17 - fev
  

Hemiparesia

Categoria(s): Dicionário, Neurologia geriátrica




Dicionário

Hemiparesia – déficit parcial da capacidade de executar movimentos voluntários em metade do corpo.

Tags:




Comentário integrado ao Facebook:


94 Comentários »

  1. vagner comenta:

    22 março, 2008 @ 4:25 PM

    oi, sou vagner tenório tenho 22 anos e sofri um acidente de moto com 13, portador de hemiparesia, e quero saber se essa doença tem cura ou se estão estudando pra saber se essa lesão tem jeito; ouvi falar que estáo estudando!!! é verdade? (por favor essa resposta pra mim é muito importante). OBRIGADO…..

  2. Silvia comenta:

    25 março, 2008 @ 3:51 PM

    Wagner, eu também sofro como você de hemiparesia esquerda. Ela é uma sequela do trauma que nós sofremos. Futuramente, tenho certeza de que os cirurgiões vão encontrar uma técnica de eliminá-la. Porenquanto, conviva bem consigo mesmo, e não ligue para os comentários errôneos que agente ouve por aí!

  3. William comenta:

    16 abril, 2008 @ 5:19 PM

    Ainda não há um tratamento para hemiparesia visando a cura, há tratamentos fisioterapeuticos visando a melhora na qualidade de vida dos pacientes, e creio que as pesquisas com células tronco pode ser uma esperança para vocês dois e para mais pacientes.

  4. Fernanda comenta:

    2 junho, 2008 @ 10:05 AM

    Procure um Terapeuta Ocupacional.Esse profissional da saude vai ter ajudar a ser mais independente funcionalmente apesar do problema.

  5. andrea comenta:

    2 setembro, 2008 @ 12:25 PM

    minha cinha acaba de ser operada de um aneurisma e como sequela está com hemiparesia esqueda sem afetar a fala. Noto também que o tronco não se mantem sentado. Minha pergunta: Qualis as chances dela voltar a andar normalmente, pois ela é professora e gostaria muito de saber se podemos ter esperanças.

  6. CÉSAR PONTARA comenta:

    23 setembro, 2008 @ 3:02 PM

    OLÁ PESSOAL, SOU SORO POSITIVO E TIVE AIDS. COMO SEQÜELA FIQUEI COM HEMIPARESIA ESQUERDA. TAMBÉM CREIO QUE DEUS PODE ILUMINAR A MENTE DESSES CIENTISTAS QUE TRABALHAM COM CÉLULAS TRONCO PARA ENCONTRAREM A CURA DEFINITIVA PARA NOSSOS CASOS E OUTROS TAMBÉM E CLARO.
    POR ENQUANTO AQUI VAI UMA DICA: FAÇO USO DO BOTOX (TOXINA BUTULINICA TIPO ‘A’;
    QUE PODE SER CONSEGUIDA NO SUS, DEPOIS DE UMA AVALIAÇÃO DO NEUROLOGISTA; ESSE MEDICAMENTO REDUZ BASTANTE O ENRIJECIMENTO MUSCULAR, FACILITANDO A LOCOMOÇÃO. FISIOTERAPIA E ALGUMAS MAQUINAS DE ACADEMIA TAMBÉM AJUDAM.
    PARA QUEM TEM O PÉ CAIDO E ANDA COM O MESMO ARRASTANDO, EXISTE UM APARELHO CHAMADO DE ‘APOIO ANTI-EQÜINO’, QUE AJUDA A LEVANTAR A PONTA DO PÉ. NÃO É CARO E PODE SER ENCONTRADO NA NET. O MELHOR DELES É O ‘STUS’.
    SOU INDEPENDENTE EM TODAS AS ATIVIDADES NORMAIS E ATÉ DIRIJO.
    QUE DEUS OS ABENÇOE. SUCESSO PARA TODOS.
    ESPERO TER AJUDADO.

  7. Angela MG comenta:

    26 setembro, 2008 @ 10:35 AM

    Em Junho de 2008 os médcos me deram diagnóstico de hemiparesia direita,é desconfortante e muito não saber o porque disso e queria contato cm mais pessoas.

  8. Joao Neto Pereira Santos comenta:

    14 outubro, 2008 @ 4:57 PM

    Tenho dificuldades em fazer movimentos normais do lado esquerdo, tenho dificuldades em andar e tambem usar a mao esquerda para efetuar qualquer tarefa.
    Poe este motivo conforme orienta;oes medicas fiz cirurgia de hernia de disco cervical a um ano, So que o problema persiste hoje um pouco pior pois as dores das costa tambem ja esta afetando minha perna esquerda. Estou afastado das atividades na empresa recebendo auxilio doenca. O medico que me fez a cirurgia me deu um laudo pedindo que fosse aposentado por invalidez, mais ate hoje os medicos das pericias do INSS nao levaram em consideracao este laudo.
    Gostaria de saber se ha algum remedio para aliviar as dores, e para que consiga recuperar partes dos movimentos.Como devo proceder em relacao ao INSS.
    Abracos a Todos e fiquem com Deus.

  9. BUENO comenta:

    20 novembro, 2008 @ 9:44 PM

    minha filha teve hemeparesia cerebral no lado esquerdo afetando o lado direito.
    Ela tem dois anos ainda não fala nen anda somente anda com a gente segurando seus braços.
    gostaria de saber se alguem com este mesmo tipo de sequela já andou e falou e com quantos anos começou a andar e falar?
    Pois para mim já é uma vitoria ela andar.
    que Deus ilumine o caminho de todos os que puderem me ajudar com pelo menos uma parte desta resposta.

    Um abraço a todos…..

  10. Vanessa comenta:

    8 dezembro, 2008 @ 5:23 PM

    Bueno, sou Terapia Ocupacional e o aconselho a procurar uma profissional nesta área. Uma dica é a parte de Terapia Ocupacional infantil do hospital Bias Fortes (BH-MG) se vc for daqui. Por ser uma criança de tão tenra idade, o prognóstico é bom porque ela está em desenvolvimento e o sistema nervoso é capaz de “reabilitar”quanto mais nova for a pessoa. Ela tem grandes chances de adquirir as funções que almeja mas é necessário estímulo de um profissional da área de Terapia Ocupacional. Dentro de casa o estímulo é de magnífica importância, por este motivo vc mesmo já está vendo o progresso de sua filha. Que Deus ilumine vcs… grande abraço, Vanessa.

  11. leani barros comenta:

    11 dezembro, 2008 @ 6:26 PM

    oi meu nome é leani e a minha filha de 6 anos nasceu co m hemiparesia, descobri cedo quando ela tinha 3 meses só que a4 anos ela deixou de fazer o tratamento e gostaria de saber se ela tem chances de melhorar o seu desenvolvimento.obrigado que Deus abençõe todos vcs!!

  12. Bueno comenta:

    12 dezembro, 2008 @ 9:38 AM

    Obrigado Vanessa pela sua atenção que Deus te ilumine
    Somos aqui de Santa Catarina, vou seguir seu conselho hoje eu faço estimulação precoce,
    fisioterapia e hidro todos os dia com ela. desde o seu nascimento.
    Fico muito agradecido pelo seu apoio um grande abraço, bueno.

  13. Marsele comenta:

    15 dezembro, 2008 @ 5:39 PM

    Bueno e Leani Barros, meu filho com 1 ano e seis meses teve convulsões de dificil controle, ficou internado, ele já andava e estava começando a falar, um dia ainda no hospital percebi que ele não ficava mais em pé e não falava mais, o neurologista disse que ele estava com hemiparesia.
    Eu e meu marido ficamos desesperados, como se não bastasse as convulções ele ainda estava com hemiparesia.
    Ele teve alta do hospital tomando medicação para controlar as crises, e começou nossa corrida para a recuperação do nosso filho.Ele fez fisioterapia,,fono e terapia ocupacional.
    Meu filho voltou a andar e a falar. Hoje ele está com 10 anos e tem um pouco de dificuldade na mão direita, ele era destro e teve que aprender a escrever com a mão esquerda , teve dificuldade no inicio mais com amor e estimulo tudo deu certo,e hoje ele tem uma vida normal.
    Ele corre brinca com outras crianças e é muito inteligente.
    Tenho certeza que com fé e dedicação e ajuda de bons profissionais
    os filhos de vocês terão grandes progressos.
    Abraços fraternais e boa sorte!

