para esta doença aparecer.
    Agradeço a todos.

  41. Sandra comenta:

    12 março, 2008 @ 5:44 PM

    Tenho linfedema dos membros inferiores há 30 anos. Hoje estou com 47 anos. Tenho vasos nas duas pernas, alguns mais dilatados. Sou magra, uso meias elásticas de alta compressão,faço uso de medicamentos específicos. O avanço do inchaço tem sido lento, pois sou muito cuidadosa. Minha dúvida: posso fazer esclerose das veias por aplicação de medicamentos (injeções ) e enquanto estiver fazendo essas aplicações posso fazer drenagem?
    Agradeço a atenção.

  42. Ana Paula comenta:

    18 março, 2008 @ 4:10 PM

    Boa tarde,

    Minha vó tem problema de diabete (controlada por insuna) e pressão alta. E atualmente, suas pernas ficam inchadas e começam vazar liquidos deixando sua meia molhada. Um médico disse que era o inchaço das pernas que faziam os vasos linfaticos vazarem, passou um remedio e disse para enfaixa bem apertado ao dormir, ou outro falou que não era para fazer nada.

    O que é melhor fazer? Existe alguma alimento que diminui esse inchaço.

    Obrigada.

  43. cristiane comenta:

    10 abril, 2008 @ 8:01 PM

    Boa noite,

    Fiz retiranda da safena esquerda, pois ela estava doente só que depois de ter feito a cirurgia a minha perna continua a inchar e tb a ficar meio rocheada, o medico passou um remedio daflon 500g e uso de meia, pois fiz recentente um exame de eco doppler e foi diagnosticado linfedema pos safenectomia. o que devo fazer? agradeço.

  44. kiki comenta:

    11 abril, 2008 @ 11:03 PM

    Boa noite
    Tenho observado que hoje muitas pessoas jovens tem os membros inferiores inchados, isso antigamente era prerrogativa dos mais velhos.Me lembro que quando criança só as pessoas de idade inchavam . E vejo com tristeza que não há solução nem remédio para quem tem linfedema
    Imagino que os estudos nessa área não avançam, pois as prescrições são sempre meia elastica, drenagem , só soluções paliativas. Existe algo mais animador?
    Obrigada

  45. claudia denise comenta:

    14 abril, 2008 @ 5:10 PM

    a minha mãe está com cancer generalizado, e está sofrendo muito com os inchaços dos membros inferiores, faz tudo o q lhe é indicado, diuréticos, drenagens, pés para cima, banhos de imersão com sal grosso… porém não estamos obtendo resultados satisfatórios. o inchaço estendia-se aos membros superiores e também ao abdomem, mas estes cederam prontamente após as sessões de drenagem, porém as pernas e pés continuam terrivelmente inchados e estão principiando a avermelharem. o q mais podemos fazer? existem medicamentos específicos para isto?

  46. Percides Brandão comenta:

    17 abril, 2008 @ 9:31 PM

    Boa noite, sempre deixo recados, mais não obtenho respostas, vocês repassam os recados das outras pessoas, gostaria que me respondessem.
    Há outro tipo de tratamento mais animador?
    fora meia elástica, remédios e drenagem linfatica.
    gostaria de saber algo diferente.
    conto com vocês.
    até mais!

  47. vanessa zanella comenta:

    22 abril, 2008 @ 1:24 PM

    sou portadora de linfedema na perna esquerda a 8 anos , por causa de uma cirurgia de melanoma.
    gostaria de saber se a pessoa que tem linfedema inferior em uma , ou em duas pernas pode engravidar?

  48. guto pede conselho comenta:

    23 abril, 2008 @ 4:01 PM

    gostaria de saber se a pessoa com lifedema de membro inferior que trabalha sentada e incha muito pode obter auxilio doença, e se este for interrompido durante o tratamento.
    e como pode achar esse tratamento de medicina antiomotóxica, sendo que num acho nada na net.
    abrigado

  49. bruna comenta:

    27 abril, 2008 @ 10:47 PM

    olá meu nome é bruna e tenho uma filha que tem linfedema congênito, nas duas pernas e nos dois pés, e é muito dura as pernas e os pés.ela vai fazer 3anos de vida, faz uso de meias de compressão com tecido de gorgurão e drenagem na area do pescoço. se tiver alguma novidade pra mim ou qq outra esperança de tratamento????

  50. Ademaria Gallo comenta:

    18 maio, 2008 @ 4:41 PM

    Quem é o responsavel por essa pagina ?
    Quem vai responder as duvidas de todos?
    Quem pode responder algo de concreto sobre linfedema dos membros inferiores?
    Alguém já ouviu falar sobre cirurgia para esse caso?
    Existe medicamento que melhore o quadro?
    Há uma dieta especifica para quem tem linfedema dos membros inferiores?
    Aguardo resposta.

  51. Débora Guedes comenta:

    19 maio, 2008 @ 11:10 AM

    Olá!

    Sou estudante de Fisioterapia e gostaria de saber sobre os recursos utilizados para tratar disturbios arteriais, venosos e linfáticos e também como prevenir esses distúrbios. Se tiver artigos científicos que possa me enviar, ficarei grata.

    Obrigada

  52. Kécia Pamponet comenta:

    19 maio, 2008 @ 2:57 PM

    Leio os relatos de portadores de linfedema e identifico-me com a angústia que todos sentem diante de um problema de saúde aparentemente sem solução, pouco estudado pelos médicos, que nos causa baixa-estima e tende a piorar com a passagem dos anos… é desanimadora essa busca por novas orientações, que sempre chegam de forma genérica e pouco conclusivas. No meu caso, o linfedema apareceu quando estava grávida de minha primeira filha, há mais de 10 anos. Já peregrinei por consultórios médicos e fisioterapêuticos em busca de um desinchaço mais aparente e efetivo, mas até hoje não obtive melhora significativa. Já me submeti a uma cirurgia de anastomose linfática que também não deu em nada. Hoje estou fazendo dieta vegetariana para diminuir a quantidade de proteínas no organismo (porque fiquei sabendo que as moléculas de proteínas são as mais difíceis de serem “carregadas” pelo sistema linfático), mas não me conformo com a ausência de perspectivas para o meu caso. Encontrei nesse site um canal de desabafo…

  53. Conceição Pape comenta:

    20 maio, 2008 @ 9:06 AM

    Tenho muitas respostas para os vossos problemas e questôes que poem neste site.
    1º os linfedemas congénitos/ primários têm tratamento, mas não de caracter defenitivo, porque os edemas primários são uma doeçe crónica e como doença crónica não têm cura .
    Nestes casos os tratamentos mais eficazes são drenagem linfática manual, método leduc, com bandas multicamadas, e posteriormente meia elástica de contenção.
    2º Os linfedemas secundários , por cirurgia ou por outra causa, infecção ,são tratados com o mesmo método com pressoterapia, e bandas multicamadas, e posteriormente com manga ou meia de contenção. Para além destes tratamentos, há cuidados a ter com o braço e com a hidratação do braço ou perna. Fisioterapeuta Conceição de Pape

  54. Susana marques comenta:

    23 maio, 2008 @ 11:48 AM

    ola a todos,
    Por me rever em muitos dos relatos decidi partilhar a minha história….
    à cerca de 2 anos o meu tornozelo esquerdo começou a inchar, tinha um aspecto avermelhado e sentia calor no pé. Após um cintigra ósseo detectaram-me um problema na coluna, que se veio a revelar um processo infeccioso de Tuberculose òssea na vertebra L5. Passou um ano e o problema da coluna resolveu-se, mas o inchasso do pé persiste até hoje, agravado por uma cor avermelhada bastante inestético.
    Foi-me diagnosticado recentemente um linfedema e o tratamento o mesmo referido por muitos de vós.
    A minha questão é se a tuberculose òssea poderá estar na origem deste linfedema.
    Tenho apenas 25 anos e esta situação é angustiante!!!! Uma gravidez trará riscos?

  55. Ademaria Gallo comenta:

    28 maio, 2008 @ 9:06 AM

    SOBRE O COMETÁRIO DE BRUNA QUE TEM UMA FILHA COM LINFEDEMA.
    ===========================================
    Bruna vou fazer algo que pensei duas vezes antes em fazer nesse espaço.
    Entre em contato comigo pelo e-mail adegallo@globo.com
    Aguardo voce.
    Ademaria

  56. Ademaria Gallo comenta:

    28 maio, 2008 @ 9:20 AM

    Amigos, aqui estamos nós a procura de algo em relação ao nosso problema.
    Estudamos sobre o assunto, lemos, pesquisamos e nada de animador e nem ao menos
    repostas para nossos questionamentos.
    O que este site está querendo com todos que entram em busca de respostas?
    Penso que fazer uma pesquisa sobre quem tem e quem não tem o linfedema.
    Seja de membros inferiores ou membros superiores.
    No inicio eu evitava falar sobre o assunto. A angustia e a depressão fez parte.
    da minha vida ao descobrir algo que mexe com a auto-estima.
    Vamos compartilhar sobre o que sabemos, quem estiver interessando escreva para mim.
    O e-mail está ai.
    Não estamos sós.Somos muitos com as mesmas duvidas, medos e falta de respostas.

  57. Ruy comenta:

    29 maio, 2008 @ 11:38 AM

    A trinta anos convivo dessa forma, entre idas e vindas, sempre com as mesmas conclusões médicas, em meio aos poucos recursos medicinais, me suporto em uma corda, das discórdias do meu temperamento, me sinto só.

  58. Kécia Pamponet comenta:

    30 maio, 2008 @ 8:35 PM

    Como já disse no último registro, estou fazendo uma dieta vegetariana, com diminuição significativa de ingestão protéica. Concomitantemente, iniciei com uma fisioterapeuta a
    terapia física descongestiva, que envolve drenagens linfáticas diárias, seguidas de
    enfaixamento. Pesquisei na internet sobre a terapia anti-homotóxica – que foi citada em
    um dos relatos desse “fórum” – e descobri que a homotoxicologia é uma das correntes da homeopatia que visa “… identificar a presença de substâncias tóxicas, venenosas ou
    daninhas acumuladas no organismo através de alimentos, medicamentos, água, metais pesados, droga, fumo, radiações e outros que podem provocar danos ou lesões nos órgãos, além de enfermidades como alergias, infecções crônicas ou recorrentes, intoxicações e
    doenças auto-imunes” (http://www.brasilescola.com/saude/homotoxicologia.htm). Quem quiser informações sobre profissionais dessa área, pode acessar o site da Associação
    Brasileira de Homeopatia e Homotoxicologia (http://www.abhh.org/“). Infelizmente não encontrei nenhum que atue aqui em Salvador/Bahia, mas estou procurando. Acredito que a melhora dos nossos quadros está na medicina alternativa, na busca pela desintoxicação do organismo, já que o sistema linfático exerce uma função de limpeza do corpo. Quanto
    menos sobrecarregado, mais fácil obter resultados satisfatórios com a drenagem linfática. Somente com a dieta e com a terapia física descongestiva já obtive uma melhora de mais ou menos 40% do inchaço de minha perna e emagreci 5 Kg, mas comecei a acreditar que isso
    é só o começo… estou programando uma consulta com um acumpunturista e a prática de hidroterapia. Também ando pesquisando sobre a hidrocolonterapia, terapia de limpeza do intestino voltada para a desintoxicação geral do organismo. Amanhã mesmo participarei de
    uma palestra sobre os benefícios da técnica. Voltarei a me comunicar com todos daqui a
    alguns dias. Como bem disse Ademária Gallo, não estamos sós. Precisamos trocar
    informações e buscar uma maior qualidade de vida!!

  59. Ademaria Gallo comenta:

    2 junho, 2008 @ 12:14 AM

    Que bom Kécia, voce passou informações importantes.
    Também estou pesquisando sobre a terapia anti-homotóxica.Vou entrar nos sites que voce escreveu e aprender mais.
    MInha experiencia com enfaixamento depois da drenagem linfatica me ajudou muito.Fui aconselhada a não fazer uso dos seguintes alimentos:Crustáceos,alimentos que levem côco,frituras, alcool e chocolate.Esses alimentam aumentam a linfa.
    Exercícios físicos ajudam bastante, seja qual for.Até mesmo a caminhada.
    Aguardo suas noticias sobre a palestra que voce vai assistir amanha.
    Vamos la gente!Todos se movimentando em causa própria.Assim contamos nossas
    experiencia de vida aqui.Não vamos desanimar,vamos fazer a diferença.
    Agindo assim, vamos chegar a algum lugar.
    Paz para todos e Ânimo.

  60. Anônimo comenta:

    2 junho, 2008 @ 9:13 AM

    Ruy, voce nao esta so.Somos muitos com o mesmo problema.
    Vamos nos unir, vamos pesquisar sobre o assunto.
    Kecia nos deu uma luz , andei lendo sobre os dois assuntos em que ela deixou os sites
    e achei bem interessante.
    Nao vamos nos acomodar e acreditar que nao ha soluçao.Ha uma soluçao sim, eu creio.
    E juntos vamos encontra-la.
    Força ai Ruy,sei que nao e facil, por que mexe com o emocional.
    Contudo nao vamos nos entregar a sentimentos ruins e sim a força de buscas.
    Muita paz para voce e para todos daqui.

  61. Ademaria Gallo comenta:

    2 junho, 2008 @ 9:15 AM

    Ruy, esse anonimo sou eu :)
    Esqueci de colocar meu nome por estar em um computador diferente.
    Vamos aguardar noticias de Kecia.
    Paz

  62. vanessa comenta:

    4 junho, 2008 @ 12:49 PM

    oi para todos estou aqui novamente para compartilhar com voces as mesmas perguntas e respostas.KIKI li seu comentario referente se existe algum aparelho para ajudar a fazer o retorno da linfa, eu uso uma vez por semana a bota pneumatica que me alivia bastante o peso da perna, nao cura eu sei, mas ajuda um pouco.
    E voce teve filhos ja portadora do linfedema, por favor me responda é uma duvida muito grande que tenho.
    Abraços a todos e nao desanimem.

  63. Kiki comenta:

    4 junho, 2008 @ 10:32 PM

    Vanessa
    Utilizei essa bota numa cirurgia que fiz o ano passado, porem não sei onde adquirir. É caro?
    Tenho linfedema precoce desde os 13 anos, fiz uma linfografia , que só detectou a ausencia de vasos linfaticos, isso apenas confirmava que a deficiencia era de má formação portanto sem solução . Tive dois filhos , e duas cesáreas, e hoje controlo o peso e o aumento dos diametros dos tornozelos e dos pés, porem com o avanço da idade vai ficando pior a situação. Sonho com implante de células tronco embrionárias , pois elas podem produzir qualquer tecido, ou não? É o que ouço falar.
    Não se preocupe quanto a engravidar, entendo que vc só deve controlar seu peso e procurar drenar sistematicamente para evitar desconforto, ok?
    Bjus

  64. Ademaria Gallo comenta:

    6 junho, 2008 @ 9:33 AM

    Ruy, qual a razão do seu linfedema? Se convive com ele há trinta anos, o que observou durante esse tempo? Melhorou, estacionou ou piorou?

  65. vanessa comenta:

    11 junho, 2008 @ 12:36 PM

    oi para todos
    Kiki se voce quiser mais informaçoes sobre a bota pnematica pode me passar um e-mail para este endereço v.zanella@hotmail.com. Se puder ajudar sera um prazer.
    Obrigado pelas informaçoes que voce me passou.
    Abraços a todos e nao desanimem.

  66. ELIZABETH ADAMI PEDROSO comenta:

    11 junho, 2008 @ 4:05 PM

    MINHA FILHA FOI DIAGNOSTICADA COM LIMFEDEMA NAS PERNAS.
    ELA TEM 19 ANOS .
    ESTA É A TERCEIRA SEMANA QUE IREI LEVA-LA NOVASCULAR PARA QUE SEJAM FEITAS UM ENFAIXAMENTO.
    O MÉDICO DIZ QUE A MALHA HÚMIDA QUE ELE COLOCA ANTES DO ENFAIXAMENTO É PARA NÃO COSAR, POIS EXISTE UM TIPO DE HIDRATANTE.
    O TRATAMENTO ESTÁ DANDO CERTO DEPOIS QUE ELA TEVE QUE PARAR DE TRABALHAR E FICOU EM CASA FAZENDO REPOUSO ABSOLUTO.
    GOSTARIA DE SABER SE EU MESMO POSSO FAZER ESTE ENFAIXAMENTO EM CASA, VISTO QUE CUSTA R$ 100,00.

  67. Kiki comenta:

    16 junho, 2008 @ 5:53 PM

    Para a Elisabeth Adami Pedroso
    Voce ja veriricou pelas informações no google que tipo de linfedema sua filha tem?
    Então , meu caso é linfedema precoce, apareceu aos 13 anos , mas decorre de má formação, visto ser doença autossomica dominante, nesse caso transmite aos descendentes( Vanessa ).
    Existem outros tipos , porem em nenhum deles não há cura. O repouso é o melhor remédio porem é claro que nenhum de nós portadores quer ficar confinado numa cama.Trabalhei por 30 anos e estou me aposentando, portanto dá pra conviver com a doença e trabalhar se tomar os devidos cuidados.
    Existem soluções mais baratas como a meia elastica que só mantem o diametro do edema.Há tambem essa bota pneumatica que pode aliviar em alguns casos. A drenagem linfática
    sistematica duas ou tres vezes por semana é outra opção que não é tão cara e dá bons resultados .
    Boa sorte

  68. Ruy comenta:

    17 junho, 2008 @ 11:35 AM

    Ademaria:
    Tenho exatamente trinta anos, meu problema é congênito, desde o meu nascimento, meu caso é sútil, se engloba em um grau leve, faço uso de medicações (vo), mais meias elásticas, o meu maior problema, no entanto, durante varios anos da minha vida, principalmente na adolescência, foi a minha auto-estima, a pouco tempo tenho me olhado no espelho, olhando apenas nos meus olhos…nesses últimos dez anos, nota-se pequena evolução, tenho tentado conciliar exercicios físicos, com trabalho e estudos, tenho dinheiro, familia, amigos, e a esperança de me enxergar.

  69. Ademaria Gallo comenta:

    17 junho, 2008 @ 6:36 PM

    Ruy:
    Quanto a auto-estima, entendo muito bem. Sinto a mesma coisa.
    Mas, o primeiro passo é aceitar a doença, embora não seja tão fácil assim.
    Eu já consigo me olhar no espelho.
    Há dias em que choro muito e em outros, sinto-me mais fortalecida.
    Agora que encontrei pessoas que têm o mesmo problema que o meu, faz com que não me sinta mais só.
    Acreditava ser uma das poucas pessoas com essa doença.
    Voce pode escrever nem que seja uma linha pra mim, por favor.
    Quero te passar uma informação.
    Meu e-mail se encontra aqui no fórum.
    Aguardo voce.
    Ademaria

  70. Ademaria Gallo comenta:

    17 junho, 2008 @ 9:06 PM

    Kécia:
    Li que voce é da Bahia.Gostaria que entrasse em comunicação comigo via e-mail.
    Aguardo voce.
    Ademaria

  71. Kiki comenta:

    17 junho, 2008 @ 11:12 PM

    Ruy,
    Entendo sua colocação, mas parece -me que seu edema é de grau leve, portanto vida normal meu amigo. Considere-se um privilegiado por Deus, tem familia , amigos, dinheiro, estuda e tem tem a possibilidade de estudar mais ainda e portanto ter uma qualidade de vida cada vez melhor.Participe de grupos onde possa conhecer várias pessoas , voce vai se soltar , despreendendo -se da imagem negativa que voce tem de si mesmo.
    Boa sorte
    Kiki

  72. Ademaria Gallo comenta:

    19 junho, 2008 @ 5:50 PM

    Deixei uns sites super interessante aqui no forum e hoje nao estou vendo mais.
    Quem tiver interesse nos sites, mande um e-mail.Garanto que vao gostar!
    adegallo@globo.com
    Paz para todos.
    Ademaria

  73. Ruy comenta:

    20 junho, 2008 @ 3:15 PM

    KIKI,
    VALEU, MAS NÃO ME TENHA ASSIM POR MAL, SOU NOVENTA E NOVE POR CENTO DO MEU TEMPO FELIZ, MAS, POR VEZES BATE AQUELE DESEJO, ” DE SER NORMAL ” NASCI ASSIM, DIFERENTE DAS OUTRAS PESSOAS, ME REFIRO AO ESPELHO NESSE SENTIDO, TENHO DE MATAR UM LEÃO POR DIA, AQUI EU SÓ DEIXEI EVIDENTE MEU FARDO, MINHA LUTA, APROVEITO ENTÃO PRA DIZER, QUE SOU COMBATENTE, SOU FORTE, E NÃO DESISTO NÃO AMIGA, É O QUE DESEJO A TODOS ENTÃO, QUE TENHAMOS ESPERANÇAS, SAÚDE A TODOS.

  74. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 10:56 PM

    Amigos, aqui segue o primeiro site:
    http://www.clarin.com/diario/2003/05/09/s-03601.htm

    Tenho certeza que vão gostar.
    Ade

  75. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 11:05 PM

    O segundo site não entrou.
    Recebi informações de que devo fazer algum comentário e depois passar o site, se assim não for,o programa interpreta como SPAM e deleta automaticamente.
    Vou tentar o segundo site agora:
    http://cat.inist.fr/?aModele=afficheN&cpsidt=17577122
    Não deixem de ler é muito importante que saibam o que ando pesquisando.
    Paz para todos.
    Ade

  76. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 11:09 PM

    Bem,fiz inúmeras tentativas para colocar o segundo site e não tive sucesso.
    Creio que o programa está interpretando como spam.
    Meu e-mail continua na pagina desse fórum , quem estiver interessado é so escrever.
    Desejo a todos muita paz, esperança e fé.
    Ade

  77. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 11:16 PM

    Depois de mandar a notícia de que o segundo site não havia entrado, eis que misteriosamente o comentário anterior, entrou. :)
    Então, vou deixar registrado aqui, o terceiro site:
    http://www.atlasescolar.com.ar/NewsArchives/52/8/archivo-zg3302_esen.shtml
    Há muitas novidades que venho pesquisando e buscando confirmar as informações com médicos ligados ao assunto e amigos que têm conhecimentos com pessoas do EEUA e França;

  78. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 11:20 PM

    Tentativa para colocar o quarto site.
    Vai que o terceiro entre como aconteceu com o segundo.
    http://pdf.diariohoy.net/2003/05/09/pdf/11.pdf
    Eu estou feliz com minhas descobertas!
    Sempre ouvimos dizer que a esperança é a ultima que morre,então, vamos manter a esperança, porque ela anda acontecendo em vários países do mundo.
    Ade

  79. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 11:41 PM

    Apareceu!
    Tem mais sites, é so escreverem que mando.
    Ade

  80. Ademaria Gallo comenta:

    20 junho, 2008 @ 11:51 PM

    Mais noricias sobre
    Mais notícias sobre o mesmo assunto:
    http://www.diepflap.com/about-drlotempio-lymphnodes.html
    Que precisar pode usar o tradutor do altavista.
    Ade

  81. Ademaria Gallo comenta:

    21 junho, 2008 @ 12:05 AM

    Segue mais um site para estudo:
    http://www.pubmedcentral.nih.gov/articlerender.fcgi?artid=1448940
    São 00:43 minutos.Hora de elevar as pernas e domir tranquila. :)
    Um receitinha para todos os dias:
    Não permitam que a tristeza permaneça muito tempo em seus corações.
    Andem, saiam, pratique exercicios, façam uma boa caminhada.
    Leiam alguma página edificante e escute música que pacifique o coração.
    Dedique alguns minutos à meditação e à prece.
    Sejam sempre felizes!
    Cuidem-se sempre!
    Paz para todos.
    Ade

  82. ademaria Gallo comenta:

    21 junho, 2008 @ 1:30 PM

    Amigos,estou ciente dos meus erros de portugues, desculpem.
    Vou prestar mais atenção sempre que escrever.
    Um maravilhoso fim de semana para todos.
    Ade

  83. Ruy comenta:

    23 junho, 2008 @ 11:42 AM

    ADE
    Valeu pela informaçoes mais uma vez, foi muito satisfatório saber das pesquisas, e ainda mais, dos procedimentos cirúrgicos que estão sendo realizados, me animou ainda mais, e enfatizou a minha esperança, só precisamos saber agora, quando essa solução chegará ao Brasil. aqui em São Paulo faz muito frio hoje, se agasalhem, saúde a todos, e boa semana.

  84. Ademaria Gallo comenta:

    23 junho, 2008 @ 11:45 PM

    Ruy
    Já chegou ao Brasil!
    Breve passarei informações importantes.
    Aguardem!!!!!

