31 - jan
  

Artrite Reumatóide – Síndrome de Caplan

Categoria(s): Dicionário, Pneumologia geriátrica, Reumatologia geriátrica




Dicionário

A síndrome de Caplan, descrita originalmente nos mineiros de carvão de Welsh, como uma associação da artrite reumatóide (AR) e nódulos pulmonares múltiplos (granulomas reumatóides) em pacientes com pneumoconiose.

A doença pulmonar (pneumoconiose) reumatóide foi definida por Caplan, em 1953, como a associação de imagens radiológicas pulmonares arredondadas, medindo de 0,5 a 5,0 cm de diâmetro, periféricas, associadas ou não a pequenas opacidades pneumoconióticas ou à fibrose maciça pulmonar, em pacientes com artrite reumatoide (AR) e expostos a poeiras de carvão mineral ou sílica. A prevalência dessa entidade entre pneumoconióticos é baixa. Caplan encontrou uma prevalência de 0,4%, e, mais recentemente, Honma e Vallyathan mostraram a ocorrência de 0,75% no Japão e de 1,5% nos EUA.

No Brasil, não existem dados suficientes sobre a síndrome, restringindo-se a dois casos clínicos publicados, acredita-se que a falta de conhecimento desta síndrome é que reflete a baixa incidência. Apesar de originalmente a síndrome ter sido descrita em mineiros de carvão, numerosos casos têm sido diagnosticados em indivíduos expostos à sílica livre e ao asbesto desde então, apesar de serem bem mais raros que em indivíduos expostos à poeira de carvão mineral.

Tags: , , ,




Comentário integrado ao Facebook:


2 Comentários »

  1. Jorge Benício de Fontenelle comenta:

    1 fevereiro, 2009 @ 2:18 PM

    Eu trabalhei a 14 anos em Fundição esmerilhando peças e adquiri silicose tenho em 1/3 de meus pulmões nódulos e infiltrados nos mesmos, tive recentemente tuberculose após tratamento, estou com artrite reumatóide, gostaria de maiores informções quanto ao tratamento e condições para pedir minha aposentadoria por invalidez, pois não consigo trabalhar mais em produção e estou encostado no Inss a 2 anos por sentir fortes dores articulares.

    Jorge

  2. Rodolfo Tibério comenta:

    28 fevereiro, 2010 @ 8:27 PM

    Jorge Benício,

    Em relação a legislação para pedir aposentadoria por invalidez vai seguir no seguinte modo:

    1. precisa de laudo do médico assistente (médico que lhe acompanha) documentando a pneumoconiose e o início da mesma e associando o surgimento dela com o trabalho (Radiografias, tomografias, espirometria,…)
    2. A sindrome de caplan, como descrito, é associação de artrite reumatóide e pneumoconiose deflagrada pela carvoaria
    3. documentar a artrite reumatoide, com radiografias e laudo descrevendo que mesmo com tratamento clínico as dores são insuportáveis para realizar o serviço que você realizava.
    4. O médico do trabalho do INSS, com essas documentações, vai fazer o seguinte: 1- encaminha-lo para outro tipo de emprego onde você consiga trabalhar, qualquer coisa que você seja capaz de fazer, porém a artrite reumatoide precisa estar controlada pelas medicações; 2. caso, em um período de tempo determinado, que eu nãos sei referir, o médico do trabalho do INSS não consiga reintegrá-lo a qualquer tipo de atividade laborativa, ai sim a aposentadoria é declarada.

    BOM, é mais ou menos isso. espero ter ajudado
    Rodolfo Tibério
    Maceió – AL.

Deixe seu comentário aqui !