  14. BUENO comenta:

    20 dezembro, 2008 @ 8:35 PM

    Obrigado pela sua atenção Marsele que Deus ilumine seu caminho aproveitando espaço desejo a você e toda sua familia e os demais um feliz e santo natal e um prospero ano novo…..
    Um grande abraço, Bueno.

  15. Leandro comenta:

    19 fevereiro, 2009 @ 6:29 PM

    Tenho 27 anos nasci com hemiparesia direita e essa limitação me deixa muito frustrado. Fiz faculdade só q no ultimo ano tranquei a mesma. Sinto dificuldade em interagir com outras pessoas.Tomo medicamento anti-depressivo, não saio maiis de casa.Sinto dificuldade pra falar, sinto um certo desanimo. Pessimista e cetico tbm.Espero q isso passe logo. Abs a todos

  16. Alessandra comenta:

    21 fevereiro, 2009 @ 12:27 AM

    Minha filha com apenas 10 meses de nascida sofreu uma convunção sem febre e ficou com hemiparesia esquerda. A neurologista diagnosticou como causa, a vacina contra
    a poliomelite. Ela faz fisioterapia e ecoterapia até hoje e os resultados são gratificantes
    a escola também tem sido o melhor insentivador e sei que ela ficará NORMAL hoje ela já
    anda sozinha e já fala, para mim cada aprendizado é presente de Deus.
    Tenham fé e persistência. Um abraço.

  17. José Inaldo dos Santos Silva comenta:

    4 março, 2009 @ 10:16 PM

    Que Deus ilumine todos vocês!!!

  18. Luis Felipe comenta:

    6 março, 2009 @ 3:21 AM

    Tenho 24 anos e aos 9 anos de idade levei um tiro na cabeça, ao qual formou-se um coágolo de sangue no cérebro, tive hemiparesia esquerda, não caminhava não falava e o meu olho direito era muito caído.
    Mas com a persistencia com tratamentos fisioterápicos vou evoluíndo a cada dia que passa.
    Faça 2 horas e 30 minutos de exercícios diáriamente, tanto em solo como na água, os na água me trazem maior mobilidade e capacidade de deselvolver todos os movimentos que ainda tenho dificuldades. Devido a este esforço nado, corro e faço musculação e fisioterapia, levo uma vida normal ao quar formarei-me em direito em dezembro deste ano de 2009.
    Um dica para quem tem o braço muito contraído é aplicar botox, eu ao menos obtive resultados fantásticos!
    “A vida é breve e bela, e nós devemos aceitar as pessoas como elas são, logo a vida como ela é.”

  19. alessandra comenta:

    26 março, 2009 @ 1:52 PM

    Minha filha tem 3 anos e nasceu com hemiparesia a esquerda nao tem uma causa certa houve a falta de ácido fólico durante a gestaçao e ela nasceu com 41 semanas de parto normal e ingeriu meconio nao foi feito um exame q diagnosticasse corretamente a causa, hoje ela faz fisioterapia e nataçao ela anda e fala normalmente Graças a Deus e esperam q os especialistas descubram a cura p essa doença e que nos jamais podemos desistir das dificuldades q sao colocadas em nosso caminho e somos fortes o bastante para a caminhada pois Deus confiou em pessoas como nós. Um abraço e viva cada momento da sua vida com muita alegria e esperança.

  20. Rose Bueno comenta:

    27 março, 2009 @ 3:51 PM

    Minha filha está c/ 7 anos, aos 5 anos entrou em Estado de Mal e permaneceu em coma por 7 dias, qdo voltou do coma demorou 3 dias p/ voltar aos movimentos normais do corpo, estava tudo bem até q dali 10 meses ela entrou em Estado de Mal novamente, desta vez ficou no coma por 11 dias, qdo voltou demorou 8 meses p/ andar e falar, hoje ela movimenta a parte esquerda com muita dificuldade o médico disse q é Hemiparesia, ela está fazendo Hidro, Fono, Acupuntura, Fisio e teve q passar à frequentar escola especial, faz uso de anticonvulsivantes, mas, os médicos ainda não conseguiram fechar o diagnóstico, estamos convivendo c/ uma doença q não sabemos qual é, peço q se alguém puder nos ajudar q entrem em contato conosco por favor, pois, estamos dando à ela muito Amor e Carinho e com paciência sei q vamos chegar à Vitória, mas, é muito difícil não saber o q seu próprio filho tem e não ter dinheiro p/ pagar um tratamento particular
    À todos vocês q estão em alguma luta parecida c/ a minha fiquem c/ DEUS e se alimentem c/ a Fé e a Esperança porque luta também é Benção.

  21. carlinha comenta:

    2 abril, 2009 @ 8:57 PM

    oi pessoal,por curiosidade e pesquisando sb hemi,encontrei seus depoimentos to comovida c tudo q li,tenho dsd o utero d minha mae +so ha 1 ano descobri qe era impecilio p ser trabalhadora e profisional pois fui demitida por ser considerada nao ter “condiçoes p acompanhar o crescimento da empresa” nem ser competente o bastante p ficar a frente dos clientes.eu posso com isso.bjos p vcs.+ sorte tambem

  22. fernanda comenta:

    24 abril, 2009 @ 11:27 AM

    oi tenho 28 anos tenho um filho maravilhoso victor hugo que também tem hemeparesia esquerda ele tem muita dificuldade de fazer suas coisas com a mão esquerda a médica disse que lele tem que fazer fisioterapia ocupacional gostaria de saber se tem algum lugar em, osasco que forneça esse tipo de serviço pois estou com muita dificuldade de encontrar gostaria de saber mais sobre o assunto a respeito da hemeparesia esquerda se alguem se interessar é só se cdomunicar comigo para podermos trocar idéias obrigado

  23. fernada comenta:

    27 abril, 2009 @ 4:04 PM

    Ei, gente!!! Tenho 24, tenho hemiparesia parcial do lado direito…convivo mto bem c isso… sempre tive uma vida normal.. sou formada e to tentado concurso publico, sera que posso tentar como deficiente? sei q meu caso é mto leve…

  24. ana Paula comenta:

    15 maio, 2009 @ 1:44 PM

    Olá,
    Sou esposa de um pai que tem uma filha com hemiparesia, sei que ela nasceu com está doença, hoje, ela esta com 19 anos, passou por vários tratamentos, e o MAIOR ESPECIALISTA NESTE CASO CHAMA-SE FDR. FERNANDO ARITA – ATENDE EM SANTO ANDRÉ/SP.
    PROCUREM POR ELE EM SP..COM CERTEZA ELE AJUDARÁ.
    BOA SORTE, E NÃO DESESITAM, POIS COM TRATAMENTO QUASE NÃO SE PERCEBE A DOENÇA, VIVE-SE NATURALMENTE.

  25. Bueno comenta:

    17 maio, 2009 @ 6:06 PM

    Ana Paula se vc tiver o endereço e o tel. desse médico e puder me informar fico desde já agradecido. Um abraço.

  26. Eliane Barbosa de Melo comenta:

    23 maio, 2009 @ 7:34 PM

    Oi td bem? Sou prtadora de hemiparesia desdes 2003, após aparecer um coagulo de sangue na minha cabeça após a troca de uma valvula pois tenho hidrocefalia. E então 15 dias depois da troca da valvula apareceu esse coagulo que veio a ser operado ,mais que curiosamente não veio a ser extraido td sangue pois eles colocaram uma luva cirurgica para retirada do sangue que curiosamente ao inves de ficar na luva voltou para o cerebro como por um misterio após esse acontecimento comecei a notar muitas dificuldades para andar e também caia muito após uma consulta na AACD foi diagnosticdo hemparesia a direita+ataxia já fiquei muito revoltada no começo mais hoje sei que se fizermos os tratamentos direitinho poderemos ter uma vida praticamente normal .