  85. Ademaria Gallo comenta:

    24 junho, 2008 @ 10:23 AM

    Algúem mais gostaria de comentar sobre os sites que coloquei aqui?
    Dia 30 desse mês trarei mais novidades para todos.
    Paz e muita fé.
    Ade

  86. Ademaria Gallo comenta:

    25 junho, 2008 @ 8:54 AM

    Bom dia!
    Dia 17 de agosto Dra.Corinne Becker estará em minha cidade.
    Serei uma das pessoas que ela vai operar.
    Ela vem fazendo essa cirurgia de transplante ganglionar em vários paises.
    Fez tres aqui em minha cidade.
    Agora volta para rever os paciente e fazer novas cirurgias.
    Paz para todos.
    Ademaria

  87. KELMA comenta:

    25 junho, 2008 @ 3:03 PM

    Oi Ademaria tudo bom? é verdade que ja existe cura para o nosso problema???? estou muito feliz pelos os seus comentario viu, vms vencer no nome de Jesus eu creio

  88. kelma comenta:

    25 junho, 2008 @ 3:15 PM

    kelmacm@hotmail.com para todos que querem trocar as ideias sobre o assunto

  89. KELMA comenta:

    25 junho, 2008 @ 3:24 PM

    Adem qdo a Dra.Corinne Becker estará em Fortaleza tem como vc pegar o telefone algo que agente possa entrar em contato com ela??? te agradeço e a paz do senhor.

  90. Ademaria Gallo comenta:

    25 junho, 2008 @ 7:16 PM

    Boa noite!
    Sei o quanto minha noticia é nova para todos que têm familiares com linfedema ou mesmo para os que são portadores dessa doença.
    Sempre nos foi dito que para linfedema não existe cura, só tratamento.
    Conheci a Dra.Corinne Becker por intermédio da minha angiologista: Dra.Solange do Carmo Neto Gomes.
    Moro em Recife onde a Dra.Corinne esteve operando pessoas com linfedema.
    Não só com a Dra.Solange, como também no hospital SOS mãos com o Dr.Mauri Cortez.
    Passei vários sites no canal, para que tivessem a oportunidade de conhecer sobre o trabalho dela.
    Dra.Corinne Becker opera linfedema, há mais de dez anos.
    Ela volta a Recife dia 17 de agosto quando vai fazer minha cirurgia e a de mais outras pessoas.
    O e-mail dela é:
    corinne.becker.md@gmail.com
    Telefone:
    00 33622636842
    O site sobre medicina geriátrica pertence a dois médicos:
    Doutor Armando Miguel Jr.
    Doutor Carlos Antonio Leitão de Campos Castro.
    Eles têm mais de 30.000 visitas dias e não dá para responder a todos os questionamentos.
    Creio que o objetivo deles está sendo alcançado, troca de informações entre os internautas.
    Muita paz para todos.
    Ademaria

  91. Ademaria Gallo comenta:

    25 junho, 2008 @ 7:19 PM

    Kelma:
    Sou de Recife.
    Aqui vai o e-mail e o telefone dela:
    corinne.becker.md@gmail.com
    Telefone:
    00 33622636842
    O site sobre medicina geriátrica pertence a dois médicos:
    Doutor Armando Miguel Jr.
    Doutor Carlos Antonio Leitão de Campos Castro.
    Eles têm mais de 30.000 visitas dias e não dá para responder a todos os questionamentos.
    Creio que o objetivo deles está sendo alcançado, troca de informações entre os internautas.
    Muita paz para todos.
    Ademaria

  92. Kiki comenta:

    25 junho, 2008 @ 10:23 PM

    Ademaria
    A dra Corinne estará em sua cidade, que graça a sua, de poder ter contato com ela.Conte -nos sobre as possibilidades da cirurgia , e que tipos especificamente de linfedema podem ser operados.Aguardo mais noticias, principlamente que ela virá também á Saõ Paulo

  93. Ademaria Gallo comenta:

    26 junho, 2008 @ 7:10 AM

    Kiki:
    Gostaria de ter repostas para você e para todos os questionamentos de pessoas
    com essa
    doença.
    Só A Dra.Corinne poderá dizer isso por meio da avaliação do paciente e exames.
    Sei que agora em agosto uma pessoa com elefantíase, vai ser operada. por já
    ter sido avaliada
    Minha irmã teve melanoma no braço e como seqüela ficou com linfedema. Também
    foi avaliada e vai ser operada.
    Dra.Corinne aconselha que os portadores de linfedema se encaminhem para a
    Dra.Solange Gomes na angioclinica, ou Dr.Mauri Cortez do hospital SOS mãos.
    Os dois vão agendar o encontro com ela.
    Seria bom que todos escrevessem para ela dizendo o que tem e onde moram, mesmo que seja em português (embora ela não entenda muito bem), pelo menos ela terá a possibilidade de saber que estamos em busca de solução para os nossos problemas. Isso fortalecera a vontade dela em formar uma missão para atender pacientes com esse problema aqui no Brasil.
    Muita paz para você e para todos do site.
    Ademaria

  94. kelma comenta:

    26 junho, 2008 @ 12:05 PM

    Ademaria a DR. ela atende particular, planos, e qto a consulta dela?? vc tem msn, o meu é kelmacm@hotmail.com, me add bjãoooooooooooo

  95. kelma comenta:

    26 junho, 2008 @ 12:26 PM

    Ademaria , mandei um email para ela perguntado a possibilidade de vim em Fortaleza, irá dar certo para todos nós, nome de Jesus…Estou muito feliz só em saber imagino todos nós nos encontrando e dando aquele belo testemunho de vitória pra honra e gloria do nosso senhor Jesus…..a paz do senhor..bjãoooooooooooo

  96. Ademaria Gallo comenta:

    27 junho, 2008 @ 9:24 AM

    Kelma:
    Havia respondido seu questionamento, porem desapareceu.
    Fui antendida pela Dra.Corinne no consultório da minha medica pelo plano de saúde.
    Para quem não tem plano de saude, ela opera em hospitais públicos.
    Creio que ela vem ao Recife por ter conhecimentos médicos por aqui.
    Há quem vá para a França fazer cirurgia com ela, porém não preciso dizer que os custos são altissimos.
    Vamos nos unir pela busca do que parece novo,lembrando sempre que há mais de dez anos a doutora vem realizando cirurgias de transplantes em vários países.
    Peço mais uma vez para que todos escrevam para ela.Isso vai reforçar mais vindas dela para o Brasil.
    Saúde e Paz, o resto a gente corre atrás :)
    Ade

  97. Ademaria Gallo comenta:

    27 junho, 2008 @ 9:42 AM

    Bom dia!!!
    É bom que voces também escrevam no canal, pelo jeito meus comentários estão sendo interpretados como SPAM.
    Respondi aos questionamentos de Kelma duas vezes e nada de aparecer.
    Vamos nos movimentar em buscar informações e compartilha-las aqui.
    Ouvi dizer que na biblioteca central das universidades federais,podemos ter acesso a artigos sobre linfedema como banco de dados.
    O que conseguimos por qualquer buscador da internet é pouco.
    Vamos pesquisar!
    Saúde e Paz, o resto a gente corre atrás!!! :)
    Ade

  98. Ademaria Gallo comenta:

    27 junho, 2008 @ 1:04 PM

    Esse site é mágico!!!!
    Super mágico!!!!
    Surpreendente!

  99. kelma comenta:

    27 junho, 2008 @ 3:12 PM

    Ademaria me passa o endereço do hospital SOS Mãos que eu entrei em contato com uma amiga que mora ai e ela ficou de ver pra mim tudo q for preciso….a paz a vitoria é nossa tá bjimmmmm

  100. ademaria Gallo comenta:

    27 junho, 2008 @ 11:19 PM

    Kelma:
    Aqui está o endereço:
    Rua Minas Gerais, 147 – Ilha do Leite | Recife – PE | CEP: 50.070-400 | fone: [81] 3423.9595 | email: contato@sosmaorecife.com.br
    Peça para ela procurar o Dr.Maurí Cortez e falar sobre a Dra.Corinne.
    Beijos e muita paz.

  101. ademaria Gallo comenta:

    27 junho, 2008 @ 11:21 PM

    Kelma:
    Vou tentar novamente, dessa vez sem o e-mail.
    Rua Minas Gerais, 147 – Ilha do Leite | Recife – PE | CEP: 50.070-400 | fone: [81] 3423.9595
    Sucesso!

  102. Kelma comenta:

    28 junho, 2008 @ 7:11 AM

    Os que confiam no senhor, são como os montes de sião que não se abalam mas permanecem para sempre…….Deus é fiel gente, temos que continuar a crer e confiar ….. a paz para todos……

  103. kelma comenta:

    30 junho, 2008 @ 12:51 PM

    Ademaria tudo bom?, ei se eu for em Agosto pra ir falar com Dr. Corinne ela me atende? vc pode ver isso pra mim…???? te agradeço..ei senti sua falta no msn viu.bjãooooooo

  104. Ignez Seabra comenta:

    30 junho, 2008 @ 8:17 PM

    Ei Ademaria e Kelma,

    Estou encantada com suas colocações nesse fórum. Eu não entendia bem o que estava acontecendo comigo e agora tudo está clareando. E eu que estava procurando informações sobre bota para drenagem linfática…
    Vou contatá-las por e-mail.
    Obrigada, Deus abençoe a todos vocês.

  105. kelma comenta:

    1 julho, 2008 @ 10:13 AM

    Oi Ignez Seabra pode ficar a vontade , o que podermos fazer iremos fazer para todos , aqui temos os mesmos objetivos que é ficar curados………….. a paz para todos……

  106. ademaria Gallo comenta:

    4 julho, 2008 @ 10:08 PM

    Boa noite.
    Desculpem minha ausência, estou de repouso a conselho médico.
    Logo voltarei a escrever com o mesmo entusiasmo de sempre.
    Paz
    Ade

  107. Kiki comenta:

    6 julho, 2008 @ 10:42 PM

    Ademaria
    Obrigada pelas informações . Vou tentar entrar em contato com o hospital pois moro em SP.
    Espero que esteja bem de saude, ok?

  108. Kiki comenta:

    6 julho, 2008 @ 10:57 PM

    Ademaria , mandei um email para contato@sosmaorecife.com.br, porem, voltou, será que está correto?
    Obrigada Kiki

  109. Kiki comenta:

    7 julho, 2008 @ 10:58 PM

    Ademaria
    Mandei o mesmo email para os seguintes endereços:
    corinne.becker.md@gmail.com.br
    mauri@sosmaorecife.com.br
    contato@sosmaorecife.com.br

    Todos voltaram . Voce usou esses endereços para contato?
    Por favor , retorne.
    Obrigada

  110. Ruy comenta:

    10 julho, 2008 @ 12:38 PM

    olá Kelma,
    Estive de férias durante esses últimos dez dias, voltei hoje com uma boa noticia, a dr. Corinne encaminhou o meu email a Dr. Marcela Fernandes, cirurgiã na unifesp, fez residência com ela em Paris, que disse estar fazendo um trabalho a respeito dos linfedemas junto com a dr. Corinne, esta iniciando este novo procedimento (microcirurgias) aqui em São Paulo, e me disse tambem quem em breve a Dr. Corinne virá ao Brasil, esta chegando. Saúde a todos.

  111. kelma comenta:

    10 julho, 2008 @ 4:46 PM

    Ola Ruy é um prazer poder conectar com todos vcs, sou de Fortaleza. Espero um dia ela tb vim aki, mandei tb um email pra a Dr. Corinne ela me respondeu dizendo que está vindo pra Brasil em A gosto diretamente para Recife, mas estou vendo a possibilidade de ira pra lá tb em Agosto………….Estou muito feliz por todos nós, acho quE merecemos né….me add no msn kelmacm@hotmail.com

  112. kelma comenta:

    10 julho, 2008 @ 4:51 PM

    Oi gente estou colocando o meu endereço do MSN para quem quiser me add e podermos teclar melhor……..kelmacm@hotmail.com…….a paz para todos…

  113. Kiki comenta:

    11 julho, 2008 @ 9:37 PM

    Ruy e Kelma
    Por favor me deem o endereço correto para contato com a Dra Corinne. Só consegui enviar um email ao administrador do hospital Mão .Mas não tive resposta.
    Obrigada
    Kiki

  114. kelma comenta:

    12 julho, 2008 @ 7:25 AM

    Oi Kiki , com certeza é este ai corinne becker (corinne.becker.md@gmail.com), vms continuar mandando email para ela ver a necessidade brasileira………boa sorte..

  115. ademaria Gallo comenta:

    12 julho, 2008 @ 10:40 AM

    Saudades…
    Desculpem minha ausência.
    Gostei de saber das novidades enquanto estive ausente.
    Kiki, os endereço dos e-mails estão corretos.
    Kelma e Vanessa, adorei teclar com voces.
    Ruy, fiquei feliz em saber sobre a médica de sua cidade.
    Ignez, seja bem vinda!
    Um lindo fim de semana com muita paz, saúde e harmonia.
    Beijos
    Ade

  116. Maria José comenta:

    12 julho, 2008 @ 6:21 PM

    Estou pedindo ajuda. Tenho as pernas e os pés inchados ha muito tempo.
    Já procurei vários médicos , fiz todos os exames eles dizem estar tudo normal. Gostria de saber se tenho problema linfatico? Que especialista procurar? Por favor alguem me responda.

  117. ademaria Gallo comenta:

    13 julho, 2008 @ 10:25 PM

    Maria José:
    Voce precisa procurar um angiologista.
    A Linfocintilografia dos membros inferiores vai dizer se voce tem ou não um problema linfático.
    Muita paz para voce.
    Ade

  118. ademaria Gallo comenta:

    14 julho, 2008 @ 8:06 PM

    Kiki:
    Voce conseguiu se comunicar com a Dra.Corinne?
    Teve bom resultado com o SOS Mãos?
    Aguardo Notícias.
    Ade

  119. Kiki comenta:

    14 julho, 2008 @ 10:41 PM

    Ademaria
    Não consegui ainda.
    Não entraram em contato do hospital.
    Vou encaminhar novamente os emails.
    Obrigada
    Kiki

  120. ademaria Gallo comenta:

    15 julho, 2008 @ 9:48 PM

    Kécia:
    Estou sentindo falta dos seus comentários.
    Como foi a palestra que voce assistiu sobre hidrocolonterapia?
    Andei lendo sobre o assunto e achei muito interessante.Os intestinos estão
    sendo considerados pelos médicos e especialistas como nosso segundo cérebro por ser
    um orgão inteligente.
    Aguardo seu e-mail.
    Paz para voce e para todos do fórum.
    Ade

  121. Kiki comenta:

    19 julho, 2008 @ 1:51 PM

    ademaria, boa tarde
    Felizmente Dra Corinne me respondeu e disse que vai estar em Recife dia 19 de agosto, no seu comentário seria dia 17?
    Disse que a Dra Solange vai entrar em contato comigo. Vc tem consulta marcada?
    Ela atende pelo convenio? Estou com dificuldade em poder estar lá nessa data. Só se tirar uma licença médica no trabalho.De noticias
    Bjus

  122. Kelinha comenta:

    20 julho, 2008 @ 7:06 PM

    Olá a todos!!

    Kiki/Ademaria:

    Pela conversa nesse fórum percebi que vocês têm pesquisado e conseguido muitas informações sobre o linfedema, isso me deixa muito feliz!!
    Eu tenho 22 anos, e aproximadamente há 3 anos minha perna vem inchando, segundo os médicos, possuo linfedema hereditário, mas o mais curioso é que minha perna passou a inchar depois que eu rompi o ligamento do tornozelo direito em um jogo de volêi, mesmo assim os médicos dizem que não tem nada a ver e que eu possuo linfedema desde nascença mas que se desenvolveu somente agora mais recentemente. Eu fiz uma série de exames e uma linfocintilografia, e os resultados apontaram que possuo linfedema na perna direita inteira até o pé, devido a ausência de linfonodos. Eles falaram que não tem cura, apenas tratamento, mas uma esperança de cura seria o tratamento com as células tronco embrionárias e os estudos sobre linfedema estão mais avançados lá na Alemanha.
    Mesmo eu usando meias compressivas, bota pneumática e fazendo drenagem linfática manual a diferença entre minhas duas pernas é visível, principalmente nos dias mais quentes, pois aqui onde eu moro no Mato Grosso região Centro-Oeste o clima é quente praticamente o ano inteiro, na época em que o clima é mais fresco eu sinto uma melhora significativa no inchaço.Desde que minha perna tem inchado eu evito usar saias, vestidos e shorts quando não estou em casa ou entre familiares, e é meio constrangedor quando as pessoas de fora, mesmo eu usando calça percebem e ficam perguntando por que incha tanto, do que se trata, etc….e o mais difícil pra mim é falar que não tem cura!!!Mas eu tenho fé em Deus que logo logo com o avanço grandioso da medicina nós consigamos ter cura.
    Nas conversas anteriores vocês informaram sobre uma médica estrangeira que está fazendo cirurgia para curar o linfedema, é isso mesmo??É possível a cura do linfedema??Como faço para marcar uma consulta com ela e saber o como funciona esse tratamento??

    No aguardo.

    Obrigada.

  123. Kiki comenta:

    21 julho, 2008 @ 10:36 PM

    Kelinha
    tente contato atraves desses emails:
    corinne.becker.md@gmail.com.br ( médica )
    mauri@sosmaorecife.com.br
    contato@sosmaorecife.com.br
    Bjus Kiki

  124. ademaria Gallo comenta:

    22 julho, 2008 @ 7:01 PM

    Kiki:
    Fui informada que a Dra.Corinne chegaria aqui dia 17, talvez ela tenha mudado a data.
    Minha consulta com a Dra.Solange é dia 31 desse mes.
    Voce mora em São Paulo não é isso?
    Procure a Dra.Marcela Fernandes que é cirurgiã da unifesp.
    Assim voce não precisa sair de sua cidade.
    Boa sorte e muita paz.

  125. ademaria Gallo comenta:

    22 julho, 2008 @ 7:28 PM

    Kelinha:
    É um prazer tê-la aqui no fórum, seja bem vinda!
    Nesse espaço trocamos informações e fazemos amizades.
    Tudo que você leu foram buscas em relação ao nosso problema.
    Você escreveu que seu inchaço começou depois que rompeu os ligamentos do tornozelo direito em um jogo de vôlei. Interessante, o mesmo aconteceu comigo, nas duas pernas e por duas vezes! Depois disso meus tornozelos ficaram inchados por um bom tempo.
    Os médicos consultados também disseram não ter nenhuma relação. Embora eu tenha lido que traumatismo forte leva a linfedema.
    Minha linfocintilografia detectou que meus vasos linfáticos são tortuosos.E esse defeito começa exatamente nos tornozelos.Meu maior diâmetro fica nas panturrilhas,
    Não vamos perder a fé !
    A medicina vem evoluindo dia a dia.
    Mais tarde estaremos aqui falando sobre nossas curas.
    Continue escrevendo.
    Muita paz para você.

  126. Kelinha comenta:

    22 julho, 2008 @ 11:33 PM

    Obrigada pelo apoio e pelas informações. Eu tentarei entrar em contato com a médica informada acima!!

    Abraços.

  127. Kelinha comenta:

    22 julho, 2008 @ 11:59 PM

    Kiki,

    o e-mail da Dra. Corinne que você informou voltou. Você entrou em contato com ela por esse e-mail??Você pode confirmar pra ver se está correto?

    No aguardo.

  128. KELMA comenta:

    23 julho, 2008 @ 4:22 PM

    Oi kelinha tudo bom? gostaria de lhe dizer que o email da Dr.Corinne é esse(corinne.becker.md@gmail.com) vc envia sem colocar o br, por isso que voltou a sua mensagem….boa sorte

  129. Kiki comenta:

    23 julho, 2008 @ 10:37 PM

    Ademaria, td bem
    Conversei ha pouco com a Dra Solange por telefone. Ela pediu para que eu envie fotos ou digitalize meus exames para ela. Aí ela verá se posso marcar uma consulta ou não. Acho que é o minimo que ela pode ter em mãos para avaliar meu caso.Quem é a Dra Marcela Fernandes? e a UNIFESP? Posso encontrá-la em Piracicaba Voce tem email ou telefone dela ?
    Obrigada e boa sorte na sua consulta . Vamos dirigir nossos bons fluidos para vc. Acredite, dará tudo certo

  130. ademaria Gallo comenta:

    23 julho, 2008 @ 11:27 PM

    Kiki:
    Voce conseguiu falar com a Dra.Solange daqui de Recife?
    Estou já pedindo para vocee ligar para ela pedindo para ligar para mim. :)
    Ainda não tive retorno das ligações que fiz.
    Quanto a Dra.Marcela…pensei que voce morava em São Paulo.Dra.Marcela fez resindencia com a Dra .Corinne em Paris.Mesmo assim Piracicaba fica mais perto.
    Ruy ou Vanessa têm o endereço e telefone dela.
    Paz

  131. kelma cabral comenta:

    25 julho, 2008 @ 2:40 PM

    Ade menina que saudades de vc, como estas? ei amiga irei fazer a cintilografia ….e preciso falar com vc pra tirar umas duvidas, entar no msn a tarde…. bjimmm

  132. kelma comenta:

    25 julho, 2008 @ 2:42 PM

    Oi Kiki preciso o numero da Dr Solange gomes é possível vc me da?? a paz pra todos

  133. Vera Aguiar comenta:

    2 agosto, 2008 @ 10:35 PM

    Em um caso de linfedema no membro inferior, o Dr. Armando Miguel Jr. responde que “pode ser que em pouco tempo tenha solução”. Será que está se referindo a tratamento com células-tronco ? Minha filha de 23 anos tem o mesmo problema (côngenito) no MID. Depois que começou o tratamento com auto-hemoterapia nunca mais foi acometida por febre, dores e herisipéla… acabou as internações… mas percebe-se uma perna mais inchada que a outra.
    Será o tratamento com células-tronco o caminha para a cura ?
    Vera

  134. Ananda comenta:

    5 agosto, 2008 @ 8:30 PM

    Estou impressionada com a quantidade de informação que li aqui.

  135. Ananda comenta:

    5 agosto, 2008 @ 8:32 PM

    Algúem já fez essa cirurgia?
    Notícias de sucesso sobre a mesma?

  136. kelma comenta:

    6 agosto, 2008 @ 9:15 AM

    Oi Nanda é um prazer te-la aki, tem pessoas com a cirurgia agendada, estamos esperando a cura e o grande resultado da cirugia…….existe pessoas q ja fizeram, mas n temos contato ainda………………………..

  137. Ananda comenta:

    6 agosto, 2008 @ 10:01 PM

    Obrigada por responder Kelma,fico pesquisando novidades sobre o assunto e fiquei impressionada com o canal.Pelo menos aqui é um lugar para quem tem o mesmo problema.Bom não se sentir sozinha!
    Como faço para conseguir uma consulta com essa medica?
    O Dr.Armando Minguel Jr não responde mais as duvidas do canal?
    Vivo buscando um milagre, algo como o que li aqui.
    Sonho com a tão esperada cura.
    Vou torcer para as pessoas que estão agendada.
    Se existe transplante de coração, de rins, de corneas,fígado e vários outros que não lembro no momento, há transplante para cura dos nossos problemas.

  138. ana lucia comenta:

    21 agosto, 2008 @ 7:47 PM

    ola pessoal, eu tb venho lutando contra esse problema , e a duas semanas estou fazendo aculputura e estou gostando senti uma leva melhora, embora ja venho fazendo drenagem linfatica e terapia auricular . um beijo para todos muita paz

  139. kelma comenta:

    22 agosto, 2008 @ 9:09 AM

    Oi gente venho aki comunicar a todos sobre a minha cura, sou evangelica e orei pela a causa do meu problema e Jesus me curou, qdo o medico diz que nao tem cura, o medico dos medicos(Jesus) diz que tem cura sim, e hoje estou muito feliz, o que é impossivel aos homens é possivel a DEUS………………….Torço por todos e eu creio que Jesus pode tb curar a todos, basta crer e acreditar no senhor…………………………bjimmmmmmmmmm

  140. Mariuza comenta:

    7 setembro, 2008 @ 12:27 PM

    Nossa, quanta coisa útil li aqui ! Contrai um linfedema de grau leve após mastectomia com esvaziamento axilar realizada em fev 2007. Devido a quimioterapia, fiquei sem fazer drenagem linfática por três meses, mas graças a uma braçadeira que fiz sob medida em S J do Rio Preto, o inchaço estabilizou. Uns dias sinto melhor outro não. Essa braçadeira é de um material sugerido pelo Dr Godoy (site http://www.drenagemlinfatica.com.br). É de baixo custo, e o melhor é que é sob medida. A costureira da clínica também faz botas para membros inferiores indicadas pelo médico. A clínica realiza um ótimo trabalho com os pacientes . A esposa dele está numa comunidade do Orkut denominada “Linfedema” no tópico “Cancer de mama e linfedema novas oções de tratamento”. O nome dela é Maria de Fátima, do primeiro comentário. Estou acompanhando as notícias sobre a cirurgia da dra Corinne. Estou torcendo por todos ! Felicidades !

  141. Luce comenta:

    13 setembro, 2008 @ 11:29 PM

    As pessoas que já operaram em Recife,por favor postem aqui os resultados.Grata.

