Arquivo de 24/fev/2007





24 - fev

Artrite de Jaccoud

Categoria(s): Dicionário

 Dicionário

A artrite de Jaccoud é também, denominada de artropatia crônica pós-febre reumática. Trata-se de um processo articular, raro, indolor, lentamente progressivo, que deforma os dedos das mãos e dos pés.

A artrite de Jaccoud aparece depois de múltiplos ataques graves e prolongados de febre reumática. É considerada o resultado final da inflamação repetida das cápsulas articulares fibrosas nas articulações pequenas da mão dependendo da predisposição individual.

O prognóstico é bom, e o processo restringe-se as pequenas articulações das mãos e pés.
Referência:

Bittl JA, Perloff JK – Chronic post-rheumatic fever arthopathy of Jaccoud. Am Heart J, 1983;105:515

Tags:

Veja Também:

Comentários    







24 - fev

Ototoxicose – surdez, zumbidos e vertigem

Categoria(s): Bioquímica, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Neurologia geriátrica, Otorrinolaringologia geriátrica

Resenha

Colaboradora : Talita Gameiro Ribeiro *

* Fisioterapêuta e Gerontóloga

Numerosas substâncias podem causar lesão transitória ou definitiva súbita, progressiva ou tardia dos sistemas auditivo e/ou vestibular periférico ou central. A ingestão recente de drogas possivelmente tóxicas deve ser argüida em qualquer paciente que se queixe de “tonteira”. A cessação do uso da droga geralmente causa desaparecimento dos sintomas em poucos dias, embora a lesão vestibular e coclear causada por aminoglicosídios e outras ototóxicas possam resultar em permanente ataxia ou surdez.

A figura em azul ilustra o aparelho auditivo, as formas em formato de arcos são os canais semicirculares que respondem pelo equilíbrio e, a imagem em forma de um caracol é a coclea responsável pela audição, gerando a transmissão dos sons,

menierVeja na figura os delicados movimentos de estímulo da células ciliares no sistema coclear, responsável pela transmissão dos sons ao nervo auditivo (coloração vermelha), que são lesados na ototoxicidade.

coclea

Fonte: www.physics.purdue.edu

Na ototoxicose vestibular, o idoso pode apresentar tonteira na forma de vertigem, desequilíbrio e atordoamento. Também pode haver zumbido e perda auditiva. Esses sintomas são bilaterais e freqüentemente se acompanham de marcha atáxica, por afetarem de forma variável os aparelhos vestibular e coclear.A marcha atáxica se caracteriza por uma base de suporte alargada e uma marcha “arrastando os pés”. As pernas são em geral movimentadas para frente e para fora, em passos com os pés levantados. Com o calcanhar tocando o solo em primeiro lugar, a tal marcha é uma resposta a sensibilidade proprioceptiva alterada e à falta de conhecimento da localização dos pés em relação ao solo, encontrando-se um sinal de Romberg presente.

Substâncias ototóxicas

Inúmeras substâncias podem provocar lesões otológicas como: beta-bloqueadores, antiarrítmicos, anti-hipertensivos, vasodilatadores coronários ou periféricos, vasoconstritores, antimigranosos, anticoagulantes, diuréticos, antidepressivos, analgésicos, sedativos, tranquilizantes, hipnóticos, anticonvulsivantes, antiparkinsonianos, antieméticos, alguns relaxantes musculares e antiinflamatórios não hormonais, hormônios, antibióticos sistêmicos ou tópicos, citostáticos, sulfas, antituberculosos, anti-helmínticos, antimaláricos, antimicóticos, antialérgicos, anticoncepcionais, anestésicos, metais pesados, solventes, expectorantes, broncodilatadores, estimulantes respiratórios, moderadores de apetite, álcool, fumo, café etc.

Os antibióticos aminoglicosídeos são potentes ototóxicos. A gentamicina, o mais utilizado dos aminoglicosídeos, pode causar perda auditiva e lesar severamente o sistema vestibular, provocando desequilíbrio incapacitante e irreversível.

A monitorização do tratamento com aminoglicosídeos, citostáticos e outras drogas potencialmente tóxicas para a audição e o equilíbrio corporal deve ser sistematicamente efetuada, para surpreender o início da lesão labiríntica, o que pode ocorrer antes de surgirem sintomas de distúrbios cocleovestibulares e modificar a terapêutica.