  27. Fernanda comenta:

    1 julho, 2009 @ 1:14 PM

    Olá
    sou mae de um menino de 12 anos que desde sempre foi muito sossegado, pouco aventureiro e tambem muito inteligente. Comecei a aperceber-me que arrastava um pouco o pé esquerdo ao andar e a perna esquerda ficava um pouco para tras quando subia escadas. Alias até aos 5/6 anos ele subia e descia as escadas sempre com a mesma perna a frente, como os bebés. Pensei sempre que era cauteloso.
    Hoje estou triste porque decidi consultar um neurologista que lhe diagnosticou hemiparesia esquerda na perna e tambem no braço, principalmente no braço. No braço confesso que nunca me tinha apercebido e só hoje observo que ele não segura pesos com a mão esquerda. Fez ressonancia magnetica encefalica e medular e não tem qualquer lesão. Segundo o neurologista a hemiparesia nasceu com ele e não é progressiva. Eu apenas sei que o meu parto foi muito demorado, ele nasceu com uma circular e não chorou de imediato.
    Esta dificuldade do meu filho que durante tantos anos me passou ao lado hoje parece-me tão evidente que sinto remorsos de não me ter apercebido dela antes. Gostaria de fazer algo por ele mas nada me foi indicado. Gostaria que me informassem sobre este problema e possiveis tratamentos. Nesta idade, 12 anos, inicio da adolescencia observo que ele está a sofrer com isto porque certas actividades que quer fazer não consegue, por exemplo no desporto ( tem 5 a todas as disciplinas e 3 a educação fisica) e na guitarra pela falta de força nos dedos da mão esquerda. Obrigado por me escutarem.

  28. Cristiane Camargo comenta:

    2 julho, 2009 @ 7:28 PM

    Oi queridos eu trabalho na APAE de Fartura sou monitora e umas das crianças que cuido tem hemiparesia a esquerda entrei no site pra saber mais sobre a doença,ele faz as coisas com as duas mãos mas a dieita ficou mais compromwetida ele chuta coma esquerda e as vezes pego ele com a direita caida as pernas e até com a mão curvadinha..Ele está na sala do maternal sabe cores conhece os nomes dos amiguinhos tem não consegue se vestir sozinho não consegue se calçar tem imensa dificuldade em colocar meias,ele tem5 anos.Que tipo de trabalho poderiamos fazer com ele além da fisioterapia que ele faz 2 vezes por semana????muito obrigada desde já,fiquem com Deus…..

  29. Marsele comenta:

    4 julho, 2009 @ 1:17 AM

    Oi Carla,muito legal o seu interesse. A palavra chave é insentivo.
    Tem que insentivar a criança a usar o lado que tem menos mobilidade , na hora de brincar,desenhar e também de se vestir . Com a continuidade do tratamento as dificuldades serão amenizadas.
    Abraços fraternais!

  30. Marsele comenta:

    4 julho, 2009 @ 1:19 AM

    Correção* Cristiane Camargo

  31. Zeleide comenta:

    9 julho, 2009 @ 7:05 AM

    Quanto ao comentário do sr. Joao Neto Pereira Santos, o melhor a fazer para conseguir a aposentadoria por invalidez é, após a negativa na via administrativa do INSS, dirigir-se a Justiça Federal de sua cidade, no setor de atermação, que irá encaminhar processo em face à Autarquia solicitando aquele benefício almejado. Espero ter ajudado. Abraço.

  32. Francisca Pires comenta:

    20 julho, 2009 @ 9:25 AM

    Sou estudante de Pedagogia.
    Ad.orei os depoimentos

  33. michele comenta:

    3 setembro, 2009 @ 5:22 PM

    Olá minha vó sofreu, hipertensão arterial severa com complicacões cerebro vascular, hemiparesia a esquerda, torposa, pouco responsiva. tcc hemo ventriculo. esse foi o laudo médico ela continua enternada, não consegue falarr..
    gostaria q me explicase oq siginifica isso…

  34. Cristiane comenta:

    24 setembro, 2009 @ 6:24 PM

    Oi tenho uma filha com 10 anos ,quando ela tinha 5 meses descobri q ela tinha hemeparesia celebral ,ela nao tem movimento do lado direito ela fez tratamento ate 7 anos e paro .Agora ela volto a fazer os tratamento mas esta mt dificil .ela ja fez aplicação de botox em Riberão Preto .fez cirurgia perna e pe alongamento de tendão queria sabe se tem alguem q fez esse tipo de cirurgia .obrigado

    o emil q deixo é do pai

  35. Cristiane comenta:

    24 setembro, 2009 @ 6:38 PM

    Gostaria de saber se a hemeparesia atrapalha as pessoas a trabalha e se tem algum tipo de preconseito .poq tenho uma filha com 10 anos e tenho medo q ela sofra ….

  36. caroline comenta:

    29 setembro, 2009 @ 7:37 PM

    Ola!

    Até hoje nao conhecia esta doença, só tomei conhecimento pq sou professora de natação e um pai de uma criança com hemiparesia veio me procurar para eu dar aula de natação para sua filha. Estou em duvida no que seria melhor para ela a natação ou a hidro.

  37. Fernanda ferreira comenta:

    12 outubro, 2009 @ 5:52 AM

    Ola
    Tenho um filho de 12 anos que teve um desenvolvimento normal até aos 10 anos de idade, a partir dai notamos dificuldade em correr e subir escadas na perna esquerda.
    Numa consullta de neurologia foi encontrada falta de força muscular não so na perna esquerda mas tambem no braço esquerdo, tem tambem uma ptose palpebral a esquerda desde os 3 anos. Fez ressonancia magnetica encefalica e medular e nao foram encontradas lesoes. o neurologista julga ser uma hemiparesia esquerda que nasceu com ele e só agora se tornou perseptivel, nao sendo progressiva. Eu estou preocupada porque ele tem cada vez mais dificuldade na corrida e nas subidas, ficando muito cansado. Não sei se devo ficar por aqui ou procurar mais ajuda medica.Gostaria de saber o que pode ter provocado este problema no meu filho porque a gravidez foi normal, o parto tambem, o unico problema de saude que ele teve foram amigdalites sucessivas com febres acima de 40 graus aos 3/4/5 anos de idade, resolvidas com cirurgia.Se alguem me poder ajudar agradeço. Um abraço

  38. naraiana comenta:

    13 outubro, 2009 @ 7:42 PM

    oieeee

    eu tenho 14 anos e também tenho hemiparesiaa tenho um pouco de diciculdade de movimentar um lado do corpo…mas faço tdu norma..corro ando movimento a maoo…faço fisiotraía desde os meus 2 anos de idade …sou super felizz mesamo com essa dificuldae

  39. Celí comenta:

    14 outubro, 2009 @ 5:55 PM

    Minha de 76 anos teve um AVC e ficou com o lado esquerdo sem movimento, no relatório diz hemiparesia a esquerda, já tem um mês, mas neste intervalo ela já movimenta um pouco a perna e o braço quase nada, está fazendo fisioterapia quase todos os dias, já consegue sentar sem ficar com o corpo caído, gostaria de saber se ela vai voltar a andar e ter movimentos como antes e, se existe otros tipos de tratamentos além de fisioterapia, acunputura, obrigado.

  40. Thiago comenta:

    21 outubro, 2009 @ 7:37 AM

    Oi, eu tenho hemiparesia desde o nascimento, pois nasci prematuramente aos 7 messes de gestação, meus pais sempre buscaram auxílo médico, fiz fisioterapia dos 4 aos 18 anos e tbm Terapia Ocupacional por alguns anos, durante a infância. Usei diversas paumilhas e até uma bota especial (ortopédica), porém hj aos 22 anos , apesar de não estar fazendo fissioterapia a praticamente 4 anos, sinto que melhorei bastante, já não ando mais tão torto, descompensado, tenho sim menos habilidade motora na parte esquerda do corpo, como por exemplo para chutar uma bola ou pegar um objeto que é lançado em minha direção.
    Posso afirmar com toda a certeza que levo uma vida plenamente normal. Sou feliz.
    Aos pais que têm filhos com essa ”dificuldade”, tenho a dizer que busquem auxilio médico desde a infância, pois desta forma o desenvolvimento motor de seu filho tende a ser mais satisfatório, como é o meu caso.