  142. Luce comenta:

    14 setembro, 2008 @ 12:23 AM

    Oi pessoal,pesquisei na Net e achei esse congresso,onde uma das palestrantes é a Drª Corine.Vejam o link: http://www.flebolinfocongressos.com.br/apresentacao.asp

  143. Kiki comenta:

    15 setembro, 2008 @ 10:43 PM

    Luce
    Ha tambem pessoas que operaram em São Paulo e que poderiam estar repassando suas experiencias para nós.Não consegui consulta ainda para avaliação dos meus exames , e se meu caso é operável.
    Estamos no aguardo

  144. João victor comenta:

    18 setembro, 2008 @ 4:09 PM

    Ola
    eu tnhu 17 anos e sou d São paulo =) e tenho esse problema na perna deis dos 13 fui em muitos medicos fis axu q todos os exames possiveis
    ai Atualmente a medica q acompanha meu problema Dr Denize na santa casa me disse q não tem Cura só o tratamento e esse tratamento eu não aguento nem 1 semana pq so bem agitado drenagens,meias =”( muitu ruim
    eu fasso tudu normal com elas e nunca doeu! tive 2 erisipelas por causa de ferimentos
    e até eu ver esse site eu tinha desistido! e por causa disso eu nem tava com muita vontade de fica vivo por causa desse problema aparentemente sem solução
    mAssss agora até q estou animado
    vou procurar me informar mais!
    e obrigado as pessoas q postam aki são Simplesmente Anjos
    =D
    (E desculpa pelos erros ai) so burrinhu
    bjs

  145. kelma comenta:

    20 setembro, 2008 @ 7:52 AM

    Oi Joao, tudo bom? que bom q vc encontrou esse forum, estamos aki pra ajudar e tirar as duvidas, no possivel tá, nunca desista viu pois o senhor é quem está no controle de tudo, e ele sabe todas as coisas, e graças a Deus ja existe a cura, e cirurgia pra esse problema………Jesus te abençoe sempre, e nunca desista tá…………

  146. Lívia comenta:

    28 setembro, 2008 @ 8:23 PM

    Oie pessoal gostei mto de descobrir este site,tenho 18 anos e tenho linfedema há 2,essa doença abala mto o meu psicológico,eu faço o tratamento adequado há 1 ano e lá encontrei pessoas com o volume reduzido,tem 1 pessoa ate q a perna ja ta igual,porém a minha continua com uns 6 cm de diferença .Axei interessante saber q estão descobrindo a cura dessa doença,pq eh uma dificuldade pra mim comprar uma sandalia e andar d short ou saia pelas ruas e pricipalmente aceitar esta doença neh.Gente sou do Rio de Janeiro qlqr novidade q vcs descobrirem mandem pro meu email livia_alves25@hotmail.com.Mto obrigada pelas informações postadas aki

  147. Maria Aparecida Ribeiro da Silva comenta:

    5 outubro, 2008 @ 12:56 PM

    Sou portadora de Linfedema devida a cirurgia de mama, motivo cancer. Qual o tipo de drenagem de fazer e como?
    Feita a manual ´´e melhor que com aparelho? Sendo manual como de ser feita? Não tenho obtido bons resultados meu braço e mão continuam inchados.
    Aguardo noticias:

    Muito obrigado:

    Aparecida.

  148. Lúcio Bobsin Gross comenta:

    5 outubro, 2008 @ 2:07 PM

    Paz a todos, eu tenho 20 anos de idade e desde que nasci tenho linfedema, já tive muitas erisipelas por causa desta doença, fui até ao hospital de clínicas de porto Alegre, RS onde desde os 13 anos de idade faço cauterização a laser no edemas que crescem em meu pé esquerdo diminuindo as lesões que havia, ficando cheio de cicatrizes, hoje uso meia elástica de média compressão mas o q não é batante pra me ajudar, trabalho em lugares quentes onde facilita o enxaço da minha perna esquerda, e o pé fica muito vermelho. E eu tenho apenas 20 anos e tenho medo que isto piore, por favor se alguem saber de alguma novidade me avisem q o mesmo eu farei a todos voces, e acreditem em Deus porq ele vai nos ajudar em nome de Jesus.

  149. Vera comenta:

    5 outubro, 2008 @ 6:53 PM

    Para colaboração aos desesperados com linfedema, informo-lhes o seguinte , minha filha de 23 anos tb tem linfedema no membro inferior direito (congenito), Ha uns 3 anos ela começou o tratamento com Auto-hemoterapia (retida do sangue e injetado na veia)- Procure este assunto na net. desde que começou este tratamento, nunca mais precisou internar-se pra tratamento, e careditem, ela esta tão confiante que ja ousa usar salto fino e qdo deixa de fazer a auto-henoterapia começa sua perna começa a inxar e ficar vermelha, logo ela recomeça o tratamento e melhora. Ahhh.. outra notícia boa, verifique no site do globo reporter (ha umas 3 semanas) sobre o alimento vivo… aquele suco com semente de Girassol é muito bom pra essse tipo de problema.
    Alguém tb questionou sobre o direito em Auxílio-doença, qualquer pessoa tem direito de auxilio-doença previdenciário(INSS) desde que tenha no mínimo 01 ano de contribuição (como autônomo ou empregado), mas se a incapacidade para o trabalho iniciou antes de começar a recolher o INSS, então ñ terá direito, ou seja, somente terá direito , se a incapacidade surgir após um ano de contribuição. Se o contribuinte do INSS tem ano de contribuição e parou de pagar a mais de um ano, mas retornando a contribuir, então após 4 meses adquiri a carencia e passa a ter direito ao beneficio.
    PS.: Se alguém tiver alguma novidade sobre a cura de linfedema com celuals tronco, por favor me escreva (veraguiar62@hotmail.com)
    Att
    Vera

  150. Mariuza comenta:

    5 outubro, 2008 @ 9:55 PM

    Cara Maria Aparecida, seu caso é semelhante ao meu. As drenagens para esses casos devem ser mais suaves.Assim , vc deve procurar um(a) profissional que conheça o problema, o que não é muito fácil. Também o uso de braçadeiras e luvas ajudam bastante. Eu uso de gorgurão, feita em S J do Rio Preto SP. Exercícios linfomiocinéticos, fisioterapia e alguns cuidados específicos são recomendados. Acesse o site http://www.drenagemlinfatica.com.br e veja as orientações. Contudo, na medida do possível, tente consultar um especialista no problema para melhor avaliar o seu caso, visto que esse problema pode apresentar diferentes estágios. Mas não se desespere, seguindo as orientações o problema é bem controlável. Um abraço !

  151. Dayana Silva comenta:

    7 outubro, 2008 @ 12:13 PM

    oi pessoal, eu tenho 22 anos e já tem um ano que sou portadora de linfedema ,eu faço drenagem linfatica há 10 meses,no inicio do tratamento minha perna ficou so com 2 cm de diferença da outra,mas não sei o que aconteceu que voltou a inchar novamente,eu gostaria de saber, se tem com ela voltar igual era no inicio do tratamento,e gostaria de saber se a circurgia cura?
    Gente qualquer novidade por favor me falem…obrigado

  152. Dayana Silva comenta:

    7 outubro, 2008 @ 12:16 PM

    Ha gostari de saber também ,se aki em Belo horizonte,tem medico competente para o tratamento de linfedema? onde e o melhor lugar para tratamento?
    obrigado

  153. Mariuza comenta:

    8 outubro, 2008 @ 5:15 PM

    Oi Pessoal, tem uma comunidade no Orkut chamada LINFEDEMA que tem muita gente legal e um monte de informações, principalmente para quem tem o problema nas pernas. Vale a pena ler os tópicos e conhecer os colegas lá. Tem também o site http://www.vivacomlinfedema.com.br. Abraços a todos !!

  154. silvia carvalho comenta:

    14 outubro, 2008 @ 3:05 PM

    ola pessoal, sou fisioterapeuta e me especializei junto ao Dr. Jorge Henrique Guedes e o Dr. Tarso Tulio Nogueira, em São Paulo para o tratamento de linfedemas.
    Procurem artigos científicos assinados por eles, que são considerados uns dos melhores angiologistas que lidam com linfedema no Brasil.
    Se eu puder ajudar, trabalho em Tubarão SC.
    Não desistam mesmo a cura não sendo possível, existem recursos inclusives cirúrgicos em alguns casos que ajudam bastante…
    Abraços

  155. Renata Souza comenta:

    16 outubro, 2008 @ 1:57 PM

    Gostaria de saber se a drenagem ajuda a diminuir a celulite da barriga. Há dois anos tive o meu primeiro filho. Gostaria de saber também o que devo fazer, além de exercícios físicos para ajudar no bom resultado da drenagem.

  156. Ana Clara comenta:

    16 outubro, 2008 @ 2:00 PM

    Tive um filho há quase dois anos e estou apavorada com a quantidade de celulite e gordura aculmulou na minha barriga. Gostaria de saber se tenho como voltar ao meu corpo antes da gravidez e se a drenagem linfática ajuda.
    Obrigada!!!

  157. viviane s. comenta:

    24 outubro, 2008 @ 11:09 AM

    Ola
    Gostaria de saber se da resultado fazer drenagem 1 vez por semana?
    obrigada

  158. Andréia Pereira DIas Valério comenta:

    2 novembro, 2008 @ 5:31 PM

    Olá!!! Meu nome é Andréia , fiz duas cirurgias de varizes uma em 2004 e outra em 2007.
    Na segunda cirurgia fiz a retirada da safena da perna esquerda, saí do hospital sentindo fortes dores em cima do pé e muiot enxaço na perna esquerda.Fiz 40 dias de repolso, 2 mêses de drenagem linfática, aparelho do choquinho, ultrason, e nada andiantou.Tomo 2 vezes ao dia Daflon, Diurético, e até os de hoje tenho sofrido com o dobro do enxaço e muita dor.Gostaria de saber oque eu posso fazer,estou desesperada pois trabalho com crianças e o tempo todo fico em pé.
    Queria saber se isso poderia ter sido um erro médico?
    Por favor me ajude!!!

  159. Andréia Pereira DIas Valério comenta:

    2 novembro, 2008 @ 7:40 PM

    Olá Vera me chamo Andréia, gostaria de saber o site sobre o alimento vivo,estou muito interessada ,este tipo de alimentação resolveria muito meu problema.
    OI turma, desesperada para encontrar uma solução ,achei vocês aqui, graçãs a Deus não estou sozinha .
    Minha vida tem sido muito dura depois que fiz esta cirurgia e fiquei com este linfedema na perna,trabalho em um projeto social com crianças tenho que ficar em pé o tempo todo ,a noite monitoro as igrejas que são de minha responsabilidade,faço isso com muito prazer ,tenho 3 filhos que amo muito e tento acompanhá-los em tudo que precisam e de final de semana ás vezes tenho que dar provas para alunos que querem engressar na orquestra, tenho bastante energia egosto do faço ,porisso quero descobrir a cura para ser feliz.

  160. Silvio Ricardo Pires comenta:

    6 novembro, 2008 @ 10:22 PM

    Boa noite,

    Meu pai tem diabete controlada por insuna. De alguns dias para cá suas pernas ficam inchadas e começam vazar liquidos molhando a calça. Um médico disse que era problema de varizes e não receitou nada, no entando estou precupado, o que é melhor fazer?

    Obrigado.

    Silvio

  161. Ignez comenta:

    7 novembro, 2008 @ 4:41 PM

    Boa-tarde Pessoal!

    Tenho acompanhado todos os tópicos postados e vi que não estou sozinha. Há 1 ano e 2 meses fui operada de câncer e fiquei com a seqüela de linfedemas nos membros inferiores. Mas o mais sério é na perna esquerda.
    Terei que fazer drenagem linfática 3 x por semana, caminhadas e hidroginástica. O médico me falou que é preciso fazer exercício físico todos os dias da semana. Proibido mesmo é a musculação.
    Aliado a tudo isso, preciso fazer um exame chamado linfocintilografia, com contraste injetado entre os dedos dos pés. Isso me parece tortura.
    Pergunto: algum de vocês já fez esse exame?
    Por favor esclareçam-me.
    Preciso de ajuda.
    Muito obrigada.
    Ignez

  162. Mariuza comenta:

    8 novembro, 2008 @ 3:54 PM

    Ignez

    Tem uma comunidade no Orkut chamada Linfedema, lá tem um monte de pessoas como nós, várias já fizeram o exame e tem diferentes opiniões. Veja em todos os tópicos que tem um sobre linfocintilografia. Eu não fiz, mas já li alguns comentários a respeito. Não desanime, descubra o que te faz sentir melhor em termos de exercícios e seja pesistente. Um abraço !

  163. Kiki comenta:

    8 novembro, 2008 @ 6:09 PM

    Ignez
    Fiz a linfocintilografia recentemente, animada pela possibilidade de transplante de linfonodos.
    Na realidade , não é muito agradável o exame , porem não tive sorte, tive uma reação alérgica ao liquido injetado o Tc-Dextran 500 . Depois disso parece que o edema nos pés ficou mais dificil de regredir.O exame só serviu para confirmar o deficit acentuado de drenagem nos membros inferiores.Quanto a cirurgia , desencanei pois não há indicação para meu caso, e as complicações decorrentes do transplante ainda não são previstas.
    Um abraço, KIKI

  164. Vera Regina comenta:

    9 novembro, 2008 @ 1:32 PM

    Enquanto não houver a cura de linfedema com celulas-tronco , é bom fazer Auto-hemoterapia. Procurem este assunto na internet . Este tratamento tem diminuido em mais de 50% os inchaços da perna de minha filha e as dores desapareceram.

  165. Ignez comenta:

    10 novembro, 2008 @ 12:03 PM

    Ei Mariuza, Kiki e Vera:

    Obrigada pela dica da comunidade no Orkut. Vou entrar hoje a noite e verificar.
    Eu estou muito receosa com o exame da linfocintilografia. E tenho comigo que esse exame também não dirá muita coisa e sim confirmar o que já sei. Já decidi que não vou fazê-lo pelo menos por enquanto. Mas minha perna esquerda está escurecendo e isso me preocupa.
    Estou tentando descobrir o que me faz bem e seguir adiante.
    Vou pesquisar sobre a auto-hemoterapia.
    Muito obrigada pela atenção de vocês.
    Grande abraço,
    Ignez

  166. Sofia comenta:

    11 novembro, 2008 @ 10:54 PM

    Olá!
    Como se percebe o início de um linfedema. Dizem que é genético, mas não há casos em
    minha família. . Já prociurei vários médicos, mas por enquanto a suspeita é de linfedema.
    Como saber ao certo? Quais são os sintomas? O inchasso é gradual ou o aparecimento da doença é abrupto? Estou preocupada. Meu pé esquerdo está inchado há quase dois anos,
    mas não sinto dor, só uma sensação de cansaço.
    Ficareia muito agradecida se alguém pudesse me ajudar.
    Sofia

  167. kelma comenta:

    12 novembro, 2008 @ 11:04 AM

    Oi Sofia, o mais indicado no momento seria vc fazer o exame linfocintilografia, pois ele constata se é ou não linfedema…eu uso meias (venosan) e dei uma parada nos medicamentos …boa sorte

  168. ADRIANA comenta:

    13 novembro, 2008 @ 5:43 AM

    Oi,sofri um acidente e bati o joelho,precisei engessar a perna,no dia em que tirei
    o gesso estava muito enxada e normal?e queria saber se a recuperaçao e mesmo ,
    muito demorada?brigada!

  169. Luciana comenta:

    13 novembro, 2008 @ 3:08 PM

    Olá, boa tarde. Tenho Linfedema e gostaria de saber se existe algum tipo de cirurgia para Linfedema Congênito Tardio. Se tiver, me avisem, por favor!!. Obrigada..

  170. Andréia Pereira DIas Valério comenta:

    22 novembro, 2008 @ 3:56 PM

    Luciana o médico disse para mim que esta doença não tem cura só tratamento porisso mãos a obra ,drenagem linfática três vezes por semana você pode procurar fazer nas faculdades com alunos é de graça, usar a meia recomendada por seu médico,eu estou
    tomando diurético todos os dias e daflon 2vezes por dia tem melhorado o inchaço.
    Confia em Deus e não desista.

  171. Ademaria gallo comenta:

    25 novembro, 2008 @ 10:39 AM

    Bom dia!
    Seria bom se os responsáveis pelo canal nos dessem repostas pelo menos uma vez por semana. Assim tiraria às dúvidas de todos.Vez por outra recebo e-mail, só que não tenho conhecimentos médico para responder.
    Aconselho a pesquisarem sobre o assunto no google, sem ficar assustado com tudo que ler afinal cada caso é um caso. E quando forem ao médico tirem todas as dúvidas existentes.
    Adriana, sua perna vai levar um pouco de tempo para desinchar e o que pode diminuir esse tempo são as fisioterapias específicas para o caso.
    Andréia Pereira, desculpa discordar de você. LInfedema realmente não tem cura, porem pode ser amenizados seguindo o tratamento que você escreveu:drenagem linfática, meias e quanto ao diurético,não é recomendado.No primeiro momento ele parece melhorar o inchaço,com o tempo piora.
    Cuidado com a escolha de um fisioterapeuta, a drenagem linfática realizada para estética não é a mesma para linfedema. Um especialista no assunto ajuda a reduzir muito as medidas das pernas ou braços.
    Quanto a mim não fui operada, embora conheça pessoas que foram e com sucesso!Descobri com minha fisioterapeuta que meu caso é um lipedema que conseqüentemente levou ao linfedema. Meus pés e tornozelos são normais, só das panturrilhas para cima é que se avolumam.
    Depois volto a escrever mais.
    Beijos para todos e muita paz.

  172. Karin comenta:

    27 novembro, 2008 @ 5:55 PM

    Gostaria de entender melhor o motivo da rigidez da linfa em pontos específicos (região medial e proximal da perna e região medial média da coxa), neste caso a cliente ingere para tratar reumatismo cortisona. OBS: É praticamente impossível drenar esta massa dura e caso consigo ela parece ficar cristalizada e mais fluídica….O mais interessante é que esta massa (líquido) cristalizado do sistema é comum em obesos mórbidos e dói muito. NESTE CASO como proceder as manobras???? Alguem já teve casos parecidos, gostaria de entender procedimentos….Obrigado!

  173. CLÁUDIA REGINA DA SILVA comenta:

    30 novembro, 2008 @ 1:57 PM

    Olá amigos li, atentamente, as msn, agora sei que não estou sozinha com o meu problema!
    Preciso fazer um exame denominado “lifocintilografia”, procurei em vários lugares e não encontrei um lugar que faça. Moro em Lins/SP, será que algum sabe onde fazer pela região e se poderiam me indicar um lugar confiável, persei em Rio Preto/SP, mas não sei se lá fazem?

  174. CLÁUDIA REGINA DA SILVA comenta:

    30 novembro, 2008 @ 2:09 PM

    Olá amigos, levanto cedo minhas pernas estão normais,,,,como trabalho sentada….elas vão inchado assustadoramente, fico até envergonhada de sair de casa, de tanto que elas incham. Estou tomando remédio e fazendo drenagem e, agora, entrei na acadêmia, para fazer exercícios em aparelhos, mas o problema permanece. Um dia desses fiz sauna e percebi que minhas pernas ficaram bem desinchadas. Alguém podeira me dizer se fazer sauna é bom para quem tem linfedema? Ou, ainda, me darem alguma dica para desinchar?

  175. Kelinha comenta:

    10 dezembro, 2008 @ 2:44 PM

    Olá!

    Cláudia!

    Eu fiz uma linfocintilografia em Cuiabá-Mt no Instituto de Medicina Nuclear (fundo do CEDIC). Se você não achar em sua região, segue aí uma dica do lugar que faz esse exame. Posso te adiantar, que é um exame demorado, provavelmente demorará em torno de uma manhã. Mas, os resultados são bem precisos para que o médico possa diagnosticar o seu problema com exatidão.

    T+.

  176. neia sarria comenta:

    11 dezembro, 2008 @ 4:56 PM

    ADOREI ENTRAR NESSE SITE, AGRADEÇO AS INFORMAÇOES QUE OBTIVE TENHO CERTEZA QUE BREVE TODOS VOCES, TERAM RSPOSTAS SOBRE A CURA DO LINFEDEMA, PARA DEUS NADA E IMPOSSIVEL. BOA SORTE A TODOS. VOCES COM SABEDORIA ESTAO AJUDANDO MUITAS PESSOAS E ME AJUDARAM BASTANTE ESTOU COM UMA CLIENTE COM 22 ANOS COM LIFEDEMA, EU LI TODOS OS COMENTARIOS E VOU PASSAR AS INFORMAÇOES PARA ELA.

  177. Dario Galdino comenta:

    19 dezembro, 2008 @ 2:28 PM

    Gostaria de saber se o tratamento de drenagem linfatica pode ser usado na elefantiase ou se ja foi observado o tratamento em algum paciente,pois pesquiso um meio para erradicar a doença.

  178. FATIMA comenta:

    4 janeiro, 2009 @ 9:04 PM

    MEU MARIDO TEM UMA DAS PERNAS INCHADAS, FEZ TODOS OS EXAMES NECESSÁRIOS E ACUSOU UMA DEFICIENCIA LINFATICA, GOSTARIA DE SABER SE EXISTE ALGUMA CIRURGIA QUE PUDESSE RESOLVER ESTE PROBLEMA DEFINITIVAMENTE, POIS ISTO APARECEU MEDIANTE A UMA CIRURGIA DE ERNIAL INGUINAL, ACHAMOS QUE PODESSE SER A CAUSA DO PROBLEMA , ALGUMS PESSOAS ME FALARAM DE UMA CIRURGIA REPARADARO, MAS EU DESCONHEÇO.
    OBRIGADO E FICO NO AGUARDO DA RESPOSTA
    FATIMA

  179. zézi comenta:

    7 janeiro, 2009 @ 4:57 PM

    há dias em q me sinto a pessoa mais triste do mundo.. sinto um peso horrivel nas pernas … parece q ando kilometros a pé… mas no fundo ñ saio do mesmo sitio…
    tenho pena … mta pena
    Tenho um linfedema há 10 anos! E tenho medo mto medo de ficar como penso q posso vir a ficar

    obrigado por estarem aqui!

  180. Detinha comenta:

    13 janeiro, 2009 @ 9:36 PM

    olá pessoal,graças a Deus achei pessoas com o mesmo problema mas cheias de esperanças.Coisa que eu também mantenho a 13 anos de linfedema inferior.Não me deixe fora dessa ok?Me coloque em contato com qualquer possibilidade de ajuda.

  181. Detinha comenta:

    13 janeiro, 2009 @ 9:44 PM

    Olha Zézi,quando descobri que eu não estava com apenas uma torção mas uma doença horrível,fiquei desesperada,desejei morrer,fiquei 4 anos em depressão.Mas um dia meu espírito aprendeu a descançar em Deus,hoje,faço loucuras diárias,e não piorei.Mas uso meias diariamente,durmo com as pernas elevadas,não como sal,isso é fundamental,e quando fico muito inchada faço uma massagem com água gelada.durmo com ventolador em cima da perna,o que pode ser o ar,mas prefiro o vento.E assim tenho superado.Força,hoje é mais perto que amanhã acura.

  182. zézi comenta:

    16 janeiro, 2009 @ 5:26 PM

    Olá a todos!

    Olá Detinha gostei do comentário, tal como tu tb uso sempre as meias elásticas e durmo com os pés elevados, e para dormir melhor meto um gel nas perna q é refrescante, embora o meu novo colchão seja um forno o q me faz acordar de manhã cheia de vontade de chorar.

    Aqui para nós pessoal, houve dias em q eu pensei q era a unica a ter este problemazinho! Mais todos os dias media as minhas pernas para ver se tava pior isto foi um pesadelo…
    Eu via-me ao espelho mto pior do q realmente estava, há dias q tenho a noção q isto ñ se nota … mas tb tenho outros…

    Foi bom ter vos encontrado.

    No vosso caso a diferença de uma perna para a outra é mta?

  183. detinha comenta:

    17 janeiro, 2009 @ 10:58 AM

    sim,Zézi,a minha perna esquerda é muito diferente da direita.

  184. Zézi comenta:

    17 janeiro, 2009 @ 5:57 PM

    eu só perguntei porque tenho medo… mto medo

  185. Zézi comenta:

    22 janeiro, 2009 @ 5:34 AM

    Recentemente na minha nádega esquerda apareceu-me um matulãozinho! Será que o meu linfedema está a agravar? Tenho tanto medo! Hoje vou tentar marcar consulta para o meu médico ainda não o tinha feito porque tenho medo q ele me vá dizer o q me diz das outras vezes “é a doença” … Como é que vocês conseguem ter essa força toda?, como conseguem ter esperança?

    Eu sempre tenho feito tudo o q o médico me tem dito para não ficar pior!Uso as meias, faço a medicação, durmo com as pernas elevadas, não apanho calor, sei lá … mas sinto q faça o q fizer não há nada a fazer!

    De que nos vale termos amigos, dinheiro … se temos isto

    eu só não quero ficar como penso q posso ficar e nada há q possa fazer, sinto-me limitada, sinto-me triste e sem esperança e meto todos aqueles q estão comigo triste.