Avaliação diagnóstica

Os principais fatores de risco para ototoxidade são função renal comprometida, alto nível sérico da droga, um curso de mais de 14 dias, uso anterior de drogas ototóxicas, perda auditiva sensório-neural preexistente e idade acima de 65 anos. Os métodos de prevenção incluem testes auditivos e vestibulares periódicos enquanto se está tomando medicamentos conhecidamente ototóxicos. Vários medicamentos prescritos para condições cardíacas, e alguns medicamentos anti-hipertensivos, podem causar tontura.

Medicamentos psicotrópicos, relaxantes musculares e anticonvulsivos podem também causar tontura. É importante inquirir sobre a ingestão de álcool e cafeína e qualquer uso de medicamentos vendidos sem receita médica, como preparações para a gripe e medicamentos para dormir.

Na avaliação auditiva, nos exames de audiometria tonal liminar e altas freqüências, os principais achados são:
- perda de audição neurossensorial bilateral simétrica de intensidade variável;
- curva audiométrica descendente é a configuração audiométrica mais freqüente;
- nas audiometrias de alta freqüência não existem padrões de normalidade;
- útil para detecção precoce do envolvimento do sistema auditivo;
- deve ser empregada para monitorar estados de risco para audição, como os tratamentos de quimioterapia oncológica.

Nas respostas auditivas para o tronco encefálico, são determinados os limiares auditivos em pacientes não-cooperantes. Nos testes de vestibulometria, o teste de nistagmo* pré-rotatório pode ocorrer acentuada hiporreflexia ou arreflexia, geralmente bilateral. Já no teste da auto-rotação cefálica, há uma redução de ganho e avanço da fase dos reflexos vestíbulo-oculares horizontal e vertical que são achados comuns nas hipofunções vestibulares bulbares.

* Nistagmo  – O termo nistagmo é usado para descrever os movimentos oculares oscilatórios, rítmicos e repetitivos dos olhos. É um tipo de movimento involuntário dos globos oculares, geralmente de um lado para o outro e que dificulta muito o processo de focagem de imagens. Os movimentos podem ocorrer de cima para baixo ou até mesmo em movimentos circulares e podem surgir isolados ou associados a outras doenças.

Os nistagmos variam de caso a caso e podem ser classificados de acordo com a manifestação clínica. Os principais tipos são: fisiológico, congênito, spasmus nutans, nistagmo do olhar, nistagmo vestibular, nistagmo por distúrbio neurológico, nistagmo voluntário e nistagmo histérico. Em geral, provocam incapacidade de manter fixação estável e significativa ineficiência visual, especialmente para visão à distância.

Tire suas dúvidas acessando as páginas – Vertigem – 200 dúvidas a respeito

Referências:

Ganança, M.M.; Caovilla, H.H.; Munhoz, M.S.; Silva, M.L.G.; Frazza, M.B.; Ganança, F.F., Ganança, C.F. – “Labirintites” no Idoso: Diagnóstico Laboratorial. Atualidades em Geriatria, 2(13): 8-10, 1997.

Ganança, M.M.; Caovilla, H.H.; Munhoz, M.S.; Silva, M.L.G.; Ganança, F.F.; Ganança, C.F.; Serafini, F. – Reflexões sobre a Farmacoterapia da Vertigem: Problemas e Soluções. Parte I – Crenças… Revista Brasileira de Medicina – Atualização em Otorrinolaringologia, 5(1): 4-12, 1998.

Ganança, M.M.; Caovilla, H.H.; Munhoz, M.S.; Silva, M.L.G.; Ganança, F.F.; Ganança, C.F.; Serafini, F. – Reflexões sobre a Farmacoterapia da Vertigem: Problemas e Soluções. Parte II – Atitudes… Revista Brasileira de Medicina – Atualização em Otorrinolaringologia, 5(2): 46-9, 1998.

KAHLMETER, G.; DAHLAGER, J.I.- Aminoglycoside toxicity – a review of clinical studies published between 1975 and 1982. J. Antimicrob Chemother, 13 Suppl A:9-22, 1984.

OLIVEIRA, J.A.A. – Em: COSTA, S.S.; CRUZ, O.L.E; OLIVEIRA, J.A.A. – Otorrinolaringologia: Princípios e Prática, 1ª. ed., Porto Alegre RS, Artes Médicas, 95-97, 1994.

KEMP, D.T. – Development in cochlear mechanics and techniques for noninvasive evaluation. Adv Audiol, 5:27-45, 1988

Tags: ,

Veja Também:

Comments (6)    




" A informação existente neste site pretende apoiar e não substituir a consulta médica.
Procure sempre uma avaliação pessoal com um médico da sua confiança "