  41. RENATA comenta:

    25 outubro, 2009 @ 4:48 PM

    OI PESSOAL!!!EU NASCI COM HEMIPARESIA,E COMECEI A FAZER O TRATAMENTO COM A FISIOTERAPIA DESDE OS MEUS 6MESES GRAÇAS A MINHA MÃE E O MEU IRMÃO,JA PROGREDI BASTANTE ,HOJE TENHO 21 ANOS FAÇO FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS,E CONTINUA A FAZER A FISIOTERAPIA POIS PRECISO DELA CONTINUADAMENTE….HOJE ESTOU NO SEXTO PERÍODO DA FACULDADE E MEU TEMA DE MONOGRAFIA É SOBRE NÓS HEMIPARETICOS ,MEU FOCO É ABORDA A IMPORTANCIA DA FAMÍLIA PARA MELHOR QUALIDADE DE VIDA DE PESSOAS COMO EU E COMO VCS…..COMO ELES NOS AJUDAM A PERSISTIR NO TRATAMENTO ,E COMO NOS FAZEM SERTIRMOS IGUAIS E TÃO CAPAZES COMO QUALQUER OUTRA PESSOA…..AMO MEU IRMÃO E A MINHA MÃE MAIS QUE TUDO E SEREI GRATA ETERNAMENTE POR TUDO QUE FIZERAM E FAZEM A MIM ,ME DANDO CARINHO,E RESPEITO….OBRIGADO PELA ATENÇÃO DE TODOS E SE VCS PODECEM FALAR DO SIGNIFICADO DA FAMÍLIA NESSE PROCESSO DE REABILITAÇÃO AGRADECERIA PROFUNDAMENTE …FIQUEM COM DEUS E TUDO DE BOM,SAUDE E PAZ

  42. Luciana comenta:

    4 novembro, 2009 @ 9:09 PM

    Ola Renata,

    Tenho um filho de 1 ano e 7 meses com hemeparesia a esquerda e gostaria de ler sua manografia pois creio que nos ajudara bastante a lidar com nosso filho.
    Graças Deus sua debilidade é bem suave, a Hoje ele faz tratamento na AACD e tambem pelo plano de saude. Creio que os estimulos dos pais são muito importantes e procuro sempre dicas para ajuda-lo.
    Grata

  43. jacqueline comenta:

    25 dezembro, 2009 @ 3:32 PM

    olá a tds estou vendo os comentários pela primeira vez e concordo como é importante o vinculo afetivo e apoio familiar. Sou hemiparetica desde meu nascimento mas infelizmente nunca tive esse apoio. Me sinto só meu tratamento foi muito esporatico apenas quando nasci. hj o q escuto da minha familia é vc deve tomar conta da sua vida e nada mas. E dificil qdo não temos apoio

  44. Antonio sergio comenta:

    27 janeiro, 2010 @ 7:36 PM

    Gostaria de ter contato do Cesar Pontara
    Grato
    Antonio Sergio

  45. ilma lima comenta:

    28 janeiro, 2010 @ 2:50 PM

    oi amigos, tenho uma filha de 10 meses que já nasceu com hemiparesia no lado esquerdo,ela só tem mais habilidade com a mão esquerda quando seguramos a direita, e não consegue engatiar,além da hemiparesia ela também fez um exame neurológico que acusou ventriculomegalia á esquerda e alterações texturiais no parênquima cerebral adjacente á fissura de sylvius.o que não entendi é que a médica disse que ela tem líquido na cabeça,e as crianças que tem liquido na cabeça tem a cabeça muito grande e o polo cefálico dela quando a medica mede dar normal, ela também tem um problema na córnea do olho esquerdo que os médicos dizem que só transplante, mais minha princesinha é muito esperta quando falo os problemas que ela tem as pessoas nem acredita, ela é muito inteligente o que fazemos ela repete,com muita dificuldade já bate palminha, fala papai e esta sentando sozinha. queria me comunicar com pessoas que passaram por esses probleminhas, ou pessoas que possa me esclarecer melhor! estou orando por todos vcs apresentando as nossas dificuldades porque para DEUS nada é impossivel, que DEUS vos abençoe!

  46. Luciana comenta:

    28 janeiro, 2010 @ 7:42 PM

    Olá Ilma,
    Eu tambem creio completamente que para DEUS todas as coisas são possíveis, e é o desejo dele trabalhar atraves das nossas vidas, quando leio sobre fatos como os seus me lembro que a exatamente 01 ano atras descobrimos o diagnostico de hemiparesia do meu filho. Ele tambem tem dificuldade de coordenação devido a uma hemiparesia a esquerda. Mas passado um ano percebi a evolução que ele teve.
    Realmente o que tenho a te dizer é que tenha fé, olhe com os olhos espirituais e creia na cura da sua gatinha. Nós não sabemos como DEUS agirá mas devemos crer que irá acontecer.
    Procure órgãos que possam te auxiliar como a AACD e outros, isso será muito importante para ela. E estamos aqui… juntos para compartilharmos, ok.

    DEUS ABENÇOE!!!!

  47. ilma lima comenta:

    5 fevereiro, 2010 @ 12:27 PM

    olá minha querida luciana,
    agradeço pelo seu depoimento, e já estou acompanhando yasmin com os médicos, ela faz fisioterapia e extimulação visual.
    acompanho ela no hemope,no imip,no altino ventura e pelo plano de saúde. tenho andado muito, só DEUS tem mim dado força por que ficamos muito abalados emocionalmente.estou para ir na aacd de acordo com sua sugestão, pq sei q nesses casos lá é muito bom,minha querida q deus continue te recompensando com bençãos do céu e continue abençoando sua familia,continuo orando por todos vcs, um beijão nesse lindo coração e receba um abraço do senhor na sua alma!!!

  48. Carlos Antonio comenta:

    7 fevereiro, 2010 @ 5:22 PM

    Também estamos passando por momentos de apreensão. Nossa filha de 6 anos ha cerca de um mes atras apareceu com o andar diferente, onde o é caia ao caminhar. Levamos ao ortopedista e este mencionou se tratar de marcha escarvante, recomendando irmos a um neuropediatra. Assim procedemos e a medica pediu muitos exames, incluindo ressonancia magnetica do cranio e da coluna, cujos resultados foram normais. A criança está na escola, brinca, se diverte, mas estamos na expectativa de indentificarmos o real motivo para essa situação. A tarefa não é fácil, só Deus para acompanhar. Estamos aguardando o resultado de outros exames para encaminharmos ao ortopedista e assim, esperamos que o mesmo dê algum encaminhamento quanto á realização de fisosterapia ou outra forma de tratamento que venha a minimizar ou até mesmo reverter essa situação. Se alguem quiser colaborar com informações sobre situações parecidas, por favor não deixe de enviar o seu comentário. Deus ilumine a todos.

  49. Paulo Sergio comenta:

    7 fevereiro, 2010 @ 5:25 PM

    Gostaria de ter contato do Cesar Pontara
    Grato

  50. Valesca comenta:

    24 fevereiro, 2010 @ 8:05 AM

    Resposta para Bueno.

    Minha filha, por erro médico, teve isquemia cerebral no nascimento e como consequencia a Hemiparesia no lado esquerdo dos membros superioires e inferiores. Desde o início achei que ela era muito paradinha, mas só descobrimos de fato aos seis meses e desde os seis meses ela realiza fisioterapia. No começo era diário e ela conseguiu andar com 1 ano e 6 meses. Corra contra o tempo. Nós temos plano de saúde, mas não o utilizamos fazemos particular com a melhor fisioterapeuta da minha cidade. os resultados são impressionantes. Além disso é necessário em casa a participação de familiares com alguns exercícios. Dê o melhor para seu filho. A minha filha tem hemiparesia do lado esquerdo e usa uma talinha nos pés com um tênis ou botas , sempre bem coloriadas para ela gostar. A noite ao dormir usa uma talinha nas mãos para evitar que o polegar e palma das mãos se dobrem. É essencial essa talinha surte efeito. Outra coisa importe, embora eles reclamem, é fechar a mão boa (que não tem hemiparesia) , pode ser com uma meia de fita adesiva por um tempo para que o pequeno possa pegar objetos e gesticular com a mão que tem hemiparesia (pouca força muscular) esse exercício é muito bom. Faça isso, mesmo que ele não queira, seu pequeno lhe agradecerá muito no futuro. Se Deus quiser seu filho andará, peça orientação do fisioterapeuta para realizar exercicios em casa. Não vá para qualquer fisioterapeuta, vá para azqule(a) que trabalhe diretamente com crianças com esse problema. Boa Sorte.