  186. Ademaria Gallo comenta:

    22 janeiro, 2009 @ 7:44 AM

    Voces lembram da história do único sapinho que chegou ao alto do monte depois andar quilometros deixando outros sapinhos cansados para trás? Descobriu-se que o sapinho vencendor era surdo e não ouvia a opinião dos outros que dizia ser impossivel chegar ao lugar determinado.Vamos agir como o sapinho vencendor, ninguem precisa acreditar em tudo que ouve e lembrar sempre que podemos tudo e que nosso problema só vai piorar se não nos cuidarmos.Somos pessoas esclarecidas e sabemos o que fazer.Imagens assustadoras que vemos em sites aqui na net são de pessoas que não tem esclarecimento sobre o assunto e só procuram ajuda médica quando a situação está critica.Não vamos esquecer que cada caso é um caso diferente.Exercicios fisicos para fortalecer as panturrilhas são imprescindíveis, assim como as drenagens manuais e uma boa alimentação sem gordura e alimentos que aumentem a linfa.Um lindo dia para todos e não esqueçam que todo dia é dia para ser feliz.

  187. kelma comenta:

    22 janeiro, 2009 @ 1:40 PM

    Oi Zezi, deixa eu te falar uma coisa, busque o senhor Jesus, só ele poderá lhe dar o consolo, a paz, e a certeza q ele poderá lhe curar…. creia nisso…tudo de bom…

  188. Sofia comenta:

    22 janeiro, 2009 @ 8:46 PM

    Olá!!!
    Fiz o exame de linfocintilogarfia. O resultado foi o seguinte: achados cintilograficos discretos porém sugestivos de linfedema. Fiquei apavorada. Chorei muito. Após ler todos esses comentários vi que não estou sozinha. Tenho medo que esse linfedema que tenho no pé esquerdo há dois anos aumente muito. Ele apareceu de um dia para outro e nunca aumentou muito, no inverno diminui um pouco, mas tenho medo… Se for bem tratado será que posso ficar só com meu pé e tornozelo inchados sem ter que acometer a perna? Boa sorte para todos nósss!!!!

  189. tatiana silva comenta:

    28 janeiro, 2009 @ 6:23 PM

    o meu filhinho de 8 meses nasceu com linfedema congenito, o tratamento de meias de gorgurão adianta alguma coisa ou não, se adinta por favor alguem me dar alguma resposta estou pra ficar louca não sei o que eu faço mais.. e onde posso encontrar essas meias..

  190. Ademaria Gallo comenta:

    29 janeiro, 2009 @ 7:02 AM

    É o que lemos nas literaturas médicas.Quem melhor vai responder, são os médicos.Que cidade voce mora?Paz para voce.
    Ademaria

  191. Ignez Seabra comenta:

    30 janeiro, 2009 @ 4:32 PM

    Pessoal, boa-tarde!

    Estive passeando pelo site http://www.vivacomlinfedema.com e recomendo. As dúvidas frequentes são respondidas pelos doutores Dr. Jorge Henrique Guedes e o Dr. Tarso Tulio Nogueira. Continuo lendo o site.
    Peço a todos que não desanimem, eu estou engatinhando no assunto e também no tratamento. Faz 1 ano e 5 meses que tenho problema de linfedema nos membros inferiores, mais acentuado na perna esquerda.
    Eu passei um bom tempo com pena de mim mesma, fiquei depressiva e só estava piorando. Então vi que eu precisava fazer alguma coisa para meu benefício.
    Eu sou uma pessoa vaidosa, gosto de me cuidar e estava ficando sem opções de vestuário, além de ter engordado fazendo com que eu me sentisse feia, sem vontade de fazer nada, nem de ir a lugar algum.
    Tenho feito drenagem linfática 2 x por semana; faço atividade física 3 x por semana; uso meias de compressão alternando média compressão e suave compressão, de acordo com o clima: se o dia está quente uso a suave compressão, que faz menos calor e, nos dias amenos e frios uso a média compressão.
    Como eu gosto de moda, indico as meias Kendall que tem cores diferentes tais como preta e grafite, de suave compressão. A Lupo também tem meia preta, de suave compressão. Em dias de festa elas me salvam!
    Outra coisa: as calças compridas se transformaram em pantalonas, de preguinhas junto ao cós na cintura, de maneira que elas fiquem largas e não comprimam a região do abdômem e pelve. Dei preferência aos tecidos de malha encorpada e tecidos com strech. Mas o bom mesmo é usar saias e vestidos que deixam a região livre.
    Mais uma coisa: pra mim deu super certo usar aquelas cintas de strech da Lupo, que vão desde debaixo do busto até os joelhos: é praticamente um macaquinho. Pode usar no modelo short também que dá mais certo com vestidos curtos. Mas eu gosto mesmo dos vestidos longos.
    Sobre sapatos: já consigo usar salto alto, desde que sejam de tamanho médio, grossos e que seja somente de enfiar o pé. Plataforma também dá certo. Não podem prender no tornozelo: então sandálias de amarrar ou de pulserinha no tornozelo nem pensar!
    Quanto a alimentação, deixei de comer carne vermelha, quase não uso sal, passei a comer muitas verduras, legumes e frutas, grãos e farinhas integrais. A alimentação leve é a ideal pois consegui equilibrar meu peso e não engordar mais (eu estava ficando pesada e cansada). Não faço mais uso de diuréticos por conta de pedras nos rins.
    Importante também é nos habituarmos a repousar. Trabalho sentada e sempre ponho meus pés pra cima, apoiados em uma lata de lixo virada com a boca para baixo. Também não passo muito tempo sentada: levanto e ando a cada meia hora. Em casa alterno: em pé, sentada com pés apoiados e repouso (deitada) bastante no fim de semana. Daí estou pronta pra semana seguinte.
    Eu espero que tenha contribuído um pouco.
    Muito do que eu escrevi aqui para algumas pessoas parecerão bobagens, mas para muitas de nós mulheres, que somos mais acometidas com linfedemas e somos vaidosas, são observações importantes.
    Que todos nós tenhamos uma qualidade de vida 100% melhor!
    Eu já sei que tenho que conviver com isso, portanto sigo em frente e não desisto.
    Paz, bem e saúde pra todos!
    FELIZ 2009!!!!!

  192. Anônimo comenta:

    30 janeiro, 2009 @ 10:36 PM

    Ignez, tudo bem?
    O seu comentario é bem completo.Voce abordou com propriedade todos os itens com que devemos nos preocupar.Eu tenho linfedema ha mais de 40 anos. Passei por várias fases, mandar fazer calçado sob medida, uso de meias, drenagens, irisipelas, etc…..Mas posso dizer que só aprendi com cada uma delas. A minha insegurança era enorme, a ponto de me sentir um nada mesmo.A medida que me casei e comecei a trabalhar, tive os filhos, a gente percebe que há outras coisas que importam mais na vida da gente. Hoje convivo bem com o problema , que só vai aumentando a medida que envelhecemos , concorda? Hoje são as duas pernas, antes morria de vergonha de ter um pé tão diferente do outro.Uso sandálias que mostram o edema , coisa que antes não admitia. É verdade que todo mundo pergunta , sem o menor pudor, o que aconteceu , etc….Mas estamos vivas, saudaveis, alegres, bonitas etc…….

  193. Lúcio Bobsin comenta:

    31 janeiro, 2009 @ 12:59 PM

    Gostaria de saber se alguns dos participantes dessa comunidade possui linfedema bolhoso?
    no qual esse é o meu caso de linfedema, tenho 20 anos e e desde que nasci tenho a doença, seria importante para trocarmos informações sobre este caso raro.

  194. Ademaria Gallo comenta:

    31 janeiro, 2009 @ 1:40 PM

    Contribuiu muito Ignez!Adorei ler o que voce escreveu.Obrigada pelo seu carinho e atenção.Muita paz para voce.

  195. Zézi comenta:

    3 fevereiro, 2009 @ 5:58 PM

    Olá a todos!!

    Ademaria, o seu comentário dos sapinhos ajudou-me mto … obrigada!

  196. Caroline comenta:

    5 fevereiro, 2009 @ 9:51 AM

    Tenho uma irmã com problemas de linfedema. Ela tem 27 anos e hoje faz tratamento com fisioterapia e drenagem linfática. Agora estamos com dificuldades de continuar o tratamento pois o plano se saude não esta querendo cobrir as sessões. Gostaria de saber como podemos adquirir a bota para drenagem para facilitar o tratamento. E gostaria tbm de saber se existe algum contato de profissional da area no Rio de Janeiro ou São Paulo.
    Obrigada!

  197. Ignez Seabra comenta:

    6 fevereiro, 2009 @ 8:09 AM

    Ei Ademaria e Anônimo! E demais pessoas que passam por aqui!

    Obrigada a vocês.
    Sempre que eu tiver uma novidade, uma experiência minha que possa contribuir para a melhoria de todos que tem linfedema, vou escrever aqui.
    Anônimo, também constatei que com o avanço da idade poderá aumentar as nossas dificuldades.
    E vamos que vamos… vencendo tudo, vamos querendo ficar melhor a cada dia!
    Abraços e bom fim de semana.

  198. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    6 fevereiro, 2009 @ 11:22 PM

    Caros internautas.
    Elaboramos 5 páginas com respostas a 100 dúvidas a respeito do sistema linfático, suas doenças e as terapias. Sobretudo os tipos de drenagem linfática.
    As páginas estão nos dias 02, 03, 04, 05, 06 de fevereiro 2009.

  199. Vilma comenta:

    12 fevereiro, 2009 @ 11:45 PM

    Boa noite a todos!!

    Tenho linfedema a 26 anos e também ja passei por todas as angústias pelas quais vcs
    passam.Confesso que fiquei meio conformada com o problema e fui acreditando ser
    algo apenas meu…Estou muito comovida com as msgs e o mais importante é que renas-
    ceu em mim a esperança de cura.Ah,sou de São Paulo e ficarei em contato com vcs.
    Lucio,meu linfedema é na perna esquerda e tem bolhas por onde (se descuidar)
    saem a linfa,e quando isso ocorre,os cuidados com a assepsia devem ser redobrados pa-
    ra não dar infecção.Meu médico já cauterizou algumas mas outras surgiram.
    Pessoal,não sei quanto a vcs mas meu convenio não cobre as drenagens linfáticas e o tratamento particular é caríssimo, o que acaba me desanimando.Gosto de música e de
    dançar e acredito que temos que seguir nossas vidas respeitando nossos limites, mas
    sem nos isolarmos dos outros.Se alguém os magoar com palavras desagradáveis porque vc
    é diferente diga o que sente sem disfarçar,não volte para casa chorando com dó de si mesmo,
    eu faço isso hoje em dia e me sinto melhor.
    Beijo a todos e fiquem com Deus!!!!!

  200. Lúcio Bobsin comenta:

    14 fevereiro, 2009 @ 12:48 PM

    Oi Vilma eu tenho bolhas no pé esquerdo mas o inchaço se estende até o joelho comecei a fazer cauterização a laser a 8 anos atrás e tem ajudado bastante mais tenho que fazer isso pelo menos uma vez ao ano porque surgem novas bolhas, já vai fazer quase 2 anos que não tenho infecção tempo recorde graças a Deus e você tem tido resultados bons com o tratamento???
    você tem a doença desde que nasceu???
    abraço e boa sorte.

  201. Mônica comenta:

    16 fevereiro, 2009 @ 5:34 PM

    Olá pessoal!
    Meu nome é Mônica, tenho 44 anos e sofro de Linfedema congênito na perna direita. Como todos os colegas minha vida não tem sido fácil. Entre outras coisas, por muitas vêzes tive crises de erisipela, mas isso ocorria entre longos espaços de tempo e sempre o dignóstico era : a bactéria entrou pelo seu pé, micoses, cortinhos, picadas etc…., em função disso, tive uma infância difícil, nada de brincar, cair, etc. Depois da adolescência aprendi a me cuidar e as crises diminuiram bastante. Infelizmente, após anos, nesses últimos 6 mêses tive 3 crises, em uma delas fiquei internada 5 dias e sofri bastante. Vejo que minha médica esta assustada, pois, nada visível indica ser a “porta de entrada”das bactérias, por isso, ela me pediu muitos exames diferentes. Assim que fazer, vou compartilhar com vocês, pois desejo ser útil.
    Hoje pra surpresa minha, chegando muito chateada da médica, entrei na INTERNET para pesquisar sobre a linfocintiligrafia, pois fiz uma há várias anos e foi dolorida. Queria apenas colher informações, no entanto, me deparei com todos voces! estou emocionada, sempre soube que existiam outros como eu , mas nunca tive o contato com ninguëm, e agora…. todos me parecem tão próximos. Minha tristeza se transformou em alegria. Que Deus nos bençoe sempre, pois é Dele que recebemos forças para não disistir e , como voces, ainda ,para ajudar outros.
    Um grande, grande abraço a todos!!!!

  202. Kiki comenta:

    16 fevereiro, 2009 @ 9:41 PM

    Monica, depois da linfocintilografia que fiz no ano passado , o retorno da linfa dos pés para a perna piorou muito. Não sei se por uma reação alergica ao dextran 500 o liquido injetado ou outro fator. Só sei que piorou bastante no meu caso .Quanto as injeções aplicadas no exame , tambem são picadas , né? Então pode estar aí a sua porta de entrada
    Kiki

  203. Mariuza comenta:

    17 fevereiro, 2009 @ 1:22 PM

    Olá pessoal ! Lembrem-se também de visitar o site http://www.vivacomlinfedema.com e também a comunidade “Linfedema” no Orkut. Abraços a todos !

  204. Anabela comenta:

    27 fevereiro, 2009 @ 10:05 PM

    Olá a todos,
    sou portuguesa e sinto-me mais calma depois de passar mais de uma hora a ler todos os vossos casos e conselhos.
    Decidi fazer uma pesquisa na net e descobri este site. O meu problema prende-se realmente com uma deficiente drenagem linfática, nomeadamente nos membros inferiores. Esta situação está relacionada com uma histerectomia radical que fiz em 2000, com remoção de gânglios linfáticos. A partir dessa data passei a ter alguns problemas com inchaços pontuais que se agravaram em 2001. No entanto, após fisoterapia com bota e gelo, os edemas foram desaparecendo. Nos últimos anos começaram aparecer nos tornozelos e a minha perna esquerda foi ficando mais inchada e pesada. No final de 2008 tive uma sub-oclusão intestinal que me atirou para a cama de um hospital durante 33 dias. Foi muito complicado todo o tempo lá, pois estes problemas intestinais também são derivados aos tratamentos efectuados aquando da operação (radioterapia). Desde essa altura até ao dia de hoje, 28 de Fevereiro, nunca mais fiquei com a minha perna normal. Inchou de tal forma que, por vezes, nem as botas ou sapatilhas consigo calçar. Desde 18 de Dezembro que estou a fazer drenagem linfática manual e bota de compressão. Uso meia elástica, faço ginástica e caminho muito. todavia os tratamentos não estão a surtir o efeito desejado. Estou um pouco preocupada, já falei com a médica e disse-me que tenho que continuar com os tratamentos.
    Gostaria de saber se me podem ajudar, será que a perna voltará a desinchar? que tipo de tratamentos deverei aplicar além dos que já mencionei, os tratamentos nestes casos são longos, a massagem manual quanto tempo deve durar? a minha fisioterapeuta faz uns 10 minutos, será pouco? fico aguardar notícias vossas, e podem crer que vos entendo, apesar do meu problema ser um pouco diferente, mas entendo e estou com vocês.
    Abracos a todos

  205. kelma comenta:

    2 março, 2009 @ 2:21 PM

    Olá Anabela

    olha em relaçao ao tempo de drenagem , eu acho q o correto seria 40 minutos, apesar q n sei se tem haver com a necessidade de cada um, seria importante vc procurar um angiologista e ele ver a sua necessidades……………..o seu tratamento com meias , drenagens, é o mais correto, continue fazendo…………………foi um enorme prazer te-la aki………um bjimmmmmmmmmmmmmmm

  206. sandra comenta:

    2 março, 2009 @ 4:54 PM

    Ola, depois de dez anos com o problema , hoje resolvi procurar sobre o assunto.Minhas pernas incham muito, principalmente a esquerda, quando li o comentario da Claudia Regina me vi nele, pois tambem tenho vergonha de sair de casa, minhas roupas nao entram, doi muito as pernas, nao consigo nem caminhar direito e tenho muito medo que possa piorar.Ja fui em varios medicos, tomei daflon tambem mas nao adiantou muito. Hoje faço apenas ginastica, tem dias que parece que vao melhorar, mas logo volta tudo de novo. Se alguem tem alguma dica pra me dar ficarei agradecida.
    Sandra

  207. Magda comenta:

    2 março, 2009 @ 5:45 PM

    Boa tarde! A minha mãe descobriu que tem linfedema já faz um ano. Hoje ela está internada em um hospital por causa de uma diarréia, daí ela precisa ficar no soro porque ela ainda está muito fraca. A minha dúvida é: As pernas dela estão muito inchadas, ela pode continuar tomando soro ou tem que parar?Ela está tomando um medicamento que se chama DAFLON, serve para o problema de linfedema.

  208. Mônica comenta:

    3 março, 2009 @ 2:47 PM

    olá,
    gostaria de saber mais a respeito das meias eláticas e também da faixa. Já faz alguns anos que a minha médica indicou a meia Sigvaris. Ela é só de uma perna, mas como o meu problema afeta mais a coxa, a meia é inteira. Isso me causa muito desconforto e até dor. Será que não tem outro tipo de meia? ou faixa?

    Um abraço a todos os amigos!

  209. leila matos comenta:

    6 março, 2009 @ 3:54 PM

    DR: BOA TARDE, TENHO AS 2 PERNAS INCHADAS DURANTE 12 ANOS , JÁ PROCUREI VARIOS MÉDICMÉDICOS MAS NÂO OBTIVE RESPOSTA CORRETA DO QUE DEVO FAZER.O INCHAÇO NÂO SE DESFAS DEJEITO NENHUM , TAMBÉM NÂO MAS PROCUREI MÈDICO . O QUE DEVO FAZER DEPOIS DE TANTOS ANOS.

  210. Kiki comenta:

    6 março, 2009 @ 11:34 PM

    Dr Armando
    Infelizmente minhas duas filhas , de 29 e 26 anos começarama agora a desenvolver inchaços , uma no pé direito e outra no pé esquerdo. Há uma relação do linfedema com hereditariedade?
    A doença de Milroy é transmitida geneticamente?

  211. Anabela comenta:

    7 março, 2009 @ 9:08 PM

    olá Kelma
    Fiquei feliz em saber que vocês estão em sintonia comigo, é muito bom. bem realmente em relação à massagem que faço diariamente ela demora apenas 10m, o resto é feito com manga de pressão. tenho-me sentido um pouco melhor, pois aqui, no Porto, está muito frio, 5 a 10 graus. mas em casa haverá algum creme ou até alguns exerc´cios que eu possa fazer enquanto descanso? tenho a sensação que ainda vai demorar muito até eu poder calçar uns sapatos. Até agora só tenho conseguido andar de botas e sapatilhas.
    Bem espero que fiquem bem, beijo a todos e para ti

  212. Vilma comenta:

    9 março, 2009 @ 10:42 PM

    Olá Lúcio,desculpe a demora da resposta.Ultimamente não tenho feito nenhum tratamento.Quando vou ao cirurgião vascular,geralmente pede para eu descansar as pernas sempre que puder,fazer caminhadas e é o que tenho feito.Tenho o linfedema desde cça,mas não nasci assim,é chamado de linfedema precoce.Já tentei vários tipos de meias mas incomodam demais.Tomei durante anos um remédio chamado Venalot,mas o médico também cancelou o tratamento.Amanhã vou ao médico e vou perguntar sobre a cauterização a laser que vc diz fazer,já que o médico usa sempre o método tradicional.Obrigada pela dica!Ah pessoal,estou tentando diminuir o consumo de proteínas e percebi uma leve diminuição no inchaço.Passei a me preocupar mais c a minha alimentação depois de pesquisar nos sites indicados nesta página.Um grande abraço Lúcio e a todos!!!!

  213. ROSANA SCAURI comenta:

    12 março, 2009 @ 9:52 PM

    Boa noite a todos! pela primeira vez encontro um site onde leio desabafo de pessoas que sentem o mesmo que eu. Tenho 30 anos, nasci com linfedema nas 2 pernas e com o tempo no braço direito. Choro deprimida várias vezes, não me aceito, me sinto horrível, feia e sozinha. Aqui pude ver que Deus olhou pra mim, e me deu esperança. Imploro para vcs meus amigos, me permitam assim chama-los, me deêm notícias. Meu médico disse que não existe cirurgia, saio daquele consultorio em prantos, querendo desistir da vida, e depois de 30 anos vejo que existe uma chance. Moro em Vitória-ES, meu e-mail é rosanascauri@hotmail.com.
    Como faço para ter acesso a essa médica!!!!! Existe risco de piorar, ou destruir os poucos vasos que existem?
    Me ajudem, vcs são minha única esperança.
    Desculpe o desabafo.
    Obrigada.
    bj a todos

  214. Elisabete Palma- Portugal comenta:

    18 março, 2009 @ 8:25 AM

    Olá a todos.
    Tenho 37 anos, moro em Portual (Beja), o ano passado fiu operada à mama e tve que fazer esvaziamento da axila, tiraram-me 11 gânglios, passado algum tempo, a minha mão e braço começou a inchar, tenho feito drenagem linfática, mas o problema mantem-se não vi muitas melhoras. Já lalei com o meu médico de oncologia sobre a cirurgia que alguns de vocês falam no transplante, ele não se mostrou muito receptivo, descobrir também à pouco tempop sobre outro método cirurgico para o linfedema (microcirurgia de anastomoses linfovenosas), existe um médico aqui em Portugal que realiza esta operação. Doutror Professor Abel do Nascimento, mas também não sei de ninguêm que já tivesse realizado a mesma para nos esclarecer dos seus benefícios.
    Se alguem conhecer quem já tenha feito uma ou outra técnica cirurgica, por favor comente os seus resultados.
    Um grande abraço a todos e aguardo as vossos comentários.

  215. cristiano dos santos silva comenta:

    19 março, 2009 @ 5:15 PM

    a drenagem linfatica ajuda realmente nas celulites? existe realmente alguma massagem que a pessoa emagreça. obrigado!

  216. Andresa comenta:

    26 março, 2009 @ 9:03 AM

    Tenho 29 anos, gravida de 5 meses. Moro no exterior e fiz uma viagem pra Tailandia por 15 dias. Nos ultimos dias peguei sol nas pernas e mesmo com o protetor solar acabou queimando muito um dos tornozelos, deixando avermelhado e inchado. Nao sentia dor. Mas andei bastante e so tinha tempo de repousar os pes a noite. No dia seguinte o inchaco melhorava mas nao saia completamente. Estava muito quente (pois estava queimado) e ardia. No dia seguinte tive que voltar pra casa (13 horas de voo direto). Quando cheguei em casa, demorou dois dias pro inchaco sair e a vermelhidao parar. Sera que tive risco de trombose?????????? E possivel ter trombose e o pe desinchar naturalmente? E depois a trombose acaba normalmente??? Ou eu ainda mesmo com o pe desinchado e normal corro o risco de embolia?

  217. Flavia comenta:

    29 março, 2009 @ 10:05 AM

    Olá, gostaria de saber na angina sem sintomas aparentes é contra-indicado drenagem linfática.
    obrigada.

  218. Grace solano comenta:

    30 março, 2009 @ 10:21 PM

    por causa de câncer de mama foi preciso retirada total da mama direita, após cirurgia meu braço ficou visivelmente maior que o direito, este solução para o problema?

  219. Mariuza comenta:

    31 março, 2009 @ 10:25 AM

    Olá Grace,
    Também fiz a mesma cirurgia devdo a retirada de linfonodos houve preju[izo na drenagem linfática no braço . Esse caso é comum, o que vc deve fazer é procurar um médico vascular que tenha conhecimento em “linfedema” para avaliar o grau de seu inchaço a fim de que seja feito tratamento adequado evitando assim a evolução do problema. Eu faço drenagem linfática manual 3 vezes por semana e também exercícios na água. Tem os sites http://www.drenagemlinfatica.com.br e http://www.vivacomlinfedema.com que tem informações sobre ese caso. Cuide-se porque tem casos em que o edema pode regredir até a normalidade, mas não pode parar o tratamento. Veja o que o médico diz sobre o seu caso. Boa sorte, e força !