  51. Stéfano Marcos de Souza comenta:

    25 março, 2010 @ 1:27 PM

    Boa Tarde, meu nome é stéfano tenho 18 anos e nasci com hemiparesia do lado direito do corpo, faço tudo normalmente, trabalho, curso Jornalismo na PUCRS, em Porto Alegre, surfo, jogo de goleiro no futsal e outras coisas. Acho bacana encontrar outras pessoas com o mesmo problema, mas apesar das dificuldades não considero este pequeno “disturbio” como uma doença, pois existem tantos traumas piores. Mas gostaria de saber mais sobre pessoas que possuem esta dificuldade, por favor entrem em contato se posível.

    Abraço e força a todos!

  52. Bueno comenta:

    29 março, 2010 @ 8:29 AM

    OBRIGADO VALESCA QUE DEUS ILUMINE CADA VEIZ MAIS O SEU CAMINHO…..

  53. elaine cristina comenta:

    25 abril, 2010 @ 1:51 PM

    eu tenho uma filha ,com heiparecia esueda,ela nao andava e nen falava ,mais graca a DEUS ele fez abro ela fala com dificudade e anda .CREIA EM DEUS ELE PODE TUDO

  54. jaime de almeida filho comenta:

    17 maio, 2010 @ 12:04 PM

    Meu filho, aos 19 anos, foi acometido por um PAF de crânio, disparo que entrou pelo ofício do OD, queimando a retina e o nervo ótico OE, ficando cego. Perdeu massa encefálica. Como seqüela hemiparesia direito. o membro superior sem resposta, porem o inferior tem alguma mobilidade, fazia tratamento de fono, fisio e to no instituto Oscar Clark RJ, recebeu alta depois de um ano. Ele diz a todos:
    _ tenham Fé como eu, procuro levar a minha vida com coragem, estou com 22 anos e aguardo um milagre ou que a medicina me possa curar..
    Que deus abençoe a todos nós

    Sandro Nascimento de Almeida

  55. ilma lima comenta:

    31 julho, 2010 @ 4:42 PM

    oi amigos, estou de volta e dessa vez mais alegre, com o desenvolvimento da minha filha. ela esta com 1 ano e quatro meses,esta andando pegando nas coisas,tinha parado de falar e esta voltando a falar novamente.Mais também passamos por momentos dificil, pq descobrimos q ela tem a sindrome de west, e as crises ainda ñ esta totalmente contralada mesmo tomando o gardenal e o depakene. E devido as crises constantes estava sendo internada, tendo mais de 40 crises por dia, mais agora passa quase o mês todo sem ter crises, continua fazendo fisioterapia e tem evoluido muito. amigos ñ percam a esperança, ainda q os médicos digam q ñ tem mais jeito, ñ esqueça DEUS é o médico dos médicos e ainda opera milagres em nossas vidas… fiquem na paz do senhor! um abraço a todos e saiba q DEUS esta no controle de tudo!

  56. erica assencio comenta:

    5 setembro, 2010 @ 10:07 AM

    olá… eu tenho uma filha que si chama julia ela tem 6 anos . nasceu de 6 meses por eu ter tido descolamento de placenta e devido a prematuridade dela …foi diagnosticado a hemiparesia ela tem muita dificuldade do lado esquerdo …mas desde qd nasceu faz todos os tratamentos possiveis hoje esta bem melhor a cada dia que passa me sinto feliz por ver os resulatdos …ela tem vida normal estuda em escola normal …os amiguinhos da escola tem muito carinho por ela ..ela é muito feliz….faz tratamento na AACD e acabou de fazer aplicação de botox ..agora estamos confiantes que cada vez mais ela vai ficar melhor …os medicos dizem que so depende dela e a cada dia que passa ficamos mais feliz com o resultado …amamos muito e com todo amor e carinho que ela tem …ao passar do tempo ela mesmo vai perceber que para ter resulatdos prescisa si esforçar… e eu creio em DEUS so ele é a cura …por isso que estamos muito feliz com força para superar tudo …um grande abraço…e a quem quiser trocar ideias …meu nome é erica e meu email … erica.03@hotmail.com

  57. simone rosane comenta:

    24 outubro, 2010 @ 3:22 PM

    Meu filho tiago quando fez 1e1mes caiu bateu a cabeça ,no hospital o medico deu 3 dias de vida passando os 3 dias disse que ele iria vegetar eu me apeguei com Deus e graças a ele meu filho esta vivo,ficou com hemiparesia do lado direito desde então faz fisioteraphia graças a Deus ele ja anda fala algumas coisas que da para entender outras não .mas eu creio que ele vai ficar bom.Hoje ele tem 2a e 2 meses.Os medicos dizem que ele vai ficar com o raciocinio lento.eu tenho muuuuuita fé em Deus e creio que ele ficara cada dia melhor

  58. Jaime de Almeida Filho comenta:

    25 outubro, 2010 @ 6:17 AM

    Quem escreve, Jaime de Almeida Filho, meu comentario está acima, solicito a todos que se possivel possam me ajudar, preciso de fisioterapia para meu filho, Sandro Nascimento de Almeida, não tenho mais como pagar seu tratamento e aqui no rio de janeiro a saude publica é muito complicada…..
    Orem por ele, como eu faço para todos que aqui escrevem….

  59. Anônimo comenta:

    25 outubro, 2010 @ 9:50 PM

    Amem Simone!

    Eu creio tambem em nome de Jesus na cura do seu filho. Cremos num Deus de milagres, e assim como ele curou aquele paralitico ele pode curar cada um de nossos filhos.

    Gloria a Deus por seu filho ter evoluído tanto, já podemos testemunhar ai o cuidado do Senhor. E assim devemos cada dia nos apegar mais a ele pois somente Jesus pode nos dar a cura, ele é o nosso refrigério.

    A paz do Senhor Jesus esteja com todos!!!

    Luciana

  60. Vanessa Z. B. Munari comenta:

    9 novembro, 2010 @ 10:09 AM

    Bom dia para todos vocês!
    Tenho hemiparesia do lado direito, tenho alguma dificuldade para caminhar (Leve), apenas ando arrastando o pé e tropeço muito, caio diversas vezes, já tive ruptura de ligamentos dos pés…mas minha vida é maravilhosa! Tenho uma filha linda de dois anos! Tneho 27 anos, o parto da minha mãe foi demorado (no natal) e tive paralisia cerebral, ela percebeu quando comecei querem caminhar, não me firmava e só caia! Fiz fisioterapia e hoje ando bem (tortinho, mas bem), não tenho muito equilibrio! Sofri na adolescência e na escola, mas se pudesse voltar atrás seria diferente, hoje sei que somos únicos e cada um é especial da sua forma! Me realizei como mãe, sou funcionária pública concursada, passei num novo concurso que em breve serei chamada! Desejo a todos que têm hemiparesia uma vida feliz como a minha! Se não dançamos bem, não corremos bem, não praticamos algum esporte bem, não se preocupe, ESTAMOS VIVOS! Lembre-se que somos perfeitos, mesmo assim! Não vale a pena ser perfeito fisicamente e ter um espírito atormentado! Libertem-se e vivam plenamente! Mil beijos!!!!!