  220. EDENIZE ELANE DE LIMA SILVA comenta:

    24 abril, 2009 @ 1:38 PM

    MEU NOME É DENIZE EM LIGEIRAS PALAVRAS TENHO LINFEDEMA A 8 ANOS DESDE A PRIMEIRA GRAVIDEZ FOI QUANDO APARECEU NA MINHA PERNA ESQUERDA FIZ UM EXAME LINFOCITILOGRAFIA E O RESULTADO FOI QUE EU TENHO INSUFICIENCIA LINFATICA A MINHA PERNA É INCHADA BASTANTE QUERIA SABER SE EU FIZER A CIRURGIA DE LINFONODOLO ELA IRA DESINCHAR E FARA COM QUE EU VENHA PARAR DE TER CRISES DE ERISIPELA

  221. Ruy comenta:

    8 maio, 2009 @ 5:48 PM

    Olá queridos,
    Depois de muito tempo ausente, venho dizer-lhes que estou muito bem (melhor, diga-se de passagem) fisicamente, afinal de contas tenho me empenhado bastante no condicionamento fisico, esse mês consegui chegar a um peso que em trinta anos nunca tive, os sessenta quilos, estou muito satisfeito, fora os musculos que estou adquirindo (nada muito exagerado, não curto !!!) me matriculei num curso de italiano, e ja estou a parlare, a suma é que me encontro psicologicamente em plena forma, canto diferente das notas que me pareciam, hoje me vejo melhor, e consigo perceber o tanto de beleza que se espelha em mim, inclusive a beleza do meu linfedema mmii, e o que posso conquistar dentro das minhas condições, é arduo eu confesso, tirar a calça jeans !!! ufa !!!
    Lembrando que não tive indicação cirurgica com a Dr. Corine Becker, por um instante eu pensei que pudesse esqueçer um erro errado indo embora de casa, cortando os cabelos, escrevendo cartas… mas resolvi continuar a minha caminhada, agregada as suposições oriundas.
    saúde a todos, e que possamos em breve obtermos a satisfação plena.

  222. Ademaria Gallo comenta:

    10 maio, 2009 @ 11:31 AM

    Sinto-me muito feliz em saber do seu novo estado de espírito Ruy.Parabens! Essa conquista é sua buscando em seu interior o que há de melhor em voce.Bençãos Divinas e muita paz.
    Ademaria

  223. Ademaria Gallo comenta:

    10 maio, 2009 @ 11:35 AM

    Para todas as mães que fazem partem desse fórum, desejo um FELIZ DIA DAS MÃES.Que esse dia seja vivenciado com muito amor, prazer e alegria ao lado dos que lhe são caros.Com muito carinho, respeito e amor.
    Ademaria Gallo

  224. Carolina Moraes comenta:

    13 maio, 2009 @ 4:07 PM

    Boa Noite..
    Gostaria de saber como é feita a drenagem linfática nos pés.

    Aguardo resposta..

    Obrigada pela atenção!!!

  225. elisete do rocio prochno comenta:

    25 maio, 2009 @ 10:47 PM

    HOJE DESCOBRI QUE TENHO LINFEDEMA NA PERNA DIREITA .FIZ UMA CIRURGIA DIA 03 DE DEZEMBRO E EM JANEIRO COMEÇARAM OS INCHAÇOS.FIQUEI DESESPERADA MAS AGORA ESTOU CONSCIENTE DE QUE PRECISO TER MUITA CALMA E FÉ DE QUE VOU FICAR CURADA.LI TODOS ESTE DEPOIMENTOS E FIQUEI MUITO INTERESSADA NA DRA,CORINNE.VOU VOLTAR COM MAIS TEMPO PARA LER TODOS OS DEP. POIS HOJE JA FOI EMOÇAO DEMAIS PARA MIM.POIS QUANDO LI QUE ESSE PROBLEMA NAO TEM CURA FIQUEI MUITO ANGUSTIADA.UM BEIJO A TODAS VCS.FIQUEM COM DEUS.

  226. josiane vinco comenta:

    26 maio, 2009 @ 1:20 PM

    oi
    boa tarde
    meu bome e josiane e tenhu 21 anos, desde de 11 anos sofro de linfedema nas pernas,
    gostaria d esaber algum jeito e se tem para desincharum pouco minhas pernas e se tem algum tratamento com remedio ou algo assim para esse tipo de doença
    se pode me eclarecer fico muito agradecida.
    e peço aos meus amigos(as) que possam me adicionarem no mseu msn para podermos conversar meu msn e jfvinco@hotmail.com muito obrigaduuuu
    Bjos e boa tarde a todos..

  227. josiane vinco comenta:

    26 maio, 2009 @ 1:48 PM

    oiii
    desculpem pelos meus erros de portugues
    valeuu
    abraços e fiquem com Deus

  228. KELLY CRISTINA comenta:

    26 maio, 2009 @ 4:38 PM

    OLÁ PRECISO SABER SE QUEM TEM LINFEDEMA PODE FAZER MUSCULAÇÃO,OU SÓ PDE FAZER HIDRO.EU TENHO LINFEDEMA HÁ UNS 10 ANOS E TENHO 32 ANOS JÁ TENHO TBM DUAS FILHAS E PRECISO FAZER ALGO PRA VOLTAR A MINHA FORMA.AS MENINAS JÁ ESTÃO GDES UMA COM CINCO OUTRA COM SETE MAS NÃO ME SINTO BEM COM O MEU CORPO ENTAÕ PRECISO SABER SE POSSO FAZER MUSCULAÇÃO.POR FAVOR PRECISO DE AJUDA.

  229. Ademaria Gallo comenta:

    26 maio, 2009 @ 9:07 PM

    Boa noite.
    Mariuza agradeço a voce pela sugestão do site viva com linfedema.Li todos os depoimentos e alguns títulos do fórum.Fiquei encantada e emocionada com as histórias.Uma experiencia maravilhosa.Quem não entrou vale a pena.

  230. Ademaria Gallo comenta:

    27 maio, 2009 @ 12:41 PM

    Ruy
    Parabens!Sucesso no dia de hoje.Se não morasse tão longe com certeza eu iria.E quanto ao filme que voce comentou é muito bom.Tive a oportunidade de assistir.
    Saúde para voce também.
    Ade

  231. Luciane R.S comenta:

    28 maio, 2009 @ 3:51 AM

    Tenho LINFEDEMA NA PERNA esquerda,conforme todos os meus abusos, não posso pegar peso,
    não posso passar nervoso, não posso ficar muito tempo sentada ou em pé e fazer tratamento para vida toda..etc…Tive que tomar CONSCIENCIA, eu sou paciente de dois Medicos especialistas
    em Cirurgia Vascular, sempre é o mesmo diagnóstico…Sempre faço exame para não dar trombose. Meu estagio é inicial, ele disse que piora, após 03 anos, só descobri que tinha esse problema 18.08.06,mais não dei importância, só dei em 2007…(aonde agravou o inchaço) pois em 2006 só sentia a inchaço e dor de dia,após um ano, sinto dor e inchaço por 24hs.Em todos os momentos sinto dor, deitada,comendo, andando..etc…ameniza só um pouco quando elevo minha perna para cima,ja fiquei dias deitada, para passar a dor. Incrível, pois fiz o exame linfocintilográfico, (linfocintilografia)achei que era besteira, pois sofri muito quando fiz, tomei injecção no meio dos dedos do pé,sem anestesia ou pomada foi a sangue frio, e após cinco horas de exames foi diagnosticado meu problema, Medicina Nuclear Computadorizada
    O medico disse, você terá um longo caminho a percorrer de tratamento difícil, que eu precisaria ter tempo e a partir de agora teria de fazer sacrifícios ! …foi necessário, teria que usar meia,eu achei que era besteira, mais vejo que é verdade…Meu Medico disse que meu Tratamento sera sempre paliativo, pois o meu é Genético e que só pareceu após 30 anos pois é a fase que apareceu, e o meu não terá Cirurgia ou Cura…Já estou afastada 1 ano e 03 meses, vivo deitada com a perna para cima, a 02 meses apenas estou fazendo Drenagem linfatica, amenizou so um pouco, espero que amenize bastante. Tenho apenas 36 anos…sofro muito, isso me gerou insonia, depressão, vergonha, etc…1- Gostaria de saber por favor de vcs, se o tratamento de drenagem vai ajudar a amenizar minha dor e terei que fazer para vida toda?
    2- Estou afastada pelo inss, pois meu trabalho é sentada 10 horas e não podia levantar,
    sendo que quando descobri meu medico queria afastar, eu trabalhei mais um ano
    com muita dor, queria saber se isso que prejudicou mais ainda meu problema?
    3- Os medicos quando ve meu relatorio, meus exames, e examinam minha perna me afastam,
    isso pode me aponsentar, pois so volto no ano quem vem na pericia, e a perita disse que ia me
    aposentar, chorei muito, me sinto uma inultil?
    4- Não sabia que podia andar de bicicleta, sabia que apenas so podia fazer hidroterapia, pode andar de bicicleta, isso ajuda?
    5- Tenho muito medo se minha perna ficar maior que ja esta, pois vi umas paginas que a perna fica deformada, se eu fizer tudo direitinho, ficarei so assim, e não vai piorar?
    6-Quando eu ficar mais velha, sera que vai piorar muito?
    Por favor, descobri esse essa pagina, me identifiquei muito com varias pessoas, achei que
    eu era a unica nesse mundo.Agradeço muito se um Dr.(a) me responder…
    Desde Já Agradeço

    Luciane R.S.

  232. claudia comenta:

    30 maio, 2009 @ 11:59 AM

    oi pessoal tenho 27 anos , faz uns 5 anos que meus pés são inchados ja tinha ido em varios medicos e nem um descobril o que eu tinha, mas resolvi procurar uma vascular e ela me pediu um exame chamado cintilografia e descobril que estou com linfedema primario e me mandou fazer drenagem linfatica e usar meias comprensivas diariamente .Gostaria de saber se alguem sabe me dizer se meus pes vão desinxar pois sei que cura não tem mas gostaria que eles desinchaxe um pouco e gostaria de saber se tem algum medicamento tambem que ajude no desinxacho dos pés desde já obrigado pessoal!!!

  233. claudia comenta:

    30 maio, 2009 @ 12:09 PM

    oi pessoal gostaria de saber se quem tem linfedema primario pode engravidar ?se não tem perigo de piorar as coisas

  234. Luciane R.S comenta:

    31 maio, 2009 @ 10:56 PM

    Puxa..cada vez que recebo um email, penso que é um Medico aqui, me explicando algumas duvidas, bom ainda tenho esperança que responda meu email…..o que eu puder vou responder algumas pessoas pelo que ja passei, aprendi e estou ainda aprender….
    Claudia 27 anos (30 maio): Claudia, gostaria de saber se vc fez a linfocintilografia, pois fiz a cintilografia e não apareceu o problema expecifico do nosso problema, quando fiz sim outro exame apareceu meu problema, posso minha colega te passar o que ameniza, não pode pegar vento frio na perna que vc tem o problema, é muito bom e eficaz colocar a perna eleva, isso ajuda e muito, infelizmente não pode ficar muito tempo sentada ou em pé, não cruze nunca as pernas quando sentar, isso prejudica, eu estou tomando Capilarema, mais claro so seu medico pode lhe receitar, não deixe de colocar a meia, ela ajuda e muito…o pe vai melhorar, a perna tbem, mais infelizmente sera todos os dias e para sempre nosso problema, mais estou mais tranquila, pois descobri esse site maravilhoso, que tem muita gente parecida comigo, e não me sinto mais só nesse mundo….bjs

  235. Ademaria Gallo comenta:

    4 junho, 2009 @ 9:24 AM

    Bom dia.
    Hoje o dia promete ser de muita luz, paz e harmonia. Apesar de acordar com um climazinho frio e chuva encobrindo o tempo, minha alma está clara, brilhante e em paz com o dia de hoje.O único que tenho para viver e por isso vou contribuir para que seja o melhor dia já vivido.Dia de esperança, bem estar e contentamento.Dia de muito amor.Amor por mim e agradecimento ao AUTOR da VIDA.Fico pensando quantas vezes me desesperei diante de determinados problemas que se apresentavam inesperadamente.Meu linfedema foi um deles.Sentia-me só com meu problema e por mais que procurasse alguém que tivesse a mesma situação não encontrava.Ou então as pessoas se escondiam por não se aceitarem como são, pensava assim.Foi uma fase que passei durante quase três anos e hoje começo a me ver diferente.Não como alguém que só tem um corpo como divulga a mídia e sim como alguém que tem um espírito envolvido pelo corpo.Meu ser vale mais que meu corpo embora precisem estar em perfeito equilíbrio.É necessário que eu esteja bem nos três níveis:Físico, mental e espiritual.Tenho procurado esse equilíbrio a cada dia que Deus me dar como presente DIVINO para que eu possa aprender mais e mais sobre mim e conviver bem com os que estão ao meu redor.Naturalmente que há dias em que me desequilibro emocionalmente e isso me faz perder a sintonia com DEUS.Porem Ele coloca em meu caminho pessoas que estejam fortes emocionalmente para me ajudar.E assim, um dia eu ajudo e em outro sou ajudada.É confortável saber que esse é propósito da vida.Esse envolvimento dos seres humanos nos trouxe até aqui onde nos conhecemos e fomos aprofundando nossas amizades.Alguns morando longe e a troca dessa energia positiva se dar por meio de MSN,telefone,e-mail e aos que moram perto, visitas e trocas de informações.Então, descobri que não estava só! Embora Deus sempre estivesse comigo dando a força que precisava. Para os que me escrevem em busca de noticias da Dra.Corinne perdi o contato com ela desde que ela disse que eu não precisava mais de transplante e sim de uma liposucção fina para que minhas pernas ficassem mais delgadas e optei por não fazer esse procedimento em membros(duas pernas) que tem insuficiência linfática.Quando falei sobre a mesma era para divulgar o que eu estava tendo a oportunidade de conhecer e como portadora de linfedema vivia desesperada a busca de um milagre. Apeguei-me a essa oportunidade como a única esperança que existia para mim mediante palavras ouvidas de um dos médicos consultados. Fora A Dra que me apresentou a Dra.Corinne dizendo ser minha esperança.Hoje sei que minha esperança é procurar ser cada vez mais um ser humano elevado por que isso é que me conecta com o DIVINO que há mim.Assim aprendi que não dava mais para viver chorando,engordando e evitando sair de casa, tudo isso só piorava minha situação alem de aumentar o edema da perna uma vez que a gordura comprime mais ainda os vasos linfáticos dificultado a passagem da linfa.”MENS SANA EM CORPORE SANO”.Uma mente sã em um corpo são.Meu trabalho de cura começa no mental e assim estou contribuindo para a melhora do meu corpo.Desejo a todos muita LUZ, paz e saúde e acreditem que a força está dentro de vocês.Agindo assim, estarão abrindo a porta para Deus.
    Ademaria Gallo

  236. Sano Maia comenta:

    4 junho, 2009 @ 6:58 PM

    Prezados Senhores,
    Tenho a quatro anos aproximadamente um linfedema Penoescrotal,
    gostaria de saber se tem alguma massagens especifica que pode diminuir
    pois já não consigo urinar em pé, tem que ser sentado e esperar formar a
    bolha de urina e dissovlver com a mão.
    Tem algum remédio que eu possa tomar.
    Aqui em minha cidade a medicina está muito a desejar… moro no interior de
    Rondônia.

  237. Claudia Cossta comenta:

    24 junho, 2009 @ 7:04 PM

    Gostaria de saber se a drenagem linfática é aconselhada como coadjuvante no tratamento da erisipela? Ela não iria auxiliar na propagação da bactéria? E caso o paciente já esteja sendo medicado, seria adequado o tratamento com a drenagem?

  238. Amaia Irazabal comenta:

    25 junho, 2009 @ 3:01 AM

    Claudia:
    Cuando hay erisipela NO se debe de hacer drenaje linfático,está CONTRAINDICADO.El tratamiento es antibiótico y, si es necesario,un coadyuvante para la fiebre y/o calmar el dolor.Hay que esperar prudentemente hasta que la erisipela mejore,los síntomas desaparezcan y la piel vuelva a estar en condiciones.Después no sólo conviene el drenaje…Es necesario para ayudar a bajar el volumen que la erisipela ha aumentado y las fibrosis que ha podido producir en el tejido.Sería bueno incluso hacer un tratamiento intensivo cuando la infección ya se ha curado.

  239. Marinalva M. S. Pinheiro comenta:

    29 junho, 2009 @ 1:59 PM

    Tenho muitas duvidas e gostaria que alguem me ajudasse, pois ainda estou apavorada com o que eu e minha familha descobrimos. Meu filho de 12 anos está com linfedema estamos realmente tristes e assustados. Ele já está usando as meias elásticas nos membros inferiores. Neste final de semana ele teve uma febre de gripe com temperatura de 38graus, mas as pernas estavam com sensação de 40graus. Fiquei apavorada e queria saber se isso é normal. Gostaria de saber se alguem tem alguma sugestão para me dar.
    Agradeço a atenção e espero respostas.

  240. Marinalva M. S. Pinheiro comenta:

    29 junho, 2009 @ 2:00 PM

    Tenho muitas duvidas e gostaria que alguem me ajudasse, pois ainda estou apavorada com o que eu e minha familha descobrimos. Meu filho, Daniel, de 12 anos está com linfedema estamos realmente tristes e assustados. Ele já está usando as meias elásticas nos membros inferiores. Neste final de semana ele teve uma febre de gripe com temperatura de 38graus, mas as pernas estavam com sensação de 40graus. Fiquei apavorada e queria saber se isso é normal. Gostaria de saber se alguem tem alguma sugestão para me dar.
    Agradeço a atenção e espero respostas.

  241. Amaia Irazabal comenta:

    29 junho, 2009 @ 5:30 PM

    Hola Marinalva!
    ¿Ha visto el médico a tu hijo? ¿Tenía puntos,manchas o zonas rojas en la piel de las piernas? Tal vez se trata de una infección como: Linfangitis o Erisipela o Celulitis.Son frecuentes en el linfedema y SIEMPRE deben de ser tratadas con rapidez con antibiótico.El médico debe de indicar el tipo y tiempo de tratamiento.Si hay infección los vendajes y las medias no se toleran bien y ,si es así,NO deben de utilizarse hasta que la infección mejore y se toleren mejor.NO debe de hacerse drenaje linfático manual (DLM) con infección o con fiebre.Pero cuando la infección se ha curado y desaparecido por completo será bueno hacer drenaje para volver a eliminar el volumen que aumentó con la infección y ablandar las piernas si se han endurecido un poco.Ya sin infección,continuar con el vendaje multicapa hasta bajar volumen y poder utilizar de nuevo las medias.También importante cuidar mucho esa piel con muy buena higiene e hidratación para que se mantenga elástica y resistente y tener mucho cuidado de no producir lesiones(heridas,picaduras de insecto,quemaduras…)que dañen la piel.Cualquier pequeña lesión en la piel puede actuar como puerta de entrada de las bacterias para una infección.También especialmente importante el cuidado de los pies,especial cuidado con las micosis(hongos).Hay que evitar las micosis secándose bien los pies después de la higiene,sobre todo los espacios entre los dedos y pliegues. Las personas con linfedema tenemos nuestro sistema inmunológico(nuestras defensas)más debilitado,por eso debemos de tener presentes algunas normas para protegernos y evitar infecciones que empeoren nuestro linfedema.

  242. Vera Aguiar comenta:

    1 julho, 2009 @ 2:36 PM

    Para Marinalva M.S. Pinheiro.
    Colega, minha filha de 23 anos tem o mesmo problema desde crianca, a solucao é o tratamento com a Auto-hemoterapia, procure o video do Dr. LUiz Moura na internet. Antes de iniciar este tratamento ela vivia internada … era uma tortura,as vezes ela para o tratamento e qdo comeca os sintomas, reinicia a hemo e logo volta ao normal. Boa sorte. Se quiser contato me escreva para veraguiar62@hotmail.com

  243. Anônimo comenta:

    3 julho, 2009 @ 10:35 PM

    Amaia Irazabal
    A sua intervenção é muito sensata
    Obrigado
    José Monteiro

  244. Amaia Irazabal comenta:

    4 julho, 2009 @ 4:02 AM

    Para José Monteiro:
    Muito obrigada.
    Yo solo trato de compartir conocimientos y experiencias porque pienso que esto nos ayuda a llevar mejor nuestra dolencia a todas las personas afectadas.

  245. Fernanda Gueiros comenta:

    7 julho, 2009 @ 3:19 PM

    Gente. Existe um site voltado para pessoas com linfedema ( http://www.vivacomlinfedema.com ). Além do site, existe o blog com muitas informações de grande importância (www.blog.vivacomlinfedema.com ). Existe também o fórum onde pessoas do mundo todo trocam ideias e experiências sobre linfedema (www.forum.vivacomlinfedema.com ). Espero vocês lá!

    Abraço,

    Fernanda Gueiros

  246. Ligi Aparecida comenta:

    15 julho, 2009 @ 4:38 PM

    Minha mãe fez uma cirurgia do coração,ponte safena tripla,e foram retiradas veias da perna,gostaria de saber se onde foi retirado,fica normal,se a veia retirada não faz falta ?Ou se ela se reconstitui?

  247. Sueli Marques comenta:

    16 julho, 2009 @ 1:22 AM

    Olá Pessoa

    Gostaria de salientar a opção do tratamento por acupuntura a vocês, pois tenho pacientes que trato, com excelentes resultados.

    Abs

    Sueli Marques

  248. ana lucia comenta:

    18 julho, 2009 @ 6:23 PM

    ola sueli vc e aculputurista? é de onde? pode nos fornecer mas informações obrigada Ana Lúcia

  249. alexia comenta:

    21 julho, 2009 @ 5:47 PM

    Oi, meu nome é Alexia e tenho uma filha que nasceu com o linfedema no antebraço e na mão esquerda,eu estou fazendo a drenagem linfatica nela e diminuiu bem o inchaço mas faz uns 5 dias a maozinha dela começou a inchar muito, e estou muito angustiada pois não sei o que fazerpara ajudar aminha pequena que só tem 8 meses,e aqui onde moro não tem médico para este problema,pois moro no interior,e só tem lá na capital Curitiba,gostaria muito que vçes me dessem uma explicação o porque deste enchaço e o que posso fazer diminiir o inchaço da mão dela,me ajudem por favor,desde já agradeço.

  250. Dr. Armando Miguel Jr comenta:

    22 julho, 2009 @ 7:33 PM

    Alexia, continue com a drenagem linfática. Consulte o especialista e faça com ele uma programação de tratamento. Não deixe a doença causar sequelas. Pode ser que brevemente a medicina tenha tratamento para o caso, mas se as sequelas forem graves os resultados podem ser pobres.

  251. Vera Aguiar comenta:

    22 julho, 2009 @ 8:04 PM

    Vamos criar uma ONG para ajudar pessoas com linfedema congênito ? Assim poderemos arrecadar fundos para pesquisa com células tronco. Se que já existe uma ONG para ajudar pessoas com linfedema contraído por parasitas.
    Meu e-mail : veranandi@bol.com.br

  252. Vera Aguiar comenta:

    22 julho, 2009 @ 8:09 PM

    retificando uma frase : Sei que ja existe uma ONG para ajudar …

  253. Luciane R.S. comenta:

    22 julho, 2009 @ 10:24 PM

    Dr.Armando Miguel….
    Bom Dia, vejo todos os dias os email de todos, e com muita esperança
    de o Sr.poder me responder, como todos aqui esperam uma mensagem
    uma palavra, agradeço se o sr. responder meu recado acima…31 maio 09
    Agradeço muito, todos nos precisamos de um palavra de esperança…
    Obrigada por ter essa pagina, e não me sentir só com meu problema.
    Desde já Agradeço
    (POR FAVOR DR. GOSTARIA MUITO DE UMA PALAVRA SUA.)

    Luciane R.S.

  254. Adriana Ramos Cruz comenta:

    7 agosto, 2009 @ 8:51 PM

    Boa noite!
    Sinto muitas dores na perna direita, inchaço, gostaria que me dessem
    uma luz, falassem algo sobre isso, o que me pertuba mais são os
    desconfortos na hora de dormir, as vezes o inchaço demora p/ sumir,
    sempre na perna direita…beijos e muito obrigadu!

  255. mari luzia comenta:

    11 agosto, 2009 @ 1:39 AM

    Sou massoterapeuta e gostaria de saber se a drenagem linfática pode ser aplicada em pessoas que sofram de exesso de ferro no organismo. Existe alguma contra indicação em que se aplique a drenagem semanalmente?
    Não encontrei nada que disse que não se deva aplicar, sou criteriosa e antes de saber não
    aplico a drenagem.
    Tem como responder isso com urgencia?
    Grata pela Atenção
    MARI LUZIA

  256. Ivonaldo comenta:

    15 agosto, 2009 @ 12:57 PM

    Hoje é o meu primeiro acesso, dois situações prendeu mais a minha atenção, o relato da Sra. Rosângela em 09/01/2008 e o empenho da Sra. Ademária Gallo.
    Fui acometido em acidente de trânsito aos 21 anos de idade, hoje tenho 46 anos e
    pelas experiências vividas e comentadas por todos, se contar minha história agora, será um plágio.
    Em especial Rosângela. A vida é linda, infelizmente acontecimentos idênticos conosco, temos opções para viver bem e vivo, entendo que o ocorrido foi uma ironia do destino e desenvolvi habilidades para administrar minha reação emocional, quando lembro de como eu era e como estou. Ainda tenho esperança, vamos em frente, certamente encontraremos pessoas boas que estão dispostas em ajudar a exemplo de Ademária. Nunca é tarde!
    Peguei todas informações e espero interagir com todos.
    Agradecimentos aos criadores deste site, por este ponto de encontro entre pessoas com problemas idênticos para trocar experiências e informações.

  257. Elisabete Palma comenta:

    23 agosto, 2009 @ 10:57 AM

    Olá a todos.
    Eu tenho linfedema secundário no braço direito, devido á retirada de ganglios da axila.
    Fiquei sabendo á pouco tempo que uma senhora Brasileira (Anne Marine) com o mesmo problema foi operada ao braço através de microcirurgia em Génova, a técnica utilizada é anastomoses linfovenosas. Pelo seu depoimento os resultado foram quase 100% eficázes.
    A minha questão é a seguinte? Se realmente existe esta hipótese de tratamento para o linfedema secundário, porque é que não é divulgada e prescrita por outros médicos? Porque é que nos dizem que não existe cura para o problema?
    Tenho comhecimento que também em Portugal há um médico (apenas um) que pratica a mesma técnica de anastomoses nos linfedemas secundários, opera um consultório particular em Coimbra e os custos da operação não são acessiveis a todos.

    Gostava de saber se alguém já experimentou esta técnica cirurgica ou se conhecem alguém que já a tenha feito e se os resultados foram tão bons quantos os da Anne Marine.

    Beijos a todos
    Elisabete Palma

  258. Adriana Greco comenta:

    9 setembro, 2009 @ 8:47 PM

    Boa Noite!
    Desde pequena , sempre tive as pernas muito grossas , principalmente na altura do
    tornozelo, as chamadas ” canelas grossas ” , apesar de não ser gorda.
    Isto sempre me incomodou , porque gostaria de ter pernas mais finas do joelho para baixo
    e tornozelos mais delicados , mas tudo bem !!!
    O fato é que no último dia 07/09/09 assisti na TV a cabo uma reportagem nos EUA de uma
    mulher que apresentava um tumor imenso em uma das pernas , com os pés totalmente deformados, a perna absurdamente inchada , com formação de tecidos diferenciados , tumorais , enfim , um caos.
    Fiquei tão assustada que não prestrei atenção se era algo como linfedema , mas “guardei ”
    de seu testemunho que suas pernas começaram a inchar com o decorrer da idade e quando
    ela encontrou um ” abençoado ” que fizesse o tratamento gratuitamente
    ( uma Clínica Especializada) , deu início ao tratamento pela massagem linfática e posteriormente , faria uma cirurgia, algo parecido como lipoaspiração do excesso de
    gordura acumulada na perna . Pois bem , o fato das minhas pernas serem grossas do joelho para baixo , seria um fator indicativo para o desenvolvimento de uma doença como esta ?
    Tenho 45 anos e estou bem preocupada . Obrigada pela atenção . Aguardo resposta .
    Adriana

  259. Maria Luzia comenta:

    15 setembro, 2009 @ 9:43 AM

    Tenho linfodema no brãço direito, devido a retirada dos gânglios por causa de câncer de mama. Estou de licença médica devido a inchaço e meu médico mandou fazer uma fisioterapia com uma luva pneumática. Procurei em várias clínicas na cidade do Rio de Janeiro e não consegui localizar nenhuma que faça este tipo de drenagem.
    Gostaria de saber se conhecem alguma clínica para me indicar.
    Luzia

  260. Aira comenta:

    16 setembro, 2009 @ 2:37 AM

    Hola Maria Luzia:
    Yo también tengo,desde hace 13 años,el mismo tipo de linfedema que tu.El tratamiento indicado internacionalmente más reconocido es el que llaman Terapia Descongestiva Compleja (TDC)que incluye:Drenaje linfáticoManual(DLM),vendajes compresivos (en la fase intensiva de tratamiento y tal vez en la de mantenimiento para dormir),”meia alástica con o sin luva”según el caso,confeccionada a medida y en tejido plano(en la fase de mantenimiento,durante el día),ejercicios y cuidados de la piel.
    La compresión pneumática es una técnica de tratamiento muy controvertida que NUNCA debe de utilizarse aisladamente sin DLM y mal empleada puede ocasionar daños importantes.NO es el tratamiento más indicado.No hay aún hoy en día ningún aparato que pueda sustituir las manos de un fisioterapeuta experimentado en DLM.Hay una web informativa muy buena en portugués de Brasil: http://www.vivacomlinfedema.com en la que podrás encontrar información y ayuda.
    Espero y deseo que tengas mucha suerte y todo te vaya muy bien.Lo más importante en el linfedema es comenzar a tratarlo de forma precoz,cuanto antes lo trates mejores serán los resultados.Taambién es muy importante saber que hay que mantener los cuidados TODA LA VIDA,ya que se trata de una patología crónica que a día de hoy no tiene cura pero si se cuida se puede convivir con un linfedema con bastante dignidad.Requiere mucha autodisciplina porque si se abandonna,empeora con facilidad.
    ¡MUCHO ÁNIMO Y BUENOS RESULTADOS!
    Grande abraço.

  261. Aira comenta:

    16 setembro, 2009 @ 2:53 AM

    María Luzía:
    Una cosita más:es importante que la persona fisioterapeuta que vaya a tratar tu linfedema con DLM tenga experiencia en tratar linfedemas ya que el DLM tiene múltiples aplicaciones,pero cuando hay liinfedema,SIEMPRE se debe de colocar el vendaje compresivo multicapa tras la sesiín manual de drenaje para ayudar al bombeo muscular de la linfa y para contener la reducciín de volumen que con el tratamiento se vaya produciendo.Por esto te aconsejo que busques fisioterapeutas familiarizados con linfedema y no tratamientos de estética donde también hacen drenaje(a veces también compresión pneumática).No quiero decir que en un gabinete te estética no saben hacer Drenaje Linfático Manual,pero la finalidad del tratamiento es otra en este caso y cuando hay un linfedema,la sesión de DLM hay que saber entenderlo como tratamiento de una enfermedad,lo cual requiere unos conocimientos de Anatomía para saber por donde llevar las manos correctamente y el vendaje multicapa posterior es ABSOLUTAMENTE IMPRESCINDIBLE para mantener y mejorar la reducción obtenida.

    Espero haber podido ayudarte.Saludos.

  262. Lívia comenta:

    16 setembro, 2009 @ 2:33 PM

    Boa tarde pessoal !

    Quero que alguém me informe se o linfedema é considerado uma deficiência.Beijos
    creiam em Deus,que estando com ele tudo torna-se mais fácil

  263. Fernanda comenta:

    9 outubro, 2009 @ 7:41 AM

    Tenho um filho de 15 anos que tem linfedema congenito, gostaria muito que entrasse em cotato comigo mim indicando bons medicos para ajudar meu filho que ja esta sem esperança , ele esta com depressão e ja nem sai mais de casa. Pelo amor de Deus mim ajudem não aguento mais ver meu filho sofrer.

  264. DANIELLE comenta:

    10 novembro, 2009 @ 2:06 PM

    Boa tarde a todos..

    Passei por aqui e vi que eu não sou apenas uma com este mesmo problema.
    Tenho 21 anos e estou no inicio de um linfedema e gostaria de saber com qual tipo de especialista poderia estar fazendo o tratamento devido de drenagem?
    Tenho muito medo de fazer o tratamento com algum especialista errado e acabar prejudicando meu problema?

    Aguardo respostas….

    Muito Obrigada…

  265. Aira comenta:

    10 novembro, 2009 @ 7:22 PM

    Para Danielle:
    No sé en qué lugar de Brasil vives y es un país muy grande,pero te dejo dos direcciones a ver si pueden ayudarte:

    http://www.vivacomlinfedema.com es una web muy buena y completa sobre linfedema en la que encontrarás información sobre profesionales fisioterapeutas que tratan linfedema si miras en “lista útil”. Espero que la página funcione bien,porque a veces tiene problemas.Si no funciona bien puedes ponerte en contacto en la web con Fernanda Gueiros.

    Si vives cerca de Sao Jose do Rio Preto puedes consultar en http://www.drenagemlinfatica.com.br

    Vivo en España y no hablo portugués,pero espero haber podido ayudarte.

    Saludos.

  266. Ilzilene comenta:

    21 novembro, 2009 @ 8:44 PM

    Eu também sou portadora de linfedema, e entre várias dificuldades que a doença tem, há uma que podemos tentar resolver juntos, tornar a doença conhecida, fazer algo para que a tv divulgue e tenhamos voz de forma que ajude a aumentar as pesquisas nesta área, quem sabe já há e não sabemos, enfim… Pra quem tem acesso, ou mais habilidade de agir e executar esta sujestão, por favor faça eu já tentei várias vezes mas até hj sem sucesso.

  267. Aira comenta:

    23 novembro, 2009 @ 5:02 PM

    Hola Ilzilene:

    ¿Y por que no os animais a crear poco a poco asociaciones de personas afectadas de linfedema de cualquier tipo:primario o secundario? Creo que puede ser una buena forma de conocer y hacer divulgacion de lo que es esta enfermedad ademas de ser un modo de ayudarse unos a otros desde las diferentes experiencias.Crear asociaciones de ayuda para personas con linfedema y sus familiares o personas con las que se convive.

  268. Zézi comenta:

    4 janeiro, 2010 @ 4:03 PM

    Ora Viva!!
    Desejo que 2010 seja um bom Ano para todos.

  269. Fernanda comenta:

    6 janeiro, 2010 @ 8:01 AM

    Bom dia a todos!

    Tenho 28 anos e, como muitos aqui, recebi de meu médico a notícia de que sou portadora de linfedema nos membros inferiores.
    Há muito tempo convivia com o inchaço nos pés, uns oito anos … pelo menos, nunca antes havia me interessado em saber a causa dos edemas, achava que era por conta dos meus inúmeros entorses, hormonal (pq faço uso de pilulas anti concepcionais) … os inchaços ocorrem mesmo no verão e de uns tempos para cá, o incômodo tem sido maior, pois acompanhando os inchaços, tenho sentido muitas dores nos joelhos.

    O meu médico diz que meus inchaços ainda estão no nível moderado, contudo não há cura …. isso, confesso, me apavora! até porque, em breve, pretendo engravidar e já fui avisada que os inchaços podem aumentar … tenho medo, inclusive, que depois da gestação, a doença se agrave … Alguém que já tenha passado por esta experiência, poderia me esclarecer a respeito?

    Atualmente, faço uso de meias elásticas de média compressão e DAFLON 500 mg, além, é claro, de sessões de drenagem linfática … existe algum outro tratamento para linfedema ? Na internet, não encontro respostas …

  270. Aira comenta:

    6 janeiro, 2010 @ 7:40 PM

    Hola Fernanda:
    Veo que estas preocupada pensando que la engravidez puede empeorar tu linfedema.Tengo amigas con linfedema primario de piernas que han tenido preciosos bebes,incluso una amiga tuvo gemelas. Es cierto que la engravidez puede hacer que el linfedema aumente,pero tambien es cierto que,con cuidado de no aumentar demasiado peso,continuando con drenaje y con las medias adecuadas,no tiene por que empeorar demasiado.Creo que una dieta correcta y ejercicio adecuado tambien pueden ayudar y despues de tener el bebe se puede volver a mejorar.
    Hay una excelente web brasileira en la que tal vez podras encontrar ayuda o respuesta a dudas (duvidas ?) que puedes tener.Puedes visitar http://www.vivacomlinfedema.com
    Tal como dices,el drenaje linfatico manual y la compresion (meias y enfaixamento) son el tratamiento adecuado de linfedema y tambien es importante el ciudado de la piel y el ejercicio fisico adecuado. Lo de tomar Daflon 500,no se…Supongo que si el medico te lo ha recetado sera para mejorar tu circulacion venosa porque considera que lo necesitas.El Daflon no actua directamente sobre el sistema linfatico,sino sobre el circulatorio venoso.
    Espero y deseo que tengas muy buena suerte.

  271. bruna comenta:

    18 janeiro, 2010 @ 9:50 PM

    Olá eu ja fiz um comentario em 2008 falando de minha filha que nasceu com linfedema congenito se alguem quiser trocar informações e conversar meu email é brunasbm@hotmail.com

  272. Debora comenta:

    1 fevereiro, 2010 @ 2:48 PM

    minha amiga fez uma mamografia onde o resultado foi lifonodolo axilares,calcificação benigna,gostaria de saber qual sera a possível conduta que o médico poderá adotar e porque?Obrigada

  273. Debora comenta:

    1 fevereiro, 2010 @ 2:54 PM

    Meu irmão possui tem 22 anos possui periocardite…e fez tratamento a base de aas infantil 12 por dia, não é usuário de drogas gostaria de saber o porque ele sempre fica cansado,sente dores no peito,realizou o tratamento durante alguns meses,e teve reincidiva da doença,e o médico informou que a cura depende o próprio organismo,e orientou a ter uma vida normal.obrigada

  274. luana comenta:

    3 fevereiro, 2010 @ 12:18 PM

    Olá Fernanda!

    Meu caso é parecido com o seu,. Quando meu pé começou a inchar procurei u m reumatologista e fiz tratamento durante uns 5 anos e quando percebi que não estava adiantando e procurei um Reumatologista que me deu o diagnostico: Linfedema Precoce….estou um pouco asssustada pois não consigo muita informação sobre o assunto…Vou começar a fazer Drenagem e usar meias elasticas.

    Fernada, o seus inchaços diminuiram depois da drenagem e do uso das meias?

    Se vc quiser (ou alguém quiser) anote meu e-mail pra trocarmos informaçoes lunasec@hotmail.com

  275. fernanda meirelles comenta:

    4 fevereiro, 2010 @ 8:21 AM

    Oi, Luana

    Desde dezembro/2009, estou usando as meias de compressão todos os dias para trabalhar e fazendo 2 vezes por semana sessões de drenagem linfática e os inchaços diminuiram bastante … e as meias até nem são tão desconfortáveis … até consigo ver o osso dos meus tornozelos … coisa que há muito não conseguia. O inchaço, por óbvio, não some por completo … mas reduz bastante.

    Com relação a estar assustada, também fiquei e muito … não se tem muitas informações a respeito e as explicações médicas para o assunto não são lá muito esclarecedoras. O fato é que o linfedema não tem cura, é uma condição com a qual temos que conviver. Mas tenta te tranquilizar … com os devidos cuidados (como a questão do sobrepeso, uso de meias elásticas e drenagem), dá para se viver com o linfedema!

    Já anotei teu e-mail … se quiseres trocar alguma outra informação o meu e-mail é fernanda.meirelles@gmail.com

  276. KELY comenta:

    10 fevereiro, 2010 @ 11:15 AM

    BOA TARDE!
    Gostei muito de saber que existe tantas pessoas lutando e esperançosas pelo tratamento… e porque não, cura, da linfedema! Minha mae sofre desse problema. A cada erisipela o problema se agrava um pouco mais. A gente corre atrás de tudo que dizem que é bom, faz tratamento, drenagem linfática, enfim… controla um pouco a situação. Mais vive sobre tensão e com o medo de piorar, sem falar no constrangimento que é viver com as pernas inchadas,viver uma eterna dependente de meias de compressão! Os médicos por onde passamos não deram a miníma esperança até aqui de cura. E fico assim… sempre procurando uma solução, informação, opinião, qualquer coisa sobre pelo menos a minima notícia de um tratamento eficaz. Porque penso a ciência evoluiu tanto, será porque só não se enteressaram ainda por esse problema. Ou os médicos não falam porque o tratamento é muito caro! Não sei mais, acredito na cura! Precisamos acreditar! Meu e-mail é kely_ctm@hotmail.com

  277. FRANKESLANE APARECIDA comenta:

    10 fevereiro, 2010 @ 11:19 AM

    Boa tarde para todos,minha filha tem 13 anos e também tem linfedema de membro inferior. Essa doença foi diagnosticada a uns 2 meses atrás. Fiquei apavorada quando ouvi falar nela ,pois ,nem sabia que existia ,quando o médico disse que não havia cura fiquei mais desesperada ainda.Ela já esta fazendo uso de meia elástica e dos remédios capilarema e daflon. Hoje fazendo uma pesquisa sobre o assunto na net descobri o relato de vocês fiquei emocionada com os depoimentos que vocês deixaram. Peço que se souberem de algum tratamento novo se comuniquem comigo.

  278. simoni comenta:

    16 fevereiro, 2010 @ 5:41 PM

    Boa tarde, gostaria que me ajuda-se pois tenho que ajudar a minha mãe, e não sei por onde começar, ela tem muita dor nas pernas mau consegue caminhar, suas pernas são inchadas e doi muito e tbem tem muita dor nos joelhos, os medicos dizem que é desgaste na junta do joelho e linfedema tem tratamento , tem cura?

  279. claudiana nunes comenta:

    21 fevereiro, 2010 @ 11:08 AM

    Tenho 30 anos e desde os 15 anos de idade convivo com o Linfedema Crônico, no membro inferior direito. Nunca tive uma melhora totalmente significativa na diminuição do edema. Estou fazendo hidroginástica três vezes por semana e estou estou me sentindo melhor. Gostaria de saber se existe alguma possibilidade de cirurgia e se preciso fazer algum tipo de tratamento para engravidar ou durante a gravidez?

  280. Gisele Adriana Verdeli Teodoro Campeiro comenta:

    24 fevereiro, 2010 @ 9:21 PM

    Boa Noite! Bom, sou uma filha que tem muitas dúvidas!! E que quer ajudar o pai; Meu pai faz tratamento de úlcera varicosa, em uma de suas pernas, faz curativos com enfaixamentos, passa pomadas como uroxol, colagenáse, bóta de unna ,este tratamento teve resultado o ano passado, mas em pouco tempo a pele se abriu e as feridas se formaram novamente! Meu Pai é obeso, tem grave hipertensão, porém toma todos os medicamentos para controlá-la, sempre fica de olho na Creatinina, se não está alterada, e quanto a reeducação alimentar ele faz na medida do possível; olhe agora a perna está vazando um líquido, a pele cresceu novamente da ferida para fora, uma pele bem escura e meio encaroçada, porém parecia estar cicatrizando, mas o problema de meu pai é que não consegue elevar as pernas para diminuir o edema, devido a dor que sente, agora o ultimo curativo que vi, percebi a pele por fora endurecida e por dentro amolecida, parece ter rachaduras na perna por onde vaza um líquido esverdeado, e cada vez mais inchada, passamos ele por um médico em São José do Rio Preto e diagnosticou LINFEDEMA, O que fazemos??? Existem especialistas nesta área? Como devemos agir? Conhece algum Centro em que se cuida desta patologia? Por favor, estou muito aflita, sou filha mais velha de meu pai, ele sempre foi muito esforçado em cuidar da obra de Deus, visitando enfermos, atendendo a pessoas necessitadas, é um presbítero na Igreja, por favor me ajudem , me dêem um retorno, desde já vos agradeço, tenho fé em Deus, que ainda possa ter um solução, obrigada.

  281. lilia comenta:

    2 março, 2010 @ 2:55 PM

    Olá ……
    convivo com um linfedema á quase 5 anos ……passo por varios situações que nunca imaginei passar.
    A vida ñ é facil usar meia neste calor trabalhar o dia todo e uma coisa que parece banal + que todas devem ter o mesmo problema encontrar uma roupa …..
    Gostaria de saber se alguem conhece algum caso de pessoa que conseguiu se aposentar por linfedema.
    Depois que engravidei mesmo cuidando do peso minha perna ficou bem maior do que era e ja ñ to conseguindo fazer minhas atividades ando ate tomando remedios para dor…. alem dos remedios normais e fazendo drenagem alem do meu poder aquisitivo.
    Espero que Deus nos ajude e que a ciencia encontre uma cura.

    bj

    lilia

  282. Luciane R.S comenta:

    2 março, 2010 @ 6:34 PM

    Lilia…Eu entendo que esta passando, mais de um ano fiz a mesma pergunta, mais infelizmente aqui ninguém respondeu, aqui sempre são nossos colegas que ajudamos um ao outro…
    Mais quero que saiba, que descobri meu linfedema a 04 anos, e continuei a trabalhar um ano, por falta de informação…sofria muito, era dores horríveis e cada dia minha perna maior, pois trabalhava sentada 08 horas sentada…foi aonde por medo de me afastar me prejudicou…pois me afastei depois de um ano…aonde foi que consegui amenizar um pouco a minha dor….
    Eu entendo tudo que passa…fico muito tempo deitada de perna para cima, com meia elástica, só saiu para fazer tratamento de drenagem, que não esta fazendo muito efeito…mais conforme meu medico diz, precisamos evitar peso, ficar sentada ou em pe muito tempo, tudo isso para não piorar o tamanho da perna.
    Então Lilia, vc precisa repousar….a dor que sinto e 24hs por dia…mais tem dia que choro muito, a dor é muito intensa…
    Durmo cansada de tanto virar de um lado para outro, pq doí muito…
    Peço a Deus que ilumine todos nós aqui…
    Me escreva Lilia…bjs

  283. Ademaria Pascaretta Gallo comenta:

    2 março, 2010 @ 8:11 PM

    Se voces querem repostas e desejam sentir acolhimento,sugiro que abram uma conta no orkut e entrem na comuniade LINFEDEMA.Lá fiz amizades com pessoas que tem o mesmo problema que o nosso e conquistei verdadeiros amigos.Para quem está no início da descoberta da doença, tudo é muito assustador e piora quando não temos repostas nem ao menos a chance de trocar idéias.O linfedema quando bem cuidado,drenado e acompanhado por um bom angiologista,estaciona.Também faço parte de um site cheio de informações sobre a doença: http://www.vivacomlinfedema.com procurem as sugestões que dei, tenho certeza que vão gostar.Muita paz para todos.

  284. mariel comenta:

    29 março, 2010 @ 6:29 PM

    gostaria de uma ajuda pode fazer drenagem linfatica em pessoa com problema renal?

    ou fazer a modeladora pode ?

    ja que vcs ja ouviram fala sobre gessoterapia para redução esta terapia pode tambem neste situação a pessoa com problema renais

    segunda a pessoa ja chegou fazer alguma sessão de hemodialis………..

    gostaria muito da ajuda de vcs. estou no aguardo obrigado…

  285. Neuza comenta:

    10 abril, 2010 @ 2:30 PM

    Ola me chamo Neuza e tive trombose venosa e erisipela. Gostaria de saber se a erisipela tem cura, pois tenho medo que vira feridas. Obrigada

  286. Joana comenta:

    22 maio, 2010 @ 11:51 AM

    Oi, meu nome é Joana, tenho 25 anos e desde os 22 convivo com o linfedema, descobri á um ano atrás. Começarei a me tratar, vou fazer 10 sessões de fisioterapia para ver que resultado dará. Mas estou me sentindo muito triste nos últimos dias, vi algumas fotos na internet e chorei, a questão estética é muito importante na vida de uma pessoa, e é muito triste calçar sapatos apertados, ou usar a meia no calor… Me casei á um mês, e quero logo ter um bebê, apesar de estar estudando e ter que trabalhar, mas tenho medo de deixar para depois e ter maiores complicações.

  287. Inaura comenta:

    23 junho, 2010 @ 11:11 PM

    Há 5 anos minha perna esquerda apareceu com linfedema. Fiz um bom tratamento em Brasília com drenagem linfática manual, bandagem e algum repouso, mas nunca parei de trabalhar. Sou Missionária, freira de uma Congregação Religiosa, trabalho em colégio, e até o final do ano passado, como vice-diretora era responsável pela disciplina geral da escola, com mais de 600 alunos, além da Coordenação Pedagógica, e assim reunião de pais, atendimento a alunos e pais. reunião de professores, e supervisão dos eventos docolégio.
    Levantando às 6:15 da manhã e nunca me deitando antes das 24:00, subindo e descendo escadas várias vezes ao dia e atualmente com 65 anos. Eventualmente uso a meia e jamais t~enis ou sapato fechado. Só sandália. Sinto muitas dores, mais nos dedos, às vezes insuportáveis. Neste ano fui transferida para um outro colégio, no Rj, estou com menos trabalho. Quero apreveitar este espaço para dizer a vocês, que sofrem domesmo mal, não se entreguem ao pessimismo. Realmente às vezes me sinto muito nervosa, mas meu psicólogo é
    Jesus Cristo, meu apoio, minha força. Assim tenho conseguido encarar este mal. Apesar de tudo, podemos andar… apesar das dores, consigo trabalhar….temos que conviver com essa doença. Cuido de minha perna, trato dela como um bebê, na medida do possível, procuro manter o peso, pois percebo que , se relaxo o mínimo que seja, o mal piora, a perna incha demais, a pele se rrompe e tenho linforréia .
    Minha comida é feita TOTALMENTE sem gordura. Nem compramos óleo. O tempero é somente sal, alho, cebola, alguma erva.. Isso ajuda
    muito ! Porém o que mais ajuda mesmo é tentar olhar a vida com otimismo, pois há pessoas com males bem piores que o nosso !

  288. Inaura comenta:

    23 junho, 2010 @ 11:21 PM

    Esqueci de dizer que agora estou fazendo fisioterapia motora pois tenho também sérios problemas na coluna, dores muito fortes.Minha cama tem elevação de 8 cm nos pés, o que ajuda bastante, a comida é com pouco sal e os banhos não são muito quentes. Sofro muito também quando tenho de fzer longas viagens de ônibus, mas assim, com a graça de Deus vou vivendo hoje melhor…. amanhã um pouco pior… mas sempre com a certeza de que tem gente sofrendo muito mais do que nós, portadores de linfedema.