  61. Simone Rosane comenta:

    11 novembro, 2010 @ 5:19 PM

    Vanessa fico muito feliz por vc e obrigado por estas palavras pois elas nos fortalesse muito eu tenho um filho tiago de dois anos e tres meses que tem hemiparesia do lado direito após sofrer uma queda e bater com a cabeça, nesta epoca ele estava com um ano e um mes.Os medicos falam que ele vai ficar com o raciocinio lento ,ele não pega nada com a mão direita ainda porque eu creio que ele vai pegar em nome de Jesus.Ele não anda corre,fala algumas coisas que da pra entender outras não é muito esperto e quando eu li o seu testemunho fiquei muito feliz e esperançosa.Que Deus te abençoe muito

  62. Luciana comenta:

    15 novembro, 2010 @ 1:37 AM

    Vanessa!!
    Obrigada pelas suas palavras, sou mae de um lindo garotinho com 2 anos e 7 meses e ele tem hemeparesia do lado direito, acredito que o caso dele seja bem parecido com o seu, é muito importante para nós lermos o testemunho de uma pessoa adulta porque como pais passam mil ideias na nossa cabeça de como será o futuro de nossos filhos e vendo o seu nos da um parâmetro ate mesmo de como ensinarmos nossos filhos.
    Sempre que puder, escreva. Eu tenho curiosidades para saber se voce fez fisioterapia, o que voce acha que ajudou mais na sua vida para que eu possa tambem proporcionar isso para o meu filho.
    Abs

  63. izabel comenta:

    5 fevereiro, 2011 @ 1:37 PM

    Temos um casal gêmeo de 2 aninhos. A menina é muito esperta. O menino, também, porém ele nasceu com hemiparesia parcial. Quando descobrimos nos informaram que ele falaria muito mal, teria dificuldade em andar e, no futuro, na escola, teria várias dificuldades. Graças a Deus tudo isso caiu por terra. Mudamos de equipe médica com pediatra, neuro e fisioterapia que hoje estão assistindo ele muito bem. A sequela no pé e na mão direita o impede de vários movimentos: vestir, calçar sandália, subir em alturas etc. A mãozinha recolhida é algo que estamos tratando, por enquanto, na fisioterapia. Estamos tratando da forma dele andar, para que o pé direito pise igual ao esquerdo e não fique de lado. Ele não se adaptou aos dois tipos de bota ortopédica, fizemos aplicação de botox que também não deu resultados. Hoje ele está com o pé engessado, para depois colocarmos a tala. O fato dele ter uma irmã na mesma idade tem ajudado muito. Os dois brincam, se protegem, se ajudam. Os tios e avós brincam direto com eles. Ele anda, corre, joga bola e fala fluente. Além disso, gosta de cantar e tocar violão e bateria. Cremos na restauração completa de sua saúde.

  64. Rose Bueno comenta:

    10 fevereiro, 2011 @ 2:18 PM

    Olá,

    Nos comentários que vejo, percebo o carinho que todos tem com os filhos portadores de Hemiparesia, acho que é por aí mesmo, todos eles são dependentes tanto para o tratamento médico, quanto para as atividades diárias. Temos que nos envolver com esse problema que também é nosso pois, nossos filhos são vítimas desta doença incurável, mas, com muito Amor, Carinho, Paciência e Fé nós podemos amenizar esse sofrimento e dar uma qualidade de vida melhor para eles. Vamos seguir em frente com muito Amor no Coração, fiquem com DEUS.

  65. castor troy comenta:

    15 fevereiro, 2011 @ 4:09 AM

    bom dia galera!!
    então tbm tenho hemiplagia, mas.. isso não atrapalha em quase nada, só queria saber se tem como eu igualar a grossura do braço e perna da parte direita( o lado afetado)com o meu lado esquerdo(o lado bom).
    tipo.. a diferente é de 3 cm de grossura. então estou curioso para saber se alguem já conseguiu diminuir a diferença

  66. Simone Rosane comenta:

    3 março, 2011 @ 3:18 PM

    Ola Izabel o meu filho Tiago tambem e gemeos com uma menina e graças a Deus sei que ela e muito importante na recuperação dele
    ele tambem tem hemiparesia apos um tce ele tinha um ano e um mes quando aconteceu hoje ele tem dois anos e meio e muito esperto ja anda fala alguma coisa da para entender outras não mas ja melhorou muito a fala passa com to,fono,fisio,e esta cada dia melhor joga bola corre so não pega nada com a mão direita ainda mas eu creio que Deus vai fazer a obra completa.Que Deus abençoe a todos que com dificuldade assim como eu corre atras da cura de nossos valiosos presente de Deus

  67. marcio Duarte comenta:

    15 março, 2011 @ 4:09 PM

    boa tarde,
    Sou portador de hemiparesia do lado esquerdo, devido a um acidente de moto em 1998, ocorreu uma sequela de TCE grave no começo fiz bastatante fisioterapia mais com uns dois anos apos o acidente começei a trabalhar pela cota de deficiente na areas administrativas, minha pergunta e o seguinte, hoje tenho 38 anos e sinto varias dores na coluna de ate ficar paralizado sem movimento,muitas dores nos joelhos e ate mesmo cair por falta de equilibrio, agora a poucos dias atras tive uma fratura no joelho direito agravando assim mais a minha deficiencia e ja sinto o joelho esquerdo sendo afetado pelo esforço de andar para resolver alguma coisa, devido a essa fratura no joelho direito estou afastado da empresa pelo INSS, gostaria de saber como devo fazer para pedir a aposentadoria por invalidez, desde ja agradeço pela cooperação de todos.

  68. Taisa comenta:

    22 março, 2011 @ 3:41 PM

    Olá!
    Meu nome é Taisa tenho uma filha com hemiparesia lado esquerdo, o problema dela foi a prematuridade e a glicose muito baixa que ocasionou um enfarto cerebral. Hoje ela tem tres anos e meio faz o tratamento desde os tres meses de idade, graças a Deus a Maria Eduarda hoje é uma criança super inteligente, tem bastante amigos e está em todas hahhaha… é considerada uma criança normal com suas limitações, claro. O meu tratamento com ela é super normal, não a olho como uma criança com deficiência mais sim como uma guerreira que vai passar por obstaculos e vence-los.
    Temos que aceitar e motivar os nossos filhos primeiro dentro de casa, apoia-los com carinho, estimular bastante e acreditar em Deus. Eles vão vencer.

  69. cristina comenta:

    1 abril, 2011 @ 1:19 AM

    Acabo de descobrir que eu talvez tenha hemiparesia esquerda. Mas nao eh como de quem nasceu, que fica com os bracinhos travados. O meu eh so na hora de caminhar, do lado esquerdo, pernas e bracos. Estou aguardando resposta do medico. Adorei esse site, varias informacoes que ajudam a entender o que estou passando.

  70. Wennever comenta:

    27 abril, 2011 @ 6:45 PM

    Acontece que após um acidente de carro tive um tce e consequentemente uma hemiparesia lado esquerdo, no começo eu não consaeguia nem me sentar e inclusivi me sentia mau ser ficasse com o corpo ereto, hoje em dia dei uma ewvvoluido, o fisioterapeuta que me atendeu ao ler meu prontuario de internamente relatou que meu trauma foi de grau baixo, e recuperei a certo nivel desde então. Hoje tenho ainda movimentos lentos com o breaço esquerdo e problemas erm abrir a mão, problemas de fazer qualquer procedimento manual, mas ja caminho, com certa fraquesa na perna esquerda, mas caminho com certa facilidade, e tenho alguma agilidade com a perna, não consigo correr, creio que por falta de resposta e impulsão da minha perna esquerda, estou com 25 anos e quase não fiz tratamento fisioterapeutico. Fiz só na etapa inicial, uns 3 iy 4 meses após trer tido alta do hospital e foi um tratamento bem sem recursos, foi só coisa inicial mesmo. Hoje compramos uma estação de ginástica, gostaria de saber se com exercícios nela eu poderia voltar a ter uma vida próxima do normal. Se alguém puder me responder agradesço muito. Queria saber tbm se são boas as espectativas de reabilitação da minha mão. Eu diria que com certeza é oq maisa me faz falta.

  71. helia, 31 ANOS comenta:

    28 abril, 2011 @ 8:29 PM

    Tive um avc hemorrágico em fevereiro de 2009, e como sequela, hemiparesia esquerda. Tenho uma vida quase normal, apesar das limitaçoes… Estou recebendo auxilio doença, faço fisio e acumputura.
    O perito disse que o que eu tinha para recuperar significativamente já foi recuperado, pois eu não tinha nenhum movimento no lado esquerdo e agora eu ando, sofro apenas por não ter movimentos finos, nem agilidade e nem força.
    Gostaria de receber informaçoes de alguem que ja passou por algo semelhante!

  72. helia, 31 ANOS comenta:

    28 abril, 2011 @ 8:35 PM

    Tive um avc hemorrágico em fevereiro de 2009, e como sequela, hemiparesia esquerda. Tenho uma vida quase normal, apesar das limitaçoes… Estou recebendo auxilio doença, faço fisio e acumputura.
    O perito disse que o que eu tinha para recuperar significativamente já foi recuperado, pois eu não tinha nenhum movimento no lado esquerdo e agora eu ando, sofro apenas por não ter movimentos finos, nem agilidade e nem força.
    Gostaria de receber informaçoes de alguem que ja passou por algo semelhante! obrigada.