  289. angelina f. castro comenta:

    24 junho, 2010 @ 10:03 PM

    Boa noite, gostaria de ressaltar uma eventualidade que aconteceteu comigo, operei em 2005 onde foi retirada a metade da safena da minha perna D,após 1 ano de operada , constatei que minha perna começou a inchar, desta forma procurei o médico que me operou, o mesmo me encaminhou á um reumatologista alegando que eu estava om problema de articulação, assim passei em mais 3 médicos angiologistas,que me falaram que não era nada, que era uma tendinite, por último me encaminharam á um ortopedista, novamente lá fui eu, passei com ortopedista e o mesmo afirmou que o que eu tenho é Linfedema na perna D. Volteri á procurar o médico que me operou, o mesmo teve a audácia de me falar que eu antes de operar já apresentava Lindefema, e que isto não era nada, que existe doenças piores. O me intriga é que o mesmo relata que eu já tinha isto , mas nunca me deu nenhum remédio ou exame com tal suspeita. Agora me encontro nesta situação, gostaria de saber se existe algum tratamento, além de mdicamentos, o que eu devo fazer?
    Fico grata por este espaço
    Aguardo resposta
    att
    Angelina

  290. lilia comenta:

    1 julho, 2010 @ 11:31 AM

    OIII ANGELINA

    BOM DIA.
    TIVE UM CANCER DE PELE E TIVE QUE RETIRAR QUE FAZER UM ESVAZIAMENTO GLANGLIONAL NA PERNA ESQUERDA.
    E DE LÁ EM DIANTE FIQUEI COM LINFEDEMA.
    AGRADEÇO TODOS OS DIAS POR ESTAR VIVA GRAÇAS A DEUS MEU CANCER FOI TOTALMENTE CURADO + TENHO DIAS
    DIFICEIS COM MINHA PERNA GORDA….
    OLHA O TRATAMENTO ALEM DO MEDICAMENTO É DRENAGEM,ENFAIXAMENTO,MEIA DE COMPRESSÃO.
    ALEM DE NUNCA TIRAR CUTICULA E EVITAR PORTA DE ENTRADA P/ INFECÇÃO ..NOSSA A INFECÇÃO É TERRIVEL E DEPOIS QUE PASSA O INCHAÇO SEMPRE AUMENTA.
    ESPERO QUE SEU INCHAÇO PASSE E Ñ CHEGUE NO MEU ESTAGIO.
    FICA COM DEUS.
    BJS

  291. Cristiane Soares comenta:

    1 julho, 2010 @ 6:48 PM

    Gostaria de saber se no caso descrito por mim, uma paciente fez mastectomia parcial, tem apenas 13 dias de operada, e iniciou uma drenagem linfática com fisioterapeuta, é possível o braço do lado operado inchar após a sessão de drenagem linfática e qual seria a melhor opção de exercícios para desinchar?

  292. flora comenta:

    10 agosto, 2010 @ 11:44 AM

    por gentileza, quem sabe me informar se posso fazer exercícios físicos na esteira e bicicleta?
    Há oito anos atras eu fiz cirurgia de varizes, andei no hospital, para eliminar os gases ao pedido da enfermeira, resultado as minhas pernas ficaram encadas e com muitas manchas roxas, usei muitos medicamentos e fiz muitas drenagem linfáticas. até chegou um dia que a médica que me operou falou que não era nada sério, só que não suportando as dores e o ardor passando com vários especialistas, fui fazer um dopler venoso e o médico, pediu para eu não fazer a outra cirurgia de varizes, que procurasse o Dr. Paulo Daynekas, e este pediu uma linfocintilografia, fiz e deu linfedemas só que eu já estava sofrendo há muitos anos.
    Atualmente passo com um reumatologista que me medicou uma formula e o acompanhamento com o Dr Paulo. Sinto dores mas consigo trabalhar melhor pois durmo com as pernas elevadas em um triangulo que comprei em casa de coixão ortopédico. Tenho várias elevações nas pernas, eretemas nodosos, estrias e varizes. Ás vezes choro muito com dor. Sou cristã, e Jesus e o meu bom psicologo e pode ser seu também. Podemos viver bem com linfedemas, desde que tratamos como se fosse uma criança. meu: e-mail fneves@correios.com.br ou flora1963@bol.com.br. A minha oração é que Deus nos abençõe e ilunine os homens para achar cura para o linfedema o mais breve possível.

  293. flora comenta:

    10 agosto, 2010 @ 12:02 PM

    Eu tenho linfedemas, e quando tenho erisipela uso banho nas pernas com fumo, compro um pedacinho 50 gr e vou tirando as capas, pois ele é folhas enrroladas, ferver e deixar bem morno lavar as pernas e cobrir para não tomar vento com dois ou três banhos já está normal. foi uma idosa nordestina que me ensinou lá eles chamam a erisipela de (zipa). Da primeira vez o médico disse que além dos antibióticos que eu iria tomar, teria que fazer repouso aproximadamente 90 dias para não complicar. Fiquei só 15 dias, voltei a trabalhar boa, tive outra crise esse ano, fiz o banho e não precisei ficar afastada da empresa.

  294. alessandra comenta:

    4 setembro, 2010 @ 9:52 PM

    Passei recetimente por uma cirugia de melanoma amputei a segunda falange do halux esquerdo, só que os meus pés e pernas estão inchados, o que faço por favor responda.

  295. jorge finoti comenta:

    7 setembro, 2010 @ 2:32 PM

    sou casado ha 26anos com Sandra Finoti pessoa a quem e minha outra metade temos 2 filhos maravilhoso e agora chegou um netinho Emanuel. minha esposa logo que ganhou Igor nosso filho casula quando o meso fez um ano de vida minha esposa teve que retirar ovario mas o cancer estava muito adiantado e houves varias compicações ja pasou por duas cerurgias e tambem perdeu a circulação da perna direita . no inicio foi muito complicado tanto para ela como para mim, cheguei apensar que teria que cuidar do meu filho sozinho mas ela foi valente e superou. ja passamos muitas dificuldade houve momentos que ja não nos procuravamos sexualmente comecei a sair em procura de aventuras e como voçe sabem como tem aventureiros não. isto so serviu para fortificar ainda mais meu relacionamento, houve momentos resumindo ela me perdoou e hoje estamos fazendo amor como nunca fizemos antes, ela tem a perna inchada mas isto não atrapalha em nada, nem para o sexo , nem para o trabalho ela cuidou dos filhos ainda cuida cuida da casa cuida do casal develhos pai e mae dela que moram conosco , cuida de mim , agora esta ajudando a cuidar do netinho hoje estou treis mil quilometos distante estou atrabalho mas estou com muitas saudades ainda vou fica por aqui mais trinta dias, sandra nunca tive vergonha dos seus problemas mas sim orgulho de voçe t amor minha gata feia nos começamos juntos e vamos terminar juntos isto se voçe quiser e claro . aqui fica meu recado para voçe mulheres que tem este tipo de problema não se preocupe com o que os outros vão achar ou falar de atenção para quem esta com voçes pois eles tambem sofrem iguaisinhos a voçe então vamos fazer disso uma familha. eu escreviria um livro mas … entrei na internet para ver seconsegui arrumar uma bota para minha esposa e me enpolguei beijo atoda voçes DEUS AMA A TODOS obs. não encontreia bota se alguem tiver uma dica

  296. flora comenta:

    17 setembro, 2010 @ 10:01 AM

    Por favor, responda o meu comentário acima.

  297. celinha comenta:

    23 setembro, 2010 @ 1:17 AM

    Olá,tenho 39 anos com 12 anos de idade torci meu pe esquerdo,e no outro dia ele estava inchado,fui a varios medicos fiz exames e so 5 anos depois descobri que sou portadora de linfedema…sofro muito com isso pois a minha perna e pé é muito inchado e pode fazer calor de 42graus que so uso calça compridas ,sou complexada ,tenho muita vergonha nau consigo aceitar isso na minha vida.Amei ter encontrado esse site nau imaginei que tinha tantas pessoas passando por isso.gostaria muito de saber se existe cirurgia para esse tipo de problema…ainda tenho esperança de ser curada um dia.bjus a todos e gostaria de que vcs me respondesse…

  298. celinha comenta:

    23 setembro, 2010 @ 1:21 AM

    meu email é..(.belinha_2_rj@hotmail.com) meu nome é celinha aguardo uma palavra de vcs…bjus

  299. GISELA MARTÍNEZ comenta:

    28 setembro, 2010 @ 9:18 PM

    MUY BUENAS NOCHES!!
    QUERIA CONTARLES QUE SOY UNA MUJER QUE AÚN NO HA TENIDO EMBARAZOS.
    ME HAN DETECTADO LINFEDEMA PRIMARIO EN AMBOS MIEMBROS INFERIORES A LOS 8 AÑITOS DE EDAD. HOY TENGO 32.
    TAMBIÉN LO PADECE MI PADRE, Y TAMBién LO PADECÍA MI ABUELA PATERNA.
    TENGO LAS DOS PIERNAS AFECTADAS, AUNQUE SEGÚN LINFOGRAFÍA ESTARÍA MÁS AFECTADA LA DERECHA QUE LA IZQUIERDA.
    QUISIERA ME ASESOREN SOBRE LA MICRUCIRUGÍA QUE REALIZA EL DR. ISAO KOSHIMA EN JAPÓN, EL DR. JAUME MASIÁ EN ESPAÑA, CON LA QUE ELIMINAN EL LINFEDEMA.
    Si no me equivoco, también la realizan en Recife, Brasil.
    DESERÍA SABER EN QUE OTROS LUGARES DEL MUNDO SE REALIZA. SI POSEEN CONOCIMIENTO DE QUE EN ALGÚN LUGAR DE ARGENTINA SE REALICE.
    Y CUALES SERÍAN LAS POSIBILIDADES DE QUE PUDIERAN OPERARME EN OTRO PAÍS QUE NO SEA EL DE MI RESIDENCIA.
    DESDE YA, LES ENVÍO UN GRAN CARIÑO. LES AGRADEZCO DE CORAZÓN PUEDAN AYUDARME.
    Que Dios los bendiga!!!
    GISELA MARTÍNEZ.
    (Argentina, Buenos Aires)

  300. Rose comenta:

    30 setembro, 2010 @ 8:22 PM

    Olá pessoal,descobri em 2008 através de uma linfocintilografia que tenho linfedema a médica vascular que pediu esse exame.
    Fiz uma cirurgia de reconstrução de ligamentos e piorou o linfedema,estou fazendo drenagem,já fiz vinte sessões,se parar volta e,
    tenho que ficar com as pernas elevadas ,uso faixa inelástica e meia elástica.O médico falou que não existe remédio,só controle
    como vi esse espaço não sabia que tem tanta gente com esse problema.Se alguém quiser compartilhar, aguardo uma palavra de vcs
    bjos

  301. Rosali Gazolla comenta:

    2 outubro, 2010 @ 2:57 PM

    Que bom que encontrei um lugar para falar o que está se passando comigo, porque para minha família estou falando grego. descubro aos 54 que tenho um defeito congênito na mitral, fiz cirurgia de coração há menos de quatro meses. Fia duas pontes de safena e uma mamária. Não teno palavras para expressar o quanto eu chorei de dor, uma dor que nao passava. Agora estou sentindo pouca dor na mama esquerda. Mas queria trocar experiências com fez cirurgia do coração, PORQUE? Alguma coisa mudou dento de mim desde que acordei naquele mórbido CTI, não sei parece que não sou a mesma, meus sentimentos estão confusos, vejo as pessoas de forma diferente, não sei na realidade o que há comigo, mas alguma coisa mudou. M eu emali é
    martins.gazolla@gmail.com. Por favor, ALGUÉM FALE COMIGO”

  302. simone domingues comenta:

    23 outubro, 2010 @ 4:11 PM

    gostaria de saber se erisipela bolhosa em estado avançado faz perder peso e massa muscular, pois é isto
    que está acontecendo com o meu pai. já perdeu 15 quilos em 2 meses
    simone

  303. Karina comenta:

    5 novembro, 2010 @ 4:50 PM

    jorge finoti, as botas de drenagem linfática pouca ou nenhuma drenagem linfática fazem. A drenagem que elas fazem é a drenagem venosa e não a linfática pelo que os resultados desaparecem ao fim de horas ou poucos dias.

  304. Jéssika Bernardino comenta:

    11 janeiro, 2011 @ 11:10 AM

    Boa Tarde , eu tenho Linfedema Congênito , ele não foi em docorrencia de nenhuma cirurgia nada !
    Ele vem sendo passado de gerações na minha familia e acabou em mim , fui a ultima a nascer com ele, e apos mim , 18 anos depois mais niguem nasceu com o problema !

    Gostaria de saber se a drenagem REALMENTE funciona , porque já procurei muitos médicos e tal , e sempre dizem que não tem cura , tem como amenizar a situação !
    Tenho apenas nos pés, e é bem pequeno , mas pra quem tem é ENORME claro !
    Beijos !

    Quem quiser , me responda no e-mail que é mais facil de eu respondeer !

    jessikaa.fernandes@hotmail.com

  305. ana maria da silva comenta:

    11 janeiro, 2011 @ 12:26 PM

    Gostei dos seus comentários

  306. Majoy comenta:

    15 janeiro, 2011 @ 2:09 AM

    Tenho linfedema há quase 10 anos, já passei por vários médicos, hospitais e tratamentos então…
    O único lugar que eu estou vendo resultado é na Santa Casa de São Paulo… e agora descobri que em Cuba estão fazendo pesquisas com a célula tronco, espero que de certo…
    a pesquisa foi públicada no site Infomed-Centro Nacional de Información de Ciencias Médicas .
    Segue abaixo o artigo:
    ” Implantação de céluas-tronco obtidas do sangue periférico em pacientes com linfedema crônico de membros inferiores.

    O linfedema é uma infermidade crônica que se caracteriza pelo acúmulo anormal de linfa devido a uma insuficiência no sistema linfático que pode afetar membros superiores, inferiores e genitais externos. Os linfedemas se classificam em: primários, se não tem causa identificável, congênitos, se apresentam desde o nascimento, precoce ou tardios, independente da idade em que aparecem e secundários, os que tem causa identificável, entre eles, os que aparecem pós linfagites, pós radiações, por filariose.

    Neste estudo foi avaliada nos pacientes com linfedema em membros inferiores a eficácia de implante de células-tronco autólogas derivadas da medula óssea e movidas ao sangue periférico mediante estimulação com fator estimulante de colônias de granulócitos.

    Foram tratados 6 pacientes, 3 homens e 3 mulheres com idade média de 48 anos, todos com linfedema em ambos membros inferiores por linfagites de repetição. Relizou-se o implante de células-tronco na perna mais afetada. As injeções se realizaram a uma distência de 3 cm entre elas, e com um volume de 1ml por punção, variando o volume total de acordo com a intensidade e extenção do linfedema. Em todos os casos foi notada uma diminuição progressiva do diâmetro da extremidade injetada e foi observada uma melhoria na linfografia evolutiva realizada.

    Consideramos que este procedimento é um método alternativo ao tratamento desta infermidade, o que através dos anos não tem sido beneficiado com os métodos de tratamento habitualmente empregados.”

    Aqui está a versão original do texto em espanhol:

    “jueves, 10 de septiembre de 2009

    IMPLANTACIÓN DE CÉLULAS MADRE AUTÓLOGAS OBTENIDAS DE SANGRE PERIFÉRICA EN PACIENTES CON LINFEDEMA CRÓNICO DE MIEMBROS INFERIORES

    Goicoechea Díaz P, Artaza Sanz HM, Blanco Díaz A, García Pelegrin S, Atencio Sariol E, Hernández Ramírez P1, González Suárez T1, Matamoros Martínez de Pinillos MA1, Socarrás Ferrer BB1, del Valle Pérez L1, Peña Quian Y2, Pintado Perera A2.

    Hospital Clínico Quirúrgico Docente “Enrique Cabrera”. La Habana, 1Instituto de

    Hematología e Inmunología. La Habana, 2Centro de Investigaciones Clínicas. La Habana. Cuba.

    pedro.goicoechea@infomed.sld.cu

    El linfedema es una enfermedad crónica que se caracteriza por la acumulación anormal de linfa debido a una insuficiencia en el sistema linfático, que puede afectar miembros superiores, inferiores y genitales externos. Los linfedemas se clasifican en: primarios, si no tienen causa identificable, congénitos si se presentan desde el nacimiento, precoces o tardíos en dependencia de la edad en que aparecen y secundarios, los que tienen una causa identificable, entre ellos, los que aparecen post-linfangitis, post radiaciones, por filariasis.

    En este trabajo se evaluó en pacientes con linfedema en miembros inferiores la eficacia del implante de células madre autólogas derivadas de la médula ósea y movilizadas a la sangre periférica mediante estimulación con factor estimulador de colonias granulocíticas.

    Se trataron 6 pacientes, 3 hombres y 3 mujeres, con edad promedio de 48 años, todos con linfedema en ambos miembros inferiores por linfangitis a repetición. Se realizó el implante de células madre en la pierna mas afectada. Las inyecciones se realizaron a una distancia de 3 cm entre ellas y con un volumen de 1 ml por punción, variando el volumen total de acuerdo con la intensidad y extensión del linfedema. En todos los casos se ha logrado una disminución progresiva del diámetro de la extremidad inyectada y se ha observado una mejoría en la linfografía evolutiva realizada.

    Consideramos que este proceder es un método alternativo al tratamiento de esta enfermedad, la que a través de los años no se ha beneficiado con los métodos de tratamiento habitualmente empleados. “

  307. ARI PEREIRA comenta:

    23 janeiro, 2011 @ 2:09 AM

    Olá onde posso encontra no Brasil, medico que faça lipoaspiração para diminuição de linfedema ?

  308. Marco Antônio comenta:

    24 janeiro, 2011 @ 9:42 AM

    Bom Dia! Sou um profissional autônomo, tenho 47 anos, trabalho metade do tempo sentado e outra metade em pé em torno de +ou- 12 hrs por dia e tenho doença linfática. Gostaria de saber se esse tipo de infermidade pode me levar a aposentadoria.
    Desde já mto obrigado

  309. Elizabeth Rodrigues comenta:

    25 janeiro, 2011 @ 11:58 AM

    Como muitos dos relatos anteriores também já estoy pedindo socorro sobre o Linfedema de membros inferiores….gostaria de tambem fazer prate dste time.Tambem estou apavorada com tudo que o linfedema acrreta….Por favor me mnadem notícias a respeito deste s remedios homeupatico alemãs….como vcs estou aflita por notícia Bjs Beth

  310. Elizabeth C.G.rodrigues comenta:

    30 janeiro, 2011 @ 1:10 PM

    Gostaria que me mandassem mais informações sobre Linfedema poia com vocês tb estou c/ linfedema nos membrs inferiores.
    Gosdtaria de saber se no Brasil já estão tentando alguma nova técnica pra melhora do linfedema.Mandem notícias assim como vcs tambem estou com muitos problemas decorrentes do linfedema.O Dr su Chao vascular do hospital das clínicas havia me falado que a técnica de células tronco ainda é muito recente e pode trazer sequelas…..se souberem mais me deem notícias……
    Obrigada Elizabeth.Mogi das Cruzes/30 /01/2011

  311. Majoy comenta:

    4 fevereiro, 2011 @ 10:40 PM

    Oi Elizabeth, com relação ao tratamento, estou fazendo na Santa Casa de São Paulo. Achei muito bom, alendo mais quem é responsavel pelo setor é o Dr. Guedes, foi ele que desenvolveu a terapia fisíca complexa.
    A TFC é o tratamento “correto” para o nosso caso.
    Com relação a célula tronco, as pesquisas ainda são muito recentes… espero que achem alguam solução para nosso caso.
    A melhor maneira de evitar problemas maiores é cuidar muito bem da pele.

    bjs

  312. Fernanda comenta:

    5 fevereiro, 2011 @ 1:24 AM

    Doutor o que posso fazer tenho linfedema linfático desde os 10 anos de idade
    e só tenhu 20 aninhus pra mim é uma tortura não poder usar as roupas que
    quero usar igual as meninas da minha idade me sinto muito inferiorrr
    E mesmo de calça lá no calcanhar sempre tem alguém que percebe o pobre inchado
    e muitas vezes nem dou continuidade as perguntas por ouvilás tantas vezes e por mexer com meu
    emocional quando que não conheço ninguém com esse problema a não ser gente que tenha doenças e tal
    que uma coisa leva a outra mas o meu caso não tenho linfedema apenas por ter e todos santos dias meu
    pézinho inchado o pãozinho que todos falam. Tenho problema no coração tbem válvula do pulmão estreita
    creio que vou precisar operar novamente. Pois operei aos 2 aninhos de idade desse mesmo problema. Um médico
    váscular me disse que meu problema linfático pode ter ocorrido de uma infecção ospitalar no tempo que fiquei muitooo
    internada na época da cirgurgia. Usei para o pé meia que comprime, mas deixei de usar por dar alergia na minha pele, fiz
    drenagens linfática e nunca operei pois o médico disse que não resolveria o problema cirurgia nenhuma e poderia até agravar.
    Perdi as esperanças Doutor pois sou jovem já tomei castanha da índia como tratamento e hoje tomo dafron mais sinto melhora alguma ou quase nada, me refiro que perdi as esperanças por me sentir inferior as outras moças de minha idade, tenho um rosto bonito sou bem magra mas tenho problemas que moça da minha idade nenhuma tem tenho medo de me deprimir demais
    de ficar até pior do que já é ele é muito inchado mesmo tenhu medo de virar elefantiáse e contrair trombose, que eu faço Doutor alivia me desespero

  313. Sofia comenta:

    8 fevereiro, 2011 @ 7:03 PM

    Olá!
    Já fui em muitos médicos e alguns deles me disseram que eu tenho llinfedema. Meu problema já tem uns 5 anos, antes era só no pé e tornozelo esquerdo mas agora também estou com problema no pé direito. Acordo e vou dormir com eles inchados. Um médico falou que era insuficiência venosa. Ele disse que meu edema apresenta cacifo (ele é mole, quando aperto ele afunda) e isso não acontece com portadores de linfedema. Será que é veradade ?
    Um abraço!

  314. kelly comenta:

    6 março, 2011 @ 8:43 PM

    Tenho linfedema, começou a desenvolver quando tinha doze anos. Minha vó tem essa doença e minha mãe também.Minhas pernas doem muito quando fico em pé por um período curto. No começo inchava só uma perna, mas agora incha as duas. Gostaria de saber se tem algum remédio para aliviar as dores e cansaço das minhas pernas?

  315. Flávia comenta:

    25 março, 2011 @ 4:21 PM

    Olá, tenho algumas dúvidas e gostaria de sua ajuda: 1º Por onde começamos a drenagem linfática manual quando aplicada na regiao da mama e torax(fontal) e cabeça e no pescoço? 2º Porque é separada a drenagem linf. manual quando aplicado no abdomem em superior e inferiores a linha do abdome?

  316. Kelly Cristina comenta:

    29 março, 2011 @ 9:02 AM

    Bom dia

    Minha irmã fez um exame de linfocintilografia e descobriu que tem um” sugestivo de discreto linfedema em pés”. Qual seria o tratamento correto pra esse resultado?

  317. Mille comenta:

    9 abril, 2011 @ 12:47 AM

    Ai só Deus viu, achava que era a única azarada da face da terra que com 15 anos teve que parar de usar sandalias, saiias, sapatos, parar de fazer esforço, me senti feia, achava que ngm iria gostar de mim agora que encontrei alguém chego ate a pensar que ele merece uma gartoa saudavél, sofro mt, choro, larguei meu emprego, a estética me incomoda, me sinto mt mal os médicos só olham pra minha cara e me chutam, nem me explicam nada direito como fazer? mas tenho fé que serei vitoriosa e não vou desanimar mesmo tendo 20 anos e me considerando uma inutil pois não posso fazer nada!ja sofri demias com dor no trabalho e a auto estima então vai la embaixo por isso me agarro com Deus pqe só Ele pra me confortar se for depender desses médicos melhor morrer!

  318. Ademaria Gallo comenta:

    9 abril, 2011 @ 9:27 AM

    Mille,força e cuidado especial com sua perna.Há doenças piores que linfedema.Não desanime e aprenda a viver com ele.Entre no site http://www.vivacomlinfedema.com

  319. Mel comenta:

    13 abril, 2011 @ 12:47 PM

    Bom dia,

    Eu tenho as pernas muito inchadas, faço pressoterapia, massagens, bebo àgua e tomo uns comprimidos para ajudar a eliminar os liquidos. Mesmo assim chego ao final do dia com as pernas inchadas e pesadas. Passo muitas horas sentadas, mas a minha massagista disse-me que posso ter um problema no sistema linfático, porque acha estranho depois de alguns tratamentos eu ainda continuar com as pernas inchadas. Que médico devo ir?
    Obrigada

  320. viviane comenta:

    22 abril, 2011 @ 12:20 PM

    ola, fiz uma cirurgia do acetabulo, devido um acidente de carro, ficarei 3 meses sem colocar o pe esquerdo no chao, ha uma semana fiz a cirurgia, ha 3 dias apareceu um inchaco muito grande, o medio diz que e pq nao coloco o pe no chao, rstou fazendo massagem e banho com chas, gostaria de saber que tipo de massagem, o que poderia me ajudar, tenho medo que aconteca algo pior, obrigada
    VIVIANE

  321. Fátma comenta:

    2 maio, 2011 @ 4:01 PM

    A mais ou menos 10 anos, a minha perna esquerda começou inchar. Muito preocupada com medo de ser trombose fiz uma série de exames, foi descartada a possibilidade de trombose, foi quando pela primeira vez ouvi falar em filariose, fiz os testes e sundo os médicos deu negativo. Só que a minha perna continuou inchando. Tomo vários remédios e uso meias elásticas para contenção do edema. Gostaria de saber mais a respeito dos benefícios da drenagem linfática em casos de deficîência de linfáticos?

  322. Márcia Valéria comenta:

    4 junho, 2011 @ 6:35 PM

    Há 3 meses sofri um acidente. Todos os ferimentos sararam rápido somente o do pé e perna que demorou muito. Na perna (no início) uma pancada deixou a região (batata da perna) dura. Três meses se passaram desde o acidente e houve uma melhora (depois de muitos remédios e repouso absoluto), porém apareceu abaixo um vermelhidão duro e dolorido. Fiz exames e descobri que era um linfedema. O médico não diz nada sobre o assunto e ainda me desanima dizendo que é problema para o resto da vida. É verdade isso? Vou ter que me acostumar com a inchação dos pés que muito me atrapalha a andar? Pelo amor de Deus, me dêem uma solução. Trabalho com crianças (professora) e preciso me locomover o tempo todo.

  323. Thiago Freitas comenta:

    9 agosto, 2011 @ 11:26 AM

    Sofri um acidente agora em 07/2011 onde fraturei a tíbia (fratura exposta). Estou com pinos na perna e após a cirurgia minha perna fraturada, principalmente o pé, ficam bem avermelhados e inxados em questão de segundos quando estou de pé, daí tenho que rapidamente me sentar e apoia-los num lugar mais alto. ISSO É NORMAL MESMO DEPOIS DE 1 MÊS DA CIRURGIA? estou evitando apoiar a perna no chão quando ando de muletas, mas por motivos fisioterapeuticos o médico sugeriu que eu a apoia-se em sincronia com as muletas para não liberar o peso do corpo sobre a perna. É aconselhado seguir essa orientação com a perna estando tão vermelha e inxada ao ficar de pé? pode me orientar para reduzir ao menos em parte o problema, tipo massagens, medicamento, posição ou mesmo alimentação? desde já gradeço.

  324. marly CalixtoFernanades comenta:

    21 agosto, 2011 @ 6:02 PM

    fiz mastectomia em 28 de outubro de 2009,no início meu braço esquerdo lado da cirurgia não inchou,agora +- fevereiro de 2011 meu braço começou a inchar,fui no fioterápeuta do hospital de câncer de barretos,pois faço tratamento lá,ele me indicou a auto-massagem 3 x ao dia,já vinha fazendo desde o início da cirurgia ,mais ´fazia 2 x ao dia,comecei fazer 3 vezes ao dia,mais não resolveu,em junho deste ano voltei no mesmo fisioterápeuta que me indicou uasar aquelas meias para os braços,talvês tenha outro nome não sei ,e da venosan,mais moro em rondonia e muito quente aqui,quase impossivel usar,uso algumas horas e tenho que tirar,disseram para mim que eu teria que usar tamanho médio,mais emuito apertada,peso 80 quilos, será que não tinha que ser, tamanho g?estou preocupada tem vêz que meu braço fica muito inchado ~que não aparece nem a curvinha do cotovelo,faço 3 vezes ao dia o auto-massagem,parece que melhora um pouco,gostaria de saber se existe alguma coisa que posso fazer ,para não ficar com o braço inchado ?alguma medicação,qualquer coisa que possa me ajudar,so voltarei em barretos janeiro de 2012,estou muito preocupada,por favo me ajudem,

  325. Renata comenta:

    25 agosto, 2011 @ 10:54 AM

    Olá..Estou mto preocupada…será q pode me ajudar??
    Desde da minha pré adolescência q tenho inchaço no tornozelo esquerdo.Agora ta piorando pois o inchaço se estendeu para toda a perna e não sinto dor,só um incômodo ,pois a pele fica mto esticada.Consultei recentimente,o médico me pediu q fizesse uma ultrasonografia,pois ele suspeitava de trombose,nada foi detectado,de acordo com ele tava tudo normal com as veias.Agora vou fazer um exame de sangua …O q pode ser?
    Por favor me ajude pois estou mto preocupada e um pouco envergonhada tbm,pois a diferença de uma perna pra outra ta bem grande.Tá mto dificil pra mim pois tenho só 22 anos.Qro sair mas tenho vergonha!”

  326. Luciana Aparecida Belchior Ferreira comenta:

    30 agosto, 2011 @ 6:34 PM

    Minha avó tem 84 anos e tem os pés inchados hà muitos anos, vários medicos já depiram exame de sangue para ver se ela tireoides, falta de calcio , etc. e não acham nada agora estou levando ela para fazer massagem com uma massagista e a mesma está fazendo em minha avó a drenagem linfatica, eu gostaria de saber se demora muito a rersolver porque a minha avó já não esta querendo ir fazer as massagens ela diz: – minha neta eu já tenho isto há muitos anos e já tomo diureticos a varios anos também e não resolve nada, ela tem problemas de coração também.

  327. Thiago Freitas comenta:

    30 agosto, 2011 @ 6:40 PM

    Alguém já conseguiu obter respostas para as suas dúvidas por esse blog? Achei que havia um profissional por detrás disposto a nos ajudar, mas parece que me enganei!

  328. Luciane R. Scarpini comenta:

    30 agosto, 2011 @ 9:09 PM

    Thiago Freitas…infelizmente não, eu espero desde 2007,
    eu sempre olho essa pagina, tentando umas respostas…
    mais infelizmente não tem…

  329. Vivian Sorg comenta:

    30 outubro, 2011 @ 7:50 PM

    Boa noite. Em quais casos não posso aplicar drenagem linfática? Por favor ,pode descrever todas as contra indicação Dr.?
    Obrigado.

  330. carla cristina comenta:

    1 novembro, 2011 @ 10:24 AM

    oi tenho linfedema há seis anos na perna direita aprendi a comviver cm ele e responde as perguntas que me fazem realmente é muito ruim vc ñ poder usar uma rupa do seu agrado o aquela sandalia linda do seus sonhos pois ñ da no seu pé inchado,agora so uso calsa de pano e larga para ñ aperta a perna e vesido e sai longa me apego cm DEUS e sei que ele ira me cura. se alguem souber algum tratamento mais eficaz que a drenagem linfatica por favor me falem bjus

  331. jacqueline comenta:

    11 novembro, 2011 @ 9:26 PM

    Fiz cirurgia de varizes (não da safena) e procedimento em varicoses no dia 25/10/11 hoje é dia 11/11/11 e uma das pernas submetidas à cirurgia está com um nódulo em cima do pé e apresenta edema no pé e tornozelo desde o 1º dia da cirurgia até agora melhorando um pouco quando elevo a perna.
    O médico disse para eu não usar a meia que prescreveu até que o edema melhore.
    Será o caso de problema com vasos linfáticos pós cirurgia?
    Obrigada.

  332. claudia comenta:

    22 novembro, 2011 @ 11:43 AM

    boa tarde,
    minha mãe tem o braço esquerdo maior que o direito e também apresenta neste braço maior diversos nódulos.
    será edema linfático,como saber e qual o tratamento??
    obrigada.

  333. jacqueline Karasawa comenta:

    21 dezembro, 2011 @ 4:10 PM

    Meu marido sofreu uma fratura no tornozelo e teve que ser operado. Foi colocado duas placas em seu tornozelo, ma na tibia e outra na fíbula. Isso tem 15 dias, ele ta com o tornozelo bem inchado, mas o que incomoda é que nao pode forma nenhuma colocar os pés no chao. Ele se movimenta com andador, a maior parte do tempo fica deitado e com o pé p/ cima. O problema é que quando ele levanta p/ ir ao banheiro por exemplo, o pé fica extremamente vermelho e isso incomoda muito, é como se todo o sangue do corpo fosse parar no pé isso é normal?? Ainda nao retirou os pontos da cirurgia. Sao 3 cicatrizes. Obrigada. Jacquelne

  334. Elizete Fonseca comenta:

    22 dezembro, 2011 @ 12:25 PM

    Tive câncer de mama em outubro de 2010 e fiz 6 sessões dequimioterapia (amarela). A quimio terminou em maio/2011 e engordei 15quilos. Estou tomando anastrozol. A drenagem linfática pode me ajudar a voltar ao meu peso normal?

  335. Adilson comenta:

    5 janeiro, 2012 @ 10:11 AM

    olá, minha mãe tem 75 anos, esteve internada devido uma pneumonia por 10 dias, durante a internação apareceram inchassos nas pernas e pés, isso ja faz 1 ano, e sempre tende a inchar as pernas e pés principalmente no calor, disseram que é por ter ficado por muito tempo na mesma posição, “deitada e sentada na cama”, o que ela pode estar fazendo para amenizar esses inchassos?
    muito obrigado

  336. Fabiola comenta:

    9 janeiro, 2012 @ 1:30 PM

    Olá estou com uma dúvida, pois fui questionada por uma cliente, ela tinha calculo renal, mas ja saiu a pedra, pode ser feita a drenagem linfatica? ela esta com muito edema, não é cronico, nem é insuficiencia. Agradeço se obter uma resposta. Muito obrigada!

  337. wesley covre comenta:

    18 janeiro, 2012 @ 2:25 PM

    eu fiz uma cirurgia, retirei uma safena devido a uma trombose,o meu medico disse q pode ser devido aos movimentos repetitivos q eu faco no trabalho com os pes,para acionar a maquina em que eu trabalhava,como n tinha mais tratamento tive que fazer a cirurgia,apos a cirurgia fiquei 6 meses afastado em tratamento quando voltei ao trabalho mesmo ainda fazendo tratamento a empresa me mandou embora com 2 meses q tinha voltado.quais sao os meus direitos pois tive q romper o tratamento pq perdi o convenio.

  338. Patrícia comenta:

    15 fevereiro, 2012 @ 11:19 AM

    Bom dia,
    Fiz uma cirurgia de retirada de útero devido a um carcinoma in situ, por precaução meu médico fez um esvaziamento ganglionar da região da virilha e minha perna esquerda simplesmente está uma bola, o pé fica redondo. Estou fazendo uns exames prescritos por um angiologista para investigar a causa do inchaço mas, gostaria de saber se a drenagem resolve um pouco, tomo diurético e remédio pra circulação.Não sinto dores somente o incômodo do inchaço. Obrigada.

  339. anna mara comenta:

    16 fevereiro, 2012 @ 12:31 AM

    Tenho edema linfatico ha cerca de oito anos.Gostaria de saber se o fato de trabalhar sentada o dia todo pode agravar o edema?Tenho 24 anos de trabalho,o edema pode ter sido causado por passar tanto tempo sentada?Sou funcionaria publica,existe alguma forme de ser liberada de um turno de trabalho devido ao edema?Gostaria de saber se tenho algum direito e a q recorrer.Obrigada Anna Mara

  340. Aleanir comenta:

    26 fevereiro, 2012 @ 6:21 PM

    Tenho linfedema desde os meus 16 anos de idade,no membro inferior esquerdo,hoje tenho 42 anos e
    sinto minha perna bem mais pesada.Sou funcionária pública e trabalho 8 horas por dia.Gostaria de saber
    se existe algum medicamento para passar na perna e amenizar este desconforto,pois não aguento mais
    usar as famosas ataduras elástica.
    Obrigada.

  341. Eliana comenta:

    7 março, 2012 @ 7:48 PM

    Ola, boa noite.
    Meu pai fez uma cirurgia de varizes e deu Linforréia — extravasamento de linfa (líquido incolor do vaso linfático) por uma cicatriz;
    Gostaria de saber se isso tem cura e se vai parar de sair esse líquido…tem 5 dias que ele fez. Obrigada

  342. Fabiana Naxara Poli comenta:

    12 março, 2012 @ 8:09 PM

    minha mãe é uma mulher de muitos talentos, mas desde que operou de cancer mamário sofre com linfedema no braço direito. Foi a vários fisioterapeutas, comprou maquinas com luvas que prometiam diminuir o problema, enfaixou, fez consultas com vários médicos, enfim, vem sofrendo muito as consequências de uma cirurgia radical que até hoje tenho dúvidas de como foi executada, e principalmente de como vem sendo tratada.
    É uma mulher lutadora, além de uma artista limitada nos dias de hoje.Minhas questões são: qual relamente tratamento tem sido mais eficaz e se existe algum estudioso no campo da NANOTECNOLOGIA focado no assunto.Grata

  343. gilberto de vargas pereira comenta:

    24 março, 2012 @ 9:34 PM

    descobrfi agora com voces que drenagem linfatica linfonodos oque querem que seja sei que tem duas ervas que fazem a MESMA FUNÇAO DE ORÇANIZAÇAO DOS LINFOSITOS SE TIVERES AI UM TAL DE QUITOCO E CARAPICHO E LIMAO ESMAGA TUDO E FERVA E TOMA NO MEU CASSO EU TENHO QUE TOMAR TODO ANO UM COPO QUE SEJA PORQUE TENHO UMA FALHA NO FIGADO( ELISA) FRACO SANGUE. QUITOCO CARRAPICHO E LIMAO

  344. Neuza Monteiro comenta:

    24 março, 2012 @ 10:01 PM

    Boa noite…venho por este meio para que me ajudem a obter uma resposta em relação ao meu problema.
    Em 2004 apanhei um escaldão derivado à exposição ao sol,e derivado a esse escaldão fiquei com um inchaço no pé esquerdo,desde então tenho recorrido a tudo e mais alguma coisa e não consigo ter o meu pé normal…acaba por afectar tornozelos e perna…pois quando estou em pé incha,com o calor incha,tenho imensos complexos em usar saias,vestidos,calções,ou seja,tudo o mostre os membros inferiores…
    Queria saber se há algum tratamento,se esse tratamento dá para que volte a ter o pé normal…
    Obrigada.

  345. willian leandro comenta:

    13 abril, 2012 @ 5:21 PM

    Olá minha mae está com linfedema a mais ou menos 9 meses , só que ate o presente momento nao foi indicado nenhum tipo de tratamentento preventivo , devido a essa demora a doença pode se agravar ? qual tratamento ? tem cura ? . muito obrigado .

  346. Margareth comenta:

    25 abril, 2012 @ 10:36 PM

    Observei logo no começo dessas perguntas, que a Sr. Marta fica em dúvida quanto a drenagem linfática em seu esposo que é cardíaco, hipertenso e paciente renal. Trabalho com Drenagem mais de 15 anos, sou fisioterapeuta e já dei muitas aulas de DL. Minha cara Marta, Drenagem linfática é contra indicada em pacientes com hipertensão não controlada, insuficiência cardíaca e principalmente em pacientes renais, pois drenamos o liquido q está no interstício, mais simples nos tecidos superficiais da pele para a corrente sanguínea, para em seguida ser principalmente eliminado pela urina. Logo tudo isso passa pelo coração, vasos e rim. Tudo isso em uma pessoa sã é uma maravilha, em contrapartida em pessoas que já apresentam deficiência nesses orgãos só irá criar uma sobrecarga podendo até levar ao óbito.

  347. Dra.Margareth comenta:

    25 abril, 2012 @ 11:02 PM

    Querida Sandra, vc tem dúvidas sobre drenagem por partes do corpo, se precisa manipular o tórax. Minha querida quando fiz meu curso superior, víamos no anatômico que temos linfonodos por todo o corpo, e que no tórax e no abdomen temos 2 grandes cadeias ganglionares, assim como nas axilas, virilha e região poplítea, e que somos um sintema único e fechado. Por toda minha experiência lhe digo evite DL por partes, o paciente é um todo, temos que evitar dicotomiza-lo. Infelizmente a saúde em geral está fazendo isto, era muito bom quando tínhamos o médico clínico da família, tudo resolvia e quando necessário encaminhava a um especialista. A visão holística do Ser Humano principalmente na Saúde tem que Ser priorizada. Quanto a DL, durante todo o tempo que realizar o procedimento, de vez enquanto manipule os ductos principais acima citados, pois assim você verá um resultado mais rápido e eficaz. Um grande abraço. E não se esqueça a DL é um procedimento maravilhoso nas mãos de quem a conhece profundamente, por isso compre livros de anatomia, DL, veja as contra-indicações que são de suma importância, pois DL também mata.

  348. Margareth comenta:

    25 abril, 2012 @ 11:13 PM

    Neuza vc já foi em um angiologista? É o primeiro passo. Temos que pesquisar também a parte renal e cardíaca. Eliminando todas essas possibilidades. Quem sabe tentar uma drenagem linfática, alguns procedimentos fisioterápicos, meias elásticas, tratamentos complementares como a acupuntura. Vamos dar um passo de cada vez. Procure um especialista. Boa sorte. Não desista. Fique com Deus.

  349. Margareth comenta:

    25 abril, 2012 @ 11:25 PM

    Prezada Aleanir, você já fez drenagem linfática? Se ainda não, é uma ótima opção. Infelizmente as faixas ou as meias elásticas são de suma importância, ainda mais ficando muito tempo sentada ou de pé. Tente variar um pouco seu posicionamento, quando sentada faça movimentos com os tornozelos: estique bem o pé e logo após puxe o tornozelo, se quiser dê uma olhada na internet, coloque “bomba de panturrilha” e vc verá como realizar. Quando andar muito tempo de carro, ônibus, avião realize esta manobra, ajuda o retorno venoso e evita trombose venosa profunda. Boa sorte. Se cuida.

  350. Hélio Sartori de Godoy comenta:

    5 maio, 2012 @ 4:20 PM

    Gostaria de saber com a Dr. solange angiologista como conseguir a vacina que imuniza o organismo contra a erisipela, pois minha esposa tem esta doença com frequencia ,e seu medico nos falou que em recife existe experimento com esta vacina e esta dando resultado, por favor se for possivel me ajudem minha esposa já tem problemas nos vasos linfaticos e suas pernas são bem inchadas e quanto mais e atacada pela erisipela mais inchadas elas ficam segundo o seu medico. se for possivel nos ajudem. Obrigado.

  351. Celia Martins comenta:

    7 maio, 2012 @ 10:49 PM

    Estou com as duas parotidas inchadas, já fiz ultrasom e não tem nodulos, qual poderia ser a causa deste inchaço, sem dor?
    Aguardo uma resposta.
    Obrigada,

    Célia

  352. Sandra Menezes comenta:

    9 junho, 2012 @ 11:15 PM

    Gostei muito do site, ele é muito esclarecedor. Não sabia que existia essa “doença”, até o dia em que senti na pele. Gostaria de saber se com diagnóstico de lindefema pode-se aposentar, pois sou professora e estou de licença há 5 meses, estou fazendo drenagem, usando meias elásticas e tomando diuréticos e remédio para circulação, porém se ficar em pé meia hora ou sentada, minha perna incha e dói muito. já peguei 3 atestados de 2, 1 e mais 2 meses e não estou percebendo melhoras significativas. Só sinto um pouco de alívio quando estou fazendo a drenagem, mas é passageiro. Será que vou ter que viver de atestado? Por favor, gostaria de obter um esclarecimento

  353. dulcineia c b comenta:

    2 julho, 2012 @ 10:29 PM

    boa noite aos 28 anos comecei a ter edema linfatico em minha perna esquerda na parte inferior e tambem abriu uma ulcera varicosa depois de 1 ano e meio cicatrizou ficando uma mancha escura no lugar da ulcera só que desde 2001 como a perna incha acabou voltando a ulcera no mesmo lugar cicatriza por um tempo volta de novo.hoje estou com 54 anos (sou autonoma trabalho com vendas desde que eu tinha 28 anos) e a parte em volta de onde abre a ulcera esta escurecida e novamente estou com a ulcera varicosa novamente doi ,arde tomo dipirona para aliviar a dor alem dos remedios diosmin e cilostazol.tem dias que nao consigo fazer as minhas tarefas do dia e nem consigo como antes fazia.fico triste porque tomo os remedios e assim mesmo abre essa ulcera de novo é sempre no mesmo lugar graças a deusporque se abrisse em outros lugares seria pior.tenho de tomar dipirona para ajudar alivia a dor e assim mesmo demora pra fazer efeito ate que agora esta doendo menos.,desculpe de estar me alongando neste assunto .muito obrigado

  354. Ivelise comenta:

    30 julho, 2012 @ 8:52 PM

    Boa noite!
    Tenho 34 anos e trabalho ha 12 anos na mesma função numa empresa, que sao 6 horas sentada 6 dias na semana.
    É padrao utilizar salto de no minimo 6 cm. Sempre torcia o pé, numa dessas torções as minhas pernas formigaram e meus pés incharam e nao voltaram mais ao normal. Isso faz 3 anos. Fui a diversos vasculares do meu plano de saude que disseram que nao tem cura e fiz um exame de Linfocintilografia que constatou linfedema secundario.
    Nenhum medico me afastou apesar das dores na minha perna serem intensas e meus pés super inchados.
    Faço tratamento psicologico, canso-me muito facil, ou seja, minha qualidade de vida ficou bastante restrita, em virtude desse problema.
    Apesar de eu levar a conhecimento da medicina ocupacional do meu trabalho, nada foi feito.
    Não tenho a menor condição de arcar com drenagens linfaticas, e a empresa tambem não se propos a me ajudar a pagar, pois eles afirmam que nao faz parte da politica deles.
    Não sei o que fazer.
    Estou pensando em agendar uma pericia na Previdencia e levar todos os laudos: Linfocintilografia, Ressonancia, Tomografia e Ussom com Dopller dos Membros Inferiores.
    Preciso de uma orientação.

  355. MARIA.SONIA.GONÇALVES comenta:

    20 outubro, 2012 @ 3:38 PM

    TENHO.55ANOS, E TENHO LINFFEDEMA NA PERNA ESQUERDA ME SINTO MUITO MAL POIS AQUI NAO TEM NENHUM RECURSO MINHA AUTO ESTIMA SE FOI NAO CONSIGO TRATAMENTO AQUI ONDE MORO. MORO EM ARAXA. POR FAVOR ME INDIQUE UM MEDICO AQUI EM MINAS

  356. Camila comenta:

    26 novembro, 2012 @ 1:40 PM

    Olá boa tarde,

    Tenho linfedema, depois de duas cirurgias que fiz de varizes, que deu complicação.. estou preocupada, há algum risco de isso virar trombose???

  357. Roberta Boone comenta:

    15 janeiro, 2013 @ 11:34 AM

    Olá!
    Boa Tarde.

    Possuo linfedema de Milroy no membro inferior direito e alguns sinais no esquerdo também. Minha mãe também é portadora.
    Tenho ausência de linfonodos. Há 3 anos atrás fiz tratamento durante um mês em SP a base de fisioterapia física complexa e drenagem.
    Continuo em tratamento em casa, fazendo uso da meia de compresão e bandagem para dormir.
    Gostaria de saber se possui outra maneira de ajudar na drenagem, já que a cura ainda não foi possivel.

    Grata!!
    Roberta Boone – 21 anos – Vitória/ES

  358. Jaqueline R Andrade comenta:

    22 janeiro, 2013 @ 11:43 PM

    Venho compartilhar com vcs esse problema. Tenho linfedema perna esquerda a 8 anos, principalmente meu tornozelo incha .E TÃO triste, não poder usar um shortes, saia e também muito dificil sapatos… Ja fui a Sao Paulo, fiz micro cirurgia canalizando algumas linfaticas na arteria, assim diz o Dr. Guedes que realizou a cirurgia, porém o resultaldo não foi satisfatório…. O que podemos fazer… È muito triste ter que aprender a conviver com esse problema……………… SE alguém encontrar a soluçáo me avisem.

  359. ELITA PEREIRA comenta:

    6 fevereiro, 2013 @ 12:52 PM

    Atraves de um livro de um médico e prof. através da medicina através das plantas, consta que a Sucupira é um precioso vegetal, usa-se a batata e a semente como depurativa , é contra além de outras doenças do Diabete e age sobre os Vasos Línfaticos.

  360. João comenta:

    1 março, 2013 @ 3:23 AM

    nossa eu postei nesse site em 2007… e eu nem imaginava q tinha tanta gente com esse tipo de problema =(
    Bom eu tenho 22 anos agora e tenho esse problema desde os 13 ou 12 nao me lembro mais kkk maas caso alguem precise de algum tipo de ajuda… eu conheço alguns especialistas e médicos muito bons aki em SP/SP…

    joao_93900@hotmail.com

Deixe seu comentário aqui !