  73. Andreia comenta:

    2 maio, 2011 @ 10:21 PM

    Olá Hélia, também tive um AVC hemorágico em 1997, e como sequela fiquei com hemiparesia esquerda. Considero que tenho uma vida normal, apesar das limitações, trabalho, faço físio e terapia. Já me disseram diversas vezes que não adianta mais fazer fisioterapia, mas sou persistente e não vou desistir, acredito que um dia vão descobrir a cura para essa sequela. Afinal, o nosso cérebro possui a neuroplasticidade. Graças a Deus eu melhorei muito, já apliquei botox, e procuro sempre me atualizar sobre novos tratamento. tenho muita esperança. Que Deus te ajude a melhorar sempre.

  74. eliane comenta:

    15 maio, 2011 @ 9:34 AM

    oi,td bem?nasci com hemiparesia.tenho 38 anos e vivo normalmente,tenho dois filhos. trabalho,estudo a noite e faço faculdade
    aos sabados. tive muitas dificuldades no decorrer da minha vida.mas me considero uma pessoa normal.as pessoas nem percebem,pois desenvolvi uma maneira de andar que disfarça meu probleminha. tenho uma perna mais fina,gostaria de saber se ha algo que se possa fazer para melhorar a aparencia das minhas pernas.

  75. carlos comenta:

    19 maio, 2011 @ 10:11 PM

    ola pesoal eu tambem sofri um acidente de moto, em 2005 e tambem tenho hemiparesia do lado esquerdo no inicio eu naõ andava mão,converça direito,falava pouco e o que eu falava erado quizerão conpra para min ate begala mas não quis lutei lutei,ate concegui andar denovo não mi entreguei e ate hoje para melhorar mais.O cegredo e nunca desistir, e com jesus nos sempre conceguiremos vencer poque com ele sermos mais que vencedores

  76. maria salete da c nascimento comenta:

    23 maio, 2011 @ 11:18 AM

    tenho hiperplasia medular gostaria de saber tenho direito auxilio doença

  77. rogerio kobus comenta:

    12 agosto, 2011 @ 8:39 PM

    ola tive um avc a um ano e foi diagnosticado pelo meu medico entre outras coisas uma hemiparesia, mas nao tenho nervos atrofiados nem no braço direito e nem na perna direita, so nao tenho força nem agilidade nestes membros…isso e possivel??

  78. Marcelle Santos comenta:

    18 setembro, 2011 @ 11:54 PM

    Eu tive uma gravidez tranquila ate completar 25 semanas, quando completei 26 minha bolsa rompeu, por morar no interior fui pra bh pra tentar segurar minha filha mas com 27 semanas ela nasceu, pesando 880 gr e 27 centimetros, enfrentou muitas e muitas barreiras apesar de ser tão pequenininha na época, la na uti neo natal a neuro me deu o diagnóstico da hemiparesia direita que afeta o lado esquerdo, no inicio dos 3 primeiros meses nao fizemos nada pois ela era muito nova mas assim que completou os quatro começamos com a fisio, hj ela ja faz a estimulção precoce e fisio e ja vou coloca-la na natação. hj ela esta com 1 ano e 2 meses, linda e com saude graças a Deus, uma guerrerinha que enfrenta seus problemas e dificuldades diarias com entusiasmo e de frente mesmo, ela ainda nao anda, mas tenho certeza que com a ajuda de um tutor que ela esta pra usar vai ajuda-la a andar mais rapido. A estimulção de casa e muito mais importante do que a fisio, não que seja desnecessaria neh, voce aprende os exercícios lá e os repete continuamente em casa, então naõ desanimem e nem desistem, a cada dia uma conquista sera alcançada, e acreditem em Deus, Ele realiza o impossível. abraçossss

  79. LILIAN TEIXEIRA comenta:

    22 setembro, 2011 @ 5:36 PM

    OI, MINHA FILHA TEM TRES ANOS DE IDADE, SEU NOME É ALLANA BEATRIZ ELA TEM HEMIPARESIA, É A PRIMEIRA VEZ QUE ENCONTRO TANTOS DEPOIMENTOS, QUE RECONFORTAM, POIS TEMIA MUTO PELO FUTURO DE MINHA , PRINCESINHA. ELA TEM NS ENCHIDO DE RGULHO E ALEGRIA, POIS SUPEROU TODAS AS EXPECTATIVAS QUE NOS FORAM DADAS A PRINCIPIO. MEU PARTO FOI MUITO, DEMORADO, ELA INALOU MECONIO, E FALTOU OXIGENIO N CEREBRO, TEVE CONVULSA NO PRIMEIRO DIA, EU COSTUMO CHAMAR DE SANTA CNVULSAO, POIS FOI POR CAUSA DELA QUE DESCOBRIMS A LESAO, ELA FICOU 23 DIAS INTERNADA, A SAIR DO HOSPITAL OS MÉDICOS NOS DISSERAM QUE NA PODIAM GARANTIR NADA, MAS QUE COM ACOMPANHAMENTO COM PROFISSIONAIS AS CHANCES DELA AUMENTARIAM MUITO, ENTÃO COMEÇAMOS COM A FISIOTERAPIA, TERAPIA OCUPACIONAL, PEDAGOGA, FONOAUDIÓLOGA, E ESTIMULAÇÃO VISUAL, ELA TEM HEMIPARESIA DO LADO DIREITO, MAS ANDA, JA FALA MUITAS PALAVRINHA, ADORA DANÇAR, É A LUZ NA NOSSA VIDA. CM TRÊS ANOS, ELA AINDA TOMA O FENOBARBITAL, MAS NUCA MAIS TEVE CONVULSÃO, DESDE A ALTA. E EU DEVO TUDO ISSO A DEUS ME NOS GUIOU E GUIA OS ANJOS CERTOS PARA CUIDAR DE NOSSA PRINCESINHA, SE FIZERMOS NOSSA PARTE, DEUS COM CERTEZA FARA A DELE. E MUITO BOM SABER QUE PODEMOS COMPARTILHAR NOSSAS ALEGRIAS AQUI E DAR FORÇA PARA QUEM ESTA COMEÇANDO SUA JORNADA DE AMOR, BOA SORTE A TODOS E QUE DEUS LHES DE CORAGEM, SAÚDE, ALEGRIA, FÉ E PERSISTÊNCIA.

  80. VANESSA comenta:

    28 setembro, 2011 @ 9:37 PM

    ola para todo estou aki nesse site para dizer a todos ke as vezes acontece coisas na vida da gente simplismente para ke a gente possa evoluir espiritualmente e emocionalmente hj sei o valor ke tem um brinkedo colorido sei a importancia da persistencia e acima de tudo ke temos tudo nas nossas maos basta ke saibamos ter a coragem de entrega-las nas maos de DEUS.aproposito a LILIAN é minha tia e me deu o maior presente ke eu ja recebi minha afilhada ALLANA .
    DESEJO A TODOS VCS TODO AMOR E TODA FORÇA KE NOS TEMOS.

  81. ilma comenta:

    23 outubro, 2011 @ 12:59 PM

    olá pessoal, tenho uma filha por nome yasmin, ela tem 2 anos e 7 meses, nasceu com hemiparesia no lado direito, cega por que tinha uma opacidade na córnea e era nessesário um transplante de córnea, e atraso mental. esperei 7 anos para engravidar, tive a placenta baixa e tinha perca de sangue quando fazia qualquer esforço, fui afastada do trabalho e fiquei toda gravidez de repouso. hoje estou muito feliz por que yasmin já esta andando com uma leve dificuldade, nâo precisa fazer mais o transplante de còrnea, esta usando óculos e encherga super bem, esta começando a falar e aos poucos esta aprendendo as coisas, pois a mente é lenta mais ela tem aprendido.já esta estudando, é acompanhada pela fono,fisio psicológa, oftalmo e pela genéticista. e já esta estudando pois precisa ter contato com outras crianças e ela tem desenvolvido bastante pois imita tudo q os coleguinhas faz.ela demorou pra sustentar o pescoço,sentou sem apoio com 1 ano, andou com 1 ano e 9 meses e esta começando a falar. quero neste momento dizer para vcs o segredo q fez com q minha filha conseguice todas essas vitórias, foi a fé pois sirvo a um DEUS GRANDE que faz aquilo q nós ñ podemos fazer,ñ percam a esperança, pois DEUS é o médico dos médicos e sabe como operar o milagre nas nossas vidas, mesmo sabendo q ñ somos merecedores, mais a sua misericórdia é grande, e saiba q DEUS vai vos surpreender!!! beijos fiquem na paz!

  82. safiri comenta:

    25 outubro, 2011 @ 12:03 PM

    boa tarde meu filho tem 3 anos e foi diagnosticado com hemiparesia nao entendi bem o que a doença a pediatra que o acompanha solicitou fisioterapia …existe cura?o que poço fazer para ajudar no processo de cura dele aguardo a resposta obrigada …

  83. Luciana comenta:

    25 outubro, 2011 @ 10:00 PM

    Olá Safiri
    Quero dizer que tenho um filho também de 03 anos, ele tem uma hemiparesia, eu tenho pesquisado bastante sobre o assunto e tratamentos, me coloco a disposição para te ajudar no que eu puder.
    Posso te passar o que conheço e nossa experiência pessoal com a questão.
    Abs
    Luciana

  84. Luciana comenta:

    25 outubro, 2011 @ 10:07 PM

    Marcelle, boa noite

    eu gostaria de saber qual os tratamentos / exercícios você tem feito com sua filha, eu também tenho filho com hemiparesia a esquerda e fazemos bastante exercícios em casa.

    Já conheceu a terapy4kids e o tratamento PEDIASUIT?

    Obrigada e Deus abençoe!

    Luciana

  85. Tatiane comenta:

    5 novembro, 2011 @ 11:58 AM

    Olá pessoal, eu li aqui alguns relatos que me motivaram muito..Pois meu pai teve um AVC isquêmico, e está com hemiparesia no lado direito e não fala, eu como filha e enfermeira, fico bastante preocupada apesar de saber onde recorrer…Pois fico muito confortada se alguém que já teve alguma sequela similiar voltou as suas atividades normais, poderia me informar?..
    Porque no momento ele se encontra no CTI, isso é muito doloroso para minha família. Se alguém puder me responder ficarei muito grata que Deus ilumine a todos nós.. desde já obrigado. Sou do Rio de Janeiro – Campo Grande.

  86. Luciana comenta:

    15 janeiro, 2012 @ 5:53 PM

    Olá pessoal,
    Operei há um ano de um tumor cerebal e depois da cirurgia tive algumas convulsões que me deixaram com hemiparesia a esquerda. Aparentemente estou bem, mas as vezes entro em crise, meu braço falha, trem muito sozinho, minha fala embola, e a perna perde força. Sem contar que de uns tempos pra cá tenho sentido dores horríveis na região da coluna lombar e não consegui uma orientação médica correta pro meu problema. Preciso saber que especialista procuro pra tratar ou pelo menos pra me orientar melhor sobre esse poblema.

  87. marcio comenta:

    21 março, 2012 @ 11:57 AM

    Ola pessoal,tenho uma filha com hemiparesia do lado direito,pois pela demora no parto ela ficou sem oxigenio,graças a Deus não afetou o cérebro nem a visão dela,hoje ela tem 5 anos,fazemos fisioterapia e fisio ocupacional,ela teve uma melhora de pelo menos uns 70% dos movimentos,e tenho certeza que ela vai melhorar por completo´pois fomos feitos a imagem e semelhança de Deus,e meu Deus é perfeito,mas faço minha parte levo ela três vezes por semana a fisio e mais conheço um rapaz que teve tambem e se ele não tivesse me dito que teve, eu jamais saberia,força pessoal,creiam Deus tudo pode…

  88. nilson comenta:

    3 maio, 2012 @ 4:59 PM

    Olá pessoal,a 1 ano e meio eu operei um tumor cerebral (meningioma)
    muito grande medindo 9×8 cm,inacreditavel né,sequela hemiparesia esquerda,não consigo mais calçar e nem andar de chinelos,muito desenquilibrio sensação que vou cair pro lado ou pra tras,fraqueza no lado esquerdo,as vezes eu me enrrolo nas falas,sinto muito cansaço no corpo ando puxando de um lado do corpo e as vezes eu erro o alcance da mão esquerda,me enrrolo pegando as coisas na mão e acaba caindo e quebrando,muita muita fraqueza mesmo na perna esquerda,eu gostaria de saber se com o tempo isso sumiria ou não e qual o melhor tratamento???????????

  89. lilian braga lara comenta:

    28 maio, 2012 @ 10:13 AM

    Oi meu nome é lilian tenho uma filha de 5 anos ela tem hemiparesia desde que nasceu,ela faz fisioterapia desde 1 ano 6meses,foi quando eu descobri não sei muito sobre o assunto ;
    gostaria de saber mais por favor me respondam
    obrigado!!!

  90. Marco Aurélio comenta:

    18 setembro, 2012 @ 8:40 PM

    Olá pessoal, tive uma Parada Cardíaca há seis meses, quando
    acordei já estava com o lado esquerdo paralizado.
    Hoje tenho o diagnóstico de Hemiparesia a esquerda por
    Anóxia.
    Estou fazendo fisioterapia e sinto que estou me sentindo
    melhor.
    Sei que é difícil, mas estou dando tudo de mim, pois espero
    um dia voltar a andar novamente, pois agradeço por estar vivo.

  91. Francisco José Moreira comenta:

    22 outubro, 2012 @ 9:26 AM

    Gente! tenho 56 anos de idade. Vou contar um pouco de minha história. Eu consertava relógio no escuro. Todavia no ano de 2002 e capotei um Ford KA. Com isso fiquei 05 meses de Hospital, sendo 40 dias de UTI e 60 dias em coma induzido, fiquei falando péssimo e até hoje ando ruim, fiquei com hemiparesia a direita, não levanto braço direito, mas a fala voltou praticamente ao normal, fiz bastante aulas de Fono e até hoje faço fisioterapia, em lugares planos ando só, mas se tiver obstáculos, não dá. Sempre alguém ao meu lado. Para aliviar a hemeparesia na mão eu tenho que segurar alguma coisa, assim vai aliviando a tensão. Quanto ao mais confiemos em Deus, eu não reclamo de nada, eu acredito muito em Deus, se ele quer assim, que seja, antes participar do banquete Celestial com hemeparesia do que ir para a Gena. Abr.

  92. GUILHERME comenta:

    26 outubro, 2012 @ 2:50 PM

    tenho 21 anos de idade. Eu nasci com hemiparesia, so que minha mae, durante 9 meses ela teve um problema de pressão alta e uma parte do meu cerebro nao desenvolveu. Quando eu nasci minha mae persebeu que quando ela jogava os brinquedos do lado esquerdo eu ia com o direito, ai ela ficou desconfiada, porem ele demorou 10 meses apos eu ter nascido para constatar a deficiencia, pq os medicos falavam que era pensamento de mae. comecei a andar com 1 ano e a falar com 2 anos e meio. aos 8 anos de idade fiz uma cirurgia do tendao pq eu pisava com os dedos primeiro. aos 18 fiz outra cirurgia na mao esquarda posicionando a mesma reta agora so falta a ultima cirurgia dos dedos. qualquer coisa e se quizerem tirar algumas duvidas deixo meu e-mail guilherme.al.oliver@hotmail.com

  93. Geiza comenta:

    11 dezembro, 2012 @ 4:32 PM

    Como alguns de vocês, nasci om hemiparesia. Tenho limitações do membro superior esquerdo. A muito não faço fisioterapia . Tenho 26 anos, sou formada, trabalho, namoro, malho, saio. Teenho uma vida absolutamente normal. Sofre bullyng na infância como qualquer criança “diferente” sofre. Mas nada que me fizesse desistir. Além de contar minha história, gostaria de saber de algum especialista se poço prestar concurso concorrendo à vaga reservada para deficiente?
    Abraço!

  94. diogo comenta:

    24 janeiro, 2013 @ 11:39 PM

    olá tive um avc quando acordava em direção para o trabalho fiquei durante 13 dias no hospital e foi diagnosticado que tive hemiperasia do lado direito ,hoje faço fono que a fala ficou afetada e principalmente minha memória tenho 30 anos .

Deixe seu comentário aqui !